Página 1 dos resultados de 480 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Instrumentos gerenciais utilizados na administração pública com foco no cidadão

Soares, Ana Paula Fleury de Macedo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
76.22%
Estuda a Reforma do Estado, na perspectiva da Administração Pública Gerencial. Aborda as práticas utilizadas no modelo gerencial para melhorar o atendimento ao cidadão. Discorre sobre três estratégias: reestruturação da máquina pública, implantação de mecanismos de controle de desempenho e instituição de canais de comunicação com a sociedade civil. Caracteriza a associação entre essas estratégias e o papel do Estado, apontando diferenças no emprego dessas ferramentas gerenciais.

Heranças patrimonialistas, (dis)funções burocráticas, práticas gerenciais e os novos arranjos do estado em rede: entendendo a configuração atual da administração pública brasileira

Costa, Gustavo Pereira da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.26%
O objetivo do trabalho é compreender a configuração atual da administração pública brasileira a partir da identificação dos seus atributos caracterizadores, tomando como ponto de partida a rejeição da ideia de modelos rígidos e de ruptura entre esses modelos. Os caminhos teóricos percorridos, e que culminaram com a construção de um quadro teórico preliminar, contemplaram inicialmente: a análise histórico-conceitual das relações entre sociedade, Estado e administração pública; a análise da formação do Estado brasileiro desde o período colonial até os dias atuais; a apresentação das configurações da administração pública brasileira, consagradas pela literatura e seus respectivos atributos. Em seguida, foram resgatadas as bases teóricas da administração pública patrimonial, desde a ideia weberiana de dominação patrimonial até as contribuições de alguns interpretes do pensamento social brasileiro à luz da experiência nacional. Foram apresentadas as bases teóricas da administração pública burocrática, desde o tipo ideal weberiano de dominação racional-legal até a releitura do seu processo de implementação e desenvolvimento no Brasil. Também foram expostas as bases teóricas da administração pública gerencial...

Comunicação organizacional em órgãos públicos : o impacto da nova administração pública sobre o processo de comunicação na prefeitura de Herval

Miranda, Daiane de Carvalho Madruga
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
A comunicação organizacional está cada vez mais extrapolando o âmbito das empresas privadas e suas técnicas vêm ganhando espaço nas organizações públicas. A administração pública também tem sofrido mudanças substanciais ao longo dos séculos e as características empresariais estão sendo introduzidas nas organizações públicas a partir da implantação do modelo gerencial. Partindo dessas constatações, este trabalho pretendeu analisar o impacto da Nova Administração Pública sobre o processo de comunicação da Prefeitura Municipal de Herval. Para atingir seu objetivo a pesquisa baseou-se na caracterização teórica dos principais modelos administrativos que delinearam a administração pública até se chegar ao modelo gerencial e na caracterização e descrição dos elementos da comunicação organizacional. A pesquisa de natureza qualitativa lançou mão da técnica do estudo de caso utilizando como objeto de estudo a Prefeitura Municipal de Herval. Os entrevistados foram selecionados por amostragem não probabilística por julgamento e após a coleta de dados, a análise foi feita com base nas seguintes categorias de comunicação: administrativa, gerencial, social e sistemas de informação. O estudo concluiu que o contato face a face é muito utilizado na comunicação interna...

A transição para o modelo gerencial na Administração Pública Federal Brasileira

Schneider, Claudio Samuel Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.42%
O presente trabalho objetiva verificar a transição do modelo de Administração Pública Gerencial ocorrida no Brasil, a partir do governo Fernando Henrique Cardoso. Para tanto, realizou-se pesquisas para compreensão dos principais modelos teóricos de Administração Pública – patrimonial, burocrático e gerencial – em um contexto brasileiro. Demonstrou-se o arcabouço legal para a implementação da Reforma Gerencial no Brasil. Reforma essa que teve como base o Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado (PDRAE), idealizado por Bresser-Pereira, em que se detalham seus objetivos e seu diagnóstico. Fez-se um estudo das organizações sociais, agências executivas e do contrato de gestão. Mostrou-se, também, a análise de pessoal no período, detalhando sua variação quantitativa no nível de escolaridade.; This paper aims to verify the transition model of Public Administration occurred in Brazil, since the government Fernando Henrique Cardoso. To this end, we carried out research to understanding of the main theoretical models of Public Administration - patrimonial, bureaucratic and managerial - in a Brazilian context. It demonstrates the legal framework for the implementation of Reform Management in Brazil. That this reform was based on the Master Plan Reforming the State (PDRAE)...

O impacto da reforma gerencial da administração pública no Sistema Único de Saúde do Brasil

Basler, Ingrid Neumann
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Este artigo pretende analisar o impacto da implantação do modelo gerencial de Administração Pública, a partir da segunda metade dos anos 1990, no Sistema Único de Saúde. Portanto, o Campo de Estudo deste artigo está localizado na fronteira interdisciplinar da Saúde Coletiva e da Administração Pública. Para realizar tal tarefa, o Tipo de Estudo adotado é o Método Hipotético-Dedutivo, com uma abordagem predominantemente qualitativa. Ademais, os Tipos de Pesquisas utilizados são fundamentalmente o bibliográfico e o documental. Para tanto, no trabalho são analisados textos históricos (publicações do Ministério da Saúde, além de programas em saúde), artigos científicos e documentos legais (texto constitucional, leis infraconstitucionais e atos administrativos). A estrutura do artigo é composta por três partes: direito à saúde no Brasil; reforma gerencial da Administração Pública brasileira; e impacto do modelo gerencial nos formatos organizacionais e contratuais que são utilizados pelo SUS, a partir de 1995.

Administração pública brasileira entreo gerencialismo e a gestão social

Paula,Ana Paula Paes de
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.33%
O objetivo deste artigo é analisar, em uma perspectiva comparada, a administração pública gerencial e a administração pública societal, propondo uma agenda de pesquisa para futuras investigações. Examinamos os antecedentes e as características desses modelos de gestão pública. Em seguida, comparamos os modelos a partir de seis variáveis de observação: a origem, o projeto político, as dimensões estruturais enfatizadas na gestão, a organização administrativa do aparelho do Estado, a abertura das instituições à participação social e a abordagem de gestão. Por fim, enfatizamos os limites e os pontos positivos de cada um dos modelos, além de enfatizarmos a necessidade de aprofundamento dos estudos sobre a administração pública societal e a abordagem de gestão social.

Modelos organizacionais e reformas da administração pública

Secchi,Leonardo
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.37%
Este artigo foi elaborado a partir de uma pesquisa bibliográfica em livros e artigos científicos clássicos ou recentemente publicados na literatura de administração pública na Europa e nos Estados Unidos, e faz uma comparação dos quatro modelos organizacionais e relacionais que vêm inspirando o desenho das estruturas e processos nas recentes reformas da administração pública. Os modelos analisados são o burocrático, a administração pública gerencial, o governo empreendedor e a governança pública. Recentemente, reformas administrativas vêm pregando a substituição progressiva do modelo burocrático weberiano por novos modelos de gestão e de relação do Estado com a sociedade. Este artigo mostra que os novos modelos compartilham características essenciais com o modelo tradicional burocrático e, portanto, não são modelos de ruptura. Também é argumentado que reformas da administração pública transformam-se facilmente em políticas simbólicas, e que políticos e burocratas tentam manipular a percepção do público em relação ao desempenho dos governos. Não são raros os esforços de reforma da administração pública que avançam mais em autopromoção e retórica do que em fatos concretos. Por último...

Análise da aplicabilidade do modelo gerencial na administração municipal

Araújo,Priscila Gomes de; Pereira,José Roberto
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.51%
Esse artigo tem como objetivo identificar e analisar as razões pelas quais a administração de um município do estado de Minas Gerais não adotou, integralmente, o modelo gerencial, tendo percorrido mais de 15 anos desde a última reforma do estado e mais de oito anos do Choque de Gestão de Minas Gerais. Para tanto, utilizou-se como parâmetro de análise e investigação o Índice de Administração Pública Gerencial (IAPG), desenvolvido por Freitas Jr. (2009), com base nos pressupostos teóricos do modelo de administração pública gerencial. Nesse sentido, foi realizada uma análise das características e objetivos do modelo gerencial, bem como a demonstração dos esforços para utilização desse modelo na administração pública brasileira nos três níveis de governo. A abordagem metodológica utilizada é qualitativa e de natureza teórico-empírica, adotando-se como instrumento de coleta de informações um roteiro de entrevistas abertas com prefeitos, chefes de gabinete, vereadores e secretários das duas últimas gestões municipais, que correspondem aos mandatos de 2001 a 2004 e de 2005 a 2008. Os resultados alcançados mostram que o maior entrave para a adoção efetiva do modelo de administração pública gerencial no município é a falta de capacidade de gerenciamento e conhecimento dos próprios prefeitos em relação ao modelo. Nesse sentido...

Choque de gestão ou choque de racionalidades? O desempenho da administração pública em questão

Brulon,Vanessa; Vieira,Marcelo Milano Falcão; Darbilly,Leonardo
Fonte: Escola de Administração da UFRGS Publicador: Escola de Administração da UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.09%
A partir dos processos de reforma gerencial colocados em prática em âmbito mundial, desencadearam-se propostas de reformas seguindo esta mesma lógica, também em nível estadual. O programa Choque de Gestão, implementado no Estado de Minas Gerais, é um exemplo deste tipo de proposta e merece destaque por ser avaliado de maneira bastante positiva na literatura especializada. Neste sentido, o objetivo do presente trabalho é analisar em que medida o programa Choque de Gestão, do Governo do Estado de Minas Gerais, compreende as diferentes dimensões de desempenho. Para tal, propõe-se um modelo teórico que relacione os conceitos de racionalidade instrumental e racionalidade substantiva, conforme analisadas por Ramos (1989), com o paradigma multidimensional proposto por Sander (1995). Para este último, a noção de desempenho deve ser pensada de forma mais ampla, tendo como base os critérios de eficiência, eficácia, efetividade e relevância. Aos conceitos de eficiência e eficácia relaciona-se o de racionalidade instrumental, baseada no cálculo utilitário das conseqüências, e aos de efetividade e relevância, o de racionalidade substantiva, fundamentada em valores. A relação entre os conceitos representa o quadro referencial de análise da pesquisa. Optou-se pela pesquisa qualitativa e os dados foram coletados por meio de pesquisa documental e analisados por meio do método de análise argumentativa. Para a realização da análise...

Os desafios do controle interno governamental diante da reforma do estado: o caso do programa de modernização do controle interno do estado da Paraíba (Promocin)

Toscano Jr,Eudes Moacir; Leitão,Carla Renata Silva
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
86.23%
Este artigo tem por objetivo desenvolver um estudo comparativo entre as atividades definidas no componenteauditoria e controle interno do Programa de Modernização do Controle Interno do Estado da Paraíba (Promocin) - coordenado pela Secretaria do Controle da Despesa Pública (SCDP) - e as diretrizes lançadas pelo processode reforma do Estado brasileiro para implantação do paradigma da administração pública gerencial no setor público. Esse paradigma aponta para um modelo de gestão do controle interno a posteriori, mais enfocado na avaliação dos resultados da aplicação dos recursos públicos do que no mero cumprimento das formalidades legaisaplicáveis às despesas públicas. O estudo foi realizado através de levantamentos bibliográficos e documentais acerca do tema, com o intuito de averiguar a consonância entre as atividades contempladas no Promocin e a tendência atual estabelecida pelos ventos da reforma do Estado para o perfil das entidades de auditoria e controle interno da esfera governamental. A pesquisa demonstrou a condição de vanguarda da Secretaria do Controle da Despesa Pública que, através do Promocin, vem procurando estabelecer ações de controle mais efetivas no processo de avaliação dos gastos públicos...

Administração pública tupiniquim: reflexões a partir da Teoria N e da Teoria P de Guerreiro Ramos

Zwick,Elisa; Teixeira,Marília Paula dos Reis; Pereira,José Roberto; Vilas Boas,Ana Alice
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
96.38%
O objetivo deste ensaio teórico é promover uma reflexão acerca da administração pública brasileira contemporânea sob o enfoque da Teoria N e da Teoria P de Guerreiro Ramos. Após a recuperação dos pressupostos de cada abordagem proposta por Ramos, buscou-se alinhá-las a diferentes teorias de administração pública. A administração pública gerencial, conhecida no âmbito internacional como nova administração pública, foi introduzida no Brasil no governo Fernando Henrique Cardoso por meio da Reforma do Estado. Tal qual foi planejada, a administração pública gerencial caracteriza-se como Teoria N, uma vez que está imbricada pela força da estrutura e pela racionalidade instrumental. Todavia, por esbarrar em características culturais, tais como o autoritarismo, o personalismo e o coronelismo, esse modelo não foi plenamente desenvolvido no Brasil, sendo relativizado em sua aplicação prática. Assim, tornou-se uma hibridização de diversos modelos de gestão, unindo características do patrimonialismo, da burocracia e do gerencialismo, bem como indícios de gestão social. Essa hibridização institui, na verdade, um novo modelo de gerir a coisa pública, formando o que se denomina administração pública tupiniquim...

Administração pública gerencial : O tribunal da cidadania e o foco no cliente/cidadão : estudo de caso do STJ

Bernardes, Demétrius Alarcão
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.19%
Trabalho apresentado ao Centro Universitário de Brasília (UniCEUB/ICPD) como pré-requisito para a obtenção de Certificado de Conclusão de Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão e Administração Pública.; Estuda o modelo de gestão pública utilizado pelo Superior Tribunal de Justiça e quais ações o tem implementado com foco no cliente/cidadão, seus mecanismos de avaliação e controle dessas ações e de que forma é feita a comunicação desses resultados para a sociedade. O estudo desenvolve-se partindo da contextualização das diferentes formas de administração pública e suas influências no modelo de administração pública no Brasil; a administração pública focada no cliente/cidadão tendo a qualidade de produtos e serviços públicos como sua satisfação; e a trajetória do STJ como Tribunal da Cidadania.; Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Da administração pública patrimonialista à administração pública gerencial e a burocracia

Violin, Tarso Cabral
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.11%
Analisa a administração pública brasileira, do patrimonialismo, passando pelo modelo burocrático, até a tentativa de implementação do gerencialismo- neoliberal no final do século XX.

Santos, Paula Regina Galdino Os desafios da administração gerencial no Poder Judiciário : adoção de expertises gerenciais importadas para a administração judiciária

Regina Galdino Santos, Paula; Bezerra Marques, Denilson (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.35%
O estudo objetivou compreender o processo de adoção de expertises gerenciais importadas pelo Judiciário Brasileiro, notadamente, do Programa de Gestão da Qualidade, bem como o seu desdobramento dentro dessa instituição. Consideraram-se os desafios da Reforma Administrativa no Poder Judiciário e a disseminação massiva de métodos e conceitos originados em outras realidades nacionais para a administração pública brasileira. A pesquisa inclui a revisão da literatura de maneira a resultar num maior entendimento do processo de modernização da organização burocrática vigente nesse Poder, dentro do contexto de Reforma da Administração Pública Gerencial brasileira, bem como em inserções na unidade estudada por meio de análise documental e entrevistas para exame do ciclo de vida do Programa da Qualidade implantado. Os resultados mostram o desenvolvimento de uma adoção acrítica da expertise gerencial importada, sem uma atitude crítico-assimilativa para ganharem significado e adequação à realidade local, inexistindo uma análise sistemática para adaptação do Programa à organização burocrática da instituição; Justiça Federal em Pernambuco

Administração pública e racionalidade material

Andrade, Melanie Merlin de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.2%
Resumo: Neste trabalho objetiva-se tratar da recepção da racionalidade material - concretizada no valor justiça e na pretensão à correção - na Administração Pública brasileira. Para tanto, utilizou-se como base o modelo do tipo ideal de burocracia weberiana, o qual em muito subsiste no modelo de administração pública gerencial, implantado no Brasil em 1998. A partir desses conceitos, tendo por base que a justiça é um dos elementos legitimadores do direito e valendo-se dos instrumentais teóricos de Robert Alexy, apresenta-se a teoria dos princípios para introduzir as bases estruturais da Administração Pública brasileira, consignadas no artigo 37 da Constituição. A legalidade, entendida como regra, recebe atenção especial não só em razão do entendimento diverso que lhe é dado por Weber, Alexy e pela doutrina brasileira, mas também em razão da juridicidade, segundo a qual a legalidade deve ser percebida como subsunção do fato não só à lei, mas ao Direito. Desta forma, e, tendo em vista que a justiça é um valor institucionalizado pelo direito, uma lei extremante injusta carece de validade e não deve ser aplicada pelo administrador público. De posse desses conceitos, apresentam-se três pressupostos para a recepção do valor justiça na burocracia: a dominação legal-racional está permeada por valores...

O processo de controle de concessão de créditos adicionais para empresas estatais dependentes: um estudo de caso

Hatadani, Alexandre Augusto Mendes
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Administração Pública; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Administração Pública; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 22/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.28%
This paper investigates the implementation of a control process for additional credit concession by the Federal Budget Secretary (SOF), aiming at the payment of legal sentences within dependent state-owned enterprises. A research method, we adopted a case study, evaluating the quantitative and qualitative aspects of the process. This control is analyzed according to the process management theory, in addition to its contributions for the increase in efficiency and accountability, considering Managerial Public Administration within the Federal Public Administration as predominant theoretical mark. We based this study on an exemplary case and expense quantitative data obtained from a public access database. Statistical analysis does not allow us to conclude based on the increase in efficiency of public expense management. Regarding the accountability aspect, there is still the need for improvement. A contribution for these improvements, we suggest the creation of partnerships with competent organs in exerting control of administrative acts, and the steering of t he legal defense of these enterprises as a means to increase expense efficiency and ensure the compromise of the managers responsible for decision that lead to onerous legal convictions...

Entre a administração e a politica : os desafios da gestão publica democratica

Ana Paula Paes de Paula
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.36%
Neste trabalho, colocamos em questão o caráter inovador e democrático da nova administração pública. Nosso objetivo é discutir os limites deste modelo de gestão e também identificar alternativas de investigação que apontem para a construção de uma gestão pública democrática. Para isto, examinamos as raízes deste modelo de gestão e analisamos a experiência brasileira. Nossa tese central é que a nova administração pública mantém a dicotomia entre a política e a administração, pois adere a uma dinâmica administrativa que reproduz a lógica centralizadora das relações de poder e restringe o acesso dos cidadãos ao processo decisório. Além disso, o seu grau de inovação é questionável porque este modelo tende a imitar as idéias e práticas da gestão empresarial, desviando-se da elaboração de alternativas administrativas adequadas para o setor público. Tomando esta tese como referência, focalizamos o caso brasileiro, cuja recente reforma do Estado se organizou em tomo de duas orientações políticas: 1) a vertente "gerencial", que, inspirando-se no movimento internacional pela reforma do Estado, implementa a administração pública gerencial; e 2) a vertente "alternativa", que busca novas formas de organização e administração do Estado para construir uma administração pública popular. Para abordar a tese deste trabalho...

Administração pública burocrática e gerencial

Nascimento, Pedro Henrique Serejo
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.49%
O estudo deste trabalho foi dirigido para a análise da evolução histórica da administração pública brasileira em relação aos modelos burocrático e gerencial. O modelo burocrático inicia-se no Brasil a partir de 1930, com o governo de Getúlio Vargas, em um regime com traços autoritários, permanecendo até 1985, ano em que chega ao fim a ditadura militar. O sistema que sucede a burocracia é o gerencial, ainda hoje predominante na administração pública. A burocracia foi adotada pelo Brasil na tentativa de se banirem práticas de corrupção e nepotismo, comuns no período que antecedeu a reforma. Concluída a reforma burocrática, ainda era possível identificar traços do modelo anterior. O mesmo ocorre atualmente com a reforma gerencial, em que se percebem características do modelo burocrático na atual administração pública. Assim, pode-se afirmar que não existem modelos administrativos puros, já que todos se constroem a partir de um sistema pré-existente. Então, para se compreender a presente situação da administração pública brasileira, é necessário estudar a evolução e os marcos históricos que antecederam a reforma gerencial. Deve-se ainda analisar, de forma pormenorizada, o modelo burocrático...

Contabilidade Gerencial no setor público: o caso de Minas Gerais; Management Accounting in public sector: the case of Minas Gerais State

Borges, Thiago Bernardo; Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte - MG; Matias, Márcia Athayde
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.35%
A crise vivida pelos Estados nacionais na década de 1970 fomentou o debate acerca do modelo de gestão burocrático e motivou os gestores a buscarem alternativas consideradas mais eficientes na provisão dos serviços públicos. Dessa forma a administração pública gerencial começou a se espalhar pelo mundo, pregando o foco nos resultados e gestão baseada em indicadores de desempenho. Infere-se que a contabilidade pública em sua linha gerencial muito pode contribuir para a gestão por resultados no setor público. Assim, este estudo verificou que no governo do Estado de Minas Gerais, onde a cultura gerencial está em processo de institucionalização, a contabilidade pública com suas regras atuais participa como base para a elaboração dos indicadores de desempenho institucional, mas carece de inovações para se adequar as necessidades gerenciais dos tomadores de decisão.; The Nationals States lived a crisis in the seventy years. This crisis fomented a debate about the administration bureaucratic model and it motivated the managers to find alternative options more efficient in provision of public service. This proposal of the new public management spread around the world disseminating the focus in results and in management based in indicators. Assume that gerencial public accounting have an important contribution to management to results in public sector. This study identified that in government of Minas Gerais State...

Reform of the judiciary in Brazil: an analysis from the public management; A reforma do poder judiciário no Brasil: uma análise a partir do modelo gerencial

Sena, Gabriel Astoni; Universidade Federal de Viçosa; Silva, Edson Arlindo; Universidade Federal de Viçosa; Luquini, Roberto de Almeida; Universidade Federal de Viçosa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Teórico-empírica; Formato: application/pdf
Publicado em 17/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n33p68This article aims to identify the profile of the brazilian Judiciary Reform, by examining the process of state reform. In this sense, the focus of the study was to identify the process of replacing the bureaucratic model for the management, implemented in the Brazilian public administration since 1995, trying to transplant it to the judicial management. In this sense, the paper noted that the National Council of Justice has exercised in this process and the logic of the plan goals of the institution, seeking to describe the bias of this reform. The results showed that sought to implement the goals established for more effective management in the strategic core of the state, with emphasis on promptness. Thus, the managerial logic exercised great influence in the new management model adopted with a view that the guidelines of the reform focused on the strategic objectives of this power and not the fiscal logic, predominantly economistic. It should be noted that not intend to exhaust the subject, however, is necessary to create a framework for debate, to discuss the consequences of adopting this model in the management of the judiciary and its consequences for Brazilian society.; DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n33p68Este artigo tem como objetivo identificar o perfil da reforma no Poder Judiciário brasileiro...