Página 1 dos resultados de 174 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Diferenciais de cárie dentária entre os índios Xavante de Mato Grosso, Brasil; Between-group differences in dental caries in Xavante Indians from Central Brazil

ARANTES, Rui; SANTOS, Ricardo Ventura; FRAZÃO, Paulo
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR; ENG
Relevância na Pesquisa
38.09%
O objetivo do estudo foi avaliar níveis de experiência de cárie entre subgrupos Xavante que vivem em diferentes Terras Indígenas (T.I.) no Estado de Mato Grosso, Brasil, a fim de investigar a presença de desigualdades no interior de uma mesma etnia indígena. Os dados foram coletados através de um censo de saúde bucal realizados em 2004. Das sete T.I. Xavante existentes, foram investigadas quatro (Pimentel Barbosa, Sangradouro, Areões e Marechal Rondon), nas quais foram selecionadas a maior aldeia de cada. Foram adotados os critérios preconizados pela Organização Mundial da Saúde, e utilizado o índice CPOS. Para mensurar as diferenças entre as T.I. foi estimada a razão de prevalência (RP) por meio de análise de regressão de Poisson, efetuada na faixa etária entre 6 e 34 anos para cada sexo, incluindo a idade como covariável. Nesta faixa etária, as perdas variaram entre 26 a 30 por cento. Pimentel Barbosa foi considerada como referência para comparações por apresentar menor prevalência de cárie em todas as faixas etárias analisadas. A maior disparidade foi notada entre as T.I. Pimentel Barbosa e Sangradouro, tanto em homens (RP 2,68- IC95 por cento 2,41 a 2,97) como em mulheres (RP 2,03- IC95 por cento 1,85 a 2...

Travessias: um estudo sobre a dinâmica sócio-espacial Xavante; Crossings: a study about social-spatial dynamics of the Xavante

Paula, Luís Roberto de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
38.11%
Este trabalho nasceu de uma situação etnográfica decorrente da minha atuação como assessor de políticas públicas voltadas para o atendimento dos direitos territoriais indígenas, quando participei dos trabalhos para a identificação e a delimitação de áreas reivindicadas como "terras tradicionalmente ocupadas" por conjuntos de grupos locais Xavante. A tese comporta dois movimentos analíticos, distintos em diversos aspectos, mas bastante interdependentes entre si. Num primeiro movimento, são apresentados e analisados aspectos fundamentais da estrutura social xavante do ponto de vista da espacialidade. O segundo movimento analítico tem por objetivo identificar e situar, numa perspectiva histórica, a genealogia da atual configuração sócio-espacial das nove terras indígenas xavante atuais e, particularmente, da T.I. Parabubure. São discutidas algumas das imagens e narrativas da dimensão mais ampla da dinâmica sócioespacial xavante - o "território xavante" - que, seria supostamente formado por um conjunto de territórios locais. O debate sobre território, terras e territorialidade é o núcleo que articula de maneira transversal esses dois movimentos analíticos.; This study was originated from an ethnographic situation in consequence of my assignment as an assessor in public policies geared to indigenous territorial rights...

Seis décadas de contato: transformações na subsistência xavante; Six decades of contact: xavante's survival transformations

Silva, Rafael José Navas da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.88%
Este trabalho teve como objetivo analisar as transformações ocorridas a partir da introdução da agricultura mecanizada para produção de alimentos em uma comunidade indígena xavante. Buscou também compreender as relações existentes entre a sua cultura e os modos de obtenção de alimentos. A pesquisa desenvolveu-se na aldeia Wede´rã, localizada na Terra indígena Pimentel Barbosa/MT. Foi utilizado o método qualitativo, com entrevistas, observação participante, conversas e desenhos. Pôde-se verificar que com o fim da mobilidade espacial nesta população e a introdução da mecanização para produção de alimentos, iniciada pela FUNAI nas décadas de 70 e 80 e mais recentemente, com o projeto da Associação Cana Rica, o arroz passou a ser base da alimentação xavante, com substituição de produtos tradicionais. Atualmente a agricultura é uma atividade importante para a alimentação xavante, com novas espécies cultivadas e incremento da produção nos quintais, onde são cultivadas frutíferas nativas e exóticas, entre outras. A compra de alimentos industrializados e a merenda escolar também contribuem para a subsistência da comunidade. Com estas novas fontes de alimentos, alterações se fizeram presentes nos papéis de gênero: a coleta não é praticada com freqüência pelas mulheres jovens...

A etnomatemática da alma A' uwe-xavante em suas relações com os mitos.; The etnomathematics of the A' uwe-xavante soul in its relations with myths.

Costa, Wanderleya Nara Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
38.01%
Esta pesquisa desenvolveu-se a partir de uma indagação acerca do relacionamento entre a etnomatemática, os mitos e os ritos do povo indígena A'uwe-xavante. Subjacente a essa questão estava o objetivo de contribuir para com a formação de professores que irão atuar num ambiente onde diferentes povos e culturas se relacionam cotidianamente, e onde se torna importante/necessário desnaturalizar práticas discursivas que contribuem para com a manutenção da situação marginal em que se encontram muitos povos indígenas brasileiros. Para abordar o problema optei pela utilização de alguns princípios orientadores sugeridos por Ferreira Santos (2004): a recondução dos limites, a complexidade, a recursividade, a autopoiesis, a razão sensível, a multidisciplinaridade e a neotenia humana. Considero que juntos esses princípios são capazes de problematizar nossos hábitos de pensamento, argumentar em torno do íntimo relacionamento entre pensamento mítico e pensamento lógico-matemático, de contrapor-se à separação cartesiana entre história e mito, de questionar a racionalidade científica como modelo de pensamento e de valorizar a afetividade e a diversidade humana. Por sua vez, a fundamentação teórica deu-se a partir dos estudos de Lévy-Bruhl...

Marãnã Bödödi - a territorialidade Xavante nos caminhos do Ró; Marãnã Bödödi the Xavante's territoriality on the way of Ró

Gomide, Maria Lucia Cereda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
38.16%
Entende-se que a reprodução física e cultural dos povos indígenas em seus territórios, em grande parte está condicionada à demarcação de territórios indígenas, que considere a territorialidade e o modo de vida indígena. No entanto não foi o caso do território Xavante. A demarcação do território indígena Xavante em diversas terras indígenas ilhadas e, portanto, separadas entre si, causou inúmeros conflitos socioambientais alterando seu modo de vida. Reconstruir o território indígena que foi erroneamente e intencionalmente fragmentado e demarcado em ilhas é um grande desafio político para o povo Xavante. O território indígena compreende as relações de apropriação do espaço que possui diversas dimensões como política, cultural, simbólica, e cosmológica de um determinado povo indígena. Por outro lado, Terra indígena é uma categoria produzida no processo político-jurídico do Estado. Assim, a partir do contato entre os povos indígenas e a sociedade envolvente, há um conflito, pois existem distintas lógicas espaciais em confronto. O recorte geográfico desta pesquisa são as terras indígenas Xavante no leste matogrossense, com destaque para a bacia hidrográfica do rio das Mortes (MT). Este recorte deve-se a importância geográfica desta unidade territorial para se discutir o território indígena e principalmente pela importância cultural...

Zöomo'ri: a construção da pessoa e a produção de gênero na concepção Xavante. Wederã, Pimentel Barbosa, Etenhiritipá; Zöomo'ri: person construction and gender's production in Xavante's conception. Wederã, Pimentel Barbosa, Etenhiritipá

Cerqueira, Camila Gauditano de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.98%
A pesquisa contou com o trabalho de campo nas aldeias Wederã, Pimentel Barbosa e Etenhiritipá, localizadas na Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso, Brasil, e seu mote principal foi o ponto de vista feminino sobre a construção do corpo e a produção de gênero Xavante. Foram realizadas entrevistas com mulheres e homens mais velhos das três comunidades e a linha mestra das conversas foram as categorias de idade xavante, descritas nessa dissertação. Um tema recorrente foi a participação no zöomori, expedição familiar e coletiva de caça e coleta que aconteceu intensamente até o começo da década de 1980. O zöomori era um momento chave para mulheres e homens colocarem em prática seus conhecimentos e transmiti-los para os mais novos e crucial para a produção cultural dos corpos Xavante.; This paper is based on the field work developed in the villages of Wederã, Pimentel Barbosa and Etenhiritipá, located at Terra Indígena Pimentel Barbosa, Mato Grosso, Brasil, and its main theme is the feminine point of view regarding practices of body and gender construction to the Xavante people. Interviews with some elderly men and women were conducted in the three communities, and the main guidelines to those were the Xavante age categories...

Iniciação : um olhar videografico sobre mito e ritual Xavante; Initiation : a videographic look on Shavante myth and ritual

Rafael Franco Coelho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.88%
O objetivo deste trabalho foi a produção de um documentário de curta metragem sobre o ritual de iniciação Xavante realizado entre maio e agosto de 2005, na Terra Indígena de Sangradouro localizada no Estado do Mato Grosso. Primeiramente apresenta-se uma breve introdução sobre aspectos importantes da estrutura social Xavante necessários à compreensão do ritual de iniciação, e, a seguir, a partir da pesquisa de campo foi feita uma descrição detalhada do referido ritual. Posteriormente, descreve-se o processo de criação do vídeo. Para tanto, foi adotado, como referência básica da pesquisa, o documentário Wapté M?nhõnõ: a iniciação do jovem Xavante, realizado por uma equipe de quatro Xavante e um índio Suyá durante as oficinas de formação de cinegrafistas da ONG ?Vídeo nas Aldeias?. Em seguida, os resultados obtidos na pesquisa de campo, pesquisa bibliográfica e filmografia foram aplicados à apresentação e discussão da decupagem, organização do material bruto, estrutura narrativa e roteiro de montagem do documentário aqui realizado. Finalmente, o conceito de voz no cinema documentário é apresentado para uma reflexão sobre a linguagem do filme aqui proposto; The purpose of this work was the production of a short documentary film about the Shavante?s initiation ritual realized in 2005 between May and August in indian village called Sangradouro located in State of Mato Grosso. A brief introduction on important aspects of Shavante social structure is initially presented to permit understanding of the initiation ritual followed by a detailed description of its ritual based on the field research. In follow...

Marcas pessoais, concordância de número e alinhamento em Xavánte

Santos, Juliana Pereira dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
38.07%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Classicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2008.; Nesta dissertação descrevemos aspectos da codificação de pessoa em Xavánte, língua pertencente ao sub-ramo central da família Jê, do tronco lingüístico Macro-Jê (Rodrigues 1999). Procuramos mostrar que uma descrição da codificação de pessoa em Xavánte inclui além das marcas pessoais – prefixos e pronomes – a combinação dessas marcas com partículas marcadoras de número, temas verbais simples e supletivos, tipos de predicados – ativos e estativos –, aspecto/modo de ação, e tipos de orações – dependentes e independentes. Mostramos que a marcação das distinções de número em Xavánte é decisiva na alternância de predicados ativos e estativos e, conseqüentemente, na manifestação de padrões distintos de alinhamento. Neste estudo reunimos evidências que fundamentam uma hipótese alternativa às já existentes sobre as diferentes formas morfossintáticas que tomam os predicados Xavánte, assim como as estruturas oracionais das quais são núcleos. A análise orientou-se pelos trabalhos de Dixon (1979, 1994)...

A confluência entre a ecologia do fogo e o conhecimento xavante sobre o manejo do fogo no Cerrado

Melo, Mônica Martins de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.93%
Tese (douorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2007.; Esta pesquisa teve como objetivo investigar as práticas de queimadas realizadas pelos Xavante, resgatar e sistematizar o conhecimento ecológico dessa etnia sobre o uso do fogo. Busca estabelecer um diálogo entre os fundamentos da ecologia do fogo e do saber tradicional sobre o uso do fogo, a fim de contribuir para construção de um conhecimento mais integrador sobre o manejo de fogo para o Cerrado. Foram realizados trabalhos de campo nas Terras Indígenas Areões (MT) e Pimentel Barbosa (MT). Em termos metodológicos, baseou-se nos princípios da etnoecologia, procurando compreender e estabelecer uma avaliação das atividades intelectuais e das práticas dos Xavante relativas ao uso do fogo, durante o procedimentos de utilização dos recursos naturais, tendo como foco as caçada com fogo. Na primeira fase de campo foram realizadas entrevistas estruturadas que se basearam essencialmente nas questões que têm sido discutidas pela ecologia do fogo. Na segunda etapa de campo, com a integração das concepções ambientais e culturais sob a perspectiva dos pesquisados, foram realizadas entrevistas parcialmente estruturadas. Focalizando quatro categorias (processo de decisão...

Políticas públicas, sustentabilidade social e povos indígenas: os Xavante da terra indígena de Parabubure em Mato Grosso

Carvalho, Othília Maria Baptista de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
38.04%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2010.; Esta pesquisa analisa as relações do Estado brasileiro com povos indígenas por meio da implementação de políticas sociais, privilegiando uma modalidade específica de programa e suas implicações na redefinição dessas relações: o programa de transferência de renda condicionada. São investigadas as implicações que esse programa social tem para os Xavante de Parabubure e como estas se manifestam nas relações desses índios com a administração pública municipal e com a economia local. A renda redefine o lugar dos índios no âmbito da municipalidade e tem influência na atuação da Funai no nível local. Destaca-se a crescente descentralização da questão indígena e o papel do Estado nesse processo. A investigação tem por base os depoimentos de servidores da administração pública federal e municipal, de comerciantes locais e dos Xavante de duas aldeias da terra indígena. Foi demonstrado como as práticas do Estado brasileiro continuam a concretizar a visão integracionista do século XIX por meio da adoção de programas de caráter universalizante para povos indígenas, sobretudo devido à utilização do conceito de pobreza...

Alimentos, restrições e reciprocidade no ritual Xavante do Wapté mnhõno (Terra indígena Marãiwatsédé, Mato Grosso)

Silva, Sayonara Maria Oliveira da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.81%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2013.; A presente pesquisa apresenta de forma breve um levantamento sobre o sistema alimentar do povo indígena Xavante da terra indígena Marãiwatsédé (Mato Grosso, Brasil) incluindo as formas de obtenção de alimentos na contemporaneidade. O estudo foi realizado durante o ritual do wapté mnhõno (iniciação de jovens) e está focado nos alimentos consumidos durante este período, destacando a dieta alimentar dos watewá (jovens batendo água) no Datsi´waté (rito de bater água) e as relações de troca-reciprocidade envolta dos alimentos a partir da observação da relação entre as mães dos watewá com o Dazaniwá (ancião responsável por cuidar dos jovens durante o Datsi´waté). O povo Xavante de Marãiwatsédé passa pelo processo de territorialização se adaptando a uma nova maneira de viver na terra indígena mais desmatada da Amazônia Legal. A pesquisa apresenta um panorama sobre o processo de desterritorialização vivenciado por esse grupo desde o contato oficial (1950), perpassando pela demarcação da terra (1993), até os dias atuais, utilizando para realização da pesquisa método etnográfico por meio de observação participante e direta...

Hierarchy, symmetry, and the xavante spiritual life cycle

Welch,James R.
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 EN
Relevância na Pesquisa
37.88%
Xavante society, well-known for its dual structural aspects, provides the best documented example of a formal age-group system in South America. Although the basic features of the Xavante secular age-group system were previously described, a second age-group system in the spiritual domain is presented here for the first time. In this paper, I describe the Xavante spiritual life cycle, including a structural dynamic whereby age sets pass through age grades in alternate fashion, allocating them between two moieties. That basic morphology is shared with the secular age-group system and attests to a Xavante logic of hierarchy and symmetry as mutually constructed and non-contradictory. Interactions between the spiritual and secular age-group systems manifest in the daily experience of spiritual participants in ways that suggest plurality and contingency are essential features of Xavante social organization.

A dádiva e o círculo:- um ensaio sobre reciprocidade a\'uwe-xavante; The gift and the circle: an essay about a\'uwe-xavante reciprocity

Falleiros, Guilherme Lavinas Jardim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.93%
Esta pesquisa se apresenta como um ensaio sobre a reciprocidade a\'uw?-xavante e a dádiva, analizando relações que abarcam também elementos como predação e tradição. Os dados e assuntos tratados foram selecionados através da leitura de etnografias sobre o povo A?uw?-Xavante, orientada também por análises de etnologia ameríndia amazônica e do Brasil Central. A partir de uma recuperação da noção de dádiva com seus paradoxos constituintes e suas transformações, aplicada a uma variedade de aspectos como o parentesco, a casa, o tangível e o intangível ? igualmente simbólicos ? e assim por diante, também procurou-se reconstruir o interesse teórico de Mauss, seja para a antropologia em geral, seja para a etnologia ameríndia em particular. Com esses elementos, circuitos de dádiva e reciprocidade ameríndios podem ser repensados a partir da aplicação ao caso estudado.; This research presents itself as an essay about a\'uw?-xavante reciprocity and the gift, analyzing relations which also encompass elements such as predation and tradition. The data and issues treated here were selected through the reading of ethnographic works about the A?uw?-Xavante people, also oriented by analysis of Amazonian Amerindian and Central Brazilian ethnology. Through a recuperation of the notion of gift with its paradoxes and transformations...

Da aldeia para a cidade : processos de identificação/subjetivação do índio Xavante na cidade de Barra do Garças/MT, alteridade irredutível?; The village to city : identification processes / subjectivity of Xavante Indian city of Barra do Garças

Águeda Aparecida da Cruz Borges
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.93%
Esta pesquisa é resultante dos estudos que desenvolvi desde o projeto "Arte, discurso e prática pedagógica", CNPq/2003, sobre presença/frequência indígena Xavante no espaço da cidade de Barra das Garças - MT, tomada como objeto exemplar de alocação de sentidos da discursividade que faz funcionar a contradição constitutiva, que a cidade funda, materializando o modo de ocupação negada. Assim, no batimento conformado no processo discursivo, que é o procedimento metodológico exigido pela Análise de Discurso de base materialista, na qual me fundamentei, busquei compreender como se subjetiva esse sujeito que está/frequenta a cidade, mas que no discurso deveria permanecer na aldeia, voltar a ser o que era ou, até mesmo, morrer. Tratar essa questão discursivamente é dar visibilidade para a produção da ilusão de objetividade e evidência de uma realidade, de um referente, como se um sentido já estivesse lá: como se o lugar ocupado pelas pelos indígenas nas ruas, calçadas de Barra do Garças, significassem, a priori. Os materiais heterogêneos que compõem o "corpus" mostram a dificuldade que o discurso do urbano tem em lidar com aquele que ocupa o espaço planejado para outra finalidade, não enxergando a rua como um lugar de transbordamento do social...

A fonologia xavante : uma revisitação; Xavante phonology revisited

William Alfred Pickering
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
38.09%
Xavante é uma língua da família Jê, falada por aproximadamente 13.000 indígenas que vivem no estado do Mato Grosso. O presente trabalho descreve a fonologia segmental desta língua, utilizando a abordagem fonêmica encontrada no livro Phonemics (PIKE 1971[1947]). Embora a fonologia do Xavante já tenha sido tratada por outros autores, a análise apresentada aqui contém uma variedade de observações e interpretações novas, apresentando soluções para alguns problemas que não foram resolvidos em estudos anteriores. O primeiro capítulo descreve a metodologia usada na pesquisa. Dados foram coletados através da utilização de publicações anteriores, que serviram como guia no desenvolvimento de questionários delineados para solicitar tipos específicos de dados lingüísticos. A pesquisa baseia-se em grande parte em dados solicitados a um informante, indivíduo alfabetizado em Xavante e em Português, que foram comparados com a fala de outras pessoas da mesma região dialetal. O capítulo 2 contém um breve sumário do contexto histórico e lingüístico do povo Xavante e uma revisão da literatura lingüística relevante, composta principalmente de trabalhos feitos por missionários do Summer Institute of Linguistics (SIL) e da Missão Salesiana de Mato Grosso...

Dançar para a Fonte Xavante : uma experiênciabailarino-pesquisador-intérprete de retorno à Terra Indígena Pimentel Barbosa = Dancing to the Xavante Source: a return experience of the dancer-researcher-performer to the Pimentel Barbosa Indigenous Territory; Dancing to the Xavante Source : a return experience of the dancer-researcher-performer to the Pimentel Barbosa Indigenous Territory

Elisa Massariolli da Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
38.07%
O objetivo desta pesquisa consistiu em aprofundar-se na fase do Método Bailarino- Pesquisador-Intérprete (BPI) que denominamos de Retorno ao Campo. Essa fase consiste em levar o espetáculo, resultante do processo ocorrido dentro do BPI, ao campo onde foi realizado o Co-habitar com a Fonte para a criação cênica, eixo do Método no qual o bailarino faz uma pesquisa de campo em alguma manifestação cultural ou nicho social brasileiro. A fase do Retorno ao Campo, neste projeto, deu-se por meio da realização de quatro apresentações do espetáculo "Nascedouro" em três diferentes aldeias da Terra Indígena de Pimentel Barbosa, de etnia Xavante, no Norte do Estado do Mato Grosso. "Nascedouro" é resultado de pesquisas de Iniciação Científica no Método BPI, enfocando a etnia Xavante, com a direção da profa. dra. Graziela Rodrigues e interpretação de Elisa Costa. Para a experiência de retornar "Nascedouro" à sua Fonte, intérprete e diretora estiveram nas terras xavante. Fazia parte dos objetivos buscar, por meio do Retorno ao Campo, abertura, comunicação e troca suficientes para proporcionar a intervenção dos pesquisados, gerando um processo de interação, o que, de fato, aconteceu. Após ocorrida a fase do Retorno ao Campo...

Romhõsi'wai hawi rowa'õno re ihoimana mono : a criação do mundo segundo os velhos narradores Xavante

Arthur Shaker Fauzi Eid
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
38.17%
Apresentarei neste trabalho os frutos da pesquisa sobre os princípios fundantes da cosmogonia do povo Xavante, que desenvolvi junto aos velhos narradores e seus tradutores. Pretendo mostrar que o princípio maior da criação do mundo Xavante é o princípio da transformação, através do qual os criadores fazem vir à existência os entes e ritos que constituirão a tradição dos Xavante. Para isto, os criadores têm o poder romhõ, por isso são referidos como os romhõsi'wa, aqueles que detêm o poder romhõ. A cosmogonia Xavante narra exatamente como através desse poder romhõ, os romhõsi'wa atuam: eles transformam-se a si mesmos na lua, no sol, nos animais e vegetais necessários à vida dos Xavante. Procurarei mostrar que eles fazem isto porque possuem os princípios de manifestação de certas possibilidades cósmicas, que estão contidas em sua natureza ontológica. Esta qualidade ontológica lhes confere o poder de se transformarem em múltiplos seres manifestando-os em suas formas específicas. Os seres míticos conjugam em sua natureza própria uma dupla natureza, de ser e devir, pois manifestamos seres fenomênicos a partir de si mesmos, e no caso de certos criadores especiais, sem perderem sua natureza original. Os romhãsi'wa possuem um saber prévio do quê eles têm que fazer para criar o mundo...

Aspectos da fonologia xavante

Wellington Pedrosa Quintino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.98%
Esse estudo representa uma análise preliminar da fonologia da língua Xavante, a partir dos dados por nós coletados, em visitas esporádicas entre 01/96 e 10/98, sobre a variante falada na terra Indígena Xavante Pimentel Barbosa, localizada ao nordeste do estado de Mato Grosso, locus da nossa pesquisa. O Corpus consta basicamente de gravações e transcrições de narrativas Xavante, além do Formulário dos Vocabulários Padrões para Estudos Comparativos Preliminares nas Línguas Indígenas, do Museu Nacional do Rio de Janeiro, mais anotações de cadernos de campo. Os dados são dispostos e analisados em três momentos: primeiro, na análise fonética, fazemos uma descrição e distribuição de todos os segmentos consonantais e vocálicos encontrados no Corpus. Em seguida, sob a ótica da fonêmica, (Pike, 1947), evidenciamos os fonemas da língua mostrando que segmentos estão em contraste, distribuição complementar ou variação livre. Analisamos também a estrutura silábica Xavante uma vez que processos fonológicos importantes acontecem nesse nível. Num terceiro momento, apresentamos uma análise preliminar de alguns processos de assimilação, tratados como espalhamento de traços (Clements e Hume, 1995), que ocorrem no nível da sílaba...

Ró - Cerrados e Mundo A'uwe Xavante; Ró - brazilian savanna and world A’uwe Xavante

Gomide, Maria Lucia Cereda
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
38.01%
The Xavante people live in what is now the western Brazilian state of Mato Grosso, on nine indigenous reservations that are fragments of their original territory, characteristic for its still untouched biodiversity and cerrado, a scrub-like ecosystem endemic to Brazil. This article discusses the relationship between the Xavante and the cerrado, and, accordingly, the concept of Ró is discussed, which for the Xavante means “cerrado, world, our land, everything”. In summary, it is a complex that is configured spatially through concentric circles that spread out from villages to the cerrado and its spirits. The importance of the cerrado with regards to their cosmology and their vision of Mother Nature is also emphasized, along with indigenous classifications for the phytophysiognomy of the cerrado.; O povo Xavante vive atualmente no estado do Mato Grosso, em nove terras indígenas que são fragmentos de seu território original e ainda guardam a biodiversidade dos cerrados. As relações do Xavante com os cerrados serão o objeto de discussão deste artigo. Neste sentido é comentado o conceito de Ró, que para os Xavante significa “cerrados, mundo, nossa terra, tudo”, enfim é um complexo que se configura espacialmente por meio de círculos concêntricos que vão desde a aldeia até os cerrados e seus espíritos. Salienta-se a importância dos cerrados na cosmologia e na visão de natureza desse povo...

A estética surrealista Xavante : intercâmbio cênico; The surrealist Xavante aesthetic : experience of scenic contact

Silva, Soraia Maria; Wéré’ éTsi’róbó, Estanislau
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Arte da Universidade de Brasília Publicador: Programa de Pós-Graduação em Arte da Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
38.04%
Este trabalho pretende apresentar o relato de uma experiência de contato interétnico, sob a perspectiva estética do espelhamento surrealista, no estabelecimento de relações, no acesso à informação e nas tensões culturais resultantes da elaboração do espetáculo Dança da guerra do povo Xavante, intercâmbio cênico realizado entre o Centro de Documentação e Pesquisa em Dança ErosVolúsia (CDPDan/CEN/UnB) e o Instituto Indígena Tseretomodzatse Xavante.2 Na primeira etapa desse projeto, em março de 2005, foi realizada uma visita à aldeia Nossa Senhora da Guia em Barra do Garça-MT, com o propósito de coletar informações visuais e sonoras de cantos, danças e ritos tradicionais daquela cultura, assim como participar interativamente das manifestações corporais ali presentes. Na segunda etapa, em abril de 2005, realizou-se um espetáculo interdiscíplinar, apresentado no DF (escolas, teatros, florestas, templos), mostrando as danças xavantes, com a participação de trinta dançarinos xavantes, em diálogo com elementos da dança ocidental e performance multimídia denominada “espelhamento especular”, realizada por Soraia Silva. Desse relato também consta o depoimento “A dança e o canto-celebração da existência Xavante” realizado por Estanislau Wéré’ éTsi’róbó”. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This work intends to present the reporting of an experience of an inter-ethnic contact...