Página 1 dos resultados de 204883 itens digitais encontrados em 0.049 segundos

Transtornos mentais comuns e uso de psicofármacos: impacto das condições socioeconômicas; Common mental disorders and the use of psychoactive drugs: the impact of socioeconomic conditions; Trastornos mentales comunes y uso de psicofármacos: impacto de las condiciones socioeconómicas

LIMA, Maria Cristina Pereira; MENEZES, Paulo Rossi; CARANDINA, Luana; CESAR, Chester Luiz Galvão; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo; GOLDBAUM, Moisés
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.07%
OBJETIVO: Avaliar a influência das condições socioeconômicas na associação entre transtornos mentais comuns, uso de serviços de saúde e de psicofármacos. MÉTODOS: Estudo transversal populacional conduzido na cidade de Botucatu, SP, com amostragem probabilística, estratificada e por conglomerados. Foram realizadas entrevistas domiciliares com 1.023 sujeitos de 15 anos ou mais de idade, entre 2001 e 2002. Transtorno mental comum foi avaliado utilizando o Self Reporting Questionnaire (SRQ-20). O uso de serviços foi investigado com relação à quinzena anterior à entrevista e uso de psicotrópicos, nos três dias anteriores. Utilizou-se regressão logística para análise multivariável, considerando o efeito do desenho. RESULTADOS: No total da amostra, 13,4% (IC 95%: 10,7;16,0) procuraram serviços de saúde na quinzena anterior à entrevista. A procura de serviços de saúde se associou ao sexo feminino (OR=2,0) e à presença de transtorno mental comum (OR=2,2). Na amostra 13,3% (IC 95%: 9,2;17,5) referiram ter usado ao menos um psicotrópico, destacando-se os antidepressivos (5,0%) e os benzodiazepínicos (3,1%). Na análise multivariável, sexo feminino e presença de transtorno mental comum mantiveram-se associados ao uso de benzodiazepínicos. Renda per capita mostrou-se direta e independentemente associada ao uso de psicofármacos...

Adolescência e anticoncepção: iniciação sexual e uso de métodos anticoncepcionais em adolescentes da Ilha de Santiago, Cabo Verde - África Ocidental; Adolescence and Contraception: the onset of sexual life and use of contraceptive methods among adolescents of Santiago Island, Cape Verde - West Africa

Tavares, Carlos Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.05%
Objetivo: Descrever a iniciação sexual e o uso de métodos anticoncepcionais e estimar fatores associados a estas condutas, em adolescentes de 13 a 17 anos de idade, de escolas da rede pública de ensino secundário da Ilha de Santiago, Cabo Verde. Métodos: Estudo transversal realizado com amostra probabilística e representativa de 768 adolescentes com idade entre 13 e 17 anos, de escolas secundárias públicas da Ilha de Santiago em 2007. A associação foi testada pelo teste de proporção, qui-quadrado de Pearson ou Fisher e regressão logística. Para estimar os fatores associados ao uso de métodos anticoncepcionais e preservativo, foi analisada a sub-amostra de 368 adolescentes sexualmente ativos. O início da vida sexual, o uso de métodos anticoncepcionais e o uso de preservativo foram analisados como desfechos. Foram consideradas variáveis independentes: características sociodemográficas, afetivo-sexuais e comportamentais. Foi utilizada regressão logística para análise simultânea dos fatores, considerando-se nível de significância de 5%. Resultados: Entre os adolescentes do sexo masculino, os fatores associados ao início da vida sexual foram: idade maior que 14 anos, ser católico e consumir bebidas alcoólicas. Entre as adolescentes do sexo feminino...

Influência de expectativas e do grupo de pares sobre o comportamento do uso de álcool entre estudantes da área da saúde: uma perspectiva das diferenças de gênero; Influence of expectancies and peer group on drinking behavior in university students of the health area: a perspective of gender differences.

Fachini, Alexandre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.07%
Evidências recentes na literatura apontam um elevado consumo de álcool entre estudantes universitários. Expectativas relacionadas aos efeitos do uso de álcool têm sido associadas tanto ao início quanto à manutenção do beber de jovens. De forma análoga, o grupo de pares é um aspecto de destacada relevância sobre o comportamento dos jovens, inclusive no que se refere ao uso de álcool. Por sua vez, tanto expectativas quanto grupo de pares podem modular de forma diferente o comportamento do beber de homens e de mulheres. O objetivo deste estudo foi avaliar diferenças de gênero sobre o uso de álcool, expectativas relacionadas aos efeitos do uso de álcool e o envolvimento com o grupo de pares de risco para o uso de álcool entre estudantes universitários da área da saúde. Participaram 238 estudantes (105 homens) de todos os anos dos cursos de Medicina e Fisioterapia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Estudantes preencheram um questionário estruturado autoaplicável contendo os instrumentos AUDIT (Alcohol Use Disorders Identification Test), para avaliar o uso de álcool, AEQ-A (Alcohol Expectancy Questionnaire Adolescent Form), para avaliar as expectativas dos efeitos do uso de álcool...

Uso do álcool em estudantes do município de Botucatu-SP: prevalência e fatores de risco

Pereira, Priscila Lopes
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 125 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Saúde Coletiva - FMB; O uso do álcool associa-se a problemas significativos para a saúde pública em diversos países. Estudos indicam que a média de idade para início do uso é em torno de 12,5 anos, um dado alarmante, já que o uso de álcool na adolescência está associado a uma série de comportamentos de risco. Objetivo: Estimar a prevalência do uso de bebidas alcoólicas pelos alunos do ensino fundamental e médio no município de Botucatu na vida e no último ano; analisar a associação entre o uso de álcool e uso de álcool de risco com variáveis sociodemográficas, uso de substâncias psicoativas pelo sujeito, familiares e amigos e comportamentos violentos. Metodologia: Estudo transversal, realizado com 1,507 estudantes (2007; 2008), onde foram coletados dados: sociodemográficos, de uso de álcool pelos estudantes, familiares e amigos, uso de outras drogas e comportamentos de violência. Foram utilizados vários instrumentos incluindo o Alcohol Use Disorders Identification Test C – AUDIT C, que identifica uso de álcool de risco. Inicialmente foram realizadas as análises descritivas, seguida de análises univariadas entre possíveis fatores de risco de uso de álcool no último ano e uso pesado de álcool de acordo com o AUDIT C (com ponto de corte ≥ 4 para homens...

Prevalência de uso de tabaco e de álcool em universitários da área da saúde : um estudo em Porto Velho, Rondônia, Amazônia Ocidental

Wandroski, Silvana Francescon
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.07%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009.; A utilização de derivados de tabaco e de bebidas alcoólicas é um dos maiores problemas de saúde pública na atualidade e tem causado preocupação e demandado esforços das autoridades políticas e da saúde para o seu controle. O quadro se agrava quando a abordagem incide sobre os universitários da área da saúde. Com o objetivo de avaliar o uso de tabaco e álcool em universitário da área da Saúde na cidade de Porto Velho considerando o perfil e a dimensão do fenômeno nesta população utilizou-se desenho de estudo do tipo transversal descritivo, com dados coletados por meio de instrumental construído a partir de testes mundialmente conhecidos, amplamente utilizados e validados nacionalmente, o Questionário de Tolerância de Fagerström, para reconhecer o grau de envolvimento com o tabaco, e o AUDIT - Teste de Identificação de Distúrbio de Uso do Álcool, juntamente com dados sociodemográficos e outros questionamentos relacionados às variáveis estabelecidas. Os resultados encontrados foram as prevalências para o uso de tabaco na vida e no período da pesquisa de 47,6% e 39,5% respectivamente, de 58,9% e 57,2% para o álcool e 40...

Transtornos mentais comuns e uso de psicofármacos: impacto das condições socioeconômicas

LIMA, Maria Cristina Pereira; MENEZES, Paulo Rossi; CARANDINA, Luana; CESAR, Chester Luiz Galvão; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo; GOLDBAUM, Moisés
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.07%
OBJETIVO: Avaliar a influência das condições socioeconômicas na associação entre transtornos mentais comuns, uso de serviços de saúde e de psicofármacos. MÉTODOS: Estudo transversal populacional conduzido na cidade de Botucatu, SP, com amostragem probabilística, estratificada e por conglomerados. Foram realizadas entrevistas domiciliares com 1.023 sujeitos de 15 anos ou mais de idade, entre 2001 e 2002. Transtorno mental comum foi avaliado utilizando o Self Reporting Questionnaire (SRQ-20). O uso de serviços foi investigado com relação à quinzena anterior à entrevista e uso de psicotrópicos, nos três dias anteriores. Utilizou-se regressão logística para análise multivariável, considerando o efeito do desenho. RESULTADOS: No total da amostra, 13,4% (IC 95%: 10,7;16,0) procuraram serviços de saúde na quinzena anterior à entrevista. A procura de serviços de saúde se associou ao sexo feminino (OR=2,0) e à presença de transtorno mental comum (OR=2,2). Na amostra 13,3% (IC 95%: 9,2;17,5) referiram ter usado ao menos um psicotrópico, destacando-se os antidepressivos (5,0%) e os benzodiazepínicos (3,1%). Na análise multivariável, sexo feminino e presença de transtorno mental comum mantiveram-se associados ao uso de benzodiazepínicos. Renda per capita mostrou-se direta e independentemente associada ao uso de psicofármacos...

Uso de álcool e drogas por estudantes de medicina da Unesp

Kerr-Corrêa,Florence; Andrade,Arthur Guerra de; Bassit,Ana Zahira; Boccuto,Neusa Maria Vilella Fonseca
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1999 PT
Relevância na Pesquisa
36.06%
INTRODUÇÃO: O objetivo deste trabalho foi analisar a prevalência do uso de drogas por estudantes da Faculdade de Medicina de Botucatu - Unesp, comparada com outras oito escolas médicas paulistas (uso na vida, nos últimos 12 meses e nos últimos 30 dias). A pesquisa foi realizada entre 1994 e 1995, com 5.227 estudantes do 1o ao 6o ano de graduação. MATERIAL E MÉTODO: Foi usado um questionário de auto-respostas, anônimo, incluindo o questionário da Organização Mundial da Saúde para levantamento de uso de drogas e álcool. Setenta e um por cento (3.725) dos alunos responderam ao mesmo, e destes, 421 eram de Botucatu. RESULTADOS: Não houve diferenças estatisticamente significantes entre escolas e, nos 30 dias anteriores ao preenchimento do questionário, a prevalência do uso de drogas para os estudantes de Botucatu foi a seguinte, com a variação entre outras escolas mostrada entre parênteses: álcool 50% (42-50%); tabaco 7% (7-13%); solventes 8% (7-12%); maconha 6% (6-16%); benzodiazepínicos (BZD) 3% (2-9%); cocaína 0,5% (0,2-4%); anfetaminas 1 % (0-1%). Embora tenha se encontrado um uso crescente de todas as drogas do 1o ao 6o ano, e em especial os BZD, os estudantes não aprovam este uso. A análise de regressão logística indicou que o uso de álcool e drogas foi favorecido por: a) ser homem; b) perder aulas sem razão e referir ou ter muito tempo livre nos finais de semana; e c) ter uma atitude favorável em relação ao uso de álcool e drogas. Diferentemente de outras escolas...

Subsídio para introdução do uso de fitoterápicos na rede básica de saúde do município de Cascavel/PR

Tomazzoni, Marisa Ines
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.07%
Resumo: O presente estudo teve como objetivo ampliar o conhecimento sobre a relação da comunidade de Cascavel com o uso de plantas medicinais, visando gerar subsídios para o planejamento e introdução do uso de fitoterápicos na Rede Básica de Saúde do Município de Cascavel/PR. Além de informações gerais sobre a população amostrada e sobre o uso de plantas medicinais, buscou-se averiguar como este conhecimento foi adquirido e quais as fontes de obtenção das espécies utilizadas. Adicionalmente, buscou-se comparar os resultados obtidos com a bibliografia especializada, no sentido de saber se há discrepância quanto ao uso popular e o conhecimento científico das plantas indicadas. Para tanto, executou-se pesquisa exploratório-descritiva baseada em levantamento bibliográfico e levantamento etnobotânico. A amostra foi composta por 50 famílias pertencentes à área de abrangência da Unidade Saúde da Família Nossa Senhora dos Navegantes, pela equipe de saúde e pelo gestor municipal de saúde. Para a coleta de dados, utilizou-se a entrevista com questões fechadas e semi-estruturadas. Para a análise e discussão dos resultados organizaram-se blocos temáticos, sendo o primeiro composto pelo levantamento etnobotânico junto aos usuários da USF e aceitação do uso de fitoterápicos pelos diversos segmentos envolvidos com a USF (usuários...

Uso problemático de álcool e outras drogas em moradia estudantil: conhecer para enfrentar; Abusing alcohol and other drugs in students' dormitories: knowing it in order to face it; Uso problemático de alcohol y otras drogas e residencias estudiantiles: conocer para enfrentar

ZALAF, Marília Rita Ribeiro; FONSECA, Rosa Maria Godoy Serpa da
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.07%
Este artigo trata do uso problemático de álcool e outras drogas na moradia estudantil da Universidade de São Paulo. Seus objetivos foram compreender como se dá o processo saúde-doença dos moradores referente ao uso problemático de drogas, identificar as condições objetivas do uso de drogas e analisar as manifestações subjacentes às questões de gênero relacionadas ao uso de drogas pelos estudantes. A análise está apoiada na Teoria da Determinação Social. Os dados foram coletados em entrevistas semi-estruturadas que focalizaram a história do processo saúde-doença relacionado ao uso problemático de álcool e de outras drogas antes e depois do ingresso no Conjunto Residencial da USP (Crusp). Nos resultados obtidos, a moradia estudantil apareceu como mais um elemento favorecedor ao uso problemático de drogas, aliado à depressão, ao desemprego e às características próprias desse espaço acadêmico. Estereotipias de gênero relacionadas ao uso de drogas, como subalternidade feminina, preconceito e culpabilização, mostraram-se refletidas na moradia estudantil.; This article deals with the abuse of alcohol and other drugs in the students' dormitories of the University of São Paulo. The purposes of the study were to understand how the health-disease process of the dwellers occurs...

Estimativa da adequação de uso das terras na quadricula de Moji Mirim (SP) utilizando diferentes metodos

Adriana Cavalieri
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/1998 PT
Relevância na Pesquisa
36.06%
o objetivo do presente trabalho foi o estabelecimento das possibilidades e limitações de uso agrícola das terras e o estudo dos riscos de degradação dos solo pela erosão hídrica, mediante o emprego de dados decorrentes do mapeamento de solos (carta já publicada), juntamente com técnicas de sensoriamento remoto e do sistema de informação geográfica, considerando-se a área de estudo a quadrícula de Moji Mirim, localizada entre as coordenadas geográficas: 22°00' - 22°30' S e 46°30' - 47°00' WG. Foram empregados, para a avaliação de terras, o sistema capacidade de uso, a aptidão agrícola das terras e a equação universal de perdas de solo. A integração de informações foi realizada por meio do sistema de informações geográficas SIG IDRISI for Windows versão 2.0. Os planos de informação que serviram de entrada no SIG foram: dados climáticos,carta de solos, cartas topográficase uso da terra. O uso atual das terras foi obtido por processamento digital de imagens TM/Landsat, sendo os demais planos de informação digitalizados por teclado ou mesa digitalizadora. A análise dos métodos de avaliação de terras foi realizada pela sobreposição dos mapas de aptidão de uso com o mapa de uso atual, obtendo-se...

Dinâmica espaço temporal do uso das terras e do carbono aprisionado pela fitomassa da cana-de-açúcar e pastagem na região nordeste do estado de São Paulo.

RONQUIM, C. C.; ZUCCARI, M. L.; QUARTAROLI, C. F.; CRISCUOLO, C.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE AGROENERGIA (SIAGRE), 2008. FERTBIO 2008: desafios para o uso do solo com eficiência e qualidade ambiental. 2006, Londrina, PR. Anais... [S.l.]:2008. 4p. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE AGROENERGIA (SIAGRE), 2008. FERTBIO 2008: desafios para o uso do solo com eficiência e qualidade ambiental. 2006, Londrina, PR. Anais... [S.l.]:2008. 4p.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.88%
Este estudo apresenta os resultados obtidos com a avaliação da dinâmica de uso e cobertura das terras e o carbono aprisionado pelos agroecossistemas de cana-de-açúcar e de pastagens. A avaliação da dinâmica dos estoques de carbono em cana-de-açúcar e pastagens, baseado na interpretação de imagens de satélite da região nordeste do estado de São Paulo foi feito em duas épocas distintas: 1988 e 2003. Os resultados mostraram que a fitomassa da cana-de-açúcar é capaz de acumular nove vezes mais carbono em t.hal.ano' que as pastagens cultivadas. A expansão da área cultivada com cana-de-açúcar, com eficiente acúmulo de CO2 por unidade de tempo e de área (107,2 t CO2 naLano"), sobre áreas de pastagens possibilitou a remoção da atmosfera de 128,8 milhões de toneladas em um período de quinze anos. Os resultados obtidos podem ser de extrema importância para a geração de indicadores ambientais e subsídios mais efetivos para posicionar o país nas negociações das commodities da agroenergia frente a outros países, além gerar impactos positivos de valoração ambiental dos sistemas de produção.; 2008

Qualidade da água e uso do solo nas bacias hidrográficas dos Rios Jaguari e Camanducaia.

SCANAVACA JUNIOR, L.; ZUCCARI, M. L.; TORRESAN, F. E.; LEIVAS, J. F.
Fonte: In: SEMINÁRIO DA REDE AGROHIDRO, 3.; WORKSHOP DO PROJETO OS IMPACTOS DA AGRICULTURA E DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS NOS RECURSOS HÍDRICOS, 1., 2015, Corumbá. Água na agricultura: desafios frente às mudanças climáticas e de uso da terra: resumos. Brasília, DF: Embrapa, 2015. Publicador: In: SEMINÁRIO DA REDE AGROHIDRO, 3.; WORKSHOP DO PROJETO OS IMPACTOS DA AGRICULTURA E DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS NOS RECURSOS HÍDRICOS, 1., 2015, Corumbá. Água na agricultura: desafios frente às mudanças climáticas e de uso da terra: resumos. Brasília, DF: Embrapa, 2015.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 54.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.88%
Este trabalho foi realizado para fornecer uma caracterização geral das Bacias Hidrográficas dos Rios Camanducaia e Jaguari com dados existentes de várias instituições para apoiar outro trabalho de monitoramento das águas que vem sendo realizado na Rede AgroHidro com foco mais detalhado e com o objetivo de estudar os impactos das atividades agropecuárias na qualidade e quantidade de água nessas bacias hidrográficas. Os dados aqui presentes contribuíram para a seleção de pontos de amostragens e também para o mapa de uso e cobertura das terras em elaboração.; 2015

Adolescentes em conflito com a Lei: relações entre o comportamento delituoso e o de uso de substâncias psicoativas; Juvenile Offenders: relationship between criminal behavior and the use of psychoactive substances

Bono, Elvio Luciano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.07%
A maioria dos jovens emite alguns comportamentos antissociais; uma minoria, porém, irá manifestar tais procedimentos de modo mais frequente, o que pode representar um risco à persistência e ao agravamento dos mesmos, ao longo do tempo. Dentre os comportamentos antissociais encontram-se as condutas delituosas e o uso de sustâncias. Estudos apontam que o uso de substâncias em meio aos adolescentes infratores é maior do que na população em geral de adolescentes e acontece de forma mais preocupante. O presente estudo, ao utilizar dados de uma amostra de 120 adolescentes em conflito com a lei, objetivou caracterizar os comportamentos delituosos bem como os de uso de substâncias, buscando verificar as associações existentes entre eles. Os adolescentes foram recrutados no contexto da custódia inicial, após a elaboração do Boletim de Ocorrência, e convidados a participar do estudo. Seus pais/responsáveis foram contatados e solicitados a autorizarem a participação dos filhos na pesquisa, seguindo as normativas éticas. Para a coleta de dados, foram empregados: Roteiro de Entrevista Sociodemográfica; a Entrevista Estruturada de Delinquência Autorrevelada; DUSI-R (Drug Use Screening Inventory). Análises descritivas e, posteriormente...

Uso problemático de álcool e outras drogas em moradia estudantil: conhecer para enfrentar; Uso problemático de alcohol y otras drogas e residencias estudiantiles: conocer para enfrentar; Abusing alcohol and other drugs in students' dormitories: knowing it in order to face it

Zalaf, Marília Rita Ribeiro; Fonseca, Rosa Maria Godoy Serpa da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
36.07%
Este artículo trata del uso problemático de alcohol y otras drogas en la residencia estudiantil de la Universidad de San Pablo. Sus objetivos fueron comprender como ocurre el proceso salud-enfermedad de los residentes en lo que se refiere al uso problemático de drogas, identificar las condiciones objetivas del uso de drogas y analizar las manifestaciones subyacentes a las cuestiones de género relacionadas al uso de drogas por los estudiantes. El análisis está apoyado en la Teoría de la Determinación Social. Los datos fueron recolectados en entrevistas semi-estructuradas que focalizaron la historia del proceso salud-enfermedad relacionado al uso problemático de alcohol y de otras drogas antes y después del ingreso en el Conjunto Residencial de la USP (Crusp). En los resultados obtenidos, la vivienda estudiantil apareció como otro elemento que favorece el uso problemático de drogas, aliado a la depresión, al desempleo y a las características propias de ese espacio académico. Estereotipos de género relacionadas al uso de drogas, como sumisión femenina, prejuicios y culpa, se mostraron reflejados en la residencia estudiantil.; This article deals with the abuse of alcohol and other drugs in the students' dormitories of the University of São Paulo. The purposes of the study were to understand how the health-disease process of the dwellers occurs...

Caracterização da cultura de crack na cidade de São Paulo: padrão de uso controlado; Caracterización de la cultura de crack en la ciudad de Sao Paulo: el padrón del uso controlado; Characterization of the crack cocaine culture in the city of São Paulo: a controlled pattern of use

Oliveira, Lúcio Garcia de; Nappo, Solange Aparecida
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/08/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
36.08%
OBJETIVO: Caracterizar a situação do uso de crack na cidade de São Paulo, assim como o perfil sociodemográfico de seu usuário. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo etnográfico com amostra intencional de usuários (n=45) e ex-usuários de crack (n=17). Os participantes foram recrutados pela técnica de amostragem em cadeias e responderam a uma entrevista semi-estruturada, direcionada por questionário, durante os anos de 2004 e 2005. O conjunto de cada questão e suas respectivas respostas originou relatórios específicos que foram interpretados individualmente. ANÁLISE DOS RESULTADOS: O perfil predominante do usuário de crack foi ser homem, jovem, solteiro, de baixa classe socioeconômica, baixo nível de escolaridade e sem vínculos empregatícios formais. O padrão de uso mais freqüentemente citado foi o compulsivo, caracterizado pelo uso múltiplo de drogas e desenvolvimento de atividades ilícitas em troca de crack ou dinheiro. Entretanto, identificou-se o uso controlado que consiste no uso não-diário de crack, mediado por fatores individuais, desenvolvidos intuitivamente pelo usuário e semelhantes, em natureza, às estratégias adotadas por ex-usuários para o alcance do estado de abstinência. CONCLUSÕES: A cultura do uso de crack tem sofrido mudanças quanto ao padrão de uso. Embora a maioria dos usuários o faça de forma compulsiva...

Fatores associados ao uso de medicamentos na coorte de nascimentos de Pelotas 2004; Factores asociados al uso de medicamentos en la cohorte de nacimientos de Pelotas, Sur de Brasil (2004); Factors associated to medicine use among children from the 2004 Pelotas Birth Cohort (Brazil)

Oliveira, Edilson Almeida de; Bertoldi, Andréa Dâmaso; Domingues, Marlos Rodrigues; Santos, Iná S; Barros, Aluísio J D
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 ENG
Relevância na Pesquisa
36.06%
OBJECTIVE: To identify factors associated to medicine use among children from the 2004 Pelotas Birth Cohort, Brazil. METHODS: Prospective study to evaluate medicine use in children aged 3, 12 and 24 months regardless of the reasons, therapeutic indication or class. The study included 3,985 children followed up at three months of age, 3,907 at 12 months, and 3,868 at the last follow-up time of 24 months. Mothers were interviewed to collect information on medicine use during the recall period of 15 days prior to the interview. The outcome was studied according to sociodemographic and perinatal variables, mother's perception of child's health and breastfeeding status. Crude and adjusted analyses were performed by Poisson regression following a hierarchical model. RESULTS: The prevalence of medicine use ranged from 55% to 65% in the three follow-ups. After controlling for confounders, some variables remained associated to medicine use only at the three-month follow-up with greatest use among children of younger mothers, those children who had intrapartum complications, low birthweight, were never breastfed and were admitted to a hospital. Greatest medicine use was also associated with being a firstborn child at 3 and 12 months; mother's perception of their child health as fair or poor and children whose mothers have private health insurance at 12 and 24 months; highest maternal education level at all follow-up times. CONCLUSIONS: Different variables influence medicine use among children during the first two years of life and they change as the child ages especially maternal factors and those associated to the child's health problems.; OBJETIVO: Identificar fatores associados ao uso de medicamentos nas crianças da coorte de nascimentos de 2004 de Pelotas...

Drug use in college students: a 13-year trend; Uso de drogas entre alunos universitários: tendências em 13 anos; Uso de drogas entre alumnos universitarios: tendencias en 13 años

Wagner, Gabriela Arantes; Oliveira, Lúcio Garcia de; Barroso, Lucia Pereira; Nishimura, Raphael; Ishihara, Luciana Morita; Stempliuk, Vladimir de Andrade; Duarte, Paulina do Carmo Arruda Vieira; Andrade, Arthur Guerra de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2012 ENG
Relevância na Pesquisa
36.09%
OBJETIVO: Analisar a tendência do uso de drogas entre universitários entre 1996, 2001 e 2009. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal com 9.974 universitários do município de São Paulo, SP, cuja amostra foi selecionada por estratificação e conglomerados. Adotou-se instrumento de pesquisa de autopreenchimento, anônimo, que caracterizou o uso de drogas por três medidas: uso na vida, nos últimos 12 meses e nos últimos 30 dias. Para comparação de frequências de uso de drogas entre as pesquisas, utilizou-se a metodologia de comparações múltiplas com correção de Bonferroni. RESULTADOS: Houve redução da frequência de estudantes que relataram consumo de drogas entre 1996 e 2009. Houve diminuição do uso de inalantes e aumento do uso de anfetamínicos em todas as medidas avaliadas [4,6% para 8,7% na vida, de 2,4% para 4,5% nos últimos 12 meses e de 1,9% a 3,3% nos últimos 30 dias]. Os alunos das Ciências Humanas relataram uso de drogas com maior frequência [48,6% na vida, 29,0% nos últimos 12 meses e 20,9% nos últimos 30 dias]. CONCLUSÕES: Entre os 13 anos de estudo, houve aumento de uso na vida de tabaco, alucinógenos, anfetaminas e tranquilizantes; além do aumento do uso de anfetaminas nos últimos 12 meses e diminuição do uso de álcool. Em relação aos últimos 30 dias...

Uso de medicamentos do nascimento aos dois anos: Coorte de Nascimentos de Pelotas, RS, 2004; Uso de medicamentos desde el nacimiento hasta los dos años: Cohorte de Nacimientos de Pelotas, Sur de Brasil, 2004; Medicine use from birth to age two years: the 2004 Pelotas (Brazil) Birth Cohort Study

Oliveira, Edilson Almeida de; Bertoldi, Andréa Dâmaso; Domingues, Marlos Rodrigues; Santos, Iná Silva; Barros, Aluísio J D
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/08/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
36.08%
OBJETIVO: Descrever a utilização de medicamentos em crianças aos três, 12 e 24 meses de idade. MÉTODOS: Estudo transversal utilizando dados da Coorte de Nascimentos de Pelotas, RS, de 2004. Foram incluídas 3.985 crianças aos três meses, 3.907 aos 12 meses e 3.868 aos 24 meses de idade. O desfecho considerado foi o uso de medicamentos pelas crianças nos 15 dias anteriores à entrevista. Informações sobre as variáveis independentes (medicamentos utilizados, fonte de indicação, forma de aquisição, regularidade do uso e grupos terapêuticos) foram coletadas por meio de questionário padronizado, em entrevista aos pais nos domicílios. RESULTADOS: As prevalências de uso de medicamentos aos três, 12 e 24 meses foram de 65,0% (IC 95%: 63,5;66,5), 64,4% (IC 95%: 62,9;65,9) e 54,7% (IC 95%: 53,1;56,2), respectivamente. Com o avanço da idade observou-se diminuição no número total de medicamentos utilizados e aumento na automedicação, essa última chegando a 34% aos 24 meses. Também, a freqüência do uso de medicamentos em caráter eventual aumentou e diminuiu a de uso contínuo. Os medicamentos foram adquiridos principalmente com recursos próprios e cerca de 10% foi adquirido pelo Sistema Único de Saúde. Observou-se mudança no perfil dos grupos terapêuticos mais utilizados em função da idade. Aos três meses...

Uso e atitudes relacionados às drogas em estudantes de enfermagem da Universidade Maior de San Andres; Uso y actitudes relacionados a las drogas en las estudiantes de enfermería de la Universidad Mayor de San Andrés; Use and attitudes about drugs among nursing students at the Universidad Mayor de San Andres

Enriquez Flores, Iblin Elizabeth; Luis, Margarita Antonia Villar
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2004 SPA
Relevância na Pesquisa
36.07%
Este trabalho representa os resultados do Uso e Atitudes relacionados ao álcool, tabaco, folhas de coca, tranqüilizantes e anfetaminas em estudantes de enfermagem da Universidade Mayor de San Andrés. O objetivo é analisar as atitudes mediante o uso das diferentes substâncias com aqueles que usaram ou não drogas nos últimos 12 meses. Os dados da amostra estratificada e intencional foram coletados em agosto de 2002, utilizando um questionário auto administrado distribuído para preservar o anonimato. Obtiveram-se estes resultados: as atitudes relacionadas às drogas demonstram a aprovação do uso das folhas de coca, álcool, tranqüilizantes e desaprovam o uso da cocaína. O uso pessoal de drogas nos últimos 12 meses corresponde a: às folhas de coca diariamente, ao álcool menos que uma vez por semana, e tabaco diariamente. O principal motivo do uso destas drogas vincula-se a prática religiosa; os estudantes são introduzidos pela primeira vez pelos familiares, pelos amigos/enamorados.; Este trabajo representa los resultados del Uso y Actitudes relacionando el alcohol, tabaco, Hojas de coca, tranquilizantes y anfetaminas en Estudiantes de Enfermería de la Universidad Mayor de San Andrés. El objetivo es analizar las actitudes mediante el uso de diferentes substancias con aquellos que no usan en los últimos 12 meses. Los datos fueron recolectados en Agosto del 2002...

Uso de sensores remotos y SIG para delimitar los cambios en el uso del suelo agrícola de 1970 a 1997 en el estado de Guanajuato

García Nieto,Hilario; García Daguer,Rolando R.; Moreno Sánchez,Rafael; González Ramos,Alfredo
Fonte: Instituto de Geografía, UNAM Publicador: Instituto de Geografía, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 ES
Relevância na Pesquisa
36.06%
Se delimitaron cuatro clases de uso actual del suelo en e¡ estado de Guanajuato y se relacionaron con información del uso anterior, disponible en forma digital, con el propósito de estudiar los cambios en el uso del suelo agrícola durante el período 1970 - 1997. La delimitación del uso actual se realizó mediante el sistema ArcView, clasificando de manera visual, directamente en la pantalla de la computadora, imágenes de satélite Landsat TM de 1996 y 1997, con apoyo de información de cartas topográficas edición 1998, ortofotos digitales de 1993 y levantamientos de campo con GPS. Mediante la comparación de estadísticas de los mapas de uso anterior y actual se cuantificaron los cambios generales en el uso del suelo y la sobreposición de ambas capas de información permitió localizar espacialmente dichos cambios. Se calculó una disminución de 57 051 ha (4%) en la totalidad del área agrícola del estado de Guanajuato en un periodo aproximado de 27 años. Sin embargo, para el Distrito de Desarrollo Rural 004 la tendencia fue a la inversa, presentó un crecimiento de 22 642 ha (9.6%). A pesar de la tendencia general de disminución del área agrícola, la localización de los cambios indica el abandono de algunas áreas agrícolas...