Página 1 dos resultados de 310 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Aproveitamento pelo trigo do nitrogênio residual da crotalária (Crotalaria juncea) e da uréia aplicado ao solo em cultivo precedente; Recovery by wheat of residual nitrogen from crotalária (Crotalaria juncea) and urea of previous crop soil fertilization

LANGE, Anderson; BOLOGNA, Isabela Rodrigues; FARONI, Carlos Eduardo; TRIVELIN, Paulo Cesar Ocheuze
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.7%
O cultivo de adubos verdes no sistema produtivo tem por objetivo o fornecimento de nitrogênio ao solo. Porém, muitas vezes os benefícios não são a curto prazo. Nesse sentido, acompanhar a taxa de fornecimento de nitrogênio proveniente dos resíduos ao longo dos anos se faz necessário. O objetivo do trabalho foi avaliar o aproveitamento do nitrogênio residual no solo do adubo verde (Crotalaria juncea L.)-15N e da uréia-15N, em fertilização conjugada e separada, no segundo ano de cultivo pelo trigo (Triticum aestivum L.). O experimento foi desenvolvido em vasos com 4kg de solo (Latossolo Vermelho distrófico típico), em delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições. As quantidades de 15N residual do primeiro cultivo eram: Uréia-15N (11,2mg kg-1 de 15N); Crotalária juncea-15N (85mg kg-1de 15N); Uréia-15N+crotalária (19,8mg kg-1 de 15N); Crotalária juncea-15N+uréia (81,6mg kg-1de 15N); Controle (sem adição de fontes de N). Todos os tratamentos receberam 36mg kg-1 de N-uréia (sem marcação) em cobertura. Foram avaliados a recuperação do 15N residual das fontes, a massa de matéria seca, a concentração e o conteúdo de N nas plantas. A recuperação do N-uréia residual aplicado isoladamente foi superior quando comparada à recuperação do N-crotalária ou crotalária mais uréia...

Adubação nitrogenada com uréia e adubos verdes na cultura do arroz e efeito residual no feijoeiro; Nitrogen fertilization with urea and green manures in rice crops and its residual effect in bean crop

Contreras Espinal, Freddy Sinencio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.84%
A associação de adubos verdes a fontes minerais de N para as culturas está tornando-se uma opção promissora de manejo da fertilização nitrogenada, com o objetivo de recuperar a fertilidade de solo, aumentar a matéria orgânica do solo, reduzir as perdas de N mineral de fontes prontamente disponíveis, e no caso das leguminosas incorporarem nitrogênio ao solo proveniente da fixação biológica. Os objetivos deste trabalho foram: (1) avaliar o aproveitamento do nitrogênio da crotalária, do milheto e da uréia pelo arroz e o efeito residual no feijoeiro cultivado em sucessão, (2) avaliar a contribuição do N das raízes e da parte aérea desses adubos verdes para o arroz e o feijoeiro, e (3) quantificar o N na planta proveniente dos adubos verdes em relação à época de aplicação da uréia (semeadura e cobertura). Foram desenvolvidos experimentos com Latossolo Vermelho distroférrico típico em casa de vegetação no CENA/USP em três fases: (a) marcação isotópica dos adubos verdes com 15N realizada com (NH4)2SO4 enriquecido em 10 e 5% de átomos de 15N para a crotalária e milheto, respectivamente, (b) cultivo de arroz em vasos de 4 kg de TFSA com delineamento experimental inteiramente casualizado com 12 tratamentos e três repetições...

Mineralização de fósforo do adubo verde e sua absorção por plantas de arroz; Mineralization of green manure phosphorus and its absorption by rice plants

Marsola, Tatiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
47.08%
Em sistemas de plantio direto, o material vegetal incorporado libera fósforo solúvel no solo, porém, sua absorção por plantas subseqüentes ainda é pouco conhecida. Parte do fósforo nos tecidos vegetais está na forma de compostos insolúveis, que precisam ser mineralizados para serem absorvidos pelas plantas. Os objetivos deste trabalho foram estabelecer a melhor época de aplicação de 32P para marcação de plantas de adubo verde; determinar as formas de P nas plantas; determinar as principais formas de fósforo no solo após a incorporação de diferentes espécies de adubo verde; estimar a eficiência dos adubos verdes no fornecimento de P para plantas de arroz, e determinar a relação entre as formas de P nas plantas de adubo verde e sua mineralização no solo. Os experimentos foram conduzidos em duas etapas. Na Etapa 1 foram marcadas com 32P plantas de aveia-preta, milheto e nabo forrageiro na semeadura e aos 14, 28 e 42 dias. Estas plantas foram incubadas e utilizadas como adubo verde no cultivo de arroz. As plantas de arroz apresentaram eficiência de utilização de P semelhantes para adubos verdes marcados até 28 dias, podendo ser utilizada uma atividade 75% menor para marcação dessas espécies. Na etapa 2 foram cultivadas plantas de aveia-preta...

Eficiência de absorção de fósforo por diversas espécies de adubos verdes e aproveitamento desse nutriente pelas culturas de cana-de-açúcar e de arroz; Efficiency of phosphorus uptake by several species of green manure and use of this nutrient by crops of sugar cane and rice

Mendes, Fernanda Latanze
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.84%
A integração das espécies de adubos verdes, que imobilizam P, com a aplicação de fontes minerais fosfatadas é uma das medidas agronômicas mais promissoras para melhorar a disponibilidade de P para a cultura principal, com o objetivo de recuperar a fertilidade do solo, aumentar a matéria orgânica do solo e assim, otimizar eficiência de fertilizantes minerais. Os objetivos deste trabalho foram selecionar entre as espécies de adubos verdes mais eficientes em absorver o P na forma menos disponível e pela marcação isotópica destas plantas com ³²P, quantificar o aproveitamento deste nutriente proveniente dos adubos verdes e do fertilizante mineral pela cultura da cana-de-açúcar e do arroz, determinando suas reais contribuições como fonte de P. O estudo foi desenvolvido três fases, em amostras de Latossolo Vermelho Amarelo distrófico típico, com baixo teor de P, em casa-de-vegetação no CENA/USP. O primeiro experimento foi realizado com a finalidade de identificar e selecionar entre as 25 espécies de adubos verdes (AV) mais eficientes em absorver P através de métodos de diluição isotópica. As plantas foram cultivadas em delineamento inteiramente casualizado com três repetições. Com os resultados (13 variáveis) das 25 espécies de adubo verde realizou-se análise estatística de componentes principais (PCA) e de agrupamento hierárquico (AHA) visando grupar os mais similares. A PCA foi explicada pelas duas primeiras componentes...

Sistemas de produção de grãos e incidência de plantas daninhas

Castro, G.S.A; Crusciol, C.A.C; Negrisoli, E; Perim, L
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1001-1010
POR
Relevância na Pesquisa
46.7%
O sistema de semeadura direta e os diferentes sistemas de produção nele adotados podem contribuir para a supressão de plantas infestantes. em razão disso, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o controle de plantas daninhas em função de diferentes sistemas de produção de grãos. Os tratamentos utilizados foram: I. Sistema safra-pousio - soja/ pousio/milho/pousio/arroz/pousio/soja; II. Sistema safra-adubo verde - soja/milheto/ milho/guandu/arroz/crotalária/soja; III. Sistema safra-safrinha - soja/aveia-branca/milho/ feijão-da-seca/arroz/mamona/soja; IV. Sistema safra - forrageira- soja + braquiária/milho + braquiária/arroz + braquiária/soja. em novembro de 2009 (após três safras agrícolas), foi realizado o levantamento de plantas daninhas infestantes. Para isso, foi utilizado um quadro (0,3 x 0,3 m), lançado aleatoriamente quatro vezes dentro de cada parcela. As plantas foram identificadas, bem como feita a determinação do número total das espécies invasoras, da massa seca e da porcentagem de controle das espécies de acordo com o sistema de produção. Foi realizada ainda a análise fitossociológica da comunidade de plantas daninhas infestantes. Os sistemas safra-adubo verde, safra-safrinha e safra-forrageira apresentaram bom controle de plantas infestantes quando comparados ao sistema safra-pousio. Portanto...

Sobre a composição mineral do aguapé (Eichornia crassipes)

Malavolta,E.; Malavolta,M.L.; Cabral,C.P.; Antoniolli,F.
Fonte: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1989 PT
Relevância na Pesquisa
46.7%
Tendo em vista a utilização do aguapé como adubo verde foram feitas determinações de macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S) e de micronutrientes (B, Cl, Co, Cu, Fe, Mn, Mo, Ni, Zn) nas raízes, caules e folhas de amostras colhidas na zona rural de Ourofino, MG. Verificou-se que 1kg da planta inteira possui as seguintes quantidades de nutrientes: N-10,3g, P-1,6, K-49,0, Ca-25,8, Mg-10,5 e S-3,3; B-25mg, C@-10436mg, Co-l,9mg, Cu-10,2mg, Fe-8969mg, Mn-1415mg, Mo-2,3mg, Ni-4,0mg e Zn-41,6mg. Fez-se uma comparação entre os nutrientes contidos no aguapé e no esterco de curral e discute-se o seu possível uso como adubo verde, fonte de matéria orgânica e de minerais.

Transformações do nitrogênio proveniente de mucuna-preta e uréia utilizados como adubo na cultura do milho

Scivittaro,Walkyria Bueno; Muraoka,Takashi; Boaretto,Antonio Enedi; Trivelin,Paulo César Ocheuze
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
56.84%
A associação de adubos verdes a fertilizantes minerais, como fonte de N para as culturas, visa à racionalização no uso das fontes minerais, sem prescindir de produtividades elevadas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a dinâmica do N proveniente de adubos verde e mineral, aplicados de forma exclusiva ou combinada, na cultura do milho. Os tratamentos constituíram-se de mucuna-preta marcada com 15N (113,5 kg ha-1 de N), uréia marcada com 15N (50 e 100 kg ha-1 de N) e as possíveis combinações de mucuna-preta e uréia, marcadas ou não com 15N. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso com quatro repetições. O milho foi semeado após a incorporação do adubo verde ao solo, parcelando-se a aplicação da uréia na semeadura e em cobertura. O aproveitamento do N da uréia pelo milho (43% em média) foi maior que o da mucuna-preta (12% em média), evidenciando superioridade da uréia como fonte de N para o milho. A quantidade de N, que permaneceu no solo após o cultivo do milho, proveniente da mucuna-preta (em média 50%) foi superior a da uréia (em média 33%). A recuperação média de N da mucuna-preta no sistema solo-planta foi de 61%, ao passo que a da uréia foi de 76%; o restante foi perdido no sistema. A combinação com o adubo verde favorece a recuperação de N da uréia no sistema solo-planta.

Sistemas de produção de grãos e incidência de plantas daninhas

Castro,G.S.A; Crusciol,C.A.C; Negrisoli,E; Perim,L
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.7%
O sistema de semeadura direta e os diferentes sistemas de produção nele adotados podem contribuir para a supressão de plantas infestantes. Em razão disso, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o controle de plantas daninhas em função de diferentes sistemas de produção de grãos. Os tratamentos utilizados foram: I. Sistema "safra-pousio" - soja/ pousio/milho/pousio/arroz/pousio/soja; II. Sistema "safra-adubo verde" - soja/milheto/ milho/guandu/arroz/crotalária/soja; III. Sistema "safra-safrinha" - soja/aveia-branca/milho/ feijão-da-seca/arroz/mamona/soja; IV. Sistema "safra - forrageira"- soja + braquiária/milho + braquiária/arroz + braquiária/soja. Em novembro de 2009 (após três safras agrícolas), foi realizado o levantamento de plantas daninhas infestantes. Para isso, foi utilizado um quadro (0,3 x 0,3 m), lançado aleatoriamente quatro vezes dentro de cada parcela. As plantas foram identificadas, bem como feita a determinação do número total das espécies invasoras, da massa seca e da porcentagem de controle das espécies de acordo com o sistema de produção. Foi realizada ainda a análise fitossociológica da comunidade de plantas daninhas infestantes. Os sistemas safra-adubo verde, safra-safrinha e safra-forrageira apresentaram bom controle de plantas infestantes quando comparados ao sistema safra-pousio. Portanto...

Aproveitamento pelo trigo do nitrogênio residual da crotalária (Crotalaria juncea) e da uréia aplicado ao solo em cultivo precedente

Lange,Anderson; Bologna,Isabela Rodrigues; Faroni,Carlos Eduardo; Trivelin,Paulo Cesar Ocheuze
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.7%
O cultivo de adubos verdes no sistema produtivo tem por objetivo o fornecimento de nitrogênio ao solo. Porém, muitas vezes os benefícios não são a curto prazo. Nesse sentido, acompanhar a taxa de fornecimento de nitrogênio proveniente dos resíduos ao longo dos anos se faz necessário. O objetivo do trabalho foi avaliar o aproveitamento do nitrogênio residual no solo do adubo verde (Crotalaria juncea L.)-15N e da uréia-15N, em fertilização conjugada e separada, no segundo ano de cultivo pelo trigo (Triticum aestivum L.). O experimento foi desenvolvido em vasos com 4kg de solo (Latossolo Vermelho distrófico típico), em delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições. As quantidades de 15N residual do primeiro cultivo eram: Uréia-15N (11,2mg kg-1 de 15N); Crotalária juncea-15N (85mg kg-1de 15N); Uréia-15N+crotalária (19,8mg kg-1 de 15N); Crotalária juncea-15N+uréia (81,6mg kg-1de 15N); Controle (sem adição de fontes de N). Todos os tratamentos receberam 36mg kg-1 de N-uréia (sem marcação) em cobertura. Foram avaliados a recuperação do 15N residual das fontes, a massa de matéria seca, a concentração e o conteúdo de N nas plantas. A recuperação do N-uréia residual aplicado isoladamente foi superior quando comparada à recuperação do N-crotalária ou crotalária mais uréia...

Cultivo da Soja apos Incorporacao de Adubo Verde e Organico.

TANAKA, R.T.; MASCARENHAS, H.A.A.; DIAS, O.S.; CAMPIDELLI, C.; BULISANI, E.A.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.27, n.11, p.1477-1483, nov.1992 Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.27, n.11, p.1477-1483, nov.1992
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.68%
No periodo 1987/89 foram conduzidos dosi experimentos em Latossolo-Vermelho-Amarelo, fase arenosa, de baixa fertilidade, com o objetivo de verificar o efeito de residuos vegetais dos quatro adubos verdes, Crotalaria juncea L. (crotalaria), Mucuna aterrina (Piper & Tracy) Holland (mucuna-preta), Cajanus cajan (L.) Millsp. (guandu) e Dolichos lab-lab L. (lab-lab) incorporados, sobre a cultura subsequente de soja Glycine max (L.) Merrill, comparados a monocultura de soja e a aplicacao de esterco de galinha. A amplitude da producao de fitomassa verde variou de 12,3 t/ha para crotalaria a 36,5 t/ha para a mucuna-preta. As plantas de soja da area em monocultivo paresentaram sintomas de deficiencia hidrica, o que nao foi observado nos tratamentos que receberam os adubos verdes e o esterco de galinha. Apesar da menor producao de materia verde de crotalaria, no tratamento onde se cultivou esta leguminosa foi obtida a maior produtividade de graos de soja, cujos resultados nao diferiram dos obtidos nas parcelas onde foram incorporadas mucuna-preta e esterco de galinha. Nos tratamentos com lab-lab e gaundu, que produziram quantidades intermediarias de massa verde, foram obtidos rendimentos de soja iguais aos da testemunha (soja continua).; 1992

Transformações do nitrogênio proveniente de mucuna-preta e uréia utilizados como adubo na cultura do milho.

SCIVITTARO, W.B.; MURAOKA, T.; BOARETTO, A.E.; TRIVELIN, P.C.O.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.38, nº 12, p. 1427-1433, dez. 2003. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.38, nº 12, p. 1427-1433, dez. 2003.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.84%
A associação de adubos verdes a fertilizantes minerais, como fonte de N para as culturas, visa à racionalização no uso das fontes minerais, sem prescindir de produtividades elevadas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a dinâmica do N proveniente de adubos verde e mineral, aplicados de forma exclusiva ou combinada, na cultura do milho. Os tratamentos constituíram-se de mucuna-preta marcada com 15N (113,5 kg ha-1 de N), uréia marcada com 15N (50 e 100 kg ha-1 de N) e as possíveis combinações de mucuna-preta e uréia, marcadas ou não com 15N. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso com quatro repetições. O milho foi semeado após a incorporação do adubo verde ao solo, parcelando-se a aplicação da uréia na semeadura e em cobertura. O aproveitamento do N da uréia pelo milho (43% em média) foi maior que o da mucuna-preta (12% em média), evidenciando superioridade da uréia como fonte de N para o milho. A quantidade de N, que permaneceu no solo após o cultivo do milho, proveniente da mucuna-preta (em média 50%) foi superior a da uréia (em média 33%). A recuperação média de N da mucuna-preta no sistema solo-planta foi de 61%, ao passo que a da uréia foi de 76%; o restante foi perdido no sistema. A combinação com o adubo verde favorece a recuperação de N da uréia no sistema solo-planta.; 2003

Influência da adubação verde e diferentes adubos orgânicos na produção de fitomassa aérea de atroveran.

MORAIS, L. A. S. de; BARBOSA, A. G.
Fonte: In: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 51., 2011, Viçosa, MG. Hortaliças: da origem aos desafios da saúde e sustentabilidade: anais... Viçosa, MG: ABH, 2011. p. 4868-4873. Publicador: In: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 51., 2011, Viçosa, MG. Hortaliças: da origem aos desafios da saúde e sustentabilidade: anais... Viçosa, MG: ABH, 2011. p. 4868-4873.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.87%
Resumo: Este trabalho teve por objetivo verificar o efeito de diferentes adubos orgânicos em associação ou não com adubo verde na produção de folhas de Ocimum selloi Benth., planta nativa do Brasil. O experimento foi conduzido na área experimental da Embrapa Meio Ambiente (CNPMA), localizado no município de Jaguariúna, em duas áreas distintas, sendo uma delas submetidas anteriormente ao plantio e incorporação de adubo verde (Crotalaria juncea). Os tratamentos utilizados foram: T1 - testemunha (solo sem adubação), T2 - cama de aviário (5 kg/m2), T3 - hidrolisado de peixe (produto comercial Fishfértil - 5 mL/m2) e T4 - composto orgânico (4 kg/m2). A colheita foi realizada 180 dias após o plantio, em Janeiro de 2011, sendo colhidas as plantas úteis (quatro plantas por parcela). Avaliou-se o rendimento de fitomassa fresca e seca. O delineamento experimental adotado foi o esquema fatorial 2x4, com quatro repetições (blocos). As médias obtidas foram submetidas à análise de variância seguida de teste de médias (Tukey). Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que a cama de aviário apresentou resultados mais satisfatórios quanto à produção de folhas de Ocimum selloi quando comparados aos demais tratamentos orgânicos...

Rendimento do óleo essencial de Ocimum selloi benth. submetido a diferentes adubos orgânicos em associação ou não à adubação verde.

BASAGLIA, F. S.; MORAIS, L. A. S. de; CASTANHA, R. F.; TERRA, S. M. T.
Fonte: In: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5., 2011, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2011. 1 CD ROM. Publicador: In: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5., 2011, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2011. 1 CD ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.9%
Este trabalho teve por objetivo verificar o efeito de diferentes adubos orgânicos em associação ou não com adubo verde no rendimento de óleo essencial de folhas de Ocimum selloi Benth., planta nativa do Brasil. O experimento foi conduzido na área experimental da Embrapa Meio Ambiente (CNPMA), localizado no município de Jaguariúna, em duas áreas distintas, sendo uma delas submetidas anteriormente ao plantio e incorporação de adubo verde (Crotalaria juncea). Os tratamentos utilizados foram: T1 - testemunha (solo sem adubação), T2 - cama de aviário (5 kg/m2), T3 - hidrolisado de peixe (produto comercial Fishfértil - 5 mL/m2) e T4 - composto orgânico (4 kg/m2). A colheita foi realizada 180 dias após o plantio, em Janeiro de 2011, sendo colhidas as plantas úteis (quatro plantas por parcela). Os óleos essenciais das folhas foram extraídos por hidrodestilação em aparelho tipo Clevenger modificado. Avaliou-se o rendimento de óleo essencial sobre o rendimento de fitomassa seca. O elineamento experimental adotado foi o esquema fatorial 2x4, com quatro repetições (DBC). As médias obtidas foram submetidas à análise de variância seguida de teste de médias (Tukey). Não foram observadas diferenças significativas no rendimento do óleo essencial de folhas de O. selloi submetidas ou não à adubação verde...

Avaliação de biomassa e de nutrientes de Gliricidia sepium como fonte de adubo verde em sistemas agroflorestais na Amazônia Ocidental.

SOUSA, S. G. A. de; PICANÇO, P.
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA OCIDENTAL, 3., 2007, Manaus. Anais... Manaus: Embrapa Amazônia Ocidental, 2008. p. 113-118. (Embrapa Amazônia Ocidental. Documentos, 57). Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA OCIDENTAL, 3., 2007, Manaus. Anais... Manaus: Embrapa Amazônia Ocidental, 2008. p. 113-118. (Embrapa Amazônia Ocidental. Documentos, 57).
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.58%
Este trabalho teve como objetivo avaliar o comportamento de gliricídia quando submetida a regimes de podas e a capacidade de produção de biomassa e de nutrientes para adubação verde, em um sistema agrossilvicultural estabelecido em áreas de pastagem degradada na Amazônia Ocidental.; 2008

Influência de adubação verde e diferentes adubos orgânicos na produção de fitomassa aérea de atroveran (Ocimum selloi Benth).

MORAIS, L. A. S. de; BARBOSA, A. G.
Fonte: Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, v. 14, n.esp., p. 246-249, 2012. Publicador: Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Botucatu, v. 14, n.esp., p. 246-249, 2012.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.87%
Este trabalho teve por objetivo verificar o efeito de diferentes adubos orgânicos em associação ou não com adubo verde na produção de folhas de Ocimum selloi Benth, planta nativa do Brasil. O experimento foi conduzido na área experimental da Embrapa Meio Ambiente (CNPMA), localizado no municipio de Jaguariuna, em duas áreas distintas, sendo uma delas submetidas anteriormente ao plantio e incorporação de adubo verde (Crotalaria juncea). Os tratamentos utilizados foram T1-testemunha (solo sem adubação), T2-cama de aviário (5Kg m-2),T3-hidrolisado de peixe (produto comercial Fisfértil-5mL m-2) e T4-composto orgânico (4Kgm-2). A colheita foi realizada 180 dias após o plantio, em janeiro de 2011, sendo colhidas as plantas úteis (quatro plantas por parcela). Avaliou-se o rendimento de fitomassa fresca e seca. O delinesmento experimental adotado foi o esquema fatorial 2x4, com quatro repetições (blocos). As m[édias obtidas foram submetidas à análise de variãncia seguida de teste de médias (Tukey). Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que a cama de aviário apresentou resultados mais satisfatórios quanto à produção de folhas de Ocimum selloi quando comparados aos demais tratamentos orgânicos, não se observando incremento nos resultados pela associação com o adubo verde Crotalaria juncea; 2012

Leucaena leucocephala como adubo verde para a cultura de feijão em cerrado.

CHAGAS, J. M.; KLUTHCOUSKI, J.; AQUINO, A. R. L. de.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 16, n. 6, p. 809-814, nov./dez. 1981. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 16, n. 6, p. 809-814, nov./dez. 1981.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.7%
Foram conduzidos dois ensaios, visando avaliar a leucena (Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit.) como adubo verde, em um Latossolo Vermelho-Escuro, sob vegetação de cerrado, no município de Goiânia, Goiás.; 1981

Consórcios com potencial de uso como adubo verde no município de Paty do Alferes-RJ.

DIAS, P. F.; SOUTO, S. M.
Fonte: Agronomia, Seropédica, RJ, v. 39, n. 1/2, p. 65-70, 2005. Publicador: Agronomia, Seropédica, RJ, v. 39, n. 1/2, p. 65-70, 2005.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.7%
Foi feito um experimento sob condições de campo no município de Paty do Alferes-RJ, com a finalidade de avaliar os efeitos dos consórcios, mucuna-preta (Mucuna aterrima) e crotalaria (Crotalaria juncea), consorciados com o milho (Zea mays cv. BR-116), na produção de fitomassa e acumulo de nitrogênio nas plantas dessas espécies e das plantas invasoras. O delineamento experimental foi O de blocos ao acaso, com quatro repetições e os três tratamentos: mucuna-preta + milho; crotalaria + milho e milho. A produção de fitomassa seca no tratamento só com milho foi significantemente (p<0,05) maior quando comparada com a produção do milho no consórcio, aproximadamente o dobro e nove vezes maior que nos consórcios com mucuna-preta e crotalaria respectivamente. No consórcio mucuna preta + milho, a leguminosa contribuiu com 61 % da produção da fitomassa seca, enquanto no consórcio crotalaria+ milho a contribuição foi de 89%. Não foi observado plantas invasoras nas parcelas do consorcio de mucuna-preta + milho. A fitomassa seca do milho nas parcelas sem consórcio apresentou um teor de N (0,69%) menor do que no milho consorciado com a crotalaria (1,36%) e com mucuna-preta (1,25%).0 teor de N da mucuna-preta (3,12%) no consórcio foi maior do que com a crotalaria (2...

Adubação verde e o acúmulo de macronutrientes na cultura do milho cultivado em solo degradado.

OLIVEIRA, F. R. A. de; COSTA, M. C. G.; SOUZA, H. A. de; CARVALHO, M. A. R. de; FERNANDES, J. K. S.; SOUSA, J. M. S.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 35., 2015, Natal. O solo e suas múltiplas funções: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2015. 4 f. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 35., 2015, Natal. O solo e suas múltiplas funções: anais. Natal: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2015. 4 f.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.58%
Resumo: O uso de leguminosas como adubo verde é uma prática que proporciona melhoria nas propriedades físicas químicas e biológicas do solo. Supõe-se que diferentes espécies de leguminosas arbóreas bem como suas diferentes partes contribuam de forma diferenciada para um maior acúmulo de macronutrientes pelas culturas. Este estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar a influência da adição de resíduos de leguminosas arbóreas no acúmulo de macronutrientes na cultura do milho 65 dias após a aplicação. O experimento foi realizado em vasos com solo degradado em delineamento de blocos ao acaso, com dez tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos avaliados foram: T1 - Sem resíduo de leguminosas, T2 - Folhas de Mimosa caesalpiniifolia, T3 - Galhos de Mimosa caesalpiniifolia, T4 - Folhas + galhos de Mimosa caesalpiniifolia, T5 - Folhas de Mimosa hostilis, T6 - Galhos de Mimosa hostilis, T7 - Folhas + galhos de Mimosa hostilis, T8 - Folhas de Gliricidia sepium, T9 - Galhos de Gliricidia sepium e T10 - Folhas + galhos de Gliricidia sepium. Avaliou-se os acúmulos de nitrogênio (N), fósforo (P), potássio (K), cálcio (Ca) e magnésio (Mg) na parte aérea do milho (colmo, folhas e inflorescências) aos 65 dias após a aplicação dos resíduos. Todos os tratamentos influenciaram positivamente no acúmulo N e P. Os tratamentos T3 e T6 não contribuíram para o acúmulo de K. Para o Ca...

Sobre a composição mineral do aguapé (Eichornia crassipes); On the mineral composition of water hyacinth (Eichornia crassipes)

Malavolta, E.; Malavolta, M.L.; Cabral, C.P.; Antoniolli, F.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1989 POR
Relevância na Pesquisa
46.7%
Tendo em vista a utilização do aguapé como adubo verde foram feitas determinações de macronutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S) e de micronutrientes (B, Cl, Co, Cu, Fe, Mn, Mo, Ni, Zn) nas raízes, caules e folhas de amostras colhidas na zona rural de Ourofino, MG. Verificou-se que 1kg da planta inteira possui as seguintes quantidades de nutrientes: N-10,3g, P-1,6, K-49,0, Ca-25,8, Mg-10,5 e S-3,3; B-25mg, C@-10436mg, Co-l,9mg, Cu-10,2mg, Fe-8969mg, Mn-1415mg, Mo-2,3mg, Ni-4,0mg e Zn-41,6mg. Fez-se uma comparação entre os nutrientes contidos no aguapé e no esterco de curral e discute-se o seu possível uso como adubo verde, fonte de matéria orgânica e de minerais.; The concentration of macro and micronutrients in roots, stems and leaves of water hyacinth was determined. One kg of the whole plant contains the following quantities of elements: N-10.3g, P-1.6, K-49.0, Ca-25.8, Mg-10.5 and S-3.3; B-25mg, C@-10,436, Co-1.9, Cu-1.2; Fe-8,969, Mn-1,415, Mo-2.3, Ni-4.0 and Zn-41.6. After comparing the composition of water hyacinth with that of stable manure, its use as green manure is discussed.

Gestão do azoto no solo numa rotação hortícola no modo de produção biológico

Pinto,Rui; Brito,Luis Miguel; Coutinho,João
Fonte: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal Publicador: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.9%
Realizou-se uma rotação anual com uma cultura de cobertura de ervilhaca (Vicia sativa L.) e centeio (Secale cereale L.) como adubo verde, seguida por batata (Solanum tuberosum L.) e alface (Lactuca sativa L.) com o objetivo de contribuir para melhorar a gestão do azoto (N) no solo em agricultura biológica. A mineralização de N foi determinada através de uma incubação de campo em resposta à aplicação de adubo verde, compostado (20 e 40 t ha-1) e adubo orgânico (1 e 2 t ha-1) à cultura da batata. A mineralização de N no compostado ocorreu durante todo o período de desenvolvimento das culturas, enquanto no adubo orgânico uma percentagem elevada de N mineralizou-se logo nos primeiros dias após incorporação ao solo, do que resultou uma maior disponibilidade de N e uma produção superior na cultura da batata com 2 t ha-1 de adubo em comparação com a aplicação de 20 t ha-1 de compostado e superior na alface com a aplicação do compostado em comparação com o adubo orgânico.