Página 1 dos resultados de 1484 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Avaliação da idade gestacional através da fetometria pelo método de ultrassonografia em ovelhas da raça Hampshire Down (Ovis aries, Linnaeus - 1758); Assessment of gestational age by fetometry by the method of ultrasound in sheep on Hampshire Down breed (Ovis aries, Linnaeus - 1758)

Dupré, Andrezza Soares Araujo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
O presente estudo teve como objetivo correlacionar a fetometria com a idade gestacional, através da ultrassonografia em ovelhas. Foram utilizadas 49 fêmeas da raça Hampshire Down. Os animais foram submetidos à inseminação artificial e selecionados para o exame ultrassonográfico 48 dias após, para diagnóstico de gestação. Foram feitas as medidas de úmero em 25 fetos e de fêmur em todos os 49 fetos estudados, além de 44 medidas de diâmetro biparietal (DBP) e 10 medidas de circunferência abdominal (CA). A ultrassonografia de gestação em modo-B acompanhou com bastante precisão diversas modificações ocorridas durante o desenvolvimento embrionário, apresentando R2 = 0,89 para medidas feitas para úmero, R2 = 0,96 para medidas realizadas para fêmur, R2 = 0,86 para medidas de diâmetro biparietal e R2 = 0,89 para medidas de circunferência abdominal, concluindo que o fêmur é mais apropriado para a correlação com a idade gestacional. Ao se mostrar uma medida bastante confiável, correlacionamos o comprimento do fêmur com a gestação ovina dividida em três fases (Fase I, 48-68 dias; Fase II, 69-120 dias; Fase III, 121-151 dias), onde a Fase I apresentou □ ± 1,4; desvio-padrão 0,20 e intervalo de confiança 1...

Avaliação da eficácia da ultrassonografia no primeiro trimestre gestacional para detecção de artéria umbilical única; Ultrasound detection rate of single umbilical artery in the first trimester of pregnancy

Lamberty, Clarissa Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.43%
Objetivo: Calcular os valores preditivos da ultrassonografia de primeiro trimestre gestacional para a detecção da artéria umbilical única. Avaliar a relação dos marcadores ultrassonográficos de cromossomopatias do primeiro trimestre (translucência nucal, osso nasal e ducto venoso), além da idade gestacional do exame, CCN, sexo fetal, medida da bexiga fetal, alterações de morfologia e IMC da gestante, com a acurácia do diagnóstico no primeiro trimestre. Métodos: Estudo longitudinal prospectivo envolvendo 1.564 gestantes, que foram submetidas à ultrassonografia com avaliação do cordão umbilical entre 11 e 13 semanas e 6 dias, no período de novembro de 2007 a setembro de 2009. Posteriormente, realizaram a avaliação do cordão umbilical em ultrassonografia realizada no segundo ou terceiro trimestres. Foi verificada a concordância do diagnóstico de AUU no primeiro trimestre com o diagnóstico no segundo trimestre, calculando-se o coeficiente Kappa. Os testes qui-quadrado e exato de Fisher foram utilizados para verificar a existência de associação entre a acurácia da ultrassonografia de primeiro trimestre e as variáveis da ultrassonografia e da gestante (translucência nucal, osso nasal, ducto venoso, idade gestacional do exame...

Avaliação das características vasculares dos nódulos sólidos de mama com ultrassonografia Doppler pré e pós-injeção de contraste por microbolhas; Evaluation of vascular characteristics of breast masses with Doppler ultrasound before and after microbubble contrast injection

Stanzani, Daniela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
INTRODUÇÃO: O duplex-Doppler e a ultrassonografia com contraste são métodos pouco estudados em lesões mamárias. No entanto, em outros órgãos, têm se mostrado úteis na distinção entre lesões benignas e malignas. O objetivo deste trabalho é caracterizar os achados ao Doppler colorido pré e pós-contraste nos nódulos sólidos de mama, correlacionando-os com os resultados anatomopatológicos. MATERIAL E MÉTODOS: Setenta nódulos sólidos da mama foram avaliados por meio de ultrassonografia convencional e duplex-Doppler colorido antes e após a injeção do meio de contraste (ultrassonografia contrastada), no período compreendido entre março de 2007 e janeiro de 2008, e seus resultados foram comparados à análise histológica (padrão-ouro). Todas as pacientes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, aprovado pelo Comitê de Ética da FMUSP. O estudo ultrassonográfico modo B avaliou a morfologia do nódulo e o classificou conforme o léxico BI-RADS. Ao duplex-Doppler colorido observou-se a vascularização nodular, descrevendo-se o número de vasos presentes (0 = avascularizado; 1 ou 2 = hipovascularizado, 3 = hipervascularizado), sua morfologia (regular ou tortuoso) e sua distribuição (periférica ou central). Os índices de resistividade e a presença de vaso penetrante também foram avaliados. A partir de dados da literatura criou-se um critério de classificação que permitiu estratificá-los entre provavelmente benigno (nódulos avasculares ou hipovasculares...

Estudo comparativo entre a vaginoscopia, a ultrassonografia e a histopatologia para o diagnóstico da endometrite em vacas da raça Holandesa; Comparative study of vaginoscopy, ultrasonography and histopathology for the diagnosis of endometritis in Holstein Friesian cows

Meira Junior, Enoch Brandão de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
As enfermidades reprodutivas representam um entrave à produção de bovinos leiteiros, à medida que a enfermidade diminui a fertilidade dos rebanhos e causa muitos prejuízos ligados ao custo de tratamento e perda produtiva. Entre estas as endometrites possuem papel de destaque. Existem diferentes técnicas para o diagnóstico destas enfermidades como a palpação uterina por via transretal, a vaginoscopia, o cultivo microbiológico de fluidos uterinos, a biópsia uterina, a citologia endometrial e a ultrassonografia que variam em grau de praticidade, especificidade e sensibilidade. O presente trabalho teve por finalidade avaliar e comparar a vaginoscopia, ultrassonografia, a histopatologia e suas possíveis associações para o diagnóstico da endometrite através da determinação da sensibilidade, da especificidade e do coeficiente de concordância kappa utilizando a citologia endometrial como padrão ouro. Para este fim foi necessário desenvolver um método adaptado para avaliação do exame histopatológico de útero bovino. Neste estudo, 106 bovinos do sexo feminino da raça Holandesa, foram submetidos ao exame ginecológico. Destes animais, os que não apresentaram secreção vaginal de aspecto catarral foram submetidos ao exame ultrassonográfico...

Avaliação do volume e dos índices de vascularização dos rins fetais por meio da ultrassonografia tridimensional: proposta de valores de referência; Assessment of the volume and indices of vascularization of fetal kidneys by means of three-dimensional ultrasonography: proposal for reference values

Yoshizaki, Carlos Tadashi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
INTRODUÇÃO: A função renal fetal é avaliada tradicionalmente pelo aspecto ultrassonográfico, pela análise bioquímica da urina fetal, somada com o diagnóstico exato da natureza da lesão. A análise bioquímica da urina é uma avaliação invasiva e apresenta riscos maternos e fetais. A avaliação por meio da ultrassonografia é método não invasivo e a presença de oligoâmnio é indicativo de displasia renal grave, contudo, de diagnóstico tardio nos casos de patologia renal fetal. O volume renal fetal pode correlacionar-se com a sua função e pode ser avaliado por meio da ultrassonografia bidimensional. Entretanto, esse método apresenta subestimação no cálculo de volume, enquanto por meio da ultrassonografia tridimensional há maior precisão e acurácia em avaliar o volume renal fetal. A ultrassonografia Power Doppler tridimensional é o exame ideal para avaliar a vascularização de parênquima de órgãos fetais e pode ser útil na avaliação da função do rim fetal. OBJETIVOS: O presente estudo tem por objetivos utilizar a ultrassonografia tridimensional acoplado ao Power Doppler e elaborar curvas com valores de referência do volume e dos índices de vascularização dos rins fetais segundo a idade gestacional. MÉTODOS: Realizou-se estudo prospectivo e transversal em gestantes sem patologia...

Avaliação de escore corporal em equinos através da ultrassonografia; Evaluation of body condition score in horses by ultrasonography

Martins, Roberto Alexandre Díaz Toledo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Atualmente, a avaliação do treinamento e da nutrição dos cavalos de esporte, vem sendo amplamente estudada , no intuito de atingir o máximo desempenho dos cavalos de esporte nas competições. A composição corpórea muscular e de deposição de gordura, assim como em humanos, é um dos melhores indicativos deste desempenho. O escore de condição corporal (ECC) é um indicador subjetivo do estado corpóreo em equinos, baseado exclusivamente no depósito de gordura .A ultrassonografia tem demonstrado ser uma ferramenta de grande valor nesta avaliação.Com o objetivo de estudar a relação do escore corporal com medidas de espessura de gordura e músculos obtidas através da ultrassonografia em três raças distintas , utilizou-se 14 equinos Puro Sangue Inglês(PSI), 7 equinos Quarto de Milha(QM) e 10 equinos Puro Sangue Árabe(PSA) , com idade média de 3,5± 0,5 anos e peso médio de 471 quilos. Os animais foram avaliados por ultrassonografia em três regiões paralelas a coluna vertebral: espessura da gordura lombar(EGL), espessura do músculo glúteo(EMG) e espessura da gordura na cauda(EGC).As mensurações foram realizadas a cada 30 dias ,durante 60 dias. Os resultados mostraram um comportamento diferente entre as raças...

Estimativa do volume placentário e da vascularização placentária por meio da ultrassonografia tridimensional em gestação com síndromes hipertensivas; Assessment of placental volume and vascular indices by three-dimensional ultrasonography in pregnancies with hypertensive disorders

Pimenta, Eduardo Jorge de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Objetivo: Estimar o volume placentário e os índices de vascularização placentária em gestantes com síndromes hipertensivas, no segundo e terceiro trimestres gestacionais, e compará-los com os de gestantes sem morbidades (grupo controle). Métodos: Durante o período compreendido entre Abril de 2011 a Julho de 2012, foi realizado estudo clínico, prospectivo caso-controle envolvendo 62 gestantes hipertensas com idades gestacionais compreendidas entre 27 a 38 semanas e 66 gestantes hígidas na mesma faixa de idade gestacional. As gestantes foram submetidas à ultrassonografia para avaliação do volume placentário tridimensional calculado pelo método VOCAL, analisado mediante dois índices placentários, ou seja, volume placentário observado sobre esperado (VP o/e) e relação entre volume placentário sobre peso fetal (VP/PF), e também com quantificação da vascularização placentária por meio dos índices vasculares: índice de vascularização (IV), índice de vascularização e fluxo (IVF) e índice de fluxo (IF), utilizando ultrassom 3D power Doppler. Os critérios de inclusão foram gestações únicas com idade gestacional confirmada à ultrassonografia, sem malformações fetais e com diagnóstico do tipo de hipertensão...

Ultrassonografia transcraniana em cães e sua aplicação clínica em comparação ao exame tomográfico; Transcranial ultrasonography of dogs and clinical application compared to tomographic exam

Ghirelli, Carolina de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
O sistema nervoso central pode ser acometido por diversas afecções, como anomalias de desenvolvimento, doenças degenerativas, metabólicas, nutricionais, neoplásicas, inflamatórias e infecciosas. Os métodos de diagnóstico por imagem têm importante papel na complementação dos achados do exame neurológico dos animais com manifestações sugestivas de lesão intracraniana. A ultrassonografia é um meio difundido na medicina veterinária que tem sido utilizado com sucesso na avaliação do encéfalo de animais jovens. O método de tomografia computadorizada tem se tornado cada vez mais disponível para os animais de companhia, porém como desvantagem apontam-se o custo, a necessidade de anestesia e a produção de artefatos de imagem, especialmente na fossa caudal que prejudicam a avaliação do encéfalo. O objetivo do trabalho foi determinar as estruturas intracranianas observadas pelo exame ultrassonográfico transcraniano em cães sadios, identificar a artéria basilar pelo modo Doppler e estabelecer seu índice de resistividade; avaliar a aplicação deste método em comparação com os achados tomográficos em cães com manifestações neurológicas sugestivas de lesão intracraniana. Este trabalho consiste de três etapas...

Radiografia e ultrassonografia no diagnóstico da ruptura do ligamento cruzado cranial em cães

Oliveira, Rodrigo R.; Mamprim, Maria J.; Rahal, Sheila C.; Bicudo, Alexandre L. C.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 661-665
POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
Radiografia e ultrassonografia foram avaliadas como técnicas no diagnóstico por imagem na ruptura do ligamento cruzado cranial (LCCr) em cães. Vinte e cinco cães foram submetidos à radiografia e ultrassonografia e seus resultados foram comparados aos obtidos por artrotomia (teste padrão ouro). O exame radiográfico diagnosticou corretamente a lesão em 84% (21/25) dos casos, mas 16% (4/25) apresentaram resultado falso-negativo. O exame ultrassonográfico foi capaz de diagnosticar acertadamente 76% (19/25) dos casos, e sugeriu a ruptura do LCCr nos 24% (6/25) restantes, apresentando 100% de resultados positivos. Concluiu-se que a radiografia e a ultrassonografia são ferramentas valiosas para diagnosticar casos de ruptura do LCCr em cães.; Radiography and ultrasonography were evaluated as tools for diagnosis of the rupture of cranial cruciate ligament (CrCL) in dogs. Twenty-five dogs were submitted to radiographic and ultrasonographic examinations and their results were compared with those obtained by artrotomy (gold standard). Radiography detected the rupture in 84% (21/25) of the cases, but 16% (4/25) were false-negative. Ultrasonography identified accurately 76% (19/25) of the cases and gave a probable diagnosis for the remaining 24% (6/25) what means that this technique presented 100% of positive results. It was possible to conclude that radiography and ultrasonography are valuable tools for the diagnosis of CrCL rupture in dogs.

Ultrassonografia do espaço intervertebral lombossacro em cães

Medeiros, Fernanda Peres
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: ix, 52 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; A utilização da ultrassonografia vem se tornando cada vez mais frequente na prática da anestesia regional raquidiana e peridural em pacientes humanos, pois oferece maior segurança e eficácia em relação às técnicas convencionais. Até o presente momento, publicações científicas a cerca do emprego desta modalidade diagnóstica como método de imagem auxiliar em bloqueios de neuroeixo são escassos na medicina veterinária. Objetivou-se com este estudo: padronizar a imagem ultrassonográfica do espaço intervertebral lombossacro em cães quanto à topografia, ecogenicidade, ecotextura e interrelações entre as estruturas visibilizadas; avaliar a confiabilidade da ultrassonografia em predizer a profundidade do espaço peridural, por meio da mensuração da distância entre a pele e a porção ventral do ligamento amarelo, e avaliar efeito da idade, peso e escore corporal na qualidade das imagens ultrassonográficas. Procedeu-se a varredura ultrassonográfica do espaço intervertebral lombossacro em 19 cães, em cortes longitudinal mediano, longitudinal paramediano e transversal. Foi possível identificar as estruturas anatômicas nestes diferentes planos de imagem, e as médias e os desvios padrão das medidas obtidas por meio da ultrassonografia em corte longitudinal e transversal...

Avaliação uterina e ovariana de éguas por meio da ultrassonografia Doppler

Mendes, Daniela
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
37.25%
Doppler ultrasonography is a new technology that has been study by researchers to improve the physiologic and pathologic knowledge about reproduction. This technology is based on Doppler-shifts frequencies or ultrasonic, these frequencies can be increase or decrease according to the movements of the red cells in the vessel. Color Doppler and power Doppler are the two possibilities to use the Doppler ultrasonography. Color Doppler is based in more the one color that show the direction of the blood f low and power Doppler is based in one color that change according of the flow intensity. Doppler ultrasonography can be demonstrated with the spectral mode to verify blood flow in large vessels, because of this, it is not use in equine reproduction. Studies in equine reproduction have been doing to verify uterus blood flow in cyclic mares and to observe the vascular perfusion in mares with cists, uterine vascular perfusion post breeding and verify the affects of drugs to decrease the uterus fluid in mares with problems in uterus perfusion. The ovarian irrigation during the estrus cycle was analyze with the measurement of the principal hormones during the estrus cycle in mares, the integrity of the corpus luteus, the irrigation of the future dominant follicle and the consequences in the ovarian irrigation after luteolyse induction also were study. Nevertheless...

Avaliação de corpos estranhos no segmento anterior com ultrassonografia biomicroscópica

Moura,Marília Freitas de; Hayashi,Ilka; Rocha,Daniel Martins; Allemann,Norma
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
INTRODUÇÃO: O traumatismo ocular é a causa mais importante de perda visual no mundo, sendo um problema de saúde pública. Os corpos estranhos intraoculares são relacionados a atividades que envolvem manuseio de objetos metálicos, porém outros materiais podem estar presentes, e devem ser diagnosticados e localizados no olho. A ultrassonografia biomicroscópica é uma ferramenta complementar adequada para avaliar um corpo estranho do segmento anterior do olho. OBJETIVO: Caracterizar a natureza, localização, dimensões de corpos estranhos e lesões associadas ao segmento anterior, utilizando-se ultrassonografia biomicroscópica. MÉTODO: Estudo clínico retrospectivo, por meio da análise de 7.182 prontuários dos anos de 1999 a 2008, com 59 exames de pacientes com suspeita de corpo estranho no segmento anterior ocular. RESULTADOS: Dentre os 59 exames, confirmou-se pela ultrassonografia biomicroscópica a presença de corpo estranho no segmento anterior em 42 (71,19%) olhos de 42 pacientes. A idade dos pacientes variou entre 9 e 76 anos (média= 37,4 anos). Houve predominância do sexo masculino (85,71%). Cinco casos apresentaram dois corpos estranhos, fragmentos da mesma natureza, em diversas localizações ou não; e três casos continham incontáveis fragmentos dispostos no segmento anterior. Considerando sua localização: córnea...

Avaliação da concordância entre a ultrassonografia transvaginal e a ressonância magnética da pelve na endometriose profunda, com ênfase para o comprometimento intestinal

Cardoso,Maene Marcondes; Werner Junior,Heron; Berardo,Plínio Tostes; Coutinho Junior,Antônio Carlos; Domingues,Marisa Nassar Aidar; Gasparetto,Emerson Leandro; Domingues,Romeu Côrtes
Fonte: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Publicador: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
OBJETIVO: Comparar achados ultrassonográficos e de ressonância magnética na endometriose profunda, com ênfase para o comprometimento intestinal. MATERIAIS E MÉTODOS: Dezoito pacientes entre 23 e 49 anos de idade, com suspeita clínica e exame ginecológico sugestivo de endometriose profunda, foram submetidas a ultrassonografia e ressonância magnética para correlação dos achados. RESULTADOS: A ultrassonografia detectou 40 lesões e a ressonância magnética detectou 53 lesões na pelve. O estudo comparativo entre ultrassonografia e ressonância magnética na detecção das lesões não mostrou diferença estatística significativa (p > 0,19 e p > 0,14, respectivamente). Considerando-se a junção retossigmoide, a ressonância magnética detectou uma lesão (5,6%) e a ultrassonografia apontou quatro lesões (22,2%). Nas lesões retais, a ultrassonografia apontou oito lesões (44,4%) e a ressonância magnética, sete lesões (38,9%). CONCLUSÃO: A concordância entre a ressonância magnética e a ultrassonografia não foi boa na junção retossigmoide e no reto, sendo que a ultrassonografia detectou um número maior de lesões nessas localizações, mas identificou número menor de lesões na pelve. Na análise comparativa global entre os dois métodos na detecção das lesões não houve diferença estatística significativa. O baixo custo...

Refluxo gastroesofágico: estudo comparativo da receptividade e sensibilidade entre seriografia e ultrassonografia

Sakate,Makoto; Silveira,Guilherme Lopes; Muzio,Bruno Paulino de; Teigao Junior,Hudson; Ozaki,Jorge Guilherme Okanobo; Spadim,Marcelo Dimas; Dantas,Roberto Cesar Teixeira; Machado,Nilton Carlos
Fonte: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Publicador: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
OBJETIVO: Estudo comparativo da receptividade (colaboração) e sensibilidade da seriografia do esôfago, estômago e duodeno em relação à ultrassonografia do esôfago intra-abdominal em pacientes com suspeita de refluxo gastroesofágico. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram incluídos no estudo 42 pacientes pediátricos (26 masculinos, com idade média de 33,64 ± 34,33 meses, e 16 femininos, com idade média de 31,02 ± 35,56 meses) com suspeita de refluxo gastroesofágico, os quais foram submetidos, inicialmente, a seriografia do esôfago, estômago e duodeno, e posteriormente, a ultrassonografia do esôfago intra-abdominal. RESUL-TADOS: A análise estatística comparativa entre os sexos e as idades sugere não haver evidência de associação com a colaboração, tanto para a seriografia do esôfago, estômago e duodeno como para a ultrassonografia do esôfago intra-abdominal. Entretanto, na classificação quanto ao tipo de colaboração, a técnica de seriografia do esôfago, estômago e duodeno apresentou menos de 50% de colaboração, enquanto 80,49% dos pacientes colaboraram com a ultrassonografia do esôfago intra-abdominal. Quanto à sensibilidade do diagnóstico de refluxo gastroesofágico, a técnica de ultrassonografia do esôfago intra-abdominal (85...

Índices diagnósticos da ultrassonografia abdominal na apendicite aguda: influência do gênero e constituição física, tempo evolutivo da doença e experiência do radiologista

Peixoto,Rodrigo de Oliveira; Nunes,Tarcizo Afonso; Gomes,Carlos Augusto
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
OBJETIVO: Verificar o valor da ultrassonografia abdominal no diagnóstico da apendicite aguda e a influência do gênero, constituição física, experiência do radiologista e o tempo evolutivo da doença nos resultados dos índices diagnósticos. MÉTODOS: Avaliou-se prospectivamente 156 pacientes com diagnóstico clínico de apendicite aguda, submetidos à ultrassonografia abdominal e apendicectomia laparoscópica, acompanhado de estudo anatomopatológico dos apêndices extirpados. Os pacientes foram alocados quanto ao IMC em dois grupos (abaixo ou acima de 25kg/m²) e os radiologistas, em três grupos conforme a experiência profissional (menos de cinco anos, entre cinco e 10 anos e mais de 10 anos). A pesquisa avaliou também a interferência do gênero e do tempo de evolução da doença utilizando-se a mediana de 36 horas. RESULTADOS: A sensibilidade e especificidade da ultrassonografia abdominal para o diagnóstico da apendicite aguda foram 64,9 e 72%, respectivamente. O gênero, o índice de massa corpórea, o tempo de experiência dos radiologistas nos três grupos estudados e o tempo de início de sintomas da doença, não demonstraram diferenças significativas no estabelecimento do diagnóstico ecográfico da apendicite aguda. CONCLUSÃO: A ultrassonografia abdominal apresentou baixa sensibilidade e especificidade e pouco contribuiu para diagnóstico da apendicite aguda. O gênero...

Ultrassonografia Doppler na avaliação renal de cadelas diagnosticadas com piometra antes e após tratamento com ovariosalpingohisterectomia

Santos,Roberta V.; Merlini,Natalie B.; Souza,Livia P.; Machado,Vânia M.V.; Pantoja,José Carlos de Figueiredo; Prestes,Nereu C.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
O objetivo do presente estudo foi avaliar a hemodinâmica renal de cadelas com piometra por meio de exames laboratoriais, ultrassonografia Modo B e Doppler, antes e após o tratamento cirúrgico com ovariosanpigohisterectomia (OSH). Foram utilizadas 30 cadelas com diagnóstico de piometra, todas foram submetidas a OSH (momento 1) e 20 foram reavaliadas sete dias após a cirurgia (momento 2). A perfusão renal, o índice de resistividade da artéria renal principal e de cada artéria interlobar (cranial, média e caudal) foi estatisticamente diferente entre os momentos 1 e 2 (p<0,05). Não foi observada diferença estatística para a perfusão renal entre o rim direito e esquerdo no momento 1 e 2. As correlações entre o índice de resistividade da artéria renal principal e as variáveis utilizadas para verificar a função renal foram estabelecidas no momento 1. Para as variáveis correlacionadas ureia, creatinina, proteinúria, relação GGT/creatinina e proteína/creatinina ocorreram associações curvilíneas e positivas com o índice de resistividade da artéria renal principal (p<0,05), no entanto essas correlações foram consideradas de média e fracas. Ao comparar o IR da artéria renal principal com diferentes escores de desidratação e perfusão renal...

Avaliação do comportamento fetal por meio da ultrassonografia de quarta dimensão: conhecimento atual e perspectivas futuras

Guimarães Filho,Hélio Antonio; Araujo Júnior,Edward; Mello Júnior,Carlos Fernando de; Nardozza,Luciano Marcondes Machado; Moron,Antonio Fernandes
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
Durante as últimas décadas, o desenvolvimento da ultrassonografia em tempo real tem possibilitado a visibilização direta do feto no útero, bem como a avaliação de sua atividade. Com o advento da ultrassonografia tridimensional (3D) no final dos anos 1980, iniciou-se uma nova era no diagnóstico por imagem em Obstetrícia, ampliando-se sobremaneira a possibilidade do estudo fetal. Recentemente, uma técnica que permitiu que a imagem 3D fosse transformada em um modo em tempo real foi introduzida e tem sido chamada de ultrassonografia em quarta dimensão (4D), a qual permite o monitoramento contínuo da face fetal e de outras áreas da superfície do feto, como, por exemplo, suas extremidades. Alguns estudos já se ocuparam em avaliar esta nova metodologia na observação do comportamento fetal durante diferentes estágios da gestação, na tentativa de melhor entender as relações entre a maturação do sistema nervoso central do feto e suas implicações em seu padrão de comportamento. No presente artigo, os autores realizam uma revisão sobre o uso atual da ultrassonografia 4D na avaliação do comportamento fetal, discorrendo sobre as perspectivas da técnica em espelhar, por meio da observação de padrões de movimentos e expressões faciais...

Contribuição da ultrassonografia como exame complementar no estabelecimento do diagnóstico de lesões nodulares submucosas e subcutâneas da região bucomaxilofacial

Martins, Felipe Leal
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.3%
A ultrassonografia é uma ferramenta de diagnóstico inócua, não invasiva, de fácil acesso e baixo custo utilizada amplamente na área médica, indicada, em especial, no exame dos tecidos moles. Apesar disto, não costuma ser solicitada pelos cirurgiões dentistas, durante a investigação diagnóstica de lesões intraorais. O objetivo desta pesquisa foi verificar o grau de contribuição que o recurso fornece no estabelecimento do diagnóstico final de nódulos localizados na região bucomaxilofacial. Buscou-se estabelecer a indicação de uso e confiabilidade do método na área da Odontologia, considerando a possibilidade do mesmo favorecer ou não o diagnóstico conclusivo destas alterações. Foram selecionados 65 pacientes portadores de nódulos submucosos ou subcutâneos, que tiveram a indicação e foram submetidos à ultrassonografia regional, uma vez que não foi possível estabelecer o diagnóstico conclusivo das lesões exclusivamente através do exame clínico. A ultrassonografia foi realizada em um centro de diagnóstico por imagem utilizando o aparelho Toshiba – Japan modelo Aplio 80. Os laudos foram emitidos por um único examinador, com ampla experiência na interpretação de imagens da região bucomaxilofacial.Do total de pacientes...

Effectiveness of ultrasonography in detecting intraosseous vascularization: an in-vitro study; Eficácia da ultrassonografia na detecção de vascularização intraóssea: um estudo in vitro

Baladi, Marina Gazzano; Tucunduva, Maria Jose Albuquerque Pereira de Souza e; Tucunduva Neto, Renato; Cortes, Arthur Rodriguez Gonzalez; Aoki, Eduardo Massaharu; Arita, Emiko Saito; Freitas, Claudio Fróes de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Peer reviewed; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
37.3%
Ultrasonography is useful to diagnose lesions, insofar as it detects the type of injury, and to assess the degree of vascularization of tumors. However, intraosseous lesions may represent a challenge, since the surrounding bone thickness could prevent ultrasound signal capture. The aim of this study was to evaluate the infl uence of surrounding bone thickness on the ability of ultrasonography in capturing the echo signal of blood vessels. Macerated porcine hemimandibles (n = 20) with different buccal bone thicknesses were prepared and adapted to receive CFlex-type rubber tubes connected to a glass capillary through which pump-driven water was conducted to simulate blood vasculature. Doppler ultrasonography was used to assess the blood fl ow in the region of the mandibular canal at the level of the molar teeth. Student’s t-test was used to assess differences between the bone thicknesses of hemimandibles with a negative and with a positive ultrasound signal. The presence of the echo signal in the simulated vasculature was assessed by ultrasonography. Reproducibility and reliability were confi rmed for the analyses. The simulated fl ow signal was captured in cortical bones with a thickness in the 0.2–1.0 mm range (0.59 ± 0.42 mm)...

A ultrassonografia obstétrica e suas implicações para a relação materno-fetal; The obstetric ultrasound and its implications on mother-fetus relationship

Gomes, Aline Grill; UFRGS; Piccinini, Cesar Augusto; UFRGS
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
This study aimed to investigate the emotional implications of obstetric ultrasound for the maternal-fetal relationship, in the context of fetal normality. Eleven primiparous pregnant women, aged 18 to 35, with gestational ages between 11 and 24 weeks, who were being submitted to ultrasound for the first time, took part in the study. They answered a semi-structured interview and the Mother-Fetus Attachment Scale, before and after the examination. Qualitative content analysis of the interviews revealed that ultrasound, in addition to modifying the mother’s view about the baby, now seen as more real and concrete, has intensified mother-baby interaction behaviors, expanding the different ways of contact, and strengthening maternal feelings, making the mother feel more appropriate in its role. Wilcoxon Test revealed a significant increase in mother-fetus attachment after the examination. Taken as a whole, the results indicate that ultrasound had an important emotional impact on pregnant women, influencing mother-baby relationship. Keywords: ultrasound; mother-fetus relationship; fetal normality.; O objetivo desta pesquisa foi investigar as implicações emocionais da ultrassonografia obstétrica para a relação materno-fetal...