Página 1 dos resultados de 1915 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Burnout em profissionais das comissões de proteção de crianças e jovens em perigo

Costa, Elisabete Dias
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
Desde a mais remota Antiguidade, o trabalho assume um papel preponderante na sociedade. Contudo, pode ser também fonte de problemas, nomeadamente de Burnout. Este trabalho procurou avaliar o Burnout entre técnicos de CPCJ´s (N = 212) e analisar a sua relação com variáveis demográficas, variáveis laborais, qualidade de vida e coping. Nenhum dos inquiridos revelou uma condição compatível com a síndrome de Burnout, mas alguns deles apresentavam indícios de tal condição. As variáveis laborais surgiram mais relacionadas com os níveis de Burnout reportados pelos profissionais inquiridos, comparativamente às variáveis sociodemográficas. Os resultados ilustram também associações entre os scores de Burnout (e/ou respetivas dimensões) e o bem-estar face ao trabalho, assim como entre os scores de Burnout (e/ou respetivas dimensões) e o estilo de vida e coping: quanto menor o bem-estar retirado da prática laboral e a qualidade de vida, maiores os índices de Burnout; quanto maior o sentimento de exaustão emocional e de despersonalização (dimensão do Burnout), menor o coping de controlo; quanto maior o sentimento de realização pessoal (terceira dimensão do Burnout), maior a frequência deste tipo de coping. Este trabalho deve servir de mote encorajador para um maior investimento académico...

Avaliação da atividade cerebral durante teste de atenção de médicos residentes de pediatria no primeiro ano de residência associada à prevalência de síndrome de Burnout e sintomas de estresse; Evaluation of cerebral activity during attention task of first year pediatric residents associated with burnout and stress symptoms

Andrade, Anarella Penha Meirelles de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.47%
INTRODUÇÃO: A síndrome de Burnout é uma das consequências mais marcantes do estresse profissional, resultante da exposição prolongada a fatores interpessoais e emocionais, caracterizada por exaustão emocional, avaliação negativa de si mesmo, depressão e insensibilidade com relação a fatores ocupacionais e pessoais. Profissionais da área da saúde estão expostos a cenários clínicos com altos níveis de estresse e sujeitos ao desenvolvimento de Burnout durante suas carreiras. É uma entidade complexa e produz uma variedade de comportamentos que podem afetar diretamente o atendimento ao paciente. O estresse é uma resposta global do organismo que envolve as esferas física, emocional, mental e hormonal. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de Síndrome de Burnout e sintomas de estresse nos médicos residentes de primeiro ano do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e a correlação entre esta e a função cerebral de atenção por meio da execução de tarefa Stroop Color Word Test durante a realização de ressonância magnética funcional (RMf). MATERIAIS E MÉTODOS: Foram estudados 32 médicos residentes de pediatria, 25 do sexo feminino com média de idade de 24,8 ± 1,3 anos...

Incidência da Síndrome de Burnout em técnicos e auxiliares de enfermagem e sua associação com o estresse precoce e estratégias de enfrentamento; Burnout syndrome incidence in technicians and nursing assistants and their association with early life stress and coping strategies

Pereira, Sandra de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.48%
O estresse não incide apenas na vida adulta, ele pode ocorrer precocemente e repercutir na maneira como o indivíduo enfrenta as situações estressantes, seja na vida pessoal como no ambiente profissional. Neste contexto, como consequência do estresse crônico e uso de estratégias de enfrentamento inadequadas o profissional poderá ter risco aumentado para desenvolver a Síndrome de Burnout. Com o objetivo de analisar a prevalência e associação entre Síndrome de Burnout, estresse precoce e estratégias de enfrentamento em técnicos e auxiliares de enfermagem de um hospital geral do interior de São Paulo, desenvolveu-se um estudo transversal, de abordagem quantitativa, utilizando os instrumentos: questionário sociodemográfico, de condições de trabalho e saúde, Maslach Burnout Inventory (MBI), Escala de Modos de Enfrentamento dos Problemas (EMEP) e Childhood Traume Questionnaire (CTQ). Utilizou-se estatística descritiva e analítica, realizando-se testes Qui- quadrado, com coeficiente de correlação de Pearson e regressão logística considerando nível de significância de 0,05. Obteve-se aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa e a amostra foi aleatorizada com 338 técnicos e auxiliares de enfermagem...

Segurança do paciente em unidades de terapia intensiva: estresse, coping e burnout da equipe de enfermagem e ocorrência de eventos adversos e incidentes; Patient safety in intensive care units: stress, coping and burnout of nursing staff and the occurrence of adverse events and incidents

Andolhe, Rafaela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
Objetivo: Este estudo objetivou analisar a associação entre características biossociais e clínicas dos pacientes, carga de trabalho de enfermagem, nível de estresse, coping e burnout da equipe de enfermagem e a ocorrência de Eventos Adversos/Incidentes (EA/I) em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Método: Trata-se de investigação observacional, analítica, transversal, realizada em diferentes UTI, no mês de outubro de 2012. Utilizaram-se informações extraídas dos prontuários dos pacientes para coleta de EA/I. Para a carga de enfermagem, utilizou-se o Nursing Activities Score (NAS). A obtenção das informações da equipe de enfermagem ocorreu pela utilização de: Escala de Estresse no Trabalho (EET), Lista de Sinais e Sintomas de Stress (LSS), Escala de Coping Ocupacional (ECO) e Inventário Maslach de Burnout (IMB). No tratamento estatístico utilizaram-se: Teste Qui-quadrado para associação entre estresse, coping, burnout e variáveis biossociais e do trabalho da equipe de enfermagem para as variáveis qualitativas, Análise de Variância e Teste de Tukey para as quantitativas e regressão logística para identificação dos fatores associados a elas. Utilizou-se a Correlação de Pearson para análise entre variáveis biossociais e clínicas dos pacientes...

Stress, avaliação cognitiva e burnout : um estudo com professores do ensino superior; Stress, cognitive appraisal, and burnout : a study with university professors; Estrés, evaluación cognitiva y burnout : un estudio con profesores universitários

Gomes, António Rui; Oliveira, Sílvia; Esteves, Anabela de Jesus; Alvelos, Mafalda; Afonso, Jorge M. P.
Fonte: Centro Univesitário Salesiano de São Paulo Publicador: Centro Univesitário Salesiano de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
Este estudo analisou três tópicos principais: i) a experiência de stress ocupacional e de burnout em professores do ensino superior; ii) observou a importância dos processos de avaliação cognitiva na experiência de stress e burnout; e iii) verificou as variáveis preditoras da experiencia de burnout, nomeadamente o papel preditivo do stress ocupacional e dos processos de avaliação cognitiva. O estudo incluiu 333 professores do ensino superior, aplicando-se medidas de stress ocupacional, avaliação cognitiva e burnout. Os resultados demonstraram: i) níveis acentuados de stress ocupacional e de burnout (principalmente ao nível da exaustão emocional); ii) os professores com uma avaliação mais negativa da profissão experienciaram maior stress e burnout; e iii) as dimensões de stress e de avaliação cognitiva revelaram-se significativas na predição da experiência de burnout (particularmente da exaustão emocional). Em conclusão, verificou-se que esta profissão é stressante, sendo importante incluir os processos de avaliação cognitiva em estudos futuros.; This study examined three main topics: i) the experience of occupational stress and burnout among university professors; ii) the importance of cognitive appraisal processes in the experience of stress and burnout; and iii) the predictors of burnout...

Stress ocupacional, burnout e suporte social nos profissionais de saúde mental

Miranda, Susana Cristina Cerqueira
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
Este estudo tem como objectivos: identificar as fontes de stress nos profissionais de saúde mental; comparar os níveis de stress ocupacional e burnout tendo em conta as variáveis sóciodemográficas e profissionais e analisar a relação entre as variáveis, apoio social burnout e stress ocupacional nos profissionais de saúde mental. Foram utilizados como instrumentos de avaliação um questionário sócio-demográfico, o Maslach Burnout Inventory (MBI), o Questionário de Stress nos Profissionais de Saúde (QSPS) e a Escala de Satisfação com o Suporte Social (ESSS). Neste estudo participaram 40 profissionais de saúde mental. Foram testadas sete hipóteses: na primeira hipótese, esperávamos que existissem diferenças entre os profissionais de saúde mental quanto à expressão de stress e burnout. Esta não se confirmou. Na segunda hipótese, esperávamos que existissem diferenças entre os profissionais de saúde do sexo feminino e masculino quanto à expressão de stress e burnout. Apenas se confirmou parcialmente. Na terceira hipótese, esperávamos que os profissionais de saúde mental casados tivessem níveis mais baixos de stress e burnout do que os solteiros. Não se confirmou. Na quarta hipótese esperávamos que os profissionais de saúde mais novos possuíssem níveis mais elevados de stress e burnout. Confirmou-se. Na quinta hipótese...

Burnout, coping e qualidade de vida profissional do cuidador formal em contexto de reabilitação

Prata, Lúcia Isabel Narciso
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
A síndrome de burnout caracteriza-se por sentimentos de exaustão emocional, despersonalização e baixa realização pessoal. O presente estudo exploratório pretendeu avaliar a relação entre as variáveis burnout, coping, qualidade de vida profissional, idade e tempo de serviço em cuidadores formais de jovens e adultos com deficiência e/ou incapacidade. Foi recolhida uma amostra de 94 trabalhadores de três instituições de apoio à deficiência da zona centro, com idades compreendidas entre os 21 e 63 anos. Os instrumentos utilizados foram: um Questionário sociodemográfico, o Inventário de Burnout de Maslach (MBI; Manita, 2003); o Questionário de Coping (Brief Cope; Ribeiro & Rodrigues, 2004) e a Escala de Qualidade de Vida Profissional (ProQOL5; Carvalho & Sá, 2011). Os resultados mostraram que os cuidadores apresentam baixo nível de burnout. As estratégias de coping mais utilizadas foram: o planeamento, o coping ativo e a reinterpretação positiva. Evidenciam ainda na dimensão da Qualidade de Vida profissional, que os cuidadores apresentam frequentemente satisfação por compaixão e níveis baixos de burnout e stress traumático, demonstrando que percecionam uma qualidade de vida profissional razoável. As dimensões de burnout estabelecem uma correlação positiva com o coping disfuncional focado nas emoções e encontram-se significativa e negativamente correlacionadas com o coping orientado para a resolução de problemas. A dimensão de satisfação por compaixão da qualidade de vida profissional...

Burnout nos enfermeiros da Unidade de Desabituação de Coimbra

Correia, Vasco Manuel Cunha; Cruz, Carla Maria Viegas Melo, orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.52%
As profissões que implicam a prestação de cuidados a pessoas em situação de fragilidade física e emocional, exigem um investimento emocional elevado por parte dos profissionais. Este fato faz com que o burnout seja alvo de destaque nas profissões que implicam o estabelecimento da Relação de Ajuda, sendo um importante indicador da saúde mental dos profissionais. Na enfermagem o burnout pode surgir como consequência da relação enfermeiro/utente. Neste sentido, foi nosso objetivo avaliar os níveis de burnout dos enfermeiros da Unidade de Desabituação de Coimbra (UDC) do Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT), Instituto Público (IP), assim como avaliar a sua relação com as características sociodemográficas, profissionais e individuais. Com este propósito foram aplicados questionários a todos os enfermeiros da UDC do IDT, IP. O instrumento de medida utilizado para avaliar o burnout foi o Copenhagen Burnout Inventory (CBI), composto por três subescalas que avaliam o burnout pessoal, o burnout relacionado com o trabalho e o burnout relacionado com o cliente, validado para a população portuguesa por Fonte (2011). A amostra compreende oito enfermeiros com uma média de idade de 33 anos. Os resultados sugerem que os enfermeiros da UDC apresentam níveis elevados de burnout...

Análise da relação entre a percepção de justiça organizacional e o burnout em professores do ensino superior

Barradas, Maria Gertrudes Silvestre Bento
Fonte: Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Dissertação de Mestrado em Gestão Estratégica de Recursos Humanos; A profissão de docente tem sido sujeita a modificações profundas e é considerada como uma das mais stressantes, podendo o stress ocupacional crónico conduzir ao burnout. O principal objectivo deste estudo foi analisar a relação entre a percepção de justiça e a síndrome de burnout em professores do ensino superior. Neste sentido, pretendemos conhecer a percepção dos professores sobre a justiça organizacional, verificar se apresentam a síndrome de burnout, avaliar se a percepção de justiça se associa ao desenvolvimento do burnout e verificar quais os factores individuais que mais se associam com a justiça organizacional e com o burnout. A justiça organizacional é definida de acordo com cinco dimensões: interpessoal, informacional, procedimental, distributiva das recompensas e distributiva das tarefas (Rego, 2001a). O burnout foi definido de acordo com três dimensões: exaustão emocional, despersonalização e realização pessoal (Maslach e Jackson, 1997). A amostra deste estudo é constituída por 120 professores de cinco Escolas do Ensino Superior. Nos resultados obtidos neste estudo, verificamos que os professores apresentam níveis mais baixos relativamente à justiça procedimental e à justiça distributiva das recompensas no contexto organizacional onde estão inseridos. Quanto ao nível do burnout este grupo profissional apresenta níveis médios de exaustão emocional...

Burnout profissional em professores portugueses : representações sociais, incidência e preditores

Pinto, Alexandra Marques, 1963-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2000 POR
Relevância na Pesquisa
37.56%
Tese de doutoramento em Psicologia (Psicologia da Educação), apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2001; Os professores encontram-se entre os profissionais sujeitos a níveis mais elevados de stress, sendo igualmente o seu grupo profissional aquele em que os sintomas de exaustão emocional e de despersonalização, próprios do síndroma de burnout, se revelam mais frequentes em alguns países. Com este trabalho procuramos dar um contributo para o estudo do burnout profissional dos professores portugueses, da sua incidência e desenvolvimento ao longo da carreira docente, e da sua compreensão num quadro transacional em que se destacam as variáveis de stress e coping e se propõe uma articulação com as representações sociais que os docentes constroem do burnout na sua profissão (capítulos dois e três). Pretendendo afirmar a relevância de uma abordagem societal do burnout, começamos por analisar o fenómeno do burnout profissional dos professores no quadro da teoria das representações sociais. Os dois estudos empíricos desenvolvidos (capítulo três), envolvendo mais de 900 professores portugueses, permitiram-nos reconstruir e caracterizar três grandes representações sociais do burnout na docência - burnout como doença...

Avaliação Processual de Burnout em Enfermeiros para e na Gestão das Organizações de Saúde

Martins, José Eduardo Lima
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Dissertação de Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde; O aparecimento do burnout está relacionado com a exposição continuada a eventos de origem laboral e são vários os estudos (Carlloto & Câmara, 2004; Maslach & Jackson, 1982; Queirós, 2005) a demonstrar que os profissionais que mantêm uma relação continuada e directa com outras pessoas apresentam com mais frequência o síndroma de burnout, aumentando significativamente quando esta relação é de ajuda. Os enfermeiros são considerados um dos grupos profissionais mais afectados pelo síndroma de burnout, por integrarem nas suas práticas uma filosofia humanística e uma forma de cuidar holística. A partir do processo de fundamentação conceptual deste síndroma, as autoras propõem um conceito operacionalizado em três dimensões: exaustão emocional; cinismo ou despersonalização e redução da realização pessoal. As razões apontadas orientam o desenvolvimento desta investigação que tem como finalidade contribuir para o bem-estar dos enfermeiros na sua relação com o trabalho, que se repercute na qualidade e segurança dos cuidados de enfermagem, e que se concretiza nos seguintes objectivos: i) caracterizar o síndroma de burnout nos profissionais de enfermagem quanto a variáveis demográficas e socioprofissionais; ii) determinar a relação entre factores antecedentes de burnout e a expressão do síndroma em profissionais de enfermagem; iii) determinar a relação entre os factores antecedentes de burnout e as dimensões que constituem este síndroma. Como instrumento de recolha de dados utilizou-se um questionário composto por váriáveis de caracterização e pelo Questionário Breve de Burnout (Moreno Jimenez...

Burnout nos enfermeiros dos serviços de psiquiatria de doentes agudos: um contributo para a gestão

Santos, Alexandra Maria Silva Ramalho Sarreira
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde / Classificação JEL: I 14; J 24; A síndrome de burnout, definida pela exaustão emocional, despersonalização e realização pessoal, designa um estado de fadiga física e emocional crónico dos profissionais, que pode comprometer as organizações. Neste estudo descritivo, correlacional e comparativo, pretendemos determinar a influência dos factores organizacionais nos níveis de burnout dos enfermeiros dos serviços de psiquiatria de agudos dos hospitais públicos da região de Lisboa. O referencial teórico enquadra o stress no trabalho salientando conceitos de burnout e clima organizacional. Delinearam-se hipóteses de estudo que pressupõem uma associação entre os diferentes níveis de burnout com os factores organizacionais, por um lado, e as consequências por outro. Aplicaram-se, a 108 enfermeiros, duas escalas validadas para a população portuguesa, a Maslach Burnout Inventory, para a avaliação do burnout e a WorK Environment Scale para o clima organizacional, precedidas de um questionário sociodemográfico, que foram alvo de tratamento estatístico. Apurou-se que 62% dos enfermeiros reflectem baixo burnout; 10% um burnout intermédio e 27% um elevado burnout. Nas variáveis individuais...

S??ndrome de Burnout em profissionais da educa????o: um estudo com professores da rede municipal do ensino fundamental de Rio Grande/RS

Teixeira, Fernanda Gomes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.47%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2007.; Atualmente ?? not??rio que a educa????o atravessa uma crise generalizada. Entretanto, ao falar em crise da educa????o leva-se em considera????o principalmente ?? remunera????o baixa dos profissionais, esquecendo-se de outras quest??es t??o ou mais importantes como, por exemplo, a sobrecarga desses profissionais que acumulam pap??is na pr??tica di??ria e a falta de reconhecimento profissional pela sociedade. Al??m disso, existe ainda o relacionamento muitas vezes conflituoso com alunos, pais e dire????o das escolas, a competi????o entre colegas por melhores hor??rios, melhores turmas, entre outros fatores. Todas essas s??o condi????es que permeiam o quotidiano dos professores, levando-os a desempenhar suas fun????es cada vez menos motivados e menos comprometidos e tornando-os mais suscet??veis a desenvolver a S??ndrome de Burnout. Este estudo tem como objetivo identificar manifesta????es sugestivas da S??ndrome de Burnout em professores do ensino fundamental s??ries finais da cidade do Rio Grande/RS. Seu desenvolvimento foi orientado pela teoria bio-ecol??gica de Urie Bronfenbrenner, na qual os processos que ocorrem no dia a dia das pessoas...

Burnout e Comprometimento Organizacional em Professores Universitários

Santos, Tiago Nunes Carneiro dos
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.5%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa, como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, ramo de Psicologia do Trabalho e das Organizações; A síndrome de burnout é um fenómeno psicossocial que resulta de uma tensão emocional crónica, vivenciada por profissionais cujo trabalho envolve o relacionamento intenso e frequente com pessoas que necessitam de algum tipo de cuidado. O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre o comprometimento organizacional e o burnout em 106 professores universitários da cidade do Porto, com idades compreendidas entre os 25 e os 68 anos (M=43.66). Foram utilizados, como instrumentos de pesquisa, o Maslach Burnout Inventory Educators Survey (MBI-ED), o Questionário de Compromisso e um questionário demográfico para averiguar outras variáveis, considerando as especificidades da atividade laboral dos professores envolvidos. Os resultados deste estudo apontam para a existência associações significativas entre as 3 sub-escalas do comprometimento organizacional e as três sub-escalas do burnout, bem como entre as sub-escalas de ambos os instrumentos, comprometimento organizacional e burnout (MBI); existem ainda associações entre a Idade...

Associação entre a dependência do exercício e o burnout nos instrutores de fitness

Ferreira, Thaís Passerino Bittencourt
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.5%
Objetivo: Numa primeira fase, aceder a literatura existente sobre a dependência do exercício e o burnout, seguindo de um estudo transversal analisando a associação da dependência do exercício ao burnout numa amostra de instrutores de fitness. Métodos: Para a revisão sitemática foi realizada uma pesquisa exaustiva do tema preferencialmente nos motores de busca PsycINFO e Pubmed. Os dados foram trabalhados segundo o PRISMA. Para o estudo observacional, os instrutores responderam a um questionário que incluia questões como, dados demográficos, características do trabalho e do treino, bem como, as escalas de dependência do exercício (EDE-21), de motivação para a magreza (EDI-2), de motivação para um corpo musculado (DMS) e o inventário de burnout de Maslach (MBI). Obtivemos dados de 149 instrutores (71 homens e 78 mulheres), com uma média de idade de 31,20 (SD= 5,52) que lecionavam vários tipos de aulas no ginásio. Resultados: Devido a escassez da literatura sobre a pesquisa pretendida, foram selecionados apenas sete artigos sobre a dependência do exercício e quatro sobre o burnout para a revisão sistemática da literatura. Do estudo transversal foi possível constatar que existe uma correlação da dependência do exercício com o burnout. Da amostra...

Burnout dos enfermeiros nos serviços de saúde em Portugal : um estudo de caso na Saúde 24 Porto

Simões, Pedro
Fonte: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública Publicador: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
RESUMO - A síndrome de burnout, definida pela exaustão emocional, despersonalização e realização pessoal, designa um estado de fadiga física e emocional crónico dos profissionais, o qual pode comprometer as organizações. Neste estudo descritivo, pretende-se estudar a síndrome de burnout nos enfermeiros dos serviços de saúde, especialmente focado nos serviços de atendimento permanente telefónico, suas características, consequências e estratégias de prevenção. A população alvo serão todos os enfermeiros que trabalham em serviços de atendimento permanente telefónico e a amostra, não probabilística e de conveniência, os enfermeiros que desempenham funções no centro de atendimento da Saúde 24 Porto. Primeiramente aborda-se o conceito de burnout e a sua relação com a prática de Enfermagem, de seguida é realizada uma descrição sobre os centros de atendimento em saúde até à atual situação da Saúde 24. Na amostra em estudo, enfermeiros da Saúde 24 Porto, existe predominância do sexo feminino (66,99%) e a média de idades é de 32 anos (26 anos de idade mínima, 49 de idade máxima e desvio padrão de 4,59). Constatou-se que 94,26% desempenha funções de enfermeiro comunicador e os restantes 5...

Síndrome de burnout en el personal de enfermería de un hospital de referencia Ibagué 2014.

Muñoz Osorio, Yudi Alejandra; Osorio Moreno, Diana Marcela; Robles Díaz, Elena Patricia; Romero Ferreira, Yadira Esmirna
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2014.; 170 COL CO Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2014.; 170 COL CO
Tipo: Trabajo de grado - Especialización; Text; info:eu-repo/semantics/other; info:eu-repo/semantics/updatedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.51%
94 Páginas; Recurso Electrónico; Introducción: El Síndrome de Burnout (SB) se define como la respuesta al estrés laboral caracterizado por el cansancio emocional, la despersonalización y la baja realización personal, la desmotivación, el desinterés, el malestar interno o la insatisfacción laboral. Objetivo: Determinar la prevalencia del SB en el personal de enfermería de un hospital de referencia de una ciudad colombiana y su relación con variables sociodemográficas. Materiales y métodos: Se llevó a cabo un estudio de corte transversal en una muestra aleatoria y representativa de 174 enfermeras(os), estratificada según si la enfermera era profesional o auxiliar, en un hospital de referencia de una ciudad colombiana. Se utilizó como instrumento para la determinación del evento la escala validada en Colombia del MBI (Maslach Burnout Inventory). Para la obtención de los resultados se utilizaron pruebas ji-cuadrado de independencia, t para diferencia de promedios en muestras independientes y análisis de la varianza de una vía o de Kruskal Walís según si las variables en los grupos de comparación provenían de una población con distribución normal. En análisis multivariado, se seleccionaron como variables candidatas a ingresar al modelo de regresión logística...

Síndrome de Burnout em bombeiros: prevalência, fatores de risco e proposta de intervenção

Melo, Lúcia Petrucci
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.5%
Apesar de ser um fenômeno psicossocial cujas natureza, causas e consequências têm sido estudadas desde a década de 1970, a Síndrome de Burnout (SB) ainda reflete um importante desafio da vida profissional no século XXI. Profissionais que lidam com situações de emergência, entre eles, os bombeiros, por entrarem em contato com eventos traumáticos, estão mais expostos ao comprometimento de seu bem-estar físico e emocional, tornando-se profissionais suscetíveis ao desenvolvimento de sintomas psicológicos, como o estresse no trabalho e a Síndrome de Burnout. A presente dissertação, estruturada em dois artigos empíricos, pretendeu identificar a prevalência da Síndrome de Burnout nos profissionais bombeiros de um Comando do Corpo de Bombeiros do estado do Rio Grande do Sul – Brasil, bem como verificar se há associação com as variáveis sociodemográficas, laborais e estratégias de enfrentamento e apresentar, ainda, a proposta de um programa de prevenção de manejo do estresse e da redução dos níveis de Burnout, com isso, visando promover a qualidade de vida desses trabalhadores. O artigo I, “Prevalência e Preditores de Burnout em Bombeiros”, teve por objetivo identificar a prevalência de Burnout em bombeiros...

Burnout and pre-competition : a study of its occurrence in Brazilian soccer players

Lopes Verardi, Carlos Eduardo; Nagamine, Kazuo Kawano; Domingos, Neide Aparecida Micelli; De Marco, Ademir; Miyazaki, Maria Cristina De Oliveira Santos
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2015 ENG
Relevância na Pesquisa
37.48%
The objective of this study was to identify and interpret the occurrence of symptoms associated with the burnout syndrome during the precompetition phase. A total of 134 male soccer players participated in the study: 71 professionals (Mage = 22.77 ± 3.98 years) and 63 amateurs (Mage = 17.18 ± 0.84 years) from three teams participating in the São Paulo State Championship, Series A-1 and A-2 (professional category) and the São Paulo Junior Soccer Cup (amateur category), organized by the São Paulo Soccer Federation, State of São Paulo, Brazil. In order to evaluate the Burnout Syndrome, a version of the Athlete Burnout Questionnaire (ABQ) was used, an instrument developed especially for the assessment of burnout in athletes. Values associated with greater vulnerability and, consequently, greater risk of evolving to the syndrome, were observed in a small portion of the players interviewed. The impact represented by the players with higher scores for burnout and the importance of such in relation to the team should be investigated.; El objetivo del estudio actual fue identificar e interpretar la incidencia de la manifestación de los síntomas asociados al síndrome de burnout, durante la fase pre-competitiva. Participaron 134 jugadores de fútbol del sexo masculino...

Síndrome de Burnout: estudo de base populacional com servidores do setor público; Síndrome de Burnout: estudio de base poblacional con servidores del sector público; Burnout Syndrome: population-based study on public servants

Palazzo, Lílian dos Santos; Carlotto, Mary Sandra; Aerts, Denise Rangel Ganzo de Castro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
OBJETIVO: Identificar preditores da síndrome de Burnout em trabalhadores do setor público. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra representativa de 879 servidores públicos municipais de uma cidade da região metropolitana de Porto Alegre, RS. Utilizou-se um questionário elaborado para a coleta de variáveis demográficas e relacionadas às características do trabalho. A percepção sobre o ambiente laboral foi analisada a partir da Work Atmosphere Scale; para avaliar a síndrome de Burnout, utilizou-se o Maslach Burnout Inventory. Foram realizadas três análises de regressão linear múltipla pelo método stepwise em que cada dimensão da síndrome foi considerada como desfecho, enquanto as demais variáveis foram estimadas como preditoras e controladas por sexo e idade. RESULTADOS: As variáveis relacionadas à percepção do ambiente de trabalho foram as que mais contribuíram para a ocorrência de burnout. A percepção do trabalho como estressante e a presença de pessoas que atrapalham o ambiente laboral participaram do modelo explicativo das três dimensões. Nove variáveis compuseram o modelo preditor, que explicou 43% da ocorrência da Exaustão Emocional. "Perceber o trabalho como estressante" apresentou maior poder explicativo. Na Despersonalização...