Página 1 dos resultados de 3311 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Diagnósticos de enfermagem de débito cardíaco diminuído e volume excessivo de líquidos : validação clínica em pacientes com insuficiência cardíaca descompensada

Barth, Quenia Camille Martins
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Introdução: O Débito Cardíaco Diminuído e o Volume Excessivo de Líquidos são os principais diagnósticos de Enfermagem (DE) presentes em pacientes admitidos com insuficiência cardíaca (IC) descompensada. A avaliação e determinação das características definidoras (CD) destes diagnósticos são fundamentais para orientar as intervenções de enfermagem adequadas e preconizadas para estes pacientes. A validação clínica das CD destes diagnósticos permanecem inexploradas no contexto da IC descompensada. Objetivo: Validar clinicamente as CD dos DE Débito Cardíaco Diminuído e Volume Excessivo de Líquidos em pacientes com IC descompensada. Métodos: Estudo transversal contemporâneo realizado de janeiro a junho de 2007 em hospital universitário em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Para a validação clínica utilizou-se- um instrumento contendo as CD dos diagnósticos em estudo, aplicado por duas enfermeiras peritas em cardiologia. Incluiu-se pacientes com fração de ejeção do ventrículo esquerdo  45% e que obtiveram oito ou mais pontos, conforme os critérios de Boston para classificação de IC descompensada. Para a validação do diagnóstico Volume Excessivo de Líquidos incluiu-se pacientes com disfunção sistólica ou diastólica Resultados da validação do DE Débito Cardíaco Diminuído: Incluiu-se 29 pacientes com idade média de 61 + 14 anos; 15 (51%) sexo masculino; fração de ejeção média de 28% + 9; De acordo com a taxa de fidedignidade (R) entre as peritas...

Validação clínica dos diagnósticos de enfermagem mobilidade física prejudicada, integridade tissular prejudicada e integridade da pele em pacientes submetidos a cateterismo cardíaco

Costanzi, Angelita Paganin
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.24%
Introdução: Mobilidade Física Prejudicada é um diagnóstico de enfermagem (DE) prioritário para pacientes submetidos a cateterismo cardíaco. No entanto, para os diagnósticos Integridade Tissular Prejudicada e Integridade da Pele Prejudicada, freqüentemente estabelecidos neste cenário, ainda não há um consenso sobre o mais adequado. Estudos de validação de diagnósticos para pacientes submetidos a procedimentos como cateterismo cardíaco diagnóstico ou terapêutico, permanecem inexplorados. Objetivos: Validar clinicamente as características definidoras dos DE Mobilidade Física Prejudicada, Integridade Tissular Prejudicada e Integridade da Pele Prejudicada em pacientes submetidos a cateterismo cardíaco; e validar seis características adicionais aos diagnósticos em estudo. Métodos: Estudo transversal conduzido em Laboratório de Hemodinâmica no interior do Rio Grande do Sul no período de novembro de 2009 a novembro de 2010. Para a validação clínica (modelo proposto por Fehring) utilizou-se um instrumento com as características definidoras dos diagnósticos em estudo, aplicado por duas enfermeiras peritas. Incluíramse pacientes ≥ 18 anos, ambos os sexos, que realizaram cateterismo cardíaco diagnóstico ou terapêutico eletivo...

Consenso Brasileiro de Monitorização e Suporte Hemodinâmico - Parte III : métodos alternativos de monitorização do débito cardíaco e da volemia; Brazilian Consensus of Monitoring and Hemodynamic Support - Part III : alternative methods for cardiac output monitoring and volemia estimation

Schettino, Guilherme de Paula Pinto; Rezende, Ederlon Alves de Carvalho; Mendes, Ciro Leite; Réa Neto, Álvaro; David, Cid Marcos; Lobo, Suzana Margareth; Barros, Alberto; Silva, Eliezer; Friedman, Gilberto; Amaral, José Luiz Gomes do; Park, Marcelo; Mo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.09%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A interpretação do débito cardíaco e da pré-carga como números absolutos não traz grandes informações sobre a hemodinâmica do paciente crítico. Em contrapartida, a monitorização da resposta do débito cardíaco à expansão volêmica ou suporte inotrópico é uma ferramenta muito útil na unidade de terapia intensiva, quando o paciente apresenta algum sinal de má perfusão tecidual. Apesar do CAP ser considerado como “padrão-ouro” na avaliação destes parâmetros, foram desenvolvidas tecnologias alternativas bastante confiáveis para a sua monitorização. MÉTODO: O processo de desenvolvimento de recomendações utilizou o método Delphi modificado para criar e quantificar o consenso entre os participantes. A AMIB determinou um coordenador para o consenso, o qual escolheu seis especialistas para comporem o comitê consultivo. Outros 18 peritos de diferentes regiões do país foram selecionados para completar o painel de 25 especialistas, médicos e enfermeiros. Um levantamento bibliográfico na MEDLINE de artigos na língua inglesa foi realizado no período de 1966 a 2004. RESULTADOS: Foram apresentadas recomendações referentes à análise da variação da pressão arterial durante ventilação mecânica...

Repouso de três horas no leito após cateterismo cardíaco diagnóstico com introdutor 6 french não aumenta complicações decorrentes da punção arterial : ensaio clínico randomizado

Matte, Roselene
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
A despeito das evidências de que a redução do repouso no leito após cateterismo cardíaco diagnóstico sob abordagem transfemoral não aumenta as complicações decorrentes da punção arterial, esta prática ainda não está incoporada em muitos laboratórios de hemodinâmica (LH), principalmente em centros latino-americanos. Buscando preencher esta lacuna do conhecimento testou-se neste estudo se a redução do tempo de repouso no leito para três horas (GI), comparada a repouso de cinco horas (GC), não aumenta as complicações decorrentes da punção arterial após cateterismo cardíaco diagnóstico eletivo com introdutor 6 French e abordagem transfemoral. Foi conduzido um Ensaio clínico randomizado (ECR) no LH de um hospital público e universitário, região metropolitana, do Rio Grande do Sul no período de janeiro de 2011 a setembro de 2013. Foram incluídos pacientes adultos ambulatoriais. O GI deambulou três horas após a retirada do introdutor, e o GC após cinco horas. Todos pacientes permaneceram cinco horas na sala de observação onde foram observados a cada hora, pela equipe de enfermagem, e contatados por telefone em 24, 48 e 72 horas após a alta hospitalar. Foram avaliados os seguintes desfechos: hematoma...

Mixoma cardíaco : revisão bibliográfica e análise de um caso clínico

Silva, Ana Sofia Marques da
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Nesta Tese de Mestrado pretendeu-se proceder ao estudo de um caso de uma paciente de 63 anos com clínica de dispneia progressiva, a partir de uma revisão aprofundada da temática do mixoma cardíaco. O mixoma cardíaco é o tumor cardíaco primário mais frequente e a aurícula esquerda é a sua localização mais habitual, simulando por isso várias patologias cardíacas como a estenose mitral ou insuficiência cardíaca congestiva. Tipicamente apresentam pelo menos uma das manifestações da tríade: manifestações constitucionais, embólicas ou obstrutivas. Surge mais frequentemente na faixa etária dos 30 aos 60 anos e no sexo feminino. O seu diagnóstico habitualmente é feito através do ecocardiograma transtorácico, ecocardiograma transesofágico ou Ressonância Magnética. O tratamento é exclusivamente cirúrgico, por isso o seu diagnóstico precoce é de extrema importância. Como suporte desta revisão foram utilizados artigos de várias revistas médicas, acedidos através do sítio da PubMed, (www.pubmed.com), da biblioteca do conhecimento on-line (www.b-on.pt); e do motor de busca http://scholar.google.pt/ , entre outros. A pesquisa foi feita com as expressões “myxoma”, “myxoma and epidemiology”, “myxoma and diagnosis” “intraoperative echocardiography” “MSCT and myxoma”. No sítio da PubMed foram seleccionados alguns limites à pesquisa...

Comparação entre a medida contínua do débito cardíaco e por termodiluição em bolus durante a revascularização miocárdica sem circulação extracorpórea

Kim,Sílvia M.; Oliveira,Sílvia D. S.; Fonseca,Ubirajara S.; Malbouisson,Luiz Marcelo Sá; Auler Júnior,José Otávio Costa; Carmona,Maria José Carvalho
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia de revascularização miocárdica sem o uso de circulação extracorpórea (CEC) relaciona-se a importantes alterações hemodinâmicas bruscas, que podem não ser prontamente detectadas pela medida contínua de débito cardíaco. Este estudo compara resultados obtidos pela medida do índice cardíaco com o cateter de artéria pulmonar com filamento térmico (Baxter Edwards Critical Care, Irvine, CA) com o método padrão por termodiluição com solução, durante a anastomose coronariana distal. MÉTODO: Dez pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica sem CEC foram monitorizados com o cateter de artéria pulmonar com filamento térmico. As medidas de índice cardíaco foram obtidas em quatro momentos: no início da anestesia, enquanto o tórax ainda estava fechado (M1), após a esternotomia (M2), após a estabilização do coração com o aparelho octopus (M3) e ao final da anastomose coronariana distal (M4). RESULTADOS: Houve diminuição significativa (p < 0,05) do índice cardíaco durante a anastomose coronariana, detectada pela medida com termodiluição com bolus de solução. O índice cardíaco variou de 2,8 ± 0,7 para 2,3 ± 0,8 l.min.m-2 no início da anastomose e 2...

Comparação dos efeitos da dobutamina e da milrinona sobre a hemodinâmica e o transporte de oxigênio em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca com baixo débito cardíaco após indução anestésica

Carmona,Maria José Carvalho; Martins,Laura Mariana; Vane,Matheus Fachini; Longo,Breno Altero; Paredes,Lemuel Silva; Malbouisson,Luiz Marcelo Sá
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Diversas classes de fármacos inotrópicos, com efeitos hemodinâmicos diferentes, são utilizadas no tratamento do baixo débito cardíaco em pacientes com disfunção sistólica submetidos a procedimento cirúrgico cardíaco. O objetivo deste estudo foi comparar o efeito da dobutamina e da milrinona sobre a hemodinâmica e o transporte de oxigênio nessa população de pacientes. MÉTODO: Após aprovação do Comitê de Ética institucional e obtenção do consentimento escrito pós-informado, 20 pacientes submetidos à cirurgia cardíaca e com índice cardíaco < 2 L.min-1.m-2 pós-indução anestésica e instalação de cateter de artéria pulmonar foram distribuídos aleatoriamente para receber dobutamina 5 µg.kg-1.min-1 (n = 10) ou milrinona 0,5 µg.kg-1.min-1 (n = 10). Medidas hemodinâmicas foram obtidas pós-indução, 30 e 60 minutos após, e gasometrias arterial e venosa nos momentos basal e 60 minutos. Os dados foram comparados usando teste t de Student não pareado ou ANOVA de duas vias para medidas repetidas. RESULTADOS: A dobutamina e a milrinona promoveram aumentos significativos no índice cardíaco (56% e 47%) e no transporte de oxigênio (53% e 45%), redução nos índices de resistência vascular sistêmica (33% e 36%) e pulmonar (34% e 19%)...

Bioimpedância transtorácica comparada à ressonância magnética na avaliação do débito cardíaco

Villacorta Junior,Humberto; Villacorta,Aline Sterque; Amador,Fernanda; Hadlich,Marcelo; Albuquerque,Denilson Campos de; Azevedo,Clerio Francisco
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.21%
FUNDAMENTO: A ressonância magnética cardíaca é considerada o método padrão-ouro para o cálculo de volumes cardíacos. A bioimpedância transtorácica cardíaca avalia o débito cardíaco. Não há trabalhos que validem essa medida comparada à ressonância. OBJETIVO: Avaliar o desempenho da bioimpedância transtorácica cardíaca no cálculo do débito cardíaco, índice cardíaco e volume sistólico, utilizando a ressonância como padrão-ouro. MÉTODOS: Avaliados 31 pacientes, com média de idade de 56,7 ± 18 anos, sendo 18 (58%) do sexo masculino. Foram excluídos os pacientes cuja indicação para a ressonância magnética cardíaca incluía avaliação sob estresse farmacológico. A correlação entre os métodos foi avaliada pelo coeficiente de Pearson, e a dispersão das diferenças absolutas em relação à média foi demonstrada pelo método de Bland-Altman. A concordância entre os métodos foi realizada pelo coeficiente de correlação intraclasses. RESULTADOS: A média do débito cardíaco pela bioimpedância transtorácica cardíaca e pela ressonância foi, respectivamente, 5,16 ± 0,9 e 5,13 ± 0,9 L/min. Observou-se boa correlação entre os métodos para o débito cardíaco (r = 0,79; p = 0,0001), índice cardíaco (r = 0...

Relação entre tempo de isquemia e performance pós-operatória no transplante cardíaco

Fragomeni,Luís Sérgio; Bonser,Robert S; Stempfle,Ulrich; Ring,Steves W; Kaye,Michael P; Jamieson,Stuart W
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1989 PT
Relevância na Pesquisa
37.21%
A presente dificuldade na obtenção de doadores adequados para o transplante cardíaco obriga à necessidade da utilização de órgãos removidos à distância, prolongando, assim, o tempo de isquemia total (TIT). Os efeitos do TIT sobre a função cardíaca no pós-operatório imediato e a necessidade de agentes inotrópicos ainda são controversos, devendo os limites de segurança serem determinados. As manifestações do TIT no índice cardíaco, durante os primeiros três dias pós transplante cardíaco ortotópico (I/C 1-3), o período total do suporte inotrópico (SIT), a dose total/kg de dopamina e dobutamina (D + D/kg), a necessidade inotrópica máxima e picos dos níveis de CPK-MB (CPK-MB) foram medidos em 96 receptores de transplante cardíaco, na Universidade de Minnesota, para determinar a relação destas variáveis com o TIT. O TIT variou entre 61 e 288 minutos (média 171,7, D.P. 51,9). A população foi dividida entre grupos representando intervalos de 30 minutos. Embora os níveis de CPK-MB fossem inferiores nos grupos de TIT menores, não houve diferença nos parâmetros de função cardíaca, tempo de suporte e necessidade inotrópica. Concluímos que tempos de isquemia até cinco horas são bem tolerados e que outros fatores...

Tratamento da síndrome do QT longo com a técnica de autotransplante cardíaco com preservação do sistema de condução: the cardiac autotransplantation technique with preservation of the conduction system

Barbero-Marcial,Miguel; Sosa,Eduardo; Ikari,Nana Miura; Riso,Arlindo A; Camargo,Paulo R; Pileggi,Fúlvio; Jatene,Adib D
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1995 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
A síndrome do QT longo é caracterizada por prolongação intermitente ou permanente do intervalo QT, taquicardias paroxísticas ventriculares (TVR) e morte súbita. Existem três casos publicados na literatura tratados cirurgicamente com a técnica do autotransplante cardíaco, com 1 paciente sobrevivente. Nos 3 casos foi necessária, após a operação, a utilização de marcapasso átrio-atrial ou atrioventricular. No InCór, entre outubro de 1993 e maio de 1994, 3 pacientes portadores desta síndrome, 1 do sexo feminino e 2 do masculino, com idades, respectivamente, de 10, 11 e 13 anos, foram submetidos a desnervação por autotransplante. No pré-operatório, apesar de dose máxima de β-bloqueadores, os freqüentes episódios de taquicardia ventricular não foram evitados. Com carga mínima o teste ergométrico provocava TVR. A retirada do órgão foi feita seccionando-se as veias cavas, aorta, tronco pulmonar e as veias pulmonares, com remanescente de átrio esquerdo. Assim, o sistema de condução permaneceu íntegro e o ritmo, sinusal. No pós-operatório os testes ergométricos realizados mostraram ausência de taquicardia ventricular. Considerando os resultados imediatos, julgamos que a técnica relatada de autotransplante cardíaco como método de completa desnervação pode ser empregada em pacientes portadores da síndrome do QT longo...

Cuidados no pós-operatório do transplante cardíaco

Fiorelli,Alfredo I; Stolf,Noedir A. G
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1996 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Os autores discutem os principais aspectos envolvidos no pós-operatório imediato do transplante cardíaco, ressaltando: monitorização pós-operatória, evolução hemodinâmica, arritimias, controle hidroeletrolítico, alterações gastrintestinais, função renal, suporte ventilatório, antibioticoprofilaxia, infecção, imunossupressão e as rejeições.

Correlação entre gasometria atrial direita e índice cardíaco no pós-operatório de cirurgia cardíaca

Duarte,João Jackson; Pontes,José Carlos Dorsa Vieira; Gomes,Otoni Moreira; Silva,Guilherme Viotto Rodrigues da; Gardenal,Neimar; Silva,Arino Faria da; Viola,Marcos Douglas Zamboni
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
OBJETIVO: Determinar a confiabilidade em se correlacionar o índice cardíaco com os dados fornecidos pela gasometria do sangue venoso atrial direito em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca, durante o período pós-operatório. MÉTODOS: A partir das amostras de sangue arterial e venoso do átrio direito, colhidas no pós-operatório de cirurgia cardíaca, foram determinados os parâmetros de oxigênio do sangue venoso do átrio direito. Estes parâmetros foram então comparados com o índice cardíaco determinado pela termodiluição. RESULTADOS: Houve boa correlação entre a saturação de oxigênio do sangue venoso do átrio direito (SvO2), diferença artério-venosa do conteúdo de oxigênio do sangue colhido no átrio direito e o índice cardíaco aferido pela termodiluição, com boa sensibilidade e especificidade e alto valor preditivo positivo e negativo. A pressão do sangue do átrio direito (PvO2) apresentou baixa sensibilidade na estimativa de baixo débito cardíaco. CONCLUSÃO: No pós-operatório de cirurgia cardíaca, a SvO2e a diferença artério-venosa do conteúdo de oxigênio (C(av)O2) apresentaram-se como parâmetros confiáveis correlacionados a baixo débito cardíaco. A PvO2 foi pouco sensível no diagnóstico de baixo débito no pós-operatório de cirurgia cardíaca.

Mixoma cardíaco : revisão bibliográfica e análise de um caso clínico

Silva, Ana Sofia Marques da
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
Nesta Tese de Mestrado pretendeu-se proceder ao estudo de um caso de uma paciente de 63 anos com clínica de dispneia progressiva, a partir de uma revisão aprofundada da temática do mixoma cardíaco. O mixoma cardíaco é o tumor cardíaco primário mais frequente e a aurícula esquerda é a sua localização mais habitual, simulando por isso várias patologias cardíacas como a estenose mitral ou insuficiência cardíaca congestiva. Tipicamente apresentam pelo menos uma das manifestações da tríade: manifestações constitucionais, embólicas ou obstrutivas. Surge mais frequentemente na faixa etária dos 30 aos 60 anos e no sexo feminino. O seu diagnóstico habitualmente é feito através do ecocardiograma transtorácico, ecocardiograma transesofágico ou Ressonância Magnética. O tratamento é exclusivamente cirúrgico, por isso o seu diagnóstico precoce é de extrema importância. Como suporte desta revisão foram utilizados artigos de várias revistas médicas, acedidos através do sítio da PubMed, (www.pubmed.com), da biblioteca do conhecimento on-line (www.b-on.pt); e do motor de busca http://scholar.google.pt/ , entre outros. A pesquisa foi feita com as expressões “myxoma”, “myxoma and epidemiology”, “myxoma and diagnosis” “intraoperative echocardiography” “MSCT and myxoma”. No sítio da PubMed foram seleccionados alguns limites à pesquisa...

Concordancia de presión sistólica pulmonar estimada por ultrasonografía y cateterismo cardíaco derecho en pacientes candidatos a trasplante cardíaco

Villa Vargas, Ricardo Antonio
Fonte: Facultad de Medicina Publicador: Facultad de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/submittedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.16%
Introducción: A los pacientes con Insuficiencia Cardíaca (IC) estadio D candidatos a trasplante cardiaco se les realiza la determinación de las presiones de la arteria pulmonar por CCD considerada como prueba de oro. Se decidió conocer si la medición de las presión de la arteria pulmonar obtenidas por ECO TT tenían concordancia con las obtenidas por el CCDen estos paciente que fueron evaluados para trasplante cardiaco. Metodología: Se realizó una recolección retrospectiva de los datos consignados en las historias clínicas de todos los pacientes que fueron receptores de un trasplante cardiaco en la FCI-IC desde septiembre del 2005 hasta Mayo del 2013 y se determinó la concordancia entre la presión sistólica pulmonar evaluado por ECO TT y CCD. Resultados: Se incluyeron 46 pacientes. El 76,1% son hombres y con edad promedio de 46,4 ± 13,1. La PSAP estimada por CCD fue 48,3 ± 13,1 mmHg Vs 45,1 ± 12,1 mmHg por ECO TT. La fracción de eyección fue 15,1 ± 4,06% (IC: 13,95-16,36). El 75,9% de los pacientes tenían HTP moderada y severa. La concordancia entre la PSAP determinada por ambos métodos fue 0,475 (I,C: 0.256 - 0.694), y el coeficiente de correlación intraclase fue de 0,090, indicando una baja concordancia entre los dos métodos. Discusión: La determinación de las presiones pulmonares determinada por ECO TT tiene mala concordancia con las obtenidas por CCD. No se debe usar este estudio para excluir los pacientes candidatos a trasplante cardiaco ni para evaluar las variaciones de las misma en la evolución de la enfermedad.; Introduction: Patients with Heart Failure (HF) stage D heart transplant candidates are making the determination of pulmonary artery pressures by CCD regarded as the gold standard. It was decide do determine whether the measurements of pulmonary artery press ECO TT were obtained by agreement with those obtained by the CCD in these patients who were evaluated for cardiac transplantation. Methods: We conducted a retrospective collection of data recorded in the medical records of all patients who underwent cardiac transplant recipients in the FCI-IC from September 2005 until May 2013 and determined the correlation between pulmonary systolic pressure assessed by ECO TT and CCD. Results: 46 patients were included. The 76.1% male and mean age was 46.4 ± 13.1. The CCD was estimated PSAP 48.3 ± 13.1 mmHg vs 45.1 ± 12.1 mmHg for ECO TT. The ejection fraction was 15.1 ± 4.06% (CI: 13.95 to 16.36). 75.9% of patients had moderate to severe PAH. The agreement between the PSAP determined by CCD and ECO TT was 0.475 (R...

Correlación y concordancia entre ecocardiografía y cateterismo cardiaco derecho para determinación de la presión sistólica de arteria pulmonar

Aguilera Pacheco, Emil Alberto; Conde Camacho, Rafael; Perez Fernandez, Oscar Mauricio
Fonte: Facultad de Medicina Publicador: Facultad de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2015 SPA
Relevância na Pesquisa
37.13%
Introducción. El cateterismo cardiaco derecho representa el estándar de referencia para el diagnóstico de hipertensión pulmonar, sin embargo el rendimiento de la ecocardiografía como estudio inicial ha mostrado buena correlación con las variables medidas por cateterismo. El presente estudio pretende describir el grado de correlación y concordancia entre la ecocardiografía y el cateterismo cardiaco derecho para la medición de la presión sistólica de la arteria pulmonar. Materiales y métodos. Se realizó un estudio observacional retrospectivo de los pacientes sometidos a cateterismo cardiaco derecho entre los años 2009 a 2014 y se compararon con los datos de ecocardiograma más cercano a este cateterismo, teniendo en cuenta la presión sistólica de la arteria pulmonar (PSAP) en las dos modalidades diagnósticas mediante correlación y concordancia estadística según los coeficientes de Pearson y el índice de Lin respectivamente. Resultados. Se recolectaron un total de 169 pacientes con un índice de correlación (r) obtenido para la medición de PSAP del total de la muestra de 0.73 p < 0.0001 mostrando un grado de correlación alto para toda la muestra evaluada. El análisis de concordancia obtenido para toda la población a partir del índice de Lin fue de 0.71 lo que determinó una pobre concordancia. Discusión. Se encontró buena correlación entre ecocardiografía y cateterismo cardiaco derecho para la medición de la PSAP...

Avaliação da massa e força muscular em pacientes no pré e pós-transplante cardíaco; Evaluation of muscle mass and strength in patients in the pre and post heart transplant

Fernandes, Lenise Castelo Branco Camurça
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
INTRODUÇÃO: Existem poucos estudos demonstrando que anormalidades musculares esqueléticas em pacientes com insuficiência cardíaca crônica persistem meses após o transplante cardíaco. No presente estudo, objetivamos avaliar massa muscular, e força muscular periférica e respiratória em pacientes no pré-transplante cardíaco, e no seguimento precoce (6 meses) e tardio (1,5 e 3 anos) pós-transplante cardíaco. Objetivamos verificar ainda a correlação entre força muscular periférica e respiratória em pacientes no pré e pós-transplante cardíaco. Comparamos, por fim, os dados de pacientes do pré-transplante cardíaco com um grupo controle de indivíduos saudáveis sem doença cardíaca. MÉTODOS: Tratou-se de estudo prospectivo do tipo coorte. Foram selecionados todos os pacientes em lista de espera para transplante cardíaco do Hospital de Messejana, do período de agosto de 2011 a março de 2013. Avaliamos idade, gênero, causas da insuficiência cardíaca, hipertensão, diabetes, tempo de espera na lista, tempo de internamento pós-transplante, tempo de ventilação mecânica, medida da força muscular respiratória, da força muscular periférica, da espessura do adutor do polegar, média bilateral da área de secção transversal do músculo psoas maior...

Prevalence of nursing diagnosis of decreased cardiac output and the predictive value of defining characteristics in patients under evaluation for heart transplant; Prevalencia del diagnóstico de enfermería de disminución del gasto cardíaco y valor predictivo de las características definidoras en pacientes en fase de evaluación para trasplante cardíaco; Prevalência do diagnóstico de enfermagem de débito cardíaco diminuído e valor preditivo das características definidoras em pacientes em avaliação para transplante cardíaco

Matos, Lígia Neres; Guimarães, Tereza Cristina Felippe; Brandão, Marcos Antônio Gomes; Santoro, Deyse Conceição
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2012 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
37.31%
The purposes of the study were to identify the prevalence of defining characteristics (DC) of decreased cardiac output (DCO) in patients with cardiac insufficiency under evaluation for heart transplantation, and to ascertain the likelihood of defining characteristics being predictive factors for the existence of reduction in cardiac output. Data was obtained by retrospective documental analysis of the clinical records of right-sided heart catheterizations in 38 patients between 2004 and 2009. The results showed that 71.1% of the patients had decreased cardiac output (measured by cardiac index). The majority of the NANDA-International defining characteristics for DCO were more frequent in individuals with reduced cardiac index levels. The study emphasizes the odds ratio (OR) for increased Systemic Vascular Resistance of OR=4.533, of the third heart sound with OR=3.429 and the reduced ejection fraction with OR=2.850. By obtaining the predictive values for the defining characteristics the study identifies them as diagnostic indicators of decreased cardiac output.; El estudio tiene como objetivos identificar la prevalencia de las características definitorias de la disminución del gasto cardíaco (DGC) en pacientes con insuficiencia cardíaca (IC) en evaluación para el trasplante de corazón y ver la probabilidad de las características definitorias sean factores predictivos de la existencia de una disminución del gasto cardíaco. Los datos se obtuvieron mediante el análisis documental retrospectivo de historias clínicas de cateterismo cordiaco derecho en 38 pacientes con insuficiencia cardíaca en la evaluación para el trasplante de corazón entre 2004 y 2009. Los resultados mostraron que el 71% de los pacientes habían reducido el gasto cardíaco (medido por el índice cardíaco). La mayoría de las características definitorias de la NANDA-International para el DGC fueron más frecuentes en individuos con índice cardíaco reducido. Los aspectos más destacados son la razón de probabilidad (odds ratio / OR) RVS mayor OR=4...

Validação do conceito risco de débito cardíaco diminuído; Validación del concepto riesgo de débito cardiaco disminuido; Validation of the concept Risk for Decreased Cardiac Output

Santos, Eduarda Ribeiro dos; Souza, Mariana Fernandes de; Gutiérrez, Maria Gaby Rivero de; Maria, Vera Lucia Regina; Barros, Alba Lucia Bottura Leite de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2013 ENG; POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
OBJETIVO: validar o conceito de risco de débito cardíaco diminuído. MÉTODO: foi adotada a técnica de Walker & Avant para a análise do conceito do fenômeno em foco, com utilização de seis das oito etapas sugeridas, e da proposta de Hoskins para validação de conteúdo, considerando-se a concordância entre cinco especialistas. RESULTADOS: o conceito de débito cardíaco diminuído foi encontrado nas áreas de enfermagem e médica e está centrado na capacidade de bombeamento do coração, embora também esteja presente em um grande número de disciplinas. Em relação aos atributos definidores, o débito cardíaco diminuído teve como atributo principal a deficiência de bombeamento cardíaco e o risco, o atributo de probabilidade. Analisados os usos e os atributos definidores dos conceitos de "débito cardíaco diminuído" e "risco", seus eventos antecedentes e consequentes, construiu-se a definição de risco de débito cardíaco diminuído, que foi validada por 100% dos especialistas. CONCLUSÃO: os dados obtidos permitiram inferir que o fenômeno risco de débito cardíaco diminuído pode se constituir num diagnóstico de enfermagem e, por meio do seu refinamento, contribuir para o avanço das classificações de enfermagem nesse contexto.; OBJETIVO: Validar el concepto riesgo del débito cardíaco disminuido. MÉTODO: Fue adoptada la técnica de Walker & Avant para analizar la definición del fenómeno enfocado...

Predictores de Mortalidad o trasplante cardíaco en la miocardiopatía periparto

Peradejordi,Margarita A.; Favaloro,Liliana E.; Bertolotti,Alejandro; Absi,Daniel; Vigliano,Carlos; Laguens,Rubén; Diez,Mirta; Favaloro,Roberto R.
Fonte: Revista argentina de cardiología Publicador: Revista argentina de cardiología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 ES
Relevância na Pesquisa
37.13%
Introducción La miocardiopatía periparto es una forma infrecuente de insuficiencia cardíaca congestiva con una evolución impredecible. Su verdadera incidencia y prevalencia no se conoce con certeza y su etiología aún no se ha aclarado, aunque se han involucrado varios mecanismos en los que se reconocen diversos factores de riesgo. Objetivo Analizar predictores pronósticos de mortalidad o de requerimiento de trasplante cardíaco. Material y métodos Entre 1992 y noviembre de 2011 se evaluaron retrospectivamente 23 pacientes. En aquellas con insuficiencia cardíaca descompensada se realizó monitorización hemodinámica. La mediana de seguimiento fue de 7,3 años (3,2-17,5). El análisis univariado se realizó por regresión de Cox y la supervivencia global se calculó con el método de Kaplan-Meier. Resultados La edad media fue de 28,7 ± 8,8 años, ocho pacientes eran multíparas. El 73% estaban en clase funcional III-IV. La presión arterial sistólica y diastólica fue de 103 ± 23 y 67 ± 11 mm Hg, respectivamente, y la frecuencia cardíaca, de 92 ± 19 lpm. El 100% se encontraba en ritmo sinusal. El índice cardiotorácico fue de 0,56 ± 0,07. El diámetro diastólico y sistólico del ventrículo izquierdo fue de 67,5 ± 10...

Composición corporal y variabilidad del ritmo cardiaco en pacientes con enfermedad pulmonar obstructiva crónica candidatos a rehabilitación respiratoria

Curilem Gatica,Cristian; Almagià Flores,Atilio; Yuing Farías,Tuillang; Rodríguez Rodríguez,Fernando
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/07/2014 SPA
Relevância na Pesquisa
37.13%
La composición corporal es una metodología no invasiva, que nos entrega información acerca de la distribución de tejidos en la estructura corporal, además es un indicador del riesgo de mortalidad en pacientes con Enfermedad pulmonar obstructiva crónica. La variabilidad del ritmo cardiaco es una técnica que nos entrega información de la condición fisiológica autonómica, siendo reconocida como un indicador que se encuentra disminuido en una serie de enfermedades. El propósito de este estudio fue evaluar la composición corporal y la Variabilidad del ritmo cardiaco. La metodología utilizada es la de Debora Kerr (1988) avalada por Sociedad Internacional para avances en Cineantropometría para composición corporal y para Variabilidad del ritmo cardiaco los lineamientos descritos por la American Heart Association (1996). Se empleó equipamiento Roscraff, caliper Slimguide y reloj Polar RS 800CX. Se evaluaron 14 pacientes candidatos a rehabilitación respiratoria: Edad 76 ± 9,9 años; IMC 26,7 ± 3,9 kg/m²; Masa Muscular 26,1 ± 6,3 kg; Masa Ósea 8,1 ± 1,3 kg; Masa Adiposa 16,4 ± 3,6 kg; VEF1 54 ± 14 %. Un mayor perímetro de cintura e índice Cintura Cadera se asoció a una menor Variabilidad del ritmo cardiaca global. El componente óseo se relacionó positivamente con la Variabilidad del ritmo cardiaco y los pacientes con un mayor Volumen espiratorio forzado en el primer segundo presentaron un menor componente de alta frecuencia en la Variabilidad del ritmo cardiaco. En estos pacientes...