Página 1 dos resultados de 16 itens digitais encontrados em 0.054 segundos

De trabalhador a empreendedor: uma análise das formas de produção e reprodução da força de trabalho no Brasil e no Equador; De trabajador a emprendedor: un análisis de las formas de producción y reproducción de la fuerza de trabajo en Brasil y Ecuador

Mayero, Karina Noel Fortete
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
75.93%
O presente trabalho tem como objetivo analisar duas práticas de economia solidárias que ocorrem na América Latina e sua vinculação com as atuais estratégias de produção e reprodução da força de trabalho. As experiências escolhidas foram o Banco Palmas, localizado na cidade de Fortaleza, no estado do Ceará, Brasil, e a organização da sociedade civil CEPESIU, com seu programa Sociedades Populares de Inversión, localizada em Quito, no Equador. Para isso, foi realizada uma retrospectiva histórica das diferentes formas de produção e reprodução da força de trabalho, assim como das formas de governo que sustentaram cada uma delas, desde o período imediatamente seguinte à Revolução Industrial até a atualidade. Este percurso oferece elementos que constatam a hipótese inicial de que as práticas chamadas, genericamente, de economia solidária representam a mais nova (e aceita) forma de produção e reprodução da força de trabalho no cenário neoliberal. No decorrer do trabalho, analisam-se os papeis que assumem os diversos agentes envolvidos em cada momento histórico estudado, dando destaque para a atuação do Estado e suas estratégias de intervenção em ambos os países observados.; El presente trabajo tiene como objetivo analizar dos prácticas de economía solidaria realizadas en América Latina y su vinculación con las actuales estrategias de producción y reproducción de la fuerza de trabajo. Las prácticas elegidas fueran el Banco Palmas localizado en la ciudad de Fortaleza...

Bancos comunitários de desenvolvimento : um estudo sobre a implementação dos bancos comunitários ligados ao movimento de moradia no município de São Paulo

Garcia, Daniel Bruno
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.36%
O presente trabalho tem como objetivo analisar três bancos comunitários de desenvolvimento (BCDs) paulistanos, ligados ao movimento de moradia, em seus primeiros meses de existência (de junho de 2009 a dezembro de 2011), tendo-se por base a perspectiva dos atores envolvidos. A partir de 2004, iniciou-se um processo de disseminação dos bancos comunitários conduzidos pelas lideranças criadoras da primeira instituição desse tipo no país, o Banco Palmas, fundado em 1998, em Fortaleza (CE), e pela Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES). Existem poucos estudos sobre os bancos comunitários disseminados e poucas informações sobre as contingências existentes no processo de adoção desses bancos. O presente trabalho pretende contribuir suprindo essa lacuna. O trabalho conclui que, no caso dos três bancos comunitários paulistanos, ligados ao movimento de moradia, há contingências em dois níveis de implementação. O primeiro nível é caracterizado pela relação entre os coordenadores de associações comunitárias de construção, as quais dão suporte ao banco, os gerentes, os analistas de crédito e os caixas dos bancos, e os moradores dos conjuntos habitacionais onde os bancos estão inseridos. Nesse nível de implementação as contingências são: o confronto entre a agenda da associação comunitária de construção e do banco comunitário...

Microinsurance in Brazil : current situation and outlook

Vidal, Valentin Émile Michel
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
35.72%
O trabalho aqui apresentado teve como objetivo investigar as oportunidades do microseguro no Brasil levando em conta o atual contexto de microfinanças no país e as potencias sinergias quem poderiam facilitar a implementação e o desenvolvimento do conceito. Cumpre lembrar que o microseguro não pode ser um substituto do microcrédito, mas ; é um necessario complemento para continuar no caminho da inclusão social e financeira. A primeira parte desse trabalho aborda o tema de microfinanças no mundo e depois no Brasil, para poder entender o papel do microseguro como uma das ferramentas de microfinanças. A segunda parte é dedicada ao microseguro, com uma apresentação do conceito geral e de algumas iniciativas no mundo antes de se focar sobre o microseguro no Brasil. Apresentamos o quadro legal e os incentivos, juntos com o mercado potencial e os canais de distribuição no Brasil. A última parte apresenta o estudo de caso do Banco Bradesco e do órgão regulatório Susep, realizado através de entrevistas.

Developing a monitoring and evaluation system for Instituto Palmas : a network of community development banks in Brazil

Pierce, Joseph Aaron
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
EN_US
Relevância na Pesquisa
86.12%
Bancos comunitários de desenvolvimento no Brasil são instituições únicas que operam de acordo com os princípios da economia solidária em função da inclusão financeira de comunidades carentes. O Instituto Palmas, a instituição que assessora e coordena a rede destes bancos, pediu à Universidade de São Paulo e à Universidade de Columbia em Nova York para desenvolver um conjunto de indicadores que pudesse demonstrar o impacto social e o desempenho institucional dos bancos. Esse relatório apresenta os indicadores, a metodologia utilizada na sua formação, e recomendações para sua utilização. Na medida em que resultados e impacto estão analisados através do uso desses indicadores, a rede dos bancos comunitários e outros interessados terão mais clareza sobre suas funções, seu desempenho, e suas áreas que precisam ser melhoradas para cumprir sua missão – superar a pobreza urbana através da economia solidária.

Economia solidária, microfinanças e pluralismo jurídico - um estudo de caso sobre a Rede Brasileira de Bancos Comunitários de Desenvolvimento

Ferreira, Vivian Maria Pereira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.27%
Em 1998, a partir da iniciativa da Associação de Moradores do Conjunto Palmeira (ASMOCONP), foi fundado na periferia de Fortaleza o Banco Palmas, com a função de estimular a produção e o consumo no bairro, a fim de reorganizar e fortalecer o desenvolvimento da economia local. Iniciou-se, assim, a experiência com os bancos comunitários de desenvolvimento no país, que hoje já são mais de 100 distribuídos em 19 estados da federação, em comunidades de baixa renda e baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Trata-se de iniciativas sem fins lucrativos, integralmente geridas pelos membros da comunidade em que atuam, que oferecem serviços financeiros aos moradores do bairro, informadas pelos princípios da economia solidária, com o objetivo de gerar trabalho e renda. Para tanto, utilizam-se de mecanismos como o microcrédito e a emissão de uma moeda social circulante local, paralela ao Real. Os bancos comunitários de desenvolvimento geralmente não possuem organização jurídica formal. São projetos de microfinanças criados no âmbito de ONGs. Valem-se, portanto, do marco normativo do terceiro setor e não são submetidos à regulação financeira. Utilizando o método do estudo de caso, o presente trabalho busca descrever o fenômeno do surgimento e da multiplicação de bancos comunitários de desenvolvimento pelo país...

Bancos comunitários de desenvolvimento como instrumento de políticas públicas: o caso do Banco Cidade de Deus

Medeiros, Amanda Cristina
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.25%
O objetivo dessa dissertação foi investigar os desafios da utilização dos Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCDs) como política pública. Segundo a Rede Brasileira de Bancos Comunitários estes podem ser definidos como serviços financeiros solidários, de natureza associativa e comunitária, voltados para a geração de trabalho e renda na perspectiva de reorganização das economias locais por meio da constituição de redes de economia solidária. Desde o surgimento da primeira experiência de banco comunitário, em 1998 em Fortelza/CE, até o presente momento os BCDs foram replicados em mais de 100 localidades. Pela singularidade em lidar com a concessão de microcrédito e por conseguir uma capilaridade junto as populações em situação de pobreza ou extrema pobreza, os BCDs despontaram como alternativas a algumas políticas públicas do microcrédito tradicional e tem recebido apoio do governo federal para replicação de novas experiências e consolidação das já existentes. Além disso, os governos estaduais e municipais também vem adotando políticas de replicação dos bancos comunitários e em alguns casos, como é o estudo de caso desta investigação, a iniciativa para a constituição dos BCDs tem partido das prefeituras. A pergunta de pesquisa que norteia este trabalho foi analisada por meio de uma abordagem qualitativa...

Moedas sociais digitais: estudo de caso de duas experiências em bancos comunitários

Nascimento, Eros Phillipe Costa Claro do
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.98%
Este trabalho parte de duas experiências de implantação de moedas sociais digitais pelo poder público para responder se a introdução de uma tecnologia de pagamentos digital, em conjunto com moedas sociais, pode modificar conceitos básicos de comunidade e sociedade ou se é a tecnologia que precisa se adaptar a estes conceitos. Com os casos representando polos opostos na teoria de Tönnies em termos de comunidade/sociedade, têm-se como hipótese que a introdução da tecnologia em moedas sociais precisa estar em linha com conceitos básicos de comunidade, solidariedade, pertencimento, entre outros, de acordo com o frame de cada experiência. Como resultado, há poucas evidências que possam ser tidas neste momento como definitivas. Resta especular que o uso da tecnologia de pagamentos digitais como forma de ganho de escala do modelo de economia solidária em sociedades do tipo gemeinschaft encontra falta de elementos facilitadores que incentivem sua implementação e uso, sendo que, novamente, indaga-se que as tecnologias disponíveis de moedas sociais digitais parecem ser pouco congruentes com o próprio conceito de comunidade que faz parte do cerne da economia solidária e de sociedades locais do tipo gemeinschaft, podendo haver maior proximidade com sociedades do tipo gesellschaft. Em adição a isto...

A puericultura hoje : um enfoque apoiado em evidências; Well-child care today: an evidence-based view

Blank, Danilo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
15.73%
Objetivo: a promoção da saúde é atividade essencial do pediatra, mas ainda pouco fundamentada em evidências científicas. Este artigo estuda o apoio científico para as principais intervenções preventivas, quando, como e quem deve realizá-las. Fontes dos dados: revisão sistemática da literatura recente, por meio de busca nos bancos de dados Medline e Lilacs, usando as palavras puericultura, supervisão de saúde e promoção de saúde (em inglês e português); revisão não sistemática das referências bibliográficas de capítulos de livros; busca não sistemática na Internet de organizações que emitem recomendações sobre supervisão de saúde; e seleção de artigos clássicos na área. Síntese dos dados: o pediatra deve integrar-se com outros profissionais na prestação de serviços preventivos, bem como estabelecer parcerias efetivas com todos os setores da comunidade. É essencial aprimorar as habilidades em comunicação. O número ideal de consultas de supervisão de saúde nunca foi estabelecido; os procedimentos devem ser adaptados individualmente, segundo fatores de risco contextuais familiares e comunitários. Há documentação científica da efetividade de consulta pré-natal, orientação preventiva...

O crédito popular sob a ótica das microfinanças, finanças solidárias e finanças tradicionais: o caso do banco comunitário de desenvolvimento palmas de Fortaleza - CE

Faustino, Andrea Viana
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 128 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.78%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; O contexto de exclusão monetária e social leva à reflexão sobre a insuficiência de oportunidades, à população pobre e miserável, para acesso ao crédito no Sistema Financeiro Nacional. Este trabalho trata do estudo de caso do Banco Comunitário de Desenvolvimento Palmas, localizado em Fortaleza (CE), a partir da caracterização da prática do crédito popular sob a perspectiva das microfinanças, finanças solidárias e finanças tradicionais. O método é descritivo realizado por meio de pesquisa bibliográfica e documental. Como resultado da reunião das características das Microfinanças, Finanças Solidárias, Finanças Tradicionais e da experiência do Banco Palmas, há percepção da existência de áreas bem definidas e também de matizes que se interpõem e que diferem sutilmente entre elas. Conclui-se que a inclusão monetária traz inclusão social quando a oferta de serviços financeiros é acompanhada por atividades de formação com base em princípios da economia solidária.

O contributo dos bancos comunitários para o desenvolvimento local e a economia solidária: estudo de caso do Banco Palmas

Silva, Maria Alice Queiroga da
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
76.31%
Dissertação submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais / JEL Classification System: I31;L31; O estudo apresentado tem como objetivo analisar o contributo do Banco Palmas para o Desenvolvimento Local e a Economia Solidária do Conjunto Palmeira. Este banco, localizado no estado do Ceará, município de Fortaleza no Brasil, foi implementado pela sua comunidade através da ASMOCONP – Associação de Moradores do Conjunto Palmeira, que durante anos lutou por melhores condições de vida, tendo em 1998 criado o primeiro Banco Comunitário do Brasil – o Banco Palmas. Durante a análise do estudo de caso é nitidamente identificado o Desenvolvimento Local reproduzido dentro daquela sociedade, assim como a utilização de elementos da Economia Solidária, com o propósito de incluir social e economicamente aquela população. Encontram-se implementados hoje 103 Bancos Comunitários por todo o Brasil. Esta informação demonstra que foi possível reproduzir este projeto como “mancha de óleo”. É essencial destacar os Bancos Comunitários como agentes promotores do Desenvolvimento Local e da Economia Solidária, uma vez que os mesmos apresentam possibilidades para uma sociedade mais justa e coerente. A ideia principal deste estudo é demonstrar que um outro modelo económico é realizável...

A puericultura hoje: um enfoque apoiado em evidências

Blank,Danilo
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
35.73%
OBJETIVO: a promoção da saúde é atividade essencial do pediatra, mas ainda pouco fundamentada em evidências científicas. Este artigo estuda o apoio científico para as principais intervenções preventivas, quando, como e quem deve realizá-las. FONTES DOS DADOS: revisão sistemática da literatura recente, por meio de busca nos bancos de dados Medline e Lilacs, usando as palavras puericultura, supervisão de saúde e promoção de saúde (em inglês e português); revisão não sistemática das referências bibliográficas de capítulos de livros; busca não sistemática na Internet de organizações que emitem recomendações sobre supervisão de saúde; e seleção de artigos clássicos na área. SÍNTESE DOS DADOS: o pediatra deve integrar-se com outros profissionais na prestação de serviços preventivos, bem como estabelecer parcerias efetivas com todos os setores da comunidade. É essencial aprimorar as habilidades em comunicação. O número ideal de consultas de supervisão de saúde nunca foi estabelecido; os procedimentos devem ser adaptados individualmente, segundo fatores de risco contextuais familiares e comunitários. Há documentação científica da efetividade de consulta pré-natal, orientação preventiva...

Formulação de indicadores de impacto para microfinanças; The development of impact indicators for microfinance

Christopoulos, Tania Pereira; Marques, Tomás Costa de Azevedo
Fonte: Universidade Federal do Maranhão; São Luís Publicador: Universidade Federal do Maranhão; São Luís
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.82%
Durante os últimos anos, têm sido investidos muitos recursos para promoção de políticas de inclusão financeira no Brasil, em especial de grupos marginalizados do sistema bancário tradicional. Torna-se portanto, fundamental, compreender qual é o impacto dessas políticas para o público beneficiado. Para tanto, o presente artigo tem como objetivo discutir e apresentar a aplicação de uma metodologia para desenvolvimento de indicadores e para avaliação do impacto de microfinanças, baseada no enfoque metodológico denominado botton-up. Esse enfoque reflete uma dinâmica participativa e propositiva no sentido de proporcionar o apoderamento dos atores envolvidos em todo o processo de formulação dos indicadores, e contempla, de forma geral, as especificidades existentes nas localidades que se pretende avaliar. A aplicação do estudo se deu através de pesquisa realizada com grupos envolvidos com ações e impactos das atividades de microfinanças e possibilitou a elaboração de um quadro de indicadores relevantes.; During the Iast years, considerable resources have been invested in order to promote policies of financial inclusion in Brazil, especially to include the ones marginalized from the traditional banking system. Therefore...

Finanças solidárias e a luta contra hegemônica

Raimundo, Luciana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 240 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
45.73%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2014; Discuto nesta pesquisa a Economia Solidária e as Finanças Solidárias no Brasil, propondo um estudo de caso do Banco Comunitário União Sampaio e da Agência Popular Solano Trindade, localizados na periferia da zona sul da cidade de São Paulo, bairro Jardim Maria Sampaio, mais especificamente no interior da Associação de Mulheres do Campo Limpo e Adjacências, ou União Popular de Mulheres do Campo Limpo (UPM), como também é conhecida. Exponho as estratégias da comunidade diante das dificuldades no acesso a determinados serviços da rede bancária convencional e a subsídios de produtoras artísticas comerciais, além dos impactos que tais estratégias promovem na vida dos moradores da região. Assim sendo, o objetivo geral desta pesquisa é investigar e analisar o alcance e os limites de um banco comunitário e de uma agência popular, mais especificamente a experiência supracitada, no que tange às transformações na vida privada e comunitária dos moradores do bairro Jardim Maria Sampaio, à formação de uma identidade de grupo e de classe e à articulação de ações coletivas e formativas. De modo geral...

Bancos comunitários

Melo Neto Segundo, João Joaquim de; Magalhães, Sandra
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Mercado de trabalho: conjuntura e análise - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
86.08%
Bancos comunitários são serviços financeiros solidários, em rede, de natureza associativa e comunitária, voltados para a geração de trabalho e renda na perspectiva de reorganização das economias locais, tendo por base os princípios da economia solidária. Seu objetivo é promover o desenvolvimento de territórios de baixa renda, através do fomento à criação de redes locais de produção e consumo, baseado no apoio às iniciativas de economia solidária em seus diversos âmbitos, como: empreendimentos socioprodutivos, de prestação de serviços, de apoio à comercialização (bodegas, mercearias, mercadinhos, lojas e feiras solidárias), organizações de consumidores e produtores.; p. 21-26

Solidarity finance through community development banks as a strategy for reshaping local economies: lessons from Banco Palmas; Finanças solidárias por meio de bancos comunitários de desenvolvimento enquanto estratégia de reorganização de economias locais: lições do caso Banco Palmas; Finanzas solidarias por medio de bancos comunitarios de desarrollo como estrategia para la reorganización de economías locales: lecciones del caso Banco Palmas

França Filho, Genauto Carvalho de; Silva Júnior, Jeová Torres; Rigo, Ariádne Scalfoni
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2012 ENG
Relevância na Pesquisa
136.3%
The purpose of this paper is to reflect on the possibilities and challenges of Community Development Banks (CDBs) as an innovative method of socioeconomic management of microcredit for poor populations. To this end, we will discuss the case of Banco Palmas in Conjunto Palmeiras in the city of Fortaleza, in the northeastern state of Ceará, as an empirical case study. The analyses presented here are based on information obtained from Banco Palmas between late 2011 and early 2012. In addition, previous studies by other researchers on the bank and other studies on CDBs were important. The primary data collected at Banco Palmas came from documents made available by the bank, such as reports and mappings. The analyses describe some of the characteristics of the granting of microcredit and allow one to situate it in the universe of microfinance and solidarity finance. They also show the significant growth of local consumption, mostly through the use of the Palmas social currency. The Banco Palmas experience, aside from influencing national public policies of solidarity finance, initiated a CDBs network that encourages the replication of these experiences throughout the country.; O objetivo neste trabalho é refletir sobre potencialidades e desafios dos Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCDs) enquanto modalidade de organização socioeconômica inovadora na gestão do microcrédito junto a populações mais empobrecidas. Para tanto...

Comunicação e performance para a prevenção às DSTs/Aids

Salis, Fernando Alvares; Besch, Mônia Mariani
Fonte: Revista ECO-Pós Publicador: Revista ECO-Pós
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2009 POR
Relevância na Pesquisa
15.78%
Este artigo discute o resultado de um esforço articulado entre Estado, comunidade científica e movimentos sociais com o objetivo de contribuir, através de um trabalho de comunicação, para o desenvolvimento e o fortalecimento de iniciativas comunitárias de prevenção às DSTs/Aids, sobretudo em contextos de pobreza urbana. Através de pesquisa e da realização e distribuição de um documentário sobre o trabalho de líderes comunitários em bancos de preservativos de duas áreas do município do Rio de Janeiro (Mangueira e Jardim América), propomos uma estratégia de comunicação para aumentar a acessibilidade mútua entre os três setores-chaves reunidos nesta pesquisa, reforçando assim o desenvolvimento e multiplicação dessas ações.