Página 1 dos resultados de 643 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

"Presumptuous thing!" : as mulheres e a autobiografia na literatura inglesa; "Presumptuous Thing!" : women and autobiography in English literature

Santos, Isabel Maria Correia Pedro dos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
27.39%
O trabalho inicia-se com um enquadramento teórico das relações entre subjectividade e linguagem, especialmente com base na linguística (com Benveniste, por exemplo) e na psicanálise (sobretudo lacaniana). O Simbólico (Lacan) e o Semiótico (Kristeva) são dois conceitos-chave em termos dos quais se discute a diferente configuração subjectiva e a diferente relação com a linguagem dos homens e das mulheres. Analisam-se os três factores autos-bios-graphe e o problema da referencialidade do texto autobiográfico. Depois de uma panorâmica da história da crítica e de uma discussão do problema das origens e definições do género e do estabelecimento do cânone autobiográfico androcêntrico, o trabalho descreve o modo como, a partir do início da década de oitenta, a crítica feminista revê as teorias autobiográficas dominantes e dá visibilidade à autobiografia de mulheres. A tese articula as relações entre "genre" e "gender", sugerindo que a escrita auto-representacional de mulheres de um modo geral se revela como um espaço de tensões que problematiza o conceito da "identidade" (estável, central e autónoma) em que se baseia o modelo autobiográfico masculino. É nesse contexto que, na base da oposição metafórica pen needle...

'Three Tall Women', de Edward Albee: autobiografia ou crítica à sociedade norte-americana?; 'Three tall women' by Eduard Albee: autobiography or criticism concerning the American society?

Bochixio, Lucimara Bauab
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
No prefácio da peça Three Tall Women, o dramaturgo norte-americano Edward Albee declara ter-se baseado em sua mãe adotiva para a composição de sua personagem. Por esse motivo, a crítica teatral norte-americana passou a considerar a peça simplesmente como uma autobiografia de seu autor. É fato que Edward Albee se utilizou de elementos de sua própria vida na obra, mas a peça não se restringe a isso: a autobiografia serviu de ferramenta para a realização de uma crítica contundente aos valores cultivados pela classe média alta norte-americana. Grande parte da crítica norte-americana, ao se referir à peça Three Tall Women, ressalta seu aspecto autobiográfico, mas não toca, de forma alguma, no aspecto de crítica à ideologia norte-americana presente na obra. Dessa forma, a presente dissertação propõe-se a identificar e analisar os elementos de crítica à sociedade norte-americana encontrados na peça Three Tall Women, por meio da análise dos diálogos de seus personagens. Finalmente, este trabalho também analisará a convergência entre a forma e o conteúdo nessa obra, ou seja, a forma mais adequada, escolhida pelo autor, para a exposição de determinado conteúdo.; In the play Three Tall Women, the American playwright Edward Albee states that one of his characters is based on his adoptive mother. For this reason...

A autobiografia de infância em sala de língua estrangeira: o sabor das leituras de L'Odeur du Café, de Dany Laferrière; The childhood autobiography in classroom of foreign language: the flavor of the readings of An aroma of coffee, of Dany Laferrière

Miguel Sobrinho, Ataiena Valéria da Luz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
Neste trabalho, refletimos sobre o trabalho com a leitura de uma obra integral em sala de aula de língua estrangeira. Descrevemos como se deu a leitura de LOdeur du café, uma autobiografia de infância de Dany Laferrière, escritor de língua francesa associado à dita literatura migrante, por um grupo de alunos que já possuíam cerca de 130h de aprendizado da língua francesa. Primeiramente, discorremos sobre o uso histórico do texto literário em FLE e sobre as especificidades do texto literário, assim como discutimos os processos de leitura e especialmente a leitura literária em língua estrangeira (capítulo1). Em seguida, abordamos as especificidades da autobiografia, da autobiografia de infância, contextualizamos o autor Dany Laferrière e LOdeur du café (capítulo 2), e apresentamos contribuições teórico-metodológicas que embasaram nosso trabalho em sala de aula (capítulo 3). Por fim, descrevemos e analisamos a recepção literária dos alunos a partir de suas verbalizações escritas e a forma com que estes conseguiram apropriar-se da leitura literária de uma obra integral em língua estrangeira (capítulo 4).; This paper is a reflection about reading a whole piece in a foreign language classroom. I describe the reading of LOdeur du café...

Ficção e autobiografia: uma análise comparativa das narrativas de Thomas Bernhard; Fiction and autobiography: a comparative analysis of Thomas Bernhard's narratives

Dávalos, Patrícia Miranda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
A partir da comparação do primeiro volume autobiográfico do escritor austríaco Thomas Bernhard, Die Ursache. Eine Andeutung (1975), com o romance Auslöschung. Ein Zerfall (1986), o qual simula, de certo modo, o gênero autobiográfico, procura-se observar como os mesmos complexos temáticos são configurados nos dois casos e como as diferenças encontradas se relacionam com as diferentes intenções ligadas aos textos, bem como aos diferentes momentos de escrita. É possível notar como a ficção possibilita ao autor mais liberdade para experimentar formalmente, bem como para intensificar o ataque desenvolvido contra suas origens, ao passo que na autobiografia, apesar de também apresentar um viés crítico acentuado, o fazer de forma mais sóbria, ocupando-se com questões de verossimilhança e autenticidade próprias do gênero. Além disso, este trabalho tenta mostrar como a ficção, surgida na mesma época da autobiografia, pode ser lida como uma espécie de comentário a esta.; This work deals with the comparison of the first autobiographical volume of the Austrian writer Thomas Bernhard, Die Ursache. Eine Andeutung (1975), with his novel Auslöschung. Ein Zerfall (1986), which has some characteristics of the autobiographical genre. The comparison intends to show how the same themes are configured in both cases and how the differences can be related to the different intentions and different moments of writing. Being noted as fiction allows the author more freedom to experiment formally and to intensify the attack he developed against his origins...

A autobiografia de Benvenuto Cellini no Brasil do século XX: subsídios para estudos de traduções e adaptações; The autobiography of Benvenuto Cellini in Brazil of twentieth century: subsidies to translation and adaptation studies

Souza, Tais Freitas de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Este trabalho busca fornecer alguns dados básicos sobre as leituras da Vita de Cellini no Brasil do século XX. Depois de considerações introdutórias sobre o autor e sua obra, dá-se atenção à única tradução brasileira completa de sua autobiografia, seguindo-se breve menção de adaptações em livros e filmes.; This work tries to provide some basic data about XX century Brazilian readings of Cellini´s Vita. After introductory considerations about the author and his work, the only complete Brazilian translation of his autobiography is presented, while adaptations in books and films are also briefly mentioned.

Fun Home: os efeitos de referencialidade na autobiografia de Alison Bechdel; Fun Home: the effects of referentiality in the autobiography of Alison Bechdel

Camargo, Debora Cristina Ferreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
O estudo da literatura e de objetos artísticos, por um viés da teoria Semiótica greimasiana, prevê que todo sentido é gerado a partir de articulações semióticas que arquitetam um discurso presente em todo e qualquer texto. Desse modo, o presente trabalho propõe uma análise semiótica da autobiografia em quadrinhos de Alison Bechdel, Fun Home:Uma tragicomédia em família. Por meio da metodologia da Semiótica francesa, a presente análise descreve os artifícios discursivos de persuasão do gênero autobiográfico utilizados pela quadrinista norte-americana para convencer o leitor de que está diante de uma história real. Tais artifícios apontam para uma aproximação da realidade por meio de efeitos de sentido predominantemente referenciais. No entanto, Bechdel (2007b) complexifica tal aproximação, ficcionalizando seus personagens por meio da literatura, não só pela própria natureza do enunciado, mas também como artifício discursivo no interior do texto. Além do gênero autobiográfico, analisa-se a estrutura dos quadrinhos e os efeitos de sentido produzidos pelo sincretismo inerente ao gênero, isto é, a relação entre texto verbal e texto visual. Também é analisada a temática lésbica que permeia todo o enunciado e a rede discursiva polêmica que problematiza. Na obra de Bechdel encontram-se...

A poetica autobiografica na arte contemporanea; The autobiography poetic in the contemporary art

Marcia Regina Porto Rovina
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Esta dissertação trata da relação da autobiografia como poética na arte contemporânea, onde o artista é o narrador e sujeito de sua produção. Tendo como ponto de partida a relação estreita que alguns artistas fazem entre sua autobiografia e seu trabalho, o gênero autobiográfico na literatura moderna propiciou uma reflexão sobre sua influência nas artes visuais na década de setenta, seus procedimentos e construção de linguagem. Para análise dos processos criativos foram escolhidos três artistas contemporâneos que apresentam um caráter confessional em sua poética e usam a linguagem do desenho em sua trajetória. As questões teóricas, processuais e poéticas estudadas são relacionadas com meu processo artístico, resultando numa análise reflexiva sobre a minha produção dos últimos dez anos; This dissertation is on the relation of autobiography as poetic in contemporary art, where the artist is the narrator and subject of your production. The starting point is the strait relation that some artists do between their autobiographies and their works; the autobiographic literary gender propitiated a reflection about its influence at the visual arts in the seventies, its procedures and language construction. To analysis of creative process were chosen three contemporary artists who show a confessional character in their poetic and use the language of drawing in theirs trajectory. The theoretical questions...

Desenhos da memória : autobiografia e trauma nas histórias em quadrinhos; Drawings of memory : autobiography and trauma in comics

Fabiano Andrade Curi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Este trabalho tem como finalidade observar as possibilidades de representação autobiográfica nas narrativas das histórias em quadrinhos, mais especificamente de lembranças traumáticas. Nos últimos anos, foram vários os novos títulos tendo como tema as experiências de vida de seus autores que se utilizaram de diversas estruturas e técnicas para refletirem sobre as lembranças de episódios que vivenciaram. A proliferação dessas obras levanta a questão sobre a criação de espaços autobiográficos nas histórias em quadrinhos. Espaços autobiográficos que alimentam a discussão entre os limites do real e do ficcional, do concreto e do abstrato e da relação entre autor e leitor. Diferentemente do texto literário ou da imagem fílmica, muito comuns nos relatos de si, as narrativas em quadrinhos trabalham com o equilíbrio entre texto e ilustrações compondo uma forma singular para lidar com essas histórias, ainda que tenham limitações semelhantes às outras, pois estas são características da memória e não da narrativa. Para levantar as virtudes e problemas dessas histórias, há na pesquisa uma leitura mais aprofundada das obras Cicatrizes, de David Small, Retalhos, de Craig Thompson, e Fun Home, de Alison Bechdel...

Autobiografia, crítica e ficção : o personagem-escritor em Roberto Bolaño e Enrique Vila-Matas; Autobiography, criticism and fiction : the figure of the writer in Roberto Bolaño and Enrique Vila-Matas

Ana Paula dos Santos de Sá
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Esta Dissertação tem por objetivo analisar o perfil e o papel do personagem-escritor em dois romances do escritor chileno Roberto Bolaño (Estrella Distante, de 1996, e Los Detectives Salvajes, de 1998) e em dois do espanhol Enrique Vila-Matas (El mal de Montano, de 2002, e Doctor Pasavento, de 2005). Busca-se explorar os contornos da figura do escritor que marca essas narrativas, com base em uma leitura atenta tanto aos eventuais traços autobiográficos emprestados pelos autores a seus personagens-escritores quanto ao tom ensaístico e ao retrato do campo literário esboçado a partir desse veemente destaque dado ao ofício de escritor. O objetivo principal desta Dissertação é observar quais são as posturas literárias desses personagens, o que eles pensam e/ou têm a declarar sobre a literatura, e de que modo eles encaram e exercem a atividade de escrita e de leitura. Vale mencionar, por fim, que se dá também atenção ao longo deste trabalho à atual e recorrente associação das poéticas de Bolaño e de Vila-Matas à denominada «autoficção», tendo em vista que classificar um texto como autoficcional significa atribuir, muitas vezes, um papel de destaque à função e ao lugar ocupado pelo personagem-escritor no que tange à presença da autobiografia do autor dentro da ficção.; This thesis aims to analyze the role played by the figure of the author in two novels of the Chilean writer Roberto Bolaño (Estrella Distante...

21M.670 / SP.472 / WGS.472 Traditions in American Concert Dance: Gender and Autobiography, Spring 2003; Traditions in American Concert Dance: Gender and Autobiography

DeFrantz, Thomas
Fonte: MIT - Massachusetts Institute of Technology Publicador: MIT - Massachusetts Institute of Technology
EN-US
Relevância na Pesquisa
37.28%
This course explores the forms, contents, and contexts of world traditions in dance that played a crucial role in shaping American concert dance. For example, we will identify dances from an African American vernacular tradition that were transferred from the social space to the concert stage. We will explore the artistic lives of such American dance artists as Katherine Dunham, and Alvin Ailey along with Isadora Duncan, Martha Graham, George Balanchine, and Merce Cunningham as American dance innovators. Of particular importance to our investigation will be the construction of gender and autobiography which lie at the heart of concert dance practice, and the ways in which these qualities have been choreographed by American artists.

Poietics of autobiography and poietics of mind: Cognitive processes and the construction of the self

Akli, Madalina
Fonte: Universidade Rice Publicador: Universidade Rice
Tipo: Thesis; Text Formato: 326 p.; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
27.39%
The three autobiographies I study in this work, Sartre's The Words, Perec's W or The Memory of Childhood, and Sarraute's Childhood, are each at least partially devoid of chronological structure. Calendar-based order, traditionally associated with autobiography, fails to provide the coherence that the reader has come to expect. Hence, the reader must create a sense of coherence at a level other than chronological while bringing into play his conceptual resources. This work shows that in these literary texts coherence is maintained based on the exploitation of conventional metaphors taken from everyday language. The autobiographers transform them in a manner that is creative and yet familiar to their readers. I first stipulate that the autobiography as genre is built on the familiar metaphor "Life is a journey," for readers can generically understand the three autobiographies as three specific journeys, with a starting point in childhood and an ending point chosen by the writer. Thus, readers travel with the autobiographers on a road that the latter have already traveled (fictionally and/or factually) towards a destination unknown to the first at the outset of reading. In reading, they move to different stages of the book, and at the same time progress from location to location along the autobiographical path. Each time they pass a stage...

The autobiography of childhood and youth from Fontane to Carossa: Four case studies

Heitzman, Betty Louise
Fonte: Universidade Rice Publicador: Universidade Rice
Tipo: Thesis; Text Formato: 263 p.; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
27.71%
The literary autobiography of childhood is an extension of the literary autobiography, portraying the distilled essence of the author's life. The autobiography of childhood is distinct from autobiographical fiction but includes more than the "poetical" childhood. Jean Starobinski's model of the elegiac and picaresque forms of autobiography applies to the childhood autobiography. While the structure of autobiography is preserved, there are distinct features resulting from the limited time frame. The forward movement of the autobiography is accentuated, and the teleological aspect is enhanced by the distance from the time described and the greater sense of completeness. The extremely elegiac autobiography is similar to the extremely picaresque autobiography in that both desire a break between the past and the present. The moderate forms show continuity between the past and the present. Both extreme forms are contrary to the intention of the childhood autobiography. The autobiographer may end with his childhood as a matter of convenience or to avoid embarrassment, but the early closure may reflect the author's purpose. Theodor Fontane, by means of coming to some clarification of the conflict between the principled and empathetic sides of humanity...

Photography and autobiography in Hélène Cixous's Photos de racines and Annie Emaux and Marc Mariées L'Usage de la photo; Photography and autobiography in Helene Cixous's Photos de racines and Annie Emaux and Marc Mariees L'Usage de la photo

Edwards, N.
Fonte: American Association of Teachers of French Publicador: American Association of Teachers of French
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 EN
Relevância na Pesquisa
37.28%
This article compares two autobiographical works that interweave text and photographs. Many writers have incorporated photographs into their autobiographies. These autobiographers, however, use photographs from which they are absent; the images are of something/somebody else. By displacing the autobiographical self in a plurivocal narrative amid photographs of other people, both authors create a fluid, unstable narrative self that they use to escape present trauma: for Cixous, by moving into the past, and for Ernaux into the future. Furthermore, these works push autobiography to its limits, reminding us that this genre is about concealing just as much as revealing the self.; Natalie Edwards

Cru ; suivi de Cruauté nécessaire : le devoir d'une vérité autobiographique chez Guibert, Dustan et Rémès

Leroux, Mathieu
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
27.39%
Situé entre entre le roman et le récit personnel, Cru. prend la forme d'un aller-retour entre fiction et autobiographie. Le texte, construit à l'aide d'une écriture syncopée et brute, présente deux personnages homosexuels à l'ère « post-sida », alors que ceux-ci tentent de comprendre ce que veut dire « être un homme » dans un contexte social où le mépris (envers les autres et soi-même) est encore présent, mais peut-être encore plus pernicieux qu'auparavant, parce que camouflé sous l'idée d'une acceptation globale. Au final, Cru. soulève la délicate question du droit à la vérité dans une démarche autobiographique et celle de l'implication de la cruauté dans un récit qui ne concerne pas que l'auteur, mais son entourage aussi. Cruauté nécessaire : le devoir d'une vérité autobiographique chez Guibert, Dustan et Rémès est un essai qui vise l'analyse de différents procédés se rattachant à l'écriture autobiographique homosexuelle des années 1990, particulièrement aux textes appartenant à la littérature du sida. Si l'autobiographie vise, dans une certaine mesure, le dévoilement de la vérité, comment ne pas parler de cruauté alors que les auteurs qui la pratiquent y vont de révélations qui ne concernent pas qu'eux? Si le processus d'écriture autobiographique se veut bénéfique...

Autobiografia e a presença da "Ars Amatoria" nos "Tristia" de Ovídio; Autobiography and the presence of the "Ars Amatoria" on Ovid's "Tristia"

Lais Scodeler dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Em 8 d.C., Ovídio (43 a.C. - 17 ou 18 d.C.) foi condenado por Augusto ao exílio e, por isso, ele compõe elegias que são, segundo o poeta, similares à sua situação. Alguns estudiosos consideram os infortúnios narrados nos Tristia como representação direta da realidade do poeta, lendo seus versos em chave biografista, desconsiderando a natureza poética da obra. Por essa razão, esta dissertação consiste, inicialmente, na análise de elementos que induzem a tal leitura e como Ovídio joga com a autobiografia. É considerado, também, como o poeta lida com a tradição elegíaca romana, produzindo um tema diferente nos versos elegíacos do exílio, que, em uma primeira leitura, parecem não ter espaço para o amor. No entanto, levando em conta a existência marcante da matéria erótica em Ovídio, este estudo pretende, também, analisar presença da elegia amorosa na elegia do exilio. Tal presença pode ser notada por meio de alusões à Ars Amatoria, especialmente em Tr. II, mas também pode ser encontrada em outras elegias que compõem os cinco livros dos Tristia.; In 8 AD Ovid was sentenced by Augustus to exile and therefore he composes elegies that are, according to the poet, similar to his situation. Some scholars consider the misfortunes narrated in Tristia as a direct representation of the poet¿s reality...

Sexo na senzala: Casa grande & senzala entre o ensaio e a autobiografia; Sex in the slave quarters: Casa grande & senzala between essay and autobiography

Ventura, Roberto
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2002 POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
Gilberto Freyre resgatou, em Casa grande & senzala, o estilo de vida opulento de seus parentes e antepassados e procurou conciliar as elites brasileiras com seu passado escravocrata e presente autoritário. Seu ensaio de interpretação do Brasil pode ser lido como autobiografia sexual, em que o escritor-sociólogo dá compreensão histórica ao seu entusiasmo pelas mulatas.; Gilberto Freyre recovered, in Casa-grande & senzala, the lavish lifestyle of his relatives and ancestors and sought to reconcile the Brazilian elite with their slavery-bound past and authoritarian present. His interpretation of Brazil can be read as a sexual autobiography, in which the sociologist-writer gives a historical explanation for his enthusasm for mulatto women.

Dar-se uma vida: autobiografia como metodologia filosófica no jovem Nietzsche; Give Oneself a Life: autobiography as philosophical methodology in the young Nietzsche

Britto, Fabiano de Lemos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
No imbricamento entre a dimensão estilística e o conteúdopositivo das teses filosóficas de sua obra, a autobiografia surge paraNietzsche como o dispositivo segundo o qual ambos se reúnem, tornando-se indissociáveis. Esse procedimento é evidente em textos comoEcce Homo, mas está presente em textos muito mais antigos, como astentativas autobiográficas de sua época de estudante secundarista. Aanálise do surgimento, nesse momento, do problema da escritura de simesmo como prática político-filosófica pode nos levar a propor umprincípio estratégico coerente para a leitura dos escritos de Nietzschecomo “obra”.; At the carrefour between the stylistic dimension and the positivecontent of the philosophical thesis in his works, autobiography risesas the device according to which both of them are reunite, becomingindissociable. This procedure is obvious in texts like Ecce Homo, but it isalready present in older works, like the autobiographical essays from hissecondary school time. The analysis of how, at this point, the problem ofthe writing of oneself as a political-philosophical practice comes up, canlead us to propose a coherent strategical principle to the reading ofNietzsche’s writings as “work”.

O que é um nome? A ressureição do autor em Autobiografia de minha mãe, de Jamaica Kincaid; What´s in a name? The resurrection of the author in Jamaica Kincaid´s The autobiography of my mother

Silva, Luciano Cabral da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
37.28%
Procurando acabar de vez com uma metodologia dos estudos literários que privilegiava a busca da origem de um texto, ou seja, de uma resposta única, uma interpretação final, Roland Barthes declara que o autor deve morrer. Para ele, a literatura cria vozes; porém, nenhuma delas é a do autor. Por outro lado, Philippe Lejeune defende que, quando se trata de escrita autobiográfica, a presença do autor deve ser sentida e, inclusive, esperada. Por este motivo, os estudos literários podem adotar tanto a perspectiva de Barthes quanto a de Lejeune. Este artigo pretende analisar o livro The Autobiography of my Mother, de Jamaica Kincaid, com base nestas duas perspectivas. Se, por um lado, Xuela, a protagonista, pode ser lida textualmente apenas, por outro lado, ela pode ser nomeada e renomeada até que Kincaid ressurja.; Trying to break up the shackles that had held the literary studies still for so many years, Roland Barthes declares that the author is better off dead. Such a surprising statement aimed at wiping away all of the efforts to reach an origin of a literary text, that is to say, a unique answer or a final interpretation. Nevertheless Philippe Lejeune posits that when it comes to autobiographical writings, the presence of the author is to be felt...

Sergio Pitol and the disguises of autobiography; Sergio Pitol e os disfarces da autobiografia

Gutiérrez, Rafael
Fonte: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea Publicador: Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea; Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
This article analizes the books of mexican writer Sergio Pitol (1933) El arte de la fuga (1997), El viaje (2000) and El mago de Viena (2005), included in Trilogía de la memoria (2007). These texts conform a literary autobiography created from a mixture of critic, road diaries and autobiographical narrative. The article analizes the way in which the writer tells his life through his readings and his creative process, the clues about his work that can be found in these texts, as well as the main characteristics and precedents of these hybrid contemporary forms.; O texto analisa os últimos livros do escritor mexicano Sergio Pitol (1933), El arte de la fuga (1997), El viaje (2000) e El mago de Viena (2005), reunidos na Trilogía de la memoria (2007). Em conjunto estes textos conformam uma espécie de autobiografi  a literária construída mediante uma mistura de crítica, relato de viagem e narração autobiográfica. No ensaio analiso a maneira como o escritor reconstrói sua vida por meio de suas leituras e seu processo criativo, as pistas sobre sua obra que podem ser encontradas nestes textos, assim como as principais características e antecedentes destas formas híbridas contemporâneas.  

'A proper woman, in the African tradition': The construction of gender and nationalism in Wangari Maathai's autobiography Unbowed

Ebila,Florence
Fonte: Tydskrif vir Letterkunde Publicador: Tydskrif vir Letterkunde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 EN
Relevância na Pesquisa
37.39%
This article discusses how Wangari Maathai's life experiences narrated in her autobiography Unbowed offers an opportunity for discussing the contradictions surrounding the perception, place and identity of women in African politics. Against the backdrop of gendered nationalism which glorifies the role and place of women in the construction of nations, the article presents a different reality of how some male leaders of postcolonial nation states like the Kenyan example, silences the voices of women politicians by urging them to behave like 'proper women'. Maathai's autobiography demonstrates that the social construction of womanhood in African politics is influenced by socio-cultural and patriarchal ideologies that construct the ideal African woman as the docile one, the one who does not question male authority. Maathai's autobiography becomes a lens that can be used to view and question the social construction of womanhood versus manhood and the influence on gender power relations on women's participation in the politics of the postcolonial nation states in Africa.