Página 1 dos resultados de 312 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

As marcas e o valor da imagem. A dimensão simbólico das actividades económicas

Ruão, Teresa
Fonte: Edições Universitárias Lusófona Publicador: Edições Universitárias Lusófona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 93611 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
O fenómeno marcas de comércio tem conhecido uma expressiva investigação nos últimos 20 anos, em consequência do crescimento da paisagem de marcas no universo económico. Na verdade, estamos hoje perante mercados sobrepovoados de sinais de distinção que procuram, a todo o custo, atingir a memória dos consumidores. Neste contexto, as marcas têm constituído fontes de valor acrescentado para as empresas e seus clientes, promovendo a diferenciação e apelo ao consumo. E um dos pilares desse capital-marca assenta na imagem positiva, ou percepção favorável que conseguem estimular na mente dos públicos-alvo. O presente artigo discute, precisamente, os conceitos marca, valor e imagem, procurando reflectir sobre a forma como a percepção das marcas se pode traduzir em valor simbólico e económico para as empresas.

Trading-up e a nova classe trabalhadora: a ressignificação do consumo sob a ótica do capital simbólico

Machado, Alice Cunha Cardoso
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Esta dissertação tem como objetivo entender os hábitos de consumo das mulheres da nova classe trabalhadora para conhecer as aspirações, motivações e desejos que influenciam suas decisões de compra, e para identificar qual o significado, para elas, dos produtos característicos do “novo luxo”. A problemática deste trabalho envolve o entendimento do comportamento de consumo da ‘nova classe trabalhadora’ (Souza, 2012), e tem por objetivo compreender os novos hábitos de consumo dessa classe, no que tange ao consumo de bens constitutivos do chamado ‘novo luxo’ (Silverstein & Fiske, 2008). Os resultados desta pesquisa trarão entendimento às ressignificações de produtos de novo luxo para a nova classe trabalhadora, conhecimento sobre as preferências e prioridades dessa classe, e compreensão sobre o valor simbólico do consumo desse tipo de produto. No primeiro capítulo, foi abordado o comportamento do consumidor, mostrando a importância do estudo do comportamento de consumo para as estratégias mercadológicas, além de explorar a influência da cultura na tomada de decisão dos consumidores; o segundo capítulo abordou os conceitos de habitus, capital simbólico e cultural, em que são exploradas as questões relacionadas a valores...

Educação, verdade e valor: diálogo com Nietzsche

Oliveira, Thabata Franco de; Valdemarin, Vera Teresa
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 137-160
POR
Relevância na Pesquisa
36.14%
This article shows some reflections on the dilemmas of contemporary education, especially those that go without a horizon of truth and value, that are foundation and justification for the setting up of the modern school. Such reflections are grounded in the texts of Friedrich Nietzsche to discuss the dissolution of metaphysics, regarded here as an element of destabilization of the symbolic repertoire of the school. It is suggested at the end, the recovery of the interpretive act as an alternative to the emptying of the concepts of truth and value and recognition of dialogue as a privileged place to get closer to temporary and circumstantial truth.; Este artigo sistematiza reflexões sobre alguns dilemas da educação contemporânea, principalmente aqueles que prescindem de um horizonte de verdade e de valor, base fundamental e justificativa para a instauração da escola moderna. Tais reflexões estão ancoradas em textos de Friedrich Nietzsche que discutem a dissolução da metafísica, aqui considerada como um dos elementos de desestabilização do repertório simbólico da instituição escolar. Propõe-se, ao final, a recuperação do ato interpretativo como alternativa ao esvaziamento dos conceitos de verdade e de valor e o reconhecimento do diálogo como lugar privilegiado para a aproximação com a verdade provisória e circunstancial.

Representações sociais da moradia e da natureza dos moradores de loteamentos de baixa renda em Águas Lindas de Goiás - GO

Nóbrega, Maria das Dôres Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.41%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, 2009.; Esta dissertação discute qual o significado da moradia e da natureza para moradores de loteamentos situados na Área de Preservação Ambiental (APA) do rio Descoberto, ou seja, loteamentos irregulares perante a legislação ambiental e urbanística brasileira. Investigar-se-á os loteamentos enquanto lugares de eventos, tendo por objetivo acessar as representações sociais da moradia e da natureza para a população de baixa renda, que mora em loteamento na área de preservação ambiental. Trabalhou-se com a hipótese norteadora de que a prática da ilegalidade está relacionada às representações sociais que os agentes produtores do espaço de Águas Lindas constroem sobre a moradia e a natureza. A teoria estudada e que fundamenta a pesquisa é a das representações sociais e do espaço geográfico, ou seja, a interdisciplinaridade entre a Geografia e a Psicologia Social. Nas representações sociais, os dois processos que são examinados no âmbito do espaço social são a objetivação e a ancoragem enquanto dimensão simbólica que é convertida numa dimensão real e, a realidade, dá-se um ar simbólico. Os dados foram coletados por meio de entrevistas em dois momentos diferentes: o primeiro...

Das panelas das nossas avós aos restaurantes de alta gastronomia : os processos sociais de valorização de produtos agroalimentares tradicionais

Zaneti, Tainá Bacellar
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.55%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronegócios, 2012.; A dissertação tem como objetivo entender as relações entre os valores simbólico, moral e econômico dos produtos agroalimentares tradicionais no campo da alta gastronomia. Para tanto, foi feito um estudo de caso para descrever o processo social de valorização dos produtos tradicionais na alta gastronomia em Brasília. Foram considerados os dispositivos de julgamento de Karpik (2010) e outras contribuições da sociologia econômica dos mercados, especialmente aquelas relacionadas com a valoração de bens singulares. Um resultado importante da pesquisa foi a relação entre os bens singulares e comuns e os tipos de capital que os atores econômicos e sociais possuem. A maior posse de capital econômico e simbólico do ator permite a percepção de produtos tradicionais como bens singulares, aumentando o valor econômico e simbólico destes últimos. Neste mercado, o papel do chef é chave na construção da confiança dos consumidores, elemento essencial para a construção da escolha, por meio das informações sobre a qualidade...

As marcas e o valor da imagem : a dimensão simbólica das actividades económicas

Ruão, Teresa
Fonte: Universidade Lusófona Publicador: Universidade Lusófona
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2003 POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
O fenómeno marcas de comércio tem conhecido uma expressiva investigação nos últimos 20 anos, em consequência do crescimento da paisagem de marcas no universo económico. Na verdade, estamos hoje perante mercados sobrepovoados de sinais de distinção que procuram, a todo o custo, atingir a memória dos consumidores. Neste contexto, as marcas têm constituído fontes de valor acrescentado para as empresas e seus clientes, promovendo a diferenciação e apelo ao consumo. E um dos pilares desse capital-marca assenta na imagem positiva, ou percepção favorável que conseguem estimular na mente dos públicos-alvo. O presente artigo discute, precisamente, os conceitos marca, valor e imagem, procurando reflectir sobre a forma como a percepção das marcas se pode traduzir em valor simbólico e económico para as empresas.; The scientific research on the phenomen trade marks has been growing in the last twenty years. Perhaps, because the brand’s landscape has also been growing in the economic market place. In consequence, the number of economic distinctive signs has increased, as a way of reaching the memory of consumers. Brands are, therefore, a source of value to companies and clients. One of the origins of this brand equity is the positive image...

Arte xávega na comunidade da praia da Vieira de Leiria: a sua patrimonialização

Rodrigues, Hélia Carla Amado
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.35%
Trabalho de projeto submetido como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais; O presente projeto tem como objetivo perceber a metamorfose da Arte Xávega em património cultural, a sua relação com o desenvolvimento local assim como com a construção da identidade da comunidade da Praia da Vieira de Leiria. O passado e o presente da Praia da Vieira, as suas gentes e saberes foram o mote de partida para este estudo de caso. Neste trabalho procuro, recorrendo a bibliografia especializada nos domínios da identidade, património cultural, valor de uso e valor simbólico dos objetos, entender o processo de patrimonialização da Arte Xávega na Praia da Vieira e o seu contributo para o desenvolvimento local. Esse processo implicou o estudo da Arte Xávega na Praia da Vieira de Leiria enquanto atividade económica que, confundindo-se com a génese da comunidade, se continua a praticar na atualidade. Aferi sobre a hipótese da transformação de objetos de uso em objetos simbólicos, criando, a partir deles uma rota cultural e um centro de interpretação da Arte Xávega. Por um lado espero contribuir para a preservação da memória nesta comunidade, bem como proporcionar algum dinamismo e empreendedorismo local.; This project aims to understand the Arte Xávega metamorphosis in cultural heritage...

Regimes de valor, regimes de conhecimento: alguns temas da antieconomia da dádiva

Pereira,Gilson R. de M.
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.03%
O estudo das homologias estruturais dos campos, das especificidades dos interesses e das estratégias empregadas pelos agentes, bem como os estudos da lógica do quasi-market e da troca de dádivas como tipo modelar de intercâmbios não explicitamente econômicos, lança luz nas relações entre o campo simbólico e o econômico, entre os valores e os saberes, podendo resultar num conjunto de conhecimentos capazes de redimensionar os problemas do campo educacional advindos dos desafios postos à cidadania, simultaneamente nas esferas intra e extramercado.

A mobilidade como novo capital simbólico nas organizações ou sejamos nômades?

Freitas,Maria Ester de
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.41%
O objetivo deste artigo, de natureza exploratória, é o de analisar a mobilidade como um novo capital simbólico no mundo organizacional. Argumentamos três questõeschave: a) a de que a mobilidade já é uma necessidade sócioorganizacional; b) a de que a transformação ideológica dessa necessidade em virtude legitima a mobilidade como um novo capital; e c) a de que a circulação mundial de profissionais, por meio de processos de expatriação, e a de empresas, a partir de processos de relocalização, fusões e aquisições, traduzem um novo tipo de nomadismo que reforça a mobilidade como um valor desejável. Em virtude da ausênciade bibliografia específica sobre o tema no universo organizacional, construímos ao longo do texto alguns conceitos, dentre eles o de mobilidade. Esta se refere à capacidade, à disposição e ao desejo que um individuo tem de mudar de país para interagir com diferenças em relação à sua cultura, à sua profissão, aos seus saberes e ao seu cargo. O conceito de capital simbólico foi tomado de empréstimo de Bourdieu, que desenvolveu e consolidou, progressivamente, elementos conceituais para uma teoria da ação social(1972, 1980 e 1994) e, junto com Passeron (1964 e 1970), analisou mecanismos de reprodução social.

Hilos narrativos apropiación de la mochila Wayuu y Arhuaca en el contexto colombiano y el diseño de modas

Ortiz Zarama, María Alejandra
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de Grado Pregrado Formato: Pdf
Relevância na Pesquisa
36.03%
Esta monografía presenta un análisis sobre cómo los colombianos y el diseño de modas se apropian de los la mochila wayuu y arhuaca, y transforman su valor simbólico en función de las relaciones que se establecen en distintos contextos de nacionalidad y consumo.

Del lago a la montaña : la traducción del sentido trágico unamuniano a través del valor simbólico del paisaje cultural

Cruz Recio, Manuel de la
Fonte: Universidad de Alcalá Publicador: Universidad de Alcalá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.52%
En la obra San Manuel Bueno, mártir (1933), la intrahistoria de las conciencias de sus personajes, el paisaje cultural y el pueblo de Valverde de Lucerna (Zamora) hacen emerger la contradicción existencial de Unamuno. ¿Cómo recoge el traductor-lector en distintos momentos históricos el valor simbólico de la naturaleza en una obra como esta y cómo lo reproduce? ¿Qué carga histórica y cultural tienen elementos como el lago y la montaña en civilizaciones como la española y la alemana? En esta obra, que refleja la paradoja humana del “creer y no creer”, la conciencia del “yo” histórico unamuniano emerge a través de una narración indirecta, en la que el simbolismo de lo rural y la naturaleza frente a lo burgués y lo civilizado representa una tensión fundamental a lo largo de todo el libro, permitiendo en la propia interpretación del discurso una rehabilitación de su sentido existencial y cultural. De este modo, la obra cobra en sí misma un valor simbólico gracias al escenario sugerido por el lago (de Sanabria en San Martín de Castañeda), el convento (las ruinas del convento de Bernardos) y la montaña (la Peña del Buitre), que representan lo más íntimo y profundo de la conciencia unamuniana en la España de la Generación del 98. Tras analizar el valor simbólico de los elementos naturales...

Os caminhos da contradição entre o valor simbólico e mercantil da água e sua apropriação pelo turismo de águas termais : turismo em Caldas Novas

Machado, Isabela Coutinho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.67%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, Mestrado Profissional em Turismo, 2013.; Caldas Novas tem como principal atrativo turístico fontes de águas termais. O início do fluxo de visitantes na cidade era motivado, principalmente, pela fama curativa dessas fontes, envolvidas em um valor simbólico de cura e renovação. Por essa razão, a pesquisa teve como objetivo desvelar a concepção de sociedade-natureza presente no turismo de águas termais em Caldas Novas e o modelo de reprodução do valor simbólico e mercantil da água estabelecido nesse destino turístico, uma vez que a percepção de sociedade-natureza e o valor simbólico da água são considerados aspectos fundamentais no direcionamento do planejamento turístico da cidade. A partir de uma construção teórica das categorias de análise (tese) e das interpretações dos dados obtidos por meio de entrevistas, do estudo do Plano Diretor e de materiais de divulgação turística do município (antítese), feitas a partir da técnica da análise do discurso e tendo como base o quadro interpretativo da dialética histórico-materialista, buscou-se compreender as mudanças na concepção de sociedade-natureza e no valor simbólico atribuído às águas termais...

Impacto das comunidades de consumidores no valor das marcas

Lima, Ana Patrícia Pinto; Dionísio, Pedro; Brito, Carlos
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
International Congress Marketing Trends Annual Conference in Paris, 17 – 19 January 2013; The act of consumption is a way to structure and give meaning to the world and the relationships established among people. During the transition from modernity, i.e., from modernity to postmodernity (Rajj, 1998), in a consumer culture (Slater, 1997), the products and their signal value and consumption assume a central role in creating meaning for individuals (Solomon, 1983; Fournier, 1998), thus affecting the differentiation and integration of individuals in the social world. Today consumers are dedicated to the consumption of experiences and feelings about brands, far beyond the functionality of the product. This promotes the consumption value of the bond and connection between consumers’ tastes, opinions and preferences. Thus, consumption in social and convivial contexts overlaps isolated and egocentric consumption. Given this new reality, blurring the differences between the materials products makes the concept of brand a key issue in the identification and differentiation. User groups and admirers of a brand that engage in joint activities to achieve collective goals and or to express mutual feelings, experiences and commitments are known as brand communities (Stokburger Sauer...

O impacto da promoção de preços sobre o Consumer-Based Brand Equity : um estudo experimental a partir de anúncios impressos

Pires, Diogo Manoel Simões
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.14%
As marcas estão presentes no cotidiano dos consumidores e das organizações. Para os indivíduos, as marcas são carregadas de simbolismos, representações e complexos signos de posicionamento social enquanto, para as empresas, as marcas se tornam um ativo extremamente valioso, capaz de diferenciar as suas ofertas em um mercado comoditizado e influenciar o comportamento do consumidor. Neste cenário, o cuidado com a marca na percepção dos consumidores surge quase como condição para uma eficaz gestão estratégica de marketing nas empresas e, também, terreno fértil para pesquisas acadêmicas. Entre os cuidados que a empresa deve ter com as marcas sobre as percepções do consumidor, as estratégias promocionais baseadas na redução de preços merecem atenção. O presente estudo verifica o impacto que a promoção de preços (descontos e ofertas) exerce sobre o Consumer-based Brand Equity (CBBE). Por meio de uma pesquisa experimental do tipo between-subject, uma amostra de 300 estudantes universitários divididos igualmente em seis unidades de teste, foi estimulada através de anúncios impressos, a avaliar o CBBE de duas marcas de tênis (Diadora e Nike) que apresentavam três diferentes níveis de desconto (nenhum, baixo e alto) sobre um preço de referência - em um design fatorial 2x3 - a fim de avaliar se a presença e a intensidade das promoções de preços...

De la arqueología simbólica del paisaje a la arqueología de los paisajes sagrados; From a landscape symbolic archaeology to an archaeology of sacred landscapes

Santos-Estévez, Manuel; Parcero-Oubiña, César; Criado-Boado, Felipe
Fonte: CSIC - Instituto de Historia (IH) Publicador: CSIC - Instituto de Historia (IH)
Tipo: Artículo Formato: 5373434 bytes; application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.21%
[ES]Se estudian los diferentes modelos de paisaje que se suceden en la Prehistoria e Historia de una comarca del noroeste de la Península Ibérica. Se analizan tanto la distribución del poblamiento y el uso del suelo ala luz de datos geográficos y arqueológicos, como la articulación de organizaciones territoriales supralocales. En concreto se observa la conformación de un espacio simbólico o sagrado en un sector concreto de la zona de estudio que habría servido como recurso fundamental para configurar y expresar los modelos de paisaje social de cada momento. Con ello se pretenden mostrar las diferentes formas de racionalidad que se esconden detrás de la concepción de lo sagrado a lo largo de varias etapas culturales distintas y sucesivas; se trata de mostrar lo que cada una de estas fases ha aportado a la construcción acumulativa del paisaje que se observa actualmente y de descifrar para cada una de ellas una concepción del paisaje diferente. La zona de estudio se encuadra dentro del área nuclear de los petroglifos galaicos de la Edad del Bronce, entre los ayuntamientos de Campo Lameiro y Cotobade (Pontevedra). Creemos que en ella se conservan elementos de su valor simbólico desde la Edad del Bronce hasta la Galicia tradicional. Lejos de proponer ningún tipo de persistencias seculares...

TRABALHO E QUIMERAS: DILEMA VIVIDO PELO JOVEM OPERÁRIO; TRABALHO E QUIMERAS: DILEMA VIVIDO PELO JOVEM OPERÁRIO

Silva, Cristiane A. Fernandes da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
36.03%
A inserção prematura do jovem trabalhador no mundo do trabalho visa o complemento da renda familiar, a afirmação de sua autonomia e a efetivação do valor simbólico que confere ao trabalho. Contudo, a pertença a um estrato de classe de baixa renda, sua pouca qualificação educacional, sobremaneira profissi-onal, e as escassas oportunidades que lhes são oferecidas pelo mercado de traba-lho, constituem obstáculos para que esse jovem ocupe um ofício que o satisfaça subjetivamente. A abordagem desta pesquisa consiste em enfocar e esquadrinhar o conflito entre trabalho real e anseio subjetivo e as estratégias que os jovens operários utilizam para sobrepujá-lo. à medida que procuram delinear suas iden-tidades de trabalhadores.; The premature insertion of the worker young in the labour´s world aims to fill in the familiar income, the affirmation of his autonomy and the execution of the symbolic value that the awards for the labour. However, the fact that he belongs a class stratum  whose income is low, his little educational qualification, above all the professional, and the scarce opportunities offered him by the labour market, constitute obstacles for this worker young to occupy a craft that satisfy him subjectively. The approach of this research consists of focusing and examining the conflict between real work and subjective aspiration and also the streategies used by the young workess to overcome ...

El patrimonio inmaterial, intangible, simbólico o vivo

Martin, Alicia
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropolgia Social da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropolgia Social da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 POR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Un giro en el concepto de patrimonio cultural excedió en los últimos 20 años la visión monumentalista (edificios célebres, obras de arte), para incorporar el llamado “patrimonio vivo” (García Canclini 1994), o “viviente” (Hernández 2001), “patrimoniontangible”, “inmaterial” (UNESCO 1989, 1997), o simbólico, representado por expresiones del folclore y la cultura popular. A su vez, se ha puesto en discusión la distinción entre patrimonio material o tangible por un lado, e inmaterial o intangible por otro lado, que opone la cualidad de materia sensible a la de valor simbólico.

O consumo simbólico e a mulher contemporânea: articulações entre os códigos do universo feminino e o consumo de automóvel

Generozo, Amanda Yara; Garcia, Amanda
Fonte: Temática Publicador: Temática
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.1%
Este artigo apresenta reflexões sobre a cultura de consumo pós-moderna. Explora a economia de trocas simbólicas na qual a aquisição de bens extrapola o caráter utilitário para se apropriar do valor simbólico e refletir o estilo de vida e o sentimento de pertença social do sujeito contemporâneo. O  texto analisa o discurso do filme publicitário Quem Gosta – Vermelho, do Novo Uno, investigando as estratégias de organização e de articulação dos diferentes códigos e linguagens que o compõe e como esta rede de significados interage com as potenciais consumidoras do automóvel a partir de um sistema modelizante criado pela marca Fiat. O estudo aponta que Quem Gosta – Vermelho compartilha com suas enunciatárias uma visão de mundo comum, no qual os códigos do universo feminino expressam a identidade do Novo Uno e de suas consumidoras.Palavras-chave: Comunicação. Publicidade. Análise do discurso. Sistema modelizante.

Valor de uso y espacio urbano: la ciudad como eje central de la conformación política, cultural y simbólica de las sociedades

Márquez Pulido,Ulises Bernardino
Fonte: UNAM, Facultad de Ciencias Políticas y Sociales, División de Estudios de Posgrado Publicador: UNAM, Facultad de Ciencias Políticas y Sociales, División de Estudios de Posgrado
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 ES
Relevância na Pesquisa
36.38%
En el presente artículo se esboza una propuesta teórica para comprender el concepto de valor de uso aplicado al estudio de la ciudad y del espacio urbano, en su génesis y su desarrollo. Recuperando las tesis de Henri Lefebvre, se plantea como hipótesis principal que la ciudad, en su origen, surge como valor de uso. Siguiendo los planteamientos de Bolívar Echeverría y de Gilbert Durand, observamos que el valor de uso no sólo es material y sígnico, semiótico, sino también, simbólico. Se bosqueja que lo simbólico juega un papel fundamental en la construcción de las ciudades, con una importancia de igual trascendencia que la economía y la política. Se realiza un estudio de caso para proponer una convergencia de interpretaciones teóricas que van del materialismo histórico a la hermenéutica simbólica. Se concluye que la ciudad y la ordenación de su espacio urbano son ejes fundamentales a través de los cuales se organizan las sociedades.

Identidad territorial y calidad de los alimentos: Procesos de calificación y competencias de los consumidores

Muchnik,José
Fonte: Centro de Investiagciones Agroalimentarias (CIAAL), Facultad de Ciencias Económicas y Sociales, Universidad de los Andes Publicador: Centro de Investiagciones Agroalimentarias (CIAAL), Facultad de Ciencias Económicas y Sociales, Universidad de los Andes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 ES
Relevância na Pesquisa
46.31%
La presente comunicación tiene como objetivo analizar, a partir de un enfoque antropológico, las complejas relaciones entre la identidad territorial y la calidad de los alimentos, así como las formas en que los actores sociales se relacionan y organizan para certificar dicha calidad y las oportunidades económicas derivadas del valor cultural de dichos alimentos. Se analiza el rol de la alimentación en la construcción de las identidades de individuos y sociedades y la importancia del valor simbólico de los alimentos en las preferencias de los consumidores. Se destaca que en materia de denominaciones de origen no deben copiarse fórmulas; cada producto, cada situación, exige un análisis particular. El tipo de mercado, el tipo de instituciones, los saberes y las técnicas utilizadas y las normas jurídicas condicionarán los procesos de calificación de los productos. Se concluye sobre las relaciones contradictorias/complementarias entre: (i) identidad y calidad/interés de conferir a los productos territoriales mayor carga simbólica, mayor densidad cultural; (ii) entre tradición e innovación/interés de identificar, describir y analizar las innovaciones y las competencias locales; (iii) entre productos territoriales y productos estándar/interés de tomar en cuenta los antagonismos y complementaridades entre los mismos.