Página 1 dos resultados de 482 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Citrus sinensis leaf petiole and blade colonization by Xylella fastidiosa: details of xylem vessel occlusion; Colonização de pecíolo e folha de Citrus sinensis por Xylella fastidiosa; detalhes da obstrução de vasos do xilema

ALVES, Eduardo; LEITE, Breno; PASCHOLATI, Sérgio Florentino; ISHIDA, Maria Lúcia; ANDERSEN, Peter Craig
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
27.66%
Citrus variegated chlorosis (CVC), caused by Xylella fastidiosa, is an important disease of citrus in Brazil. X. fastidiosa is restricted to xylem vessels of plants and knowledge regarding xylem colonization is still limited. Our goal was to verify how this bacterium colonizes and spreads within xylem vessels of sweet orange Citrus sinensis cv. Pêra. Petioles and pieces of leaf blades from naturally infected plant exhibiting characteristic symptoms were prepared for light microscopy (LM), scanning electron microscopy (SEM), transmission electron microscopy (TEM) and immunogold labeling (IGL). Petioles from healthy plants were used as control. IGL results, using an antibody against wall hemicelluloses, revealed that the pit membrane of vessels was altered. Bacterial cells were observed in the pit between adjacent vessels. Results support the contention that X. fastidiosa produces cellulases to reach adjacent vessels. SEM revealed that colonization of sweet orange started with X. fastidiosa cells attaching to the xylem wall, followed by an increase in the number of bacterial cells, the production of fibrous material, and finally vessel occlusion by biofilm composed of copious amounts of amorphous material, strands and cells. Phenolic materials...

Xylella fastidiosa adesão e colonização em vasos do xilema de laranjeira doce, cafeeiro, ameixeira, fumo e espécies de cigarrinhas vetoras e formação de biofilme sobre película de poliestireno.; Xylella fastidiosa - adhesion and colonization in xylem vessels of sweet orange, coffee, plum and tabacco, and insect vectors and formation of biofilme on polystyrene surface.

Alves, Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
X. fastidiosa é uma bactéria fitopatogênica limitada ao xilema, que tem afetado um grande número de plantas no Brasil e no mundo. Muitos trabalhos já foram realizados sobre esta bactéria, mas pouco se conhece a respeito da adesão, colonização e expressão dos sintomas. Os objetivos deste trabalho foram: a) através do uso da microscopia eletrônica e de luz, determinar e relacionar o número de vasos colonizados de citros, cafeeiro e ameixeira com a sintomatologia em folhas; b) estudar a adesão, migração radial e colonização dos vasos do xilema do pecíolo de folhas de citros pela bactéria; c) estudar algumas variáveis experimentais que afetam a expressão dos sintomas em fumo; d) verificar os sítios de ligação da bactéria em cigarrinhas vetores; e) estudar a adesão e a formação do biofilme por X. fastidiosa em superfície de poliestireno, como uma nova metodologia. Os resultados mostraram em ameixeira e cafeeiro uma relação entre o número de vasos colonizados e a expressão de sintomas necróticos, relação esta que não pode ser observada para citros, o qual apresentava um número de vasos colonizados do pecíolo bem menor que o das outras duas espécies. No estudo da bactéria nos vaso do xilema de citros foi possível verificar as diversas fases do processo de colonização do xilema...

Caracterização do comportamento alimentar de Bucephalogonia xanthophis (Berg) (Hemiptera: Cicadellidae) em citros e suas implicações na transmissão de Xylella fastidosa; Characterization of feeding behavior of Bucephalogonia xanthophis (Berg) (Hemiptera: Cicadellidae) in citrus and its implications for transmission of Xylella fastidiosa

Miranda, Marcelo Pedreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.8%
Xylella fastidiosa é uma bactéria limitada ao xilema de plantas, sendo transmitida principalmente por cigarrinhas da subfamília Cicadellinae (Hemiptera: Cicadellidae). No Brasil, é o agente causal da Clorose variegada dos citros (CVC), doença que afeta laranja-doce [Citrus sinensis (L.) Osbeck]. O objetivo deste trabalho foi caracterizar o comportamento alimentar da cicadelíneo vetor Bucephalogonia xanthophis (Berg) em citros e correlacionar suas atividades estiletares com a transmissão de X. fastidiosa. Inicialmente, testes de escolha e análises de excreção de honeydew foram realizadas para determinar os locais e períodos preferidos para alimentação em mudas de citros. B. xanthophis preferiu a haste dos ramos novos, na parte superior da muda. Esta cigarrinha ingeriu seiva do xilema e apresentou maior volume médio de excreção e maior percentual de indivíduos que excretaram durante a fotofase. Assim, estudou-se a penetração estiletar do vetor na haste de brotações cítricas, durante a fotofase, pela técnica de "Electrical Penetration Graph" (EPG, sistema DC). Os principais padrões de EPG foram correlacionados com análises histológicas e de "honeydew" para determinação da posição exata dos estiletes no tecido vegetal e atividades envolvidas. Seis padrões foram descritos: (S) secreção de bainha salivar e caminhamento dos estiletes através de células da epiderme ou parênquima; (R) estiletes inseridos na planta...

Dendrocronologia e anatomia funcional do xilema ativo de Podocarpus lambertii Klotzch ex Endl.; Dendrochronology and functional anatomy of the active xylem of Podocarpus lambertii Klotzch ex Endl.

Cardim, Ricardo Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
A dendrocronologia constitui-se no estudo dos anéis de crescimento e sua sequencia cronológica, que pode trazer importantes informações a respeito do crescimento dos vegetais lenhosos e seu ambiente. No presente trabalho foram analisados os anéis de crescimento de Podocarpus lambertii em uma população situada em sua zona limite de distribuição, no município de Morro do Chapéu, estado da Bahia. O local apresenta condições diferenciadas, sendo uma elevação em meio a caatinga com afloramentos rochosos que formam estreitos corredores onde os exemplares da espécie se distribuem. Através da dendrocronologia foi construída uma cronologia de 73 anos com 19 indivíduos e 43 raios da população, comprovando a anualidade dos anéis da espécie e sua capacidade de intercorrelação e boa sensitividade, embora a presença de anéis confluentes e falsos tenha ocasionado dificuldades na datação. Essa cronologia é a primeira realizada com P. lambertii. Os resultados mostraram um lento desenvolvimento da espécie no local, como no exemplo de um indivíduo de apenas 12 cm de diâmetro de tronco e 104 anos de idade. Com relação ao clima, os anéis apresentaram grande influência deste fator, com o crescimento sendo negativamente influenciado pela temperatura e precipitação na estação de crescimento (novembro a abril) e positivamente pela insolação. Na avaliação das reservas presentes no xilema de P. lambertii...

Amino acid and ureide transport in the xylem of symbiotic soybean plants during short-term flooding of the root system in the presence of different sources of nitrogen; Transporte de aminoácidos e ureídeos no xilema de plantas de soja simbióticas sob curto período de alagamento do sistema radicular com diferentes fontes de nitrogênio

Thomas, Andre Luis; Sodek, Ladaslav
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
27.54%
O transporte de compostos nitrogenados orgânicos à parte aérea de plantas de soja, através da seiva do xilema, foi investigado para melhor entender as mudanças no metabolismo do sistema radicular sob hipoxia (primeiros 5 dias de alagamento) e com diferentes fontes de N no meio. O NO3 - é benéfico à tolerância das plantas ao alagamento, enquanto que outras fontes de N, como o NH4NO3 e o NH4, não são. Contudo, na presença de NH4 + elevados níveis de aminoácidos foram transportados no xilema, demonstrando sua assimilação. Algum aumento no transporte de aminoácidos também ocorreu com a presença de NO3 - durante o alagamento, mas não na ausência de N no meio. O transporte de ureídeos no xilema foi severamente reduzido durante o alagamento, demonstrando a inibição da fixação de N2 nessa condição. As proporções relativas de alguns aminoácidos no xilema demonstraram mudanças drásticas durante os tratamentos. Alanina aumentou acentuadamente com o sistema radicular sob hipoxia, especialmente com NH4 + como fonte de N, quando ela atingiu aproximadamente 70% dos aminoácidos presentes. Por outro lado, o ácido aspártico atingiu níveis muito baixos que foram inversos aos níveis de alanina, indicando ser ele a fonte imediata de N à síntese de alanina. Os níveis de glutamina também diminuíram numa maior ou menor extensão...

Papel da redutase do nitrato e da asparagina sintetase em plantas de soja (Glycine max L.) sob condições de estresse de nitrogenio; The role of nitrate reductase and asparagine synthetase in soybean (Glycine max L.) under nitrogen stress

Flavia Antunes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.61%
O sistema radicular da soja (Glycine max L.) é um importante sítio da assimilação do nitrogênio (N), seja pela assimilação do nitrato nas raízes, seja pela fixação simbiótica de N atmosférico nos nódulos. Os principais produtos da assimilação do N inorgânico, os aminoácidos asparagina e glutamina, os ureídeos, a alantoína e o ácido alantóico, são usados no transporte de N para a parte aérea. Assim, esses produtos representam uma fonte de N reduzido tanto para os sítios de consumo, quanto para a formação de outros aminoácidos, proteínas, ácidos nucléicos e dos demais compostos nitrogenados sintetizados na célula. O transporte do N assimilado no sistema radicular para a parte aérea é realizado exclusivamente via xilema. Portanto, o objetivo geral deste trabalho foi, relacionar mudanças na composição de aminoácidos transportados no xilema de plantas de soja, provocadas pela deficiência de N, com o comportamento de enzimas de assimilação do N, encontradas no sistema radicular. Para causar a deficiência do N, as plantas de soja foram transferidas para um meio hidropônico sem nitrato ou qualquer outra fonte de N inorgânico. Nas plantas não-noduladas a deficiência se deu pela ausência do nitrato no meio de cultivo...

Relação entre a flexibilidade do caule de seringueira e a carência de boro

Moraes,Larissa Alexandra Cardoso; Moraes,Vicente Haroldo de Figueiredo; Moreira,Adônis
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2002 PT
Relevância na Pesquisa
27.46%
Em algumas culturas com carência de B, observou-se menor deposição de lignina nos elementos do xilema, formando paredes finas e pouco resistentes e menor translocação de carboidratos das folhas para outras partes da planta. Com o objetivo de detectar essas alterações anatômicas no xilema de caules extremamente flexíveis de seringueira (Hevea spp.), que apresentavam sintomas de deficiência de B, realizou-se um estudo anatômico comparativo entre plantas com e sem sintomas de deficiência, quanto à espessura das paredes e grau de deposição de lignina e celulose, bem como quanto à concentração de grãos de amido no parênquima do xilema. Não foi observada variação significativa entre a espessura e o grau de deposição de lignina nas paredes dos elementos do xilema de plantas com e sem sintomas. No entanto, plantas com sintomas apresentaram lamela média de espessura muito reduzida, com menor intensidade de coloração, o que reflete a insuficiência de pectato de cálcio, composto responsável pela adesão entre as células e cuja síntese é bloqueada pela carência de boro. A causa da flexibilidade dos caules foi atribuída à menor coesão entre as células.

Determinación de tamaño de muestra de características del xilema de brote de aguacate mediante remuestreo

Meza-Castillo,Elizabeth; Barrientos-Priego,Alejandro Facundo; Rodríguez-Pérez,Juan Enrique; Reyes-Santamaría,María Isabel
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 ES
Relevância na Pesquisa
37.35%
El propósito de este trabajo fue determinar el tamaño de muestra adecuado, para detectar diferencias estadísticas en análisis de varianza de los caracteres de xilema, en brotes anuales de aguacate. Para esto, fueron registradas en tres árboles con altura contrastante las variables frecuencia, área, perímetro y diámetro de los vasos del xilema. A partir de 50 observaciones de cada árbol, se realizaron 5.000 remuestreos no paramétricos, para cada repetición de 2 a 50 campos microscópicos. A partir del tamaño de muestra de 15 repeticiones, las desviaciones en los cinco estadísticos son mínimas, por lo que se propone como el mínimo para el muestreo de dichas variables.

Relação entre a flexibilidade do caule de seringueira e a carência de boro.

MORAES, L.A.C.; MORAES, V.H. de F.; MOREIRA, A.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 37, nº 10, p.1431-1436, out. 2002. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 37, nº 10, p.1431-1436, out. 2002.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.46%
Em algumas culturas com carência de B, observou-se menor deposição de lignina nos elementos do xilema, formando paredes finas e pouco resistentes e menor translocação de carboidratos das folhas para outras partes da planta. Com o objetivo de detectar essas alterações anatômicas no xilema de caules extremamente flexíveis de seringueira (Hevea spp.), que apresentavam sintomas de deficiência de B, realizou-se um estudo anatômico comparativo entre plantas com e sem sintomas de deficiência, quanto à espessura das paredes e grau de deposição de lignina e celulose, bem como quanto à concentração de grãos de amido no parênquima do xilema. Não foi observada variação significativa entre a espessura e o grau de deposição de lignina nas paredes dos elementos do xilema de plantas com e sem sintomas. No entanto, plantas com sintomas apresentaram lamela média de espessura muito reduzida, com menor intensidade de coloração, o que reflete a insuficiência de pectato de cálcio, composto responsável pela adesão entre as células e cuja síntese é bloqueada pela carência de boro. A causa da flexibilidade dos caules foi atribuída à menor coesão entre as células.; 2002

Determinación de tamaño de muestra de características del xilema de brote de aguacate mediante remuestreo.

MEZA-CASTILLO, E.; BARRIENTOS-PRIEGO, A. F.; RODRÍGUEZ-PÉREZ, J. E.; REYES-SANTAMARIA, M. I.
Fonte: Pesquisa Agropecuaria brasileira., Brasília, v.45, n.12, p.1531-1535, dez. 2010 Publicador: Pesquisa Agropecuaria brasileira., Brasília, v.45, n.12, p.1531-1535, dez. 2010
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.35%
Resumen ? El propósito de este trabajo fue determinar el tamaño de muestra adecuado, para detectar diferencias estadísticas en análisis de varianza de los caracteres de xilema, en brotes anuales de aguacate. Para esto, fueron registradas en tres árboles con altura contrastante las variables frecuencia, área, perímetro y diámetro de los vasos del xilema. A partir de 50 observaciones de cada árbol, se realizaron 5.000 remuestreos no paramétricos, para cada repetición de 2 a 50 campos microscópicos. A partir del tamaño de muestra de 15 repeticiones, las desviaciones en los cinco estadísticos son mínimas, por lo que se propone como el mínimo para el muestreo de dichas variables.; 2010

Xilema secundário de Guettarda uruguensis Cham. e Schltdl. E Schinus terebinthifolia Raddi em área contaminada com óleo mineral isolante e biorremediada

Weiers, Merilluce Samara
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.66%
Resumo: Em 2004 foi identificada uma área, de Floresta Ombrófila Mista, com alta contaminação no solo por óleo mineral isolante (OMI) na Companhia Paranaense de Energia - COPEL (Curitiba, Paraná). Nessa área, a COPEL, desde 1954, realiza o armazenamento e manutenção de equipamentos e o descarte de OMI. A área contaminada foi biorremediada em 2004, reduzindo significativamente o nível de hidrocarbonetos totais de petróleo (HTP) no solo. Com o objetivo de avaliar possíveis alterações na estrutura do xilema secundário caulinar de Guettarda uruguensis Cham. & Schltdl. e Schinus terebinthifolia Raddi, crescendo nessa área, comparou-se o xilema secundário do período contaminado e pós-biorremediado e das plantas da área contaminada e não contaminada. As amostras do solo e do xilema secundário foram coletadas nas duas áreas. Foram retiradas amostras do xilema secundário de cinco indivíduos de cada espécie, em cada área, analisadas em secção transversal e macerado, e comparadas de forma qualitativa e quantitativa. O xilema secundário de G. uruguensis é formado por camadas de crescimento distintas, demarcadas pelo achatamento radial e maior espessamento da parede das fibras; vasos com porosidade difusa e predominância de vasos múltiplos. G. uruguensis apresentou maior comprimento das fibras nas plantas da área não contaminada...

Estudo anatômico do xilema secundário e da casca de algumas espécies dos generos acácia e mimosa, nativas no estado do Rio Grande do Sul

Marchiori, Jose Newton Cardoso
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.46%
O presente trabalho tem por objetivo contribuir para o conhecimento anatômico de algumas espécies de Legaminosae Mimosoideae do sul do Brasil. Foram estudadas a madeira e casca de 5 espcies de ocorrôncia abundante no Estado do Rio Grande do Sul, e pouco conhecidas anatomicamente: Acacia bonariensis Gili. ex llook. et Arn. ; Acacia caven (Mol.)Mol. Acacia tucumanensis Gris. ; Mimosa bimucronata (D.C.)O.Ktze. e Mimosa scabrella Benth. Para fins de comparação foi anali sada a estrutura da madeira de outras 2 espcies de Mimosa, e 6 do gônero Acacia. As espcíes são descritas individualmente, incluindo caracterfsticas botânicas, estrutura geral, macrosc6pica e microsc6pica da madeira, e estrutura anatômica da casca. São tamb6m fornecidos os nomes comuns, distribuição geogrfica, hbitat, e utilizações das espcios estudadas. Foram elaboradas chaves de identificação baseadas em caracteres anatômicos da madeira e casca. Sãd discutidos a variabilidade intra-especifica dos caracteres anatômicos do xilema, e o valor da anatomia da ma deira e casca para a identificação de espcies dos gôneros Acacia e Mimosa. Os resultados obtidos indícaram uma alta heterogeneidade estrutural do xilema nos gêneros e sibilitando uma fácil separação das ospcíes estudadas. As diferenças na estrutura anatmica do xilema dentro do gnero Acacia...

Anatomia e teores nutricionais do xilema secundário de Citharexylum Myrianthum Cham (Verbenaceae) em duas condições de solo

Carvalho, Paulo Gabriel da Silva
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.61%
Resumo: As características físico-químicas dos solos podem afetar o xilema secundário, ocasionando modificações na estrutura anatômica. O objetivo deste estudo foi o de comparar a estrutura anatômica e os teores nutricionais do xilema secundário em duas populações de Citharexylum myrianthum Cham. (Verbenaceae) que ocorrem em dois tipos de solo, Cambissolo e Gleissolo, em uma área de Mata Atlântica, correlacionando-as com as características químicas e físicas destas duas condições edáficas. As amostras de xilema secundário foram coletadas na altura do DAP (diâmetro a altura do peito), em 15 indivíduos de cada população. Para o estudo anatômico, as amostras foram fixadas em FAA50, seccionadas nos planos transversal, longitudinal tangencial e radial, coradas com safranina e montadas em lâminas permanentes, seguindo as técnicas usuais utilizadas em anatomia da madeira. As características quantitativas analisadas foram comprimento e diâmetro dos elementos de vaso, comprimento e espessura da parede das fibras, altura e largura dos raios, frequência dos vasos e raios. Para a análise dos teores nutricionais da madeira, as amostras foram moídas em moinho de Wiley e submetidas às técnicas usuais para a determinação dos teores de macro e micronutrientes. Para comparação entre as populações dos parâmetros anatômicos quantitativos e os teores nutricionais...

Produ????o de Pereira: manejos da planta e vasculariza????o do xilema.; Girldling, arching, pruning, and growth regulators in pear tree: floral biology, vascularization, fruiting and production.

SILVA, Juliana Bertolino da
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Fruticultura de Clima Temperado; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Fruticultura de Clima Temperado; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
A major limitation to the expansion of the pear culture cultivated under mild winter, as South of Brazil, is the cultivar adaptation. During the winter, the temperature fluctuation and low accumulation of cold have been reported by some authors as cause of floral button abortion. Moreover, the pear fruit satisfactorily when well managed, being the pruning and girdling one of the main fruiting techniques. This work aimed to evaluate the responses by pear cultivars to different cultural practices in order to increase the fruit an production and to evaluate the development of xylem vessels during dormancy. The work was carried out in two stages: the first in Brazil at the Federal University of Pelotas and the second in Italy, Faculty of Agriculture, in Pisa. In Garber cultivar, the treatments were: 1- control 2- short summer pruning 3- arching of branches and long summer pruning and 4 arching of branches in the winter, 5 - winter pruning; 6 girdling of branches, 7 Promalin ?? and 8 - Biozyme * TF. For the cultivars Shinseiki and Housui, the treatments were: 1 - control, 2 - trunk girdling in April 3 - ringing branches in April. To Kousui, the treatments were: 1 trunk girdling, 2 - branch girdling + pruning 3- pruning, 4- branch girdling 5-control. For the Conference...

Modelado por elementos finitos del tronco de un árbol : comportamiento mecánico de xilema, floema y corteza

Romera Juárez, Fernando
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/masterThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2009; 2009 SPA
Relevância na Pesquisa
27.73%
Se ha desarrollado un modelo que representa la estructura microscópica de un tronco de árbol de Haya Europea. Dicho modelo detalla los conductos de los tejidos de xilema y floema y ha resultado válido para analizar diferentes configuraciones de presiones en el xilema y en el floema de manera independiente por medio de elementos finitos. Se ha hecho una herramienta útil para analizar los cambios en el alargamiento o contracción del modelo midiendo sus deformaciones tanto dentro como fuera del modelo según la configuración de presiones. Se ha estimado un modulo de Young y un modulo de elasticidad transversal aproximado de la estructura microscópica del árbol de Haya Europea (Anexo I), ajustando así las propiedades elásticas microscópicas. Se ha demostrado que cuando la presión es positiva tanto en los conductos del xilema como los del floema el modelo se expande en la dirección radial y cuando la presión es negativa en el xilema y positiva en el floema es el lo que se cree que pasa durante el día el modelo se contrae en la dirección radial. Las deformaciones tangenciales obtenidas por elementos finitos son del mismo orden que las obtenidas experimentalmente por Tancrède Alméras en su estudio “Strains inside xylem and inner bark of a stem submitted to a change in hydrostatic pressure”...

Constraints on water transport posed by xylem embolism implications for drought and frost resistance in woody plants /

Martínez Vilalta, Jordi,
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em //2002 ENG; ENG
Relevância na Pesquisa
27.73%
Consultable des del TDX; Títol obtingut de la portada digitalitzada; Introducció L'aigua és un recurs i un factor limitant per la vida de les plantes. El transport d'aigua des de les arrels fins a les fulles té lloc fonamentalment a través del xilema. La capacitat d'aquest teixit per transportar aigua (i.e., la seva conductivitat hidràulica) no és constant sinó que depèn de les condicions en què es produeix el transport. En particular, quan els potencials hídrics es fan molt negatius (sequera) o les temperatures molt baixes (glaçada) augmenta el risc que la columna d'aigua a l'interior del xilema es trenqui, amb la consegüent pèrdua de conductivitat. La vulnerabilitat a aquesta disfunció del transport (embolisme) depèn de l'espècie i del teixit considerat, i ha estat reconeguda com un dels factors clau en la resposta de les plantes a diversos estrès ambientals. En aquesta tesi s'han estudiat les implicacions de l'embolisme al xilema per la resistència de diverses plantes llenyoses a l'eixut i a les glaçades, amb els següents objectius: (1) estudiar el mecanisme de formació de les embòlies a causa de les glaçades en Larrea tridentata, (2) comparar l'estructura i el funcionament del xilema d'arrels i branques...

detalhes da obstrução de vasos do xilema; Citrus sinensis leaf petiole and blade colonization by Xylella fastidiosa: details of xylem vessel occlusion

Alves, Eduardo; Leite, Breno; Pascholati, Sérgio Florentino; Ishida, Maria Lúcia; Andersen, Peter Craig
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 ENG
Relevância na Pesquisa
27.66%
Citrus variegated chlorosis (CVC), caused by Xylella fastidiosa, is an important disease of citrus in Brazil. X. fastidiosa is restricted to xylem vessels of plants and knowledge regarding xylem colonization is still limited. Our goal was to verify how this bacterium colonizes and spreads within xylem vessels of sweet orange Citrus sinensis cv. Pêra. Petioles and pieces of leaf blades from naturally infected plant exhibiting characteristic symptoms were prepared for light microscopy (LM), scanning electron microscopy (SEM), transmission electron microscopy (TEM) and immunogold labeling (IGL). Petioles from healthy plants were used as control. IGL results, using an antibody against wall hemicelluloses, revealed that the pit membrane of vessels was altered. Bacterial cells were observed in the pit between adjacent vessels. Results support the contention that X. fastidiosa produces cellulases to reach adjacent vessels. SEM revealed that colonization of sweet orange started with X. fastidiosa cells attaching to the xylem wall, followed by an increase in the number of bacterial cells, the production of fibrous material, and finally vessel occlusion by biofilm composed of copious amounts of amorphous material, strands and cells. Phenolic materials...

Variación anatómica del xilema en tallo de cultivares de tomate injertados en un tipo criollo

Sory Toure,A.; Nieto-Ángel,R.; Rodríguez-Pérez,J. E.; Barrientos-Priego,A. F.; Ibáñez-Castillo,L. A.; Romanchik K.,E.; Núñez-Colín,C. A
Fonte: Universidad Autónoma Chapingo Publicador: Universidad Autónoma Chapingo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 ES
Relevância na Pesquisa
37.54%
El tomate (Solanum lycopersicum L.) es una de las hortalizas más consumidas, sin embargo, por algunos problemas fitopatológicos se ha visto la necesidad de buscar alternativas, para la producción sin afectar la calidad, tales como el uso de portainjertos resistente a factores ambientales y enfermedades, lo que necesariamente se requiere de estudios para evaluar la compatibilidad vegetativa y la resistencia a dichos factores, y uno de ellos es la evaluación de los sistemas vasculares en los puntos de unión del injerto. Por lo anterior este estudio tuvo como objetivo analizar la anatomía de los vasos del xilema e índices de conducción de agua del portainjerto criollo de tomate rojo al que se le injertaron tres diferentes cultivares comerciales. La anatomía del xilema de los cultivares injertados y del portainjerto criollo presentaron cambios con respecto a las plántulas sin injertar. El área, perímetro, longitud del eje mayor y menor de los vasos del xilema de los tallos de plantas, tuvieron valores estadísticamente superiores al realizar los injertos, no así para 'Charleston'/'Criollo de Honduras', 'Sun 7705'/'Criollo de Honduras' y viceversa; con relación a 'Charleston' y 'Sun 7705' sin injertar. 'Reserva F1', en las dos combinaciones ('Reserva F1'/Criollo de Honduras'; 'Criollo de Honduras'/'Reserva F1') y sin injertar...

Estudio anatómico del xilema secundario en siete especies de la subfamilia Acalyphoideae (Euphorbiaceae) en Venezuela

CHAVARRI R,Blanca; LEÓN H,Williams J
Fonte: Fundación Instituto Botánico de Venezuela Dr. Tobías Lasser Publicador: Fundación Instituto Botánico de Venezuela Dr. Tobías Lasser
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 ES
Relevância na Pesquisa
37.18%
Se estudió la estructura anatómica del xilema secundario de siete especies de la subfamilia Acalyphoideae (Euphorbiaceae) que crecen en Venezuela: Alchornea grandiflora, A. triplinervia, Alchorneopsis floribunda, Aparisthmium cordatum, Chaetocarpus schomburgkianus, Pera bicolor y P. glabrata. Se observó un grupo de características uniformes en las especies estudiadas: porosidad difusa, platinas de perforación simple, punteaduras intervasculares alternas, medianas a grandes, punteaduras radiovasculares distintas a las intervasculares, fibras no septadas, paredes delgadas a gruesas, cristales en parénquima radial o axial. Se pueden diferenciar dos grupos: uno donde predomina el parénquima apotraqueal difuso en agregados (Alchornea grandiflora, A. triplinervia, Alchorneopsis floribunda, Aparisthmium cordatum) y otro grupo con parénquima en bandas de 1-2 células de ancho (Chaetocarpus schomburgkianus, Pera bicolor, P. glabrata).

Anatomía del xilema secundario de 14 especies del género PouteriaAubl. (sapotaceae) en Venezuela

León H,Williams J
Fonte: Fundación Instituto Botánico de Venezuela Dr. Tobías Lasser Publicador: Fundación Instituto Botánico de Venezuela Dr. Tobías Lasser
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 ES
Relevância na Pesquisa
37.18%
Se realizó el estudio anatómico de la madera de 14 especies del género PouteriaAubl. (Sapotaceae) que crecen en Venezuela. Las especies estudiadas fueron P. amygdalicarpa, P. caimito, P. coriacea, P. cuspidata subsp. dura, P. decorticans, P. egregia, P. eugeniifolia, P. guianensis, P. hispida, P. macrophylla, P. procera, P. reticulata, P. trilocularis y P. venosa. La descripción se realizó de acuerdo a lo indicado por IAWACommittee. Las características cuantitativas fueron sometidas a un análisis de varianza y prueba de diferencia de medias de Tukey. Se observó homogeneidad del xilema secundario dentro del género, con diferencias en aspectos relacionados con diámetro de poros, diámetro de punteaduras, ancho de radios y número de células de ancho de las bandas de parénquima. Basado en estas características se elaboró una clave que permitió la identificación de las especies estudiadas. Pouteria decorticans y P. hispida sólo fue posible separarlas mediante el uso de características cuantitativas, específicamente el diámetro de punteaduras, mientras que P. egregia y P. procera fueron separadas por la longitud de las fibras.