Página 1 dos resultados de 2938 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Aplicação de um procedimento usando preferência declarada para a estimativa do valor do tempo de viagem de motoristas em uma escolha entre rotas rodoviárias pedagiadas e não pedagiadas.; Application of a procedure using stated preference for value of travel time estimation in a choice context involving tolled and non-tolled routes.

Brito, André Nozawa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
Esta dissertação baseia-se na aplicação de um procedimento empírico envolvendo técnicas de preferência declarada para a estimativa do valor do tempo de viagem de motoristas em deslocamentos regionais, em um contexto de escolha entre rotas pedagiadas e não pedagiadas. Inicialmente é feita uma revisão das abordagens teórica e empírica sobre a valoração do tempo. São também revistos os conceitos básicos de outros dois elementos fundamentais na metodologia aqui utilizada: a teoria da escolha e técnicas de preferência declarada. Uma aplicação a um estudo de caso específico é feita usando informações coletadas em ampla pesquisa de preferência declarada, realizada em 2005 com motoristas de automóvel em diversos pontos da malha rodoviária do estado de São Paulo. O desenho experimental da preferência declarada envolvia três atributos: tempo de viagem por uma rota pedagiada, custo tarifário e tempo de viagem por uma rota não pedagiada. O conjunto das informações foi analisado e utilizado na obtenção de modelos de escolha discreta do tipo logit multinomial; os valores do tempo de viagem foram obtidos a partir dos coeficientes estimados em funções de utilidade aditivas e lineares nos parâmetros. Analisou-se também a variação do valor do tempo em função de características do motorista e da viagem...

Uma leitura poético-filosófica de Marinheiro de primeira viagem, de Osman Lins; A poetic-philosophical reading of the 'Marinheiro de primeira viagem', by Osman Lins

Ramos, Darcy Attanazio Taboada
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
Esta dissertação tem por objetivo realizar uma leitura poético-filosófica do livro Marinheiro de primeira viagem, de Osman Lins, que se destaca por seu experimentalismo literário e por inovar o gênero "literatura de viagem". Embora seja um livro elaborado com base na viagem que seu autor fez à Europa, onde ficou seis meses, em 1961, ele não oferece a seus relatos as características que se costuma imprimir a esse gênero tradicional, em que o autor revela suas impressões e faz descrições das experiências vividas. Ao registrar suas memórias, ele cria uma estética literária inovadora por sua narrativa insubmissa, não-linear, marcadamente fragmentada, mas poética. Nos registros, o diálogo intertextual com a tradição cultural é intenso, e destacaremos esse intercâmbio como memória que a literatura tem dela mesma. Nessa relação entre textos, ganha relevo o mítico Orfeu e sua amada Eurídice, que potencializam a poética do livro e congregam o leitor ao texto para uma leitura hermenêutica com base na estética da recepção. Quanto ao aspecto filosófico do trabalho, encontramos apoio nas idéias hermenêuticoontológicas do filósofo Martin Heidegger e sua meditação sobre a obra de arte e a poesia, que contribuem para uma reflexão acerca do evento poético que unifica os fragmentos em Marinheiro de primeira viagem.; The purpose of this work is to do a poetic-philosophical reading of the Osman Lins book Marinheiro de primeira viagem...

Voyage au bout de la nuit, Louis-Ferdinand Céline: o itinerário de uma viagem; Voyage au bout de la nuit, Louis-Ferdinand Céline: the itinerary of a trip

Miguel, Regina Lima Dantas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Voyage au bout de la nuit, do escritor francês Louis-Ferdinand Céline, obteve uma grande repercussão nos círculos literários e junto ao público em 1932, ano de seu lançamento. Por uma linguagem popular e virulenta até então ausente da literatura francesa e pela violência com que seu herói Ferdinand Bardamu denunciava as injustiças da sociedade, o livro de estréia de Céline causou um forte impacto e, até hoje possui um lugar à parte no cenário literário. Um dos fatores responsáveis por esse impacto seria sem dúvida, a inovação perpetrada à língua francesa uma vez que seu autor pretendia renová-la a partir da linguagem oral e popular. O romance apresenta um duplo movimento de protesto: a denúncia virulenta de seu protagonista e o golpe desferido no âmago da língua literária acadêmica. Grande parte de sua repercussão, deveu-se em larga escala a essa escolha lingüística considerada inovadora e revolucionária para os padrões da época. A invenção de Céline de escrever como se fala seria uma espontaneidade aparente, pois, seu estilo nada tem de natural, ao contrário, é artifício, resultado de um longo trabalho. Se a escolha de uma língua criada a partir de tal registro escandalizou os leitores de sua época...

Mapeamento de redes em SIG: proposta de otimização do tempo de viagem da população rural aos serviços de saúde; GIS Mapping Network: Contributions to the Optimization of the Travel Time of the Rural Population to Health Service Facilities

Ferreira, Ricardo Vicente
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
A distância e o tempo de viagem são elementos de importância para a avaliação do acesso aos serviços de saúde, esta é uma questão que para a população do campo tem uma importância especial devido às particularidades geográficas do espaço rural. A presente pesquisa tem como objetivo desenvolver uma metodologia de mapeamento da rede de rodovias rurais com indicações de impedâncias de viagem, utilizando-se para isso dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e tendo em vista a otimização do traslado da população rural aos serviços de saúde. A orientação teórica se apóia no conceito de distância na Geografia e em concepções sobre a medida da acessibilidade e mobilidade espacial. Faz-se uma ampla observação das abordagens e metodologias voltadas ao estudo da acessibilidade geográfica das populações rurais aos serviços de saúde, sobretudo, as que tratam de fatores espaciais e fazem uso dos SIG. Dados relativos às classes de rodovias rurais, declividade da paisagem, sinuosidade, visibilidade e uso da terra, são considerados na composição de uma síntese de impedâncias. A avaliação toma como parâmetro o tempo de viagem por veículo automotor e as medidas se fazem com base na rede rodoviária ponderada por impedâncias. A população rural e as unidades de atendimento à saúde são os referencias para a avaliação da acessibilidade geográfica. A metodologia foi aplicada à Microrregião de Registro (SP) e os resultados indicam que a velocidade nos percursos muda de acordo com os atributos associados às rodovias...

Imagens e paleta de cores nos textos de Flaubert da viagem ao Oriente; Flaubert's images and color palettes in texts from his journey to the Orient

Ribeiro, Lúcia Amaral de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
Esta tese abrange manuscritos inéditos dos cadernos da viagem ao Oriente, de Flaubert, e textos publicados postumamente, a partir do que ele copiou dos seus cadernos logo depois da viagem, fazendo mudanças e acréscimos. Esta tese também abrange cartas que ele escreveu no Oriente. Analiso movimentos da sua escritura e a mobilidade de formas textuais, que migram de cartas para textos da viagem e vice-versa. Ele não quis publicar essas anotações, que constituem um lugar de experiência com a linguagem, uma espécie de laboratório de formas, que depois, com mudanças, ele integra em seus romances. Relaciono esses textos a concepções estéticas da época. Comparo o modo descritivo que Flaubert desenvolve durante a viagem com páginas dos cadernos ilustrados de Delacroix, do Marrocos. Identifico nos textos do Oriente de Flaubert correspondências entre composição literária e composição pictural. Seu olhar e imaginação são informados pela arte orientalista, em voga na Europa, na época. O orientalismo é um elo para a análise de mudanças estéticas que acontecem nas duas artes, literatura e pintura, no século XIX. Escrever durante a viagem se associa à ideia de movimentar um repertório de imagens e, ao mesmo tempo, tornar visível o que o texto evoca; This thesis encompasses Flauberts unpublished manuscripts from his travel notes and copies he made from these travel notes...

O comportamento de viagens de acesso a aeroportos considerando a confiabilidade do tempo de viagem; Airports access travel behavior considering travel time reliability

Alves, Bianca Bianchi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
A confiabilidade do tempo de viagem é atualmente considerada como um fator de elevada importância nos estudos de demanda por transportes, com base no reconhecimento que sistemas congestionados são uma realidade inevitável nos grandes centros urbanos, gerando incertezas nas estimativas do tempo de viagem e tornando sua representação através de uma variável de tempo médio excessivamente simplista. O acesso terrestre aos aeroportos em São Paulo constitui um contexto interessante para o estudo da confiabilidade, considerando os altos custos atribuídos à eventual perda do voo e o ambiente de alta variabilidade de tempos de viagem na região. O estudo da confiabilidade do tempo de viagem tem sido em geral desenvolvido com um enfoque exclusivamente quantitativo, usando modelos matemáticos que se baseiam em teorias de maximização da utilidade estimados a partir de dados de preferência declarada. Em geral, são ignorados: (i) os efeitos de fatores latentes no comportamento, (ii) o fato de que o comportamento nem sempre reflete as intenções, (iii) a complexidade dos fatores envolvidos nas escolhas e (iv) os fatores que descrevem o contexto em que ocorre a decisão. O trabalho utiliza métodos mistos para a coleta e análise dos dados...

Paisagem e viagem em Guilhermino César e Charles Baudelaire

Dorneles, Giele Rocha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
A paisagem e a viagem como metáforas da subjetividade, muitas vezes expressas através da iconografia da cidade, tanto de seus elementos humanos como paisagísticos, indicam que o recôndito da subjetividade lança mão de inúmeras e variadas maneiras para se configurar. O entrelaçamento entre o sujeito e sua relação com o Outro e o mundo que o cerca insere a compreensão de interligação entre o meio cultural e a subjetividade de cada um, numa troca incessante de percepções que se completam na fala sobre o mundo e o eu. O sublime se faz marcado pela constante revelação que o contato lento com o mundo do Outro de Charles Baudelaire e Guilhermino César se apresenta em suas produções e nas entrelinhas de seus textos, quando o efeito de completude que esses autores provocam no sujeito leitor se reflete na análise intensa, de leitura sistemática realizada para a compreensão do simbólico e representativo nos seus tecidos textuais. O devaneio presente elenca no Outro um devaneio particular, mas que ao final é apenas mais uma representação da paisagem do eu no contato com o mundo. Um panorama de informações que se desenvolveu sobre Guilhermino César e Charles Baudelaire, cujo objetivo maior de apresentar as figurações da paisagem e da viagem como metáforas de um mundo...

O relato de viagem e seu narrador: análise de Diário de uma Viagem ao Brasil (1821-1823), de Maria Graham

Mattos, Bruno Cobalchini
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
O presente trabalho tem como objetivo estudar o narrador do livro Diário de Uma Viagem ao Brasil, da inglesa Maria Graham, problematizando como este organiza em forma narrativa o olhar lançado sobre o Brasil em 1821. Foi feita uma delimitação do gênero do relato de viagem conforme entendido por Tzvetan Todorov. Em seguida, estudou-se a metodologia da análise da narrativa a partir das proposições de Walter Benjamin, de teóricos estruturalistas e de Yves Reuter – as ideias deste último foram empregadas na análise. Foram discutidas as observações a respeito do impacto do relato de viagem na constituição de uma noção de “brasileiro”. Também buscou-se esclarecer o contexto histórico e de produção editorial do período de produção. Finalmente, analisou-se fragmentos do livro, particularmente o relato do período de 21 de setembro e 9 de dezembro de 1821. Nos resultados da análise, verificou-se semelhança do olhar da narradora com o olhar do naturalista, bem como a tendência de descrever a paisagem e os nativos a partir de critérios europeus, sem relativizá-los. Além disso, detectou-se a ocorrência de elementos da representação encadeados em um discurso e a presença extensiva da função explicativa ao longo de todo o texto.; This work seeks to study the narrator in the book Diary of a Voyage to Brazil...

José Saramago: da viagem ao viajante

Gonçalves, Mariana de Matos
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Tese de mestrado, Cultura e Comunicação, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2013; O tema da viagem é frequente na literatura de José Saramago. Neste trabalho, analisam-se as obras A Jangada de Pedra (1986) e A Viagem do Elefante (2008) para tentar identificar os vários tipos de viagem que nelas se podem encontrar. A viagem, aqui entendida como percurso transformador do indivíduo, realiza-se em duas dimensões: num plano interior, em que o Eu se vai transformando à medida que vivencia os acontecimentos externos, e de um ponto de vista exterior, em que o Eu se depara com o Outro e entre os dois se estabelecem diferentes tipos de relação. Por isso, este trabalho reflecte sobre a confluência dos movimentos interno e externo no indivíduo, sendo a evolução pessoal do mesmo encarada como uma viagem permanente. Pelas afinidades temáticas com os dois romances referidos, a dissertação debruça-se ainda, e com alguma demora, sobre o escritor/viajante de Viagem a Portugal (1981).; ABSTRACT: The topic of travel is recurrent in José Saramago’s literary work. In this dissertation, both The Stone Raft (1986) and The Elephant’s Journey (2008) are analysed with the purpose of identifying the different kinds of journey found in these two books. The journey...

A representação do Alto-Douro Vinhateiro nos guias de viagem estrangeiros (1845-1974)

Ribeiro, Didiana Margarida Fachada Lopes Fernandes Branco
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
Tese de Doutoramento em Ciências da Cultura; A representação do Alto-Douro Vinhateiro nos guias de viagem estrangeiros (1845- 1974) tem como finalidade estudar a forma como Portugal e, particularmente, o espaço duriense foram percecionados e divulgados ao longo do tempo, através dos guias de viagem estrangeiros (impressos e editados) e, conjuntamente, analisar as alterações sociais, culturais e da organização do espaço, associadas à viagem por este território. O motivo pelo qual se optou por estudar esta realidade prende-se com a clara perceção de uma insistente complexidade na criação de uma imagem sobre o Alto Douro. Este estudo procura reconstituir os momentos determinantes na cronologia de afirmação do Douro vinhateiro como espaço de visita e observar as alterações verificadas nas viagens pelo Alto Douro, determinadas pelo desenvolvimento tecnológico e industrial que permitiu o aparecimento e generalização de novos meios de transporte. Mas, mais do que o exame dos guias de viagem, a pesquisa procura analisar a representação estética da natureza e dos ângulos sociais e culturais mais expostos, deste território, nas reproduções narradas e, se possível, observar a reconstituição dos itinerários propostos aos viajantes nos guias consultados e a evolução da conceção do(s) espaço(s)...

A viagem como demanda Frankenstein, or the Modern Prometheus, de Mary Shelley e em Le Comte de Monte-Cristo, de Dumas

Quinteiro, Sílvia Moreno de Jesus e
Fonte: Centro de Estudos Comparatistas, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Publicador: Centro de Estudos Comparatistas, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
De acordo com Carol Williams (1988: xi), a história da humanidade pode ser vista como a história de um viajante, uma vez que, em seu entender, mudar de sítio e de hábitos é tão próprio da natureza humana quanto o desejo de permanecer e de construir um lar. Logo, é natural que a viagem se tenha tornado num dos temas mais recorrentes e duradouros da literatura, assumindo uma enorme multiplicidade de formas, de modalidades, de objectivos e até mesmo de designações (viagem real, viagem imaginária, viagem no tempo). Todos estes tipos de viagem, ou de “encenação da viagem” (Adler, 1988: 3), têm como aspecto fundamental e comum a deslocação do corpo de um sujeito (viajante) que atravessa um determinado espaço num determinado tempo, sendo que sujeito, espaço e tempo são culturalmente determinados.

A viagem de Mário de Andrade à Amazônia: entre raízes e rotas

Botelho,André
Fonte: Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
O artigo propõe uma leitura do relato da viagem de Mário de Andrade à Amazônia, O turista aprendiz, valorizando contingências e ambiguidades na modelagem da narrativa e do narrador-viajante. Por isso, recusa assimilar de antemão o relato amazônico à literatura de viagem em geral ou mesmo à ideia de viagem etnográfica tão característica do relato de outra viagem do autor, ao Nordeste. Uma rápida comparação com os escritos de Euclides da Cunha permite ainda discutir intertextualidade, tradução cultural e ressignificação dos tropos dos relatos de viagem à Amazônia, e nos aproximarmos um pouco mais do sentido das ideias de Mário de Andrade, nunca livres de ambiguidades, às quais devem justamente sua força, alcance e interesse contemporâneos.

Naufrágio e galanteio: viagem, cultura e cidades em Mário de Andrade e Gilberto Freyre

Lira,José Tavares Correia de
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Na literatura de viagem, dois gêneros tradicionais se destacam: o diário e o guia; e dois personagens: o viajante e o cicerone. O objetivo deste artigo é avançar na compreensão das cidades como campo cultural na perspectiva da viagem e dos viajantes. Para tal, proponho repensar a distância entre Mário de Andrade e Gilberto Freyre, figuras centrais do modernismo e da antropologia no Brasil, a partir do exame de suas experiências de viagem. Mais especificamente, trata-se de encenar um encontro entre estas personalidades diversas, às vezes antagônicas, em um topos comum de acesso à cultura brasileira: as cidades do Norte e do Nordeste do Brasil, surpreendidas na crise do regime agro-exportador e patriarcal, com seus resíduos de paisagem e caráter, povo e modos de vida, memória, forma urbana, arquitetura, arte e folclore. A base de leitura são os diários e crônicas redigidos pelo escritor paulistano ao longo de suas duas longas viagens etnográficas à Amazônia (1927) e ao Nordeste (1928/1929); o diário de juventude, as crônicas de jornal e o Guia Prático, Histórico e Sentimental da Cidade do Recife (1934), do antropólogo pernambucano. Se a opção por estes escritos - menores no conjunto de suas obras, é verdade...

A construção do olhar: a Viagem à Itália, de Goethe

Guidotti,Mirella
Fonte: Universidade de São Paulo/Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/; Programa de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã Publicador: Universidade de São Paulo/Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas/; Programa de Pós-Graduação em Língua e Literatura Alemã
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Investiga-se a Viagem à Itália de Johann Wolfgang von Goethe, obra que narra a viagem à península italiana de 1786 a 1788, publicada em 1816-1817. Contudo, mais do que uma reconstrução de sua viagem através das memórias e diários, a Viagem importa, antes de mais, como uma narrativa da construção de um novo olhar para com a obra de arte, como a construção da própria estética goetheana.

Valoração econômica do meio ambiente: o método do custo de viagem aplicado ao litoral do Rio Grande do Sul

Finco, Marcus Vinicius Alves; Abdallah, Patrízia Raggi
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
O presente trabalho mostra a utilização de um método de valoração econômica como ferramenta para a preservação/conservação dos bens e serviços gerados pelas zonas costeiras. O estudo utiliza o método do custo de viagem como meio de captar o valor recreacional gerado pela Praia do Cassino, situada no litoral sul do estado do Rio Grande do Sul. Com a coleta de dados realizada por meio de questionário específico, a demanda turística da praia foi estimada e, com ela, o valor de uso da área litorânea. Os resultados empíricos mostram que a quantidade de dias que os turistas permanecem na praia é positivamente correlacionada com os custos de transporte por viagem e inversamente correlacionada com os custos de viagem (gastos incorridos na praia). O valor de uso foi estimado através da integração da curva de demanda em relação aos custos de viagem e ficou entre R$91,57 e R$101,38 por dia, por turista.

Do poder às margens e das margens ao poder: um olhar Geográfico sobre os territórios da prostituição feminina na Av. Conselheiro Aguiar, Boa Viagem Recife/pe

Rachel Coutinho Contreiras de Almeida, Luciana; Tôrres Aguiar Gomes, Edvânia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.07%
A dissertação aborda os conflitos sócio-territoriais no bairro de Boa Viagem, situado na cidade do Recife Pernambuco, decorrentes da presença acentuada de profissionais do sexo na área. Analisa-se os territórios da prostituição feminina de rua, em uma das principais vias do bairro, a Av. Conselheiro Aguiar. Ressalta-se que, com a instalação da prostituição, a partir da década de 90, surgiram embates sócio-territoriais mais evidentes na área, devido à inserção de uma atividade historicamente marginalizada pela sociedade em um espaço de moradia e de empreendimentos econômicos. O foco central da pesquisa concentra-se na análise dos territórios da prostituição, considerando, as razões da instalação da prostituição em Boa Viagem, a realidade social das prostitutas, os conflitos territoriais decorrentes de sua instalação no espaço de classes sociais abastadas, as estratégias e as táticas de convivência entre os grupos sociais (prostitutas, moradores, empresários etc), os motivos de sua permanência e as implicações na dinâmica do bairro. A princípio, a cidade do Recife, a exemplo do que, historicamente, ocorreu em cidades portuárias, concentrava a prostituição nos bairros adjacentes ao porto...

Percepção dos usuários quanto à erosão costeira na praia da Boa Viagem, Recife (PE), Brasil

Márcia Vicente Leal, Mônica; Ferreira da Costa, Monica (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.12%
A percepção dos usuários das praias da Boa Viagem e do Pina quanto a erosão costeira e as obras de contenção planejadas para o local foi avaliada no verão de 2005. Foi desenvolvida uma ferramenta de pesquisa sócio-ambiental na forma de um questionário semi-estruturado. Para a formulação do questionário, foram levantados os conceitos teóricos e práticos que subsidiam as pesquisas sociais. Os mesmos foram adaptados para a pesquisa sócio-ambiental. Foram feitos testes piloto do questionário para seu aperfeiçoamento em agosto e setembro de 2004. O questionário final foi aplicado em Fevereiro e março de 2005 em 453 pessoas. Essas pessoas eram usuários da praia escolhidos randomicamente dentro de critérios de prioridade. A quantidade de entrevistas foi proporcionalmente distribuída ao longo dos diferentes trechos da praia, definidos segundo sua qualidade ambiental, e dias da semana e horas do dia. Foram então elaborados três manuscritos de trabalhos científicos: (i) sobre o desenvolvimento da ferramenta de trabalho, o questionário; (ii) sobre o perfil do usuário da parai da Boa Viagem e; (iii) sobre a sua percepção ambiental quanto a erosão costeira e opinião sobre as obras de contenção existentes e planejadas. O desenvolvimento do questionário levou a um produto final que continha 34 perguntas divididas em três partes (identificação...

Implantação de uma Unidade Sentinela Centro de Referência em Medicina Internacional e de Viagem no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Goiás (HC / UFG); Introduction of Sentinel Unit Reference Center in International and Travel Medicine in General Hospital at Federal University of Goiás.

AIRES, Leticia Mara Conceição
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.22%
Introduction: The number of domestic and international travel has increased in past years. This way, Travel Medicine, has become an important subject, with the emergence of services that provide health care to travelers. Objective: To evaluate strategies used in deploying Sentinel Unit Reference Center for International and Travel Medicine at the HC / UFG. Methods: First approach: Systematic Review of Literature using the keywords: "Travel and medicine", "Travel and prevention", "Travel and Disease and Medicine" and "Traveler and medicine . Then were selected articles in English, Spanish and Portuguese, from 2004 to 2008. Second approach: a descriptive, qualitative and quantitative, with evaluation of actions taken during the period preceding the implementation of the Unit. Results: In the literature review were found 1,301 articles, and 72 included for analysis, we observed that malaria is the most studied disease, the main preventive measures discussed are chemoprophylaxis for malaria and vaccination. Health professionals working in Travel Medicine are general practitioners, pharmacists and nurses in various parts of the world, and among the obstacles we stress the lack of information in travelers, the lack of professional preparation and last-minute travelers. In a qualitative and quantitative research was performed a retrospective study in which differences were observed between physicians at the General Hospital and the tropical Diseases Hospital...

A VIAGEM PELA BARCA DE PEDRA; A VIAGEM PELA BARCA DE PEDRA

Souza, Ronaldo Ventura
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
O presente artigo trata do tema da viagem em A Jangada de Pedra, de José Saramago,tendo como base o ensaio de Octávio Ianni, “A metáfora da Viagem”. A viagem, no romance, surge como um meio de descoberta, reflexão e aprendizado, em que o caminhante descobre mais sobre ooutro e sobre si mesmo.; The present work makes an analyze of the trip as theme in the Raft of Stone, of José Saramago, being based in the Octávio Ianni’s essay, “A metáfora da Viagem”. In this novel, the trip appears as a middle of discovery, reflection and learning, through which the traveler discovers more about the other and about himself.

A viagem de Mário de Andrade à Amazônia entre raízes e rotas; Mário de Andrade’s Journey to the Amazon Between Roots and Routes

Botelho, André
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
O artigo propõe uma leitura do relato da viagem de Mário de Andrade à Amazônia, O turista aprendiz, valorizando contingências e ambiguidades na modelagem da narrativa e do narrador-viajante. Por isso, recusa assimilar de antemão o relato amazônico à literatura de viagem em geral ou mesmo à ideia de viagem etnográfica tão característica do relato de outra viagem do autor, ao Nordeste.Uma rápida comparação com os escritos de Euclides da Cunha permite ainda discutir intertextualidade, tradução cultural e ressignificação dos tropos dos relatos de viagem à Amazônia, e nos aproximarmos um pouco mais do sentido das ideias de Mário de Andrade, nunca livres de ambiguidades, às quais devem justamente sua força,alcance e interesse contemporâneos.; The article proposes a reading on the Amazon trip by Mário de Andrade, O turista aprendiz, valuing contingencies and ambiguities in the modeling of the narrative and the Narrator-traveler. Therefore, refuses to assimilate beforehand the Amazon travelogue to travel literature in general or even the idea of ethnographic trip so characteristic of the author’s other trip report, the one to Northeast. A quick comparison with the writings of Euclides da Cunha allows to discuss cultural translation and Intertextuality...