Página 1 dos resultados de 31 itens digitais encontrados em 0.047 segundos

Papel de ureases na nodulação de Glycine max por Bradyrhizobium japonicum

Silva, Monica de Medeiros
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.87%
Ureases (EC 3.5.1.5.) catalisam a hidrólise de ureia em NH3 e CO2, sendo sintetizadas por plantas, fungos e bactérias. No solo, a urease é encontrada em microrganismos, raízes de plantas e como uma enzima extracelular ligada a compostos orgânicos e inorgânicos. Em plantas e fungos, as ureases consistem em trímeros ou hexâmeros formados por uma subunidade de 90 kDa, enquanto que enzimas bacterianas são complexos com duas ou três subunidades. A inserção de dois átomos de níquel no sítio ativo requer pelo menos três proteínas acessórias, UreD, UreF e UreG em bactérias, ou seus ortólogos em plantas e fungos. Bradyrhizobium japonicum é uma bactéria do solo que forma nódulos fixadores de nitrogênio em plantas de soja. Esse microrganismo produz uma urease, e seu papel na sinalização, tanto para a planta de soja quanto para outros organismos no complexo ambiente da rizosfera, ainda não foi investigado. Desta forma, o presente estudo objetivou purificar e caracterizar a urease de B. japonicum (BJU), bem como avaliar o papel desta enzima, tanto a de origem vegetal quanto a de origem bacteriana, no processo de nodulação da soja. A capacidade da enzima em induzir exocitose/secreção foi avaliada no teste de agregação plaquetária...

Fixação biológica do nitrogênio e crescimento de plantas de leucena (Leucaena leucocephala (Lam.) de wit.) sob salinidade

de Oliveira Freire, Antonio Lucineudo; Deleo Rodrigues, Teresinha de Jesus; Paes de Miranda, Jose Romilson
Fonte: Univ Fed Rural Semi-arido-ufersa Publicador: Univ Fed Rural Semi-arido-ufersa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 90-96
POR
Relevância na Pesquisa
55.87%
This study aimed to evaluate the effects of salinity in the growth and nitrogen fixation in leucaena. Plants were cultivated in Leonard pots containing clean and sterilized sand. The treatments were distributed in a completely randomized design, in a 3x3 factorial, with five replicates. The first factor corresponded to no inoculation and inoculation with Bradyrhizobium sp SEMIA 6070 and SEMIA 6153 strains. The second factor corresponded to NaCl concentrations: 0, 25 and 50 mol m(-3). Were analyzed the height and dry matter accumulation, the number of nodules and nitrogen in plants. The inoculation of plants with the strain SEMIA 6070 provided higher growth and greater nitrogen accumulation in plants thar were not subject to salinity. Nodulation was not affected by salinity. Inoculation with SEMIA 6153 strain provided greater tolerance to salinity.; Este trabalho teve como objetivo verificar os efeitos da salinidade no crescimento e na fixação biológica do nitrogênio de plantas de leucena. As plantas cresceram em vasos de Leonard, contendo areia lavada e esterilizada, e os tratamentos foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, num esquema fatorial 3x3, com 5 repetições. O primeiro fator correspondeu a não inoculação e inoculação com as estirpes de Bradyrhizobium sp SEMIA 6070 e SEMIA 6153 e o segundo fator...

Estudo sôbre a influência de nitratos do solo e modo de inoculação das sementes na nodulação em alfafa (Medicago sativa L.)

Lopes,Eli Sidney; Norris,Donald O.; Weber,Deane F.
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1968 PT
Relevância na Pesquisa
55.75%
Um experimento foi conduzido em solo do Centro de Nutrição Animal de Nova Odessa, com o objetivo de comparar a eficiência, na fixação de nitrogênio, de quatro estirpes de Rhizobium, previamente selecionadas em vasos de Leonard, em culturas de alfafa. A inoculação foi feita pela maneira normalmente recomendada e por "pelleting", ou seja, revestimento, das sementes inoculadas, com uma camada de calcário aderida com goma arábica. Matéria orgânica com alta relação C:N foi incorporada em alguns tratamentos, com a finalidade de reduzir o nível de NO3, que quando em altos níveis inibe a nodulação. Provavelmente a simbiose especializada dessa leguminosa e as condições de acidez local não permitiram que se formassem nódulos nos tratamentos não inoculados. A inoculação realizada pelo método convencional não foi suficiente para promover boa nodulação. A inoculação com "pelleting" mostrou-se altamente eficiente, provocando boa nodulação e propiciando altas produções, tanto nos tratamentos que receberam como nos que não receberam matéria orgânica. As diferenças de pêso entre os tratamentos testemunhas e inoculação com "pelleting" foram maiores onde houve incorporação de matéria orgânica.

Capacidade fixadora de nitrogênio de Rhizobiumautóctone associado com soja perene e siratro, em dois solos do Estado de São Paulo

Lopes,Eli S.; Lovadini,L. A. C.; Gargantini,H.; Miyasaka,S.; Leon,José C.
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/1971 PT
Relevância na Pesquisa
55.75%
Com o objetivo de avaliar a fixação do nitrogênio atmosférico pela população de Rhizobium sp., que ocorre naturalmente nos solos do Estado de São Paulo e que se associa simbiòticamente com as leguminosas soja perene e siratro, foram conduzidos dois ensaios em vasos de Leonard. Os dados mostram que as populações de Rhizobium sp. presentes em Latossolo Roxo e Latossolo Vermelho Amarelo fase arenosa, sob vegetação natural de cerrado, não fixaram nitrogênio em quantidades comparáveis àquelas devidas à inoculação com estirpes puras. Verificou-se, ainda, influência altamente favorável do cultivo da soja perene na população de Rhizobium que se associa com siratro, presente no Latossolo Roxo.

Número mais provável e eficiência de Rhizobium autóctone para soja perene e siratro em quatro Grandes Grupos de solos do estado de São Paulo

Lopes,Eli Sidney; Lovadini,L. A. C.; Gargantini,Hermano; Igue,Toshio
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1972 PT
Relevância na Pesquisa
55.75%
Com o objetivo de determinar numericamente a população de Rhizobiumque se associa com soja perene e siratro, em quatro grandes grupos de solos do Estado de São Paulo, e avaliar a eficiência dessa população em solo sob cultivo de gramíneas (pastagens) e sob cultivo de soja perene, foram conduzidos os ensaios aqui relatados. Para a determinação numérica de Rhizobiumfoi utilizada a técnica de "número mais provável". Para a avaliação da eficiência as leguminosas foram cultivadas em vasos de Leonard com solução nutritiva sem nitrogênio e inoculadas com estirpe selecionada e com os solos em estudo. Os resultados mostraram que o número mais provável de Rhizobiumque se associa com soja perene, para os diversos solos sob cultivo de gramíneas, variou de 0,36 x 10² a 15,7 x 10² bactérias/g do solo. Para siratro, esses números variaram de 0,36 x 10² a 126,0 x 10². Para o Latossolo Roxo houve aumento da população que se associa com siratro, por influência do cultivo de soja perene nesse solo. A eficiência da população autóctone de Rhizobiumque se associa com soja perene foi semelhante à de uma estirpe selecionada apenas no caso do solo Podzolizado de Lins e Marília, var. Marília. O cultivo da soja perene não favoreceu significativamente a capacidade de fixação do nitrogênio das estirpes autóctones dos solos estudados. A eficiência da população autóctone de Rhizobiumque se associa com siratro...

Tratamentos inseticida, peliculização e inoculação de sementes de soja com rizóbio

Pereira,Carlos Eduardo; Oliveira,João Almir; Costa Neto,Jaime; Moreira,Fátima Maria de S.; Vieira,Antônio Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Viçosa Publicador: Universidade Federal de Viçosa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
55.75%
O tratamento de sementes de soja com produtos químicos para controle de pragas pode comprometer a qualidade das sementes e o estabelecimento da simbiose rizóbio-planta. Assim, objetivou-se neste trabalho avaliar o desempenho de sementes de soja submetidas a tratamentos com inseticidas e polímeros, bem como a nodulação e o crescimento das plantas. As sementes de soja foram tratadas com os inseticidas e polímero em esquema fatorial 6 x 2. Utilizaram-se os inseticidas carbosulfan, clotianidina, fipronil, imidaclopride e tiametoxan e sementes sem tratamento. Os tratamentos inseticidas foram realizados com presença e ausência de polímero, assim como a testemunha (sem tratamento inseticida). As sementes foram avaliadas pelos testes de germinação, de frio e de emergência de plântulas. Elas foram, ainda, inoculadas com as estirpes BR86 e BR96 de Bradyrhizobium, isoladamente e semeadas em vasos Leonard. No florescimento as plantas foram avaliadas por meio do número e das massas de matéria seca de nódulos e da parte aérea. Concluiu-se que os tratamentos inseticidas podem reduzir o potencial fisiológico das sementes de soja. A redução na nodulação e no crescimento das plantas de soja pelo tratamento inseticida das sementes depende da estirpe utilizada durante a inoculação das sementes. O revestimento com polímeros pode interferir na fitotoxidez dos inseticidas...

Estresse salino no crescimento inicial e nutrição mineral de gliricídia (Gliricidia sepium (Jacq.) Kunth ex Steud) em solução nutritiva(1)

Farias,Séfora Gil Gomes de; Santos,Diércules Rodrigues dos; Freire,Antonio Lucineudo de Oliveira; Silva,Romário Bezerra e
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
65.75%
A salinidade é um dos fatores que mais limitam o crescimento e desenvolvimento de plantas na região semiárida. A sobrevivência destas em ambientes salinos dependerá de processos adaptativos, que envolvem absorção, transporte e distribuição de íons nos vários órgãos da planta. Com o objetivo de avaliar o crescimento e a nutrição mineral de mudas de gliricídia cultivada em diferentes condições de salinidade, realizou-se um experimento em telado de náilon da Unidade Acadêmica de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Campina Grande, Patos - PB. As sementes foram colocadas para germinar em vasos de Leonard, contendo solução nutritiva de Hoagland & Arnon (50 % da concentração original), com as concentrações de NaCl: 0, 100 200 e 400 mmol L-1. Os tratamentos foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições, com uma planta por vaso. Aos 60 dias após a emergência, as plantas foram colhidas e avaliadas quanto a altura, matéria seca e teores de N, P, K, Ca, Mg, S e Na na raiz, no caule e nas folhas. O aumento da salinidade promoveu reduções no crescimento e nos teores de macronutrientes, ocorrendo o inverso nos teores de Na, sobretudo na raiz. A gliricídia mostrou-se sensível à salinidade.

Eficiência simbiótica de isolados de rizóbio noduladores de feijão-fava (Phaseolus lunatus L.)

Antunes,Jadson Emanuel Lopes; Gomes,Regina Lúcia Ferreira; Lopes,Ângela Celis de Almeida; Araújo,Ademir Sérgio Ferreira de; Lyra,Maria do Carmo Catanho Pereira de; Figueiredo,Márcia do Vale Barreto
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
65.75%
Em leguminosas tropicais, a cuidadosa seleção de estirpes de rizóbio, entre outros fatores, é fundamental para a eficiência da fixação biológica de N2 (FBN). Essa seleção deve ser feita para as leguminosas de interesse social e econômico, entre elas o feijão-fava (Phaseolus lunatus L.). O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência simbiótica de rizóbios nativos de duas regiões do Piauí produtoras de feijão-fava. Foram avaliados 17 isolados e duas estirpes de referência (CIAT 899 e NGR 234), em casa de vegetação, utilizando-se vasos de Leonard autoclavados, no delineamento experimental inteiramente ao acaso, com três repetições. O genótipo de feijão-fava utilizado foi o UFPI-468. A inoculação foi feita por ocasião do plantio. A coleta foi realizada aos 34 dias após o plantio, sendo avaliadas as seguintes características: matéria seca da parte aérea (MSPA), da raiz (MSR) e dos nódulos (MSN); relação MSPA/MSR; N acumulado (Nac) na MSPA e a eficiência da fixação de N2. Foi observada diferença significativa entre os isolados em todas as características, exceto em MSR. Em geral, os isolados ISO-18, ISO-23, ISO-24, ISO-25, ISO-30, ISO-32, ISO-35, ISO-36, ISO-43 e ISO-45 apresentaram os melhores índices de MSPA...

Diversidade fenotípica e eficiência simbiótica de estirpes de Bradyrhizobium spp. de solos da Amazônia

Lima,Adriana Silva; Pereira,João Paulo Andrade Resende; Moreira,Fátima Maria de Souza
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2005 PT
Relevância na Pesquisa
65.75%
Este trabalho teve como objetivo avaliar a diversidade fenotípica e a eficiência simbiótica de estirpes de Bradyrhizobium, isoladas de solos da Amazônia, sob diferentes sistemas de uso da terra (monocultura, capoeira, pastagem, floresta e sistema agroflorestal). A análise dos perfis de proteína total de 46 estirpes, obtidos por eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE), mostrou grande diversidade, tendo formado 11 grupos com similaridade acima de 80%. Apenas um dos grupos continha a estirpe referência de B. elkanii: BR29, recomendada como inoculante para soja. Vinte e duas estirpes testadas em vasos de Leonard, com caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.), induziram à produção de matéria seca e ao acúmulo de nitrogênio, na parte aérea da planta, e à eficiência relativa superiores aos da testemunha (sem N e sem inoculação). Entre as estirpes testadas, 13 induziram à produção de matéria seca e à eficiência relativa similares às da testemunha nitrogenada (com N, sem inoculação); cinco estirpes induziram a acúmulo de N superior ao da testemunha nitrogenada. Essas populações nativas são constituídas por grande diversidade de estirpes, com eficiência simbiótica variável, algumas das quais podem ser recomendadas para testes de eficiência agronômica.

Compatibilidade do tratamento de sementes de feijão-caupi com fungicidas e inoculação com estirpes de Bradyrhizobium

Silva Neto,Manoel Luiz da; Smiderle,Oscar José; Silva,Krisle da; Fernandes Júnior,Paulo Ivan; Xavier,Gustavo Ribeiro; Zilli,Jerri Édson
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
55.75%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a compatibilidade do tratamento de sementes com fungicidas e a inoculação com estirpes de Bradyrhizobium em feijão-caupi. Em laboratório, avaliou-se a sobrevivência de células nas sementes da cultivar BRS Guariba, tratadas ou não com fungicidas (fludioxonil, carbendazim, carbendazim + thiram e carboxin + thiram) e inoculadas ou não com Bradyrhizobium (estirpes UFLA3-84, BR 3267, INPA3-11B e BR 3262). Em casa de vegetação, conduziu-se experimento em vasos de Leonard, com os mesmos tratamentos. Foram avaliados: massa de matéria seca da parte aérea, além de número e massa de nódulos 25 dias após a emergência das plantas. No campo, dois experimentos foram conduzidos, tendo-se utilizado a estirpe BR 3262, com aplicação de fungicidas nas sementes: um em área de primeiro cultivo e outro em área cultivada anteriormente com culturas anuais. Avaliaram-se, aos 35 dias, o número de nódulos, a massa de nódulos secos e a massa de matéria seca da parte aérea, e, na colheita, a produtividade de grãos. Os fungicidas não tiveram efeito significativo sobre a sobrevivência de Bradyrhizobium, a nodulação das plantas e o rendimento de grãos, que, em média, foi superior a 1.200 kg ha-1. O tratamento de sementes de feijão-caupi com fungicidas é compatível com a inoculação das estirpes avaliadas.

Estirpes de Bradyrhizobium em simbiose com guandu-anão em casa de vegetação e no campo

Rufini,Márcia; Oliveira,Dâmiany de Pádua; Trochmann,André; Soares,Bruno Lima; Andrade,Messias José Bastos de; Moreira,Fatima Maria de Souza
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.26%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência simbiótica de estirpes de bactérias fixadoras de nitrogênio do gênero Bradyrhizobium com guandu-anão. Os experimentos foram conduzidos em vasos de Leonard, em vasos com solo e em campo. Foram testadas 11 estirpes em vasos de Leonard, e as que apresentaram maior eficiência em promover o crescimento do guandu-anão foram avaliadas em vasos com solo (Latossolo Vermelho-Amarelo e Cambissolo) e em campo (Latossolo Vermelho-Amarelo). Em todos os experimentos, os tratamentos foram comparados a dois controles positivos (estirpes aprovadas como inoculantes para as cultivares de guandu-anão BR 2003 e BR 2801) e a duas testemunhas sem inoculação, uma com alta concentração de N mineral, e a outra, a depender do experimento, sem N mineral (solo) ou com baixa concentração de N (vasos de Leonard). Algumas estirpes proporcionaram crescimento vegetal semelhante ou superior às estirpes-referência e às testemunhas em vaso de Leonard. Em vasos com solo, o tipo de solo influenciou os tratamentos. No campo, não houve diferença entre os tratamentos, e as estirpes nativas promoveram bom crescimento. O guandu-anão é capaz de estabelecer associação simbiótica com bactérias fixadoras de N2...

Inoculação de variedades locais de feijão macassar com estirpes selecionadas de rizóbio

Vieira,Carolina L.; Freitas,Ana D.; Silva,Acácia F.; Sampaio,Everardo V.; Araújo,Maria do S.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
55.75%
A combinação eficiente entre variedades e estirpes de rizóbio é importante para aumentar a produtividade do feijão macassar; entretanto, estirpes selecionadas não foram testadas com a maioria das variedades cultivadas na região semiárida do Nordeste do Brasil. Com o objetivo de avaliar a eficiência de quatro estirpes recomendadas de rizóbio em seis variedades de feijão macassar cultivadas no Agreste da Paraíba, conduziu-se um experimento fatorial em blocos casualizados com três repetições, em vasos de Leonard contendo substrato estéril. As variedades IPA 206, Sedinha, Corujinha, Canapu, Sempre Verde e Azul, receberam inoculação com as estirpes BR 3267, BR 2001, EI 6 e NFB 700, além dos tratamentos com e sem fertilização nitrogenada. As plantas foram colhidas 40 dias após o plantio. As estirpes BR 3267 e BR 2001 produziram os melhores resultados quanto a biomassa, teores e conteúdos de N na planta e número de nódulos. A inoculação com a EI 6 resultou em um desempenho fraco, especialmente com a variedade IPA 206. O desempenho da estirpe NFB 700 foi um pouco melhor que o da EI 6. Sedinha e Sempre Verde foram as melhores variedades em produtividade de biomassa, conteúdo de N e número de nódulos.

Nodulação e fixação biológica de nitrogênio de Adesmia latifolia e Lotus corniculatus em vasos de Leonard

Scheffer-Basso,Simone Meredith; Voss,Márcio; Jacques,Aino Victor Ávila
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
76%
Adesmia latifolia, que é uma leguminosa forrageira nativa do Sul do Brasil, destaca-se pelo seu hábito de crescimento estolonífero e por produzir forragem durante a estação fria. O Lotus corniculatus (cornichão) é uma forrageira comercialmente utilizada na formação de pastagens hibernais em regiões subtropicais e temperadas. Para ambas as espécies, no entanto, são limitados os trabalhos científicos relacionados ao padrão de nodulação e à fixação biológica de nitrogênio (FBN). Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de analisar tais processos nessas espécies, bem como comparar o seu desenvolvimento morfológico sob diferentes fontes de N: N-mineral (nitrato de amônio 5%), N-simbiótico (inoculação) e na ausência dessas fontes (testemunha). O ensaio foi conduzido em casa de vegetação, utilizando-se vasos de Leonard com solução nutritiva; o substrato constou de uma mistura de areia + vermiculita + carvão. O delineamento foi completamente casualizado, com quatro repetições. Ao final de 65 dias, as plantas foram colhidas e avaliadas quanto ao comprimento e volume de raízes, número e peso de nódulos, acúmulo de MS e FBN. A. latifolia destacou-se pelo maior número de nódulos (126/vaso) e peso total de nódulos (82...

Variability in individual nodule activity of single strains of Rhizobium etli and R. tropici in symbiosis with Phaseolus vulgaris.

SA, N.M.H.de; MARRIEL, I.E.; FRANCO, A.A.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 29, n. 12, p. 1897-1904, 1994. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 29, n. 12, p. 1897-1904, 1994.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
EN
Relevância na Pesquisa
65.93%
Foi conduzido em casa de vegetacao, em vaso-de-leonard, um experimento para estudar a variabilidade da atividade da nitrogenase (reducao de acetileno) de nodulos individuais de feijao (Phaseolus vulgaris), infectados separadamente com 19 estirpes de Rhizobium tropici e 6 estirpes de R. etli. As 2 especies mostraram grande variabilidade nas atividades, com um C.V.=80% para R. tropici e C.V..=70% para R. etli. Estes dados indicam que especies de Rhizobium com "gens nif" repetidos podem apresentar variabilidade similar na atividade de nodulos individuais em relacao as especies de Rhizobium que contem uma unica copia dos "gens nif"; indicam, tambem que a utilizacao tanto de R. tropici como R. etli na producao de inoculante deve ser criteriosa, em fase de perda de efetividade.; 1994

Diversidade fenotípica e eficiência simbiótica de estirpes de Bradyrhizobium spp. de solos da Amazônia.

LIMA, A.S.; PEREIRA, J.P.A.R.; MOREIRA, F.M. de S.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.40, n. 11, p. 1095-1104, nov. 2005. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.40, n. 11, p. 1095-1104, nov. 2005.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.75%
Este trabalho teve como objetivo avaliar a diversidade fenotípica e a eficiência simbiótica de estirpes de Bradyrhizobium, isoladas de solos da Amazônia, sob diferentes sistemas de uso da terra (monocultura, capoeira, pastagem, floresta e sistema agroflorestal). A análise dos perfis de proteína total de 46 estirpes, obtidos por eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE), mostrou grande diversidade, tendo formado 11 grupos com similaridade acima de 80%. Apenas um dos grupos continha a estirpe referência de B. elkanii: BR29, recomendada como inoculante para soja. Vinte e duas estirpes testadas em vasos de Leonard, com caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.), induziram à produção de matéria seca e ao acúmulo de nitrogênio, na parte aérea da planta, e à eficiência relativa superiores aos da testemunha (sem N e sem inoculação). Entre as estirpes testadas, 13 induziram à produção de matéria seca e à eficiência relativa similares às da testemunha nitrogenada (com N, sem inoculação); cinco estirpes induziram a acúmulo de N superior ao da testemunha nitrogenada. Essas populações nativas são constituídas por grande diversidade de estirpes, com eficiência simbiótica variável, algumas das quais podem ser recomendadas para testes de eficiência agronômica.; 2005

Faixa hospedeira de rizóbios isolados das espécies Arachis hypogaea, Stylosanthes guyanensis e Aeschynomene americana.

SANTOS, C. E. R. S.; STAMFORD, N. P.; BORGES, W. L.; NEVES, M. C. P.; RUMJANEK, N. G.; NASCIMENTO, L. R.; FREITAS, A. D. S.; VIEIRA, I. M. M. B.; BEZERRA, R. V.
Fonte: Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 2, n. 1, p. 20-27, jan./mar. 2007. Publicador: Revista Brasileira de Ciências Agrárias, Recife, v. 2, n. 1, p. 20-27, jan./mar. 2007.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.87%
Os gêneros Arachis, Stylosanthes e Aeschynomene, pertencentes, a tribo Aeschynomeneae, sao nodu-lados por varios tipos diferentes de rizóbios. Essas bactérias formam um grupo de inoculação alta-mente heterogêneo, normalmente conhecido como rizóbio tropical. Dois experimentos foram con-duzidos em casa de vegetação utilizando-se vasos de Leonard sob condições estéreis, para avaliação da faixa de especificidade hospedeira de rizóbio isolado de nódulos das raízes de plantas da tribo Aeschynomene, e da sua eficiência simbiótica. Testaram-se vinte estirpes de rizóbios isoladas de Arachis hypogaea (cv. BR 1), 5tylosanthes guyanensis e Aeschynomene americana cultivadas em amostras de solos da região nordeste do Brasil. as isolados usados como inoculantes provieram de plantas de caupi (Vigna unguic.ulata), siratro (Macropitilium atropurpureum) e amendoim (Arachis hypogaea). No segundo experimento vinte estirpes também foram testadas nas seguintes especies: A. hypogaea, S. guyanensis, A. americana, V. unguiculata e M. artropurpureum. Macropitilium atropurpureum foi capaz de nodular com todos os isolados testados, mas mostrou diferença na eficiência simbiótica. De outro lado, apenas oito isolados foram capazes de nodular o caupi. Esses resultados sugerem que isolados de rizóbios da tribo Aeschynomene apresentam diferenças quanto à faixa hospedeira...

Efeitos de estirpes de Rizóbio em cultivares de Caupi do agreste Paraibano

de Lucena Vieira, Carolina; Valadares de Sa Barretto Sampaio, Everardo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.75%
A resposta de cultivares locais de caupi à inoculação com estirpes de rizóbios recomendadas pelas instituições de pesquisa e extensão, ainda não está bem estabelecida. Quatro estirpes rizobianas (BR2001, BR3267, EI6 e NFB700) foram avaliadas em seis cultivares (Sedinha, Corujinha, Canapu, Sempre verde, Azul e IPA-206) tradicionalmente plantadas no Agreste Paraibano. Num experimento conduzido em casa de vegetação foram usados vasos de Leonard, com substrato estéril e as plantas, colhidas 40 dias após germinação. BR 3267 e BR 2001 foram as estirpes mais efetivas com todas as variedades, resultando em nodulação, teores e conteúdos de N maiores que os obtidos com EI 6 e NFB 700. Entretanto, quanto à biomassa das plantas, só BR 2001 diferiu significativamente das duas últimas estirpes. NFB 700 e EI 6 apresentaram efeitos positivos apenas com Sedinha e em relação a duas variáveis: número de nódulos e biomassa de parte aérea. IPA-206 não nodulou com EI 6 e mostrou os mais baixos valores de biomassa, teores e conteúdos de N. Em geral, Sempre Verde e Sedinha foram as variedades com os melhores resultados, destacando-se Sempre Verde com boas respostas a inoculação com todas as estirpes

Caracterização polifásica de isolados bacterianos obtidos de nódulos de feijoeiro-comum; Polyphasic characterization of bacterial isolates obtained from common bean nodules

Cardoso, Aline Assis
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Agronomia (EAEA); Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Agronomia (EAEA); Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.87%
Research on biological nitrogen fixation (BNF) in common bean had a great progress in recent years, especially in the knowledge of microsimbiont and exploring new approaches seeking greater variability in macrosimbiont for efficiency of BNF. Studies of bacterial diversity and taxonomy, especially applied to common bean symbionts showed a great evolution due to new molecular methodologies for evaluation and characterization. This study aimed to evaluate the tolerance to salinity and temperature, to characterize based on molecular markers and to evaluate the symbiotic efficiency of bacterial isolates obtained from nodules of common bean cultivated on soil samples from the States of Goiás, Minas Gerais and Paraná. The isolates were evaluated for salinity and temperature on YMA medium with different NaCl concentrations (0%, 1%, 2%, 4% and 6%) at different temperatures (28ºC, 33ºC, 38ºC, 43ºC and 48ºC). For molecular characterization based on BOX-PCR and REP-PCR profiles the isolates were grown in liquid YMA for 24 hours and then DNA extraction was performed. Evaluation of symbiotic efficiency of the isolates was conducted under greenhouse conditions in Leonard jars. Seeds of common bean (var. Pérola) were inoculated with different isolates selected in the previous analysis. Nodule number (NN)...

Eficiência simbiótica de estirpes de bactérias fixadoras de nitrogênio em feijoeiro e sua tolerância a acidez e alumínio in vitro; Simbiotic efficiency of nitrogen-fixing bacterial strains in common beans and its acidity and aluminum tolerance "in vitro"

Ferreira, Paulo Ademar Avelar
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCS - Departamento de Ciência do Solo; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCS - Departamento de Ciência do Solo; UFLA; BRASIL
Tipo: Dissertação
Publicado em 05/09/2014 PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.93%
O feijão (Phaseolus vulgaris L.) é uma das leguminosas mais cultivadas e consumidas pela população brasileira. A simbiose desta espécie hospedeira com bactérias fixadoras de nitrogênio pode aumentar a produção, substituindo os fertilizantes nitrogenados e diminuindo os custos de produção. O objetivo deste trabalho foi avaliar novas estirpes de rizóbio eficientes no processo de fixação biológica de nitrogênio de solos de diferentes usos da terra da região Amazônica, em simbiose com o feijão; compará-las com uma das estirpes atualmente recomendadas para produção de inoculante comercial (CIAT 899) para a cultura do feijoeiro e avaliar sua tolerância a acidez e alumínio "in vitro". O experimento foi conduzido em vasos de Leonard, em casa de vegetação. O delineamento estatístico utilizado foi o inteiramente casualizado, com 20 tratamentos (18 estirpes e duas testemunhas sem inoculação sem e com nitrogênio mineral) e 5 repetições. Portanto, as estirpes que obtiveram os melhores resultados no ensaio de casa de vegetação foram avaliadas quanto sua tolerância a acidez e alumino "in vitro". No ensaio para a avaliação da eficiência da fixação biológica de nitrogênio, a inoculação com as estirpes 3K...

Bacillus subtilis e bactérias endofíticas autóctones como agentes de biocontrole para Fusarium solani e bioacúmulo de ferro na cultura da mandioca

Freitas, Mônica Aparecida de
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitopatologia; UFLA; brasil; Departamento de Fitopatologia Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitopatologia; UFLA; brasil; Departamento de Fitopatologia
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 22/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
75.87%
Cassava is a culture of high socio-economic importance. However, the nutritional value of the root is poor. It contains little protein, vitamins or nutrients, such as iron. In addition, the culture suffers quality and productivity loss due to the occurrence of disease, among which, the main disease is root rot caused by Fusarium solani. In this sense, we conducted trials adopting bacterial isolates beneficial to improving the culture. To evaluate the antagonism against F. solani and the induction of iron accumulation in cassava plants, we used endophytic and autochthonous bacterial isolates and the GBO3 rhizobacteria. Of these, AMRAC31 (Rhizobium radiobacter), MGRTSA05 (Bacillus subtilis), MAIIF2a (Microbacterium imperial) and GBO3 (Bacillus subtilis) promoted growth, iron accumulation and/or absence of root rot symptoms caused by F. solani. New trials were conducted with the most promising bacteria for inducing the accumulation of iron by plants cultivated in nutritive solution. MAIIF2a, MGRTSA05 and GBO3 were capable of inducing significant iron accumulation by plants in ideal conditions and iron deficiency conditions. The isolates also presented fungicide and fungistatic effect, protecting cassava gems and branches against colonization by F. solani after in vitro bacterization. With the combination of the obtained results...