Página 1 dos resultados de 16 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Aspectos bioecológicos e potencial de parasitismo de Encarsia formosa (Gahan) (Hymenoptera: Aphelinidae) sobre Bemisia tabaci biótipo B(Gennadius) (Hemiptera: Aleyrodidae) em couve tomate e soja.; Biological aspects and parasitism potencial of Encarsia formosa (Gahan) (Hymenoptera: Aphelinidae) under Bemisia tabaci BIOTYPE B (Gennadius) (Hemiptera: Aleyrodidae).

Takahashi, Karina Manami
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.9%
O presente trabalho teve por objetivo avaliar o potencial de parasitismo e eficiência de E. formosa sobre B. tabaci biótipo B em couve, tomate e soja. O tempo de desenvolvimento de ovo a adulto e o número de ninfas de B. tabaci biótipo B foram avaliados em soja, tomate e couve. O número de ninfas parasitadas diariamente e o número total de ninfas parasitadas por fêmeas de E. formosa até sua morte foram avaliados para determinar a capacidade de parasitismo do parasitóide. Foram realizadas liberações de números variáveis de E. formosa para um número fixo de ninfas de B. tabaci biótipo B para avaliar o número ideal de parasitóides por planta. Através dos resultados obtidos, observou-se que a duração de ovo a adulto de B. tabaci biótipo B em tomate (22,03 dias) foi estatisticamente superior a de soja (21,17 dias) e esta última significativamente superior que em couve (19,8 dias) sob as mesmas condições ambientais. O parasitóide E. formosa apresentou preferência por ovipositar no terceiro e quarto ínstares de seus hospedeiros. Comparando-se as três culturas avaliadas verifica-se que a couve apresentou número médio total de ninfas parasitadas superior aos valores obtidos para soja e tomate, que por sua vez não apresentaram diferença entre si. O parasitóide não apresentou diferença em relação à longevidade quando foram oferecidas ninfas de terceiro ou quarto ínstares nas culturas estudadas. Entretanto...

Avaliação da segurança microbiológica de hortaliças minimamente processadas, pela enumeração de microrganismos indicadores, Salmonella sp. e Listeria monocytogenes por métodos convencionais e aplicação da PCR em tempo real na quantificação de Listeria monocytogenes; Evaluation of the microbiological safety of minimally processed vegetables by the enumeration of indicative microorganisms, Salmonella spp. and Listeria monocytogenes by conventional methods and quantification of Listeria monocytogenes by real-time PCR

Oliveira, Maria Aparecida de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.28%
A vida moderna tem gerado mudanças importantes nos hábitos alimentares em todo o mundo e observa-se um aumento da demanda por alimentos prontos para o consumo, tais como frutas e hortaliças minimamente processadas. As condições de embalagem e armazenamento destes produtos podem favorecer a multiplicação de bactérias psicrotróficas, destacando-se o patógeno Listeria monocytogenes. Para estudos de avaliação de riscos microbiológicos relativos a L. monocytogenes, dados quantitativos são fundamentais, mas, os métodos para enumeração disponíveis atualmente são trabalhosos e morosos. Há grande interesse no desenvolvimento de métodos rápidos para a determinação das populações de L. monocytogenes, o que pode reduzir significativamente o tempo de análise. Neste trabalho, foram analisadas 162 amostras de hortaliças minimamente processadas adquiridas no comércio varejista de Ribeirão Preto/SP, no período de setembro de 2007 a agosto de 2008. Foram realizados ensaios convencionais para enumeração de coliformes totais e termotolerantes, Escherichia coli e bactérias aeróbias psicrotróficas. Foi realizada a detecção de Listeria sp. por imunoensaio (Oxoid Listeria Rapid Test) e de Salmonella por método convencional. Alíquotas congeladas de amostras positivas para L. monocytogenes e Salmonella sp. foram também avaliadas quantitativamente empregando-se métodos convencionais. Para quantificação de L. monocytogenes foi utilizado o método da Reação de Polimerase em Cadeia (PCR) em tempo real...

Avaliação quantitativa do risco de Salmonella e Listeria monocytogenes em vegetais minimamente processados; Quantitative risk assessment of Salmonella and Listeria monocytogenes in minimally processed vegetables

Sant'Ana, Anderson de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.07%
A ocorrência de surtos de doencas associadas aos vegetais minimamente processados (VMP) tem chamado a atenção para a sua segurança microbiológica. A avaliação quantitativa de riscos permite que o impacto das materias-primas e processamento seja avaliado e os resultados obtidos sejam usados para gestão e comunicação do risco. Desta forma, o presente estudo objetivou quantificar o risco de infecções por Salmonella spp. e Listeria monocytogenes a partir do consumo de VMP no Brasil. Um total de quinhentas e doze amostras de VMP foram analisadas e foi possivel enumerar e detectar Salmonella em 0,4% e 0,4% das amostras, respectivamente. L. monocytogenes foi enumerada e detectada em 0,97% e 3,1% das amostras analisadas, respectivamente. Os isolados de Salmonella spp. (n=4) e L. monocytogenes (n=69) foram confirmados por PCR e caracterizados por sorotipagem tradicional. Os isolados de L. monocytogenes foram caracterizados quanto ao ribotipo, resistencia ao cloro, taxa de multiplicação (µ), capacidade de formação de biofilmes e presença de genes de virulência. O sorovar predominante entre Salmonella spp. foi S. Typhimurium. Em relação a L. monocytogenes, observou-se prevalência do sorotipo 4b e do ribogrupo DUP-1038 e presenca de genes de virulência em 100% (inlA) e 97% (inlC e inlJ) dos isolados. A maioria dos isolados de L. monocytogenes foi resistente a exposição a 125 ppm de cloro livre...

Capacidade reprodutiva e preferência da traça-das-crucíferas para diferentes brassicáceas

Bortoli, Sergio A de; Vacari, Alessandra M; Goulart, Roberto M; Santos, Rafael F; Volpe, Haroldo XL; Ferraudo, Antonio S
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 187-192
POR
Relevância na Pesquisa
26.81%
O objetivo desta pesquisa foi comparar diferentes cultivares de brassicáceas em relação à capacidade reprodutiva e preferência para alimentação e oviposição da traça-das-crucíferas. Os experimentos foram realizados utilizando-se as cultivares de repolho Midori, Chato-de-Quintal, híbridos da Top Seed® - Agristar (TPC 308, TPC 681 e TPC 668), couve-flor Bola de Neve, couve brócolis Ramoso Piracicaba Precoce e couve Manteiga da Geórgia, sendo esta última utilizada como padrão de suscetibilidade. Por meio dos dados biológicos de P. xylostella foram estimados os parâmetros necessários para a construção de tabela de vida de fertilidade, para comparação das cultivares testadas em relação à capacidade reprodutiva da praga. em gaiolas de criação da traça-das-crucíferas foram colocados quatro quartos de folha, dois a dois, que justapostos formavam um círculo de 8 cm de diâmetro, confrontando-se os materiais dois a dois. As partes foram dispostas equidistantemente, para realização do teste de dupla chance de escolha (preferência para alimentação e oviposição) e de múltipla chance de escolha, confrontando todos os substratos (preferência para alimentação). As cultivares que proporcionaram melhor desenvolvimento e reprodução para a traça-das-crucíferas foram couve Manteiga da Geórgia e couve brócolis. Para preferência alimentar constatou-se alta suscetibilidade em couve Manteiga e TPC 681 e para preferência de oviposição alta preferência para couve-flor Bola de Neve. Com isso...

Aspectos higiênicos-sanitários de vegetais minimamente processados e perfil de resistência das leveduras isoladas frente ao hipoclorito de sódio e ozônio

Pereira, Ana Paula Maciel
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 89 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.21%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Engenharia e Ciência de Alimentos - IBILCE; A demanda por dietas saudáveis, a participação feminina cada vez maior no mercado de trabalho, reduzindo o tempo gasto no preparo das refeições e a praticidade cada vez mais exigida pelas redes de fast-food e restaurantes, resultaram em uma expansão no setor de vegetais minimamente processados. O objetivo do processamento mínimo é oferecer ao consumidor, frutas e hortaliças prontas para o preparo/consumo, ou seja, alimentos práticos, que economizam tempo, espaço e mão-de-obra. Além disso, devem apresentar características de produto fresco, boa aparência, qualidade nutritiva e segurança para o consumidor. Devido ao alto teor de umidade, à intensa manipulação e à falhas que podem ocorrer durante as etapas do processamento, esse produto alimentício geralmente constitui um ótimo meio para o desenvolvimento de microrganismos deteriorantes ou patogênicos. Nesse sentido, este trabalho teve por objetivo analisar os aspectos higiênico-sanitários de vegetais minimamente processados produzidos por uma microempresa localizada em São José do Rio Preto - SP, por meio do monitoramento microbiológico e aplicação do check-list...

Determinação do fator de correção das hortaliças folhosas comercializadas em Brasília; Correction factor determination in leafy vegetable crops commercialized in Brasilia, Brazil

Lemos, Aline Guimarães; Botelho, Raquel Braz Assunção; Akutsu, Rita de Cássia Coelho de Almeida
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.07%
O Brasil tem índices elevados de desperdício de alimentos, fato que afeta a economia e acentua os problemas sociais. O planejamento inadequado do processamento de alimentos, desde a pós-colheita até o consumo, é um dos canais do desperdício. As hortaliças têm sua durabilidade afetada por serem passíveis de sofrer modificações inerentes aos processos de crescimento e de maturação e por passarem por práticas higienizadoras e por serem submetidas a operações de subdivisão e/ou de cocção. Para tentar minimizar as perdas, a determinação do Fator de Correção (FC) de hortaliças é essencial, pois, este pode propiciar uma avaliação mais precisa do grau de desperdício e quais os fatores que podem intervir nas perdas. Este trabalho consiste na determinação de FC das seguintes hortaliças folhosas: alface americana, alface crespa, alface lisa, alface roxa, acelga, almeirão, agrião, chicória, couve manteiga, escarola, espinafre, mostarda, repolho branco, repolho roxo e rúcula. Foram adquiridas unidades de venda (no atacado) de cada hortaliça na Central de Abastecimento (CEASA) de Brasília-DF, de três fornecedores diferentes, em diferentes meses de colheita (abril, maio junho e outubro), perfazendo 36 amostras por hortaliça. Com o objetivo de detectar se existe influência dos meses de colheita sobre os fatores de correção parcial (FC 1) e final (FC 2)...

Determinação dos fungicidas ditiocarbamatos etilenobisditiocarbamatos (EBDC) e propinebe em alimentos por HPLC-UV; Determination of dithiocarbamate fungicides ethylenebisdithiocarbamates (EBDC) and propineb in food by HPLC-UV

Mello, Denise Carvalho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.47%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2014.; A técnica mais utilizada para a análise dos fungicidas ditiocarbamatos envolve a determinação indireta do CS2 liberado após digestão ácida da matriz, e não distingue qual ditiocarbamato está presente na amostra. O objetivo deste estudo foi desenvolver e validar um método analítico para determinação de etilenobisditiocarbamatos (EBDC) e propinebe em alimentos por HPLC-UV. O mancozebe, ditiocarbamato mais utilizado no Brasil, foi utilizado com composto representante dos EBDC. As culturas testadas incluíram o repolho, couve, brócolis e goiaba. O primeiro método avaliado, de cromatografia de par iônico e detecção em 286 nm, não se mostrou satisfatório devido a dificuldades com o extrato e instabilidade do perfil cromatográfico dos analitos. O segundo método avaliado envolveu a decomposição dos ditiocarbamatos, metilação, extração/clean-up por QuEChERS, e cromatografia em fase reversa (detecção em 270 nm). Foram testados oito fases de clean-up e diferentes parâmetros da fase móvel (pH, vazão e gradiente). Os melhores resultados foram encontrados com clean-up com PSA/MgSO4/carvão ativado, fase móvel água:acetonitrila em gradiente e vazão de 1...

Host plant pubescence: Effect on silverleaf whitefly, Bemisia argentifolii, fourth instar and pharate adult dimensions and ecdysteroid titer fluctuations

Gelman, Dale B.; Gerling, Dan
Fonte: University of Arizona Library Publicador: University of Arizona Library
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 12/08/2003 EN
Relevância na Pesquisa
16.07%
The ability to generate physiologically synchronous groups of insects is vital to the performance of investigations designed to test insect responses to intrinsic and extrinsic stimuli. During a given instar, the silverleaf whitefly, Bemisia argentifolii, increase in depth but not in length or width. A staging system to identify physiologically synchronous 4th instar and pharate adult silverleaf whiteflies based on increasing body depth and the development of the adult eye has been described previously. This study determined the effect of host plant identity on ecdysteroid fluctuations during the 4th instar and pharate adult stages, and on the depth, length and width dimensions of 4th instar/pharate adult whiteflies. When grown on the pubescent-leafed green bean, tomato and poinsettia plants, these stages were significantly shorter and narrower, but attained greater depth than when grown on the glabrous-leafed cotton, collard and sweet potato plants. Thus, leaf pubescence is associated with reduced length and width dimensions, but increased depth dimensions in 4th instars and pharate adults. For all host plants, nymphal ecdysteroid titers peaked just prior to the initiation of adult development. However, when reared on pubescent-leafed plants...

Plant surfaces of vegetable crops mediate interactions between chemical footprints of true bugs and their egg parasitoids

Giudice, Daniela Lo; Peri, Ezio; Bue, Mauro Lo; Colazza, Stefano
Fonte: Landes Bioscience Publicador: Landes Bioscience
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 EN
Relevância na Pesquisa
26.34%
During the host location process, egg parasitoids can eavesdrop on chemical cues released from immature and adult hosts. These indirect host-related cues are highly detectable, but of low reliability because they lead egg parasitoid females to an area where oviposition is likely to occur rather then providing wasps with direct information on the presence of eggs and their location. In the host-parasitoid associations between true bugs and their scelionid egg parasitoids, female wasps perceive the chemical residues left by host adults walking on substrates as contact kairomones, displaying a characteristic arrestment posture. In this study, we demonstrated that epicuticular waxes of leaves of two vegetable crops, broad bean, Vicia faba and collard greens, Brassica oleracea, mediate the foraging behaviour of Trissolcus basalis (Wollaston) by adsorbing contact kairomones from adults of Nezara viridula (L.). Trissolcus basalis females showed no response when released on the adaxial leaf surface of broad bean or collard green plants with intact cuticular wax layers that had not been exposed to bugs, whereas wasps displayed the arrestment posture when intact leaves were contaminated by chemical residues from host females. Adaxial leaf surfaces that were dewaxed with an aqueous solution of gum arabic and afterwards contaminated by N. viridula females elicited no arrestment responses from wasp females. Similarly...

Favorite Foods of Older Adults Living in the Black Belt Region of the United States: Influences of Ethnicity, Gender, and Education

Yang, Yongbin; Buys, David R.; Judd, Suzanne E.; Gower, Barbara A.; Locher, Julie L.
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
16.07%
The purpose of this study was to examine food preferences of older adults living in the Black Belt Region of the Southeastern United States and the extent to which food preferences vary according to ethnicity, gender, and educational level. 270 older adults who were receiving home health services were interviewed in their home and were queried regarding their favorite foods. Descriptive statistics were used to characterize the sample. Chi-square analysis or one-way analyses of variance was used, where appropriate, in bivariate analyses, and logistic regression models were used in multivariate analyses. A total of 1,857 favorite foods were reported (mean per person = 6.88). The top ten favorite foods reported included: 1) chicken (of any kind), 2) collard greens, 3) cornbread, 4) green or string beans, 5) fish (fried catfish is implied), 6) turnip greens, 7) potatoes, 8) apples, 9) tomatoes, fried chicken, and eggs tied, and 10) steak and ice cream tied. African Americans and those with lower levels of education were more likely to report traditional Southern foods among their favorite foods and had a more limited repertoire of favorite foods. Findings have implications for understanding health disparities that may be associated with diet and development of culturally-appropriate nutrition interventions.

Efeito de adjuvantes sobre absorção de zinco e manganês na adubação foliar; Effect of adjuvants on the absorption of zinc and manganese in folia

MARTINS, Rosmany Aires Cunha
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Agronomia - Regional Jataí; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Agronomia - Regional Jataí; Ciências Agrárias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.47%
The objective of the present work was to evaluate the effect of lecithin, starch and silicon may have in the efficiency of foliar feeding, that is: Can these products really contribute to the absorption and translocation of minor nutrients? Can the source of nutrient, sulfate and chelate, influence the result? The experiment was carried out under greenhouse condition at Univerdidade Federal de Goiás (Jataí unit)/GO, set in a completely randomized design, with six replications, four factors in study and two levels each, making a 2x2x2x2 factorial arrangement , totalizing 16 treatments. Moreover, it was added a control as an additional treatment, totalizing then, 102 experimental units. Each experimental unit was constituted by a vase of collard green plant. The treatments consisted of 2 minor nutrient sources (sulfate and chalate) and of absence and presence of three substance added to the spray solution: lecithin dewaxed (L), a commercial silicon surfactant (S), and stanch (A). After analyses of the leaves, 30 days after de pulverization, it was clear that the amount of zinc and manganese was influenced by the adjutants and kind of fertilizer. The use of lecithin increased the absorption of zinc sulfate whereas the use of silicon increased only the absorption of zinc chalate. Both chelate and sulfate increased the absorption of manganese. The starch drove to a reducing absorption of zinc chelate.; O presente trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos da lecitina...

Causa da resistência de Lipaphis pseudobrassicae (DAVIS, 1914) ao parasitoide Diaeretiella rapae (McINTOSH, 1855) e sua influência sobre o parasitismo de Myzus persicae (SULZER, 1776); The cause of resistance of Lipaphis pseudobrassicae (Davis, 1914) to the parasitoid Diaeretiella rapae (McIntosh, 1855) and its influence on parasitism of Myzus persicae (Sulzer, 1776)

Ferreira, Samira Evangelista
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.28%
O pulgão Lipaphis pseudobrassicae (Davis, 1914) (Hemiptera: Aphididade) é uma importante praga das brássicas. Na região de Uberlândia, Minas Gerais, neste afídeo ocorrem baixas porcentagens de parasitismo por ser resistente ao parasitoide Diaeretiella rapae (McIntosh, 1855), entretanto, não se sabe a causa da resistência. Variações na susceptibilidade ou na resistência de insetos a inimigos naturais podem impactar a interação de populações de afídeos. Os objetivos deste trabalho foram determinar qual a causa da resistência de L. pseudobrassicae a D. rapae e se o controle biológico de Myzus persicae (Sulzer, 1776) pelo parasitoide D. rapae é prejudicado pela presença de L. pseudobrassicae resistente. Em laboratório, foram identificados clones resistentes e suscetíveis ao parasitoide, avaliadas a influência do superparasitismo na resistência, a perda de resistência na progênie, a presença de estruturas de encapsulamento do parasitoide em pulgões parasitados e testes moleculares para comparar a composição de simbiontes em clones resistentes e suscetíveis. O experimento de interação entre as espécies foi conduzido em plantas de couve, cobertas com gaiolas de tela antiafídica e em casa-de-vegetação (temperatura média de 28ºC). Cada planta foi infestada com 30 M. persicae e 30 L. pseudobrassicae...

Demographics and recent productivity performance: insights from cross-country comparisons

Beaudry, P.; Collard, F.; Green, D.
Fonte: Univ Toronto Press Inc Publicador: Univ Toronto Press Inc
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 EN
Relevância na Pesquisa
26.47%
Over the last few decades, countries have experienced quite different patterns of productivity growth. In this paper, we emphasize the role of country level demographics in explaining these differences. In particular, looking over the period 1960–2002, we show that cross‐country data support the notion that, starting in the late 1970s, countries went through a period of technological transition that lasted at least until the mid‐1990s for the fastest adjusting countries and is still proceeding for the slower adjusting countries. The main claim of the paper is that the country‐level rate of labour growth was a key factor driving the speed of adjustment to the new technological paradigm, implying that much of the cross‐country difference in economic performance over recent decades can be explained by demographic differences across countries as opposed to the many other factors emphasized in the literature.; Paul Beaudry, Fabrice Collard and David A. Green

Changes in the world distribution of output per worker, 1960-1998: how a standard decomposition tells an unorthodox story

Beaudry, P.; Collard, F.; Green, D.
Fonte: M I T Press Publicador: M I T Press
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 EN
Relevância na Pesquisa
26.47%
Why have some countries done so much better than others over the recent past? This paper sheds light on this issue by providing a decomposition of the change in the distribution of output per worker across countries over the period 1960–1998. We find that most of the change in shape of the world distribution of income can be accounted for by a very substantial increase in the social returns to capital accumulation. In contrast, we do not find significant effects coming through changes in the effect of initial conditions or through increases in the importance of education.; Paul Beaudry, Fabrice Collard, and David A. Green; © 2005 by the President and Fellows of Harvard College and the Massachusetts Institute of Technology

Growth potential of Salmonella spp. and Listeria monocytogenes in nine types of ready-to-eat vegetables stored at variable temperature conditions during shelf-life

Sant'Ana, Anderson S.; Barbosa, Matheus S.; Destro, Maria Teresa; Landgraf, Mariza; Franco, Bernadette D. G. M.
Fonte: ELSEVIER SCIENCE BV; AMSTERDAM Publicador: ELSEVIER SCIENCE BV; AMSTERDAM
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
26.47%
Growth potential (delta) is defined as the difference between the population of a microorganism at the end of shelf-life of specific food and its initial population. The determination of 6 of Salmonella and Listeria monocytogenes in RTE vegetables can be very useful to determine likely threats to food safety. However, little is known on the behavior of these microorganisms in several RTE vegetables. Therefore, the aim of this study was to determine the delta of both pathogens in nine different types of RTE vegetables (escarole, collard green, spinach, watercress, arugula, grated carrot, green salad, and mix for yakisoba) stored at refrigeration (7 degrees C) and abuse temperature (15 degrees C). The population of aerobic microorganisms and lactic acid bacteria, including those showing antimicrobial activity has been also determined. Results indicated that L monocytogenes was able to grow (delta >= 0.5 log(10)) in more storage conditions and vegetables than Salmonella. Both microorganisms were inhibited in carrots, although a more pronounced effect has been observed against L monocytogenes. The highest 5 values were obtained when the RTE vegetables were stored 15 degrees C/6 days in collard greens (delta=3.3) and arugula (delta=3.2) (L monocytogenes) and arugula (delta=4.1) and escarole (delta=2.8) (Salmonella). In most vegetables and storage conditions studied...

Parasitismo de Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) em diferentes hospedeiros e cores de cartelas

Magalhães, G. O.; Goulart, R. M.; Vacari, A. M.; Bortoli, S. A. de
Fonte: Instituto Biológico Publicador: Instituto Biológico
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 55-60
POR
Relevância na Pesquisa
16.47%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Species of the Trichogramma genus are the most studied and used natural enemies worldwide. The quality and performance of the mass-produced control agents can be influenced by some factors such as the choice of the appropriate host for multiplication of the parasitoid and the use of different colors of cards, given that these parasitoids may use physical stimuli such as color to help in locating the host. The aim of the present study was to evaluate the influence of color cards on the parasitism of Trichogramma pretiosum in eggs of Anagasta kuehniella and in eggs of two populations of Plutella xylostella, one reared on broccoli, the other on collard greens. Hosts' eggs were stuck to the different color cards. The selected colors were blue, yellow, green, pink, red and black. For every treatment, 20 replications were observed, and each was composed by 30 eggs of those hosts. Later the cards were exposed to parasitoid females individually in Eppendorf® tubes of 2.0 mL containing one honey droplet for feeding for 24 hours. The number of parasitized eggs and the emergence percentage were evaluated. The strain Tp-8 of T. pretiosum presented better greater parasitism in A. kuehniella eggs. The feeding substratum of P. xylostella (collard greens and broccoli) did not influence the parasitism of T. pretiosum. Thus for mass rearing of T. pretiosum...