Página 1 dos resultados de 5370 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Vivências da sexualidade durante a gravidez

Cruz, Maria Diana Fernandes da
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Enfermagem; Sumário Durante o período de gravidez, existem uma série de mudanças biológicas, psicológicas, culturais e sociais, estas podem ter influência na vivência da sexualidade. A vivência da sexualidade durante esta fase pode ser entendida de diversas formas pela gestante, muitas vezes pode ser um factor importante para a satisfação das necessidades acrescidas da mulher em se sentir amada e constituir uma importante fonte de prazer, ou também pode ser entendida como desnecessária, pois não se justifica pela sua função procriativa. O presente estudo de investigação tem como tema a desenvolver, vivências da sexualidade durante a gravidez, e como objectivo principal desenvolver o conhecimento de como vivenciam as grávidas multigestas do concelho de Viana do Castelo a sua sexualidade durante a gravidez. O objectivo principal é suportado pelos objectivos da investigação, que são os seguintes: Conhecer as vivências da sexualidade das grávidas na primeira gravidez; Conhecer as vivências da sexualidade das grávidas nas seguintes gravidezes; Identificar alterações na sexualidade durante a primeira gravidez; Identificar alterações na sexualidade durante as seguintes gravidezes; Identificar factores que condicionam a sexualidade na primeira gravidez; Identificar factores que condicionam a sexualidade nas gravidezes seguintes. No final deste trabalho de investigação destaca-se a diminuição da actividade sexual durante a gravidez...

Emoções e vivências em Vigotski: investigação para uma perspectiva histórico-cultural; Emotions and experiences in Vygotsky: research for a historical-cultural perspective

Toassa, Gisele
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.85%
A pesquisa teórica de doutorado relatada nesta tese elegeu como objetivos: 1) analisar os conceitos de emoções e vivências na produção de Lev Semionovich Vigotski (1896-1934), radiografando sua composição e gênese epistemológica de 1916 a 1934; 2) discutir a constituição de uma perspectiva histórico-cultural acerca desses conceitos. Para tanto, recorreu à consulta e análise de múltiplas fontes bibliográficas, entrevistas e conversas com pesquisadores da psicologia e cultura russa/soviética. Concluiu-se que os conceitos de vivência e emoção atravessam a obra de Vigotski, sendo que o primeiro transforma-se, de categoria quase coincidente com o segundo em A Tragédia de Hamlet (1916), para unidade de análise da relação interna entre consciência/personalidade e meio. As vivências (perejivânia) expandem-se na abrangência dos fenômenos psicológicos e influências teóricas apresentados e, de um perfil teórico inicial especialmente marcado pelo simbolismo russo, passam a caracterizar-se (nos textos pedológicos dos anos 1930) pela influência de Lewin, da psicologia da Gestalt e outras fontes germânicas. O conceito adquire um importante papel metodológico: torna-se unidade da vida consciente, marcada pela dinâmica dos sistemas psicológicos. Quanto às emoções (emotsi)...

Vivências académicas dos estudantes do curso de Licenciatura em Enfermagem: contributos para a intervenção comunitária

Costa, Hugo Manuel Ventura
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
Dissertação de Mestrado em Enfermagem Comunitária; Introdução: O número de estudantes no sistema de ensino superior em Portugal tem aumentado consideravelmente nos últimos anos, refletindo uma progressiva tomada de consciência da importância de se investigar as circunstâncias e os acontecimentos que os estudantes vivenciam e que influenciam o seu percurso académico. Neste contexto, o estudo centrou-se na análise das vivências académicas dos estudantes do curso de licenciatura em enfermagem de uma instituição de ensino superior do interior norte de Portugal, no sentido de se poder equacionar como campo de intervenção no âmbito da enfermagem comunitária. Objetivos: i) Caracterizar, em termos sociodemográficos e escolares, os participantes do estudo; ii) Caracterizar as vivências académicas através do Questionário de Vivências Académicas (QVA); iii) Analisar a relação entre as variáveis sociodemográficas e escolares e as dimensões do QVA; iv); Compreender os processos de adaptação e transição ao ensino superior; v) Enquadrar as vivências académicas no percurso desenvolvimental dos estudantes; vi) Identificar a forma de gestão dos recursos pessoais; vii) Explorar o sentido das expectativas profissionais dos estudantes. Métodos: O presente estudo utilizou uma abordagem quantitativa...

Vivências académicas dos alunos do Ensino Superior

Tietzen, Ana Maria dos Santos
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Dissertação de mest., Psicologia Clínica e da Saúde, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Univ. do Algarve, 2010; A transição para o ensino superior implica muitas mudanças na vida dos estudantes que constituem, frequentemente, acontecimentos de vida stressantes. Esta transição obriga a um ajuste social, emocional e à adopção de estratégias de coping necessárias para enfrentar as exigências próprias do ambiente académico. A saída de casa, separação da família, amigos e vizinhos, maior autonomia, entre outras, são, para alguns estudantes, fonte de níveis moderados ou mesmo elevados, de stresse que propiciam crises adaptativas que reflectem os diferentes mecanismos adaptativos de cada jovem, próprios da sua maturidade psicológica. Como as vivências académicas são moduladas por inúmeros aspectos, procurou-se englobar, neste estudo, alguns dos que, mais frequentemente, são apontados como tendo impacto superior. Esta dissertação examina as vivências académicas e alguns comportamentos, frequentemente, associados a estas, tais como o consumo de tabaco, álcool ou estupefacientes e a prática da actividade física. Para além destes, outros aspectos, como por exemplo, as expectativas, a opção a que corresponde o curso em que se ingressou...

Vivências ludopoiéticas no jogo de areia: a tatilidade na autoformação humanescente

Oliveira, Narla Sathler Musse de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
This study presents the ludopoietic experiences in Sandplay and the expression of tactility in humanescente self-training of future teachers of geography. The overall objective was to analyze and interpret as the tactility in the ludopoietic experiences with Sandplay facilitates the sentipensar and boosts the humanescent self-training. The qualitative research approach follows the principles of existential research-action into the etnofenomenologic perspective, that considers studies of the ethnography and the phenomenology with ethnomethodology. In this study we used the sedimentary rock called sandstone and your mineral grains as cognitive operator to stimulate the discussions of the ludopoietic experiences in Sandplay. The members of research were students of the Geography degree of IFRN. To achieve the research objectives were organized experiential meetings and virtual meetings. The ludopoietic experiences in Sandplay revealed the impact of tactility to humanescente self-training, indicating the importance of touch for apprehend and experience the world with beauty, joy and tenderness. These experiences showed the ludopoietic system properties, the threads of embodiment and the meaning of the sentipensar of tactility as a phenomenon that drives the humanescent self-training...

Vivencias, ocupaciones y roles de los familiares de personas con enfermedad mental

Lema Gómez, Mariña
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
36.91%
Traballo fin de grao (UDC.FCS). Terapia ocupacional. Curso 2013/2014.; [Resumen] Los trastornos mentales son afecciones de gran importancia clínica, pues presentan una prevalencia elevada a nivel mundial, modifican la calidad de vida de las personas y generan un gran impacto en la sociedad. Afectan a las familias de quienes los sufren, causando en ellas diferentes alteraciones de diversa índole. La Terapia Ocupacional es una de las disciplinas que interviene en el proceso de la enfermedad mental del sujeto, ayudando y orientando a la familia. Hipótesis y objetivos. Se han propuesto preguntas generales de investigación para identificar las vivencias, experiencias y cambios ocupacionales que se producen en los familiares de personas con enfermedad mental y averiguar si la Terapia Ocupacional puede intervenir de forma directa con ellos. Metodología. Se ha empleado la metodología cualitativa y el paradigma fenomenológico. El estudio se ha llevado a cabo entre octubre del 2013 y mayo del 2014. Participaron aquellos sujetos familiares de personas con enfermedad mental que respondían a los criterios de inclusión y exclusión establecidos. Se han utilizado fuentes de datos primarias (entrevistas semiestructuradas individuales) y secundarias (búsqueda bibliográfica). Resultados. Tras el análisis de la información...

Vivências do homem infértil que deseja ter filhos - infertilidade no masculino: fatores de variabilidade na adaptação psicossocial

Amado, Paula Maria Ferreira Vicente; Franco, João José de Sousa
Fonte: Associação Portuguesa dos Enfermeiros Obstetras Publicador: Associação Portuguesa dos Enfermeiros Obstetras
Tipo: Outros
Publicado em 31/05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Introdução: Como refere Canavarro et al., (2008) a parentalidade é uma parte fundamental do projeto de vida de homens e mulheres, na qual as famílias e a sociedade em geral depositam grandes expectativas e o seu impacto não pode ser individualizado de aspetos relativos ao contexto social, histórico, económico, político e cultural, ao estádio do desenvolvimento do ciclo de vida, ou ainda, de factores ligados a personalidade, também não pode deixar de ser perspetivado, tendo em consideração as diferenças de género. e acordo com into (1998 p. 96 apud elgado 2007) " infertilidade constitui um problema com implicações não só a nível individual, mas também familiar, social e, mais recentemente médico e científico". rata-se claramente de uma experiência multideterminada, influenciada por vários factores e que se pode manifestar ao longo do tempo de diversas formas (Ramos, 2010). Como nos afirmam Ramos e Santos (2010) A infertilidade não deve ser apenas vista como uma condição médica, mas também o resultado de uma construção social e cultural, Objetivo: No presente estudo temos como objetivo: Conhecer as vivências do homem infértil que deseja ter filhos. Metodologia: No sentido de dar resposta à questão de investigação e concretizar estes objetivos...

Vivências do homem infértil que deseja ter filhos - infertilidade no masculino: fatores de variabilidade na adaptação psicossocial

Amado, Paula Maria Ferreira Vicente; Franco, João José de Sousa
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 09/05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Introdução: Como refere Canavarro et al., (2008) a parentalidade é uma parte fundamental do projeto de vida de homens e mulheres, na qual as famílias e a sociedade em geral depositam grandes expectativas e o seu impacto não pode ser individualizado de aspetos relativos ao contexto social, histórico, económico, político e cultural, ao estádio do desenvolvimento do ciclo de vida, ou ainda, de factores ligados a personalidade, também não pode deixar de ser perspetivado, tendo em consideração as diferenças de género. e acordo com into (1998 p. 96 apud elgado 2007) " infertilidade constitui um problema com implicações não só a nível individual, mas também familiar, social e, mais recentemente médico e científico". rata-se claramente de uma experiência multideterminada, influenciada por vários factores e que se pode manifestar ao longo do tempo de diversas formas (Ramos, 2010). Como nos afirmam Ramos e Santos (2010) A infertilidade não deve ser apenas vista como uma condição médica, mas também o resultado de uma construção social e cultural, Objetivo: No presente estudo temos como objetivo: Conhecer as vivências do homem infértil que deseja ter filhos. Metodologia: No sentido de dar resposta à questão de investigação e concretizar estes objetivos...

VIVÊNCIAS DO DOENTE SUBMETIDO A PROSTATECTOMIA RADICAL

Simões, Ricardo Manuel Barrocas
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
A "transição" saúde-doença é considerada como um período de mudança na vida do indivíduo e nas pessoas que o rodeiam, portanto é importante que a atenção dos Enfermeiros seja dirigida para estes e nas suas respostas aos problemas de saúde. Matos e Pereira (2005) referem que, muitas vezes, os efeitos colaterais do tratamento do cancro são percepcionados pelos doentes como mais agressivos do que a própria doença. No doente submetido a prostatectomia radical a cirurgia não só irá trazer alterações da sexualidade como também nas actividades de vida diária. Assim, é fundamental que os Enfermeiros conheçam como estes doentes vivenciam este processo, identificando os pontos vulneráveis e os mecanismos de coping de adaptação à doença, permitindo assim, prestar cuidados de uma forma holística e ao encontro das suas reais necessidades. O principal objectivo deste estudo é: "Descrever as vivências dos doentes submetidos a prostatectomia radical". Os objectivos específicos são: Descrever as angústias, os medos e os receios dos doentes, submetidos a prostatectomia radical, enquanto aguardam pela cirurgia; Descrever as vivências dos doentes, submetidos a prostatectomia radical, no pré e pós-operatório; Identificar as alterações físicas e psicológicas decorrentes da prostatectomia radical; Analisar em que medida as intervenções de enfermagem influenciam as vivências dos doentes submetidos a prostatectomia radical. Estes objectivos foram traçados a fim de dar resposta à questão "Quais as vivências dos doentes submetidos a prostatectomia radical?". Este estudo inseriu-se nos estudos qualitativos de nível I...

VIVÊNCIAS DAS ENFERMEIRAS QUE CUIDAM MULHERES COM DIAGNÓSTICO DE CANCRO DA MAMA EM FASE AVANÇADA

Nôro, Filomena dos Santos Pereira
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
O conhecimento que a enfermeira detém de si própria, enquanto pessoa que cuida de outros numa determinada fase de transição das suas vidas, torna-se crucial para estimular o desenvolvimento da relação empática que visa o processo de cuidar. Assim, é importante que a mesma tenha consciência daquilo que a afecta no cuidar do outro, não só as eventuais implicações profissionais mas também pessoais, que conheça quais as suas dificuldades e limitações e ainda quais os seus pontos fortes, em todo este envolvimento. Neste contexto, o presente trabalho tem como tema ?Vivências das enfermeiras que cuidam mulheres com diagnóstico de cancro da mama em fase avançada?, e teve como objectivo geral conhecer as vivências das enfermeiras que cuidam mulheres com diagnóstico de cancro da mama em fase avançada no primeiro internamento hospitalar. Foram nossos objectivos específicos: identificar os sentimentos e as emoções das enfermeiras que cuidam destas mulheres e ainda identificar as suas reacções e os seus mecanismos de defesa; com vista a conhecer as estratégias e os recursos que utilizam, bem como as necessidades que sentem no cuidar das mulheres; percebendo se as enfermeiras identificam factores que facilitam ou dificultam a relação que estabelecem no cuidar; compreendendo se as mesmas consideram que as suas vivências (pessoais e profissionais) interferem no cuidar das mulheres...

Vivências da gura paterna no terceiro trimestre de gravidez

Silva, Carla Margarida Anjo da
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
Desde sempre houve gravidez mas a evolução da sociedade influenciou a participação dos homens em todo o processo. A inclusão do pai não se justifica apenas pelo seu contributo fundamental no acompanhamento e apoio à mãe, mas também, pelo facto de este ser um momento fulcral para a sua vivência enquanto pai. A vivência da paternidade é complexa e única, pelo que, o pai requer uma atenção direcionada às suas necessidades individuais. O maior envolvimento do pai na gravidez tem vindo a suscitar investigações referentes ao seu papel neste contexto, no entanto existe uma necessidade de clareza do fenómeno em causa. Atendendo à escassez de publicações científicas neste âmbito, além da necessidade de estudos em maior profundidade, este estudo teve como questão de partida: ?Quais as suas vivências paternas no terceiro trimestre de gravidez??. Por conseguinte o objetivo do estudo é conhecer as vivências do pai no terceiro trimestre de gravidez. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, com recurso à abordagem fenomenológica hermenêutica. Os dados foram colhidos através de entrevistas semiestruturadas, gravadas em suporte magnético, a nove pais durante o terceiro trimestre de gravidez, selecionados em rede. Os dados foram analisados segundo as indicações metodológicas de Max Van Manen. Através da descrição das vivências dos pais no terceiro trimestre de gravidez...

As vivências: questões de tradução, sentidos e fontes epistemológicas no legado de Vigotski; The experiences: Topics of translation, senses and epistemological references in the legacy of Vygotsky; Les expériences: affaires de tradution, significations et sources épistémologiques dans l'héritage de Vigostki; Las vivencias: cuestiones de traducción, sentidos y fuentes epistemológicas en el legado de Vigotski

TOASSA, Gisele; SOUZA, Marilene Proença Rebello de
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
O objetivo deste artigo é abordar a questão das vivências na perspectiva de L.S. Vigotski, tratando de suas fontes epistemológicas, de suas raízes na língua russa e de seus sentidos específicos, priorizando "A Tragédia do Hamlet, Príncipe da Dinamarca" (1916) e os textos pedológicos dos anos 1930, com destaque para "A questão do meio na pedologia". Destacam-se as transformações das ideias do autor sobre vivências e sua contribuição metodológica à  análise da relação indivíduo-meio no desenvolvimento humano, articulada aos conceitos de consciência e sistema.; The aim of this paper is to address the experiences over the work of LS Vygotsky, dealing with their epistemological sources, from its roots in the Russian language and its specific directions, emphasizing "The Tragedy of Hamlet, Prince of Denmark" (1916) and paedological texts of the 1930s, in particular, "The problem of the environment". The paper highlights the changes the author's ideas about experiences and methodological contribution to the analysis of the relationship between individual and environment in human development, in the midst of their connections with the concepts of consciousness and system elaborated by Vygotsky.; L'objectif de cet article c'est considérer la question de les expériences dans l'oeuvre de L.S. Vigotski: ses sources épistémologiques...

Vivencias de mulheres que sofreram violência sexual e solicitaram interrupção legal de gestação; Experiences of women who suffered sexual violence and requested legal abortion

Carolina Leme Machado de Godoy
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.91%
Introdução: a lei brasileira garante interrupção legal de gestação (IL) para os casos de violência sexual (VS) desde 1940. A consequência do aborto na vida emocional das mulheres tem motivado estudos em diferentes países com resultados controversos. Objetivos: conhecer as vivências das mulheres que sofreram VS e solicitaram IL de gestação em serviço de referência em São Paulo, Brasil. Métodos: Estudo exploratório e qualitativo baseado em entrevistas diretas semiestruturadas com amostra proposital, utilizando critério de saturação de informação. As entrevistas foram gravadas, transcritas e inseridas no programa The Ethnograph V6.0, e definidas categorias que serviram para análise temática de conteúdo. Resultados: Dez mulheres que realizaram IL e outras três com solicitações negadas ou que desistiram do procedimento participaram da pesquisa. Todas com idade entre 18 e 38 anos e escolaridade 'maior ou igual' 8 anos, entrevistadas após 1 a 5 anos do procedimento de IL. As mulheres sentiram a VS como vergonhosa, mantiveram segredo e não procuraram atendimento imediato; relatando sentimentos de choque, medo, choro constante e desespero. O diagnóstico da gravidez foi desesperador, provocou angústia e o desejo imediato de interrupção. As mulheres desconheciam o direito à IL e onde deveriam buscar ajuda. Para as que procuraram primeiramente o setor privado de saúde as orientações foram precárias...

Vivencias e implicación académica en estudiantes universitarios : adaptación y validación de escalas para su evaluación; College students' academic experiences and involvement : assessment scales adaptation and validation; Vivências e envolvimento acadêmico de estudantes universitários : adaptação e validação de escalas para a sua avaliação

Abello Riquelme, Rubén; Díaz Mujica, Alejandro; Pérez Villalobos, María Victoria; Almeida, Leandro S.; Herrera, Irma; González Puentes, Jaime; Strickland, Brandee
Fonte: Universidad Austral de Chile. Facultad de Filosofía y Humanidades Publicador: Universidad Austral de Chile. Facultad de Filosofía y Humanidades
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2012 SPA
Relevância na Pesquisa
37%
Este artículo describe los procesos preliminares de adaptación y validación de dos instrumentos diseñados para describir Vivencias Académicas (centradas en la satisfacción) y la Implicación Académica (centrada en el compromiso) en estudiantes universitarios. De acuerdo con la literatura científica en el área, las vivencias y la implicación académica se encuentran asociadas con las dificultades relacionadas al abandono de los alumnos. Para este estudio se aplicaron dos cuestionarios a 261 estudiantes pertenecientes a la Universidad de Concepción, Campus Los Ángeles, Chile. Ambos instrumentos mostraron niveles adecuados de homogeneidad o consistencia interna en los ítems repartidos para las subescalas de cada cuestionario. Paralelamente, se calcularon las correlaciones entre las dimensiones de ambos cuestionarios, siendo los coeficientes obtenidos adecuados para los constructos evaluados. Estos antecedentes permiten el comienzo de la validación de los cuestionarios en estudio.; This paper presents preliminary findings regarding the adaptation and validation of two instruments designed to measure Academic Experiences (centred on satisfaction) and Academic Involvement in university students. Previous research has shown that academic experience and involvement are strongly correlated with student drop-out rates. For the present study...

Vivencias para el discurso oral. Proceso desde el entorno escolar para fortalecer la argumentación con los estudiantes del grado primero del colegio Liceo el Rosario

Camargo López, Jessica Paola; Pino Alvarez Johanna Carolina; Ramírez Neita Yessica Paola
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2013; Instituto de Educación a Distancia, Programa de Licenciatura en Educación Básica con énfasis en Lengua Castellana Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2013; Instituto de Educación a Distancia, Programa de Licenciatura en Educación Básica con énfasis en Lengua Castellana
Tipo: Trabajo de grado - Pregrado; Text; info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.96%
103 Páginas; Recurso Electrónico; El trabajo “VIVENCIAS PARA EL DISCURSO ORAL. Proceso desde el entorno escolar para fortalecer la argumentación con los estudiantes del grado primero del Colegio Liceo el Rosario en el año 2013”, hace parte del subproyecto Texto y Contexto dentro del proyecto Redescubrir La Escuela, del programa Licenciatura en Educación Básica con énfasis en Lengua Castellana. VIVENCIAS PARA EL DISCURSO ORAL ARGUMENTATIVO DESDE EL ENTORNO ESCOLAR: una alternativa para erradicar los problemas de discurso oral y de agresividad en los estudiantes es un trabajo participativo donde se involucran los actores principales de la escuela (padres, docentes, estudiantes), observando y analizando las vivencias del entorno escolar para promover la oralidad en los estudiantes. Las vivencias desarrolladas en la escuela son de gran relevancia, ya que aportan sentidos de significación que contribuyen al crecimiento y formación del estudiante en variedad de aspectos tales como físicos, intelectuales, valores, actitudes, entre otras. La oralidad es un elemento esencial con variados fines; un proceso complejo de alto compromiso cognitivo; para ello es necesario, destinar suficiente tiempo en los diferentes ámbitos (familiar...

Vivências de sofrimento em trabalhadores reabilitados: estudo com professores da rede pública

Dourado, Pâmela Kayone de França
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Este estudo investiga as vivências subjetivas de sofrimento em professores da rede pública que passam pelo processo de reabilitação/ readaptação. Busca ainda suscitar reflexões nas organizações de trabalho no intuito de dar um melhor acolhimento e atenção aos trabalhadores com restrições laborais e, assim, contribuir para um retorno satisfatório e a sua saúde. Sob o enfoque da Psicodinâmica do Trabalho, tem como objetivos específicos descrever como os trabalhadores vivenciam o processo de reabilitação/readaptação profissional na organização; analisar o sentido que os trabalhadores reabilitados/readaptados dão ao trabalho imposto; e, analisar quais as estratégias utilizadas para lidar com o sofrimento no trabalho. O referencial teórico discorreu sobre conhecimentos construídos da Psicodinâmica do Trabalho que analisa as relações entre a organização do trabalho e os processos subjetivos dos trabalhadores nas vivências de prazer-sofrimento, nas estratégias de enfrentamento utilizadas para as contradições da organização, nas patologias sociais, na saúde e no adoecimento (MENDES, 2007). E conhecimentos do processo de reabilitação/readaptação, que readaptar consiste em realocar um trabalhador que está com alguma incapacidade física e/ou psíquica adquirida do trabalho ou fora em outra função em que não cause dano ao seu estado de saúde. Ou readaptá-lo na mesma função mais com algumas restrições de atividades. O estudo foi realizado com 2 (dois) professores que são lotados em postos de trabalho na condição de readaptados. A metodologia utilizada é qualitativa baseada na Psicodinâmica do Trabalho...

As vivências: questões de tradução, sentidos e fontes epistemológicas no legado de Vigotski; Las vivencias: cuestiones de traducción, sentidos y fuentes epistemológicas en el legado de Vigotski; The experiences: Topics of translation, senses and epistemological references in the legacy of Vygotsky; Les expériences: affaires de tradution, significations et sources épistémologiques dans l'héritage de Vigostki

Toassa, Gisele; Souza, Marilene Proença Rebello de
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
O objetivo deste artigo é abordar a questão das vivências na perspectiva de L.S. Vigotski, tratando de suas fontes epistemológicas, de suas raízes na língua russa e de seus sentidos específicos, priorizando "A Tragédia do Hamlet, Príncipe da Dinamarca" (1916) e os textos pedológicos dos anos 1930, com destaque para "A questão do meio na pedologia". Destacam-se as transformações das ideias do autor sobre vivências e sua contribuição metodológica à  análise da relação indivíduo-meio no desenvolvimento humano, articulada aos conceitos de consciência e sistema.; El objetivo de este artículo es plantear la cuestión de las vivencias en la perspectiva de L.S. Vigotski, tratando sus fuentes epistemológicas, sus raíces en lengua rusa y sus sentidos específicos, priorizando " La Tragedia de Hamlet, Prínciped e Dinamarca" (1916) y lo s textos pedológicos del os años 1930, dando destaque para " El problema del entorno en pedología". Se destacan las transformaciones del as ideas del autor sobre vive ncias y su contribución metodológica al análisis de la relación individuo- médio en el desarrollo humano, articulada a los conceptos de conciencia y sistema.; The aim of this paper is to address the experiences over the work of LS Vygotsky...

Método mãe canguru: vivências maternas e contribuições para a enfermagem; Método madre canguro: vivencias maternas y contribuciones para la enfermería; Kangaroo Mother Method: Mothers' Experiences and Contributions to Nursing

Arivabene, João Carlos; Tyrrell, Maria Antonieta Rubio
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
37.09%
O objetivo deste estudo foi descrever vivências das mães, analisando-as à luz dos princípios do Método da Mãe Canguru (MMC) e discutir as contribuições das mães a partir dos significados dessas vivências para as ações de enfermagem. Na coleta dos dados, empregou-se questionário que caracterizou o perfil socioeconômico das mães e, por meio da técnica grupo focal, obtiveram-se relatos dos benefícios dessas vivências que subsidiaram a construção das categorias: sobrevivência e recuperação do bebê, o dia a dia das mães modificado pelo MMC e valorização dos laços afetivos familiares no MMC. Constatou-se que as vivências estão relacionadas ao aumento do vínculo entre a mãe e o bebê, à diminuição do tempo de separação do recém-nascido da família, além de proporciona maior competência e confiança aos pais nos cuidados com seu filho, mesmo antes da alta hospitalar, melhorando o relacionamento da mãe com a família, entre eles e com a equipe que cuida do bebê.; El objetivo de este estudio fue describir vivencias de las madres, analizándolas bajo los principios del Método de la Madre Canguro (MMC) y discutir las contribuciones de las madres a partir de los significados de esas vivencias para las acciones de enfermería. En la recolección de los datos...

Subjective Well-being, Personality and Academic Experiences on University Students; Bem-estar Subjetivo, Personalidade e Vivências Acadêmicas em Estudantes Universitários

Zanon, Cristian; Universidade São Francisco; Rosin, Aline Bertuol; Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Teixeira, Marco Antônio Pereira; Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
O objetivo deste estudo foi investigar se vivências acadêmicas positivas estão associadas com o bem-estar subjetivo (BES) de universitários, bem como as relações entre as vivências acadêmicas e a personalidade. Mais especificamente, procurou-se avaliar o quanto as variáveis de vivências acadêmicas predizem a variância do BES controlando o efeito dos fatores de personalidade. Participaram do estudo 227 universitários (59% mulheres e 41% homens). Os instrumentos utilizados foram um questionário sobre vivências acadêmicas, adjetivos marcadores reduzidos da personalidade, uma escala de satisfação de vida e uma escala de afetos positivos e negativos. Os resultados mostraram que a personalidade é o preditor mais saliente do bem-estar subjetivo. Porém, foram verificadas correlações significativas entre vivências acadêmicas e bem-estar subjetivo.; The purpose of this study was to investigate possible associations between positive academic experiences and the subjective well-being of university students, as well as the relationships among academic experiences and personality factors. More specifically, it was assessed the contribution of academic experiences to the prediction of subjective well-being after controlling for the effects of personality. Participants were 227 college students (59% women and 41% men). The instruments used were a questionnaire to evaluate academic experiences...

As vivências e percepções dos actores na formação inicial de professores: a figura do supervisor cooperante

Caires,Susana; Moreira,Maria Alfredo; Esteves,Carla Hiolanda; Vieira,Diana A.
Fonte: Centro de Investigação em Educação. Instituto de Educação da Universidade do Minho Publicador: Centro de Investigação em Educação. Instituto de Educação da Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.91%
O presente trabalho surge centrado nas vivências dos supervisores cooperantes relativamente ao processo de acompanhamento dos estágios pedagógicos. Neste, dá-se a conhecer um estudo envolvendo 155 supervisores que, ao longo do ano lectivo de 2007/8, colaboraram com quatro universidades públicas portuguesas e cuja experiência foi avaliada através do Inventário de Vivências e Percepções do Supervisor (IVPS - Esteves, Caires & Moreira, 2008). O instrumento, composto por 77 itens, avalia três domínios centrais da vivência dos supervisores da escola: i) benefícios, ii) impacto pessoal e iii) dificuldades na adaptação às tarefas de supervisão. É nosso objectivo averiguar em que medida as variáveis "Área científica", "Anos de serviço", "Tempo de supervisão" e "Formação específica em supervisão" diferenciam as vivências e percepções dos participantes. Os dados apontam para a ausência de impacto das três primeiras variáveis referidas e para a influência da última nas vivências e percepções dos supervisores cooperantes.