Página 1 dos resultados de 560 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Seleção e promoção de talentos esportivos em voleibol masculino: análise de aspectos cineantropométricos".; Selection and promotion of athletic talent in male volleyball: analysis of kinanthropometrics aspects

Massa, Marcelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
Este trabalho de pesquisa teve por objetivos: primeiro, descrever em termos cineantropométricos atletas de voleibol masculino de nível estadual, de acordo com as diferentes categorias competitivas - de mirim a principal - e verificar as relações existentes entre aspectos morfológicos e de desempenho motor; segundo, verificar o comportamento das variáveis cineantropométricas entre atletas pertencentes a diferentes categorias competitivas procurando determinar, na amostra estudada, quais variáveis devem ser consideradas como mais importantes no período compreendido entre uma categoria inferior e outra imediatamente superior; e terceiro, comparar quatro possibilidades de métodos que possam ser utilizados na classificação dos atletas nas diferentes categorias competitivas, respectivamente: a) classificação subjetiva do treinador; b) classificação através da utilização do escore padrão Z; c) classificação através do coeficiente de classificação por médias; d) classificação através de análise dos componentes principais, os quais possam auxiliar mais efetivamente o processo de seleção e promoção de talentos esportivos para o voleibol. Para isso, uma amostra de 75 atletas de voleibol masculino, na faixa etária de 13 a 28 anos...

Processo de formação de atletas de voleibol feminino; Developing process of female volleyball athletes

Bojikian, Luciana Perez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.65%
A formação de atletas é um fenômeno multidimensional e dinâmico. O objetivo do trabalho foi identificar, em atletas de voleibol feminino, fatores relevantes nesse processo. Para tal foi realizado um estudo retrospectivo, com a combinação de métodos quantitativos (análises descritivas, de variância e discriminantes) e qualitativos (entrevistas). Foram utilizados dados de 187 jovens atletas, coletados em 2003. 21 dessas atletas foram entrevistadas em 2012. Desse grupo 10 atletas (grupo SL) permaneciam atuando no alto nível (Superliga Nacional 2011/2012) e 11 atletas não estavam mais atuando na Superliga ou haviam abandonado o esporte (grupo nSL). Comparando as atletas SL com as nSL (em 2003), houve diferença significativa (respectivamente) na estatura (180,2 ± 6,9 e 172,1± 5,6 cm), no alcance de bloqueio (270 e 252 cm), alcance de ataque (277,7 e 261,9 cm) e idade de início no voleibol (11,6 e 10,8 anos). Em 2012 a estatura também foi significativamente maior no grupo SL (184,5 ± 6,9 cm) do que no grupo nSL (175,9 ± 4,6 cm). Na análise de função discriminante stepwise realizada, as variáveis alcance de bloqueio e dobra cutânea abdominal, foram capazes de discriminar as atletas do grupo SL das demais, classificando corretamente 84...

Esporte como prevenção da osteoporose : um estudo da massa óssea de mulheres pós-menopáusicas que foram atletas de voleibol; Sports preventing osteoporosis : bone mass in postmenopausal women who played volleyball

Karam, Francisco Consoli; Meyer, Flavia; Souza, Antônio Carlos Araújo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.42%
Para examinar se o voleibol exerce efeito positivo na massa óssea de mulheres pós-menopáusicas, mediu-se a densidade mineral óssea (DMO), usando absorção de dupla energia de raios X (DEXA) na coluna lombar (L1, L2, L3, L4 e L2-L4) e no fêmur proximal (colo, trocanter, intertrocantérica, total e triângulo de Ward) em dois grupos de mulheres saudáveis, brasileiras e brancas. Um grupo constituiu-se de 21 atletas veteranas, que jogaram voleibol competitivamente na 2ª década de vida e continuaram jogando pelo menos nos últimos 12 meses. O grupo controle consistiu de 21 mulheres que nunca foram atletas. Os grupos foram similares na idade, índice de massa corporal, tempo de menopausa e reposição hormonal. O grupo de atletas apresentou DMO significativamente superior na coluna lombar e em todas as regiões do fêmur proximal, conforme alguns valores em g/cm2 (média ± dp) da tabela a seguir: Grupos L2-L4 Colo Total do fêmur. Atletas 1,105 ± 0,105* 0,868 ± 0,110* 0,946 ± 0,117*. Controle 0,931 ± 0,155 0,736 ± 0,121 0,809 ± 0,136*. Atletas com DMO maior que controle, p < 0,01. Esses resultados indicam que a prática do voleibol contribui na manutenção da massa óssea de mulheres pós-menopáusicas e conseqüente prevenção de osteoporose...

Comparative study of anthropometric variables in female classical ballet dancers, volleyball players and physically active subjects; Estudo comparativo das variáveis antropométricas em bailarinas clássicas e jogadoras de voleibol

Frasson, Viviane Bortoluzzi; Diefenthaeler, Fernando; Vaz, Marco Aurelio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
37.5%
O objetivo do presente estudo foi comparar medidas antropométricas (massa corporal, estatura e percentual de gordura) e a amplitude de movimento (ADM) de dorsiflexão e plantiflexão entre três diferentes grupos: bailarinas clássicas (n=14), jogadoras de voleibol (n=22) e mulheres fisicamente ativas (n=13). Assumiuse que diferentes demandas funcionais deveriam produzir alterações nas medidas antropométricas e de ADM entre os três grupos. A massa corporal e a estatura foram maiores nas atletas de voleibol (66,42 ± 5,8 kg; 174,77 ± 5,6 cm), seguidas das mulheres fisicamente ativas (59,93 ± 10,3 kg; 164 ± 7,5 cm) e das bailarinas clássicas (49,25 ± 4,5 kg; 157,03 ± 3,6 cm), respectivamente (p<0,05). O percentual de gordura foi maior nas mulheres ativas (30,67 ± 4,6%) quando comparadas aos outros dois grupos, que foram semelhantes entre si (jogadoras de voleibol = 24,93 ± 4,1%; bailarinas = 21,94 ± 4,3%, respectivamente). Os três grupos apresentaram semelhante ADM entre os lados direito e esquerdo e para a amplitude de movimento ativa de dorsiflexão. Entretanto, para a plantiflexão a amplitude de movimento ativa foi maior nas bailarinas (~83°), seguidas das mulheres fisicamente ativas (~68°) e, por fim, pelas jogadoras de voleibol que apresentaram a menor amplitude de flexão plantar (~60°). As diferentes demandas impostas pelas três distintas atividades parecem ser responsáveis pelas mudanças em algumas variáveis antropométricas e na ADM da articulação do tornozelo.; The objective of this study was to compare anthropometric variables (body weight...

Isolated and painless (?) atrophy of the infraspinatus muscle: left handed versus right handed volleyball players

Côelho,Thiago D. Gonçalves
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1994 EN
Relevância na Pesquisa
37.42%
The suprascapular nerve originates from the upper trunk of the brachial plexus or less frequently from the root of C5. It runs a short way and crosses the suprascapular notch. It innervates the supraspinatus muscle and the acromioclavicular and glenohumeral joints. Then, it crosses the lateral edge of the spine of the scapula passing through the spinoglenoid notch, and innervates the infraspinatus muscle. These are potential sites of injury to the suprascapular nerve. Three cases of suprascapular nerve entrapment causing an isolated infraspinatus muscle atrophy in volleyball players were studied. It is suggested the hypothesis that the nature of the smash, in which the athlete uses the arm violently, more than does in volleyball service or in the art of reception, is the key to the pathogenesis of the lesion in volleyball players.

Respiratory muscle strength and thoracoabdominal mobility in sedentary elderly, adults and players of adapted volleyball: a pilot study

Baltieri,Letícia; Santos,Laisa Antonela dos; Furlan,Gustavo Nazato; Moreno,Marlene Aparecida
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 EN
Relevância na Pesquisa
37.42%
A number of modifications accompany the aging process, including changes in the respiratory system. However, regular physical activity may be an effective way to prevent these alterations. The purpose of this study was to evaluate and compare the thoracoabdominal mobility and respiratory muscle strength, in sedentary individuals and in those who participate in adapted volleyball. Subjects aged 50 and 80 years old that were participating in adapted volleyball for at least one year, and sedentary ones who neither smoked nor presented pulmonary, cardiovascular or musculoskeletal diseases were evaluated for thoracoabdominal mobility by cirtometry at the axillary (CAx), xiphoid (CX) and abdominal (CAb) levels. They were also assessed for respiratory muscle strength by measuring their maximal respiratory pressures (MIP and MEP). The active group had greater values ​​of cirtometry compared to the sedentary group (56.4% higher in CAx, 83.4% in Cx and 63.5% in CAb) and higher values ​​of MEP (41.3% higher in absolute MEP and 39.5% of MEP in predicted %). The MIP (cmH2O and predicted %) did not differ between groups. Participation in adapted volleyball may have contributed to maintained thoracicoabdominal mobility and expiratory muscle strength in these elderly and adults.

Décrire la nature de la relation entraîneur-athlète entre des entraîneurs masculins et leurs équipes de volleyball féminin de différents niveaux de compétition

Gadoury, Sophie
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
37.57%
But : Ce projet de recherche a comme objectif principal de mieux comprendre diverses facettes de la relation entraîneur-entrainée. Cette relation entre un entraîneur masculin et une athlète féminine en volleyball sera observée selon trois niveaux de compétition des athlètes – secondaire, collégial et universitaire. Trois aspects seront étudiés à travers les questions posées dans cette recherche : (1) Est-ce que la perception que les athlètes ont de la relation entraîneur-entraîné est différente selon le niveau de compétition de l’athlète? (2) Existe-il des différences dans la nature de la relation à l’intérieur d’un même niveau? (3) Est-ce que le nombre d’années qu’une athlète a passé avec le même entraîneur affecte la qualité de la relation?. Méthodologie : Évoluant sur le circuit québécois, les six équipes de volleyball et leur entraîneur respectif représentent l’échantillon de la présente étude. Les tests utilisés afin de réaliser les analyses univariées et bivariées de cette étude sont : le Test de Welch, les corrélations de Pearson ainsi que les tests post-hoc de Games-Howell. Résultats : (1) Les athlètes du secondaire partagent une relation de meilleure qualité avec leur entraîneur que celles du cégep et de l’université. (2) Dans un même niveau de compétition...

Rice Institute women's volleyball team instruction

Fonte: Rice University Publicador: Rice University
Tipo: photographs; Image
Relevância na Pesquisa
37.5%
Black and white photograph showing women receiving volleyball instruction. They are on a lawn outside of the Rice Stadium.

Rice University women's volleyball team

Fonte: Rice University Publicador: Rice University
Tipo: photographs; Image
Relevância na Pesquisa
37.42%
Black and white group photograph of Rice University's women's volleyball team.

Nutritional and anthropometric profile of adolescent volleyball athletes

Almeida,Tania Abreu de; Soares,Eliane Abreu
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 EN
Relevância na Pesquisa
37.5%
Women's participation in volleyball began in 1928. In 1944, the first Brazilian volleyball championship happened. Flexibility, strength, power, agility and aerobic fitness are all necessary to be a master in this sport. Women's participation in sport activity has increased. However, there are only a few studies in Brazil about nutrition assessment, especially amongst female volleyball players. Therefore, the aim of this study is to assess the dietetic and anthropometric profiles of 25 female adolescent volleyball players of Rio de Janeiro (15-20 years old). Anthropometric assessment was obtained by body mass, stature, skinfold and circumference measurements. Prospective 3-day records, that include two weekdays and one weekend day were analyzed by a Brazilian nutrition software (CIS/EPM, 1993) to obtain the nutrient intake and the results were compared to the American recommendations. The results of anthropometric evaluation showed that athletes had body mass of 64.35 ± 6.12 kg, stature of 1.74 ± 0.06 m and fat mass of 20.51 ± 2.43%. Diets consisted of high energy and protein intake, and low carbohydrate intake. The consumption of calcium, folate and vitamin E was below the recommendations. Since these athletes are going through a period of intense growth and development associated with rigorous training...

Internal training load: perception of volleyball coaches and athletes

Andrade Nogueira,Francine Caetano de; Nogueira,Ruan Alves; Coimbra,Danilo Reis; Miloski,Bernardo; Freitas,Victor Hugo de; Bara Filho,Maurício
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 EN
Relevância na Pesquisa
37.42%
The aim of this study was to evaluate the correspondence between perceived internal load of volleyball players of different positions with perceived internal load planned by the coach, as well as to compare the perceptions of internal training load between different positions in volleyball. The sample was composed of 15 professional volleyball players who were members of a 2012/2013 team in the Brazilian first division league. The athletes answered the Borg CR-10 scale after training, while the coach answered before the training, as was planned for this study. Data analysis was performed Kappa (K), one-way and two-way ANOVA with Tukey post-hoc using the statistical packages SPSS 19.0 and Statistica 8.0. The results indicated that all positions showed good agreement with the perception of the coach and no significant differences in perceptions of internal training load. However, when analysing the percentage of athletes' perceptions of intensity proposed by the coach, it was observed that athletes overestimate the sessions of easy training, while they underestimate the intensity of heavy training. The results indicate that there may be differences between the perceptions of coaches and athletes and reinforce the importance of adopting strategies for monitoring/control of daily training loads.

Uma análise dos fatores que influenciam o ataque no voleibol masculino de alto nível; Analysis of factors that influence the attack in high level male volleyball

Rocha, Cláudio Miranda da; Barbanti, Valdir José
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.5%
O objetivo deste estudo foi analisar a primeira seqüência de ações do jogo de voleibol, com a finalidade de verificar a influência de alguns fatores selecionados - recepção, posição para onde a bola foi levantada (levantamento onde), tipo de bola levantada (levantamento qual) e destino de ataque - sobre o resultado do ataque. Foram analisados 20 jogos de voleibol masculino de alto nível, o que resultou na observação de 77 "sets". A variável recepção foi avaliada a partir da escala proposta por EOM e SCHUTZ (1992a), que varia de "zero" (erro) a "quatro" (acerto máximo), sendo que aquelas que foram avaliadas como "zero" precisaram ser descartadas uma vez que não geraram nenhuma influência sobre o ataque. A posição para onde a bola foi levantada foi descrita a partir da divisão da rede em três partes: entrada (posição 4), meio (posição 3) e saída (posição 2). Os tipos de levantamento foram categorizados a partir de sugestões de KATSIKADELLI (1995), onde os levantamentos foram classificados como de 1o., 2o. ou 3o. tempo, bolas de fundo e bolas de segunda do levantador. A variável destino do ataque se propôs diferenciar as bolas batidas contra o bloqueio, as largadas, as bolas que passavam pelo bloqueio e alcançavam a quadra adversária...

Caracterização do ataque do jogador oposto em função do complexo do jogo, do tempo e do efeito do ataque: estudo aplicado no voleibol feminino de elite; Characterization of the opposite player’s attack according to the Rally Phase, Attack-tempo and Effect of attack: study applied in top level female volleyball

César, Bruno; Mesquita, Isabel
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.42%
O presente estudo teve como objetivo caracterizar o ataque do jogador oposto no Voleibol feminino de elite em função do complexo do jogo, do tempo de ataque e do efeito do ataque e diferenciar a ação deste jogador em função da zona de ataque (zona 2 e zona 1, pertencentes, respectivamente, ao ataque da rede e do fundo). A amostra foi composta por 437 ações de ataque do jogador oposto, de seis jogos femininos das Olimpíadas de 2004. Foi utilizada a estatística descritiva e inferencial, nomeadamente, o Qui-quadrado e o teste de Monte Carlo. As observações cumpriram os requisitos de fiabilidade para serem utilizadas como ferramenta científica, tanto pela percentagem de acordos, como pela estatística Kappa de Cohen. O presente estudo demonstrou que o oposto participa de ações ofensivas rápidas ao aplicar preferencialmente o 2o. tempo de ataque (70%). Todavia, pontua mais no ataque rápido integrado no “sideout”, contrariamente à transição, onde desenvolve um ataque mais lento, sendo dominante o efeito de continuidade. As duas zonas de ataque, onde o oposto atua, têm funções claramente distintas, já que, enquanto a zona 2 é utilizada para potenciar o ataque (maior solicitação no “side-out”...

Estudo dos indicadores de rendimento em voleibol em função do resultado do set; Study of performance indicators in male volleyball according to the set results

Marcelino, Rui; Mesquita, Isabel; Sampaio, Jaime; Moraes, José Cicero
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.42%
O presente estudo pretendeu identificar possíveis indicadores de rendimento, adstritos às ações de jogo, diferenciadores do resultado obtido no set em Voleibol. A amostra consistiu em 65.949 ações realizadas em 550 sets da Liga Mundial 2005, "adulto" masculinos. A coleta de dados teve como suporte instrumental o software "Volleyball Information System". Para testar as diferenças nos indicadores de rendimento, entre as equipes que vencem e perdem os sets, se utilizou o teste t de student de medidas independentes (p < 0,05). As observações cumpriram os requisitos de fidedignidade para serem utilizadas como ferramenta científica, tanto pela percentagem de acordos interobservador como pela estatística Kappa de Cohen. O presente estudo demonstrou que as equipes que vencem os sets obtêm melhores desempenhos em todas as ações de jogo (ataque, bloqueio, saque, defesa, levantamento e recepção), devido à maior frequência de ações ponto/excelente (com exceção do número de recepções excelentes) e à menor frequência de erros. As equipes que vencem os sets apresentam uma distribuição percentual dos pontos ganhos mais equilibrada entre as três ações terminais (ataque, bloqueio e saque) do que as equipes que perdem os sets. O ataque representa...

Concepções de treinadores "experts" Brasileiros sobre o processo de formação desportiva do jogador de voleibol; Expert coaches conceptions concerning the sport development of the volleyball player

Milistetd, Michel; Mesquita, Isabel; Nascimento, Juarez Vieira do; Sousa Sobrinho, António Evanhoé Pereira de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.5%
O presente estudo teve como objetivo examinar a concepção de treinadores experts acerca das etapas de formação desportiva a longo prazo do jogador de Voleibol. A amostra do estudo foi composta por 10 treinadores "experts" brasileiros. Os sujeitos apresentaram idade média de 45 ± 13,8 anos e 24,8 ± 12,1 anos de experiência profissional, sendo todos licenciados em Educação Física. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada e de resposta aberta, baseada no protocolo de Fernandes (2004). A sua adaptação de conteúdo à realidade sócio-cultural e desportiva brasileira foi efetivada pelo método de peritagem. O tratamento das informações foi realizado por meio da análise de conteúdo, com o recurso à interpretação lógico-semântico das ideias prevalecentes no "corpus" das entrevistas. A fidedignidade de codificação foi assegurada pela percentagem de acordos, para o mesmo codificador e codificadores distintos, situando-se os valores registrados entre 95% e 100%. Os resultados revelaram o desconhecimento, por parte dos investigados, acerca da existência de um modelo de formação desportiva do voleibolista, a longo prazo, no Brasil. Além de confirmarem que o Voleibol é uma modalidade de especialização tardia...

Volleyball teams management in Brazil (superliga 2007-2008); Gestão do voleibol no Brasil: o caso das equipes participantes da Superliga 2007-2008

Maroni, Fernando Castro; Mendes, Dilson Ribau; Bastos, Flávia da Cunha
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.5%
Professional sport management has been a theme of studies in Brazil, involving researches concerning the manager and his performance in different segments of the sports industry (Pitts & Stotlar, 2002). Several studies have been developed, to characterize the administrator of clubs, federations and sports administration entities (Bastos, 2003, 2004; Medalha,1982) and to describe the organizational and managerial characteristics of brazilian volleyball teams (Durieux, 2005; Pizzolato, 2004). This survey, descriptive and exploratory, had the main objective of describing the manager profile and the organizational characteristics of brazilian volleyball teams, participants of the "2007-2008 Volleyball Superleague Championship", through multiple case studies. For this, the team managers answered a questionnaire. The main findings were that the teams have professional managers, performing managerial strategic functions. Furthermore, the organizational structure of the high level brazilian volleyball teams is characterized by being strongly based on the social sports clubs model, sponsored mainly by the private sector and supported by the municipal governments; A gestão profissional do Esporte tem sido tema recente de estudos no País, envolvendo pesquisas referentes ao gestor e sua atuação nos diferentes segmentos da Indústria do Esporte (Pitts & Stotlar...

Construção e validação do instrumento de avaliação do desempenho técnico-tático no voleibol. DOI: 10.5007/1980-0037.2011v13n1p43; Construction and validation of a technical-tactical performance evaluation instrument in volleyball. DOI: 10.5007/1980-0037.2011v13n1p43

Collet, Carine; Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil; Nascimento, Juarez Vieira do; Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil; Ramos, Valmor; Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis,
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; ; Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 29/12/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
37.5%
O objetivo do estudo foi construir e validar o Instrumento de Avaliação do Desempenho Técnico-tático do Voleibol (IAD-VB). A construção dos indicadores de observação baseou-se na consulta à literatura e em modelos de avaliação já existentes. O processo de validação de conteúdo foi realizado por 10 especialistas da área, nas dimensões da clareza de linguagem, pertinência prática e relevância teórica. Foi realizada a testagem dafidedignidade intra-avaliador (método teste-reteste) e interavaliador (6 avaliadores). A coleta dos dados concentrou-se nas análises em vídeo de jogos de uma equipe finalista do Campeonato Catarinense Infantil de Voleibol 2009. Os dados foram analisados estatisticamente no programa SPSS for Windows, versão 11.5 e no programa SAS, com nível de significância de 5%. Utilizaram-se o coeficiente de correlação de Spearman, o índice de concordância Kappa ponderado e o índice de correlação intraclasse na análise estatística de cada ação específica de jogo e em cada componente do desempenho. De maneira geral...

Estudo comparativo das variáveis antropométricas em bailarinas clássicas e jogadoras de voleibol; Comparative study of anthropometric variables in female classical ballet dancers, volleyball players and physically active subjects

Frasson, Viviane Bortoluzzi; Pontific Catholic University of Rio Grande do Sul. Physical Therapy Course, Porto Alegre, RS. Brazil.; Diefenthaeler, Fernando; Federal University of Rio Grande do Sul. Faculty of Physical Education. Porto Alegre, RS. Brazil.;
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; ; Avaliado por Pares; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 05/12/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.5%
http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2009v11n1p8 O objetivo do presente estudo foi comparar medidas antropométricas (massa corporal, estatura e percentual de gordura) e a amplitude de movimento (ADM) de dorsiflexão e plantiflexão entre três diferentes grupos: bailarinas clássicas (n=14), jogadoras de voleibol (n=22) e mulheres fisicamente ativas (n=13). Assumiu-se que diferentes demandas funcionais deveriam produzir alterações nas medidas antropométricas e de ADM entre os três grupos. A massa corporal e a estatura foram maiores nas atletas de voleibol (66,42 ± 5,8 kg; 174,77 ± 5,6 cm), seguidas das mulheres fisicamente ativas (59,93 ± 10,3 kg; 164 ± 7,5 cm) e das bailarinas clássicas (49,25 ± 4,5 kg; 157,03 ± 3,6 cm), respectivamente (p<0,05). O percentual de gordura foi maior nas mulheres ativas (30,67 ± 4,6%) quando comparadas aos outros dois grupos, que foram semelhantes entre si (jogadoras de voleibol = 24,93 ± 4,1%; bailarinas = 21,94 ± 4,3%, respectivamente). Os três grupos apresentaram semelhante ADM entre os lados direito e esquerdo e para a amplitude de movimento ativa de dorsiflexão. Entretanto, para a plantiflexão a amplitude de movimento ativa foi maior nas bailarinas (~83°), seguidas das mulheres fisicamente ativas (~68°) e...

Physical parameters and performance values in starters and non-starters volleyball players: A brief research note

Marques,M.C.; Marinho,D.A.
Fonte: Edições Desafio Singular Publicador: Edições Desafio Singular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 EN
Relevância na Pesquisa
37.5%
The aim of this paper was to investigate the anthropometric and strength characteristics of elite male volleyball athletes and determines if differences exist in these characteristics between starters (S) and non-starters players (NS). A group of 22 professional male team volleyball players participated in the study and the players were categorized as S (n= 13) and NS (n= 9). Anthropometric characteristics, countermovement jump, overhead medicine ball throwing and maximal dynamic strength were evaluated in all the subjects. Significant diferences in age, hight and weight were noticed between S and NS. There were no significant differences between the two groups in strength and power values, except for squat performance, where S were significant strong than NS. These findings provide normative data for elite male volleyball players competing in specific playing status. From a practical perspective, sport scientists and conditioning professionals should take specicif lower body strength characteristics of volleyball players into account when designing individualized training stauts specific training programmes.

Kinanthropometric profile of cuban women olympic volleyball champions

Carvajal,Wiliam; Betancourt,Hamlet; León,Sofia; Deturnel,Yanel; Martínez,Miriam; Echevarría,Ivis; Castillo,María Eugenia; Serviat,Noemí
Fonte: Medical Education Cooperation with Cuba Publicador: Medical Education Cooperation with Cuba
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 EN
Relevância na Pesquisa
37.65%
INTRODUCTION: Athletes' kinanthropometric profiles are widely addressed in the scientific literature. Such profiles are particularly important in volleyball because absolute size contributes a significant percentage of total variance associated with athletic success. As in other team sports, volleyball players' kinanthropometric attributes correlate with the game's tactical demands. From 1992 through 2000, the Cuban women's volleyball team achieved top global performance, winning first place in three successive Summer Olympic Games. OBJECTIVE: Describe the kinanthropometric profiles of Cuban women Olympic volleyball champions during 1992-2000 and compare these by position played. METHODS: Measurements were taken of body composition, somatotype, proportionality and several anthropometric indicators in 41 Cuban women volleyball players, grouped by playing position. All were members of the national team that participated in the Summer Olympic Games in Barcelona (1992), Atlanta (1996) and Sydney (2000). Mean and standard deviations were calculated for all study variables. Analysis of variance was used to compare means for different positions for the variables weight; height; percent adipose, muscle and bone mass; body mass index; and muscle-to-bone ratio. Discriminant analysis was performed to identify anthropometric dimensions differentiating playing positions (center...