Página 1 dos resultados de 384 itens digitais encontrados em 0.052 segundos

Faixas e períodos de controle de plantas daninhas e seus reflexos no crescimento do eucalipto.; The weed control strip in rows and the weed control periods and its effects at the eucalyptus growth.

Toledo, Roberto Estevão Bragion de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/07/2002 PT
Relevância na Pesquisa
75.7%
Com o objetivo de avaliar os efeitos das faixas de controle das plantas daninhas sobre o crescimento do eucalipto foram conduzidos dois ensaios localizados nos municípios de Três Lagoas, MS (julho de 1996 a agosto de 2000) e de Brotas, SP (fevereiro de 1997 a março de 2001). Os tratamentos experimentais destes ensaios constaram de dois grupos: (i) grupo I: faixas fixas de controle durante os 12 meses iniciais, a: 0, 25, 50, 100, 125 e 150 cm de cada lado da linha de plantio do eucalipto; e, (ii) grupo II faixas crescentes de controle, a: 25 a 150, 25-50-150, 50-125-150, 100-125-150, 100 a 150 e 125 a 150 cm. Aos 49 meses após o plantio dessas áreas, foi constatado que as plantas de eucalipto que cresceram nas parcelas com faixas de controle fixas iguais a 100 cm ou crescentes superiores a 50 cm nos três primeiros meses, respectivamente, mostraram-se superiores, em diâmetro medido à altura do peito (D.A.P.), altura, volume e incremento médio anual de madeira (I.M.A.). Já com o objetivo de estudar os efeitos dos períodos de controle das plantas daninhas sobre a produtividade do eucalipto foram conduzidos três ensaios localizados nos municípios de Três Lagoas, MS (janeiro de 1997 a março de 2001), Brotas, SP (fevereiro de 1997 a fevereiro de 2001) e Piratininga...

Resistência de populações da planta daninha Digitaria ciliaris (Retz.) Koel. a herbicidas inibidores da acetil coenzima A carboxilase (ACCase); Resistance of populations of the weed Digitaria ciliaris (Retz.) Koel. to acetyl coenzyme A carboxylase (ACCase) inhibitor herbicides

López Ovejero, Ramiro Fernando
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
65.85%
Com o objetivo de estudar populações resistentes (R) e suscetíveis (S) de Digitaria ciliaris aos herbicidas inibidores da ACCase, no estado do Paraná-Brasil, região dos Campos Gerais foi desenvolvida a presente pesquisa para: (a) confirmar a resistência de biótipos R aos herbicidas inibidores da ACCase por meio de curvas de dose-resposta, bem como estabelecer o grau de resistência cruzada destes biótipos; (b) avaliar a suscetibilidade comparativa de dois biótipos (R4 e S) a herbicidas com mecanismo de ação de inibição de ACCase, ALS e síntese de carotenos, portanto o grau de resistência múltipla; (c) comparar a adaptabilidade ecológica e competitividade dos biótipos R4 e S e; (d) avaliar a eficácia de herbicidas alternativos aplicados em condições de pré e pós-emergência na cultura de soja no controle de biótipos R. A avaliação das populações suspeitas de resistência: R1 – Castro; R2 - Ponta Grossa; R3 – Carambeí; e R4 - Piraí do Sul, e uma população suscetível (S – Ponta Grossa) em condições de casa-de-vegetação, através de curvas de dose resposta permitiu concluir que as populações R1, R2, R3 e R4 apresentaram-se como biótipos resistentes aos herbicidas inibidores da ACCase com diferentes níveis de resistência cruzada aos herbicidas com este mecanismo de ação. No experimento onde foram avaliados herbicidas inibidores da ACCase: fluazifop-p-butil...

Facilitação entre plantas e suas implicações para a dinâmica e restauração de restingas; Plant facilitation and its implications for the dynamics and restoration of coastal dunes

Castanho, Camila de Toledo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
75.89%
Nas últimas duas décadas estudos empíricos têm demonstrado a importância da facilitação entre plantas, especialmente sob condições ambientais severas. Tal constatação inspirou a proposição da hipótese do gradiente de estresse (HGE), um modelo conceitual que prediz que a freqüência relativa entre facilitação e competição deve variar inversarmente ao longo de um gradiente de estresse, sendo a facilitação mais comum sob condições extremamente severas. As restingas (ou planícies costeiras arenosas) são ambientes caracterizados por condições ambientais limitantes para o desenvolvimento das plantas, fazendo-se então um ambiente propício para o predomínio de facilitação. Além disso, o gradiente de intensidade de estresse e perturbação relacionado à distância do mar faz ainda deste ecossistema um modelo ideal para testar a HGE. O objetivo geral desta tese foi estudar facilitação entre plantas de restinga através dos seguintes objetivos específicos: i) Apresentar uma revisão sistemática dos trabalhos já publicados sobre facilitação entre plantas de restinga em escala mundial, assim como investigar, através de meta-análise, que fatores influenciam a presença e intensidade da facilitação entre plantas; ii) Testar se os padrões de associação espacial entre árvores adultas isoladas e plantas de distintas formas de vida se alteram ao longo de um gradiente ambiental praia-interior...

Bases morfofisiológicas para maior tolerância dos híbridos modernos de milho a altas densidades de plantas

Sangoi,Luís; Almeida,Milton Luiz de; Silva,Paulo Regis Ferreira da; Argenta,Gilber
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
65.98%
O lançamento de híbridos de milho tolerantes ao aumento da densidade de plantas contribuiu para o incremento do potencial produtivo da cultura na segunda metade do século XX. Objetiva-se com esta revisão de literatura discutir características morfológicas, fisiológicas, fenológicas e alométricas que contribuíram para maior adaptação do milho a elevadas densidades de plantas. Os processos de seleção utilizados pelos melhoristas minimizaram a natureza protândrica da planta, reduzindo o tamanho do pendão. Isso propiciou desenvolvimento alométrico mais equilibrado entre as inflorescências masculina e feminina, limitou a esterilidade feminina e favoreceu a sincronia entre antese e espigamento. O ideotipo de planta compacto dos híbridos modernos, caracterizado pela presença de plantas baixas, com menor número de folhas e folhas eretas, melhorou a qualidade da luz no interior do dossel, contribuindo para reduzir a dominância apical do pendão sobre as espigas. A menor produção de fitomassa reduziu a competição intra-específica e aumentou a eficiência de uso dos fatores ambientais, disponibilizando mais carboidratos para atender às diferentes demandas da planta na fase reprodutiva. O maior equilíbrio nas relações entre fonte e dreno contribuiu para retardar a senescência foliar...

Comportamento de cultivares e linhagens de alface americana em Santana da Vargem (MG), nas condições de inverno

Yuri,Jony Eishi; Resende,Geraldo M. de; Mota,José Hortêncio; Souza,Rovilson J. de; Rodrigues Júnior,Juarez C.
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
65.9%
Cultivares e linhagens de alface americana adaptadas ao cultivo de inverno, foram avaliadas em experimento conduzido em Santana da Vargem (MG). Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, com três repetições. As massas frescas totais, de 42 genótipos variaram de 772 a 1268 g planta-1. O melhor desempenho foi obtido pelas linhagens P1823-0014206-1 (1268 g planta-1) e P1823-0014325-3 (1232 g planta-1), que não diferiram estatisticamente entre si. Para a massa fresca comercial, a variação verificada foi de 378 a 729 g planta-1. Entre os genótipos estatisticamente superiores, obteve-se variação de 561 a 729 g planta-1. Houve variação de 35,6 a 49,2 cm na circunferência de cabeça comercial. A linhagem "P1823-0014325-3", com a maior circunferência de cabeça comercial, foi estatisticamente superior às demais (49,2 cm). O comprimento de caule variou de 1,9 a 4,9 cm, valores considerados aceitáveis para o processamento industrial. Verificou-se uma variação abrangendo todos os graus da escala de notas para resistência à Bremia lactucae, sendo resistentes: SVR2210 (4,2); GX635 (4,2); P1843-1000148-1 (4,5); P1831-0015585-1 (4,5); P1831-0015338-1 (4,5); P1790-011945-1 (4,7); P1814-0013283-1 (4,7); P1843-1000697-1 (4...

Comportamento de cultivares de alface americana em Santo Antônio do Amparo

Yuri,Jony E.; Souza,Rovilson José de; Resende,Geraldo M. de; Mota,José H.
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
Com o objetivo de avaliar o comportamento de cultivares de alface do tipo americana em duas épocas de cultivo, foram conduzidos dois experimentos em Santo Antônio do Amparo (MG), de setembro a dezembro de 1998 e fevereiro a maio de 1999 em condições de túnel. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com seis cultivares (Cassino; Legacy; Lucy Brown; Lorca; Lady e Raider) e quatro repetições. As avaliações de massa fresca total e comercial, circunferência e comprimento do caule da cabeça comercial foram realizadas quando as plantas apresentaram cabeça bem formada e compacta. Na primeira época de plantio, sobressaíram-se na característica massa fresca total as cultivares Lady (820,4 g planta-1) e Lucy Brown (790,7 g planta-1) sem, contudo, diferirem da cultivar Lorca (626,6 g planta-1). Para massa fresca comercial destacaram-se as cultivares Lady (620,0 g planta-1) e Lucy Brown (559,3 g planta-1) com maiores rendimentos. A circunferência da cabeça comercial variou de 36,3 a 47,2 cm e o comprimento do caule de 3,3 a 4,5 cm. Para a segunda época de cultivo não observou-se diferenças significativas entre as cultivares para massa fresca total e comercial. No entanto, todas as cultivares apresentaram massa fresca comercial acima de 850 g planta-1. A circunferência da cabeça variou de 45...

Competição de clones de mandioquinha-salsa em quatro épocas de colheita

Granate,Maria José; Silva,Derly José H da; Sinval,Wehélbio N; Pinto,Fabrício de SA; Sediyama,Maria Aparecida N; Puiatti,Mário
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
75.8%
A redução do tempo de permanência no campo da mandioquinha-salsa é um dos principais objetivos do melhoramento. Foi avaliada a produção de 11 clones além de uma cultivar, colhidos aos 187, 243, 306 e 370 dias após o plantio, em Araponga-MG. Os tratamentos foram arranjados como fatorial 12 x 4, no delineamento de blocos casualizados, com três repetições. Avaliou-se a altura e diâmetro de planta, comprimento da maior raiz, diâmetro da raiz mais longa, diâmetro da raiz mais grossa, produtividade de rebentos, número de rebentos/planta, produtividade da coroa, produtividade da parte aérea e produtividade de raízes comercializáveis e não-comercializáveis. Estimou-se o tempo que cada clone necessita para atingir produtividade de raízes comercializáveis igual à média de Minas Gerais (11 t ha-1). O tempo variou de 243 a 344 dias, sendo que todos os clones tiveram tempo estimado inferior aos 365 dias necessários em campos tradicionais da região. O clone BGH 5742 atingiu 13,46 t ha-1 aos 243 DAP e o menor tempo estimado para atingir a produtividade média de Minas Gerais. Os clones BGH 4550, BGH 5742, BGH 5746, BGH 5747, BGH 6417, BGH 6507, BGH 6521 e BGH 7607 produziram acima da média de Minas Gerais, aos 306 DAP. As correlações genotípicas da característica produtividade de raízes comercializáveis com as outras características foram baixas ou nulas. As correlações ambientais superaram as genotípicas o que evidencia forte influência do ambiente sobre as plantas.

Avaliação da competição intergenotipica em misturas de cultivares de soja

Bisognin,Dilson Antonio; Vernetti,Francisco de Jesus
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1995 PT
Relevância na Pesquisa
65.99%
Para avaliar os efeitos da competição intergenotípica em misturas de cultivares de soja - Glycine max (L.) Merrill - foi conduzido um experimento em Capão do Leão, RS, no ano agrícola de 1989/90. Os tratamentos foram os estandes puros de IAS 5, Ivorá, Bragg, BR 8 - Pelotas e Ivaí e as combinações de Bragg com os demais cultivares, nas proporções de 20, 35, 50, 65 e 80%. O delineamento experimental foi o látice parcialmente balanceado 5x5, com quatro repetições. A competição intergenotípica foi quantificada pela variação percentual = 100 (PM - PEP)/ PEP, onde PM é a média do caráter em mistura e PEP é a média do caráter em estande puro. As misturas produziram, em média, 3,8% mais que a média dos componentes em estande puro. Duas misturas, IAS 5 + Bragg e BR 8-Pelotas + Bragg, proporcionaram acréscimos no rendimento em todas as proporções de misturas. Concluiu-se que a competição intergenotípica pode ser utilizada no melhoramento da soja, visando a obtenção de misturas com rendimento e desempenho superior. Respostas diferenciadas à competição intergenotípica foram observadas em diferentes misturas e proporções e, proporção e características contrastantes entre os cultivares como capacidade de ramificação...

Competição de híbridos e variedades de girassol comerciais em safrinha no oeste da Bahia.

LOPES, P. V. L.; MARTINS, M. C.; TAMAI, M. A.; CARVALHO, C. G. P. de; OLIVEIRA, A. C. B. de; TAVARES, J. A.
Fonte: In: REUNIÃO NACIONAL DE PESQUISA DO GIRASSOL, 18.; SIMPÓSIO NACIONAL SOBRE A CULTURA DO GIRASSOL, 6., 2009, Pelotas. Anais... Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2009. p. 202-208. Editado por Ana Paula Schneid Afonso Rosa, Márcia Vizzotto, Simone Ery Grosskopf. Publicador: In: REUNIÃO NACIONAL DE PESQUISA DO GIRASSOL, 18.; SIMPÓSIO NACIONAL SOBRE A CULTURA DO GIRASSOL, 6., 2009, Pelotas. Anais... Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 2009. p. 202-208. Editado por Ana Paula Schneid Afonso Rosa, Márcia Vizzotto, Simone Ery Grosskopf.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.93%
Foi instalado um experimento no município de São Desidério-BA com objetivo de avaliar o comportamento de híbridos e variedades de girassol comerciais em safrinha no Oeste da Bahia. A semeadura foi realizada em 09/03/2009 utilizando 18 genótipos: NTO3.0, NTO2.0, M 734, Hélio 250, Agrobel 962, Hélio 358, Agrobel 960, Hélio 253, Hélio 251, DAS 735, Paraíso 20, Agrobel 972, Paraíso 33, Paraíso 22, Agrobel 967, Paraíso 102CL (híbridos), Embrapa 122 e IAC Iarama (variedades). O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso com cinco repetições. Os parâmetros avaliados foram: produtividade de grãos, estande final de plantas, massa de 1000 sementes, altura de planta, tamanho do capítulo, duração do ciclo de maturação. O ensaio teve média de produtividade de 2.344,6 kg/ha, onde estas variaram de 1.543,1 kg/ha (IAC Iarama) a 3.367,8 kg/ha (NTO3.0), estando acima da média da produtividade nacional de 1.400 kg/ha. Nos parâmetros avaliados houve variações entre os diversos genótipos para estande final de plantas (22.631,6 a 33.157,9 plantas/ha), massa de mil sementes (60 a 96 g), altura de planta (133 a 182 cm), tamanho do capítulo (42 a 58 cm) e ciclo (90 a 106 dias), sendo observadas diferenças estatísticas significativas para todas as características avaliadas.; 2009

Mecanismos de ação de rizobactérias do feijão-caupi selecionadas para redução da viabilidade de escleródios de Rhizoctonia solani.

NECHET, K. de L.; DINIZ, I. S.; MARTINS, S. A.; SOUZA, G. R. de; HALFELD-VIEIRA, B. de A.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS NATURAIS, 5., 2011, Jaguariúna. [Anais...] Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2011. 1 CD ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS NATURAIS, 5., 2011, Jaguariúna. [Anais...] Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2011. 1 CD ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.7%
RESUMO O uso de rizobactérias vem sendo investigado para o controle da mela, causada pelo fungo Rhizoctonia solani AG1 IA, do feijão-caupi (Vigna unguiculata). Estudos prévios permitiram a pré- seleção de oito isolados de rizobactérias do feijão-caupi com capacidade de inibir a germinação de escleródios de R. solani in vivo entre 33 e 96%. O objetivo deste trabalho foi identificar os mecanismos de ação relacionados à secreção de antibióticos, enzimas que degradam a parede celular e a competição por espaço e nutrientes destes isolados. Os ensaios foram realizados em condições controladas em placas de Petri no qual cada isolado foi testado diretamente para a produção de antibiose por difusão em meio, quitinase, glucanase e sideróforos. Cinco isolados foram positivos para antibiose por difusão em meio e dois isolados para glucanase. O isolado C12 foi positivo para ambos os parâmetros.; 2011

Efeitos da competição de plantas daninhas na cultura do sorgo granífero Sorghum bicolor (L.) Moench.

PASSINI, T.; SILVA, J.B.da; MORAIS, A.R.de.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 16., 1986, Belo Horizonte. Anais... Sete Lagoas: EMBRAPA-CNPMS, 1988. p. 446-453. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 16., 1986, Belo Horizonte. Anais... Sete Lagoas: EMBRAPA-CNPMS, 1988. p. 446-453.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.93%
O trabalho foi realizado com o objetivo de se avaliar o efeitos da competicao de plantas daninhas sobre a cultura do sorgo granifero. O experimento foi conduzido no Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo, em Sete Lagoas - MG, no ano agricola de 1983/84, utilizando-se o hibrido BR 300. A cultura conviveu com a populacao daninha durante duas semanas sem que sua producao fosse reduzida significativamente, mas um aumento no periodo de competicao a partir da quarta semana apos a emergencia da cultura, provocou uma reducao de paniculas por hectare, producao de graos por panicula e producao de graos por hectare.; 1988

Introdução e competição de cultivares de cana-de-açúcar na região da Transamazônica, Pará.

SOUZA, F. R. S. de; POLTRONIERI, L. S.
Fonte: In: SIMPÓSIO DO TRÓPICO ÚMIDO, 1., 1984, Belém, PA. Resumos. Belém, PA: EMBRAPA-CPATU, 1984. Publicador: In: SIMPÓSIO DO TRÓPICO ÚMIDO, 1., 1984, Belém, PA. Resumos. Belém, PA: EMBRAPA-CPATU, 1984.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 200.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.82%
1984

Comportamento de linhagens de feijão em relação à competição das plantas invasoras.

SILVA, G. S. da; PÁDUA, J. M. V.; RAMALHO, M. A. P.; ABREU, Â. de F. B.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO DE PLANTAS, 5., 2009, Guarapari. O melhoramento e os novos cenários da agricultura: anais. Vitória: Incaper, 2009. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MELHORAMENTO DE PLANTAS, 5., 2009, Guarapari. O melhoramento e os novos cenários da agricultura: anais. Vitória: Incaper, 2009.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.93%
Seis linhagens de feijão diferindo em vários caracteres agronômicos foram avaliadas em diferentes níveis de competição da planta invasora, com o objetivo de verificar a redução na produtividade de grãos devido as plantas invasoras, estimar o período crítico de competição e verificar se a competição varia com a linhagem de feijão utilizada.; 2009

Introdução e competição de cultivares de cana-de-açúcar na região da Transamazônica, Pará.

SOUZA, F. R. S. de; POLTRONIERI, L. S.
Fonte: In: SIMPÓSIO DO TRÓPICO ÚMIDO, 1., 1984, Belém, PA. Anais. Belém, PA: EMBRAPA-CPATU, 1986. v. 3, p. 229-233. Publicador: In: SIMPÓSIO DO TRÓPICO ÚMIDO, 1., 1984, Belém, PA. Anais. Belém, PA: EMBRAPA-CPATU, 1986. v. 3, p. 229-233.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.82%
1986; v.3 Culturas temporárias.

Competição de cultivares de alface em Jataí-GO.

SCHUMACHER, P. V.; MOTA, J. H.; YURI, J. E.; RESENDE, G. M. de
Fonte: Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 30, n. 2, p. S2727-S2731, jul. 2012. Publicador: Horticultura Brasileira, Brasília, DF, v. 30, n. 2, p. S2727-S2731, jul. 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.69%
2012; Suplemento. Edição dos Anais do 52 Congresso Brasileiro de Olericultura, Salvador, jul. 2012.

Comportamento de linhagens de feijão em relação à competição das plantas invasoras.

SILVA, G. S. da; PÁDUA, J. M. V.; RAMALHO, M. A. P.; ABREU, A. de F. B.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE PESQUISA DE FEIJÃO, 9., 2008, Campinas. Ciência e tecnologia na cadeia produtiva do feijão. Campinas: Instituto Agronômico, 2008. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE PESQUISA DE FEIJÃO, 9., 2008, Campinas. Ciência e tecnologia na cadeia produtiva do feijão. Campinas: Instituto Agronômico, 2008.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.99%
O objetivo desse trabalho foi o de estimar o dano provocado pela planta invasora e se a competição varia em função da linhagem de feijão utilizada.; 2008

Papéis ecológicos e papéis culturais de plantas conhecidas por comunidades quilombolas do litoral de Santa Catarina, Brasil

Valadares, Kênia Maria de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 249 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
65.92%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, Florianópolis, 2015.; Comunidades tradicionais, como os Quilombolas, são reconhecidas por possuírem saberes resultantes da evolução com seus ambientes, o que permite sua existência e manutenção, mesmo em meio à modernidade. A partir da abordagem etnoecológica, investigou-se o Conhecimento Ecológico Local (CEL) de três comunidades quilombolas (Aldeia  AL, Santa Cruz  SC e Morro do Fortunato  MF), do litoral sul de Santa Catarina, com o foco nos papéis ecológicos e culturais de plantas conhecidas localmente. Após obter Anuência Prévia, realizamos entrevistas semi-estruturadas e oficinas participativas, além de turnês guiadas para coleta de plantas. Analisamos os papéis ecológicos a partir das interações ecológicas percebidas, com posterior construção de redes. Os papéis culturais foram analisados a partir das métricas de Espécie-chave Cultural (ECC), Índices de Significado Cultural (ISC), de Priorização (IP) e de Saliência (IS). De 184 entrevistas, 141 descreveram interações ecológicas, classificadas a posteriori. Houve diferença significativa na proporção média citações com interações ecológicas...

Competividade e predição de perdas de rendimento da cultura de feijão quando em convivência com Brachiaria plantaginea (Link) Hitchc.; Competitivity and crop yield loss prediction of bean (Phaseolus vulgaris L.) in coexistence with alexandergrass Brachiaria plantaginea (Link) Hitchc.

Passini, Telma
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
66.17%
A predição de perdas de rendimento de uma cultura devido à interferência de plantas daninhas é fundamental para o planejamento e seleção de estratégias de manejo das plantas daninhas na agricultura. Diversos modelos empíricos foram descritos na literatura porém, há necessidade de validá-los e escolher variáveis que possam ser avaliadas de modo prático, sem reduzir a precisão da predição de perda de rendimento da cultura. Os objetivos foram os de avaliar a competitividade da cultura de feijão (Phaseolus vulgaris L.) em relação à planta daninha [Brachiaria plantaginea (Link) Hitchc.]; comparar a eficiência de modelos empíricos em predizer perdas de rendimento da cultura em que a variável independente descreve a população de plantas daninhas em termos de densidade, índice de área foliar relativa e cobertura relativa do solo e propor uma metodologia para estimar os coeficientes dos modelos avaliados. Os experimentos foram conduzidos na Universidade de São Paulo (USP), na Escola Superior de Agricultura 'Luiz de Queiroz' (ESALQ), no Departamento de Produção Vegetal, em Piracicaba/SP, Brasil. Em casa de vegetação, avaliou-se a resposta de cada espécie à sua própria densidade, determinando-se a densidade mínima de plantas a partir da qual a produção de massa vegetal/unidade de área torna-se independente da densidade e a resposta de cada uma em relação à presença da outra em diferentes densidades e proporções. No campo...

Adequação de ciclo e estatura de planta é essencial para a comparação de genótipos de milho

Storck,Lindolfo; Cargnelutti Filho,Alberto; Lúcio,Alessandro Dal'Col; Santos,Paula Machado dos; Carvalho,Melissa Pisaroglo de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
75.83%
A falta da comparabilidade dos efeitos nos ensaios de competição de genótipos de milho (Zea mays) pode resultar em recomendações equivocadas. O objetivo deste trabalho foi verificar se o enquadramento dos genótipos de milho quanto ao ciclo é correto e se este altera a comparação das médias. Foram conduzidos seis experimentos de competição de genótipos de milho de ciclo superprecoce, precoce e normal, em dois níveis tecnológicos, na área experimental da UFSM, durante o ano agrícola de 2000/2001. O experimento bifatorial (genótipos nas parcelas principais e densidades nas subparcelas) foi conduzido no delineamento blocos ao acaso com três repetições. A proporção de experimentos de pressuposições adequadas foi alta, indicando análise de boa qualidade. Os genótipos de milho encontram-se mal agrupados quanto ao ciclo e, por conseqüência, quanto à estatura de plantas, aumentando a heterogeneidade nos experimentos e prejudicando a comparação das médias. Genótipos de milho com ciclo e/ou estatura de plantas diferentes não devem ser comparados na mesma densidade e experimento.

Correlação entre o erro experimental e características dos ensaios nacionais de competição de cultivares de milho

Lúcio,Alessandro Dal'Col; Banzatto,David Ariovaldo; Storck,Lindolfo; Martin,Thomas Newton; Homrich Lorentz,Leandro
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2001 PT
Relevância na Pesquisa
65.83%
O objetivo deste trabalho foi verificar o grau de relação entre o erro experimental e as variáveis observadas no decorrer do experimento. Com os dados dos ensaios nacionais de competição de cultivares de milho, utilizou-se a análise de trilha dentro de cada ciclo dos materiais, tendo como variável principal o quadrado médio do erro e como variáveis explicativas as demais variáveis observadas nos experimentos, com o objetivo de mostrar que variáveis como peso de espigas, rendimento de grãos, altura da planta e altura de inserção da primeira espiga com valores mais homogêneos dentro de cada experimento, independente do ciclo, proporcionam um menor valor do quadrado médio do erro, fazendo com que a precisão do experimento seja melhorada.