Página 1 dos resultados de 629 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Valor adicionado: análise empírica de sua relevância para as companhias abertas que publicam a demonstração do valor adicionado; Value added: empirical analysis of its information content for the public companies that disclose the value added statement

Scherer, Luciano Marcio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.82%
O objetivo da contabilidade é definido como fornecer aos seus usuários informações relevantes para a tomada de decisões. Porém, quem são os usuários e qual informação é relevante? O enfoque dado pela Teoria Positiva da Contabilidade considera os investidores dos mercados de capitais como os usuários das informações contábeis e essas são relevantes quando possuem um grau de associação estatisticamente significativo com o preço ou retorno das ações. Tendo em vista as mudanças na legislação societária que estão tramitando no Câmara dos Deputados, o Brasil poderá tornar obrigatória a elaboração e publicação da Demonstração do Valor Adicionado pelas companhias abertas. De forma similar à Demonstração do Resultado do Exercício, a DVA é uma demonstração de características dedutivas em que a última linha representa um resultado, nesse caso, a riqueza gerada pela empresa durante um período. Porém, em adição a essa informação, é evidenciado de que forma essa riqueza é distribuída para uma série de stakeholders, além da parcela distribuída aos proprietários, sócios ou acionistas. Logo, é uma demonstração mais ampla que a DRE, destinada a vários usuários, não apenas aos proprietários...

Investimentos socioambientais na demonstração do valor adicionado: formação ou distribuição do valor adicionado?; Social and environmental investments in value added statement: reduction or distribution of value added?

Fregonesi, Mariana Simões Ferraz do Amaral
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.77%
A Demonstração do Valor Adicionado (DVA) tornou-se obrigatória para as companhias de capital aberto que atuam no mercado brasileiro, a partir de 2008. Com cunho econômicosocial e com o objetivo de mostrar a riqueza adicionada pela empresa à economia do país, a DVA mostra a estrutura de remuneração dos fatores de produção adotada pela companhia. As informações da DVA compõem um dos indicadores do modelo GRI de Balanço Social. Esse modelo tem levado algumas empresas a divulgarem suas DVAs inserindo uma linha com os investimentos sociais dentre as linhas de distribuição de valor adicionado. Nesse contexto, esta tese buscou investigar quais as condições para os investimentos socioambientais serem considerados distribuição de valor adicionado na DVA. Para responder às questões de pesquisa, foram realizadas pesquisa teórica, sobre DVA e sobre responsabilidade social corporativa, e pesquisa empírica, com análise de conteúdo dos Relatórios de Sustentabilidade de 22 companhias abertas no Brasil. Os investimentos socioambientais identificados, na pesquisa empírica, foram analisados sob a ótica dos conceitos econômicos relacionados a valor adicionado e sob a ótica do IBGE, responsável pelo cálculo do produto nacional no país. Como conclusão...

Verdades e mitos na interpretação da demonstração do valor adicionado; Truths and lies in the interpretation of the Value Added Statement

Vieira, Patricia dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.74%
O relacionamento entre empresas e sociedade faz emergir a necessidade de prestação de contas a distintos grupos de interesse e a DVA apresenta-se como ferramenta importante, ao apresentar informações relevantes a diferentes stakeholders. Este trabalho discute a interpretação dessa demonstração a partir do que se concebe no senso comum, propondo-se a identificar e caracterizar mitos originados numa leitura simplista da DVA, bem como verificar o impacto do setor de atuação sobre a análise. A plataforma teórica edifica-se sobre a teoria dos stakeholders que, para determinar grupos efetivamente relevantes à entidade, se distingue nos atributos: poder, legitimidade e urgência. Analisa a DVA em sua gênese e desenvolvimentos posteriores até os dias atuais. Para responder à questão de pesquisa, Quais as verdades e os mitos contidos na interpretação da Demonstração do Valor Adicionado?, tomou-se como base uma amostra composta de informações contábeis de 6.286 empresas não financeiras, oriundas de diversos setores, extraídas do banco de dados mantido pela Fipecafi e utilizado como fonte para o ranking das Melhores e Maiores, da Revista Exame. O estudo abrange os anos de 2004 a 2009. Os resultados demonstraram haver correlação positiva e moderada entre valor adicionado e lucro líquido ajustado...

A demonstração do valor adicionado como instrumento de transparência nas entidades do terceiro setor; The value added statement as an accountability instrument in the third sector entities

Nagai, Cristiane
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.64%
A presente pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de analisar qual a maneira mais adequada de evidenciar na Demonstração do Valor Adicionado, as receitas das entidades do terceiro setor diante das diversas fontes disponíveis para captá-las. Subsidiariamente e com base na conclusão da tese de doutorado de Fregonesi (2009) de que os investimentos socioambientais feitos pelas empresas às entidades sem fins lucrativos são, em determinadas situações, distribuição do valor adicionado, o presente estudo objetivou analisar o impacto da referida conclusão na DVA das entidades sem fins lucrativos, mais especificamente, das fundações e institutos empresariais e suas eventuais implicações na utilidade da DVA como instrumento auxiliar para o cálculo da participação deste setor no produto nacional. As entidades utilizadas como exemplos são as associadas ao Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (GIFE) sendo descartadas as que não possuíam a expressão "Instituto" ou "Fundação" em suas denominações sociais e entidades que não publicaram suas demonstrações contábeis de 2010 com notas explicativas em suas páginas eletrônicas ou no Diário Oficial Empresarial de São Paulo entre o período de janeiro a abril de 2011. Foram incluídas na análise a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis...

Modelo de análise da demonstração do valor adicionado para a gestão das empresas

Vieira, Sérgio de Jesus
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 136 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.64%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; O objetivo do presente trabalho é a proposição de um modelo de análise da Demonstração do Valor Adicionado - DVA, para a gestão das empresas. O modelo visa reunir um conjunto de indicadores, capazes de fornecer informações que permitam a aferição da riqueza criada pela empresa em determinado período, como ela distribuiu a riqueza criada e qual o envolvimento social da empresa analisada. Para tanto, realizou-se pesquisa bibliográfica visando identificar os índices existentes, promovendo a sistematização dos mesmos e sugerindo outros julgados necessários à composição de um conjunto de indicadores integrantes do modelo. O modelo proposto abrange a aplicação das técnicas de análise horizontal e vertical da Demonstração do Valor Adicionado e cálculo dos indicadores de criação e destinação da riqueza, de envolvimento social, de produtividade e de participação na economia. Foram selecionadas as demonstrações contábeis de duas empresas para a realização do estudo de caso e validação do modelo. Alfim, com os dados extraídos, foram feitas as interpretações...

Distribuição do valor adicionado: uma análise na distribuição de valor das empresas listadas na Bovespa no segmento de bancos

Florêncio, Priscila
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 51 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.73%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; A preocupação com a transparência faz com que a organizações empresariais busquem cada vez mais ações que reflitam sua preocupação e cuidado com o meio em que estão inseridas.. As ações no âmbito da responsabilidade agregam valor a empresa e como consequência tem-se a valorização da organização empresarial pela sociedade. Para confirmar o quanto a organização está distribuindo de riqueza para os agentes econômicos, tem-se a Demonstração do Valor Adicionado. Este estudo buscou como objetivo principal analisar o comportamento da distribuição do Valor Adicionado das empresas listadas na Bovespa no segmento de bancos para o período de 2010 e 2011. Para a observação do comportamento da distribuição da riqueza, em um maior período de tempo, estudo realiza um comparativo com os dados levantados por Rodrigues (2010). Para alcançar o objetivo, foi realizada uma pesquisa exploratória com o intuito de melhor familiarização com o assunto estudado. A pesquisa realizada possui caráter descritivo, com abordagem qualitativa e quantitativa. Foi utilizada pesquisa bibliográfica para o levantamento do referencial teórico e levantamento de dados para apurar a pesquisa. O grupo de empresas estudado foi composto por organizações bancárias de controle acionário privado e estatal. Os resultados obtidos mostram que para a distribuição por agente econômico...

Demonstração do Valor Adicionado: um estudo sobre o valor distribuído pelas empresas do segmento de bancos da BM

Rodrigues, Tiago de Britto
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 64 f.| grafs., tabs.
Relevância na Pesquisa
66.69%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Ciências Contábeis.; Cada vez mais a sociedade tem acesso às atividades realizadas pelas organizações empresariais. Por tanto, preocupar-se somente com o lucro, esquecendo da função social das organizações, tornou-se um caminho perigoso para a sua sobrevivência. A Demonstração do Valor Adicionado surge neste contexto como uma importante ferramenta de análise e controle do retorno dado pelas organizações ao meio no qual estão inseridas. Tal demonstrativo contábil, ou financeiro, como referem alguns autores, evidencia quanto de valor uma empresa adiciona à economia e ao mesmo tempo como este valor é distribuído para os diversos segmentos da sociedade. O presente estudo buscou evidenciar e analisar como se comporta a distribuição do valor adicionado efetuada por parte do segmento de bancos do setor financeiro e outros da BM&F Bovespa. A metodologia do estudo teve caráter descritivo, além de uma abordagem quali-quantitativa. Foram utilizados instrumentos como pesquisa bibliográfica, na fundamentação teórica, e levantamento de dados para se apurar os resultados a respeito das empresas da população pesquisada. Os principais resultados do estudo apontam que: os segmentos que em média mais receberam valor adicionado foram os de remuneração de capital próprio e de pessoal...

Um estudo da forma de caracterização e evidenciação da demonstração do valor adicionado

Rech, Kelly Regina
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 48 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.8%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; Nesse cenário em que as mudanças nas áreas social, política e econômica afetam as empresas, através da imposição de novos padrões de competitividade e o surgimento de novas necessidades de informações de seus diversos usuários, a Contabilidade procura aperfeiçoar as formas de acompanhar e evidenciar o patrimônio das entidades. Cada vez mais os usuários internos e externos das informações contábeis estão interessados em obter informações sobre a responsabilidade social. As informações sobre a gestão e atuação das empresas nas áreas ambientais e sociais começam a ganhar destaque, tendo em vista que as ações praticadas começam a ser informadas com a elaboração e divulgação do balanço social_ No Brasil esse demonstrativo encontra-se em fase de desenvolvimento, e sua elaboração e publicação não são obrigatórias. Além de gerar informações sobre a responsabilidade social das entidades, esse demonstrativo pode apresentar também informações de natureza econômica. E como parte integrante do balanço social, a DVA procura evidenciar como a empresa está contribuindo para o desenvolvimento econômico-social da regido onde está instalada...

A demonstração dos fluxos de caixa e a demonstração do valor adicionado como instrumentos complementares para a gestão financeira – um estudo de caso

Soares, Adivane Simonini
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 65 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.7%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; Esta monografia tem a finalidade de mostrar a importância da Demonstração dos Fluxos de Caixa e da Demonstração do Valor Adicionado como instrumentos complementares para a gestão financeira, em função das informações que estes demonstrativos podem fornecer. Para identificar essa afirmativa, foi feita uma análise dos principais demonstrativos contábeis de uma empresa do Sul do Brasil, e em especial uma análise específica da Demonstração dos Fluxos de Caixa e da Demonstração do Valor Adicionado. Para isso foram obtidas as Demonstrações Contábeis publicadas pela empresa, sendo primeiramente aplicados índices de liquidez sobre o Balanço Patrimonial e posteriormente a realização de uma análise sobre a Demonstração dos Fluxos de Caixa e a Demonstração do Valor Adicionado, verificando-se que as informações obtidas no Balanço Patrimonial podem ser melhor detalhadas através da análise dos demonstrativos referidos. Foi constatado que a DFC e a DVA são instrumentos que podem enriquecer a análise financeira tradicional, pois trazem um maior detalhamento dos motivos que levaram à alteração de determinados índices de liquidez. O presente tipo de análise poderá ser feito nos demonstrativos de qualquer outra empresa...

A inserção insumo-produto da economia brasileira no Mercosul: uma abordagem pelo valor adicionado

Montoya,Marco Antonio
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2001 PT
Relevância na Pesquisa
66.64%
Neste artigo, com base na matriz insumo-produto internacional do Mercosul de 1990, avalia-se, através do valor adicionado, a inserção da economia brasileira no Mercosul. Verificou-se, em termos relativos, que o valor adicionado induzido no Brasil pelas respectivas demandas da Argentina, Chile e Uruguai é o mais alto na região. Isso, associado aos níveis de industrialização alcançados pelo Brasil e às necessidades estruturais por importados que apresentam as indústrias dos países parceiros, mostra a importância relativa da economia brasileira como um supridor de produtos acabados de materiais básicos industriais e de bens de capital para o Mercosul. Contudo, ficou evidente que, para as economias da Argentina, Chile e Uruguai, o maior parceiro da região na geração de valor adicionado é o Brasil. Portanto, conclui-se que os mercados na região são potencialmente complementares e que, em decorrência disso, o processo de integração econômica regional poderá, efetivamente, vir a representar para o Brasil e seus países parceiros uma opção permanente de ampliação do espaço de produção e de circulação de mercadorias.

Estrutura de geração e distribuição do valor adicionado e rentabilidade das ações de companhias listadas na BM e FBovespa no período de 2007 a 2010

Teodoro, Jocelino Donizetti
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.8%
Resumo: O objetivo deste trabalho consiste em identificar como o comportamento das variações na geração e distribuição do valor adicionado, ao longo do período de 2007 a 2010, impacta a rentabilidade das ações das companhias listadas na BMF&BOVESPA. Para tanto, definiu-se como objetivos específicos: a) mostrar as variações do valor adicionado produzido pelas companhias e recebido em transferência de terceiros; b) mostrar as variações da distribuição de valor adicionado para remuneração de pessoal, governo, capital de terceiros e capital próprio; c) verificar se as variações na estrutura de geração e distribuição do valor adicionado foram significativas entre os períodos em análise; d) estimar o poder explicativo das variações de geração e distribuição do valor adicionado na rentabilidade das ações de companhias abertas, no período de 2007 a 2010. O desenvolvimento desta pesquisa teve por teoria de base a Teoria Positiva da Contabilidade, com enfoque na relevância da informação contábil para o mercado acionário (value relevance). Estimou-se o retorno das ações conforme a evolução percentual das cotações históricas. As variações nos itens de geração e distribuição do valor adicionado foram estimadas em base logarítmica...

A DEMOSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO E SUA VALIDAÇÃO COMO PEÇA CONTÁBIL OBRIGATÓRIA SEGUNDO A LEI 11.638/2007

CALIMAN, GERSON MALDONADO; ANDRADE, LUIZ HENRIQUE DE S.; JORGE, MARCO ANTÔNIO RENÓ
Fonte: Centro Universitário Eurípedes de Marília Publicador: Centro Universitário Eurípedes de Marília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.7%
O presente trabalho tem como objetivo estudar a recente obrigatoriedade da Demonstração do Valor Adicionado – DVA – dada pela Lei 11.638 de 2007, como demonstração financeira. Para tanto, primeiramente são abordados os conceitos de valor adicionado, tendo como base uma bibliografia atualizada com as novas interpretações em vigor, principalmente com o Pronunciamento Técnico CPC 09 – Demonstração do Valor Adicionado. Em seguida é abordada a sua origem, sua afinidade com a macroeconomia de Produto Nacional e suas principais aplicações no exterior. A pesquisa também analisa seus itens individualmente, bem como sua estrutura, finalidade, utilidade e obrigatoriedade, que são tópicos fundamentais para seu completo entendimento. Para atingir o objetivo proposto, é realizado um estudo de caso da empresa Sasazaki Indústria e Comércio LTDA e posto em prática a elaboração de sua DVA, bem como sua análise estrutural e de índices que tenham como base o valor adicionado.

O valor adicionado e a criação/destruição de valor em empresas brasileiras

Fagundes, Daniel Henrique de Carvalho
Fonte: Universidade Federal de Goiás Publicador: Universidade Federal de Goiás
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.73%
A empresa está inserida no meio e interage com ele de varias formas. Ela deve agradar os consumidores com produtos de qualidade e para manter-se no meio empresarial ela cria e distribui valor aos acionistas, que assumem o risco do negócio com o custo de oportunidade, ao governo, empregados e ainda remunera o capital próprio e de terceiros. A pesquisa procura conciliar através de levantamento teórico e de testes estatísticos se o Valor Adicionado da Demonstração do Valor Adicionado e a criação ou destruição de valor pelo EVA (Valor Econômico Agregado) caminham em consonância ou são discrepantes, se e um é compatível com o outro comparando esses indicadores de riqueza com enfoque na possível relação entre eles nas empresas brasileiras que obtiveram valor adicionado com a criação/destruição de valor. A abordagem teórica trata das diferenças e as proximidades conceituais enquanto os testes aplicados investigam se há correlação entre os valores nominais desses indicadores, EVA e VA. As empresas estudadas partem do ranking de indicador de riqueza criada do ano de 2010 do sítio da Revista Exame – Maiores e Melhores e chega uma amostra de empresas brasileiras que divulgam suas demonstrações financeiras. Os resultados demonstram que para a amostra estudada há correlação negativa alta entre as variáveis estudadas e entre os setores existe relação de interdependência entre as variáveis...

Demonstração do Valor Adicionado como instrumento de evidenciação do impacto econômico e social das cooperativas agropecuárias  ; Statement of Added Value as a means of disclosing social and economic impacts of agricultural cooperatives

Londero, Paola Richter
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.7%
As cooperativas são responsáveis por promoverem estímulos ao desenvolvimento local. Tendo em vista que as cooperativas visam satisfazer as necessidades econômicas e sociais de seus cooperados, essas entidades apresentam dupla natureza, econômica e social. Já existem estudos que analisam a necessidade de alteração no tratamento contábil das sociedades cooperativas tendo em vista a sua dupla natureza, objetivando poder demonstrar o efetivo impacto econômico e social causado pelas cooperativas. Nesse contexto, este trabalho busca demonstrar como impacto econômico e social das cooperativas agropecuárias pode ser evidenciado por meio da Demonstração do Valor Adicionado (DVA). Para atender esse objetivo da pesquisa, realizou-se a construção do modelo de Demonstração do Valor Adicionado e, em seguida, realizou-se uma pesquisa empírica por meio de um estudo de caso. Por fim, também realizou-se uma pesquisa com dados de 72 cooperativas do estado do Rio Grande do Sul, analisando as informações geradas sobre o valor adicionado. As principais alterações sugeridas no modelo vigente de DVA foram à separação do ato cooperado e não cooperado nas informações sobre receita e insumos adquiridos, permitindo que informações sobre o valor adicionado por cada ato seja gerada...

Análise da distribuiçao do valor adicionado em empresas de capital aberto e em empresas de capital fechado

Abadia, Rodrigo Junqueira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (RG); Ciências Contábeis (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (RG); Ciências Contábeis (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
66.66%
A demonstracao do valor adicionado tem a finalidade de evidenciar como ocorre a adição de valor pela empresa e de que forma ele é distribuído. A presente pesquisa teve como objetivo principal analisar se existem diferenças estatisticamente significativas na distribuição do valor adicionado para os agentes (empregados, governo, financiadores externos e acionistas) entre empresas de capital aberto e empresas de capital fechado. Também foi analisado se o tipo de controle da empresa (público/privado) e o setor de atividade financeira da empresa influenciam na distribuição de riqueza. Na distribuição para os empregados foi analisado adicionalmente se empresas pertencentes ao ranking de melhores empresas para se trabalhar da revista Você S/A e Exame dão um tratamento diferenciado em relação às empresas não listadas. Para isso foram utilizadas demonstrações dos anos de 2011, 2012 e 2013 de 45 empresas de capital fechado, selecionadas entre 298 empresas participantes do Troféu Transparência 2013 / Prêmio ANEFAC-FIPECAFI-SERASA EXPERIAN, e 58 empresas de capital aberto, selecionadas entre empresas pertencentes ao Índice Brasil 100 da Bovespa, totalizando 309 observações, foi feita a detecção e remoção de outliers...

Demonstração contábil do valor adicionado - DVA : um instrumento de mensuração da distribuição da riqueza das empresas para os funcionários ; Statement of Value Added - SVA : a measurement instruments for the distribution of the companies' wealth to the employees

Cunha, Jacqueline Veneroso Alves da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
66.7%
A contabilidade, como veículo de informação, tem como um de seus grandes desafios colocar, à disposição de seus usuários, informações que retratem as relações das empresas com a sociedade. O Balanço Social, no todo, e a Demonstração do Valor Adicionado – DVA - como uma de suas vertentes, se apresentam como os instrumentos capazes de evidenciar tanto os aspectos econômicos, quanto os sociais, inovando o enfoque utilizado até então, e se constituindo nos mais ricos demonstrativos para aferição dessas relações. Entretanto, nenhum deles, apesar do poder informativo que possuem, vem sendo utilizado da forma esperada. Desmistificando o que vem sendo propagado, a realidade é que a utilização do Balanço Social e da DVA está muito aquém do desejado, seja no Brasil ou em âmbito internacional. Dessa forma, o principal objetivo deste estudo foi a realização de uma pesquisa junto a 198 empresas, retiradas do cadastro mantido pela FIPECAFI para edição anual de Melhores e Maiores da Revista Exame. Nessa pesquisa procurou-se avaliar o poder de aferição representado pela DVA, no que concerne a informações sobre a formação de riqueza pelas empresas e sua distribuição aos agentes econômicos que ajudaram a criá-la...

Geração e apropriação de valor adicionado na economia brasileira: um estudo da dinâmica distributiva no período 1990/96; Texto para Discussão (TD) 733: Geração e apropriação de valor adicionado na economia brasileira: um estudo da dinâmica distributiva no período 1990/96; Generation and dissemination of value added in the Brazilian economy: a study of distributive dynamics in the 1990/96 period

Cardoso Jr., José Celso
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
66.74%
Este trabalho investiga a dinâmica de produção e distribuição do valor adicionado na economia brasileira durante os anos 90 (período 1990/96). O fenômeno da geração do valor adicionado é estudado com base na evolução da produtividade setorial média do trabalho, enquanto a apropriação do valor adicionado é investigada com base na evolução dos markups setoriais médios. Os resultados mostram que praticamente todos os complexos econômicos estudados combinaram grande capacidade de geração e de apropriação de valor adicionado, fruto, por um lado, de uma expansão considerável da produtividade do trabalho e, por outro, de um sucesso relativo nas estratégias de contenção de custos e de formação de preços, a despeito do contexto de abertura comercial (desde 1990) e de estabilização (desde 1994). A dinâmica distributiva se inclinou francamente a favor dos rendimentos do capital — Excedente Operacional Bruto (EOB) —, minimizando, em consequência, o impacto dos rendimentos do trabalho sobre a demanda agregada. Esse aspecto poderia explicar em parte as pequenas taxas de crescimento da economia brasileira no período, pois num contexto de retração dos investimentos públicos produtivos e de pouca contribuição ao crescimento vinda do setor exportador...

DISTRIBUIÇÃO DE VALOR ADICIONADO E INTANGIBILIDADE: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS BRASILEIRAS; DISTRIBUTION OF VALUE ADDED AND INTANGIBILITY: AN ANALYSIS IN BRAZILIAN COMPANIES

Mazzioni, Sady; Moura, Geovanne Dias de; Hein, Nelson
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.71%
O estudo objetivou analisar a relação entre distribuição de valor adicionado e nível de intangibilidade em empresas brasileiras listadas na BM&FBOVESPA. Para tal, realizou-se pesquisa descritiva, documental e quantitativa em uma amostra composta por 50 companhias dos diversos setores econômicos, com dados referentes ao exercício de 2011. Os resultados revelaram grandes desigualdades nos valores investidos em ativos intangíveis entre os setores. O setor econômico de petróleo, gás e biocombustíveis apresentou a maior média e a empresa que individualmente possuía o maior valor investido em intangíveis, destacando-se também em relação ao valor adicionado distribuído. As empresas listadas em níveis de governança corporativa considerados inferiores apresentaram maiores valores de ativos intangíveis e distribuíram quantidades maiores de valor adicionado. Os resultados obtidos permitiram concluir que, dentre as empresas analisadas, aquelas que possuíam maiores valores investidos em ativos intangíveis distribuíram maiores quantidades de valor adicionado.; The study aimed to analyze the relationship between value-added distribution and level of intangibility on Brazilian companies listed on the BM&FBOVESPA. To this end...

Análise Financeira da Demonstração do Valor Adicionado (DVA) das Empresas do Setor Elétrico Brasileiro

Miranda, Luiz Carlos; da Silva, Ana Paula Ferreira; Ramos, Walter de Jesus de Oliveira; de Souza, Érica Xavier
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais - Departamento de Ciências Contábeis
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.71%
   O objetivo deste trabalho é investigar como o setor elétrico está evidenciando a Demonstração do Valor Adicionado. O trabalho apresenta os resultados de um estudo sobre a Demonstração de Valor Adicionado (DVA) de quinze empresas do Setor Elétrico Brasileiro. Inicialmente faz-se uma abordagem bibliográfica sobre a demonstração de valor Adicionado e sobre o Setor Elétrico Brasileiro, para em seguida apresentar-se os resultados da análise.   Do estudo pode-se concluir que, apesar das inconsistências, pode-se realizar uma análise financeira setorial em termos de geração e distribuição de riquezas utilizando apenas as demonstrações de valor adicionador, desde que os dados publicados pelas empresas sejam reclassificados.   A análise da DVA gera vários indicadores de desempenho financeiro e social, que possibilitam entre outras coisas:a) saber se ocorreu um aumento ou uma redução da capacidade do setor elétrico em gerar riqueza;b) analisar como foi distribuída a riqueza gerada pelo setor elétrico;c) identificar a geração e distribuição de riqueza por empresa;d) conhecer em que Região Brasileira estão localizadas as empresas do setor elétrico que mais geraram riqueza;e) identificar quais dos itens da geração de riqueza que mais contribuiu para o aumento ou redução do valor adicionado líquido. 

Valor Adicionado e Lucratividade das Empresas Listadas na Revista Exame Maiores e Melhores no Período de 2007-2010

Scarpin, Jorge Eduardo; Luca, Márcia Martins Mendes De; Cunha, Jacqueline Veneroso Alves da; Dallabona, Lara Fabiana; Cardoso, Vanessa Ingrid da Costa
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.66%
No contexto corporativo há uma incessante busca pela lucratividade. Logo, a identificação dos fatores inerentes à melhoria dos resultados é fundamental para a tomada de decisão estratégica. Nesse sentido, percebe-se a potencialidade da Demonstração do Valor Adicionado (DVA) na gestão corporativa, tendo em vista que a mesma evidencia a criação e a distribuição da riqueza aos fatores que contribuíram para a criação de valor da empresa. Dessa forma, este estudo investiga a correlação da distribuição do valor adicionado aos agentes colaboradores na formação da riqueza e a lucratividade das empresas. Desenvolveu-se uma pesquisa descritiva, documental e quantitativa utilizando a correlação canônica. Os resultados demonstram que, em média, os setores analisados apresentaram grande disparidade da mediana para o período estudado. As combinações lineares, extraídas da correlação canônica, foram significantes (nível de 0,05) para todos os setores e anos, apresentando boas e fortes correlações, garantindo a proximidade dos indicadores analisados. Conclui-se que há correlação entre a distribuição do valor adicionado aos agentes colaboradores e a lucratividade das empresas nos setores analisados.