Página 1 dos resultados de 388 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

O tiro, o freio, o mendigo e o outdoor: representações do espaço urbano na poesia brasileira pós-1990; The shot, the brake, the beggar and the outdoor: representations of urban space in the Brazilian poetry of the post-90s

Weintraub, Fabio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.18%
O presente trabalho constitui uma investigação sobre as estratégias de representação da cidade na poesia brasileira contemporânea, segundo quatro eixos temáticos: representações sobre violência, circulação, moradia e temporalidade no espaço urbano. Analisam-se poemas de oito autores Alberto Martins, Duda Machado, Eduardo Sterzi, Pádua Fernandes, Paulo Ferraz, Régis Bonvicino, Ronald Polito e Tarso de Melo em cuja obra os temas de cada eixo ocupam lugar de relevo. Do ponto de vista temporal, a maioria dos poemas pertence a livros escritos na última década e meia e representa uma guinada realista dentro da tendência de negação das referências concretas ao país e ao momento histórico, dominante nos anos 1980 e em boa parte da década seguinte. A escolha do marco pós-1990 levou também em conta circunstâncias de agravamento da crise habitacional, incremento da violência, colapso dos transportes e museificação urbana, cujo impacto sobre os poetas é avaliado mediante comparações não sistemáticas com momentos anteriores de nossa poesia (e, mais pontualmente, da canção brasileira) em que temas semelhantes recebem tratamento diverso. Tais comparações ensejam, ainda, uma reflexão sobre o vínculo da poesia contemporânea com seus antecedentes próximos (o legado modernista...

Os DJs da perifa : música eletrônica, mediação, globalização e performance entre grupos populares em São Paulo

Fontanari, Ivan Paolo de Paris
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
Com objetivo de contribuir para a compreensão antropológica da experiência urbana nas grandes cidades contemporâneas, este estudo aborda o tema da construção e reconstrução das trajetórias individuais e coletivas entre grupos populares, dialogando com a literatura contemporânea das Antropologias da Performance, Música, Globalização, Prática e Urbana. Faz isso evocando os sentidos de: “ser DJ (disc-jóquei)”, tocar música eletrônica (drum & bass e techno), realizar e participar de festas, para indivíduos residentes nas periferias urbanas de São Paulo, mostrando como estes sentidos são por eles construídos, estando permeados por questões de classe, etnia/raça, gênero e geração. O estudo descreve e analisa as trajetórias de nove DJs em diferentes momentos de suas carreiras, procurando situá-las no cenário etnográfico da pesquisa, reconstruído com descrições de campo e com o auxílio das narrativas dos vinte e cinco DJs entrevistados. Mostra que, embora haja diferentes modos de equilibrar o antagonismo percebido entre, por um lado, “ser DJ”, e por outro, ser um trabalhador de baixa qualificação (auxiliar de escritório, entregador, confeiteira, cobrador de ônibus, etc.), “ser DJ” representa um desvio em relação ao conceito dominante de trajetória no mundo sociocultural no qual foram socializados. Este desvio...

O eufemismo do medo na perspectiva antropológica : relatos marcados pela tensão entre conflito e cidadania em um bairro de estabelecidos em Porto Alegre, RS; The fear euphemism under the anthropological perspective: tension between conflict and citizenship throughout the reports of established from a neighborhood in Porto Alegre, RS

Braga, Vinícius Gil
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.2%
Este trabalho de pesquisa insere-se no campo da antropologia urbana e tem como objetivo refletir sobre as representações de moradores de uma rua pertencente a um bairro de urbanização recente e habitado por camadas médias, na cidade de Porto Alegre-RS. A partir de um estudo etnográfico analiso as tensões a respeito da presença de uma vila contígua e as repercussões que decorrem desse contato no âmbito dos temas da cidadania, da vulnerabilidade e da violência, em especial, ao que toca os sentimentos de medo e insegurança. Nesse particular, sugiro a presença de um dado basilar para a construção dessas representações, isto é, a existência de um grupo estabelecido e seu potencial de estigmatização sobre um grupo considerado outsider. Ainda, indica-se o fenômeno da segregação espacial como relevante aspecto para a compreensão da situação da etnografia.; The present work, inserted in the urban anthropology field, aims to reflect upon the representations projected by the middle-class inhabitants of a certain street which belongs to a recently urbanized neighborhood in Porto Alegre-RS. Throughout an ethnographic study, I have analyzed tensions between the existence of a nearby slum and the repercussions originated on the touchline ambit of themes such as citizenship...

Faces de Marília: a moradia em um condomínio horizontal

Delicato, Cláudio Travassos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 111 f. : il. color. + mapas + anexo
POR
Relevância na Pesquisa
46.35%
Pós-graduação em Ciências Sociais - FFC; A tendência de separar zonas de moradias para camadas sociais distintas da população é recorrente nas cidades. A segregação urbana é um processo discriminatório que pode ser enfocado sob vários ângulos. O estudo é de um caso de auto-segregação - isolamento voluntário de indivíduos ou grupos - na cidade de Marília, interior de São Paulo. Examina-se o fenômeno dos condomínios horizontais a partir de relatos de agentes imobiliários, de alguns moradores de um condomínio e simpatizantes pela opção. O referencial metodológico utilizado remete à corrente de pesquisa conhecida como interacionismo simbólico mais especificamente o de concepção fenomenológica. Pela descrição e análise de raciocínios empregados pelos relatantes busca-se uma explicação descritiva sobre um caso particular. Considera-se três aspectos principais: a importância da moradia como sinal de status; os mecanismos que criam a sensação de segurança nos condomínios horizontais; e a pretensão de autonomia nos empreendimentos que têm como objetivo a criação de micro-comunidades, como simulacros de um ideal de vida passado. Ao apresentar espaços coletivos internos como similares ao que um dia foi espaço público...

No meio da trama. A antropologia urbana e os desafios da cidade contemporânea

Magnani, José Guilherme Cantor
Fonte: CIES, ISCTE-IUL / Celta Publicador: CIES, ISCTE-IUL / Celta
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
46.35%
Este artigo, tendo em vista o recente e intenso contato entre pesquisadores da área da antropologia urbana do Brasil e de Portugal, propõe-se discutir alguns pontos de interesse comum: para tanto, mostra os inícios desse campo de conhecimento e pesquisa principalmente em São Paulo, desde os anos 1930, sob a influência da Escola de Chicago. Dos pioneiros “estudos de comunidade”, passando pela pesquisa das periferias urbanas, o espectro dos recortes, contudo, diversificou-se: lazer, religiosidade, práticas culturais juvenis, apropriações do espaço urbano, entre outros temas, constituem novos objetos de estudo no contexto da cidade contemporânea. Permanece, no entanto, a ênfase no método de pesquisa, centrado na etnografia. Assim, alguns exemplos de campo são apresentados com o propósito não só de ilustrar a discussão desenvolvida, mas de mostrar a aplicação de categorias de análise.; After recent, intensive contact between researchers of urban anthropology from Brazil and Portugal, this article discusses some points of common interest. It shows the beginnings of this field of knowledge and research, mainly in São Paulo, from the 1930s under the influence of the Chicago School. It addresses the groundbreaking “community studies”...

Anthropology between heritage and museums

Magnani,José Guilherme Cantor
Fonte: Associação Brasileira de Antropologia (ABA) Publicador: Associação Brasileira de Antropologia (ABA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 EN
Relevância na Pesquisa
56.58%
By analyzing some cases this article exposes the contribution of Anthropology, and specially, Urban Anthropology to the characterization of what may or may not be a cultural good and its value as Heritage in the context of the urban landscape. As a matter of fact, here it is shown the application of the ethnographic method, with its "inside and close-by" regard and with the categories of turf, patch, route and circuit, developed along researches performed at the Núcleo de Antropologia Urbana (NAU/USP) [Urban Anthropology Nucleus]. Thus, our aim is to argument that this work brings forth new elements for a better definition of the many heritage modalities - be it Architectonic, Archeological, Historical, and mainly the so-called Immaterial or Intangible. Thereby a fecund dialogue is opened between Anthropology and the disciplines traditionally engaged with the fields of Heritage and Museology.

Okupar, resistir, insistir : uma etnografia das práticas de ocupação urbana Fortaleza / Ceará

Lima, Andressa Lidicy Morais
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social; Antropologia Social Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social; Antropologia Social
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
The objective of this dissertation is understand the relationships built between subjects who occupy buildings in a state of abandonment to revitalize them - called okupas, noting which individuals construct such meanings on the practice of occupation and how to organize the construction and maintenance of a collective life project. Having the Okupa Squat Torém, located in the neighborhood of Fatima in the southern city of Fortaleza-CE, as locus and observed through the ethnographic method, followed the social practices of urban segment. I invested in a data collection revealed that the custom of okupas and their domestic habits, inside and outside of okupa, emphasizing the interaction situations, like most appropriate occasions to observe the constant negotiation and refinement of his cunning to intervene in the city . Among the objectives of this research, the main thing is to observe which senses are assigned to the practice of the occupation by okupas. For this, reflecting from the specifics of this urban phenomenon and talking mostly with the tradition of research in the field of anthropology, I tried to address some issues regarding the practice of okupação and organization of the group, which the principles and movements that make these contacts with city etc. The appropriation made by the subjects on the urban space here means understanding them as a cultural expression of a number of collective values...

Eat, drink, man, woman: Modernity and urban lifestyles in China

Zhang, Qin
Fonte: Universidade Rice Publicador: Universidade Rice
ENG
Relevância na Pesquisa
36.32%
Based on my fieldwork and research in Beijing and other Chinese urban cities in the 1990s, this dissertation focuses on urban Chinese lifestyles caught up in historical and momentous dynamics of continuity and transition. It is to study how lifestyles are embodied by urban men and women in the 1990s and played out in the bars, coffee shops, teahouses and Karoke halls in Beijing, as well as Shanghai and Zhengzhou. In general, this dissertation tries to explore how lifestyles become both reflexive and performative bodies in a complex of historical, political, social, cultural phenomena in a flow of fluxes and trends, a flow of information, a flow of history, a flow of modernity and a flow of globalization.

Migrants in cities: modelling urban identities; Migrants in cities: modelling urban identities; Migrants in cities: modelling urban identities; Migrants in cities: modelling urban identities

Wallman, Sandra; Department of Antropology, University College London
Fonte: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Fundação Fernando Pessoa/Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: article; article; article; article Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2012 ENG
Relevância na Pesquisa
36.43%
This paper engages with contemporary anxieties about migration into European cities. It builds on earlier works in urban anthropology, and uses the discipline’s classical perspectives to explain local variation in patterns of exclusion and absorption. The focus is on effects of each urban setting on the outcome of migration and identity processes played out in it. A model of urban systems is proposed. It offers a way of thinking about three questions: Why do urban areas with similarly mixed populations have different capacity to absorb incomers? What drives group identity processes in cities? And finally: Which migrants will do best where?; Este artigo lida com as ansiedades contemporâneas relacionadas com a imigração nas cidades europeias. Partindo de trabalhos anteriores na área da antropologia urbana, este artigo utiliza as perspectivas clássicas da disciplina para explicar variações locais nos padrões de exclusão ou absorção. Focaliza-se nos efeitos que cada sistema urbano temsobre os resultados dos processos de imigração e identidade que neles têm lugar. Propõe um modelo de sistemas urbanos. Oferece um modo de reflectir sobre três questões: Porque é que áreas urbanas com populações igualmente mistas têm diferentes capacidades para absorver populações recém-chegadas? O que orienta os processos identitáriosnas cidades? E finalmente: Que imigrantes serão mais bem sucedidos onde?; This paper engages with contemporary anxieties about migration into European cities. It builds on earlier works in urban anthropology...

De la antropolog??a a la antropolog??a urbana

Garc??a Pastor, Bego??a
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
46.2%
El art??culo trata de poner en relieve que, desde la antropolog??a urbana, se puede estudiar c??mo se viven cotidianamente las situaciones actuales de mezcla y contacto intercultural en los diferentes espacios sociales de la ciudad, generando importantes cambios de todo tipo en la vida de los individuos y de los diferentes grupos que conforman.; The article attempts to show, from the perspective of urban anthropology, that it is possible to study the day-to-day experience of present situations of intercultural mix and contact in social spaces within the city, generating all kinds of major changes in individuals' lives and in the range of groups that make up our cities.

Disunion City : the fashion of urban youth in Montreal, Quebec

Woodhouse, Chelsea
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
EN
Relevância na Pesquisa
46.35%
Ce petit échantillon d’une étude ethnographique, fait à partir de la méthode d’observation participante, interroge la nature de la tendance de la mode auprès de jeunes citadins au coeur d'un centre urbain francophone du Canada. Les participants identifient un « look » comme étant emblématique du Plateau, un arrondissement de Montréal qui est démographiquement divers et contenant beaucoup de commerces dynamiques. Le Plateau a été promu par les organisations de la ville de Montréal comme le point central de la mode, arts et culture. Locaux ou simples touristes voient le Plateau comme un environnement aidant à la transformation personnelle et à l’autoréalisation, particulièrement chez les locaux de 18-30 ans. Plus particulièrement, les membres appartenant à cette tranche d’âge conçoivent leurs propres interprétations de la mode et participent à un certains nombres de projets créatifs en vue de réaliser d’authentiques et véritables expressions de soi. Cependant, à cause de la commercialisation de la mode présentée pour les consommateurs du Plateau, la jeune population perçoit le courant dominant du « hipster » comme n’étant plus l’authentique représentation à leur course à l’authenticité individuelle dans un monde en perpétuel globalisation. La chercheuse a découvert l’existence d’une idéologie de l’individu restreint à ce quartier. Vu l’animosité présente parmi la population locale du Plateau pour le courant principal hipster...

Etnografia como prática e experiência

MAGNANI, José Guilherme Cantor
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.37%
Este artigo, a partir de alguns usos pouco ortodoxos da etnografia, fora do campo da antropologia, propõe uma discussão sobre a especificidade desse método de pesquisa, com base em pesquisas e reflexões realizadas sobre o tema no Núcleo de Antropologia Urbana da USP (NAU). Tomando como ponto de partida uma citação de Lévi-Strauss, repassa alguns autores - Goldman, Peirano, DaMatta, Favret-Saada, entre outros - para estabelecer parâmetros na busca de traços que considera específicos do fazer etnográfico e assim chega a três considerações principais: etnografia como experiência, como prática e com base numa certa noção de totalidade. O relato de uma etnografia sobre jovens surdos é apresentado para oferecer um suporte empírico àquelas conclusões.; Considering some less orthodox uses of ethnography, not belonging to the anthropological field, this article proposes a discussion on the specificities of the ethnographical research method, based on reflections and researches undertaken at the Urban Anthropology Nucleus (NAU). Taking a Lévi-Strauss's quotation as its starting point, it examines the ideas of authors like Goldman, Peirano, Da Matta, Favret-Saada, among others, in order to establish parameters to guide the search for specific features in the ethnographic métier. Such a discussion leads to three considerations: ethnography as experience...

Passagens pelas ruas de São Paulo em narrativas (auto)biográficas; Passages through the streets of São Paulo in (auto)biographical narratives

Hugo Ciavatta
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
Apresento uma etnografia de intenção biográfica sobre pessoas em situação de rua na cidade de São Paulo. Frequentando a sede da OCAS (Organização Civil de Ação Social), que edita a revista 'Ocas" - saindo das ruas', exemplares vendidos por pessoas em situação de rua, trazendo as histórias de uma seção da publicação e encontrando regularmente Esmeralda do Carmo Ortiz, que em 2000 publicou "Esmeralda - por que não dancei", uma narrativa de sua vida, cuja maior parte ela vivera nas ruas do centro da cidade, procuro refletir sobre essas narrativas (auto)biográficas à luz da antropologia urbana. Inicialmente, procuro encontrar a abordagem biográfica em antropologia para as narrativas de vida que trago ao longo da dissertação. Em seguida, no primeiro capítulo, faço um percurso analítico que combina um recorte da antropologia urbana dedicada ao universo dos moradores de rua, em São Paulo, especialmente, em que aponto os usos que essa área faz de "biográfico". Nos capítulos seguintes, então, apresento a etnografia das narrativas (auto)biográficas. Primeiro, percorro as edições da revista publicada pela OCAS, especialmente na seção "Cabeça Sem Teto", dedicada às histórias de pessoas que estavam ou estiveram em situação de rua...

Producción de ciudad, cotidianidad y culturas populares: una revisión preliminar

Francisco Javier Franco Silva; Escuela superior de administración pública, esap, bogotá (colombia); Luz Magnolia Pérez Salazar; Universidad Pedagógica nacional, bogotá (colombia)
Fonte: Universidad del Norte Publicador: Universidad del Norte
Tipo: article; publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
46.43%
ResumenEste artículo hace un balance de los trabajos que desde el urbanismo y la antropología de las ciudades han abocado problemáticas y temáticas propias de la producción de ciudades, la cotidianidad y las culturas populares. La tarea está en examinar cómo se transforma la ciudad desde el barrio popular. La revisión se remonta a los clásicos del urbanismo de la Escuela de Chicago, pasando por las obras fundantes en Latinoamérica hasta concluir en los trabajos más significativos de antropología urbana en Colombia. En este último aparte se plantea la discusión aún presente entre la antropología en la ciudad frente a la antropología de la ciudad. El trabajo deja previstos los filos de un proyecto ulterior en el que se formula la conveniencia de avanzar en la revisión de estudios sobre la emergencia de nuevas subjetividades en las ciudades y las tensiones entre lo tradicional frente a los discursos y las prácticas de la modernidadAbstractThis article offers an overview of the numerous works from the fields of urbanism and urban anthropology that had analyzed topics and phenomena related to the production of cities, everyday life and popular culture. The author tries to focus on the ways the city is shape from the “barrios”. The range of this essay spans the birth of the genre in the Chicago school and the founding literature from Latin America to the most notorious works made in Colombia. In this last regard the author acknowledges the still important discussion of the anthropology in the city vs. anthropology of the city. The article gives a sense of the future enterprises about the convenience of studying the birth of new subjectivities in the urban realm and the conflicts between the traditional perspectives and the discourses and modernity praxis.

Urban anthropology: interdisciplinarity and boundaries of knowledge

Velho,Gilberto
Fonte: Associação Brasileira de Antropologia (ABA) Publicador: Associação Brasileira de Antropologia (ABA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 EN
Relevância na Pesquisa
46.37%
This text deals with the complexity and development of Urban Anthropology. It is also an account of the author's career and his relations with different fields of knowledge, not only Social Sciences like Sociology and Political Science, but also Literature, Philosophy, History and the Arts in general. The text emphasizes the importance of crossing borders and frontiers as a way of enriching different lines of research and thought. Among other groups he cites the Chicago School of Sociology and British Social Anthropology as important examples of interdisciplinary work. The author draws attention to the complexity and heterogeneity of modern contemporary society and to the importance of mobilizing different traditions of work and research, especially when dealing with urban studies centred on the big cities and metropolises.

Drawing the city: a proposal for an ethnographic study in Rio de Janeiro

Kuschnir,Karina
Fonte: Associação Brasileira de Antropologia (ABA) Publicador: Associação Brasileira de Antropologia (ABA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 EN
Relevância na Pesquisa
46.48%
Drawing the city is a proposal for an ethnographic research project in Rio de Janeiro. I begin by mapping the production of an international group calling themselves ‘urban sketchers,' whose collective project extols drawing as a form of looking, knowing and registering the experience of living in cities. Next I show the connections between art and anthropology, as well as their relation to cities and to Rio de Janeiro in particular. The sources and bibliography on the themes of the social history of art, drawing, visual anthropology and urban anthropology are also discussed. Setting out from the latter area, I present the possibilities for undertaking an ethnography that contributes to our comprehension of the graphic and symbolic narratives of urban life.

"A gente já nasce lutando": a desocupação do Pinheirinho, a política entre o formal e o informal;

Andrade, Inácio Dias de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
O artigo pretende analisar a reintegração de posse do terreno conhecido como Pinheirinho, em São José dos Campos, São Paulo. Local de moradia de cerca de seis mil sem-teto, a desocupação não só se constituiu em uma ação violenta do governo do estado, como também mobilizou inúmeras concepções de mundo políticas, que se chocaram com ares de dramaticidade.Recuperando etnografias passadas e comparando-as com estudos urbanos recentes e com o contexto neoliberal atual, a análise pretende oferecer uma visão antropológica do conflito e reconstituir o pano de fundo simbólico que legitimou a ação governamental e possibilitou o confronto aberto entre forças estatais e ocupantes.; This article analyzes the repossession of the terrain knew as Pinheirinho in São José dos Campos, São Paulo – Brazil. The land was the residence of approximately six thousand homeless persons. The ownership restoring process was not only a violent action of the state government, but also mobilized many political world views that collided with dramatic proportions.Recovering past ethnographies and comparing them to recent urban studies and the current neoliberal context, this analysis offers an anthropological view of the conflict and reconstitutes the symbolic background that legitimized the government’s action and allowed an open confrontation between government’s forces and occupiers.

O urbano em questão na antropologia: interfaces com a sociologia

Frúgoli Jr., Heitor
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2005 POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
O artigo aborda temas em torno da dimensão urbana na antropologia, explorando diálogos de fronteira entre tal disciplina e a sociologia em três momentos específicos: o primeiro sobre as décadas iniciais da Escola de Chicago, época de definição de uma pauta de pesquisas etnográficas sobre a cidade e a cultura urbana, com investigações pioneiras sobre a segregação socioespacial, com ênfase no conceito de gueto; no segundo, analisam-se interfaces entre a antropologia e a sociologia urbanas em São Paulo, nas décadas de 1970 e 1980, em torno do tema da periferia, com a produção de pesquisas marcadas pela polarização entre os conceitos de cultura e ideologia; finalmente, enfocam-se desafios contemporâneos à antropologia urbana, buscando-se retomar tópicos de um diálogo disciplinar que ocorre apenas implicitamente, bem como reaver o tema da periferia, tendo em vista fenômenos recentes que implicam tomá-la simultaneamente como espacialidade, processo e conjunto polifônico de representações nativas.; The article deals with subjects regarding the urban sphere in anthropology by exploring dialogues between this discipline and sociology in three specific moments. The first one refers to the initial decades of the so-called Chicago School...

A metrópole sob o olhar do antropólogo;

Magnaini, José Guilherme Cantor
Fonte: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social Publicador: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.2%
From a conventional view that circumscribes the anthropological investigation to small-scale populations and communities, this article raises the question of whether the ethnographic method can be successfully applied to the complex realities of contemporary metropolises. Therefore, we present some strategies developed by Urban Anthropology. Also, an ethnographic experiment allows us to conclude that it is possible – from a close-up and from-within perspective – to apprehend logics that would go unnoticed from the macro-approach of other disciplines.; A partir da visão convencional que reserva ao antropólogo o estudo de povos de pequena escala, no contexto de pequenas comunidades, o artigo levanta a questão de se o método etnográfico pode ser aplicado, com proveito, à realidade das atuais metrópoles em toda a sua complexidade. Para tanto, são apresentadas algumas estratégias desenvolvidas pela antropologia urbana e, a partir de um “experimento de inspiração etnográfica”, conclui-se que, em virtude do “olhar de perto e de dentro” que o orienta, é possível captar lógicas da dinâmica urbana que passariam despercebidas na perspectiva de disciplinas de enfoque macro.

A antropologia urbana e os desafios da metrópole

Magnani, José Guilherme Cantor
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2003 POR
Relevância na Pesquisa
46.63%
O texto analisa a situação da disciplina antropologia urbana no campo das ciências sociais e sua contribuição para o estudo e a compreensão do fenômeno urbano, principalmente no caso das grandes metrópoles contemporâneas. O eixo da argumentação é o de que, para realizar essa tarefa, a antropologia urbana tem à sua disposição o método etnográfico, porém o desafio é aplicar essa abordagem sem cair na "tentação da aldeia", isto é, a de buscar na heterogênea realidade das grandes cidades as condições da aldeia - pequenos grupos, contextos limitados - supostamente identificadas com o enfoque etnográfico. Vários exemplos de pesquisas recentes sobre a cidade de São Paulo, realizados no Núcleo de Antropologia Urbana (NAU) e no Departamento de Antropologia da USP são apresentados para mostrar as potencialidades da aplicação de conceitos, técnicas e métodos desenvolvidos na antropologia e, em particular, na antropologia urbana, para o estudo de formas de sociabilidade e práticas culturais na escala da metrópole.; State of the art of urban anthropology as a subject in the field of social sciences and its contribution to the study and understanding of the urban phenomenon, mainly in the case of great contemporary metropolises. Urban anthropology has at its disposal the ethnographic method but the challenge is to apply this approach without falling into the ' village temptation'...