Página 1 dos resultados de 879 itens digitais encontrados em 0.025 segundos

Imagem por ressonância magnética das articulações temporomandibulares: avaliação da confiabilidade e da validade

Guimarães, Simone Maria Ragone
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 136 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
76.13%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Biopatologia Bucal - ICT; O objetivo neste estudo foi investigar a reproducibilidade dos resultados (confiabilidade) e a validade dos testes utilizando exames de imagem por ressonância magnética no diagnóstico da posição do disco articular e no diagnóstico das alterações ósseas do côndilo mandibular da articulação temporomandibular. Para tanto, foram avaliados 90 exames de IRM (180 ATM) realizados num equipamento de ressonância magnética de 1,0 Tesla, em próton-densidade (PD), planos coronal e sagital, usando bobina de superfície. Todas as imagens foram analisadas, individualmente, por um médico e por três cirurgiões-dentistas, especialistas em radiologia, sem conhecimento dos diagnósticos dos demais examinadores e das informações clínicas dos indivíduos (duplo-cego). Os examinadores receberam um guia para orientação e treinamento com imagens impressas a respeito dos quatro diagnósticos pré-definidos para a posição do disco (posição normal, descolamento anterior do disco com redução, deslocamento anterior do disco sem redução ou deslocamento posterior do disco articular) e quatro critérios para as alterações do côndilo mandibular (osso normal...

Evidências de validade de uma bateria informatizada para avaliação da personalidade adaptada ao desenho universal

Oliveira, Cassandra Melo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: [178] p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.16%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2013; Este estudo teve como objetivo geral buscar evidências de validade da adaptação de um teste psicológico informatizado para avaliação da personalidade aos princípios do Desenho Universal. O teste foi adaptado para um formato fundamentado nos princípios do Desenho Universal e aplicado em pessoas com e sem deficiência visual. A presente pesquisa enquadra-se no âmbito dos estudos de busca por evidências de validade dos testes psicológicos. A busca por estas evidências é fundamental para avaliação das consequências das adaptações sobre possíveis interpretações dos resultados de testes, o qual é ainda um fenômeno pouco estudado. O estudo foi quantitativo com desdobramentos qualitativos e os instrumentos utilizados na pesquisa foram uma forma do teste adaptada aos princípios do Desenho Universal e um instrumento para que os participantes avaliassem quão bem o teste Informatizado para avaliação da personalidade adaptado atende aos princípios do Desenho Universal/Testagem Universal. Primeiramente, foram realizadas as adaptações do teste psicológico que avalia personalidade e o desenvolvimento do instrumento para avaliação do Desenho Universal. A amostra do estudo constou de 146 indivíduos com deficiência visual e 150 indivíduos sem deficiência. A parte qualitativa do estudo envolveu a avaliação do desempenho dos leitores de tela...

Aptidões cognitivas e rendimento académico: A validade preditiva dos testes de inteligência

Almeida, Leandro S.; Lemos, Gina C.
Fonte: Colégio Internato dos Carvalhos Publicador: Colégio Internato dos Carvalhos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 71534 bytes; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
76.15%
Resumo: Com base numa amostra de alunos portugueses do 5º e 6º anos de escolaridade (n=1163), analisamos a validade dos resultados na Bateria de Provas de Raciocínio (BPR5/6; Almeida, 2003) por referência ao rendimento escolar dos alunos, considerando quer as suas classificações em várias disciplinas curriculares quer o índice de retenções escolares anteriores. De uma maneira geral os resultados sugerem uma associação com significado estatístico entre rendimento escolar e desempenho nas quatro provas de raciocínio da bateria (raciocínio abstracto, raciocínio verbal, raciocínio numérico e resolução de problemas). Os alunos com melhor rendimento na escola apresentam também melhores resultados na BPR5-6, o que vai no sentido da sua validade por referência a critério externo. Os resultados nas provas de resolução de problemas e de raciocínio verbal apresentam-se mais correlacionados com o rendimento escolar, ao mesmo tempo que esses coeficientes são mais elevados quando tomamos as disciplinas curriculares mais tipicamente académicas (Português, Matemática, Ciências da Natureza). Os resultados mostram, ainda, que medidas globais em relação às disciplinas curriculares e em relação às quatro provas da bateria se apresentam mais correlacionadas entre si...

Avaliação Crítica e Implementação Prática de Estudos Sobre a Validade de Testes Diagnósticos - Parte I

Pereira, A.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.19%
RESUMO Na rubrica de Pediatria Baseada na Evidência têm vindo a ser abordados os aspectos conceptuais, metodológicos e operacionais relativos à prática da MBE no âmbito específico da Pediatria. Neste artigo é apresentado um exemplo prático de aplicação dos conceitos, métodos e competências abordados nos artigos anteriores, debruçando-se especificamente sobre a avaliação crítica e aplicação prática de estudos sobre a validade de testes diagnósticos. É apresentado um cenário clínico em que surge a necessidade de encontrar e avaliar a evidência científica existente sobre a validade e utilidade da determinação da procalcitonina na distinção entre pneumonia de etiologia bacteriana e vírica em crianças. São discutidos os métodos de pesquisa da evidência mais actual e apropriada à questão; e é sugerida uma metodologia sistemática para a avaliação crítica de estudos sobre a validade de testes diagnósticos, incluindo três fases distintas: (1) avaliação da qualidade metodológica do estudo; (2) avaliação da importância científica e prática dos seus resultados e (3) avaliação da aplicabilidade prática dos mesmos. Neste artigo será desenvolvido o processo até à avaliação da qualidade metodológica do estudo...

Avaliação crítica e implementação prática de estudos sobre a validade de testes diagnósticos – Parte II

Azevedo, L.; Pereira, A.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.22%
RESUMO A Medicina Baseada na Evidência (MBE) é genericamente definida como a aplicação consciente, explícita e criteriosa da melhor evidência científica disponível na tomada de decisões sobre o cuidado individual dos doentes. Nesta série de Pediatria Baseada na Evidência têm vindo a ser abordados os aspectos conceptuais, metodológicos e operacionais relativos à prática da MBE. Neste artigo é apresentada a segunda parte do exemplo prático sobre a avaliação crítica e aplicação prática de estudos sobre a validade de testes diagnósticos iniciado no artigo anterior desta série. Nesta segunda parte é dada continuidade à discussão do cenário clínico previamente apresentado e em que existia a necessidade de encontrar e avaliar a evidência sobre a validade e utilidade da procalcitonina sérica na distinção entre pneumonia de etiologia bacteriana e vírica em crianças. No artigo anterior foram discutidos métodos de pesquisa da evidência e foi sugerida uma metodologia sistemática para a avaliação crítica de estudos sobre a validade de testes diagnósticos, incluindo três fases: (1) avaliação da qualidade metodológica do estudo; (2) avaliação da importância científica e prática dos seus resultados e (3) avaliação da aplicabilidade prática dos mesmos. Depois de no artigo anterior terem sido abordadas as questões relativas à primeira destas fases...

As potencialidades da Teoria de Resposta ao Item na validade dos testes: Aplicação a uma prova de dependência-independência de campo

Vieira, Maria João; Ribeiro, Rui Bártolo; Almeida, Leandro da Silva
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
76.02%
No presente estudo realizou-se uma análise aos itens da prova “Padrões” – teste de escolha múltipla informatizado que avalia a dependência-independência do campo – à luz dos modelos de um, dois e três parâmetros da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Utilizou-se uma amostra de 1.918 candidatos ao Curso de Pilotagem Aeronáutica da Academia da Força Aérea Portuguesa. Analisou-se o ajustamento aos modelos logísticos de um (ML1), dois (ML2) e três parâmetros (ML3), concluindo-se que o primeiro modelo se ajustou a todos os itens que compõem a prova, o segundo apenas a sensivelmente metade dos itens, e o terceiro não chegou a cumprir as pré- -condições. A análise dos resultados sugere que a principal razão do desajuste dos ML2 e ML3 se tenha ficado a dever à não unidimensionalidade do teste, ilustrando deste modo as exigências fundamentais da aplicação da TRI na construção e validação de provas psicológicas. ABSTRACT This paper analyses the items of “Padrões” test – a multiple-choice computerized test of field dependenceindependence – considering the one, two or three parameters logistic models of Item Response Theory (TRI). A sample of 1918 candidates to an aeronautic course on Portuguese Air Force was considered. We analyzed the adjustment level for one parameter (1PL)...

As potencialidades da Teoria de Resposta ao Item na validade dos testes: Aplicação a uma prova de dependência-independência de campo

Vieira, Maria João; ISPA-IU; Ribeiro, Rui Bártolo; ISPA-IU; Almeida, Leandro S.; Universidade do Minho, Braga
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.02%
No presente estudo realizou-se uma análise aos itens da prova “Padrões” – teste de escolha múltipla informatizado que avalia a dependência-independência do campo – à luz dos modelos de um, dois e três parâmetros da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Utilizou-se uma amostra de 1.918 candidatos ao Curso de Pilotagem Aeronáutica da Academia da Força Aérea Portuguesa. Analisou-se o ajustamento aos modelos logísticos de um (ML1), dois (ML2) e três parâmetros (ML3), concluindo-se que o primeiro modelo se ajustou a todos os itens que compõem a prova, o segundo apenas a sensivelmente metade dos itens, e o terceiro não chegou a cumprir as pré-condições. A análise dos resultados sugere que a principal razão do desajuste dos ML2 e ML3 se tenha ficado a dever à não unidimensionalidade do teste, ilustrando deste modo as exigências fundamentais da aplicação da TRI na construção e validação de provas psicológicas.

Validade e fidedignidade de uma escala de avaliação do apoio social para a atividade física

Reis,Mariana Silva dos; Reis,Rodrigo Siqueira; Hallal,Pedro Curi
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.14%
OBJETIVO: Avaliar a validade e a fidedignidade da versão brasileira da escala de apoio social para a prática de atividades físicas em adultos. MÉTODOS: A escala foi aplicada em conjunto com um questionário multidimensional face a face em 1.461 indivíduos com idade entre 18 e 79 anos residentes em Curitiba, PR, entre abril e julho de 2009. O questionário foi submetido à testagem de validade (fatorial e construto) e fidedignidade (consistência interna e reprodutibilidade). A fidedignidade foi verificada pela consistência interna, pelo alfa de Cronbach, pelo procedimento de teste-reteste com uma semana de intervalo (n = 74) e pelo coeficiente de correlação intraclasse. RESULTADOS: A análise fatorial resultou em quatro fatores com autovalores entre 4,29 e 1,39 que explicaram 82,8% da variância total. Nos fatores 1 e 2, ficaram agrupadas as questões sobre apoio social recebido dos amigos para atividades físicas moderadas a vigorosas e caminhada, respectivamente. Os fatores 3 e 4 foram constituídos dos agrupamentos do apoio social recebido da família, para atividades físicas moderadas a vigorosas e caminhada, respectivamente. A reprodutibilidade apresentou coeficiente de correlação intraclasse entre 0,63 e 0,80 e consistência interna alfa entre 0...

Validade dos testes psicológicos: será possível reencontrar o caminho?

Pasquali,Luiz
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.14%
Desde o trabalho de Cronbach e Meehl dos meados do século passado, o conceito de validade dos testes em Psicologia e Educação vem perdendo o seu sentido original. Embora os autores quisessem precisamente salvar esse conceito, a introdução do modelo da rede nomológica, concebida dentro da visão do positivismo lógico veio, na verdade, destruir o conceito de validade, originalmente concebido por Kelly na década de 1920 e, depois, por Cattell. O conceito de validade, finalmente, foi totalmente descaracterizado com a definição do mesmo dada pelo grande psicometrista Samuel Messick, em 1989. Parece fundamental que esse conceito seja redescoberto para salvar as bases da Psicometria. A exposição procura mostrar as confusões que o modelo da rede nomológica introduziu em Psicometria e tentar recuperar o verdadeiro significado de validade no contexto das medidas em ciências psicossociais, em particular, em Psicologia e Educação.

Validade de conteúdo nos processos de construção e adaptação de instrumentos de medidas

Alexandre,Neusa Maria Costa; Coluci,Marina Zambon Orpinelli
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.16%
Este estudo teve por objetivo realizar uma revisão sobre validade de conteúdo, fase importante nos processos de construção e adaptação de instrumentos de medida. Foi realizada pesquisa bibliográfica definida como integrativa, por meio de pesquisa a bases de dados nacionais e internacionais. Iniciou-se a descrição das bases conceituais e os métodos de medidas usados em validade de conteúdo, com ênfase na área da saúde. Verificou-se que existem controvérsias na literatura sobre a terminologia e o conceito da validade de conteúdo. Foram descritos os procedimentos recomendados para realizar a validade de conteúdo durante os processos de construção e de adaptação de instrumentos, particularmente a avaliação por juízes, o que pode envolver procedimentos qualitativos e quantitativos. Descreveu-se número, seleção e qualificação desses juízes. Os diferentes métodos para quantificar o grau de concordância entre os especialistas foram analisados, principalmente o Índice de Validade de Conteúdo (IVC). Este estudo descreveu aspectos do processo de realização da validade de conteúdo, um dos procedimentos a serem considerados por pesquisadores e profissionais da área de saúde preocupados em utilizarem medidas e instrumentos confiáveis e apropriados para determinada população.

Análise da validade dos itens do Movement Assessment of Infants - MAI - para crianças pré-termo

Lacerda,Tatiana Teixeira Barral de; Magalhães,Lívia de Castro
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.03%
OBJETIVOS: examinar a validade de constructo do Movement Assessment of Infants (MAI), teste composto por 65 itens, agrupados em quatro seções, que é usado para detectar paralisia cerebral. MÉTODOS: a amostra incluiu 73 bebês pré-termo brasileiros, avaliados aos quatro e aos oito meses de idade corrigida. Foram feitas análises individuais para as duas idades, com uso do modelo estatístico Rasch. RESULTADOS: o MAI é uma escala fácil para o nível de habilidade dos bebês avaliados, tanto aos quatro quanto aos oito meses de idade. Alguns itens não se enquadram nas expectativas de unidimensionalidade do modelo estatístico, o que compromete a validade de constructo do teste. CONCLUSÕES: diferenças no nível de dificuldade dos itens aos quatro e oito meses reafirmam a necessidade de perfis distintos de desempenho para cada idade. Apesar das limitações, o teste tem aspectos positivos, sendo apresentadas sugestões para revisão, visando melhorar sua validade.

Validade e reprodutibilidade do Wii Balance Board para avaliação do equilíbrio vertical estático: um novo método de avaliação.

Silva, Nathalia Priscila Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia; Movimento e Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia; Movimento e Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.25%
The Wii Balance Board (WBB) began to be investigated as a low-cost alternative for assessing static balance in vertical posture. However, studies employed methodological procedures that did not eliminate result variability between the tests and equipment used. Objective: Determine the validity and reproducibility of the WBB as an instrument for assessing static balance in the vertical position, using simultaneous data analysis and superimposed equipment. Methods: This is an accuracy study of 29 healthy young individuals of both sexes aged 18 to 30 years. Subjects were assessed 24h apart (test-retest), using unipodal and bipodal support tests, with eyes closed and open. To that end the WBB was placed on top of a force platform (FP) and data (postural sway) were collected simultaneously on both devices. Validity and reproducibility were analyzed using the interclass correlation coefficient (ICC). Finally, Bland-Altman analysis was applied to assess agreement. Results: The sample was composed of 23 women and 6 men, with mean age of 24.2±6.3 years, 60.7±6.3 kg and 1.64±4.2 m. The validity of the WBB compared to the FP was excellent for all 4 tasks proposed (ICC = 0.93 0.98). The reproducibility analyzed by test-retest was excellent for the bipodal support tasks (ICC = 0.93-0.98) and only moderate for the unipodal support tests (ICC = 0.46 0.70). Graphic analysis exhibited good agreement between the devices...

Validade e confiabilidade da versão informatizada do inventário Million de estilos de personalidade; Validity and reliability in computerized Million Index of personality styles

Barros, Alyson Canindé Macêdo de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicologia; Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.31%
Currently, several psychological and non-psychological tests can be found in publishes without standardization on procedures set in different psychological areas, like intelligence, emotional states, attitudes, social skills, vocation, preferences and others. The computerized psychological testing is a extension of traditional testing psychological practices. However, it has own psychometrics qualities, either by its matching in a computerized environment or by the extension that can be developed in it. The current research, developed from a necessity to study process of validity and reliability on a computerized test, drew a methodological structure to provide parallel applications in numerous kinds of operational groups, evaluating the influences of the time and approach in the computerization process. This validity refers to normative values groups, reproducibility in computerized applications process and data processing. Not every psychological test can be computerized. Therefore, our need to find a good test, with quality and plausible properties to transform in computerized application, leaded us to use The Millon Personality Inventory, created by Theodore Millon. This Inventory assesses personality according to 12 bipolarities distributed in 24 factors...

Evidências de Validade da Escala de Ansiedade em Estatística em Alunos da Psicologia

Hernandez,José Augusto Evangelho; Santos,Gabriella Rocha dos; Silva,Jéssica de Oliveira da; Mendes,Sara Lameira Lourenço; Ramos,Vanessa da Costa Barreto
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.11%
Os alunos da Psicologia, com frequência, percebem o estudo da estatística e os dados quantitativos como obstáculos intransponíveis que mobilizam considerável ansiedade. Esta investigação teve como objetivo adaptar e gerar evidências de validade e fidedignidade para uma versão brasileira da Escala de Ansiedade em Estatística. Foram coletados dados com 397 estudantes de Psicologia, de ambos os sexos, nos campi de quatro universidades públicas e privadas do Rio de Janeiro/RJ. Os escores dos participantes foram submetidos à análise fatorial exploratória e confirmatória. Os resultados obtidos apresentaram evidências de validade fatorial e de consistência interna ao instrumento. Também foram apuradas diferenças estatísticas significativas nas medidas de ansiedade entre os sexos dos estudantes, entre as instituições e entre aqueles alunos que cursaram ou não a disciplina de estatística. Estes achados foram comparados com estudos realizados anteriormente com o instrumento. Concluiu-se que esta medida de ansiedade estatística poderá ser útil para a pesquisa psicológica fornecendo subsídios para o ensino e aprendizagem da estatística nos cursos de Psicologia.

As potencialidades da Teoria de Resposta ao Item na validade dos testes : aplicação a uma prova de dependência-independência de campo

Vieira, Maria João; Ribeiro, Rui Bártolo; Almeida, Leandro S.
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada - CRL Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada - CRL
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
No presente estudo realizou-se uma análise aos itens da prova “Padrões” – teste de escolha múltipla informatizado que avalia a dependência-independência do campo – à luz dos modelos de um, dois e três parâmetros da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Utilizou-se uma amostra de 1.918 candidatos ao Curso de Pilotagem Aeronáutica da Academia da Força Aérea Portuguesa. Analisou-se o ajustamento aos modelos logísticos de um (ML1), dois (ML2) e três parâmetros (ML3), concluindo-se que o primeiro modelo se ajustou a todos os itens que compõem a prova, o segundo apenas a sensivelmente metade dos itens, e o terceiro não chegou a cumprir as pré-condições. A análise dos resultados sugere que a principal razão do desajuste dos ML2 e ML3 se tenha ficado a dever à não unidimensionalidade do teste, ilustrando deste modo as exigências fundamentais da aplicação da TRI na construção e validação de provas psicológicas.; This paper analyses the items of "Padrões" test – a multiple-choice computerized test of field dependence-independence - considering the one, two or three parameters logistic mode ls of Item Response Theory (TRI). A sample of 1918 candidates to an aeronautic course on Portuguese Air Force was considered. We analyzed the adjustment level for one parameter (1PL)...

Validade e fidedignidade de uma escala de avaliação do apoio social para a atividade física; Validez y fidedignidad de una escala de evaluación de apoyo social para la actividad física; Validity and reliability of a physical activity social support assessment scale

Reis, Mariana Silva dos; Reis, Rodrigo Siqueira; Hallal, Pedro Curi
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
66.14%
OBJETIVO: Avaliar a validade e a fidedignidade da versão brasileira da escala de apoio social para a prática de atividades físicas em adultos. MÉTODOS: A escala foi aplicada em conjunto com um questionário multidimensional face a face em 1.461 indivíduos com idade entre 18 e 79 anos residentes em Curitiba, PR, entre abril e julho de 2009. O questionário foi submetido à testagem de validade (fatorial e construto) e fidedignidade (consistência interna e reprodutibilidade). A fidedignidade foi verificada pela consistência interna, pelo alfa de Cronbach, pelo procedimento de teste-reteste com uma semana de intervalo (n = 74) e pelo coeficiente de correlação intraclasse. RESULTADOS: A análise fatorial resultou em quatro fatores com autovalores entre 4,29 e 1,39 que explicaram 82,8% da variância total. Nos fatores 1 e 2, ficaram agrupadas as questões sobre apoio social recebido dos amigos para atividades físicas moderadas a vigorosas e caminhada, respectivamente. Os fatores 3 e 4 foram constituídos dos agrupamentos do apoio social recebido da família, para atividades físicas moderadas a vigorosas e caminhada, respectivamente. A reprodutibilidade apresentou coeficiente de correlação intraclasse entre 0,63 e 0,80 e consistência interna alfa entre 0...

Validade de construção em testes de equilíbrio: ordenação cronológica na apresentação das tarefas; Construction validity in equilibrium tests: chronological order in tasks presentation

Silveira, Carolina Rodrigues Alves; Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção.Unesp-Rio Claro, SP.; Trindade Pinheiro Menuchi, Marcos Rodrigo; Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção. Departamento de Educação; Sant’Ana Simões, C
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; ; Avaliado por Pares; Descritiva Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 19/11/2006 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
66.27%
Os testes de equilíbrio da Escala de Desenvolvimento Motor de Rosa Neto1 são constituídos por dez tarefas correspondentes às idades cronológicas de 2 a 11 anos e determinam a Idade Motora dos participantes. A ordem de apresentação dos testes é crescente, partindo da idade cronológica da criança e a idade motora baseia-se no sucesso ou fracasso em cada tarefa. O objetivo deste estudo foi analisar a validade de construção dos testes motores em equilíbrio, observando a ordenação e os graus de dificuldade da tarefa. Participaram 76 crianças, com idade cronológica de 6 a 9 anos, que foram distribuídas em dois grupos: grupo controle, aplicação dos testes em ordem crescente; grupo invertido, aplicação dos testes em ordem decrescente. Os resultados não apresentaram diferenças estatisticamente significativas no desempenho entre os grupos, indicando que a ordem de apresentação dos testes não interferiu no desempenho das crianças, independente da idade cronológica. Baixas taxas de sucesso ocorreram em algumas tarefas específicas, seguidas por sucesso em tarefas posteriores. Como os resultados demonstraram que os participantes conseguem executar tarefas seguintes à tarefa em que houve o fracasso, a idade motora apontada pela Escala de Desenvolvimento Motor pode estar subestimando o desenvolvimento motor dessas crianças. A variação do desempenho das crianças nos testes sugere que o processo de desenvolvimento motor é não linear. As tarefas motoras em equilíbrio propostas na Escala de Desenvolvimento Motor apresentam validade de construção.; The equilibrium tests of the Rosa Neto1 Motor evelopment Scale are constituted by ten tasks related to the chronological ages from 2 to 11 years and they determine the participants Motor Age. The tests presentation order is crescent from the child chronological age and the motor age is based on the success or failure in each task. The aim of this study was to analyze the construction validity of the equilibrium motor tests observing the ordering the levels of task difficulty. 76 children with 6 to 9 years of chronological age participated and were assigned in two groups: control group...

As potencialidades da Teoria de Resposta ao Item na validade dos testes: Aplicação a uma prova de dependência-independência de campo

Vieira,Maria João; Ribeiro,Rui Bártolo; Almeida,Leandro S.
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.02%
No presente estudo realizou-se uma análise aos itens da prova “Padrões” - teste de escolha múltipla informatizado que avalia a dependência-independência do campo - à luz dos modelos de um, dois e três parâmetros da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Utilizou-se uma amostra de 1.918 candidatos ao Curso de Pilotagem Aeronáutica da Academia da Força Aérea Portuguesa. Analisou-se o ajustamento aos modelos logísticos de um (ML1), dois (ML2) e três parâmetros (ML3), concluindo-se que o primeiro modelo se ajustou a todos os itens que compõem a prova, o segundo apenas a sensivelmente metade dos itens, e o terceiro não chegou a cumprir as pré-condições. A análise dos resultados sugere que a principal razão do desajuste dos ML2 e ML3 se tenha ficado a dever à não unidimensionalidade do teste, ilustrando deste modo as exigências fundamentais da aplicação da TRI na construção e validação de provas psicológicas.

Avaliação Crítica e Implementação Prática de Estudos Sobre e Validade de Testes Diagnósticos: Parte II

Azevedo,Luís Filipe; Pereira,Altamiro da Costa
Fonte: Centro Hospitalar do Porto Publicador: Centro Hospitalar do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.22%
A Medicina Baseada na Evidência (MBE) é genericamente definida como a aplicação consciente, explícita e criteriosa da melhor evidência científica disponível na tomada de decisões sobre o cuidado individual dos doentes. Nesta série de Pediatria Baseada na Evidência têm vindo a ser abordados os aspectos conceptuais, metodológicos e operacionais relativos à prática da MBE. Neste artigo é apresentada a segunda parte do exemplo prático sobre a avaliação crítica e aplicação prática de estudos sobre a validade de testes diagnósticos iniciado no artigo anterior desta série. Nesta segunda parte é dada continuidade à discussão do cenário clínico previamente apresentado e em que existia a necessidade de encontrar e avaliar a evidência sobre a validade e utilidade da procalcitonina sérica na distinção entre pneumonia de etiologia bacteriana e vírica em crianças. No artigo anterior foram discutidos métodos de pesquisa da evidência e foi sugerida uma metodologia sistemática para a avaliação crítica de estudos sobre a validade de testes diagnósticos, incluindo três fases: (1) avaliação da qualidade metodológica do estudo; (2) avaliação da importância científica e prática dos seus resultados e (3) avaliação da aplicabilidade prática dos mesmos. Depois de no artigo anterior terem sido abordadas as questões relativas à primeira destas fases...

Validade e fidedignidade de uma escala de avaliação do apoio social para a atividade física

Reis,Mariana Silva dos; Reis,Rodrigo Siqueira; Hallal,Pedro Curi
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.14%
OBJETIVO: Avaliar a validade e a fidedignidade da versão brasileira da escala de apoio social para a prática de atividades físicas em adultos. MÉTODOS: A escala foi aplicada em conjunto com um questionário multidimensional face a face em 1.461 indivíduos com idade entre 18 e 79 anos residentes em Curitiba, PR, entre abril e julho de 2009. O questionário foi submetido à testagem de validade (fatorial e construto) e fidedignidade (consistência interna e reprodutibilidade). A fidedignidade foi verificada pela consistência interna, pelo alfa de Cronbach, pelo procedimento de teste-reteste com uma semana de intervalo (n = 74) e pelo coeficiente de correlação intraclasse. RESULTADOS: A análise fatorial resultou em quatro fatores com autovalores entre 4,29 e 1,39 que explicaram 82,8% da variância total. Nos fatores 1 e 2, ficaram agrupadas as questões sobre apoio social recebido dos amigos para atividades físicas moderadas a vigorosas e caminhada, respectivamente. Os fatores 3 e 4 foram constituídos dos agrupamentos do apoio social recebido da família, para atividades físicas moderadas a vigorosas e caminhada, respectivamente. A reprodutibilidade apresentou coeficiente de correlação intraclasse entre 0,63 e 0,80 e consistência interna alfa entre 0...