Página 1 dos resultados de 2908 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Idade de deposição da Formação Vaca Muerta, Bacia de Neuquén, Argentina

Elgert, Carla Conter
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
A bacia de Neuquén localiza-se no lado oriental dos Andes, sendo a maior bacia continental produtora de petróleo na América do Sul. Seu registro fossilífero da fauna gonduânica ocidental é um dos mais completos, sendo reconhecidas diferentes biofaunas de amonitas em sucessões verticais de caráter uniforme ao longo de afloramentos na região de Mendonza. A deposição dos sedimentos desta bacia iniciou-se no final do Triássico como resultado de uma extensão intraplaca continental. Com o crescimento do magmatismo andino a bacia se tornou um sistema de back-arc e, com a aceleração da convergência no Cretáceo Superior, produziu-se uma inversão parcial e o desenvolvimento de um sistema de foreland. Os andares finais da transição Jurássico-Cretáceo na bacia de Neuquén estão representados por folhelhos intercalados com carbonatos e tufos da Fm. Vaca Muerta. Através do método U-Pb em zircão utilizando LA-MC-ICP-MS, foram datados zircões ígneos de duas camadas tufáceas, uma pertencente à região de Las Loicas e outra pertencente à região de Rio Neuquén, ambas da Fm. Vaca Muerta. As idades obtidas foram de 134.4 ± 0.78 Ma e 137.5 ± 0.7 Ma respectivamente. Estas idades são compatíveis com o arco chileno, porém consideradas jovens em relação aos períodos em que...

Infecção por Helicobacter pylori e câncer gástrico: freqüência de cepas patogênicas cagA e vacA em pacientes com câncer gástrico

Thomazini, Cristiane Melissa; Pinheiro, Nídia Alice; Pardini, Maria Inês; Naresse, Luís Eduardo; Rodrigues, Maria Aparecida Marchesan
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 25-30
POR
Relevância na Pesquisa
37.24%
INTRODUÇÃO: Apesar da alta freqüência de infecção por Helicobacter pylori na população, somente uma minoria de indivíduos desenvolve câncer gástrico. É provável que a colonização da mucosa por cepas patogênicas, levando a maior agressão e inflamação da mucosa seja um dos elos da cadeia de eventos da oncogênese gástrica. OBJETIVOS: Investigar a freqüência de cepas patogênicas cagA e vacA do H. pylori em pacientes com câncer gástrico. MATERIAL E MÉTODOS: Foram estudados retrospectivamente 42 pacientes com câncer gástrico. A infecção por H. pylori foi avaliada por exame histológico e pelo PCR para identificação dos genótipos cagA e vacA em amostras de material fixado em formalina e incluído em parafina. RESULTADOS: A análise histológica permitiu a visualização direta do H. pylori em 85,7% dos casos, e o método de PCR para o gene urease C demonstrou a presença de DNA da bactéria em 95% dos casos. O gene cagA foi detectado em amostras de 23 pacientes (54,7%) com câncer gástrico. O alelo s1 do gene vacA foi identificado em amostras de 24 pacientes (57,1%) e o alelo m1, em amostras de 26 pacientes (61,9%). Os alelos s1 e m1 foram identificados simultaneamente em 24 pacientes (57,1%). O alelo s2 foi identificado em amostras de quatro pacientes (9...

Particularidades da nutrição energética e azotada da vaca leiteira de elevada produção

Almeida, José Afonso de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
“Sem resumo feito pelo autor” - O melhoramento genético, a organização da reprodução e uma maior compreensão daisiologia da nutrição, permitiram aumentar sensivelmente o potencial produtivo dos rebanhos leiteiros. Em 1980 produziu-se nos EUA a mesma quantidade de leite que em 1956,mas com metade do número de vacas: a média de produção subiu de 2.600 Kg para 5.200 Kg por vaca e por ano. Também nos países europeus se observou um fenómeno idêntico. Em certos países (Israel,EUA e Holanda, principalmente) a média produtiva ja ultrapassou, em muitas explorações, os 9.000 Kg/vaca/ano e não ser demasiado optimista pensar que até ao ano 2000 se observem aumentos da ordem dos 25-30%. A corrida às "performances" justifica-se pelo facto de as necessidades de manutenção (que constituem de certa forma um custo fixo) terem sua parte relativa diminuida no conjunto das necessidades: a quantidade de elementos nutritivos requeridos por Kg de leite diminui com o aumento da produção. Em 1952, HAMMOND reviu os limites fisiológicos à produção animal. Referiu então que, com os principais melhoramentos na eficiência produtiva, os alarmistas expressaram preocupação pelo facto de tais práticas poderem "puxar" excessivamente a vaca...

Gastrite hemorrágica por alergia ao leite de vaca: relato de dois casos

Machado,Rodrigo Strehl; Kawakami,Elisabete; Goshima,Soraya; Patrício,Francy Reis; Fagundes Neto,Ulysses
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
OBJETIVO: descrever dois lactentes com gastrite hemorrágica, devido à alergia ao leite de vaca. DESCRIÇÃO DOS CASOS: ambos os pacientes apresentavam hematêmese, vômitos e desnutrição. Os pacientes apresentavam infiltrado eosinofílico em mucosa gástrica biopsiada e resolução dos sintomas após o início de dieta com exclusão da proteína do leite de vaca. COMENTÁRIOS: gastrite hemorrágica devido à alergia ao leite de vaca é um diagnóstico incomum. Até o momento foram relatados 10 pacientes com gastrite alérgica, e as principais manifestações clínicas são vômitos, desnutrição, anemia e hematêmese. A gastrite por alergia ao leite de vaca pode apresentar-se em diferentes graus de gravidade, e pode ser subdiagnosticada em muitos pacientes. A menos que o tratamento correto seja iniciado, o paciente desenvolverá desnutrição protéico-calórica grave e anemia. Doença alérgica do trato gastrointestinal superior deve ser considerada em todos os lactentes com vômitos recorrentes, particularmente se complicado com hematêmese. O diagnóstico de gastrite alérgica é clínico, auxiliado pela endoscopia e anatomia patológica.

Desempenho de pais de crianças em dieta de exclusão do leite de vaca na identificação de alimentos industrializados com e sem leite vaca

Weber,Thabata Koester; Speridião,Patrícia da Graça Leite; Sdepanian,Vera Lucia; Fagundes Neto,Ulysses; Morais,Mauro Batista de
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
OBJETIVO: Investigar o desempenho de pais de crianças em dieta isenta da proteína do leite de vaca no reconhecimento de expressões e alimentos que contenham ou não proteínas do leite de vaca. MÉTODOS: Foram entrevistados 24 pais de crianças em dieta de exclusão do leite de vaca e derivados e 23 sem necessidade de nenhum tipo de dieta de exclusão. Foi questionado se reconheciam 12 expressões relacionadas ao leite de vaca. A seguir, foi solicitado que classificassem 10 produtos industrializados quanto ao conteúdo ou não de proteínas do leite de vaca. RESULTADOS:Termos iniciados com a palavra leite foram os mais reconhecidos pelos dois grupos. Os responsáveis por crianças em dieta de exclusão reconheceram mais freqüentemente as palavras proteína do leite de vaca, traços do leite e formulação ou preparação láctea (p < 0,05). Caseína, caseinato, lactoalbumina e lactoglobulina foram reconhecidas por menos de 25,0% dos entrevistados. O número de identificação correta dos 10 produtos industrializados foi maior para os produtos com leite de vaca nos dois grupos. A mediana de acertos dos produtos com leite de vaca (n = 5) pelos pais em dieta de exclusão (4,0) foi maior que a do grupo controle (3,0; p = 0,005). Leitura de pelo menos um rótulo associou-se com maior chance de identificação correta de mais de cinco dos 10 produtos (razão de chance = 8...

Teste de desencadeamento aberto no diagnóstico de alergia à proteína do leite de vaca

Correa,Fernanda Ferreira; Vieira,Mário César; Yamamoto,Danielle Reis; Speridião,Patrícia da Graça Leite; Morais,Mauro Batista de
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
OBJETIVO: Relatar os resultados de testes de desencadeamento aplicados em crianças alimentadas com dieta de exclusão das proteínas do leite de vaca. DESCRIÇÃO: Estudo transversal que avaliou testes de desencadeamento oral aberto, com leite de vaca, realizados sob supervisão em ambiente hospitalar por 2,5 horas e ambulatoriamente por 30 dias quando não ocorreu reação imediata. Foram incluídos 121 pacientes, com idades entre 4 e 95 meses. O teste de desencadeamento com leite de vaca foi positivo em 28 (23,1%) pacientes. Manifestação clínica de alergia ao leite de vaca diferente da apresentada por ocasião da suspeita diagnóstica ocorreu em 12 (42,9%) pacientes com desencadeamento positivo. O desencadeamento positivo foi mais frequente (p = 0,042) nos pacientes alimentados com fórmulas extensamente hidrolisadas ou de aminoácidos (30,3%) quando comparados com os alimentados com outras dietas de exclusão (14,5%). CONCLUSÃO: O teste de desencadeamento permitiu que fosse suspensa a dieta de exclusão de grande parte dos pacientes.

Consumo de leite de vaca e anemia na infância no Município de São Paulo

Levy-Costa,Renata Bertazzi; Monteiro,Carlos Augusto
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
OBJETIVO: Avaliar a influência de consumo de leite de vaca sobre o risco de anemia em menores de cinco anos. MÉTODOS: Estudou-se amostra domiciliar de menores de cinco anos do Município de São Paulo (n=584) em 1995 e 1996. O diagnóstico de anemia (hemoglobina <11g/dl) foi feito a partir de sangue capilar obtido por punctura digital. O teor de leite de vaca e a densidade da dieta em ferro heme e ferro não heme foram obtidos a partir de inquéritos alimentares recordatórios de 24 horas. Modelos múltiplos de regressão linear e logística foram empregados para se estudar a associação entre teor de leite de vaca na dieta e concentração de hemoglobina ou risco de anemia, com o controle estatístico de possíveis variáveis de confundimento (idade, gênero, peso ao nascer, parasitas intestinais, renda familiar e escolaridade materna). RESULTADOS: A prevalência de anemia foi 45,2% e a contribuição média do leite no valor calórico total da dieta foi 22,0%. A associação entre consumo de leite e o risco de anemia manteve-se (p=0,041) significativa, mesmo após levar em conta o efeito diluidor do consumo de leite sobre a densidade de ferro da dieta. Evidenciou-se um possível efeito inibidor do leite sobre a absorção do ferro presente nos demais alimentos ingeridos pelas crianças. CONCLUSÕES: A participação relativa do leite de vaca na dieta infantil associa-se positiva e significativamente ao risco de anemia em crianças entre seis e 60 meses de idade...

Prevalence of cagA and vacA genes in isolates from patients with Helicobacter pylori-associated gastroduodenal diseases in Recife, Pernambuco, Brazil

Brito,Carlos AA; Silva,Lenôra MB; Jucá,Norma; Leal,Nilma C; Souza,Wayner de; Queiroz,Dulciene; Cordeiro,Francisco; Silva,Norma Lucena
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2003 EN
Relevância na Pesquisa
37.07%
Geographical differences in the prevalence of Helicobacter pylori genes and their association with disease severity have been identified. This study analyzes the prevalences of the cagA gene and alleles of the vacA gene in H. pylori-associated gastroduodenal diseases in isolates from Recife, PE, Brazil. Gastric biopsy of 61 H. pylori-positive patients were submitted to DNA extraction and gene amplification by polymerase chain reaction. Among the 61 patients, 21 suffered from duodenal ulcer (DU) and 40 from gastritis (GT). The prevalence of H. pylori strains harbouring the cagA gene was higher in the DU group (90.5%) than in the GT group (60%) (p = 0.02). The vacA gene was amplified in 56 out of 61 biopsies, of which 43 (76.8%) contained bacteria carrying the s1 allele and 13 (23.2%) the s2. However, the prevalence of the vacA s1 genotying was the same in either DU or GT group. The majority of the s1-typed strains, 39 (90.7%) out of 43, were subtype s1b. In resume there was a strong association between the H. pylori cagA+ gene and DU. However, there were no differences between the DU and GT groups in relation to the vacA s1 and s2 alleles distribution, albeit the subtype s1b was predominat.

Clinical and pathological importance of vacA allele heterogeneity and cagA status in peptic ulcer disease in patients from North Brazil

Martins,Luisa Caricio; Corvelo,Tereza Cristina de Oliveira; Demachki,Samia; Araujo,Marialva TF; Assumpção,Mônica Baraúna; Vilar,Simone Cristina Araujo Jucá; Freitas,Felipe Bonfim; Barbosa,Hivana Patricia Melo; Fecury,Amanda Alves; Amaral,Renata Kelly
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 EN
Relevância na Pesquisa
37.16%
We have examined the prevalence of gene cagA and vacA alleles in 129 patients, 69 with gastritis and 60 with peptic ulcer diseases from North Brazil and their relation with histopathological data. vacA and cagA genotype were determined by polymerase chain reaction. Hematoxylin-eosin staining was used for histological diagnosis. 96.6% of the patients were colonized by Helicobacter pylori strains harboring single vacA genotype (nont-mixed infection). Among them, 11.8% had subtype s1a, 67.8% had subtype s1b, and 17% subtype s2. In regard to the middle region analysis, m1 alleles were found in 75.4% and m2 in 21.2% of patients. The cagA gene was detected in 78% patients infected with H. pylori and was associated with the s1-m1 vacA genotype. The H. pylori strains, vacA s1b m1/cagA-positive, were associated with increased risk of peptic ulcer disease and higher amounts of lymphocytic and neutrophilic infiltrates and the presence of intestinal metaplasia. These findings show that cagA and vacA genotyping may have clinical relevance in Brazil.

Helicobacter pylori cagA and vacA genotypes in Cuban and Venezuelan populations

Ortiz-Princz,Diana; Guariglia-Oropeza,Verónica; Ávila,Maira; Correnti,María; Perrone,Marianella; Gutierrez,Beatriz; Torres,Javier; Megraud,Francis; Cavazza,María Eugenia
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2010 EN
Relevância na Pesquisa
37.12%
The aim of this study was to determine the presence of Helicobacter pylori cytotoxin-associated gene (cagA)/vacuolating cytotoxin gene (vacA) among patients with chronic gastritis in Cuba and Venezuela. Gastric antrum biopsies were taken for culture, DNA extraction and PCR analysis. Amplification of vacA and cagA segments was performed using two regions of cagA: 349 bp were amplified with the F1/B1 primers and the remaining 335 bp were amplified with the B7629/B7628 primers. The VA1-F/VA1-R set of primers was used to amplify the 259-bp (s1) or 286-bp (s2) product and the VAG-R/VAG-F set of primers was used to amplify the 567-bp (m1) or 642-bp (m2) regions of vacA. cagA was detected in 87% of the antral samples from Cuban patients and 80.3% of those from Venezuelan patients. All possible combinations of vacA regions were found, with the exception of s2/m1. The predominant combination found in both countries was s1/m1. The percentage of cagA+ strains was increased by the use of a second set of primers and a greater number of strains was amplified with the B7629/B7628 primers in the Cuban patients (p = 0.0001). There was no significant difference between the presence of the allelic variants of vacA and cagA in both populations. The predominant genotype was cagA+/s1m1 in both countries. The results support the necessary investigation of isolates circulating among the human population in each region.

Helicobacter pylori vacA and cagA genotypes in patients from northeastern Brazil with upper gastrointestinal diseases

Cavalcante,Meyssa Quezado de Figueiredo; Silva,Cicero Igor Simões; Braga-Neto,Manuel Bonfim; Fialho,Andréa Bessa Campelo; Nunes Fialho,André; Barbosa,Alzira Maria C; Cruz,Francisco Will Saraiva; Rocha,Gifone A; Queiroz,Dulciene Maria Magalhães de; Bra
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 EN
Relevância na Pesquisa
37.12%
Helicobacter pylori causes chronic gastric inflammation and significantly increases the risk of duodenal and gastric ulcer disease and distal gastric carcinoma. In this study, we evaluated the Helicobacter pylori vacA and cagA genotypes in patients from a Brazilian region where there is a high prevalence of gastric cancer. Polymerase chain reaction (PCR) was used to investigate vacA mosaicism and cagA status in the gastric mucosa of 134 H. pylori-positive patients, including 76 with gastritis: 28 with peptic ulcer disease and 30 with gastric cancer. The s1m1 variant was the predominant vacA genotype observed, whereas the s1 allele was more frequently observed in patients with more severe diseases associated with H. pylori infection [p = 0.03, odds ratio (OR) = 5.72, 95% confidence interval (CI) = 1.15-38.60]. Furthermore, all of the s1 alleles were s1b. Mixed vacA m1/m2 strains were found more frequently in patients with gastric cancer and a cagA-positive status was significantly associated with gastric cancer (p = 0.016, OR = 10.36, 95% CI = 1.35-217.31). Patients with gastric cancer (21/21, 100%, p = 0.006) or peptic ulcers (20/21, 95%, p = 0.02) were more frequently colonised by more virulent H. pylori strains compared to gastritis patients (41/61...

CagA phosphorylation EPIYA-C motifs and the vacA i genotype in Helicobacter pylori strains of asymptomatic children from a high-risk gastric cancer area in northeastern Brazil

Braga,Lucia Libanez Bessa Campelo; Oliveira,Maria Aparecida Alves de; Gonçalves,Maria Helane Rocha Batista; Chaves,Fernando Kennedy; Benigno,Tiago Gomes da Silva; Gomes,Adriana Dias; Silva,Cícero Igor Simões Moura; Anacleto,Charles; Batista,Sérgio de
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 EN
Relevância na Pesquisa
37.07%
Helicobacter pylori infection is one of the most common infections worldwide and is associated with gastric diseases. Virulence factors such as VacA and CagA have been shown to increase the risk of these diseases. Studies have suggested a causal role of CagA EPIYA-C in gastric carcinogenesis and this factor has been shown to be geographically diverse. We investigated the number of CagA EPIYA motifs and the vacA i genotypes in H. pylori strains from asymptomatic children. We included samples from 40 infected children (18 females and 22 males), extracted DNA directly from the gastric mucus/juice (obtained using the string procedure) and analysed the DNA using polymerase chain reaction and DNA sequencing. The vacA i1 genotype was present in 30 (75%) samples, the i2 allele was present in nine (22.5%) samples and both alleles were present in one (2.5%) sample. The cagA-positive samples showed distinct patterns in the 3’ variable region of cagA and 18 of the 30 (60%) strains contained 1 EPIYA-C motif, whereas 12 (40%) strains contained two EPIYA-C motifs. We confirmed that the studied population was colonised early by the most virulent H. pylori strains...

Trajetória de crescimento e efeito da idade da vaca nos modelos de regressão aleatória de bovinos jovens da raça Tabapuã

Sakaguti,E.S.; Silva,M.A.; Martins,E.N.; Lopes,P.S.; Silva,L.O.C.; Quaas,R.L.; Regazzi,A.J.; Euclydes,R.F.; Duarte,R.G.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Para estabelecer a melhor forma de considerar os efeitos fixos dos modelos de regressão aleatória, avaliou-se a utilização de funções polinomiais na descrição de curvas de crescimento e no efeito da idade da vaca sobre pesos corporais de 41.415 bovinos jovens da raça Tabapuã, criados em regime de pasto. A idade da vaca ao parto e o sexo do animal influenciaram os pesos nos primeiros dois anos de vida, e o efeito da idade da mãe sobre o desenvolvimento dos animais mostrou-se dependente da idade dos filhos. Altos coeficientes de determinação (R²>0,98) foram alcançados utilizando-se o efeito da idade da vaca no dia da pesagem do animal (i.e., a idade da vaca ao parto mais a idade do animal no dia de sua pesagem) em polinômios de, no mínimo, segundo grau, e curvas de crescimentos médios, diferenciadas para machos e fêmeas, descritas por meio de polinômios de, no mínimo, terceiro grau.

Associação entre cagA e alelos do vacA de Helicobacter pylori e úlcera duodenal em crianças no Brasil

Ashour,Abdussalam Ali Ramadam; Gusmão,Valquíria Ribeiro de; Magalhães,Paula Prazeres; Collares,Guilherme Birchal; Mendes,Edilberto Nogueira; Queiroz,Dulciene Maria de Magalhães; Rocha,Gifone Aguiar; Rocha,Andreia Maria Camargos; Carvalho,Anfrisina Sal
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Helicobacter pylori é o principal agente de gastrite em seres humanos e fator de risco para úlcera péptica e câncer gástrico. A evolução da infecção está relacionada a diversos fatores, inclusive bacterianos, como presença de cagA e genótipo s1-m1 do vacA, associados com o desenvolvimento de úlcera e adenocarcinoma gástrico. O objetivo deste estudo foi investigar a associação entre cagA e alelos do vacA em H. pylori isolado de crianças e relacionar os achados com a doença apresentada pelo paciente. Foram estudadas 65 crianças (24 com úlcera duodenal e 41 sem úlcera gástrica ou duodenal). A pesquisa de cagA e de alelos do vacA foi feita por PCR em amostras da bactéria isoladas do estômago dos pacientes. Infecção mista foi identificada em dez (15,4%) crianças. Entre os pacientes com monoinfecção, o alelo s1 foi detectado em amostras isoladas de 40 (72,7%), e o m1 em 34 (61,8%). CagA foi identificado em H. pylori isolado de 38 (69,1%) pacientes. Foi observada associação entre presença de cagA e de genótipo s1-m1 (p = 10-7) e entre cagA e padrão s1-m1 com úlcera duodenal (p = 0,073 e p = 0,037, respectivamente). Em conclusão, infecção mista por H. pylori é comum em crianças brasileiras, e amostras da bactéria apresentando o alelo s1 e cagA são as mais prevalentes no nosso meio. A concomitância do alelo s1 do vacA e de cagA foi freqüentemente observada...

Infecção por Helicobacter pylori e câncer gástrico: freqüência de cepas patogênicas cagA e vacA em pacientes com câncer gástrico

Thomazini,Cristiane Melissa; Pinheiro,Nídia Alice; Pardini,Maria Inês; Naresse,Luís Eduardo; Rodrigues,Maria Aparecida Marchesan
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
INTRODUÇÃO: Apesar da alta freqüência de infecção por Helicobacter pylori na população, somente uma minoria de indivíduos desenvolve câncer gástrico. É provável que a colonização da mucosa por cepas patogênicas, levando a maior agressão e inflamação da mucosa seja um dos elos da cadeia de eventos da oncogênese gástrica. OBJETIVOS: Investigar a freqüência de cepas patogênicas cagA e vacA do H. pylori em pacientes com câncer gástrico. MATERIAL E MÉTODOS: Foram estudados retrospectivamente 42 pacientes com câncer gástrico. A infecção por H. pylori foi avaliada por exame histológico e pelo PCR para identificação dos genótipos cagA e vacA em amostras de material fixado em formalina e incluído em parafina. RESULTADOS: A análise histológica permitiu a visualização direta do H. pylori em 85,7% dos casos, e o método de PCR para o gene urease C demonstrou a presença de DNA da bactéria em 95% dos casos. O gene cagA foi detectado em amostras de 23 pacientes (54,7%) com câncer gástrico. O alelo s1 do gene vacA foi identificado em amostras de 24 pacientes (57,1%) e o alelo m1, em amostras de 26 pacientes (61,9%). Os alelos s1 e m1 foram identificados simultaneamente em 24 pacientes (57,1%). O alelo s2 foi identificado em amostras de quatro pacientes (9...

Avaliação de diferentes sistemas de cruzamento entre raças bovinas de corte - 2. Relações de peso do bezerro por peso da vaca.

ALENCAR, M. M. de; CORRÊA, L. de A.; RAZOOK, A. G.; FIGUEIREDO, L. A.; PACKER, I. U.; BARBOSA, P. F.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 39., 2002, Recife, PE. Anais... Recife: SBZ: Ed. dos Editores, 2002. 4f. 1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 39., 2002, Recife, PE. Anais... Recife: SBZ: Ed. dos Editores, 2002. 4f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.12%
: O objetivo deste trabalho foi estudar as relações peso do bezerro ao nascimento/peso da vaca ao parto (RPNP), peso do bezerro à desmama/peso da vaca ao parto (RPDP) e peso do bezerro à desmama/peso da vaca à desmama do bezerro (RPDD) de animais de cinco sistemas, compostos de vacas da raça Nelore ou de alta mestiçagem de Nelore, a saber: SNR, sistema Nelore, sob manejo não intensivo (1 UA/ha em pastagens de "8rachiaria decumbens"); SNI, sistema Nelore, sob manejo intensivo (5 UA/ha em pastagens de "8. brizantha" cv. Marandu); SCI, sistema cruzado Canchim x Nelore, sob manejo intensivo (semelhante ao SNI); SSI, sistema cruzado Simental x Nelore, sob manejo intensivo (semelhante ao SNI); e SAI, sistema cruzado Angus x Nelore, sob manejo intensivo (semelhante ao SNI). As vacas dos sistemas SNR, SNI e SCI foram acasaladas com touros das raças Nelore, Nelore e Canchim, respectivamente, enquanto que as vacas dos sistemas SSI e SAI foram inseminadas com sêmen de touros das raças Simental e Aberdeen Angus, respectivamente. Os modelos de análise incluiram os efeitos de sistema (S), ano (A) e mês (M) de nascimento, idade da vaca ao parto (IV), sexo do bezerro (Sexo) e as interações S x A, S x M e S x Sexo. Os resultados mostraram que as vacas Nelore ou de alta mestiçagem de Nelore sob manejo intensivo produziram mais quilogramas de bezerro por quilograma de vaca quando acasaladas com touros das raças Canchim...

Clinical and pathological importance of vacA allele heterogeneity and cagA status in peptic ulcer disease in patients from North Brazil

MARTINS, Luisa Caricio; CORVELO, Tereza Cristina de Oliveira; DEMACHKI, Samia; ARA?JO, Marialva Tereza Ferreira de; ASSUMP??O, M?nica Bara?na; VILAR, Simone Cristina Araujo Juc?; FREITAS, Felipe Bonfim; BARBOSA, Hivana Patricia Melo; FECURY, Amanda Alves;
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.16%
We have examined the prevalence of gene cagA and vacA alleles in 129 patients, 69 with gastritis and 60 with peptic ulcer diseases from North Brazil and their relation with histopathological data. vacA and cagA genotype were determined by polymerase chain reaction. Hematoxylin-eosin staining was used for histological diagnosis. 96.6% of the patients were colonized by Helicobacter pylori strains harboring single vacA genotype (nont-mixed infection). Among them, 11.8% had subtype s1a, 67.8% had subtype s1b, and 17% subtype s2. In regard to the middle region analysis, m1 alleles were found in 75.4% and m2 in 21.2% of patients. The cagA gene was detected in 78% patients infected with H. pylori and was associated with the s1-m1 vacA genotype. The H. pylori strains, vacA s1b m1/cagA-positive, were associated with increased risk of peptic ulcer disease and higher amounts of lymphocytic and neutrophilic infiltrates and the presence of intestinal metaplasia. These findings show that cagA and vacA genotyping may have clinical relevance in Brazil.

VacA von Helicobacter pylori induziert Zell-Zyklus-Arretierung am Modell der Jurkat-Zelle; VacA from helicobacter pylori induces cell-zyklus-arrest on the model of Jurkat-cell

Plauschin, Joerg
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.29%
Helicobacter pylori (H. pylori) kann die Magenschleimhaut des Menschen trotz einer reaktiven Immunantwort chronisch infizieren. Das gramnegative Bakterium sezerniert das Vacuolating cytotoxin A (VacA) und hemmt damit die Proliferation der T Lymphozyten. In die Zellumgebung gelöst diffundiert der Virulenzfaktor in die entzündete Mucosa und arretiert den Zellzyklus der Lymphozyten in der G1-Phase. Am Modell der Jurkat-Zelle wurden die zellfreien Überstände der H.-pylori-Stämme P12 (Wildtyp), P12 Delta(VacA) (knock out null Mutant) und P12 Delta(6-27) gegen eine Kontrolle getestet. Unter Verwendung von BrdU ergab sich folgende Fragen: 1. Hemmt gelöstes VacA Jurkat-Zellen in der G1-Phase? 2. Kann die Zyklusarretierung in Co-Kultivierung mit mitogenen Stimuli oder nach Säureaktivierung potenziert werden? Jurkat-Zellen wurden mit den zellfreien Extrakten der H. pylori Kulturen unter Beifügung von BrdU (c = 20 µM) für 24 Stunden inkubiert. Nach zweimaligem Waschen mit PBS und Fixieren mit 70 % Äthanol ruhten die Proben für 24 Stunden bei – 20 °C. Es folgte die Inkubation mit RNase und kaltem Pepsin, jeweils im Wasserbad, sowie die DNA-Denaturierung mit (2N) HCl bei RT. Anti-BrdU Antikörper der Maus demarkierte de novo synthetisierte Chromosomen und mit FITC konjugierte Anti-Maus Antikörper erlaubten diesbezüglich den indirekten Nachweis. Nach DNA-Färbung mit Propidium Iodid folgte die Auswertung im Zytometer. Dabei konnte die hemmende Wirkung des gelöstem VacA auf den Zellzyklus und zwar nach Säureaktivierung mit einem signifikanten Unterschied zur Kontrolle und zu den Extrakten der isogenen Mutanten deutlich gezeigt werden. Bei gleichzeitiger ConA Stimulierung ohne Säureaktivierung war der Unterschied dagegen nur gering. Unter Stimulierung mit PMA/Ionomycin und Säureaktivierung arretierte VacA signifikant mehr Zellen in der G1-Phase als in der Kontrolle und P12Δ(VacA). Diese Daten reihen sich gut in die Ergebnisse anderer Forschergruppen ein. In Übereinstimmung mit Gebert und Sundrud konnte diese Untersuchung aufzeigen...

Determinação das concentrações séricas IgE específica para o leite de vaca e suas frações no diagnóstico de alergia ao leite de vaca.; Determination of serum concentration of specific IgE to cow`s milk and its fractions for the cow´s milk allergy diagnosis

Castro, Ana Paula Beltran Moschione
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
As proteínas do leite de vaca são os principais alérgenos relacionados à alergia alimentar em crianças e o diagnóstico inclui a realização do teste de provocação oral duplo cego placebo controlado (TPODCPC). Apesar da acurácia, este teste envolve riscos, necessita condições especiais para sua realização e apresenta limitações em crianças de baixa idade e em pacientes anafiláticos. Assim, há necessidade de métodos diagnósticos alternativos, entre eles o estabelecimento de pontos de corte de concentrações de IgE sérica específica para leite de vaca, que permitam o diagnóstico mesmo sem a realização do TPODCPC. O objetivo deste estudo foi estabelecer uma concentração discriminante de IgE sérica específica para leite de vaca e suas frações protéicas para o diagnóstico de alergia à proteína do leite de vaca (APLV) e avaliar se há diferentes concentrações discriminantes de IgE específica para este alérgeno no grupo de pacientes com anafilaxia. Realizou-se um estudo de coorte histórica incluindo pacientes com APLV e grupo controle composto por pacientes com suspeita não confirmada de APLV. Para estes objetivos, foram construídas curvas ROC para os seguintes alérgenos: leite de vaca, caseína...

Propuesta para la gestión de la resiliencia del humedal La Vaca- Techovita, Bogotá D.C.; Proposal for the management of resilience of wetland La Vaca-Techovita, Bogota D.C

Angel Ortiz, Paula Fernanda; Blanco Londoño, Sergio Andrés
Fonte: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Ingeniería; Ingeniería Civil Publicador: Universidad Militar Nueva Granada; Facultad de Ingeniería; Ingeniería Civil
Tipo: BachelorThesis; Trabajo de grado Formato: pdf; pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.12%
El presente trabajo consiste en la descripción del sistema socio-ecológico del humedal La Vaca y el análisis de las condiciones naturales y socio-económicas del sistema, esto permite determinar cuáles son los principales efectos que generan la pérdida de identidad del mismo. Uno de los efectos que ha generado mayor impacto es la urbanización ilegal que se ha presentado a través del tiempo en la ronda del humedal debido a las grandes migraciones de población desplazada de las áreas rurales, esto ha causado que se pierda gran parte del área y aumente la contaminación del ecosistema, además a esto se suma la falta de gestión por cuenta de las autoridades ambientales que con su indiferencia han contribuido a que poco a poco se pierda el área de desarrollo del ecosistema y cada vez sea más difícil que se recupere y continúe con su correcta funcionalidad.; This paper consists of a description of the social-ecological system wetland Cow and analysis of natural conditions and social-economic system, that allows to determine what are the main effects generated by the loss of identity of the same. One effect that has generated greater impact is illegal urbanization that has arisen over time in round wetland because of the great migrations of displaced population in rural areas...