Página 1 dos resultados de 90 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Dor nos dentes e gengivas e fatores associados em adolescentes brasileiros: análise do inquérito nacional de saúde bucal SB-Brasil 2002-2003; Dental and gingival pain and associated factors among Brazilian adolescents: an analysis of the Brazilian Oral Health Survey 2002-2003

BORGES, Carolina Marques; CASCAES, Andreia Morales; FISCHER, Tatiana Konrad; BOING, Antonio Fernando; PERES, Marco Aurélio; PERES, Karen Glazer
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.41%
Estimou-se a prevalência de dor nos dentes e gengivas e fatores associados em adolescentes brasileiros de 15 a 19 anos de idade. Foram utilizadas informações de 16.126 adolescentes participantes do levantamento epidemiológico nacional de saúde bucal - SB Brasil 2002-2003. O desfecho foi o relato de dor nos dentes e gengivas nos últimos seis meses. As variáveis exploratórias foram: renda per capita, escolaridade, condição de estudo, sexo, cor da pele, idade, localização geográfica da residência, tipo de serviço odontológico utilizado pela última vez, tempo decorrido da última consulta odontológica, índice CPO-D e seus componentes, cálculo dentário e o índice de estética dental. Foram realizadas análises brutas e múltiplas utilizando a regressão de Poisson. A prevalência da dor de dentes e gengivas foi de 35,6% (IC95%: 34,8-36,4). A prevalência de dor foi maior nas meninas, naqueles pertencentes a famílias com baixa renda per capita, nos não estudantes e estudantes de escola pública e naqueles com baixa escolaridade para a idade. Indivíduos que apresentaram altos níveis de cárie e cálculo dentário também apresentaram maiores prevalências do desfecho. A dor nos dentes e gengivas em adolescentes pode ser considerada um problema relevante em saúde pública sugerindo a necessidade de ações preventivas e de promoção da saúde.; The aim of this study was to estimate the prevalence of dental and gingival pain and associated factors among Brazilian adolescents (15-19 years of age). Data from 16...

Saúde gengival de adolescentes e a utilização de serviços odontológicos, Estado de São Paulo; Gingival health of adolescents and the utilization of dental services, state of São Paulo, Brazil

ANTUNES, José Leopoldo Ferreira; PERES, Marco Aurélio; FRIAS, Antonio Carlos; CROSATO, Edgard Michel; BIAZEVIC, Maria Gabriela Haye
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.55%
OBJETIVO: Avaliar a associação de condições de saúde gengival com a utilização de serviço odontológico. MÉTODOS: Realizou-se levantamento epidemiológico de saúde bucal de 1.799 adolescentes, em 35 cidades do Estado de São Paulo, em 2002. A saúde gengival foi avaliada pela prevalência de sangramento na gengiva à sondagem e cálculo dentário (índice periodontal comunitário) e oclusão dentária (índice de estética dentária). A utilização de serviços odontológicos foi medida pelo índice de cuidado (O/CPO) para cada cidade. Análise multinível de regressão logística ajustou modelos explicativos para fatores associados aos desfechos de interesse. RESULTADOS: A prevalência de sangramento gengival à sondagem foi 21,5%; de cálculo dentário foi 19,4%. Os participantes do sexo masculino, negros e pardos, moradores em áreas rurais, residentes em domicílios aglomerados e com atraso escolar apresentaram chance significantemente mais elevada para os agravos que seus respectivos pares de comparação. Características de oclusão dentária também associaram com gengiva não-saudável: apinhamento dos segmentos incisais, mordida aberta vertical anterior, relação molar antero-posterior. Cidades com maior utilização de serviço odontológico tiveram menor proporção de adolescentes com sangramento gengival e cálculo. CONCLUSÕES: A utilização de serviços odontológicos foi significativamente associada a melhores condições de saúde gengival (sangramento e cálculo). Essa associação independeu das características sociodemográficas individuais e contextuais...

Avaliação dos efeitos de dentifrícios contendo clorexidina sobre o desenvolvimento de placa dentária, gengivite, cálculo e manchamento extrínseco do esmalte dentário em pacientes sob tratamento ortodôntico

Bardal, Priscila Ariede Petinuci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.82%
Foram analisados os efeitos de formulações de dentifrícios contendo clorexidina (adicionadas ou não de flúor) na redução de placa dentária, gengivite e sangramento gengival em pacientes sob tratamento ortodôntico. Analisou-se ainda a ocorrência de um efeito colateral da clorexidina - o manchamento extrínseco do esmalte dentário - e a prevalência de cálculo dentário. Um total de 83 pacientes (13 a 32 anos de idade) participaram desse estudo clínico randomizado. Os participantes utilizaram por 3 meses os respectivos dentifrícios de acordo com seu grupo: grupo A - Sorriso Fresh Red Mint®, 1100 ppm F (NaF) – Kolynos do Brasil Ltda; grupo B - dentifrício experimental com 1100 ppm F (NaF) e clorexidina 0,95% (digluconato de clorexidina) - FGM®, Joinville e grupo C - dentifrício experimental com clorexidina 0,95% (digluconato de clorexidina) - FGM®, Joinville. Foram realizados exames baseline, após 6 e 12 semanas para verificação dos índices de placa, gengival e sangramento. O manchamento extrínseco do esmalte e a presença de cálculo dentário também foram observados. Os dentifrícios com clorexidina (adicionados ou não de flúor) foram estatisticamente mais eficazes que o dentifrício controle no que se refere às reduções dos Índices Gengival e de Sangramento. O benefício máximo foi verificado nos grupos B e C...

Microfósseis contidos no cálculo dentário como evidência do uso de recursos vegetais nos sambaquis de Jabuticabeira II (SC) e Moraes (SP); Microfossils from the dental calculus as evidence of plant use in Brazilian Shellmounds: Jabuticabeira II (SC) and Moraes (SP)

Boyadjian, Célia Helena Cezar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.98%
A análise de microfósseis vegetais é extremamente útil para a recuperação de informações acerca da utilização de plantas por grupo humanos do passado, especialmente em sítios arqueológicos em que os macro-restos botânicos são raros, como é o caso dos sambaquis. Estes micro-restos podem ser obtidos a partir de sedimento, coprólitos, utensílios de pedra ou cerâmica, assim como de cálculo dentário (tártaro). Durante a mastigação e a utilização dos dentes como ferramentas, micro partículas provenientes do alimento ou da matéria prima utilizada, como grãos de amido, fitólitos, fibras, ficam retidas na matriz do cálculo, podendo ali permanecer protegidas por milhares de anos. O tratamento químico do cálculo permite a recuperação destes microfósseis, que, uma vez quantificados e identificados, fornecem dados valiosos para a reconstrução de hábitos e dieta. Entretanto, existem sítios em que, além da má preservação dos macro-restos vegetais, restam apenas escassas marcas de cálculo dentário aderidos aos dentes, impedindo a obtenção de fragmentos de cálculo e conseqüentemente a recuperação dos microfósseis. A utilização de recursos vegetais pelos grupos construtores de sambaquis constitui uma área do conhecimento ainda pouco explorada. Dentre os sambaquieiros há aqueles com depósitos fartos de cálculo dentário...

Análise e identificação de microvestígios vegetais de cálculo dentário para a reconstrução de dieta sambaquieira: estudo de caso de Jabuticabeira II, SC; Analysis and identification of plant microfossils from dental calculus for the reconstruction of shellmound builder's diet: a case study from Jabuticabeira II, SC

Boyadjian, Célia Helena Cezar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.88%
Embora os indivíduos construtores dos sambaquis constituam o grupo pré-histórico brasileiro melhor estudado, várias questões continuam em aberto. Algumas delas estão ligadas a estratégias de subsistência. Sabe-se que a economia desses indivíduos era baseada na pesca e que a coleta de moluscos teria papel complementar na alimentação. Mas, atualmente, estudos antracológicos e de cálculo dentário vêm demonstrando a grande importância da utilização de plantas pelos sambaquieiros. Entretanto, pouco se conhece sobre as espécies consumidas e o modo de preparo dos alimentos. O sambaqui Jabuticabeira II, localizado na região sul de Santa Catarina, apresenta indícios da utilização de plantas que incluem: artefatos líticos que se acredita que tenham sido usados para raspar, moer e quebrar vegetais; sementes de famílias de plantas que produzem frutos comestíveis; coquinhos; e restos carbonizados de lenho de uma grande diversidade de espécies. Além disso, notou-se grande número e variedade de grãos de amido no cálculo dentário dos indivíduos sepultados nesse sambaqui, sugerindo que o consumo de vegetais ricos em amido teria sido grande. O presente estudo trata, portanto, da análise de 119 microvestígios vegetais de cálculo dentário de 19 adultos de Jabuticabeira II...

Eficácia in vivo do sumo de Kalanchoe gastonis-bonnieri no controle do biofilme bacteriano e cálculo dentário de cães; In vivo efficacy of a Kalanchoe gastonis-bonnieri juice in the control of bacterial biofilms and dental calculus in dogs

Abdalla, Samira Lessa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.88%
A Doença Periodontal é causada pelo acúmulo de placa bacteriana sobre os dentes e estruturas adjacentes. As plantas medicinais são utilizadas como um meio de tratamento há muitos anos, sendo o resultado do acúmulo do conhecimento popular. No entanto, elas são utilizadas com pouco critério. Do ponto de vista da odontologia, as plantas medicinais ainda têm sido pouco estudadas. A comprovação clínica dos efeitos do sumo de Kalanchoe gastonis-bonnieri (KGB) a 10% sobre o desenvolvimento do biofilme bacteriano e cálculo dentário em cães pode oferecer alternativa valiosa para o tratamento e prevenção da doença periodontal, ou o prolongamento dos efeitos do tratamento cirúrgico clássico. Desta forma, seriam reduzidos os riscos do tratamento cirúrgico, o custo terapêutico, o surgimento de cepas bacterianas resistentes, e a ocorrência de efeitos colaterais, além de serem fornecidos subsídios para uso em outras espécies, inclusive a humana, com aproveitamento de recursos naturais amplamente disponíveis e ainda pouco conhecidos e utilizados, propiciando a transferência tecnológica para o setor produtivo. O presente estudo objetivou utilizar o método de análise computadorizada, para medição de área de placa bacteriana e cálculo dentário nos dentes de cães...

Achados clínicos de afecções orais em bugios ruivos (Alouatta guariba clamitans) (Cabrera, 1940)

Dias Neto, Ramiro das Neves
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 46 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.37%
Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; The aim of this study was to investigate dental disorders of Brown howler monkeys (Alouatta guariba clamitans) maintained in captivity. The hypothesis is that the identification and diagnosis of the lesions may contribute to control and prevention. Sixteen intact red howler monkeys (Alouatta guariba clamitans), 8 females and 8 males, weighing from 3.9 to 6.8 kg were studied. Under general anesthesia, the teeth were evaluated by visual inspection, probing, palpation, and intraoral radiographic exam. The findings were registered on dental chart specific for primates. From the 16 monkeys evaluated in the present study, 88% (n=14) had some type of dental disorder. The lesions observed were dental calculus (88%), dental wear (81%), missing tooth (38%), gingivitis (19%), gingival recession (6%), dental fracture (19%), pulp exposition (19%), and dental staining (25%). Alouatta guariba clamitans maintained in captivity have high rate of dental problems; O objetivo deste estudo foi investigar problemas dentários de bugios-ruivos (Alouatta guariba clamitans) mantidos em cativeiro. A hipótese é que a identificação e diagnóstico das afecções podem contribuir para o controle e prevenção de lesões orais. Foram estudados dezesseis bugios-ruivos (Alouatta guariba clamitans)...

Condições gengivais e periodontais associadas a fatores socioeconômicos

Gesser,Hubert Chamone; Peres,Marco Aurélio; Marcenes,Wagner
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
26.82%
OBJETIVO: Conhecer a prevalência de sangramento gengival, cálculo dentário e de bolsas periodontais, em jovens de 18 anos do sexo masculino, verificando as associações com variáveis socioeconômicas. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal em uma amostra de jovens de 18 anos de idade (n=300), alistandos do Exército Brasileiro em Florianópolis, SC. Foram aplicadas entrevistas estruturadas com questões sobre o número de anos de escolaridade do alistando e de seus pais e sobre a renda familiar. Um cirurgião-dentista realizou os exames odontológicos para a detecção de sangramento gengival, presença de cálculo dentário, bolsas periodontais rasas (entre 3,5 mm a 5,5 mm) e profundas (5,5 mm e mais). Verificaram-se as associações entre as condições periodontais e as variáveis socioeconômicas pelo teste qui-quadrado. RESULTADOS: A taxa de resposta foi de 100,0%, entretanto, 4,7% dos indivíduos foram excluídos do estudo devido à impossibilidade de exame. A concordância diagnóstica intra-examinador foi alta (kappa=0,73). As prevalências de sangramento gengival, cálculo dentário, bolsas rasas e profundas foram de 86%, 50,7%, 7,7% e 0,3%, respectivamente. O sangramento gengival foi negativamente associado a todas as variáveis socioeconômicas estudadas (p<0...

Saúde gengival de adolescentes e a utilização de serviços odontológicos, Estado de São Paulo

Antunes,José Leopoldo Ferreira; Peres,Marco Aurélio; Frias,Antonio Carlos; Crosato,Edgard Michel; Biazevic,Maria Gabriela Haye
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.55%
OBJETIVO: Avaliar a associação de condições de saúde gengival com a utilização de serviço odontológico. MÉTODOS: Realizou-se levantamento epidemiológico de saúde bucal de 1.799 adolescentes, em 35 cidades do Estado de São Paulo, em 2002. A saúde gengival foi avaliada pela prevalência de sangramento na gengiva à sondagem e cálculo dentário (índice periodontal comunitário) e oclusão dentária (índice de estética dentária). A utilização de serviços odontológicos foi medida pelo índice de cuidado (O/CPO) para cada cidade. Análise multinível de regressão logística ajustou modelos explicativos para fatores associados aos desfechos de interesse. RESULTADOS: A prevalência de sangramento gengival à sondagem foi 21,5%; de cálculo dentário foi 19,4%. Os participantes do sexo masculino, negros e pardos, moradores em áreas rurais, residentes em domicílios aglomerados e com atraso escolar apresentaram chance significantemente mais elevada para os agravos que seus respectivos pares de comparação. Características de oclusão dentária também associaram com gengiva não-saudável: apinhamento dos segmentos incisais, mordida aberta vertical anterior, relação molar antero-posterior. Cidades com maior utilização de serviço odontológico tiveram menor proporção de adolescentes com sangramento gengival e cálculo. CONCLUSÕES: A utilização de serviços odontológicos foi significativamente associada a melhores condições de saúde gengival (sangramento e cálculo). Essa associação independeu das características sociodemográficas individuais e contextuais...

Estudo das alterações ante-morte da cavidade oral de mãos-peladas (Procyon cancrivorus) de vida livre e de cativeiro

Bianchi,Mônica A.F.; Mayorga,Luis F.S.P.; Castro,Ana P.A.; Rossi Junior,João L.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
26.52%
A maioria das doenças dos animais de natureza e cativeiro encontra-se associada à proximidade humana, que resulta da fragmentação e degradação do habitat destes animais, no isolamento das espécies e no contato mais próximo entre estes e animais domésticos e o homem. Foram estudados os sincrânios de 104 mãos-peladas (Procyon cancrivorus) por meio de avaliação direta, preenchimento de ficha odontológica veterinária e documentação fotográfica, que relataram anormalidades encontradas, as quais foram classificadas e contabilizadas para fins estatísticos. Os achados deste trabalho aludem que os animais de cativeiro foram mais acometidos com as lesões relacionadas à doença periodontal, como cálculo, reabsorção óssea alveolar, deiscência, fenestração, exposição de furca, além de maloclusão, apinhamento dentário e os níveis mais graves de desgaste dentário. Os animais de vida livre apresentaram mais altos índices de fraturas, perdas dentárias ante-morte e escurecimento dentário, que caracterizam maior trauma dentário, durante o processo alimentar. Pretendeu-se, assim, estabelecer um parâmetro do estado de saúde oral da espécie estudada, sua frequência e se esta apresenta as mesmas enfermidades orais em vida livre e em cativeiro...

Avaliação das alterações odontológicas em sincrânios de Cerdocyon thous oriundos de atropelamentos na rodovia ES-060, Espírito Santo

Rossi Junior,João Luiz; Castro,Ana Paula Airosa de; Marchesi,Marina Drago
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
26.44%
Os cachorros-do-mato (Cerdocyon thous Linnaeus, 1766) são animais amplamente encontrados em países da América do Sul. Apesar de não ser uma espécie ameaçada de extinção, é possível que muitas populações sofram impactos decorrentes de atropelamentos de indivíduos nas rodovias do país, pois, trata-se de uma das espécies de carnívoros com elevada ocorrência de mortes deste tipo. Foram avaliados 32 sincrânios de C. thous, oriundos de vida livre, armazenados na coleção osteológica do Laboratório de Anatomia Veterinária da Universidade Vila Velha (Vila Velha/ES), a fim de diagnosticar doenças que acometeram estes indivíduos enquanto vivos. As lesões macroscópicas identificadas foram: apinhamento dentário, ausência dentária, cálculo dentário, dentina terciária, desgaste, escurecimento dentário, exposição de polpa, fenestração óssea, fratura dentária, fratura de esmalte, giroversão, pigmentação e reabsorção da crista alveolar. Os achados mais comumente observados foram: ausência dentária, desgaste dentário e fratura dentária. Ausências dentárias anteriores à morte, alterações ósseas, cálculos dentários, apinhamento e giroversão aparentemente não causaram quaisquer prejuízos aos animais enquanto vivos.

Eficácia dos coadjuvantes de higiene bucal utilizados na alimentação de cães

Paiva,A.C.; Saad,F.M.O.B.; Leite,C.A.L.; Duarte,A.; Pereira,D.A.R.; Jardim,C.A.C.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.74%
Avaliou-se a utilização de coadjuvantes na diminuição da placa bacteriana e formação do cálculo dentário em 16 cães. O delineamento experimental foi casualizado com quatro tratamentos (T) e quatro repetições. Os tratamentos foram: T1- controle, T2- coadjuvante com ação mecânica, T3- coadjuvante com tripolifosfato de sódio e T4- coadjuvante com hexametafosfato de sódio. Após sete dias de adaptação, no dia anterior ao início dos tratamentos, os animais foram submetidos à remoção de cálculo dentário. O experimento teve duração de 21 dias e ao final realizaram-se as medições das placas bacterianas formadas com o uso de marcadores (fucsina). O coadjuvante somente com ação mecânica não foi efetivo em retardar o aparecimento da placa bacteriana. Os coadjuvantes com polifosfatos apresentaram uma ação efetiva e significativa na diminuição da formação do calculo dentário.

Tripolifosfato de sódio e hexametafosfato de sódio na prevenção do cálculo dentário em cães

Pinto,A.B.F.; Saad,F.M.O.B.; Leite,C.A.L.; Aquino,A.A.; Alves,M.P.; Pereira,D.A.R.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
67%
Avaliou-se o efeito de dois fosfatos, tripolifosfato de sódio (TPF) e hexametafosfato de sódio (HMF), incorporados à ração seca sob diferentes formas, como cobertura do grânulo da ração e no interior da massa da ração, na prevenção do desenvolvimento de cálculo dentário em 25 cães. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente ao acaso, com cinco tratamentos e cinco repetições. Os tratamentos experimentais foram: 1) ração seca; 2) ração seca com TPF incorporado na cobertura do grânulo da ração; 3) ração seca com TPF incorporado na massa da ração; 4) ração seca com HMF incorporado na cobertura do grânulo da ração; 5) ração seca com HMF incorporado na massa da ração. Os animais receberam as dietas por um período experimental de 90 dias e, após esse período, foram submetidos à avaliação da área de cálculo dentário formado. A inclusão do HMF na ração seca, tanto na cobertura dos grânulos como no interior da massa, e do TPF, como cobertura dos grânulos, reduziu o acúmulo de cálculo dentário em cães, comparada à dieta sem adição de fosfatos. O HMF foi o fosfato mais eficiente, ao reduzir o acúmulo de cálculo dentário em até 47%. As formas de inclusão do HMF na ração não influenciaram o acúmulo de cálculo dentário. Houve redução do desenvolvimento de cálculo dentário pela incorporação do TPF como cobertura do grânulo da ração...

Comparação de parâmetros periodontais após utilização de contenção convencional 3x3 plana e contenção modificada

Shirasu,Bianca Keiko; Hayacibara,Roberto Masayuki; Ramos,Adilson Luiz
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.58%
OBJETIVO: o presente estudo teve como propósito comparar os parâmetros periodontais após a utilização de dois tipos de contenções ortodônticas fixas: contenção convencional 3x3 plana (fio ortodôntico 0,8mm retilíneo fixado apenas nos caninos contralaterais) e a contenção modificada (fio ortodôntico 0,6mm com dobras permitindo o livre acesso do fio dental e fixado em todos os dentes do segmento anterior). METODOLOGIA: quinze voluntários primeiramente utilizaram a contenção convencional por seis meses. Após um intervalo de quinze dias, foi instalada a contenção modificada, utilizada pelo mesmo período de tempo. Antes de cada fase os voluntários passaram por raspagem e alisamento radicular dos dentes e orientação de higiene bucal. Ao final de cada fase os seguintes parâmetros foram avaliados: índice de placa dentária, índice gengival e índice de cálculo dentário. Além disso, foi realizada a mensuração do cálculo no fio da contenção e todos os voluntários responderam a um questionário sobre a utilização, aceitação e conforto dos dois tipos de contenções. RESULTADOS E CONCLUSÕES: foi observado que o índice de placa e o índice gengival foram maiores para a contenção modificada (p<0,05), nas faces linguais e proximais. O mesmo ocorreu para o índice de cálculo nas regiões proximais (p<0...

Saúde gengival de adolescentes e a utilização de serviços odontológicos, Estado de São Paulo = Gingival health of adolescents and the utilization of dental services, state of São Paulo, Brazil; Saude gengival de adolescentes e a utilizacao de servicos odontologicos, Estado de Sao Paulo = Gingival health of adolescents and the utilization of dental services, state of Sao Paulo, Brazil

Antunes, J.; De Anselmo Peres, M.; Frias, A.; Crosato, E.; Biazevic, M.
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 EN; PT
Relevância na Pesquisa
26.55%
OBJETIVO: Avaliar a associação de condições de saúde gengival com a utilização de serviço odontológico. MÉTODOS: Realizou-se levantamento epidemiológico de saúde bucal de 1.799 adolescentes, em 35 cidades do Estado de São Paulo, em 2002. A saúde gengival foi avaliada pela prevalência de sangramento na gengiva à sondagem e cálculo dentário (índice periodontal comunitário) e oclusão dentária (índice de estética dentária). A utilização de serviços odontológicos foi medida pelo índice de cuidado (O/CPO) para cada cidade. Análise multinível de regressão logística ajustou modelos explicativos para fatores associados aos desfechos de interesse. RESULTADOS: A prevalência de sangramento gengival à sondagem foi 21,5%; de cálculo dentário foi 19,4%. Os participantes do sexo masculino, negros e pardos, moradores em áreas rurais, residentes em domicílios aglomerados e com atraso escolar apresentaram chance significantemente mais elevada para os agravos que seus respectivos pares de comparação. Características de oclusão dentária também associaram com gengiva não-saudável: apinhamento dos segmentos incisais, mordida aberta vertical anterior, relação molar antero-posterior. Cidades com maior utilização de serviço odontológico tiveram menor proporção de adolescentes com sangramento gengival e cálculo. CONCLUSÕES: A utilização de serviços odontológicos foi significativamente associada a melhores condições de saúde gengival (sangramento e cálculo). Essa associação independeu das características sociodemográficas individuais e contextuais...

Análise da incorporação de flúor no esmalte dentário 'in vivo' após o uso de dentifrícios com concentrações reduzidas de flúor e sua relação com a biodisponibilidade de flúor nestes dentifrícios em comparação com outros comercialmente disponíveis; Analysis of the fluoride uptake in dental enamel “in vivo” after the use of low fluoride concentrations dentifrices and its relation to bioavailability of fluoride in these dentifrices compared to others available commercially

Olympio, Kelly Polido Kaneshiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.53%
Os objetivos deste estudo foram: avaliar a [F] incorporado ao esmalte dentário clinicamente hígido, após a utilização de dentifrícios com concentrações reduzidas de F; analisar a cinética do F dos dentifrícios fluoretados na saliva total e avaliar a biodisponibilidade do F destes dentifrícios com relação ao pH e sistema abrasivo. No 1º estudo, cruzado e duplo-cego, foram testados os seguintes dentifrícios: formulações experimentais de 1100, 550, 275 ppm F, NaF (pH 5,5), Crest® (1100 ppm F, NaF, pH 6,5 - controle positivo), Colgate Baby® (500 ppm F, NaF, pH 6,9) e um dentifrício sem F, pH 5,5 (controle negativo). Dezesseis voluntários (18 - 35 anos) escovaram seus dentes 3 vezes ao dia com os dentifrícios testados, durante 2 semanas com cada concentração. As etapas diferiram de acordo com o dentifrício utilizado e foram separadas por um intervalo de 1 semana. Biópsias foram realizadas, aplicando-se 5 µL de HCl 0,5 M, sobre a área delimitada na superfície do incisivo (5 s), seguida da neutralização da área por aplicação de 5 µL de NaOH 0,25 M, por 2 vezes. O 2º experimento constituiu-se de um estudo duplo-cego realizado em cinco etapas, nas quais 10 voluntários (18 - 35 anos) escovaram com os dentifrícios fluoretados descritos anteriormente. As cinco etapas foram separadas por intervalos de uma semana...

Saúde gengival de adolescentes e a utilização de serviços odontológicos, Estado de São Paulo; Gingival health of adolescents and the utilization of dental services, state of São Paulo, Brazil

Antunes, José Leopoldo Ferreira; Peres, Marco Aurélio; Frias, Antonio Carlos; Crosato, Edgard Michel; Biazevic, Maria Gabriela Haye
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
26.55%
OBJETIVO: Avaliar a associação de condições de saúde gengival com a utilização de serviço odontológico. MÉTODOS: Realizou-se levantamento epidemiológico de saúde bucal de 1.799 adolescentes, em 35 cidades do Estado de São Paulo, em 2002. A saúde gengival foi avaliada pela prevalência de sangramento na gengiva à sondagem e cálculo dentário (índice periodontal comunitário) e oclusão dentária (índice de estética dentária). A utilização de serviços odontológicos foi medida pelo índice de cuidado (O/CPO) para cada cidade. Análise multinível de regressão logística ajustou modelos explicativos para fatores associados aos desfechos de interesse. RESULTADOS: A prevalência de sangramento gengival à sondagem foi 21,5%; de cálculo dentário foi 19,4%. Os participantes do sexo masculino, negros e pardos, moradores em áreas rurais, residentes em domicílios aglomerados e com atraso escolar apresentaram chance significantemente mais elevada para os agravos que seus respectivos pares de comparação. Características de oclusão dentária também associaram com gengiva não-saudável: apinhamento dos segmentos incisais, mordida aberta vertical anterior, relação molar antero-posterior. Cidades com maior utilização de serviço odontológico tiveram menor proporção de adolescentes com sangramento gengival e cálculo. CONCLUSÕES: A utilização de serviços odontológicos foi significativamente associada a melhores condições de saúde gengival (sangramento e cálculo). Essa associação independeu das características sociodemográficas individuais e contextuais...

Validación de un algoritmo para el cálculo de las dimensiones dentarias basado en el método de Bloise

Rospide,M.A.; Goroso,D.G.
Fonte: Cuadernos de Medicina Forense Publicador: Cuadernos de Medicina Forense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/12/2014 SPA
Relevância na Pesquisa
36.55%
Introducción: Cuando se estudia material óseo procedente de excavaciones arqueológicas o restos aislados es frecuente que las condiciones de conservación sean deficientes, por lo que la reconstrucción antropométrica de los principales rasgos característicos no se puede observar. Este problema es aún mayor en los casos forenses, en los que en muchas ocasiones la identificación debe realizarse únicamente a través de piezas dentarias. Por este motivo, son necesarios métodos alternativos validados que permitan la identificación de un individuo a partir de elementos dentarios. Objetivo: Validar el algoritmo, basado en el método de Bloise, comparando las dimensiones características de una pieza dentaria de diámetro mesiodistal conocido, tomado como dato inicial para el cálculo, con las dimensiones calculadas de esa misma pieza dentaria. Materiales y métodos: Materiales: se desarrolló un algoritmo basado en el método de Bloise en Excell Versión 14.0. 2010 para calcular el tamaño de piezas dentarias a partir de una única pieza conocida. Las mediciones se realizaron utilizando un calibre digital, clase 2, con precisión de 0,01 mm, y un calibre dentario, clase 2, con precisión de 0,01 mm. Muestra: se realizaron 106 medidas dentarias...

Condições gengivais e periodontais associadas a fatores socioeconômicos

Gesser,Hubert Chamone; Peres,Marco Aurélio; Marcenes,Wagner
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
26.82%
OBJETIVO: Conhecer a prevalência de sangramento gengival, cálculo dentário e de bolsas periodontais, em jovens de 18 anos do sexo masculino, verificando as associações com variáveis socioeconômicas. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal em uma amostra de jovens de 18 anos de idade (n=300), alistandos do Exército Brasileiro em Florianópolis, SC. Foram aplicadas entrevistas estruturadas com questões sobre o número de anos de escolaridade do alistando e de seus pais e sobre a renda familiar. Um cirurgião-dentista realizou os exames odontológicos para a detecção de sangramento gengival, presença de cálculo dentário, bolsas periodontais rasas (entre 3,5 mm a 5,5 mm) e profundas (5,5 mm e mais). Verificaram-se as associações entre as condições periodontais e as variáveis socioeconômicas pelo teste qui-quadrado. RESULTADOS: A taxa de resposta foi de 100,0%, entretanto, 4,7% dos indivíduos foram excluídos do estudo devido à impossibilidade de exame. A concordância diagnóstica intra-examinador foi alta (kappa=0,73). As prevalências de sangramento gengival, cálculo dentário, bolsas rasas e profundas foram de 86%, 50,7%, 7,7% e 0,3%, respectivamente. O sangramento gengival foi negativamente associado a todas as variáveis socioeconômicas estudadas (p<0...

Saúde gengival de adolescentes e a utilização de serviços odontológicos, Estado de São Paulo

Antunes,José Leopoldo Ferreira; Peres,Marco Aurélio; Frias,Antonio Carlos; Crosato,Edgard Michel; Biazevic,Maria Gabriela Haye
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26.55%
OBJETIVO: Avaliar a associação de condições de saúde gengival com a utilização de serviço odontológico. MÉTODOS: Realizou-se levantamento epidemiológico de saúde bucal de 1.799 adolescentes, em 35 cidades do Estado de São Paulo, em 2002. A saúde gengival foi avaliada pela prevalência de sangramento na gengiva à sondagem e cálculo dentário (índice periodontal comunitário) e oclusão dentária (índice de estética dentária). A utilização de serviços odontológicos foi medida pelo índice de cuidado (O/CPO) para cada cidade. Análise multinível de regressão logística ajustou modelos explicativos para fatores associados aos desfechos de interesse. RESULTADOS: A prevalência de sangramento gengival à sondagem foi 21,5%; de cálculo dentário foi 19,4%. Os participantes do sexo masculino, negros e pardos, moradores em áreas rurais, residentes em domicílios aglomerados e com atraso escolar apresentaram chance significantemente mais elevada para os agravos que seus respectivos pares de comparação. Características de oclusão dentária também associaram com gengiva não-saudável: apinhamento dos segmentos incisais, mordida aberta vertical anterior, relação molar antero-posterior. Cidades com maior utilização de serviço odontológico tiveram menor proporção de adolescentes com sangramento gengival e cálculo. CONCLUSÕES: A utilização de serviços odontológicos foi significativamente associada a melhores condições de saúde gengival (sangramento e cálculo). Essa associação independeu das características sociodemográficas individuais e contextuais...