Página 1 dos resultados de 219 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Comportamento de ligações mistas viga-pilar sob acções estáticas e cíclicas: análise experimental de ligações mistas

Simões, Rui António Duarte
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.56%
O estudo apresentado nesta tese consiste na avaliação do comportamento de ligações mistas viga-pilar sob acções estáticas e acções cíclicas, desenvolvido nas vertentes experimental e analítica. A revisão bibliográfica efectuada permitiu avaliar o estado actual de conhecimento no domínio do comportamento de ligações mistas e serviu de base para a definição dos principais objectivos do trabalho desenvolvido e apresentado no âmbito da tese. Seguidamente, com base nos Eurocódigos 3 e 4 e outros documentos relevantes, foi desenvolvida uma metodologia para avaliação do comportamento estático de ligações mistas viga-pilar com placa de topo, aplicável nas condições de geometria e carregamento mais correntes em estruturas mistas aço-betão. Para avaliação do comportamento cíclico de ligações mistas foram propostos dois modelos analíticos, nos quais se introduziram algumas modificações, de forma a simplificar a sua aplicação prática e a poder reproduzir um maior número de tipos de comportamento. O programa de ensaios experimentais foi realizado no Laboratório de Ensaio de Materiais e Estruturas do Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, em colaboração com a Universidade do Minho. Este programa incluiu a realização de 8 ensaios estáticos monotónicos e 4 ensaios cíclicos lentos em modelos de ligações mistas viga-pilar...

Análise teórica e experimental de ligações viga mista-pilar de extremidade com cantoneiras de assento e alma; Theoretical and experimental analysis of single-sided beam-to-column composite joints with bottom and web angle connections

Tristão, Gustavo Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.51%
Este trabalho apresenta um estudo numérico e experimental do comportamento estrutural das ligações viga mista-pilar com cantoneiras de assento e alma. No estudo teórico foi desenvolvido, com base nos EUROCODES 3 e 4, um procedimento para avaliação do comportamento das ligações mistas com cantoneiras de alma e assento e com chapa de topo. O trabalho de investigação experimental, abrangendo modelos submetidos a carregamentos monotônico e cíclico, foi realizado no Instituto Superior Técnico (IST), Portugal, em que o objetivo principal foi avaliar a influência da força axial de compressão no pilar para o comportamento do painel da alma do pilar, e conseqüentemente no comportamento global da ligação mista localizada em nó de extremidade. Nos ensaios experimentais foram analisadas as rotações e deformações no painel da alma do pilar sem e com enrijecedor na alma do pilar. Adicionalmente, a eficiência da ancoragem das barras de armadura longitudinal foi verificada. Paralelamente à investigação experimental, um estudo numérico de ligações mistas foi realizado por meio do modelo em elementos finitos, o qual mostrou-se representativo, tornando-se uma ferramenta para análises paramétricas.; This work presents a numerical and experimental study of the structural behavior of beam-to-column composite joints with bottom and web angle connections. In the theoretical study...

Implementação de ensaios de arrancamento cíclico de geossintéticos; Implementation of cyclic pull out tests of geosynthetics

Napa García, Gian Franco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.74%
Os ensaios de arrancamento cíclicos são utilizados para avaliar o comportamento de sistemas de solo reforçado quando submetidos a carregamentos cíclicos, podendo ser aplicados na área de pavimentos reforçados com geossintéticos ou em comportamento sísmico de solos reforçados com geossintéticos. O comportamento de sistemas de solo reforçado submetidos a carregamentos cíclicos ainda não é bem compreendido. Em vista disso, equipamentos de arrancamento cíclicos de geossintéticos são desejáveis para o estudo deste comportamento. O equipamento de arrancamento de geossintéticos existente no laboratório de geossintéticos da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo foi modificado para a realização de ensaios de arrancamento cíclico de geossintéticos. Dois tipos de ensaios foram implementados para avaliar o comportamento cíclico de sistemas de solo reforçado com geogrelhas: o ensaio de módulo de cisalhamento de resiliência de interface solo-geogrelha, Gi, e o ensaio de resistência pós-ciclagem. Foram realizados 20 ensaios, entre ensaios de arrancamento monotônico, cíclicos e de testes, de geogrelhas. Foram avaliados dois sistemas, um deles de inclusão longa, de 510 mm de comprimento e 310 mm de largura; e o outro de inclusão curta...

Avaliação da interação solo-reforço por meio de ensaios de cisalhamento cíclico de interface; Evaluation of soil-reinforcement interaction by cyclic snear interface tests

Campos, Marcus Vinicius Weber de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.49%
O comportamento de solos reforçados depende amplamente da interação entre o solo e o reforço, baseado nas solicitações que o conjunto experimentará ao longo da sua vida útil. Tal interação é comumente caracterizada através de ensaios normatizados como o de arrancamento, que buscam simular as solicitações a que o conjunto estará sujeito. Porém, algumas estruturas reforçadas experimentam ações cíclicas de cargas móveis consideráveis, que dificilmente tem seu comportamento representado nestes ensaios comuns. Diante disso, esta pesquisa buscou aperfeiçoar o equipamento de ensaios cíclicos da Escola de Engenharia de São Carlos EESC-USP, a fim de realizar ensaios cíclicos em diferentes tipos de solos (uma areia, um silte argiloso e uma brita graduada simples), reforçados com uma geogrelha de poliéster comumente utilizada para reforço de base de pavimentos. Após esta etapa se iniciaram os ensaios de arrancamento nos solos, fornecendo parâmetros para a realização dos ensaios cíclicos. No arrancamento a areia apresentou ganho de resistência com o aumento da tensão confinante, e os maiores deslocamentos, já o silte e a brita não sofreram influência deste aumento. O comportamento cíclico causou desconfinamento da areia e degradação do reforço na brita...

Metodologias de simulação do comportamento cíclico de elementos de betão armado: estudo comparativo e validação experimental

João Pedrosa; Pedro Delgado; Patricio Rocha; António Arêde; Nelson Vila Pouca; João Paulo Miranda Guedes; Aníbal Costa; Raimundo Delgado
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
Este trabalho tem como principal objectivo o estudo comparativo de diversas metodologias existentes para asimulação numérica do comportamento cíclico não-linear de elementos de betão armado, com vista acompreender as suas vantagens e limitações. Neste estudo, que procura contribuir para estabelecer o campo deaplicação de cada uma das ferramentas numéricas, são adoptados os seguintes modelações: modelo de danocontínuo, modelo de fibras e modelo de rótula plástica concentrada.O primeiro modelo apoia-se em discretizações com elementos finitos planos ou volumétricos incorporando duasvariáveis escalares de dano independentes para a simulação dos mecanismos não lineares de degradação do betãoem tracção e compressão e utilizando o modelo Giuffré-Menegotto-Pinto para simular o comportamento cíclicoda armadura discretizada com elementos de treliça. Por sua vez, o já bem conhecido modelo de fibras, recorre adiscretizações com elementos de viga tradicionais mas em que, ao nível das secções de controle nos pontos deGauss, se traduz o comportamento não linear através de relações constitutivas uniaxiais diferentes para fibras debetão e de aço. Finalmente, no já clássico modelo de rótula plástica concentrada...

Influência da armadura transversal no comportamento cíclico de pilares ocos de betão armado

Pedro Delgado; Nelson Vila Pouca; João Pedrosa; Patricio Rocha; António Arêde; Aníbal Costa; Raimundo Delgado
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.49%
Devido ao facto de algumas estruturas existentes não disporem de uma adequada resistência sísmica, em que seincluem os pilares ocos de pontes, nomeadamente devido a insuficiente capacidade ao corte ou inadequadapormenorização das armaduras transversais, procura-se neste trabalho estudar o comportamento de pilares debetão armado de secção oca em que se adoptam diferentes tipos de estribos.Neste sentido tem vindo a ser realizada no LESE FEUP (Laboratório de Engenharia Sísmica e Estrutural) umacampanha de ensaios experimentais com modelos à escala reduzida onde foram ensaiados dois tipos de modelosde pilares ocos de pontes de secção quadrada e rectangular, com diversas disposições da armadura transversal,desde as mais tradicionais, com estribo único ao longo de cada parede, às mais recentes, seguindo as disposiçõesdo EC8. O esquema de ensaio utilizado pretende simular o comportamento dos pilares inseridos em estruturasreais e portanto a consideração do esforço axial associado à acção horizontal cíclica.Neste tipo de pilares ocos, onde o esforço transverso é determinante no tipo de comportamento estrutural, tornaseainda mais relevante a influência das armaduras transversais na resposta dos pilares, onde os efeitos de cortepoderão condicionar inclusive o modo de rotura. Para os dois tipos de pilares realizou-se a simulação numéricados ensaios. Nesta simulação recorreu-se a modelos refinados que permitem captar de forma realista osfenómenos mais relevantes da resposta cíclica dos pilares tendo em vista o objectivo de auxiliar a interpretaçãodos resultados experimentais. Com este trabalho...

Comportamento mecânico e ambiental de materiais granulares : aplicação às escórias de aciaria nacionais

Ferreira, Sandra Reis
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 27/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.49%
Tese de doutoramento em Engenharia Civil; Nesta tese estudou-se o comportamento mecânico e ambiental de materiais granulares e muito particularmente os agregados processados das escórias de aciaria produzidas na Siderurgia Nacional, com o principal objectivo de promover a sua valorização (reciclagem) como material de construção nas infraestruturas de transporte e obras geotécnicas. Neste sentido, estabeleceu-se um programa experimental para a caracterização ambiental e mecânica, quer em laboratório, quer no campo, dos agregados processados das escórias de aciaria nacionais, bem como de dois materiais naturais (Saibro Granítico e Agregado Granítico), com o propósito de se compararem as suas propriedades. Em laboratório, o principal ensaio mecanicista utilizado para determinar as propriedades de deformabilidade dos materiais granulares tem sido o triaxial cíclico, desenvolvido durante este programa de investigação. Uma câmara triaxial com 150mm de diâmetro e 300mm de altura foi instrumentada internamente para medição directa da força aplicada e dos deslocamentos no provete de ensaio. Paralelamente ao estudo sobre a valorização dos agregados processados das escórias de aciaria nacionais efectuou-se um outro...

Comportamento cíclico de vigas de betão armado reforçadas ao corte por inserção de laminados de CFRP; Cyclic behavior of RC beams strengthened in shear with NSM CFRP laminates

Abreu, Solange Liliana Ribeiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.74%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil (área de especialização em Perfil de Estruturas e Geotecnia); A presente dissertação resulta de uma investigação realizada sobre o reforço ao corte de vigas de betão armado utilizando a técnica da inserção de laminados de CFRP (Polímeros Reforçados com Fibras de Carbono) em entalhes efetuados no betão de recobrimento das faces laterais das vigas (técnica NSM). Concretamente, com esta investigação pretendeu-se dar um contributo em termos da avaliação da eficácia da técnica NSM com laminados de CFRP, quando aplicada no reforço ao corte de vigas de betão armado sujeitas a carregamento cíclico. Inicialmente este trabalho descreve a revisão bibliográfica efetuada sobre o atual estado de conhecimento referente à utilização de compósitos de CFRP no reforço de estruturas de betão armado, com particular destaque para o reforço ao corte de vigas de betão armado sujeitas a um carregamento monotónico e/ou a um carregamento cíclico. Posteriormente é apresentado o programa experimental que foi realizado, no Laboratório de Estruturas do Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho (LEST), por forma a avaliar o efeito de um carregamento cíclico no comportamento de vigas de betão armado reforçadas ao corte com laminados de CFRP inseridos (técnica NSM). Foram estudadas duas soluções de reforço ao corte...

Caracterização do comportamento cíclico em flexão de elementos de BA com armadura lisa

Fernandes, Catarina; Melo, José; Varum, Humberto; Rodrigues, Hugo; Costa, Aníbal; Arêde, António
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.5%
Um número importante de estruturas existentes de betão armado foi construído até aos anos 70, com armadura lisa (fracas propriedades de aderência), e antes da entrada em vigor das actuais normas de dimensionamento sísmico. A degradação da aderência aço-betão sob a acção de cargas cíclicas severas é uma das principais causas de dano e colapso deste tipo de edifícios quando sujeitos a acções sísmicas. Neste artigo é feita a descrição do ensaio cíclico de uma viga de betão armado, de dois tramos de 4,0 m de vão, com armadura lisa, proveniente de uma estrutura com mais de 40 anos. É também descrito o modelo numérico desenvolvido no OpenSees para reproduzir a resposta da viga, tendo em conta o mecanismo do escorregamento aço-betão. Os resultados numéricos são apresentados em confronto com os resultados experimentais mais relevantes. Para melhor compreender a influência do escorregamento no comportamento global da viga, foi feita uma segunda análise numérica sem a consideração do escorregamento e estabelecida a comparação entre os resultados numéricos, com e sem os efeitos deste mecanismo, e os resultados experimentais.

Análise do comportamento cíclico de nós viga-pilar representativos de estruturas de B.A. com armadura lisa

Fernandes, Catarina; Melo, José; Varum, Humberto; Costa, Aníbal
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
As estruturas de betão armado construídas até meados dos anos 70, com armadura lisa e sem dimensionamento específico face à acção sísmica, são tipicamente caracterizadas por pormenorização deficiente da armadura, confinamento inadequado e fracas propriedades de aderência aço-betão. A conjunção destes factores com as elevadas concentrações de esforços nas ligações viga-pilar, fazem destas ligações um dos pontos propícios à concentração de danos, aquando da ocorrência de um sismo. A aderência aço-betão condiciona o desempenho das estruturas. A degradação progressiva da aderência em elementos sujeitos a acções cíclicas severas, promove o escorregamento das armaduras, sendo esta uma das causas comuns de dano e colapso das estruturas devido à acção dos sismos. Neste artigo são apresentados os principais resultados de seis ensaios cíclicos em nós viga-pilar construídos com armadura lisa, e com diferentes quantidades e pormenorização de armadura. São também apresentados os resultados comparativos do ensaio cíclico de um nó de referência com armadura nervurada, com geometria, quantidade e pormenorização de armadura iguais a um dos provetes com armadura lisa. Para melhor compreender a influência deste mecanismo no comportamento cíclico dos nós...

Análise do comportamento de nós viga-pilar com armadura lisa sujeitos a cargas horizontais cíclicas

Fernandes, Catarina; Melo, José; Varum, Humberto; Costa, Aníbal
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
O comportamento cíclico dos elementos de betão armado é fortemente influenciado pelo mecanismo de aderência aço-betão. A degradação progressiva da aderência, com a consequente ocorrência do escorregamento das armaduras, é umas das causas comuns de dano e colapso de estruturas de betão armado sujeitas a acções severas, como as induzidas pelos sismos. Os efeitos do escorregamento são particularmente importantes em elementos com armadura lisa, característicos das estruturas de edifícios de betão armado construídas antes dos anos 70. Para além das fracas características de aderência, estas estruturas são também tipicamente caracterizadas pela pormenorização deficiente das suas armaduras. A conjunção destes factores, associada à elevada concentração de esforços verificada nas ligações viga-pilar, faz com que nestas zonas se concentre o dano em edifícios de betão armado devido a acções sísmicas. Neste artigo são apresentados os principais resultados de uma série de ensaios cíclicos realizados em nós viga-pilar com armadura lisa, construídos com quantidades e pormenorização de armadura semelhantes e sujeitos a diferentes solicitações. Estes elementos são representativos de nós interiores de estruturas de edifícios de betão armado construídas até finais dos anos 70. São também apresentados...

Análise do comportamento cíclico de uma viga de B.A. com armadura lisa

Fernandes, Catarina; Melo, José; Rodrigues, Hugo; Varum, Humberto; Costa, Aníbal; Arêde, António
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.65%
Sismos recentes que têm atingido zonas edificadas comprovam a elevada vulnerabilidade de muitos edifícios existentes de betão armado, em particular daqueles construídos até meados dos anos 70 com armadura lisa. Esta vulnerabilidade está associada ao facto da concepção de muitas destas estruturas ser anterior à introdução da regulamentação sísmica à luz dos actuais conceitos e conhecimentos, e por isso, sem adequado dimensionamento face à acção sísmica. A pormenorização deficiente das armaduras e as fracas características de aderência da armadura lisa, que caracterizam muitos destes edifícios, são causas comuns de dano e colapso em caso de sismo. Em particular, o mecanismo da aderência aço-betão influencia fortemente o comportamento cíclico dos elementos de betão armado com armadura lisa. No entanto, o trabalho experimental e numérico desenvolvido com vista a estudar o comportamento cíclico de elementos estruturais com armadura lisa é escasso quando comparado com o verificado para elementos com armadura nervurada. Neste âmbito, neste artigo é feita a descrição do ensaio cíclico de uma viga de betão armado, de dois tramos, com armadura lisa, proveniente de uma estrutura existente com mais de 40 anos. É também descrito o modelo numérico desenvolvido no OpenSees para reproduzir a resposta global da viga...

Avaliação experimental do comportamento fora do plano de paredes de alvenaria de adobe

Costa, A.; Varum, H.; Pereira, H.; Rodrigues, H.; Vicente, R.; Arêde, A.; Costa, A.A.
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.49%
Com vista a colmatar a escassez de informação acerca do comportamento e propriedades mecânicas das construções em alvenaria de adobe existentes na região de Aveiro, tem-se vindo a realizar várias campanhas experimentais. Procurando identificar aspectos tais como a rigidez, a capacidade resistente, a dissipação de energia e os mecanismos de colapso, essas campanhas têm incluído levantamentos dimensionais, estudos da composição granulométrica dos diferentes adobes da região, ensaios de caracterização do comportamento mecânico deste material (em tracção e compressão), ensaios cíclicos quase-estáticos em alvenaria (fora do plano e no plano), ensaios de caracterização dinâmica, etc. Neste artigo apresentam-se os principais resultados de um ensaio cíclico quase-estático para fora do plano, complementado com ensaios dinâmicos realizados sobre paredes de alvenaria de adobe de uma construção existente. Procura-se assim contribuir para uma melhor caracterização das construções já edificadas, tendo em vista a interpretação das patologias estruturais mais comuns, a calibração de modelos numéricos, a avaliação da segurança e o desenvolvimento de adequadas soluções de reforço.

Comportamento cíclico de nós viga-pilar com armadura lisa

Fernandes, C.; Melo, J.; Varum, H.; Costa, A.
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Da observação dos danos provocados por diversos sismos recentes, verifica-se que o escorregamento aço-betão é uma das principais causas de dano e colapso de edifícios existentes de betão armado. Em muitos países, este fenómeno assume particular importância nos edifícios construídos até aos anos 70, com armadura lisa e anteriormente à introdução dos primeiros regulamentos que contemplam a acção sísmica com maior detalhe. Este tipo de estruturas apresenta, geralmente, pormenorização deficiente da armadura, fracas condições de aderência e confinamento inadequado do betão. As ligações viga-pilar nas estruturas de betão armado são pontos onde ocorrem danos significativos quando as estruturas estão sujeitas a carregamentos cíclicos, uma vez que nestas zonas ocorre a maior concentração de esforços. O fenómeno do escorregamento assume particular relevância nas ligações viga-pilar, devido aos maiores esforços que aqui se desenvolvem mas também ao facto de nestas zonas se realizar tipicamente a ancoragem dos varões longitudinais dos pilares e/ou vigas. Neste artigo são apresentados os principais resultados dos ensaios cíclicos de dois nós viga-pilar, com igual geometria e igual pormenorização da armadura...

Cyclic behaviour of RC elements with plain reinforcing bars; Comportamento cíclico de elementos de betão armado com armadura lisa

Fernandes, Catarina Alexandra Louro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
56.83%
O comportamento cíclico das estruturas de betão armado é fortemente condicionado pelo mecanismo de aderência entre o betão e o aço. O escorregamento relativo entre os dois materiais, resultante da degradação progressiva da aderência em elementos solicitados por ações cíclicas, é uma causa frequente de danos graves e até do colapso de estruturas devido à ocorrência de sismos. Entre as estruturas existentes de betão armado que foram dimensionadas e construídas antes da entrada em vigor dos regulamentos sísmicos atuais, muitas foram construídas com armadura lisa, e portanto, possuem fracas propriedades de aderência. A informação disponível na literatura sobre o comportamento cíclico de elementos estruturais de betão armado com armadura lisa é reduzida e a influência das propriedades da aderência associadas a este tipo de armadura no comportamento cíclico das estruturas existentes não se encontra ainda devidamente estudada. O objectivo principal desta tese foi estudar a influência do escorregamento na resposta cíclica de elementos estruturais de betão armado com armadura lisa. Foram realizados ensaios cíclicos em elementos do tipo nó viga-pilar, construídos à escala real, representativos de ligações interiores em edifícios existentes sem pormenorização específica para resistir às ações sísmicas. Para comparação...

Comportamento de pilares de betão armado sujeitos a ações monotónicas e cíclicas

Silva, J. P.; Rodrigues, H.; Arêde, A.; Rocha, P.; Varum, H.
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Para a avaliação da resposta de estruturas de edifícios de betão armado sujeitas à ação sísmica é importante definir um conjunto de parâmetros característicos do comportamento local dos elementos de betão armado, nomeadamente o deslocamento de cedência e o deslocamento último. Nas últimas décadas foram dados importantes passos na caracterização do comportamento cíclico de pilares de betão armado, mas persistem ainda algumas questões em aberto, nomeadamente no que se refere às diferenças entre a resposta a solicitações monotónicas e cíclicas, e para os carregamentos cíclicos entre solicitações uniaxiais e biaxiais. Por outro lado, é reconhecido que em elementos de betão armado carregados axialmente e sujeitos a esforços de flexão biaxiais se observa um agravamento da degradação de rigidez e a sua ductilidade é reduzida. O presente estudo enquadra-se numa vasta campanha de ensaios realizada sobre pilares retangulares de betão armado sujeitos à flexão cíclica, uniaxial e biaxial. Neste artigo é apresentada uma parte dos resultados e conclusões desse trabalho experimental, focando-se num conjunto de ensaios realizados em 6 pilares retangulares (3 ensaios monotónicos uniaxiais e 3 ensaios cíclicos com lei de deslocamentos impostos oblíqua com ângulos de 30o...

Comportamento de nós viga-pilar

Marques, Vera Lúcia Reis
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.49%
Da observação dos danos provocados por sismos recentes, verifica-se que o comportamento cíclico dos elementos de betão armado é fortemente influenciado pelo mecanismo de aderência aço-betão. A degradação progressiva da aderência, com a consequente ocorrência do escorregamento das armaduras, é uma das causas comuns de dano e colapso de estruturas de betão armado sujeitas a ações severas, como as induzidas pelos sismos. Em muitos países, este fenómeno assume particular importância nos edifícios construídos até aos anos 70, com armadura lisa e sem dimensionamento específico face à ação sísmica. Este tipo de estruturas são geralmente caracterizadas por pormenorização deficiente da armadura, confinamento inadequado e fracas condições de aderência. A conjunção destes fatores, associada à elevada concentração de esforços verificada nas ligações viga-pilar, faz com que nestas zonas se concentre o dano em edifícios de betão armado devido a ações sísmicas. Nesta dissertação são apresentados os principais resultados dos ensaios cíclicos de quatro nós viga-pilar, com a mesma geometria e igual pormenorização da armadura, representativos de nós interiores de edifícios de betão armado construídos até meados dos anos 70...

Comportamento cíclico em flexão de betão auto-compactável reforçado com fibras

Nascimento, David Rodrigues do
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.49%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil; As fibras de aço no betão têm sido empregues com alguma regularidade para melhorar o desempenho e características mecânicas de materiais “quasi-frágeis”, como é o caso de materiais de base cimentícia. Os betões reforçados com fibras têm vindo a difundir-se e atualmente são aplicados em diversas soluções construtivas como é o caso dos túneis, pavimentos industriais e canais, entre outras estruturas laminares e/ou com um elevado grau de hiperestaticidade. Este projeto de investigação tem o intuito de contribuir para aumentar o conhecimento atual do betão-auto-compactável reforçado com fibras de aço, BACRFA. Este tipo de betão congrega as vantagens de um betão auto-compactável, sem necessidade de vibração externa, com as fibras de aço as quais aumentam o comportamento pós-fissurado do compósito. No presente trabalho foi estudado o comportamento à tração em flexão para carregamento monotónico e cíclico, tendo para o devido efeito sido realizados diversos ensaios de acordo com a norma EN 14651 (2005). A investigação experimental foi composta essencialmente por ensaios à flexão em três pontos, para carregamentos cíclicos e monotónicos. Relativamente aos ensaios monotónicos foram realizados 8 ensaios de flexão em três pontos. Enquanto os ensaios cíclicos foram efetuados para distintos níveis de abertura de fissura...

Análise comparativa do comportamento cíclico de nós viga-pilar com armadura lisa e nervurada

Fernandes,C.; Melo,J.; Varum,H.; Costa,A.
Fonte: IBRACON - Instituto Brasileiro do Concreto Publicador: IBRACON - Instituto Brasileiro do Concreto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.37%
Da observação dos danos provocados por diversos sismos recentes, verifica-se que o escorregamento aço-betão é uma das principais causas de dano e colapso de edifícios existentes de betão armado. Em muitos países, este fenómeno assume particular importância nos edifícios construídos até aos anos 70, com armadura lisa e anteriormente à introdução dos primeiros regulamentos que contemplam a acção sísmica com maior detalhe. Este tipo de estru­turas apresenta, geralmente, pormenorização deficiente da armadura, fracas condições de aderência e confinamento inadequado do betão. As ligações viga-pilar nas estruturas de betão armado são pontos onde ocorrem danos significativos quando as estruturas estão sujeitas a carregamentos cíclicos, uma vez que nestas zonas ocorre a maior concentração de esforços. O fenómeno do escorregamento assume particular relevância nas ligações viga-pilar, devido aos maiores esforços que aqui se desenvolvem mas também ao facto de nestas zonas se realizar tipicamente a ancoragem dos varões longitudinais dos pilares e/ou vigas. Neste artigo são apresentados os principais resultados dos ensaios cíclicos de dois nós viga-pilar à escala real com igual geometria e igual pormenorização da armadura...

Reforço de nós viga-pilar de betão armado com CFRP

Cunha, Joana Santos da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
A atividade sísmica ocorrida tem demonstrado que as estruturas existentes de betão armado não têm capacidade resistente e de segurança para responderem às exigências impostas pela construção civil, quando sujeitas a cargas cíclicas. O presente trabalho aborda o reforço de ligações viga-pilar de betão armado sujeitas a carregamentos cíclicos, através da introdução de novos materiais de reforço. Deste modo, é feita uma revisão bibliográfica do trabalho experimental e comparativo deste tema. Este trabalho, recai essencialmente na análise e comparação desenvolvida acerca do comportamento cíclico de nós viga-pilar de betão armado reforçados com recurso a mantas de carbono (CFRP). Os ensaios laboratoriais foram desenvolvidos em provetes não reforçados, cujas cargas cíclicas foram impostas por uma plataforma de ensaio em que se pretendia aplicar a lei de deslocamentos que faz variar no tempo o deslocamento imposto na extremidade do pilar superior. Depois de submetidos a este ensaio e de apresentarem a degradação causada pelas ações estabelecidas, os provetes foram reparados e reforçados com mantas de carbono e posteriormente procedeu-se a um novo ensaio cíclico. Neste âmbito, é feita uma análise comparativa do comportamento mecânico das estruturas reforçadas com manta de carbono de modo a confrontar estes parâmetros com a análise dos provetes não reforçados.; The seismic activity occurred has shown that the existing structures of reinforced concrete don't have sturdy and security capacity to meet the requirements imposed by construction when subjected to cyclic loading. The present work discusses the reinforcement of beam-column joints of reinforced concrete subjected to cyclic loading...