Página 1 dos resultados de 19 itens digitais encontrados em 0.047 segundos

Bioactivity and potential therapeutic benefits of some medicinal plants from the Caatinga (semi-arid) vegetation of Northeast Brazil: a review of the literature

Silva,Maria I. G.; Melo,Carla T. V. de; Vasconcelos,Leonardo F.; Carvalho,Alyne M. R. de; Sousa,Francisca C. F.
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 EN
Relevância na Pesquisa
56.16%
Medicinal plants have been used in traditional medicine for several thousand years all over the world. In this sense, information from Brazilian ethnic groups on folk medicine have contributed to the discovery of pharmacological activities from various plant-derived agents potentially leading to the innovative drugs. The Caatinga (semi-arid) vegetation is a highly threatened biome, covering a vast area in northeastern Brazil and has suffered from strong human influence for many decades. Many plants species found in the Caatinga have been widely used in folk medicine and for commercial manufacturing of phytotherapeutic products. Thus, the present review aims to disseminate to the scientific community some known species of medicinal plants found in the Caatinga that have been studied and analyzed in pharmacological scientific assays. Among the species that stood out for their local importance and multiplicity of uses were: Amburana cearensis (umburana-de-cheiro), Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan (angico-branco), Anacardium occidentalis L. (cajueiro), Bauhinia forficata Link (mororó), Cissus sicyoides L. (insulina-vegetal), Myracrodruon urundeuva Allemão (aroeira-do-sertão) and Zingiber officinalis L. (gengibre). The present study shows that several herbal constituents from Caatinga plants...

Micropropagação de umburana de cheiro

Campos,Vania Celene Alecrim; Lima-Brito,Alone; Gutierrez,Ingrid Estefania Mancia de; Santana,José Raniere Ferreira de; Souza,Ana Valéria Vieira de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
86.58%
Umburana-de-cheiro é uma espécie nativa da Caatinga, amplamente utilizada pela população local, devido o valor madeireiro, ornamental, forrageiro e, principalmente medicinal. Considerando o significativo risco de extinção e a inexistência de estudos relacionados ao cultivo e propagação, objetivou-se com este trabalho estabelecer um protocolo para micropropagação de Amburana cearensis. Para isso, avaliou-se a influência do regulador vegetal 6-benzilaminopurina (BAP) em cinco concentrações (0,0; 2,22; 4,44; 8,88 e 17,76µM) sobre a multiplicação in vitro de diferentes explantes (segmento nodal, ápice caulinar e segmento cotiledonar) e na etapa de enraizamento testou-se diferentes concentrações de ácido indol butírico (AIB) (0,0; 2,5; 5,0 e 10,0µM) na presença e ausência de 1,0g L-1 de carvão ativado. Maior número de brotos (2,36) foi obtido na presença de 4,44µM de BAP, a partir do segmento cotiledonar e maior porcentagem de enraizamento (92,0%) ocorreu na presença de 10,0µM de AIB na ausência de carvão ativado. Não existiram dificuldades para o estabelecimento do protocolo de micropropagação de A. cearensis.

Quantificação da cumarina no xarope de cumarí utilizando cromatografia líquida de alta eficiência.

SOUZA, W. B. de; CANUTO K. M.; MAFEZOLI, J.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 25., 2002, Poços de Caldas. Anais... Poços de Caldas: SBQ, 2002. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA, 25., 2002, Poços de Caldas. Anais... Poços de Caldas: SBQ, 2002.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.17%
2002

Distribuição da variabilidade genética da umburana-de-cheiro no semi-árido brasileiro, com base em marcadores RAPD.

SANTOS, C. A. F.; OLIVEIRA, V. R. de.
Fonte: In: ENCONTRO DE GENÉTICA DO NORDESTE, 17., 2006, Recife. Conhecimentos para o novo milênio: [resumos]. Recife : SBG, 2006. 1 CD-ROM. Publicador: In: ENCONTRO DE GENÉTICA DO NORDESTE, 17., 2006, Recife. Conhecimentos para o novo milênio: [resumos]. Recife : SBG, 2006. 1 CD-ROM.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.57%
2006

Ecologia da polinização de Amburana cearensis (Fr. Allem.) A. C. Smith. na Reserva Legal do Projeto Salitre, Juazeiro, BA.

DIAS, C. T. de V.; SILVA, P. P. da; LÚCIO, A. A.; KIILL, L. H. P.; SIQUEIRA, K. M. M. de.
Fonte: In: REUNIÃO NORDESTINA DE BOTÂNICA, 30., 2007, Crato. Uso sustentável da flora e inclusão social: programa e resumos. Crato: Universidade Regional do Cariri: SBB, 2007. 1 CD-ROM. Publicador: In: REUNIÃO NORDESTINA DE BOTÂNICA, 30., 2007, Crato. Uso sustentável da flora e inclusão social: programa e resumos. Crato: Universidade Regional do Cariri: SBB, 2007. 1 CD-ROM.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.16%
2007

Variabilidade genética, com base em marcadores RAPD, de três espécies arbóreas ameaçadas de extinção no semi-árido brasileiro.

SANTOS, C. A. F.; OLIVEIRA, V. R. de; KIILL, L. H. P.; SÁ, I. I. S.
Fonte: Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 74, p. 37-44, jun. 2007. Publicador: Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 74, p. 37-44, jun. 2007.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.93%
A pressão sobre os recursos genéticos do bioma caatinga é bastante acentuada seja devido às condições sócio-econômicas dos habitantes, seja devido à pressão para o estabelecimento de atividades produtivas. O objetivo deste trabalho foi estudar a dispersão da variabilidade genética no Semi-Árido brasileiro para as espécies umburana-de-cheiro Amburana cearensis (Fr. Allem.) A.C. Smith), aroeira (Myracrodruon urundeuva M. Allem.) e baraúna (Schinopsis brasiliensis Engl.), com base no marcador de DNA tipo RAPD, para subsidiar estratégias de prospecção e preservação da variabilidade genética das mesmas. Foram analisados 29 indivíduos de umburana-de-cheiro, coletados em cinco diferentes regiões, e 52 indivíduos para aroeira e para baraúna, coletados em 11 ecorregiões definidas pelo Zoneamento Agroecológico do Nordeste, adotando-se para visualização de grupos o procedimento multidimensional ?scaling? (MDS), considerando a matriz de dissimilaridade do coeficiente de Jaccard. Diante das dificuldades para amostragem dos indivíduos, sugere-se que os esforços para estratégias de preservação devam priorizar, numa escala decrescente de importância, a umburana-de-cheiro, a aroeira e a baraúna. Os resultados obtidos para as três espécies sugerem que os indivíduos apresentam diferenças no padrão de bandas em função da região de amostragem...

Armazenamento de sementes de umburana de cheiro (Amburana cearensis (Arr. Cam.) A. C. Smith, Fabaceae) em diferentes embalagens e ambientes.

DANTAS, B. F.; LOPES, A. P.; LÚCIO, A. A.; SILVA, F. F. S. da; SOUZA, Y. A. de.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 59.; REUNIÃO NORDESTINA DE BOTÂNICA, 31.; CONGRESSO LATINOAMERICANO Y DEL CARIBE DE CACTÁCEAS Y OTRAS SUCULENTAS, 4.; CONGRESS OF INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR SUCULENT PLANT STUDY, 30., 2008, Natal. Atualidades, desafios e perspectivas da botânica no Brasil: anais. Natal: UFERSA: UFRN: SBB, 2008. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 59.; REUNIÃO NORDESTINA DE BOTÂNICA, 31.; CONGRESSO LATINOAMERICANO Y DEL CARIBE DE CACTÁCEAS Y OTRAS SUCULENTAS, 4.; CONGRESS OF INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR SUCULENT PLANT STUDY, 30., 2008, Natal. Atualidades, desafios e perspectivas da botânica no Brasil: anais. Natal: UFERSA: UFRN: SBB, 2008.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.58%
2008

Efeito das condições de armazenamento na germinação de sementes de umburana de cheiro (Amburana cearensis (Arr. Cam.) A.C. Smith.- Leguminosae).

LÚCIO, A. A.; LOPES, A. P.; SILVA, F. F. S. da; DANTAS, B. F.
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 2., 2007, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2007. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 2., 2007, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
107.02%
As sementes geralmente apresentam, por ocasião da maturidade fisiológica, a máxima qualidade, em termos de peso de matéria seca, germinação e vigor. A partir deste período, tende a ocorrer uma queda progressiva da qualidade devido ao processo de deterioração. Assim, as sementes devem ser armazenadas adequadamente, a fim de reduzir ao mínimo o processo de deterioração. Este experimento foi realizado no Laboratório de Análises de Sementes da Embrapa Semi-Árido, Petrolina-PE, com o objetivo de avaliar a germinação de sementes de umburana de cheiro (Amburana cearensis (Arr. Cam.) A.C. Smith) após armazenamento em diferentes condições. As sementes de umburana-de-cheiro foram coletadas em plantas matrizes na localidade de Barra Bonita (90° 15? S, 36° 47? W), Lagoa Grande ? PE. Em seguida, foram beneficiadas e armazenadas em duas embalagens (sacos de plástico e de papel), sob três condições distintas: câmara fria (10±1°C e 77±1% UR), laboratório (30±5°C e 66±5% UR) e sala de germinação (20±1°C e 86±2% UR), durante 3, 6, 9 e 12 meses. Antes e após os períodos de armazenamento, as sementes foram avaliadas quanto à germinação (%) e ao teor de água. A germinação das sementes de umburana de cheiro foi afetada pelo ambiente de armazenamento...

Comportamento fisiológico de sementes de Umburana-de-Cheiro Amburana cearensis All. (Leguminosae) submetidas a diferentes temperaturas de germinação.

LÚCIO, A. A.; SILVA, F. F. S. da; RIBEIRO, L. S.; DANTAS, B. F.; KIILL, L. H. P.
Fonte: In: SEMINÁRIO PANAMERICANO DE SEMENTES, 20., 2006, Fortaleza, CE. Resumos... Brasília, DF: Associação Brasileira de Sementes e Mudas - ABRASEM, 2006. Publicador: In: SEMINÁRIO PANAMERICANO DE SEMENTES, 20., 2006, Fortaleza, CE. Resumos... Brasília, DF: Associação Brasileira de Sementes e Mudas - ABRASEM, 2006.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.57%
2006

Efeito da temperatura na germinabilidade de sementes de leguminosas florestais da caatinga.

SILVA, F. F. S. da; BRUNO, R. L. A.; LOPES, A. P.; LIRA, M. A. P.; ARAÚJO, M. do N.; SILVA, P. P. da; OLIVEIRA, D. A. B. de; REIS, R. C. R.; SOUZA, Y. A. de; DANTAS, B. F.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FISIOLOGIA VEGETAL, 12., 2009, Fortaleza. Desafios para produção de alimentos e bioenergia. Fortaleza: SBFV: UFC: Embrapa Agroindústria Tropical, 2009. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FISIOLOGIA VEGETAL, 12., 2009, Fortaleza. Desafios para produção de alimentos e bioenergia. Fortaleza: SBFV: UFC: Embrapa Agroindústria Tropical, 2009.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.17%
2009

Plantas da caatinga ameaçadas de extinção e sua associação com polinizadores.

KIILL, L. H. P.
Fonte: In: SEMANA DOS POLINIZADORES, 2., 2010, Petrolina. Palestras... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2010. Publicador: In: SEMANA DOS POLINIZADORES, 2., 2010, Petrolina. Palestras... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2010.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 59-71.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.14%
2010

Conservação de umburana-de-cheiro em Banco Ativo de Germoplasma na Embrapa Semiárido.

SOUZA, D. D. de; OLIVEIRA, F. J. V. de; SILVA, N. B. G. da; SOUZA, A. V. de
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 6., 2011, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2011. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 6., 2011, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 103-107.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.8%
O objetivo deste trabalho foi iniciar a instalação de um Banco Ativo de Germoplasma (BAG) para a conservação ex situ de acessos de umburana-de-cheiro na Embrapa Semiárido, a fim de amenizar o risco de erosão genética e fornecer subsídios para atender às demandas futuras por parte das indústrias farmacêuticas e de cosméticos. Para isso foram utilizadas sementes coletadas em Petrolina, PE, Juazeiro, BA e Lagoa Grande, PE. Antes da instalação do BAG foram tomados o peso e alguns dados morfológicos, como espessura, comprimento e largura de 100 sementes e realizada a semeadura dos acessos para a formação das mudas, que permaneceram no viveiro por 90 dias. Após a permanência em condição de pleno sol por 30 dias, no período do verão, as mudas foram plantadas na área definitiva de implantação do BAG no Campo Experimental da Caatinga, sendo utilizadas duas plantas de cada acesso. A taxa de germinação das sementes no viveiro foi de 66,15% e de mortalidade das plantas após a implantação do BAG de 4,61%.; 2011

Efeito do tipo de selamento do recipiente de cultura no desenvolvimento in vitro de plantas de Umburana de cheiro.

SOUZA, A. V. de; OLIVEIRA, F. J. V. de; SOUZA, D. D. de; SILVA, N. B. G. da
Fonte: In: SIMPÓSIO DE PLANTAS MEDICINAIS DO VALE DO SÃO FRANCISCO, 3., 2011, Juazeiro. Resumos... Juazeiro: UNIVASF: NEPLAME, 2011. Publicador: In: SIMPÓSIO DE PLANTAS MEDICINAIS DO VALE DO SÃO FRANCISCO, 3., 2011, Juazeiro. Resumos... Juazeiro: UNIVASF: NEPLAME, 2011.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.58%
2011

Efeito do meio de cultura e sacarose no crescimento e desenvolvimento in vitro de umburana-de-cheiro.

SILVA, F. P. da; SANTOS, M. C.; SOUZA, A. V. de
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 7.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACEPE/UNIVASF, 1., 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 7.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACEPE/UNIVASF, 1., 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; p. 61-66.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
126.8%
O objetivo desse trabalho foi avaliar a influência de meios de cultura e de concentrações de sacarose no crescimento e desenvolvimento in vitro de plântulas de Amburana cearensis. O experimento foi conduzido no laboratório de Biotecnologia da Embrapa Semiárido, Petrolina, PE, em delineamento experimental inteiramente casualizado, com oito tratamentos, seis repetições e cinco explantes/parcela. Os tratamentos foram: T1 - MS + 30g de sacarose, T2 - MS + 15g de sacarose, T3 ? MS com metade da concentração dos sais (MS/2) + 30g de sacarose, T4 - MS/2 + 15g de sacarose, T5 - WPM + 30g de sacarose, T6 - WPM + 15g de sacarose, T7 ? WPM com metade da concentração dos sais (WPM/2) + 30g de sacarose, T8 - WPM/2 + 15g de sacarose. Aos 30 dias da instalação do experimento, avaliaram-se: comprimento da parte aérea, número de brotos, número de gemas, massa fresca e massa seca da planta. Houve diferença estatística apenas para o comprimento da parte aérea e número de gemas. O tratamento T7 apresentou média superior para o número de gemas (3,97). Meios de cultura com menores concentrações de sais e a concentração padrão de sacarose podem ser indicados para a micropropagação da umburana-de-cheiro.; 2012

Fungos associados às sementes de umburana-de-cheiro.

PINHEIRO, G. S.; ANGELOTTI, F.; BARBOSA, L. G.; FERNANDES, H. A.; DANTAS, B. F.
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 7.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACEPE/UNIVASF, 1., 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 7.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACEPE/UNIVASF, 1., 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 289-293.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.93%
A umburana-de-cheiro, além de suas propriedades medicinais, pode ser utilizada na recuperação de áreas degradadas. A presença de fungos em sementes dessas plantas pode reduzir o seu poder germinativo, causar a morte de plântulas ou transmitir doenças para plantas adultas. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência de fungos em sementes de Amburana cearenses, sob diferentes temperaturas. As sementes foram previamente desinfestadas com hipoclorito de sódio a 1% e plaqueadas em caixas gerbox contendo papel filtro umedecido em água esterilizada. As caixas gerbox foram armazenados nas temperaturas de 15 °C, 20 °C, 25 °C, 30 °C e 35 °C, sob fotoperíodo de 12 horas. Os fungos foram identificados, em gênero, com base nas suas características morfológicas visualizadas sob microscópio óptico. O delineamento experimental adotado foi inteiramente casualizado, com quatro repetições de 20 sementes. Os gêneros fúngicos: Penicillium (8,75%), Aspergillus (21,25%), Rhizopus (50%) e Paecilomyces (7,5%) foram identificados, associados às sementes de umburana-decheiro. Observou-se que Rhizopus sp. apresentou maior incidência e foi identificado em todas as temperaturas. A alta incidência de fungos de armazenamento sugere a adoção de medidas sanitárias...

Produção de mudas de umburana-de-cheiro em diferentes recipientes e substratos.

SOUZA, D. D. de; SILVA, N. B. G. da; OLIVEIRA, F. J. V. de; SOUZA, A. V. de
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 7.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACEPE/UNIVASF, 1., 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 7.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACEPE/UNIVASF, 1., 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.; p. 171-176.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.7%
Avaliaram-se os tipos de recipientes (tubetes e sacos de polietileno) e substratos (solo + areia, solo + substrato comercial, areia + substrato comercial e solo) na produção de mudas de umburana-decheiro (Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com dez repetições e uma semente por repetição, totalizando 80 sementes. Sessenta dias após a semeadura, foram avaliados o diâmetro do colo, o comprimento da parte aérea, o comprimento da raiz, a biomassa fresca da parte aérea, a biomassa fresca da raiz, a biomassa seca da parte aérea e a biomassa seca da raiz. As variáveis avaliadas para o tipo de recipiente não apresentaram diferenças significativas, com exceção da biomassa seca da parte aérea do saco de polietileno, que apresentou melhor resultado. Em relação aos tipos de substratos, apesar de não haver diferença estatística, o substrato solo obteve média superior aos demais tratamentos em relação às variáveis biomassa fresca e seca da parte aérea. Conclui-se que as mudas de A. cearensis podem ser produzidas em tubete ou saco de polietileno e que a semeadura pode ser feita em solo + areia, solo + substrato comercial, areia + substrato comercial ou solo.; 2012

Microflora fúngica de sementes de umburana-de-cheiro.

PINHEIRO, G. S.; ANGELOTTI, F.; BARBOSA, L. G.; FERNANDES, H. A.; DANTAS, B. F.
Fonte: In: WORKSHOP DE SEMENTES E MUDAS DA CAATINGA, 4, 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2014. Publicador: In: WORKSHOP DE SEMENTES E MUDAS DA CAATINGA, 4, 2012, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2014.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 137-140.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.67%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência de fungos em sementes de A. cearenses.; 2014

Amburana cearensis: uma revisão química e farmacológica

Almeida, Jackson Roberto Guedes da Silva; Guimarães, Adriana Gibara; Quintans, Jullyana de Souza Siqueira; Santos, Márcio Roberto Viana dos; Lima, Julianeli Tolentino de; Nunes, Xirley Pereira; Quintans-Júnior, Lucindo José
Fonte: Universidade Federal de Sergipe Publicador: Universidade Federal de Sergipe
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.57%
Amburana cearensis, conhecida popularmente como “umburana-de-cheiro” ou “cumaru”, é uma planta arbórea amplamente distribuída no Nordeste brasileiro, sua madeira é utilizada na movelaria e tem apreciáveis propriedades terapêuticas na medicina popular. Vários compostos já foram isolados e identificados da A. cearensis, incluindo: ácido protocatecuico, cumarinas, flavonóides (isocampferídeo, campferol, afrormosina, 4’-metoxi-fisetina e quercetina) e glicosídeos fenólicos (amburosídeo A e B), entre outros. Apresenta atividade antiinflamatória, analgésica, antiespasmódica e broncodilatadora. Apesar de sua importância econômica e farmacológica, poucos estudos são encontrados na literatura especializada. Portanto, o presente trabalho buscou fazer uma revisão da química e farmacologia dessa espécie vegetal

Fenologia reprodutiva e dispersão das sementes de quatro espécies da Caatinga consederadas como ameaça de extinção.

KIILL, L. H. P.
Fonte: Informativo Abrates, Brasília, DF, v. 22, n. 3, p. 12-15, dez. 2012. Publicador: Informativo Abrates, Brasília, DF, v. 22, n. 3, p. 12-15, dez. 2012.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.17%
Estudos fenológicos são importantes para compreender a dinâmica dos ecossistemas, uma vez que estudam a ocorrência dos eventos biológicos repetitivos e suas causas em relação às forças seletivas bióticas e abióticas. Para a Caatinga, pouco ainda se sabe sobre a fenologia reprodutiva das plantas e suas interações com o ambiente. Aqui são apresentadas informações sobre a fenologia de Myracrodruon urundeuva, Schinopsis brasiliensis (Anacardiaceae), Sideroxylon obtusifolium (Sapotaceae) e Amburana cearensis (Leguminosae), consideradas como espécies da Caatinga ameaçadas de extinção. Os estudos foram desenvolvidos na Reserva Legal do Projeto Salitre, no distrito de Juremal, em Juazeiro-BA, em populações naturais dessas quatro espécies. Os resultados obtidos mostraram que M. urundeuva, S. brasiliensis e A. cearensis apresentaram características de plantas decíduas enquanto que S. obtusifolium, por manter uma renovação de folhas ao longo das observações, foi considerada como decídua facultativa. Quanto à floração, esta foi registrada principalmente na estação seca, época em que a maioria das plantas da Caatinga não apresenta esta fenofase, indicando que essas espécies podem ser consideradas como importante fonte de pólen e néctar para a fauna local. A frutificação é do tipo anual...