Página 1 dos resultados de 1519 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Vigilância sanitária das concentrações de flúor em produtos alimentícios; Health surveillance of fluoride concentrations in food products

Bardal, Priscila Ariede Petinuci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.87%
Introdução: Ao considerar, por um lado, a atuação da Vigilância Sanitária na eliminação, diminuição ou prevenção dos riscos à saúde e, por outro, as evidências científicas sobre os fatores indicativos de risco de ocorrência de fluorose dentária, torna-se pertinente um melhor entendimento sobre o processo de vigilância sanitária referente à concentração de flúor em produtos alimentícios - uma das fontes de ingestão desse elemento. Objetivos: Verificar e analisar qual a legislação existente sobre a vigilância da concentração de flúor em produtos alimentícios, no período de 1990 até 2010, nos níveis: federal (Brasil), estadual (São Paulo) e municipal (Bauru/São Paulo). Acessar qual o posicionamento do poder público federal, estadual, municipal, representantes da sociedade, setor regulado e associações brasileiras ligadas à pesquisa científica, sobre o tema. Metodologia: Realizou-se a análise documental das legislações obtidas através dos sites do Senado, Câmara dos Deputados, Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, ANVISA, CVS/SP, Secretaria Estadual de Saúde/SP, Câmara Municipal e a Secretaria Municipal de Saúde de Bauru. Os entrevistados (N=15) responderam a 8 questões sobre o tema. A análise dos depoimentos foi realizada através de metodologia qualitativa...

Controle judicial da política pública de vigilância sanitária: a proteção da saúde no Judiciário; Judicial review of public policy for health surveillance, health protection in the Judiciary

Sá, Maria Célia Delduque Nogueira Pires de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.87%
A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 elevou a saúde como direito social fundamental e constituiu o Sistema Único de Saúde com competência para as ações e serviços de saúde, incluídas as de vigilância sanitária. As ações e serviços da área formulam-se e implementam-se por intermédio de políticas públicas adotadas pelo Poder Público. As referidas políticas são programas de ação governamental que se valem de normas jurídicas e têm estimulado a reflexão dos juristas, em vista, especialmente, de frequentes decisões judiciais sobre políticas públicas, mais notadamente, nas de caráter social. Em vigilância sanitária há o estabelecimento de políticas públicas, por parte da União, que tem na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) seu órgão executor, em nível federal. A Anvisa, para executar a política pública de vigilância sanitária, formula atos que regulam essa atividade. Tais atos, muitas vezes, são questionados judicialmente. Esta pesquisa analisou as decisões judiciais federais, entre os anos de 1999 e 2007, em que a Anvisa figurou no pólo passivo da relação processual, com o intuito de observar se o Poder Judiciário, ao decidir sobre essa importante matéria...

Vigilância sanitária na saúde pública brasileira e sua aproximação com o caso mexicano: proteger, vigiar e regular; Vigilancia sanitaria en la salud pública brasileña y su aproximación hacia el caso mexicano: proteger, vigiar y regular.

Souza, Ana Maria Azevedo Figueiredo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.91%
A organização da vigilância sanitária no Brasil é estudada por meio da definição de modelos que buscam reunir as necessidades, os saberes, a dinâmica de organização e as finalidades desse processo de trabalho específico no interior da saúde pública. Ao tomar por base um recorte temporal, tais modelos demarcam três períodos distintos: o da proteção, o da vigilância e o da regulação sanitária. Discute-se a relação entre as características próprias a cada um desses modelos e as políticas públicas, sociais e econômicas traçadas ao longo da construção da sociedade brasileira. Entendida neste estudo como uma área da saúde, a vigilância sanitária vem se afastando da prática médica à medida que amplia sua interface com os processos produtivos geradores de risco sanitário, o que leva à preponderância da economia. O estudo busca identificar, nas singularidades da formação social do Brasil, a possibilidade de a vigilância sanitária sustentar-se como integrante das políticas de direito social, mesmo sob o regime da reestruturação produtiva internacional. Por fim, faz uma aproximação com o caso mexicano. O trabalho se apóia em construção teórica de base dialética e hermenêutica.; Se estudia la organización de la vigilancia sanitaria en Brasil por medio de la definición de modelos que buscan reunir las necesidades...

Desafio para a gestão descentralizada da vigilância sanitária

Xavier, Rosane Terezinha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
O presente estudo analisa o modelo de Gestão Descentralizada de Vigilância Sanitária no contexto de mudanças no cenário politico e o administrativo. A caracterização da Vigilancia Sanitária é apresentada a partir de uma análise descritiva de alguns componentes do Sistema Nacional de Vigilancia Sanitária - o federal e estadual, no Rio Grande do Sul, no processo de descentralização. A pesquisa foi realizada com base em extenso material documental, entrevistas e A luz da literatura, tomando-se por análise, os coditos e cooperação de atores, suas estratégias, os processos decisórios, entre outros, levando-se em consideração os objetivos propostos: conhecer a estrutura, a forma de Gestão, as articulações e os entraves e impases na descentralização de Vigilância Sanitária. O estudo apontou dificuldades e precariedades do desenho do SNVS vigente e suas configurações política, jurídica e administrativa, além de problemas estruturais que comprometem a implementação e eficiência da descentralização de VISA. Como resultado, identificou a fragilidade institucional desse Sistema, em especial nas heas de competências, o descompasso entre a Nacional de Vigilância Sanitária e os componentes da VISA Estadual...

Percepções do profissional nutricionista sobre a atuação na vigilância sanitária no estado RS

Fraga, Juliana Schimitt de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.89%
Devido à complexidade e amplitude de suas ações, a vigilância sanitária é um campo da Saúde Pública cuja atuação exige conhecimentos técnicos específicos e legais para o efetivo desempenho pelos profissionais. Os nutricionistas têm competência legal de atuar na vigilância sanitária; porém, como em muitos outros cursos, não há aprofundamento sobre esta área na graduação, o que pode constituir um fator importante para o despreparo no desempenho de seu exercício. Portanto, o objetivo deste estudo é conhecer as percepções sobre as atuações de nutricionistas que atuam na vigilância sanitária. Esta pesquisa teve abordagem qualitativa, com aplicação de questionários eletrônicos e realização de entrevistas com nutricionistas que atuam na vigilância sanitária no estado e em municípios do RS. Os resultados foram analisados e categorizados pelo método de análise de conteúdo A partir da análise dos dados, emergiram três categorias predominantes: atribuições de nutricionistas na vigilância sanitária; formação em vigilância sanitária; processos de trabalho. Os resultados deste estudo apontam para a necessidade de inserir nos currículos universitários competências para atuação do nutricionista da vigilância sanitária...

Municipalização das ações de vigilância sanitária em Marília - SP

Beloni, Margarete
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 190 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
Pós-graduação em Saúde Coletiva - FMB; O estudo descreve a municipalização das ações de vigilância sanitária, em Marília, São Paulo, e identifica determinantes políticos, técnicos e administrativos que conformaram o processo, segundo a percepção dos sujeitos envolvidos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, sendo a entrevista escolhida como técnica para coleta dos dados. A entrevista foi orientada por um roteiro composto por questões específicas, previamente formuladas. Foram entrevistados doze sujeitos oriundos do serviço de vigilância sanitária do município de Marília, da divisão de vigilância sanitária da DIR-XIV-Marília e da direção do sistema de saúde local e regional. Para a análise dos dados, foi adotada a técnica de análise de conteúdo que possibilitou a construção de cinco categorias empíricas: a) movimento de mudança; b) qualificação dos recursos humanos; c) perda de espaço e poder na municipalização; d) conflito nas relações de trabalho; e) organização gradativa do serviço de vigilância sanitária municipal. A análise permitiu compreender que as determinações legais não foram suficientes para garantir a municipalização, de fato, da vigilância sanitária, e ainda, que o processo foi gradativo e pontuado de conflitos e indefinições. O processo de municipalização das ações de vigilância sanitária se deu sem que estivessem claramente definidas atribuições...

Ciência, tecnologia, inovação e vigilância sanitária

Silveira, Lívia Costa da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2006.; A vigilância sanitária constitui um campo da saúde pública que tem como objeto a proteção e a defesa da saúde individual e coletiva. Este trabalho apresenta uma discussão sobre as interações entre ciência, tecnologia, inovação e vigilância sanitária, a partir da dicotomia benefícios versus riscos. Além dos aspectos gerais concernentes ao tema, esta dissertação focaliza a situação específica do controle sanitário de serviços de saúde no Brasil. Cada dia mais, os avanços científicos e tecnológicos e as inovações trazem novas soluções e também novos desafios para o campo da vigilância sanitária. As respectivas instituições e, mais recentemente, as agências regulatórias, devem adotar critérios adequados – e que demandem cada vez mais um acompanhamento contínuo dos conhecimentos – para a análise de risco dos produtos e serviços, bem como uma atitude permanente de acompanhamento e avaliação das condições que se apresentam, para proteger a saúde da população. Por um lado, torna-se necessário adequar os regulamentos e procedimentos, entre outros fatores, ao constante aparecimento e incorporação de conhecimentos e de tecnologias...

Gestão do risco sanitário no Brasil e a responsabilidade da Agência Nacional de Vigilância Sanitária

Corrêa, Átila Coelho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.88%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2010.; Este estudo tem por base as políticas definidas para a vigilância sanitária na Constituição Federal de 1988, no conjunto de Leis nºs 8.080/90 e 8.142/90, e na Lei nº 9.782/99, que definiu o Sistema Nacional de Vigilancia Sanitária e criou a Anvisa, descrevendo-a como uma instituição investida da responsabilidade social de promover a proteção da saúde da população.Três aspectos importantes foram aqui analisados: O ordenamento constitucional da obrigação do Estado de garantir saúde à sociedade mediante políticas publicas e sociais, objetivando a redução do risco de doenças e de outros agravos; a definição de vigilância sanitária como um conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos a saúde e de intervir nos problemas sanitários, decorrentes do meio ambiente, da produção, da circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde; e a instituição de uma Agência para executar as políticas de Estado na prevenção, redução ou minimização dos riscos sanitários. São apresentadas as definições básicas concernentes aos termos gestão, risco e reflexões aplicadas à gestão do risco sanitário...

Integração entre vigilância sanitária e assistência à saúde da mulher: um estudo sobre a integralidade no SUS

Maia,Christiane; Guilhem,Dirce; Lucchese,Geraldo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.84%
A integralidade é um princípio do SUS, com várias perspectivas, entre as quais a da articulação de seus serviços. O debate sobre esse princípio está presente na assistência à saúde, com destaque para a área de Saúde da Mulher, e nas diretrizes da Vigilância Sanitária. Como as duas áreas buscam a qualidade dos serviços de saúde, o objetivo é analisar a integração entre Vigilância Sanitária e assistência à saúde da mulher. Trata-se de estudo de caso, qualitativo, com entrevistas de profissionais de Vigilância Sanitária de serviços de saúde e coordenadores de Saúde da Mulher (CSM). Os achados apontam para isolamento da Vigilância Sanitária nas secretarias de saúde. A importância da integração é citada por CSM, porém não é fácil de ser aplicada. As relações, se ocorrem, são por situações emergenciais. Os trabalhadores de Vigilância Sanitária acham que não há articulação por não haver problemas na Saúde da Mulher que demandem sua participação e que, com inspeções e palestras, estão colaborando com a área. Mostram-se dificuldades à concretização da integralidade, com o desafio de articular ações em saúde, sobretudo para a Vigilância Sanitária.

Descentralização das ações de Vigilância Sanitária nos municípios em Gestão Plena, Estado do Rio de Janeiro

Cohen,Mirian Miranda; Moura,Maria de Lourdes de Oliveira; Tomazelli,Jeane Gláucia
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.93%
O Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde do Rio de Janeiro pretende, com a descentralização das ações de vigilância sanitária para os Municípios, atender condições mínimas para fortalecer o sistema estadual de Vigilância Sanitária, criando estrutura de apoio ao processo de descentralização. Este trabalho objetiva apresentar o diagnóstico situacional dos órgãos de vigilância sanitária dos municípios em Gestão Plena do Sistema Municipal, discutindo os principais resultados. A metodologia compreende a análise dos 22 órgãos de vigilância sanitária em Gestão Plena do Sistema Municipal, conforme a Norma Operacional Básica 96, no período de julho a dezembro de 2002, através de questionário padrão aplicado pelo Centro de Vigilância Sanitária e de observação participante. Com base nos resultados, conclui-se que a maioria dos órgãos de vigilância sanitária municipais em Gestão Plena do Sistema Municipal, possuem profundas dificuldades técnico-operacionais no desenvolvimento das ações descentralizadas, denotando a fragilidade do processo de descentralização das ações de Vigilância Sanitária no Estado e a necessidade de sensibilizar os gestores para a efetiva estruturação das vigilâncias sanitárias locais...

Equidade no acesso às ações de vigilância sanitária no município de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco

Luiza de Melo Coelho da Costa, Maria; Carlos Gomes do Espírito Santo, Antônio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.9%
Estudos sobre equidade têm se concentrado na desigualdade das condições de saúde ou do acesso aos serviços assistenciais entre diferentes estratos sociais. A literatura mostra-se escassa quando se trata dos serviços de Vigilância Sanitária. Além de contribuir para a redução de iniqüidades, estudos com este enfoque também se mostram relevantes, pela necessidade de fortalecimento do instrumental teórico-prático voltado para a gestão desse campo de práticas, como também ampliar o acervo de estratégias metodológicas referentes a este objeto. O presente estudo teve como objetivos avaliar a equidade do acesso às ações da Vigilância Sanitária por parte dos moradores dos diferentes bairros de um município da Região Metropolitana do Recife e identificar a correlação entre o perfil distributivo destas ações no território referido e os fatores selecionados como seus possíveis determinantes. Foi adotada como proxy da presença da vigilância sanitária nos bairros as visitas realizadas para inspeção dos estabelecimentos que comercializam alimentos, por estarem relacionadas com um bem consumido cotidianamente por todos os segmentos da população. Optou-se por um estudo ecológico, de natureza quantitativa e de corte transversal. Como indicadores das variáveis dependentes foram criados o Coeficiente de visitas por 10.000 habitantes e o Coeficiente de visitas por 100 estabelecimentos. Como variáveis independentes utilizaram-se o Indicador de Carência Social construído por Rodrigues (2007)...

O cuidado em enfermagem no serviço de vigilância sanitária; Nursing care in health surveillance service; El cuidado en enfermería en el servicio de vigilancia sanitaria

Leroy, Patrícia Luz Almeida; Pereira, Milca Severino; Tipple, Anaclara Ferreira Veiga; Souza, Adenícia Custódia Silva e
Fonte: Universidade Federal de Goiás Publicador: Universidade Federal de Goiás
Tipo: TCC Graduação
ES
Relevância na Pesquisa
66.97%
7 p.; O serviço de vigilância sanitária, semelhante à enfermagem, tem sua origem justificada pela preocupação com a saúde dos indivíduos. Apesar da relevância da contribuição do enfermeiro para o serviço de vigilância sanitária, esse permanece pouco conhecido pelos profissionais da enfermagem. Esse estudo busca descrever o contexto do serviço de vigilância sanitária enquanto possibilidade do cuidado em enfermagem, permitindo sua visualização como campo de atuação da enfermagem. Para tanto, optou-se pelo método de estudo de caso com abordagem qualitativa. Os sujeitos são os enfermeiros que atuam no Departamento de Vigilância Sanitária - Goiânia, como Fiscais de Saúde Pública. O estudo foi realizado no período de novembro/2005 a novembro/2006. Os dados coletados foram trabalhados utilizando-se a análise de conteúdo proposta por Bardin, identificando “núcleos temáticos” na comunicação dos sujeitos. Os resultados evidenciam que a compreensão do cuidado em enfermagem, a identificação desse cuidado no serviço de vigilância sanitária e a construção da identidade profissional do enfermeiro que atua nesse serviço guardam relação entre si e estão relacionadas à formação acadêmica e profissional do enfermeiro. Profissionais que referem experiência anterior na área de Saúde Pública identificam mais facilmente o cuidado em enfermagem no serviço de vigilância sanitária...

Vigilância Sanitária: uma perspectiva do cuidado em enfermagem; Surveillance Sanitary: a perspective of care at nursing.

LEROY, Patrícia Luz Almeida
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.91%
Such like nursing, service of surveillance sanitary has her origin justified to worry with health of people fact observed when resume the history of both field of knowledge. You can realize that has a close relation at care of nursing and the service of surveillance sanitary, this make us to consider the great importance about the contribution of nurse in this job. But, in spite of guard close relation, the service of surveillance sanitary remain not very wellknow with the professional of nursing, this probably can be explicain by the presence unexpressive of contents relevant about the area of performance in the academic institution. This study has the intention to for tray the context about the service of surveillance sanitary like possibility care at nursing, helping the view, in the nursing area, about this service like performance of nursing at public health, with the perspective to understand this dimension, importance, relation of performing with others professionals and possibility of intervention. By the way, opt to using the method of study of case with quality approach to the development. The information collected studied using the analysis of contents, proposal by Bardin, would identify the matter nucleus in the communication of people and are important about the proposal objective. The results evidence that the understanding about care at nursing...

Vigilância sanitária e saúde da mulher : um estudo sobre a integralidade no SUS

Maia, Christiane Santiago
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.93%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, 2007.; A integralidade é um princípio do SUS com implicações diretas sobre vários dos problemas do sistema. No contexto da saúde brasileira, a integralidade tem assumido diversos enfoques, entre os quais o da articulação entre serviços, perspectiva adotada nesse estudo. O debate sobre esse princípio está presente na política de saúde da mulher e também nas diretrizes da Vigilância Sanitária. Considerando que esses dois campos buscam a qualidade dos serviços ofertados à mulher, o objetivo desse trabalho foi analisar a integração entre a Vigilância Sanitária de serviços de saúde e a área de saúde da mulher em secretarias de saúde municipais. A estratégia de pesquisa foi um estudo qualitativo, tendo a análise de conteúdo como técnica de análise dos dados. A coleta de informações ocorreu por meio de entrevistas semi-estruturadas e aplicação de um questionário. O grupo selecionado foi constituído por 15 profissionais de secretarias de saúde municipais: cinco responsáveis pela Vigilância Sanitária de serviços de saúde, cinco técnicos da Vigilância Sanitária de serviços de saúde e cinco coordenadores de saúde da mulher, de cinco municípios capitais de estado...

Representações sociais sobre vigilância sanitária entre trabalhadores da ANVISA : um estudo na Coordenação de Vigilância Sanitária de portos, aeroportos, fronteiras e recintos alfandegados do Rio Grande do Sul; Representaciones sociales sobre vigilancia sanitaria entre trabajadores de la ANVISA : un estudio en el Coordinación de Vigilancia Sanitaria de Puertos, Aeropuertos, Fronteras y Recintos Aduaneros do Rio Grande do Sul; Social representations on health surveillance among ANVISA’s workers : a research at the Health Surveillance Coordination at Ports, Airports, Borders and Customs in Rio Grande do Sul

Garcia, Dirciara Souza Cramer de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67%
Estudo qualitativo, exploratório-interpretativo, com o objetivo de conhecer as representações sociais sobre vigilância sanitária entre trabalhadores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA - que se vinculam à Coordenação de Vigilância de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados – VISAPAF - no Estado do Rio Grande do Sul. Três postos foram campo de pesquisa, localizados no Porto de Rio Grande, no Aeroporto Internacional de Porto Alegre e na Fronteira de Uruguaiana, RS. A coleta de dados ocorreu entre novembro de 2005 e junho de 2006 junto aos profissionais que compõem as equipes de trabalho que atuam nesses locais. A técnica de evocação e associação livre de palavras foi aplicada a 44 participantes, tendo-se entrevistado 30 sujeitos dessa mesma população. Sob o enfoque da Teoria das Representações Sociais, chegou-se às categorias: proteção à saúde, identidade profissional que se desdobrou em profissionalismo e desvalorização profissional; e polícia sanitária: os elos entre o fazer normativo e a educação sanitária. A vigilância sanitária é representada pelos sujeitos como um processo que, apesar das contradições, vem sendo construído e vivenciado no cotidiano da profissão com sinais de renovação das representações existentes. Assim...

Noções básicas de vigilância sanitária

da Silva, Alcides Milton; Philippi, Jane Maria de Souza
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Unidade 3 do módulo 16 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família. Arquivo .zip contendo página html com recursos de texto, imagens e animações em flash.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.86%
Este objeto começa mostrando a história da Vigilância Sanitária, desde a sua origem na Europa do século XVII e sua noção de polícia sanitária, passando pelos três modelos econômicos: agroexportador, do Brasil colônia até a década de 1940 onde a fiscalização sanitária focava nas epidemias e endemias sem um órgão específico, na substituição de importações de 1940 até 1990 quando a vigilância epidemiológica controlava a fiscalização e indo até a criação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) em 1999. Segue explicando que para sua existência foram implantados órgãos estaduais e municipalizados os serviços de vigilância sanitária que regulamentam e executam ações locais. Apresenta suas áreas de atuação, que vão desde agrotóxicos, alimentos, sangue tecidos e órgãos, até cosméticos, medicamentos e fiscalização de portos e fronteiras. Termina mostrando as áreas de atuação da Vigilância Sanitária municipal que incluem fiscalização de estabelecimentos de saúde, creches, asilos, hospitais, clínicas, serviços de diagnósticos e tratamentos, além de vistorias sanitárias, atividades educativas, destino final de dejetos e resíduos sólidos, entre outras. Unidade 3 do módulo 16 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.; 1.0; Ministério da Saúdes/OPAS/OMS

Social representations of health surveillance among workers; Representaciones sociales de trabajadores acerca de la vigilancia sanitaria; Representações sociais sobre vigilância sanitária entre trabalhadores

Souza, Dirciara Barañano; Dall'Agnol, Clarice Maria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
66.91%
Estudo qualitativo, exploratório-interpretativo, com o objetivo de conhecer as representações sociais sobre vigilância sanitária entre trabalhadores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, no Rio Grande do Sul. Verificou-se que vigilância sanitária é representada pelos sujeitos como um processo que, apesar das contradições, vem sendo construído e vivenciado no cotidiano da profissão, com sinais de renovação das representações existentes. Assim, proteção à saúde adquire novo entendimento, distanciando-se dos limites da prevenção que tradicionalmente focaliza a doença, para voltar-se à noção de promoção. Também, a imagem de polícia sanitária desloca-se da punição para a educação sanitária, estabelecendo os elos entre os fazeres normativo e educativo. Além disso, o profissionalismo assenta-se em responsabilidade e conhecimento, e a desvalorização profissional ancora-se na idéia de exclusão. Os resultados propiciam análise dos elementos que podem estar causando permanências e influenciando os movimentos da prática cotidiana, podendo reverter em benefício da construção de um perfil profissional.; Estudio cualitativo, exploratorio-interpretativo con el objetivo de conocer las representaciones sociales de trabajadores acerca de la vigilancia sanitaria en la Agencia Nacional de Vigilancia Sanitaria – ANVISA...

Cartilha de vigilância sanitária: cidadania e controle social. 2. ed.

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária
Fonte: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Publicador: Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)
Tipo: Documento pedagógico
POT
Relevância na Pesquisa
106.84%
55p., il. color.; Esta cartilha apresenta conceitos, informações, leis e reflexões, de forma abrangente, sobre o tema Vigilância Sanitária e sobre o Sistema Único de Saúde (SUS), chamando a atenção para exemplos da vida cotidiana da população brasileira em que as ações de Vigilância Sanitária devem estar presentes.

Representações sociais sobre vigilância sanitária entre trabalhadores; Social representations of health surveillance among workers; Representaciones sociales de trabajadores acerca de la vigilancia sanitaria

Souza, Dirciara Barañano; Dall'Agnol, Clarice Maria
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2008 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
66.93%
This is a qualitative, exploratory-interpretative study, with the purpose of investigating the social representations of health surveillance among members of the National Health Surveillance Agency - ANVISA, in Rio Grande do Sul State. It was found that health surveillance is represented by subjects as a process that, despite the contradictions, is being constructed and lived in the job routine with signs of renovation of existing representations. Thus, health protection acquires a new understanding, deviating from the prevention limits that traditionally focus on disease in order to return to promotion itself. Also, the image of health police is displaced from punishment to health education, establishing links between normative and educative performance. Moreover, professionalism is based on responsibility and knowledge, and professional devaluation is anchored in the idea of exclusion. The results allow for an analysis of the elements that can be causing permanencies and influencing the movements of daily practice, being able to revert into a benefit for the construction of a professional profile.; Estudio cualitativo, exploratorio-interpretativo con el objetivo de conocer las representaciones sociales de trabajadores acerca de la vigilancia sanitaria en la Agencia Nacional de Vigilancia Sanitaria - ANVISA...

Descentralização das ações de Vigilância Sanitária nos municípios em Gestão Plena, Estado do Rio de Janeiro

Cohen,Mirian Miranda; Moura,Maria de Lourdes de Oliveira; Tomazelli,Jeane Gláucia
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.93%
O Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde do Rio de Janeiro pretende, com a descentralização das ações de vigilância sanitária para os Municípios, atender condições mínimas para fortalecer o sistema estadual de Vigilância Sanitária, criando estrutura de apoio ao processo de descentralização. Este trabalho objetiva apresentar o diagnóstico situacional dos órgãos de vigilância sanitária dos municípios em Gestão Plena do Sistema Municipal, discutindo os principais resultados. A metodologia compreende a análise dos 22 órgãos de vigilância sanitária em Gestão Plena do Sistema Municipal, conforme a Norma Operacional Básica 96, no período de julho a dezembro de 2002, através de questionário padrão aplicado pelo Centro de Vigilância Sanitária e de observação participante. Com base nos resultados, conclui-se que a maioria dos órgãos de vigilância sanitária municipais em Gestão Plena do Sistema Municipal, possuem profundas dificuldades técnico-operacionais no desenvolvimento das ações descentralizadas, denotando a fragilidade do processo de descentralização das ações de Vigilância Sanitária no Estado e a necessidade de sensibilizar os gestores para a efetiva estruturação das vigilâncias sanitárias locais...