Página 1 dos resultados de 15 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Avaliação da actividade antioxidante da folha e fruto da espécie Dracaena draco L

Santos, Rui Pinho Moreira dos
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
16.88%
Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas; O dragoeiro (Dracaena draco L.) é uma espécie arbórea, da família das Dracaenaceas, pertencente à flora da Macaronésia. Trata-se de uma das mais raras espécies arbóreas de Portugal, já mal representada tanto nos Açores como na Madeira. Tradicionalmente, a sua casca preparada por decocção era usada contra a atonia do tubo digestivo, diarreia, males estomacais, impurezas do sangue, catarros pulmonares, hemorragias e também como vermífugo e tónico. Em banhos e fomentos, este decocto era utilizado pela medicina popular no combate a tumores sifílicos. A seiva do tronco e dos ramos, conhecida por sangue-de-drago ou sangue-de-dragão, foi muito utilizada na medicina popular devido às suas propriedades antioxidantes e adstringentes. No entanto, até à data pouco se sabe no que concerne as propriedades biológicas da folha e fruto desta espécie. Por este motivo, o presente trabalho apresenta como objectivo a avaliação da actividade antioxidante de extractos aquosos de folha e fruto de dragoeiro através da sua acção protectora relativamente aos danos oxidativos induzidos por radicais livres em eritrócitos humanos. O 2...

Avaliação da reatividade de equinos durante o manejo e na presença de estímulo desconhecido; Evaluation of the reactivity of horses during handling and in the presence of unknown stimulus

Calviello, Raquel Ferrari
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
16.88%
O estudo teve como objetivo adaptar a avaliação comportamental dos equinos durante manejos de rotina como metodologia da averiguação da reatividade dos animais. Para isso foram realizados dois experimentos, o primeiro identificou as variáveis relacionadas à expressão da reatividade dos equinos durante manejos de rotina; e o segundo avaliou a reatividade dos equinos frente à presença de um estímulo sonoro desconhecido durante o manejo habitual de escovação. O primeiro desenvolvido em um criatório de equinos da raça Lusitano situado na cidade de Itapira, SP, avaliou 364 animais de diferentes idades, constituindo 188 éguas adultas reprodutoras e 176 potros (machos e fêmeas), durante os manejos de casqueamento, aplicação de vermífugo, vacinação, tosa, manejos reprodutivos como, palpação, rufiação, lavagem para cobertura, cobertura, inseminação artificial e infusão uterina. A reatividade foi estimada pela atribuição de escores aos comportamentos de: movimentação; posição das orelhas e dos olhos, respiração, vocalização, velocidade de fuga, e micção. Também foi conferida uma variável resposta denominada de reatividade, com variação de escore de reatividade 1 (atribuída ao animal não reativo ou calmo) até escore de reatividade 4 (atribuída ao animal muito reativo ou agressivo). A verificação das possíveis variáveis (idade...

Inativação de fungos e extração de azadiractina e oleo de sementes de nim (Azadirachta indica A.Juss) utilizando fluidos supercuiticos; Fungi inactivation and extraction of azadirachtin and oil from neem seeds (Azadirachta indica A. Juss) using supercritical fluids

Julia Natalia de Oliveira Mazoni
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.88%
O nim (Azadirachta indica A. Juss) é uma árvore originária da Índia e seus extratos são amplamente utilizados na medicina popular como anti-séptico, vermífugo, contraceptivo, sabões, xampus, pastas dentais medicinais e no tratamento de várias moléstias. O principal princípio ativo encontrado nas sementes e em menor proporção no óleo de nim é a azadiractina, um tetranotriterpenóide que possui atividade inseticida. Este trabalho avaliou a aplicação de processos que usam fluidos supercríticos (FSC) em sementes (amêndoas moídas) de nim cultivadas no Estado de Pernambuco, contendo 1,05% de azadiractina (determinado por Soxhlet usando etanol) e 47,4% de óleo (determinado por Soxhlet utilizando hexano). As pressões de operação usadas foram 150, 200 e 250 bar nas temperaturas de 50, 60 e 70ºC (ensaios de extração com CO2 puro) e pressões de 200 e 300 bar nas temperaturas de 50 e 60ºC (ensaios de extração com CO2 contendo 5 ou 10% de etanol como co-solvente). A solubilidade do óleo em CO2 supercrítico aumenta com o incremento da pressão e diminui com o aumento da temperatura. A 300 bar e 50ºC a solubilidade é de 6,8 g de óleo/kg de CO2. Nos ensaios a 250 bar e 50ºC o CO2 puro foi capaz de remover 90% do óleo...

Zoonoses versus animais de companhia: o conhecimento como ferramenta de prevenção

Martins, Maria Aparecida; Ribas, Jessyca; Araujo, Jacqueline; Chochel, Valquiria
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Relevância na Pesquisa
16.88%
Trabalho apresentado no 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, realizado em Florianópolis, SC, no período de 04 a 07 de agosto de 2013 - Universidade Federal de Santa Catarina.; O presente trabalho faz parte do Projeto de Extensão “Guarda Responsável de Animais de Companhia”. Guarda Responsável pode ser definida como, os procedimentos adotados pelos responsáveis dos animais que, garantam à saúde e, o bem-estar dos mesmos, como também, a todos de seu convívio. Cuidados como vacinação, vermifugação, socialização, educação, higiene e o controle reprodutivo. Zoonoses podem ser definidas como doenças que podem ser transmissíveis entre os animais, dentre eles, alguns invertebrados e, os seres humanos. Com os dados já coletados, do Trabalho de Conclusão de Curso intitulado “Estudo de Caso: A Guarda Responsável de Animais de Companhia no Município de Castro, Paraná” avaliou-se as respostas dos questionários das crianças das escolas que, cerca de 87% das crianças entrevistadas possuiam cão ou gato, dessas, 88% possuiam cães e 12% possuiam gatos. Em relação a forma como os cães eram criados, mais de 60% desses animais tinham acesso à rua, elevando o risco de contrair e/ou transmitir alguma zoonose. Dos animais que receberam vermífugo...

Variação de frequência de desova e fecundidade de animais selvagens e de cultivo e aspectos de sanidade do neon gobi (Elacatinus figaro)

Takeuti, Thiago
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 21f| il.
Relevância na Pesquisa
16.88%
TCC (graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, 2009.; O neon gobi (Elacatinus figaro) é endêmico da costa brasileira e foi uma das espécies mais importantes no comércio de peixes ornamentais marinhos do país. Atualmente encontra-se na lista de espécies ameaçadas de extinção e resguardadas do extrativismo. Animais provenientes de cultivo podem atender a demanda do mercado que é crescente, preservando o meio ambiente. Este trabalho acompanhou todas as etapas da reprodução da espécie e comparou as taxas de fecundidade entre animais selvagens e animais cultivados, sendo que os dados gerados são de exemplares da primeira geração (F1) nascida em cativeiro. Os resultados indicam que os animais selvagens são mais fecundos, produzindo desovas até 8% mais numerosas. A freqüência de desovas dos animais trabalhados geração F1 demonstrou ser 66,5% menor. A média dos intervalos entre as desovas (n=26) foi de 16,54 dias para F1 e 11 dias para os selvagens. Também foi realizado um estudo relacionando a fecundidade e freqüência de desova com a presença de parasitas e outras enfermidades, ministrando aos reprodutores bactericida e vermífugo, e nas larviculturas fungicida. Os animais tratados apresentaram melhora dos sintomas e voltaram a desovar com freqüência.

Avaliação de vermifugação seletiva em cordeiros criados na região de São Carlos, SP.

GIGLIOTI, C.; GIGLIOTI, R.; SCHIAVONE, D.; CARVALHO, C. O. de; FERREZINI, J.; CHAGAS, A. C. de S.; ESTEVES, S. N.; OLIVEIRA, M. C. de S.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA PECUÁRIA SUDESTE, 2008, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Pecuária Sudeste, 2008. Publicador: In: SIMPÓSIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA PECUÁRIA SUDESTE, 2008, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Pecuária Sudeste, 2008.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 3
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.88%
2008; Editado por Marco Aurélio C.M. Bergamaschi e Patricia Menezes Santos

Resistência anti-helmíntica em ovinos na região do Médio Paranapanema, SP.

VERÍSSIMO, C. J.; NARDON, R. F.; GÊNOVA, L. G. de; LOURENÇO, A. T. A.; NICIURA, S. C. M.; MOLENTO, M. B.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA ZOOTECNIA, 47., 2010, Salvador. Empreendorismo e progresso científicos na zootecnia brasileira de vanguarda - anais. Salvador: SBZ: UFBA, 2010. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA ZOOTECNIA, 47., 2010, Salvador. Empreendorismo e progresso científicos na zootecnia brasileira de vanguarda - anais. Salvador: SBZ: UFBA, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.88%
O objetivo deste trabalho foi determinar a eficácia de vários medicamentos antiparasitários contra nematóides gastrintestinais de ovinos na região do Médio Paranapanema, SP. Foi utilizado o teste de redução da contagem de ovos nas fezes (TRCOF) em cinco propriedades, com cinco princípios ativos: ivermectina, albendazol, levamisol, moxidectina e closantel, que foram comparados a um grupo controle, sem vermífugo. Foram feitas coproculturas para identificar o gênero/espécie dos parasitas. O TRCOF demonstrou que apenas em uma propriedade o levamisole apresentou 92% de eficácia, e, nesta mesma propriedade, o albendazole teve 87% de eficácia. Em outra propriedade, o closantel teve 87% de eficácia. Nas demais, nenhuma droga alcançou eficácia superior a 80%. O nematóide encontrado com maior frequência foi Haemonchus contortus, o verme mais prevalente e patogênico para os ovinos. Conclui-se que na região do Médio Paranapanema ocorre resistência anti-helmíntica múltipla do H. contortus.; 2010

Avaliação de métodos de controle de endoparasitoses gastrintestinais em rebanho ovino

MEDEIROS, H. R. de; HOLANDA JÚNIOR, E. V.; ZAROS, L. G.; VIEIRA, L. da S.; BOMFIM, M. A. D.; OLIVEIRA, L. S.
Fonte: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f.1 CD ROM. Publicador: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f.1 CD ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.88%
A administração de medicamentos anti-helmínticos no controle das endoparasitoses gastrintestinais pode levar ao aumento nos custos de produção e desenvolvimento da resistência parasitária. Nesse contexto, este trabalho teve como objetivo avaliar três métodos de controle: o método FAMACHA (Tratamento I), vermifugação estratégica (Tratamento II) e o controle baseado na contagem de OPG (Tratamento III). Para isso, foram utilizados 350 ovinos SRD, divididos em três grupos. Durante oito meses, a cada 14 dias na estação chuvosa e a cada 30 dias na seca, foram realizadas coletas de fezes em 20 ovelhas de cada tratamento, para contagem de OPG, exame da mucosa ocular e vermifugação pelo método FAMACHA dos animais do tratamento I, que apresentavam graus FAMACHA 3, 4 ou 5. Os custos foram estimados pela soma de gastos com vermífugo. A contagem média de OPG foi maior nos animais dos grupos I e II (570 OPG) quando comparadas a dos animais do grupo III (300 OPG). Durante o período experimental, os animais do grupo II foram vermifugados três vezes e os do grupo III, uma vez. O controle de veminose pelo método FAMACHA proporcionou uma economia de vermífugos da ordem de 40%, em relação ao método estratégico. Os métodos de controle baseados na contagem de OPG e FAMACHA possibilitaram a redução no uso de anti-helmínticos e...

Estimativa de custo do método Famacha utilizado no controle de verminoses gastrintestinais em pequenos ruminantes.

NEVES, M. R. M. das; ZAROS, L. G.; MEDEIROS, H. R. de; MARTINS, E. C.; NAVARRO, A. M. do C.; VIEIRA, L. da S.
Fonte: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f.1 CD ROM. Publicador: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 5.; SIMPÓSIO NORDESTINO DE ALIMENTAÇÃO DE RUMINANTES, 11.; SIMPÓSIO SERGIPANO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 1., 2008, Aracaju. Anais... Aracaju: Sociedade Nordestina de Produção Animal; Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2008. 3 f.1 CD ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.88%
Os helmintos gastrintestinais são responsáveis por enfermidades em ovinos e caprinos. Dentre eles destaca-se o Haemonchus contortus, responsável por um quadro clínico de anemia, que pode ser detectada pelo método FAMACHA. O objetivo deste estudo foi avaliar a estimativa de custo do método FAMACHA na redução de gastos econômicos, aumento da produtividade do rebanho e melhoria da qualidade da carne e do leite. Foram utilizadas 98 cabras e 87 ovelhas, mantidas em pastagens de capim - Tanzânia (Panicum maximum cv. Tanzânia), com água e sal ad libitum. Além da pastagem, os caprinos receberam 400 g/animal/dia de suplementação proteíca e energética. Os custos foram estimados a cada sete dias, durante 10 semanas consecutivas, no mesmo período da realização do método FAMACHA. O custo de produção foi estimado pela soma de gastos com vermífugo e tempo gasto com mão-de-obra. Entre os animais vermifugados, os ovinos foram mais sensíveis à verminose (33%) que os caprinos (13%), conseqüente à alimentação diferenciada. Os custos com mão-de-obra não diferiram (P>0,05) entre as raças analisadas. O custo total com os ovinos foi maior em relação aos caprinos, devido ao elevado número de animais vermifugados. O custo com o uso do método FAMACHA foi reduzido...

Análise do desenvolvimento placentário e fetal em ratas, após administração do extrato hidroalcoólico da raiz de Petiveria alliacea L.

Scanoni Maia, Carina; Teles de Pontes Filho, Nicodemos (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.88%
A planta Petiveria alliacea L. é usada na medicina popular em infusões ou misturada com outras plantas, aplicadas em fricções contra dores articulares e reumáticas. Os dados farmacológicos dessa planta são muito variados, servindo como antinoceptiva, anticonvulsante, analgésica, antiinflamatória, hipoglicemiante, antifúngica, vermífugo, gastroprotetora, antitumoral, além de atividade anti-mitótica. Estudos demonstraram que a aplicação de diferentes doses de extratos hidroalcoólico de P. alliacea, em ratas, no terceiro ou no quinto dia de gestação possui efeito zigotóxico e abortivo. Assim, o presente estudo teve o objetivo avaliar o efeito de extratos hidroalcoólico da raiz de P. alliacea, sobre a interação blastocisto e endométrio em ratas. Para realização do experimento foram utilizadas 30 ratas albinas (Rattus norvegicus albinus) da linhagem Wistar, com 90 dias de idade, pesando aproximadamente 200g, provenientes do Biotério do Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal da UFRPE. As fêmeas foram acasaladas e divididas em seis grupos: Grupos I e III - ratas tratadas com placebo no 50 dia de prenhez e sacrificadas no 70 dia e 14° dia (controle), respectivamente; Grupo II e IV - ratas tratadas com extrato hidroalcólico de raiz P. alliacea no 50 dia de prenhez e sacrificadas no 70 dia e 14° dia...

Soroepidemiologia da infecção por Leptospira spp. Em bovinos, equídeos, caninos e trabalhadores rurais em assentamento no município de Aragominas, Tocantins, Brasil; Seroepidemiology of Leptospira spp. In cattle, horses, dogs and farm workers in a settlement in the municipality of Aragominas, Tocantins, Brazil

ARAÚJO, Bruno Medrado
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciência Animal; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciência Animal; Ciências Agrárias
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.88%
The main economic activity of the state of Tocantins, in Brazilian Amazon is cattle farms, with extensive breeding. Looking for contribution to cattle sanity, this study was devoted to the prevalence of antibodies against Leptospira in livestock of those farms, as production animals (cattle and equids), dogs and animal workers, from a rural governmental settlement in Aragominas, in the northwestern part of Tocantins. The statistically proofed sample was composed by 242 cows, 78 equids, 59 dogs and 41 animals workers, distributed in 38 small properties. All sampling was performed after informed consent, written in the case of human beings. For the diagnosis of leptospirosis, microscopic seroagglutination was performed in the Laboratório de Diagnóstico de Leptospirose do Setor de Medicina Veterinária Preventiva da Escola de Medicina Veterinária da UFG, Goiânia-GO. The seroprevalence for Leptospira spp in cattle was 76,5% [70,7% 81,7%], with serovar predominance of Hardjo (26,2%), followed by Wolffi (23,4%) Hebdomadis (14,1%), Castellonis (11,7%), Grippotyphosa (9,1%) e Pyrogenes (4,8%). In equids the seroprevalence was 79,3% [68,9% 87,4%], with agglutinins more intense to wild life serovars Castellonis (24,4%), Grippotyphosa (13...

Atividade do Cão na Corrente (Projeto Mini-hospital Veterinário UFPR)

Baudish, Ana Helen; Rocha, Fernanda; Stedile, Simone Tostes Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 5
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.88%
A atividade descrita a seguir compõe um dos módulos propostos para o desenvolvimento do "Mini-hospital Veterinário" da UFPR. Um cão de pelúcia preso na corrente, sem água e sem comida, é encontrado pelas crianças durante a atividade. O objetivo é conscientizar as crianças de que os animais dependem dos seres humanos, e não devem permanecer presos sem possibilidade de exercícios, assim como sem alimento e desabrigados de chuva, sol, frio e calor excessivo, assim como esclarecer que os animais de estimação precisam ir regularmente ao médico veterinário para ser administradas vacinas e vermífugo.

Alterações cromossômicas inesperadas em Tayassu tajacu (Artiodactyla: tayassuidae) de cativeiros; Unexpected chromosomal alterations in Tayassu tajacu (Artiodactyla: Tayassuidae) in captivity

Lima, José Fernando de Sousa; Guedes, Fátima Becker; Silva, Roxane Wirschum; Hass, Iris; Cavalli, Iglenir João; Silva, Juliana da; Freitas, Thales Renato de; Sbalqueiro, Ives José
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2004 ENG
Relevância na Pesquisa
16.88%
Os animais silvestres têm sido utilizados como bioindicadores quando o ambiente é exposto a estressores químicos. Em geral, os agentes químicos podem induzir às alterações cromossômicas dos tipos falhas e quebras. Tayassu tajacu, é uma espécie aparentada dos porcos verdadeiro e apresenta uma grande estabilidade cariotípica. As únicas alterações descritas são em relação a forma do cromossomo X. Foram observadas falhas e quebras cromossômicas durante as análise citogenética. Estas alterações foram detectadas em cromossomos autossômicos. Levantamentos realizados na literatura associados as dados observados nos exemplares estudados, indicam um vermífugo, a base de ivermectina, como o possível causador dessas alterações cromossômicas.; Wild animals have been used as bioindicators in situations in which the environment was exposed to chemical agents. In general, chemical agents may induce chromosomal aberrations, such as breaks and gaps. The peccary, Tayassu tajacu is a pig relative that exhibits a very stable karyotype with the only described alterations being of the form of the X chromosome. Chromosomal gaps and breaks were observed at high frequencies during cytogenetics analyses. These alterations were observed in the chromosomes autossomics. Reviews of the literature and of the data described herein suggests that an vermifuge...

CONSIDERAÇÕES SÔBRE A FASE LARVÁRIA DA INFECÇÃO ANCILOSTOMÓTICA. SÔBRE DOIS CASOS CLÍNICOS DE ANCILOSTOMÍASE AGUDA; CONSIDERAÇõES SÔBRE A FASE LARVÁRIA DA INFECÇÃO ANCILOSTOMÓTICA. SÔBRE DOIS CASOS CLÍNICOS DE ANCILOSTOMÍASE AGUDA

Meira, João Alves; Galvão, A.L. Ayrosa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1949 POR
Relevância na Pesquisa
16.88%
Os A.A. apresentam 2 casos clínicos com os característicos descritos para a ancilostomíase aguda e consequentes à infecção maciça com larvas de Ancylostoma dzwdenale. Ambos os casos foram observados em crianças pertencentes a famílias abastadas, uma com 9 anos e meio, do sexo masculino, e outra de 10 anos e do sexo feminino.Nos 2 casos. a ancilostomíase foi adquirida na praia, num caso na Praia Grande, em São Vicente, e noutro no Guarujá. Clinicamente observou-se em ambos os casos a mesma sequência sintomatológica. Inicialmente prurido cutâneo, intenso, em seguida tosse sêca e persistente e por fim sintomas agudos gastrointestinais.Dentre êste; últimos destacaram-se: a dor abdominal, intensa, contínua,localizada na região periumbilical e epigústrica; inapetência, náuseas, vômitos e diarréia por vêzes sanguinolenta. Num caso havia, ainda, fehrícula. Em ambos observou-se emagrecimento. Em ambos os casos houve por parte de outros médicos, suspeita diagnóstica de apendicite, sendo um dos paciente~ submetido à apendicectomia. Hematològicamente foi verificado anemia intensa, num caso requerendo emprêgo de várias transfusões sanguíneas, e moderada no outro. Nos 2 pacientes o quadro leucocitário se caracterizou por hiperleucocitose...

Actividad antiparasitaria de una decocción de Mentha piperita Linn

de la Paz Naranjo,José; Maceira Cubiles,María Acelia; Corral Salvadó,Aida; González Campos,Carlos
Fonte: Revista Cubana de Medicina Militar Publicador: Revista Cubana de Medicina Militar
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 ES
Relevância na Pesquisa
16.88%
Con el objetivo de comprobar si la Mentha piperita Linn posee efecto antiparasitario, se valoró una decocción de las hojas de esta planta. El modelo biológico utilizado fue la lombriz terrestre del género rojo California y las dosis empleadas fueron 0,475; 0,950 y 1,900 g/dL. Se formaron además un grupo control negativo (agua destilada) y un grupo control positivo (solución de piperazina al 2,0 %). La evaluación, en placa Petri, se realizó de forma continua durante un período de 8 h. La variable medida fue tiempo de supervivencia y se expresó en minutos. Los resultados demuestran que la decocción de las hojas de Mentha piperita Linn posee efecto vermífugo en dependencia de la dosis. La dosis máxima resultó ser más potente que la droga de referencia empleada (piperazina 2,0 %). El nivel de significación se fijó en una p £ 0,05.