Página 1 dos resultados de 4724 itens digitais encontrados em 0.033 segundos

O ensino da guitarra em grupo no âmbito do ensino vocacional e genérico da música: alguns resultados de um projecto de investigação-acção

Ribeiro, António José Pacheco
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
65.8%
Projecto de Tese de Doutoramento em Estudos da Criança Especialização em Educação Musical - Instituto de Educação da Universidade do Minho.; Os projectos das escolas portuguesas vocacionais de música têm revelado dificuldades de enraizamento nas suas comunidades (nomeadamente no que concerne às articulações com o ensino genérico) e falta de ambições curriculares diferenciadas capazes de responderem à presente diversidade da procura. Neste sentido, o trabalho de investigação em curso pretende questionar o conceito de escola vocacional, assim como testar possíveis redefinições do modelo de ensino da música em regime articulado de frequência. Pretende também estudar as vantagens do reforço das articulações pedagógicas do ensino vocacional com o ensino genérico, através da adopção de estratégias pedagógico-didácticas de diversificação dos percursos de aprendizagem do ensino da música. A Investigação-Acção, enquanto metodologia, corporizou o desenho do estudo contemplando dois grupos de trabalho: um do ensino vocacional e outro do ensino genérico da música. O ensino da guitarra em grupo surgiu naturalmente, por um lado, pela decorrência do próprio projecto de investigação (o qual, originou...

Um modelo conceitual para aprendizagem colaborativa baseada na execução de projetos pela Web. ; A conceptual model for collaborative e-learning based on the execution of projects.

Garcia González, Luisa Aleyda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
76.1%
O ensino da Engenharia por meios eletrônicos de aprendizagem demanda a implementação de métodos práticos que facilitem ao aluno aprender conteúdos do tipo procedimentos e atitudes, por meio da ação, da interação dos participantes, e da integração de conhecimentos de diferentes áreas. Esta aprendizagem só pode ser efetiva em contextos significativos e a partir de situações específicas, que são estimulados com a utilização do método de projeto. A eficácia deste método é alcançada quando utilizado em grupos, onde um membro aprende na integração com outro, compartilhando recursos e conhecimentos, e adquirindo ou exercitando um conjunto de habilidades pessoais, atualmente muito necessárias no trabalho profissional do Engenheiro. Embora conhecida a importância do método de projeto no estilo de aprendizagem colaborativa, não existem orientações para sua utilização no modelo de ensino-aprendizagem a distância. Este cenário representou a principal motivação para propor, neste trabalho, um modelo conceitual para aprendizagem colaborativa baseada na execução de projetos pela Web (MAC-BP). O modelo é organizado em três submodelos relacionados entre si, que caracterizam a criação, a execução e o suporte das atividades instrucionais colaborativas utilizadas no ensino da Engenharia. Um modelo para planejar as atividades e responsabilidades do especialista...

Um modelo dinâmico de aprendizagem em grupo

Lizeo, Elaine
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Relevância na Pesquisa
76.02%
O objetivo deste trabalho é estudar os fatores que influenciam a qualidade de aprendizagem e a eficácia em grupos. Os grupos de trabalho são aqui considerados sistemas sociais complexos e o estudo aqui desenvolvido parte da premissa de que é na inter-relação de fatores estruturais, cognitivos e interpessoais que se pode explicar a qualidade da aprendizagem e o nível de eficácia de um grupo. Este trabalho enfatiza a importância de se utilizar raciocínio sistêmico para o entendimento de sistemas complexos e constrói um modelo conceitual de Dinâmica de Sistemas, partindo de uma ampla revisão da literatura – de teorias de aprendizagem individual, em grupos e organizacional, de teorias da eficácia e de teorias sobre grupos – e de três estudos de caso. Ao final do trabalho, um modelo genérico qualitativo é oferecido aos interessados em uma análise sistêmica das complexidades que envolvem o processo de aprendizagem e a eficácia em grupos de trabalho.

O trabalho em grupo colaborativo na aula de língua estrangeira numa escola pública de ensino médio

Burmeister, Anelise Teixeira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
As aulas de ensino de língua estrangeira na escola pública são, historicamente, consideradas ineficientes. Entretanto, poucos estudos têm investigado diretamente as ações e interações nessas aulas a partir do ponto de vista dos próprios participantes. Este estudo tem por objetivo investigar o que fazem os alunos do ensino médio noturno em uma escola pública ao lhes ser proposto o trabalho colaborativo em grupos para a realização de tarefas de seu interesse. Estudos lingüísticos a partir de uma abordagem sócio-histórico-cultural têm demonstrado que é no uso da linguagem para participar de eventos relevantes que se dá a aprendizagem de outra língua, e o trabalho em grupo colaborativo tem sido defendido como lócus privilegiado para essa aprendizagem. Dados gerados por gravações em áudio e vídeo das atividades de grupos de alunos em duas turmas de primeiro ano de ensino médio noturno foram analisados de acordo com os princípios da abordagem sócio-histórico-cultural da aprendizagem e da Análise da Conversa Etnometodológica Aplicada para a identificação das ações realizadas na fala-em-interação e discussão do que fazem os participantes durante o trabalho em grupo colaborativo. Os dados da pesquisa sugerem que os participantes têm práticas próprias e eficientes de organização e participação no trabalho em grupo...

Trabalho em grupo : instrumento mediador de socialização e aprendizagem

Riess, Maria Luiza Ramos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66%
Esta pesquisa enfatiza a importância de se desenvolver trabalhos em grupo em sala de aula para a interação social e a construção de aprendizagens significativas com práticas pedagógicas diversificadas. Ele provém de uma análise qualitativa que investiga e busca interpretar as características dos grupos e de seus líderes e como ocorre o processo de aprendizagens mútuas. Acredita-se no processo construtivo da aprendizagem, sendo necessário, para isso, lançar problemas e desafios, a fim de que os alunos utilizem seus conhecimentos prévios, na busca de respostas, refletindo, discutindo, interpretando e criando em meio a trocas com os colegas. Baseando-se numa prática interativa que respeita e valoriza o saber do aluno, o trabalho em grupo é compreendido como uma dinâmica que, por hipótese, pode desenvolver a autonomia, talvez revelando maior produtividade, envolvimento e cooperação dos alunos que nele descobrem uma experiência de aprendizagem coletiva. Estes são os aspectos investigados por meio da observação participante e da análise das práticas propostas e das produções da turma que se constituíram em memória por meio dos registros feitos em um Diário de Bordo durante o período do Estágio Curricular Obrigatório do Curso de Pedagogia (abril a junho de 2010)...

Trabalho em grupo : desvendando um "bicho de sete cabeças"

Schneider, Natália
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.85%
O trabalho em grupo tem sido sugerido por vários estudiosos da área da Educação e tem aparecido em materiais didáticos como estratégia de aprendizagem envolvendo o desenvolvimento da sociabilidade, por meio da interação entre os pares. Porém, ainda há muita resistência por parte dos professores e também dos alunos na aplicação deste tipo de dinâmica. Portanto, neste trabalho foi realizada a análise da Revista Nova Escola da Editora Abril, sendo que esta tem amplo alcance entre os professores, estando disponível online. Esta revista sugere planos de aula para realização nas escolas, tendo sido analisados 192 planos de aula, dirigidos ao Ensino Médio, quanto à presença da dinâmica de trabalho em grupo, o tipo de atividade proposta, o tamanho sugerido dos grupos de trabalho e os critérios de avaliação. Após ter sido feita a análise, foi constatado que em torno de 60% dos planos de aula não citavam trabalho em grupo e os 40% restantes que o citavam, não abordavam o trabalho em grupo no sentido de desenvolver a capacidade de trabalhar coletivamente, mas sim apenas sugeriam que fosse feita essa dinâmica. Foram encontrados tipos de atividades que poderiam ser realizadas em grupo, mas boa parte das sugestões pareceu inadequada para esta finalidade; o tamanho dos grupos em sua maioria com muitos integrantes não propiciaria interações entre todos os seus componentes; os critérios de avaliação...

Abordagem sócio-cognitiva do ajustamento à carreira no ensino superior : o papel das actividades em grupo, da auto-eficácia e dos interesses

Miranda, Maria Cristina Queiroz da Costa Lobo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 07/10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
65.85%
Tese de doutoramento em Psicologia (área de conhecimento em Psicologia Vocacional); O presente trabalho aborda o processo de ajustamento à carreira no ensino superior em Portugal, numa perspectiva sócio-cognitiva. Pretende-se contribuir para o desenvolvimento do modelo sócio cognitivo de adaptação académica proposto por Lent (2005), o qual adopta uma perspectiva integrativa do bem-estar sob condições de vida normativas. Pretende-se, além disso, enquadrar a investigação do impacto do processo de Bolonha no ensino superior, através do estudo do potencial da aprendizagem cooperativa, das expectativas de auto-eficácia e dos interesses vocacionais como fontes de bem-estar, bem como prosseguir os contributos de Lent, Taveira, Sheu e Singley (2009). A amostra desta investigação é constituída por 368 participantes, de ambos os sexos (n=355; 96% homens; 13; 4% mulheres), com idades compreendidas entre os 19 e os 46 anos, tendo 50% dos participantes idade inferior a 24 anos, maioritariamente estudantes que frequentavam o 2º ano (N= 328; 89%) da licenciatura de Engenharia Mecânica do Instituto Superior de Engenharia do Porto, no ano lectivo de 2008/2009. Foram administrados três questionários para recolha de dados sócio-demográficos e caracterização dos processos e experiências pessoais do trabalho em grupo realizado em sala de aula por alunos do ensino superior...

Auto-regulação da aprendizagem em crianças e adolescentes filhos de vítimas de violência doméstica contra mulheres

Preto,Micaela; Moreira,Paulo A. S.
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.92%
A violência doméstica contra mulheres afecta negativamente o desenvolvimento de alguns domínios de auto-regulação. Contudo, pouco se conhece sobre o seu impacto na auto-regulação da aprendizagem. Este estudo avaliou a auto-regulação da aprendizagem em 50 filhos de vítimas de violência doméstica contra mulheres. O grupo de filhos de vítimas apresentou níveis inferiores de rendimento académico. O grupo de filhos de vítimas simultaneamente de violência psicológica e física registou níveis inferiores nas dimensões de Avaliação e Execução de auto-regulação da aprendizagem. Estes resultados suportam as evidências de que a exposição à violência doméstica afecta negativamente o desenvolvimento da auto-regulação. Para além disso, sugerem que a exposição a violência familiar afecta negativamente também algumas dimensões da auto-regulação da aprendizagem.

Aprendizagem em grupo operativo de diabetes: uma abordagem etnográfica

Almeida,Shirley Pereira de; Soares,Sônia Maria
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.99%
O presente trabalho, elaborado a partir da dissertação, aborda um dos núcleos temáticos que emergiu da pesquisa durante o curso de mestrado na Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais. Para a compreensão da aprendizagem em grupo, utilizamos como referencial teórico Pichon-Riviére. Para esse autor, aprendizagem é um dos indicadores de fundamental importância no processo grupal. A partir do processo interacional, estabelece-se uma situação de aprendizagem, que permite aos integrantes apropriarem-se da realidade, mutuamente, e compartilhar pensamentos e conhecimentos. A concepção dos entrevistados de que o grupo proporciona o aprendizado no manejo do diabetes pode ser observado na maioria dos depoimentos. O núcleo temático "Grupo como espaço de aprendizagem e transformação" desvela concepções e significados que traduziram a experiência que as pessoas vivenciaram no grupo. Trata-se de um estudo etnográfico desenvolvido junto a treze pessoas diabéticas participantes de grupo de uma Unidade Básica de Saúde da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, Minas Gerais. Os dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada, observação participante e análise documental. A análise dos dados foi orientada pela análise de conteúdo de Bardin.

Análise do vínculo entre grupo e professora numa aula de ciências do Ensino Fundamental

Barros,Marcelo Alves; Laburú,Carlos Eduardo; Rocha,Zenaide F. D. C.
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
65.96%
O objetivo deste trabalho consiste em investigar a dinâmica de um grupo de aprendizagem numa aula de ciências. O grupo selecionado para a pesquisa constituiu-se de quatro alunos do II Ciclo (3ª e 4ª séries) do Ensino Fundamental. Os dados foram coletados no 1º semestre de 2004, mediante gravação das aulas em vídeo, numa escola pública do município de Londrina-Paraná. O referencial teórico utilizado para análise e interpretação dos dados é de orientação psicanalítica, particularmente a Teoria do Vínculo de Pichon-Rivière. Entre os principais resultados encontrados, destacamos o vínculo estabelecido entre o grupo e a professora, o qual contribuiu para uma organização mais estável entre os membros, inclusive, com a aceitação de um aluno que se sentia excluído. Concluímos discutindo alguns aspectos relevantes a serem levados em consideração na promoção e sustentação da aprendizagem em grupo em sala de aula.

O ensino de teclado em grupo na universidade e o uso do repertório popular: aprendizagem através de práticas híbridas

Couto,Ana Carolina Nunes do
Fonte: Escola de Música da UFMG Publicador: Escola de Música da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
75.97%
Este artigo apresenta algumas atividades realizadas em aulas de teclado em grupo na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) de acordo com uma abordagem que integra práticas deliberadas (SANTIAGO, 2006) e práticas informais de aprendizagem musical (GREEN, 2001; 2008). As práticas informais de aprendizagem musical são típicas do processo de aquisição de habilidades e conhecimentos por músicos populares, enquanto que a prática deliberada originalmente advém do contexto da aprendizagem do repertório da chamada música de concerto. Nesse estudo, a prática deliberada é utilizada como parte integral da aprendizagem do repertório instrumental popular. São apresentadas quatro músicas de níveis específicos dentro da disciplina ministrada, seguido da descrição de como o trabalho se desenvolve.

Suporte à percepção em groupware síncronos de aprendizagem

Vânia Lourenço Alves, Socorro; Sandro Gomes, Alex (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66%
Groupware síncronos de aprendizagem são sistemas colaborativos desenvolvidos especialmente para dar suporte a processos de ensino-aprendizagem em grupo. Nestes sistemas, a percepção que os seus usuários têm das atividades e ações desenvolvidas é fundamental para melhorar a eficiência e a compreensão do processo de colaboração a distância, pois esta permite uma interação mais natural e eficiente entre os mesmos. Entretanto, apesar de sua importância, o suporte à percepção é ainda muito limitado nos groupware síncronos de aprendizagem. A grande maioria destes sistemas não oferece mecanismos que permitam que seus usuários (alunos e/ou professores) percebam e compreendam o que está acontecendo nos ambientes distribuídos e no próprio contexto do grupo de aprendizagem como um todo, ocultando assim muitas informações que estariam disponíveis num encontro face-a-face. Essa deficiência, além de reduzir a possibilidade de coordenação e interação entre os alunos, dificulta a ação didática. Neste trabalho identificamos requisitos que orientem a proposta de mecanismos de percepção, que incentivem a interação e auxiliem o aluno na realização de atividades colaborativas síncronas de aprendizagem. Nesse contexto...

Um ambiente telemático para mediar a Investigação em grupo com uso de mapas Conceituais

Souza da Silva, Luciana; Dueire Lins, Rafael (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.98%
O trabalho aqui descrito buscou investigar as funcionalidades adequadas a um ambiente telemático de apoio ao método de aprendizagem cooperativa denominado Investigação em Grupo, associado ao uso de mapas conceituais. A pesquisa é fundamentada em teorias pedagógicas construtivistas, com destaque à aprendizagem significativa e cooperativa, incorporando a elas as tecnologias de informação e comunicação. Foi realizado um conjunto de experimentos onde foi aplicado o método Investigação em Grupo em sala de aula, usando mapas conceituais como instrumento básico de comunicação do conhecimento. Dentre os resultados do componente experimental, ficou evidenciada a adequação dos mapas conceituais ao método de aprendizagem utilizado. Também a partir dos resultados experimentais, foram definidos os requisitos para um ambiente telemático de apoio ao método. Tais funcionalidades foram modeladas utilizando a UML, gerando um conjunto de artefatos que possibilitaram a criação de um protótipo do ambiente telemático In Grupo

Modelagem multicritério em grupo para planejamento estratégico do controle de perdas no abastecimento de água

Aquino, Daniela Silva de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.83%
O planejamento estratégico para o controle de perdas em sistemas de abastecimento de água está envolvendo cada vez mais a participação de várias organizações na tomada de decisão sobre as ações a serem desenvolvidas, tendo em vista a crescente preocupação com as questões relacionadas à água. Essas organizações têm diferentes objetivos, responsabilidade e interesses, fazendo-se necessário um procedimento estruturado para a resolução dos conflitos. Nesse contexto, este trabalho concentra-se na tomada de decisão em grupo para o controle de perdas em sistemas de abastecimento de água. É proposto um modelo multicritério que faz uso da abordagem de estruturação de problemas, para facilitar o compartilhamento de informações a partir do desenvolvimento participativo, como forma de geração de idéias alternativas de solução e melhorar o processo de aprendizagem entre todos os membros envolvidos. Esse modelo é capaz de apoiar o processo de decisão em todas as fases: definição e estruturação do problema, identificação de possíveis alternativas de solução, análise das prioridades individuais e decisão final do grupo. Essa decisão final é realizada por meio do método proposto neste trabalho (Análise das Prioridades Individuais para Escolha em Grupo)...

Trabalho em grupo na sala de aula universitária; Group work in the university class

MORAES, Norma de Castro
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.81%
This work presents the results of a qualitative case study carried out in the Pedagogy Faculty of the University of Rio Verde/FESURV. Registered in the Line of Inquiry Teaching Formation and Professionalization, of the Program of Postgraduation in Education, of the Education Faculty /UFG, the study aimed to know and to analyse the way the work in group is developed by the teachers, besides checking the existence of signs of which the work in group carried out in the Course of Pedagogy contributes to the formation of collaborating people. The adopted proceedings included analysis of the teaching plans; application of questionnaires for pupils and teachers of the course; and the realization of two focal groups: one, with teachers; other, with pupils. The theoretical referential system is based on the concepts of mediation and interaction of Vygotsky; it contemplates authors who discuss strategies of application of the work in group; it presents the conception of the collaborative approach. The considered results show that, in spite of a constant practice in the classes, teachers and pupils still find many difficulties in the driving and execution of group activities. The investigation also showed that, in spite of the activities being carried out from a technical dimension...

Participação em grupo de promoção da saúde e qualidade de vida de idosos; Participation in group health promotion and quality of life of elderly

Santos, Leidiene Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.85%
INTRODUCTION: the growth of the elderly population set up a worldwide phenomenon. In this scenario it is essential the establishment of strategies that consider the characteristics of old age and are aimed at maintaining the biopsychosocial health and quality of life of the elderly. Searches recommend the use of group activities as a tool that promotes learning that encourage socialization, make possible interpersonal relationships, contributes to adaptation and change in living habits of the elderly. But for that, this activity must meet the assumptions of group dynamics, ie, being implemented in response to the needs of the group members. GENERAL OBJECTIVE: to analyze the participation in group of health promotion as a strategy to improve the quality of life in elderly. METHODS: quantitative research approach, performed with elderly enrolled in a Primary Care Unit Family Health, participants (G1) and nonparticipants (G2) of group health promotion. Data were collected from june to october 2012, using an instrument with sociodemographic questions, and the WHOQOL-BREF and WHOQOL-OLD. Subsequently were entered and analyzed in software Stata version 11.0. To evaluate factors associated with QoL, were used multiple linear regression. The level of significance was set at 5 %. RESULTS: the elderly group G1 had higher mean of QoL scores in all domains of the WHOQOL-BREF...

Aprender em grupo: experiência de estudantes de enfermagem e implicações para a formação profissional; Group learning: an experience of nursing students and implications for professional education; Aprender en grupo: experiencia de estudiantes de enfermería e implicaciones para la formación profesional

BARBATO, Roberta Genaro; CORRÊA, Adriana Katia; SOUZA, Maria Conceição Bernardo de Mello e
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.96%
O objetivo desta pesquisa é compreender a experiência dos estudantes dos cursos de bacharelado e licenciatura em Enfermagem da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto/Universidade de São Paulo, no que se refere à aprendizagem em grupo, em disciplinas que possibilitam trabalhar em pequenos grupos de estudantes. Foram realizadas entrevistas não estruturadas com 19 alunos do segundo ano desses cursos, de abril a dezembro de 2007, e a análise qualitativa dos dados, pela qual se configuraram as categorias de codificação: Trabalhar em grupo facilita o aprendizado cognitivo e atitudinal; Trabalhar em grupo revela limites e requer mudanças; Trabalhar em grupo exige preparo e nova competência do professor; e Trabalhar em grupo possibilita um exercício para a prática profissional. A estratégia grupal contribui para o processo ensino-aprendizagem, promovendo mudanças na relação do estudante com o conhecimento, com o professor, com o colega e consigo mesmo.; This research aims to understand the experience of students in the Bachelor and Teaching Diploma Nursing programs at the University of São Paulo in Ribeirão Preto College of Nursing (EERP/USP), Brazil, with respect to group learning, in subjects that permit working in small student groups. Non-structured interviews were held with 19 second-year students from the two programs...

Interaçao social na aprendizagem do adulto : estudo de caso das aulas práticas na Escola da Magistratura do Paraná

Garani, Solange Rauchbach
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: xiii, 204f. : il., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.07%
Apendices e Anexos; Orientador : Paulo Ricardo Ross; Co-orientadora: Tânia Stoltz; Dissertaçao (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educaçao, Programa de Pós-Graduaçao em Educaçao. Defesa: Curitiba, 2004; Inclui bibliografia; Área de concentraçao: Educaçao, Cultura e Tecnologia; Resumo: Esta pesquisa se propõe a ampliar a compreensão sobre os processos interativos estabelecidos em situação de aprendizagem escolar em grupo e suas implicações no desenvolvimento individual. Focaliza o aluno adulto, em situação de pós-graduação na área do Direito, e a sua percepção sobre o processo de ensino-aprendizagem ocorrido em aulas práticas, com estudo de casos jurídicos, em grupo, sob a orientação de profissional experiente. Busca identificar os resultados obtidos e as condições que facilitaram ou limitaram o desenvolvimento individual, na concepção dos próprios alunos. Visa contribuir para o campo educacional, na aplicação da metodologia de aprendizagem cooperativa e na formação de professores. A literatura revisada privilegiou modelos teóricos que corroboram a importância dos processos interativos na construção do conhecimento: teoria interacionista e construtivista de Piaget, teoria sociocognitiva dos neopiagetianos...

As atitudes dos alunos sobre o trabalho em grupo cooperativo

Azevedo, Sofia Marli Namora Soares de
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.84%
Dissertação de Mestrado em Psicologia da Educação; A Aprendizagem Cooperativa é considerada uma metodologia de ensino eficaz na garantia do sucesso escolar dos alunos. No entanto, o trabalho em grupo cooperativo é encarado para alguns alunos, como uma abordagem que acarreta algumas limitações. A presente investigação teve como principais objetivos: - Investigar as atitudes dos alunos em relação ao trabalho em grupo cooperativo utilizado nas aulas de Biologia e Geologia; - Identificar as principais razões que conduzem os alunos a valorizar ou não este tipo de trabalho; - Conhecer os principais benefícios e desvantagens que os alunos apontam para o trabalho em grupo cooperativo. A amostra deste estudo foi constituída por 86 alunos (41 raparigas e 45 rapazes) de quatro turmas do décimo primeiro ano de escolaridade. Como instrumento de recolha de dados utilizou-se o questionário “Trabalhar em Grupo Cooperativo”, que foi adaptado do questionário “Collaborative Learning in the EAP Classroom: Students´ Percptions” de Brown (2008), composto por 29 itens, 27 de natureza quantitativa e 2 de natureza qualitativa. A partir da análise dos dados fica claro que os alunos consideraram que o trabalho em grupo cooperativo utilizado nas aulas de Biologia e Geologia ajudou na melhoria das suas aprendizagens...

Aprendizagem em grupo operativo de diabetes: uma abordagem etnográfica

Almeida,Shirley Pereira de; Soares,Sônia Maria
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.99%
O presente trabalho, elaborado a partir da dissertação, aborda um dos núcleos temáticos que emergiu da pesquisa durante o curso de mestrado na Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais. Para a compreensão da aprendizagem em grupo, utilizamos como referencial teórico Pichon-Riviére. Para esse autor, aprendizagem é um dos indicadores de fundamental importância no processo grupal. A partir do processo interacional, estabelece-se uma situação de aprendizagem, que permite aos integrantes apropriarem-se da realidade, mutuamente, e compartilhar pensamentos e conhecimentos. A concepção dos entrevistados de que o grupo proporciona o aprendizado no manejo do diabetes pode ser observado na maioria dos depoimentos. O núcleo temático "Grupo como espaço de aprendizagem e transformação" desvela concepções e significados que traduziram a experiência que as pessoas vivenciaram no grupo. Trata-se de um estudo etnográfico desenvolvido junto a treze pessoas diabéticas participantes de grupo de uma Unidade Básica de Saúde da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, Minas Gerais. Os dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada, observação participante e análise documental. A análise dos dados foi orientada pela análise de conteúdo de Bardin.