Página 1 dos resultados de 269 itens digitais encontrados em 0.056 segundos

Visita domiciliária de enfermagem como estratégia na prevenção de úlceras de pressão no idoso dependente

Coroas, Ana Carina Magalhães
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
96.44%
Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau Licenciada em Enfermagem.; A prevenção das úlceras de pressão é uma preocupação dos profissionais de saúde que prestam cuidados ao idoso dependente em contexto domiciliário, sendo a sua prevenção um desafio para a equipa de Enfermagem. Assim sendo, pelas razões supracitadas, definiu-se como tema a abordar, “Visita domiciliária de enfermagem como estratégia na prevenção de úlcera de pressão no idoso dependente”. Para obter um estudo aprofundado acerca do tema em questão, será necessário conhecer a realidade das estratégias adoptadas pelos enfermeiros nas visitas domiciliárias como prevenção de úlceras de pressão nos idosos dependentes. O presente estudo tem com objectivo questionar os enfermeiros que prestam cuidados ao idoso dependente no domicílio, acerca das estratégias para a prevenção de úlceras de pressão, recorrendo à realização e análise de um questionário. Para este estudo de investigação o investigador baseou-se nas seguintes perguntas de partida: - Quais as intervenções para prevenção de úlcera de pressão no idoso dependente, desenvolvidas pelo enfermeiro na visita domiciliária? - Qual a importância atribuída pelo enfermeiro à visita domiciliária como estratégia de prevenção de úlceras de pressão...

Prevenção de úlceras de pressão

Anes, Eugénia; Antão, Celeste
Fonte: Congresso de Saúde do Nordeste - AVC, Preparados?!?... Publicador: Congresso de Saúde do Nordeste - AVC, Preparados?!?...
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
106.5%
As úlceras de pressão são um problema antigo e uma realidade actual, são um problema de saúde pública a nível nacional e a nível internacional. As úlceras de pressão podem ser descritas como uma lesão localizada na pele e tecidos subjacentes causada por pressão, tensão, fricção e/ou combinação destes factores (Flanegan, 2001). Este artigo surge na necessidade de despertar algumas consciências para a questão relacionada com a importância da prevenção das úlceras de pressão. Esta realidade tem vindo a merecer alguma preocupação e consideração devido aos encargos económicos e ao défice de qualidade de vida por ela criados. Relativamente à despesa com a saúde, ela tem vindo a aumentar e existem múltiplas razões que justificam este facto, entre as quais salientamos o envelhecimento da população, a dependência de tecnologias cada vez mais sofisticadas e as crescentes expectativas dos consumidores (Franks, 2004). Por outro lado as úlceras de pressão reduzem a qualidade de vida relacionada com a saúde. “A pessoa com úlcera de pressão pode experienciar dor, embaraço e pode sentir-se impedida de realizar as suas actividades de vida diárias” (Clark, 2004: ). De facto as úlceras de pressão são preveníveis em muitas circunstâncias. A existência ou não de protocolos de prevenção pode alterar a taxa de êxito da necessária intervenção multidisciplinar. A prevenção eficaz das úlceras de pressão tem sido vista tradicionalmente como um importante indicador da qualidade dos cuidados prestados (Ferreira...

Estudo da incidência e prevalência de úlceras de pressão na unidade de promoção de autonomia e bem-estar da encarnação

Trindade, Susana Cristina Moura
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.47%
“Estudo da Incidência e Prevalência de Úlceras de Pressão na Unidade de Autonomia e Bem-Estar da Encarnação” é o título desta dissertação, cujo principal objectivo se constituiu como a determinação das taxas de incidência e prevalência de Úlceras de Pressão, caracterização dos utentes e das Úlceras de Pressão, bem como dos comportamentos dos profissionais relacionados com as mesmas, na referida Unidade e no primeiro semestre de 2012. O estudo é não experimental, perspectivo e descritivo correlacional, tendo-se obtido dados de todos os utentes que desenvolveram e apresentaram Úlcera(s) de Pressão enquanto internados na Unidade de Promoção de Autonomia e Bem-Estar da Encarnação e integrados na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, no primeiro semestre de 2012. Observa-se que a população estudada é marcadamente envelhecida, dependente e a maior parte dos seus indivíduos apresenta Elevado Risco de desenvolver Úlceras de Pressão. Obteve-se um valor de Taxa de Incidência de Úlceras de Pressão de 1,02%. A referir que a maior parte das Úlceras de Pressão desenvolvidas ocorreu na Tipologia de Média-Duração e Reabilitação. No que diz respeito à Taxa de Prevalência, o valor obtido foi de 11...

Using the braden and glasgow scales to predict pressure ulcer risk in patients hospitalized at intensive care units; Uso de la escala de braden y de glasgow para identificar el riesgo de úlceras de presión en pacientes internados en un centro de terapia intensiva; Uso da escala de braden e de glasgow para identificação do risco para úlceras de pressão em pacientes internados em centro de terapia intensiva

FERNANDES, Luciana Magnani; CALIRI, Maria Helena Larcher
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
106.37%
Pressure ulcers remain a major health issue for critical patients. The purpose of this descriptive and exploratory study was to analyze the risk factors for the development of pressure ulcers in patients hospitalized at an intensive care unit of a university hospital. Patients were assessed through the Braden scale to determine the risk for the development of pressure ulcers and to identify individual risks, and the Glasgow scale was used to assess their consciousness. It was found that the risks associated with pressure ulcer development were: low scores on the Braden Scale on the first hospitalization day and low scores on the Glasgow scale. The results showed that these tools can help nurses to identify patients at risk, with a view to nursing care planning.; Las ulceras de presión todavía representan un gran problema de salud en pacientes críticos. Este estudio, descriptivo y exploratorio, tuvo como objetivo evaluar los factores de riesgo para el desarrollo de la úlcera de presión presentes en pacientes internados en un centro de terapia intensiva de un hospital universitario. Los pacientes fueron evaluados utilizando la escala de Braden para determinar el riesgo de desarrollo de úlceras de presión e identificación de factores de riesgo individuales y con la escala de Glasgow para evaluar el nivel de conciencia. Se encontró que los factores de riesgo asociados al desarrollo de úlcera de presión fueron: las bajas puntuaciones de la Escala de Braden en el primer día de internación y las bajas puntuaciones de la escala de Glasgow. Los resultados confirmaron que estos instrumentos pueden ayudar al enfermero a identificar pacientes en riesgo y a planificar la asistencia.; Úlceras de pressão ainda representam grande problema de saúde em pacientes críticos. Este estudo...

Estudo sobre a prevalência e a incidência de úlceras de pressão em um Hospital Universitário; Study of the prevalence and incidence the pressure ulcer in one University Hospital

Rogenski, Noemi Marisa Brunet
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2002 PT
Relevância na Pesquisa
106.19%
As úlceras de pressão (UP) representam um grave problema para os pacientes hospitalizados, especialmente em termos de sofrimento pessoal e econômico, e um desafio não só para os enfermeiros, mas para toda a equipe interdisciplinar. Os objetivos deste estudo foram identificar e analisar os índices de prevalência e incidência de UP, nas unidades de Clínica Médica, Cirúrgica, UTI e Semi Intensiva do Hospital Universitário da USP, bem como, estabelecer as possíveis associações com as características sócio demográficas e clínicas da clientela. Após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa do HU, procedeu-se à coleta de dados em duas etapas: enquanto os dados da prevalência foram levantados num único dia da semana, os relacionados à incidência, durante três meses consecutivos. Para tanto, o exame físico de todos os pacientes internados e de todos os pacientes em risco para o desenvolvimento de UP, era realizado, respectivamente para os estudos da prevalência e incidência. A avaliação de risco para o desenvolvimento de UP foi feita através da Escala de Braden, tendo como nota de corte o escore inferior ou igual a 16. No estudo da prevalência, dos 102 pacientes avaliados, 19 desenvolveram UP, acarretando índice de 18...

Prevenção de úlceras de pressão no domicilio com pessoas idosas em situação de dependência: uma prática baseada na evidência.

Ramos, Susana
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
106.39%
Relatório de Estagio apresentado para obtenção de grau de Mestre na Especialidade de Enfermagem Comunitaria; Progredir nos cuidados de prevenção com um grupo de risco em desenvolver úlceras de pressão e na adaptação dos cuidadores informais a essa realidade no seu ambiente familiar, é atualmente um dos principais focos de atenção de muitos profissionais de saúde, nomeadamente na filosofia dos cuidados continuados em contexto comunitário. Enquanto Enf. Esp. Em Enfermagem Comunitária a intervenção substanciou-se na Promoção da Saúde com a principal finalidade de capacitar o grupo alvo face ao problema de saúde identificado, para alcançar um estado de bem-estar e equilíbrio no sistema, suportando-se no Modelo de Sistemas de NEUMAN como conceção teórica e utilizando a metodologia do planeamento em saúde com fio condutor para o desenvolvimento do projeto de intervenção em ensino clinico. A metodologia daRSL, recorrendo ao método PI[C]O a partir da questão:De que modo a intervenção do enfermeiro na visita domiciliária [I] contribui para a prevenção de úlceras de pressão [O] com pessoas idosas em situação de dependência [P]?A partir da conceptualização foram definidas palavras-chave e realizada uma pesquisa de artigos científicos em base de dados electrónica...

Desenvolvimento de úlceras de pressão em pessoa vítima de trauma

Costa, Andreia Filipa Fonseca Cruz; Nunes, Maria Madalena Jesus Cunha, orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.49%
Curso de mestrado em enfermagem médico cirúrgica; As Úlceras de Pressão são, atualmente, reveladas na literatura científica como um problema complexo de causa multifatorial, que comporta elevados custos quer a nível individual, familiar e sócio-económico. Considerando ainda que, a sua prevenção é um indicador de qualidade dos cuidados de enfermagem e que a Pessoa Vítima de Trauma comporta um alto risco de desenvolvimento de Úlceras de Pressão, torna-se explicita a pertinência da investigação: “Desenvolvimento de Úlcera de Pressão em Pessoa Vítima de Trauma”. O estudo é de natureza retrospectivo, observacional com enfoque descritivo, correlacional, tendo sido delineados objectivos com o fim de obter respostas científicas e válidas às questões de investigação: Determinar a prevalência de Úlceras de Pressão em Pessoa Vítima de Trauma; Identificar fatores predisponentes do desenvolvimento de Úlceras de Pressão em Pessoa Vítima de Trauma. Para a sua concretização, recorreu-se a uma amostra não probabilística por conveniência, constituída pelos indivíduos internados no Serviço de Ortopedia do Hospital Infante D. Pedro, Aveiro, no período de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2010...

Relatório de trabalho de projeto: melhorar a qualidade dos cuidados de enfermagem prestados na prevenção e avaliação do risco de úlceras de pressão ao doente internado no serviço de urgência.

Veríssimo, Mónica Sofia Oliveira
Fonte: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde. Publicador: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde.
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
106.33%
Relatório de Trabalho de Projeto apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica.; O Trabalho de Projeto é um método de trabalho centrado na investigação, análise e resolução de problemas pertinentes no contexto social cognitivo, institucional e deverá constituir-se como um momento para novas aprendizagens (Leite, 2001). Assim, no âmbito do 1º Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica da Escola Superior de Saúde de Setúbal do Instituto Politécnico de Setúbal, realizaram-se três estágios articulados entre si, que decorreram num Serviço de Urgência de um Centro Hospitalar na Margem Sul do Tejo, onde foi desenvolvido um PIS (Projeto de Intervenção em Serviço) na área temática de úlceras de pressão, que segundo Ferrito, et al (2010, p.2) se baseia ”num problema real identificado e na implementação de estratégias e intervenções eficazes para a sua resolução” e que “através da pesquisa realizada, da análise e resolução de problemas reais do contexto é promotora de uma prática fundamentada e baseada em evidência.” Por outro lado, foi também desenvolvido um PAC (Projeto de Aprendizagem de Competências), na medida que a realização destes dois projetos propicia momentos de aprendizagem e reflexão que visaram o desenvolvimento de competências de enfermeiro especialista e de Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica (EMC). Este documento tem como objetivo refletir sobre os estágios realizados e sobre o trabalho desenvolvido no âmbito do PIS e PAC. Pretende-se igualmente descrever as competências específicas do enfermeiro especialista em EMC desenvolvidas com a realização do PIS e do PAC...

Prevenção de úlceras de pressão em crianças no perioperatório

Silva, Maria Filomena de Carvalho Postiço
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
106.29%
Relatório de estágio de Mestrado em Enfermagem Perioperatória; O presente relatório de estágio, foi integrado no 1º Mestrado em Enfermagem Perioperatória, desenvolvido pela Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal e parte de um problema encontrado no decurso do estágio realizado num bloco operatório pediátrico de Lisboa, relacionado com a prevenção de úlceras de pressão nas crianças no bloco operatório. O Bloco Operatório impõe-nos condições únicas que colocam a criança sujeita a cirurgia em risco de desenvolver úlceras de pressão devido a fatores específicos nomeadamente a fragilidade cutânea. A escala de Braden Q não responde a todas as necessidades específicas desta população, pois quando aplicada, todas as crianças encontram-se em risco de desenvolver úlceras de pressão, para além de não contemplar crianças até aos 21 dias de vida. No local de estágio verificámos a necessidade de um instrumento normativo que oriente os enfermeiros na identificação de risco, no diagnóstico de enfermagem e na adoção de medidas preventivas. Para a resolução do problema seguimos a metodologia do projeto. Realizámos uma revisão de literatura onde se encontraram algumas escalas...

Avaliação económica da prevenção de úlceras de pressão em unidade de cuidados intensivos

Andrade, Melanie Machado
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
116.45%
Dissertação de Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde; As úlceras de pressão constituem um problema multifactorial para os indivíduos, famílias, instituições de saúde e sociedade, pelas diversas consequências que produzem, nomeadamente a nível dos recursos económicos envolvidos. Assim, a sua prevenção assume um papel fundamental na gestão e economia dos serviços de saúde, exigindo a mobilização de recursos de ordem humana e material que se traduzem em custos significativos para as instituições envolvidas. Como finalidade deste estudo teve-se a determinação e comparação dos custos e dos efeitos directos da prevenção de úlceras de pressão junto de doentes em risco de desenvolvimento de úlcera de pressão, internados em dois cenários de cuidados intensivos, tendo sido utilizada como metodologia de avaliação económica a análise custo-efectividade, do ponto de vista das instituições de saúde envolvidas. Em ambos os cenários, foram analisados os custos de recursos humanos e materiais recrutados para a prevenção de úlceras de pressão e concomitantemente procedeu-se ao estudo das consequências resultantes do plano interventivo de prevenção de úlceras de pressão. Os resultados obtidos apontam para diferenças estatisticamente significativas nos custos e nos efeitos da prevenção de úlceras de pressão. O custo de prevenção de úlceras de pressão por dia de internamento foi 30...

Epidemiologia e tratamento das úlceras de pressão: experiência de 77 casos

Costa,Márcio Paulino; Sturtz,Gustavo; Costa,Fabio Paganini Pereira da; Ferreira,Marcus Castro; Barros Filho,Tarcísio E. P.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 PT
Relevância na Pesquisa
106.43%
Úlceras de pressão são úlceras decorrentes de isquemia tecidual provocadas pela alteração do reflexo de dor em pacientes com lesão medular, pacientes debilitados, idosos ou cronicamente doentes. No Brasil, poucos estudos vem sendo realizados a respeito das úlcera de pressão e seu tratamento. O objetivo desse trabalho é avaliar a distribuição epidemiológica, o tratamento e complicaçòes das úlceras de pressão no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, no período de 01 de fevereiro de 1997 a 01 de março de 1999 no Instituto de Ortopedia e Traumatologia. Um estudo prospectivo foi realizado neste período através de um protocolo que avaliava sexo, idade, fatores de risco, localização, dimensões, classificação das úlceras, tipo de tratamento, complicações pós-operatórias, tempo de internação e cronicidade da úlcera. O tratamento era avaliado através da taxa de sucesso e recorrência. O tempo de seguimento médio foi de 1 ano e 6 meses. (6 meses a 2 anos). Com 45 pacientes com 77 úlceras foram avaliados neste período. Em relação ao sexo , foi encontrada uma predomibância masculina 4:1. 32,47% das úlceras tiveram sua localização em região sacral e 32,47% trocantérica e 15...

Fatores associados ao desenvolvimento de úlceras de pressão: o impacto da nutrição

Campos,Suellen Fabiane; Chagas,Ângela Conceição Pereira; Costa,Aline Bárbara Pereira; França,Rosilene Estevão de Melo; Jansen,Ann Kristine
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.22%
Objetivo Trata-se de um estudo prospectivo com o objetivo de determinar a incidência, em um hospital universitário, de úlceras de pressão e verificar fatores nutricionais envolvidos em seu desenvolvimento. Métodos Foram registrados dados clínicos, sociodemográficos, antropométricos e dietéticos de 50 pacientes, posteriormente analisados com auxílio do programa Epi Info 3.2. Resultados Verificou-se a predominância de indivíduos do sexo feminino, com média de idade de 66,6, DP=18,0 anos. A incidência das injúrias foi de 28,0%, resultando em uma média de 1,7 feridas por paciente, mais frequentes na região sacral (57,1%) e em calcanhares (35,7%). Encontrou-se significância estatística (p<0,05) para as variáveis: mudança de decúbito, nível de atividade e uso de fralda, assim como para a presença de doenças mentais, neurológicas, anemia, uso de antibióticos, anti-inflamatórios e imunossupressores. Com relação aos fatores nutricionais, foi encontrada associação positiva entre pacientes com úlcera e baixos valores da área muscular do braço, circunferência de panturrilha, pregas cutâneas tricipital e subescapular, hemoglobina, hematócrito e valores elevados de leucócitos. As feridas também estiveram associadas a maiores índices de mortalidade e ao aumento do tempo de internação. Conclusão Observou-se que um estado nutricional deficiente está estreitamente relacionado com o desenvolvimento de úlceras de pressão. Neste estudo...

Desenvolvimento de formas farmacêuticas semi-sólidas à base de óleo de linhaça (Linum usitatissimum l.) com ação cicatrizante para tratamento e prevenção de ulceras de pressão

Flávia Vasconcelos Pessanha, Ana; José da Silva Goés, Alexandre (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.19%
Ulceras de pressão (UP) são lesões cutâneas ulcerosas decorrentes de isquemia tecidual em regiões comprometidas e/ou friccionadas por longo período de tempo, a qual possui tratamento com impacto econômico significativo, uma vez que afeta milhões de pacientes, particularmente aqueles inseridos nas unidades de terapia intensiva (UTI). Atualmente são utilizadas emulsões oleosas à base de óleos vegetais com alto teor de ácidos graxos essenciais (AGE) para o tratamento dessa patologia. Nesse contexto, o óleo de linhaça (Linum usitatissimum) se torna uma opção, destacando-se devido ao alto conteúdo de ácidos graxos essenciais, contendo ácido oléico (ômega 9), ácido linoléico (ômega 6) e ácido linolênico (ômega 3) com composição média por mol de 14-30 %, 14-25 % e 45-60 % respectivamente. O presente trabalho objetivou a caracterização do óleo de linhaça, para o desenvolvimento de uma forma farmacêutica semi-sólida para incrementar a farmacoterapêutica das UP. Na etapa de caracterização, foram identificados os ácidos graxos componentes do óleo através de cromatografia gasosa (CG) e verificados os índices de acidez e de peróxidos, obtendo-se um resultado de 0,47g/100g em ác. oleico e 1,64mEq/kg...

Úlcera de pressão em pacientes internados em um hospital universitário em Natal/RN: condições predisponentes e fatores de risco

Paiva, Lucila Corsino de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; Assistência à Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.01%
The pressure ulcers (PU), also known as decubitus ulcers, are defined as injuries caused by the constant pressure exerted on a particular point of the body, causing impairment of blood supply with a decrease or interruption of tissue irrigation, causing occlusion of blood vessels and capillaries, ischemia and cell death. This is a descriptive study with longitudinal design, and panel type, with quantitative approach that aimed to examine the association between predisposing conditions (PC), intrinsic factors (IF) and extrinsic factors (EF) with the occurrence of PU, in hospitalized patients in the Intensive Care Unit (ICU), pain clinical, surgical clinical and neurology wards of a university hospital. The study population was composed of all patients who were restricted to bed during the period from December 2007 to February 2008. The study was approved by the Ethics Committee of HUOL / UFRN (No 135/07). The data-collection took place through a structured formulary of observation, data from medical records and physical examination of patients skins. The results were organized in SPSS 15.0 software, tabulated, categorized and analyzed by descriptive and inferential statistics. Of the 30 patients studied...

Actuación del enfermero en la prevención de las úlceras de presión.; O enfermeiro atuando na prevençao das úlceras de pressao

Fernandes Lobosco, A.A.; Darlen Dutra de Vasconcelos, S.; Linhares de Almeida, M. de C.; Dire Feliciano, G.
Fonte: Murcia : Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia Publicador: Murcia : Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
106.43%
Las úlceras de decúbito fueron y siguen siendo un cuidado importante en la enfermería. Sin embargo, comprender hoy la práctica del cuidar solo es posible a partir de una visión holística, un cuidar que ve a la persona integralmente. Por ese motivo, cuando se habla de prevención de úlceras es preciso conocer la estructura de la piel y su función para comprender mejor los fundamentos de prevención y cuidados eficaces. La manutención de la integridad de la piel es responsabilidad del Enfermero. Los mecanismos que causan las úlceras son innumerables y precisan ser atenuados o prevenidos completamente para que la integridad cutánea sea mantenida. Ante eso trazamos como objeto de estudio: El conocimiento por la Enfermería de la Escala Predictiva de Braden en la prevención de las úlceras de presión. Y como problema el siguiente cuestionamiento: ¿Cómo la enfermería sistematiza la asistencia en la prevención de las úlceras de presión? Objetivos: Identificar lo que la Enfermería conoce al respecto de la Escala predictiva de Braden (“Escala pronóstica de Braden); Comparar lo que saben con lo que hacen para prevenir las úlceras de presión. Metodología: En cuanto al tipo se trata de un estudio de caso...

Localização e Medidas preventivas de Úlceras de Pressão em Idade Pediátrica

Lomba, Maria de Lurdes Lopes de Freitas
Fonte: unidade de investigção em ciencias de enfermagem Publicador: unidade de investigção em ciencias de enfermagem
Tipo: Outros
Publicado em 31/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
116.24%
Introducción: As úlceras de pressão (UP) são um problema de saúde pública e um indicador da má qualidade dos cuidados. A sua problematização é consensual em adultos mas não é reconhecida em pediatria, o que per si é um fator de risco. Apesar de consideradas raras em crianças, os estudos existentes têm revelado o contrário. Objetivo: Identificar o conhecimento atual acerca da localização anatómica mais frequente das UP em pediatria e quais as medidas preventivas mais eficazes. Método: Realizou-se uma revisão sistemática da literatura on-line nas bases de dados CINAHL, Academic Search Complete e Elsevier Science, com descritores predefinidos. Foi adicionada uma pesquisa a partir das referências bibliográficas dos estudos seleccionados. A avaliação crítica dos resultados permitiu selecionar 5 artigos que respondem aos objetivos e critérios de inclusão estabelecidos: 3 estudos abordam as localizações anatómicas mais frequentes e 2 as medidas preventivas mais eficazes. Resultados: Apesar de haver divergências entre autores, as localizações mais frequentes são consideradas a região occipital e sacrococcígea. A discrepância é explicada pelas diferenças anatómicas entre crianças e pela mudança dos locais de pressão consoante o crescimento...

Localização e Medidas preventivas de Úlceras de Pressão em Idade Pediátrica

Lomba, Maria de Lurdes Lopes de Freitas
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 21/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
116.24%
Introducción: As úlceras de pressão (UP) são um problema de saúde pública e um indicador da má qualidade dos cuidados. A sua problematização é consensual em adultos mas não é reconhecida em pediatria, o que per si é um fator de risco. Apesar de consideradas raras em crianças, os estudos existentes têm revelado o contrário. Objetivo: Identificar o conhecimento atual acerca da localização anatómica mais frequente das UP em pediatria e quais as medidas preventivas mais eficazes. Método: Realizou-se uma revisão sistemática da literatura on-line nas bases de dados CINAHL, Academic Search Complete e Elsevier Science, com descritores predefinidos. Foi adicionada uma pesquisa a partir das referências bibliográficas dos estudos seleccionados. A avaliação crítica dos resultados permitiu selecionar 5 artigos que respondem aos objetivos e critérios de inclusão estabelecidos: 3 estudos abordam as localizações anatómicas mais frequentes e 2 as medidas preventivas mais eficazes. Resultados: Apesar de haver divergências entre autores, as localizações mais frequentes são consideradas a região occipital e sacrococcígea. A discrepância é explicada pelas diferenças anatómicas entre crianças e pela mudança dos locais de pressão consoante o crescimento...

LOCALIZAÇÃO E MEDIDAS PREVENTIVAS DE ÚLCERAS DE PRESSÃO EM IDADE PEDIÁTRICA

Lomba, Maria de Lurdes Lopes de Freitas
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 08/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
116.24%
Introducción: As úlceras de pressão (UP) são um problema de saúde pública e um indicador da má qualidade dos cuidados. A sua problematização é consensual em adultos mas não é reconhecida em pediatria, o que per si é um fator de risco. Apesar de consideradas raras em crianças, os estudos existentes têm revelado o contrário. Objetivo: Identificar o conhecimento atual acerca da localização anatómica mais frequente das UP em pediatria e quais as medidas preventivas mais eficazes. Método: Realizou-se uma revisão sistemática da literatura on-line nas bases de dados CINAHL, Academic Search Complete e Elsevier Science, com descritores predefinidos. Foi adicionada uma pesquisa a partir das referências bibliográficas dos estudos seleccionados. A avaliação crítica dos resultados permitiu selecionar 5 artigos que respondem aos objetivos e critérios de inclusão estabelecidos: 3 estudos abordam as localizações anatómicas mais frequentes e 2 as medidas preventivas mais eficazes. Resultados: Apesar de haver divergências entre autores, as localizações mais frequentes são consideradas a região occipital e sacrococcígea. A discrepância é explicada pelas diferenças anatómicas entre crianças e pela mudança dos locais de pressão consoante o crescimento...

Laserterapia no tratamento de úlceras de pressão na unidade de terapia intensiva

Ferreira, Iara Maria Formiga
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.29%
Este trabalho teve por objetivo demonstrar os benefícios da utilização da laserterapia em pacientes acometidos por úlceras de pressão. Dessa forma foi realizada uma revisão bibliográfica na busca de informações sobre esta doença; sua etiologia; sua apresentação clínica e o tratamento fisioterapêutico utilizado. Como ferramentas utilizadas nesse trabalho foram , livros na área de geriatria, de eletroterapia e da área dermato- funcinal, bem como artigos e revistas relacionados à úlcera de pressão, uso da laserterapia e da sua utilização nas UTI. O trabalho teve como base estudos realizados na área médica e de fisioterapia e conseguiu demonstrar a eficiência do uso da laserterapia em pacientes acometidos por úlceras de pressão. Complementando os benefícios desta técnica, o trabalho recomenda a utilização deste tratamento nos pacientes acamados nas unidades de terapia intensiva.; This work aimed to demonstrate the benefits of the use of laser therapy in patients suffering from pressure ulcers. A review was conducted in search of information about this disease, its etiology, clinical presentation and the treatment physiotherapy used. The tools used in this study were books in the areas of geriatrics, electrotherapy and dermato- functional area...

A importância da ação de enfermagem no diagnóstico e tratamento de úlceras de pressão em idosos

Andrade, Patrícia Mele de
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.22%
Trata-se de um estudo de revisão bibliográfica onde serão abordados assuntos relacionados a dificuldades dos idosos dentro do processo de envelhecer. A visão e a forma de tratamento da sociedade em relação ao idoso, dentro das classes sociais, são distintas e muitas vezes preconceituosas, fazendo com que eles, de certa forma, sejam excluídos dentro de sua comunidade. O envelhecimento traz modificações orgânicas importantes que, quando não identificadas previamente, podem culminar em patologias que levam ao desenvolvimento de úlceras de pressão. Dentro desse cenário, entra a dificuldade da família na responsabilidade em lidar com o idoso, suas particularidades e necessidades. Serão citados os cuidados referentes ao tratamento e prevenção das úlceras de pressão e os fatores predisponentes para o desenvolvimento em idosos. É visto que, os idosos apresentam, pelas transformações orgânicas, uma maior dificuldade de cicatrização e cura completa de feridas. Assim demonstra-se a importância da Enfermagem, no acompanhamento desses idosos e no auxílio aos familiares.