Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.145 segundos

O porco-espinho, o menino do furacão e outras histórias: quadros de uma exposição psicanalítica.; The porcupine, the boy in the hurricane and other stories: pictures at a psychoanalytic exhibit.

Agostinho, Marcelo Lábaki
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2003 PT
Relevância na Pesquisa
45.62%
Este trabalho de Dissertação de Mestrado objetivou investigar as entrevistas iniciais realizadas com as famílias que buscavam atendimento para um dos filhos, no período de julho de 1997 a junho de 2001, na Clínica Psicológica Dr Durval Marcondes, do Departamento de Psicologia Clínica do IPUSP e em consultório particular. Fundamenta-se na leitura da obra de D. W. Winnicott, que traz importantes contribuições para a psicanálise contemporânea. Realiza uma crítica aos modelos de triagens existentes nas Clínicas-Escola e em outras instituições, destacando o caráter de exclusão dessa prática. Discute, também, aspectos da dinâmica e função da família do ponto de vista de D.W. Winnicott. A metodologia que embasou o trabalho utiliza-se do método psicanalítico para fundamentar a pesquisa de práticas clínicas diferenciadas e inovadoras. Recorre, ainda, às idéias de Walter Benjamim sobre o valor da narrativa como forma de partilhar experiências inter-humanas. Há o relato de cinco casos que ilustram a prática de consultas psicoterapêuticas com famílias. Na discussão dos casos não se pretende esgotar as compreensões destes, mas apontar possíveis sentidos. Discute-se, também, o modelo de intervenções usadas nesse trabalho...

Tempos da política: memórias de militantes estudantis do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo; Political times: memories of student activists from the University of São Paulo\'s Psychology School

Mortada, Samir Perez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
125.82%
Esta pesquisa apresenta memórias de militantes estudantis do curso de psicologia da Universidade de São Paulo. Inspirada metodologicamente no livro Memória e Sociedade: lembranças de velhos, de Ecléa Bosi, procura estabelecer interlocuções temporais acerca da experiência política durante a graduação, a partir de lembranças de diferentes épocas e contextos de engajamento. Foram realizadas dez entrevistas de memória (abertas e com roteiro). O centro do trabalho é composto por quatro delas, realizadas com militantes mais velhos, atuantes nas décadas de 1960 e 1970. A partir dessas lembranças, procurou-se estabelecer campos de sentido, temas de estudo a partir dos quais fosse possível interlocução entre presente e passado. São eles: a condição estudantil, a universidade, a política estudantil, os contrastes sociais vividos pelos estudantes, a graduação em psicologia, o sofrimento do militante, os destinos políticos de militantes jovens e velhos. Durante as interpretações, comparecem trechos das demais entrevistas (também abertas e com roteiro), realizadas com seis militantes mais novos, atuantes nas décadas de 1980 e 1990. Tendo em vista a trajetória do pesquisador, este estudo pretende-se uma tentativa...

Entrevista familiar como facilitadora no processo de triagem de uma clínica escola; Entrevista familiar como facilitador en el proceso de triaje en una clinica escuela; Family interview as a facilitator in the process of screening at a school clinic

Scaglia, Andressa Pin; Mishima, Fernanda Kimie Tavares; Barbieri, Valéria
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.68%
The family has a major role in the emotional development of children and is able to play a facilitating role in understanding their symptomatology. This work presents a family diagnosis interview as a technique used in the process of screening children in a school clinic to assist the understanding of the case attended. For this, it will be presented a clinical case of an eight-year-old male who was seen in the "Serviço de Triagem e Atendimento Infantil e Familiar" (STAIF) of the Center of Research and Psychology (CPA) of FFCLRP of São Paulo's University (USP).; A família possui um papel de grande relevância no desenvolvimento emocional da criança, é capaz de desempenhar um papel facilitador na compreensão de sua sintomatologia. O presente trabalho apresenta a entrevista familiar diagnóstica como uma técnica utilizada no processo de triagem infantil em uma clínica-escola a fim de facilitar a compreensão do caso atendido. Para tanto, apresentar-seá um caso clínico de uma criança de oito anos de idade, do sexo masculino, que foi atendida no Serviço de Triagem e Atendimento Infantil e Familiar (STAIF) do Centro de Pesquisa e Psicologia Aplicada (CPA) da FFCLRP da Universidade de São Paulo (USP).; La familia tiene un papel de gran importancia en el desarrollo emocional del niño y es capaz de desempeñar un papel facilitador en la compreensión de su sintomatología. El presente trabajo muestra la entrevista familiar diagnostica como una técnica usada en el proceso de selección infantil en una clínica escuela com el objetivo de facilitar la comprensión del caso estudiado. Para esto se presenta un caso clínico de un niño de ocho años de edad que fue atendido en el "Serviço de Triagem e Atendimento Infantil e Familiar" (STAIF) del Centro Pesquísa y Psicologia Aplicada (CPA) de la FFCLRP de la Universidade de São Paulo (USP).

CONTRIBUIÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO SANITÁRIA NA FACULDADE DE HIGIENE E SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO; CONTRIBUIÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO SANITÁRIA NA FACULDADE DE HIGIENE E SAÚDE PÚBLICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

Mascarenhas, Rodolfo dos Santos; Freitas, Adélia Vieira de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1959 POR
Relevância na Pesquisa
45.75%
Os AA. estudaram a evolução do ensino da educação sanitária na atual Faculdade de Higiene e Saúde Pública, desde 1925, dividindo-a nas seguintes etapas: I - Fase de 1925 a 1939: Em 1925, existindo sómente uma escola de enfermagem no país, o Prof. Geraldo H. de Paula Souza, então Diretor do Serviço Sanitário do Estado e Professor de Higiene da Faculdade de Medicina, criou um Curso de Educadores Sanitários selecionando para o mesmo professôres primários. Êstes, após um ano de curso, exerciam atividades nos centros de saúde criados na mesma data. Apesar de existir uma disciplina denominada Ética, Educação c Administração Sanitárias, não foram ministradas aulas específicas de educação sanitária. II - Fase de 1940 a 1945 - A disciplina Educação Sanitária foi criada para êssc curso em 1939 c durante êsse período foi ministrada por profissionais que exerciam atividades em outros setores do Centro de Aprendizado, do então Instituto de Higiene. Alguns dêsses profissionais ocasionais eram diplomados pelo Curso de Educadores Sanitários, outros tinham curso de enfermagem nos Estados Unidos ou Canadá.III - Fase de 1946 a 1950 - Foi permitido o ingresso no Curso de Educadores Sanitários aos alunos com diploma de curso colegial...