Página 1 dos resultados de 3130 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Mortalidade relacionada à tuberculose no município de São Paulo - 2002 a 2004 ; Mortality related to tuberculosis in the city of São Paulo - from 2002 to 2004.

Pereira, Edméa Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
Introdução – A partir de 1999, os coeficientes anuais de mortalidade por tuberculose no Estado de São Paulo apresentam declínio, segundo dados do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde (CVE). Para caracterizar os óbitos e entender a tendência, explora-se o fato de o óbito por tuberculose possuir características que possibilitam estudos com enfoque em causas múltiplas, podendo a doença ser causa básica ou causa associada da morte. Objetivo – Traçar o perfil da mortalidade relacionada à tuberculose no Município de São Paulo, segundo causas múltiplas de morte e suas inter-relações com outras causas básicas e verificar se os casos de tuberculose estão notificados ao banco de dados do CVE. Metodologia – Estudo descritivo utilizando dados secundários. Foram estudados todos os óbitos de pessoas residentes no Município de São Paulo, ocorridos entre 2002 e 2004, que tiveram, na declaração de óbito, tuberculose como causa básica ou causa associada, ou seqüela de tuberculose como causa básica (N=2.325). Causa básica e causas associadas de morte foram caracterizadas segundo as disposições da Organização Mundial de Saúde. Pesquisaram-se os registros do CVE para verificar se os casos de tuberculose estavam notificados. As fontes de dados foram o Programa de Aprimoramento das Informações de Mortalidade no Município de São Paulo (PRO-AIM) e o banco de dados do CVE. Os dados de população provieram da Fundação SEADE. Resultados – A utilização de causas múltiplas de morte aumentou o número de óbitos em 82...

Perfil dos doentes de tuberculose no município de Manaus - Amazonas (2007); Profile of tuberculosis patients in Manaus - Amazonas (2007)

Farias, Altair Seabra de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
No Brasil, o Amazonas tem se destacado pela elevada incidência de tuberculose e a capital Manaus chama atenção por diagnosticar mais de 70% dos casos de todo o estado. Este estudo teve o objetivo de analisar o perfil de doentes de tuberculose no município de Manaus - AM, no ano de 2007, considerando as situações de encerramento, óbito por tuberculose, abandono do tratamento, cura e as variáveis sócio-demográficas e clínico-epidemiológicas. Trata-se de um estudo epidemiológico, descritivo, tipo levantamento, tomando como fonte de informação, os casos de tuberculose notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). A coleta de dados ocorreu entre 01 a 30 de julho de 2009, no Departamento de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus. A população do estudo constituiu dos casos de tuberculose que evoluíram para óbito por tuberculose, abandono do tratamento e cura. Para caracterização sóciodemográfica dos doentes foram consideradas as variáveis, sexo, idade, raça/cor, escolaridade, procedência, zona de moradia e se possuíam telefone. Dentre as variáveis clínico-epidemiológicas foram consideradas a forma clínica da tuberculose, o tipo de entrada, o tipo de tratamento e os agravos associados à tuberculose. Na análise estatística utilizaram-se técnicas descritivas contemplando frequência...

Apresentação rediológica da tuberculose em pacientes HIV+ e HIV-

Picon, Pedro Dornelles
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.37%
Introdução A AIDS trouxe mudanças na apresentação clínico-radiológica da tuberculose, com o surgimento de formas incomuns. Estas alterações vêm sendo discutidas na literatura internacional. Entretanto, o quadro clínico, radiológico e epidemiológico da apresentação pulmonar da tuberculose em pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) em nosso meio não foi ainda completamente descrito. Pacientes e Métodos Foram estudadas as radiografias de tórax e coletados dados de prontuário de 231 pacientes com 37,7 ± 12,9 anos de idade, com tuberculose pulmonar comprovada por baciloscopia do escarro e sem história de tratamento prévio, internados no Hospital Sanatório Partenon no período de janeiro de 1997 a dezembro de 2001. Os pacientes foram divididos em grupos, de acordo com a presença ou não de infecção pelo HIV e de AIDS e de acordo com os valores de linfócitos (≤ 1500 ou > 1500 células/mm3) e de CD4 (≤ 200 ou > 200 células/mm3) no sangue periférico. Parâmetros clínicos e radiológicos foram comparados entre os grupos. Foram avaliados idade, sexo, cor da pele, estado geral, duração dos sintomas, alcoolismo, uso de drogas ilícitas, presença de diabetes melito, neoplasias ou adenomegalias superficiais e diagnóstico prévio ou atual de doenças oportunísticas associadas ao HIV. Pacientes que apresentaram adenomegalias superficiais foram considerados como tendo doença multifocal. Pacientes infectados pelo HIV (HIV +) que apresentaram doenças oportunísticas foram classificados como tendo o diagnóstico de síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). As radiografias de tórax (póstero-ânterior e perfil) foram avaliadas para definir o tipo de tuberculose e a presença de adenomegalias intratorácicas associadas a lesões pulmonares...

Tuberculose em pacientes adultos infectados pelo virus da imunodeficiencia humana atendidos no Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas

Veronica Maria Sinkoc
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
Existe consenso de que a pandemia do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) desencadeou um aumento na incidência da tuberculose. Por outro lado, a tuberculose diminui a sobrevida de pessoas com HIV. Este estudo teve por objetivo descrever aspectos epidemiológicos, a apresentação clínica, diagnóstico e evolução de pacientes com co-infecção tuberculose-HIV . Foi realizado estudo descritivo de pacientes adultos com tuberculose, notificados em 1998, pelo Núcleo de Vigilância Epidemiológica do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas, que apresentavam sorologia positiva para o HIV. Foram incluídos pacientes com 13 anos de idade ou mais. Noventa e oito pacientes foram estudados. A relação masculino/feminino foi de 2,6/1, sendo que as mulheres eram mais jovens e com menos escolaridade que os homens. Houve referência de drogadição por 54,8% dos pacientes e etilismo por 57,3%. A exposição anterior a doentes de tuberculose aconteceu em 43,9%. O diagnóstico de infecção pelo HIV foi simultâneo ao de tuberculose em 31,6% e a tuberculose foi a doença definidora de AIDS em 46,9% dos pacientes. O diagnóstico de infecção pelo HIV simultâneo à tuberculose esteve relacionado à hospitalização...

Apoio às pessoas com tuberculose e redes sociais

Souza, Sabrina da Silva de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 258 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.33%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010; O presente estudo teve o objetivo de compreender os processos de apoio experienciados pelas pessoas com tuberculose em um município prioritário no controle dessa doença em Santa Catarina. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujo referencial metodológico adotado foi a Teoria Fundamentada nos Dados (TFD), desenvolvida em um serviço de tuberculose de um município prioritário no controle da tuberculose em Santa Catarina/Brasil. Os sujeitos da pesquisa foram 16 pessoas com tuberculose e sua rede de relações, que totalizou 26 pessoas. A coleta de dados ocorreu no domicílio, no local de trabalho e nas unidades de saúde. Foram realizadas entrevistas em profundidade e foi orientada pela seguinte questão: Fale-me sobre a tuberculose. A partir desta foram explorados os aspectos do apoio para viver com a doença. A análise foi realizada através da codificação aberta, axial e seletiva que determinaram a inclusão dos cinco grupos amostrais, caracterizando com isto a amostragem teórica. Como resultado da análise, foi desenvolvida a teoria substantiva denominada Apoio as pessoas com tuberculose e redes sociais...

O abandono do tratamento e suas representações sociais para profissionais da saúde e pessoas com tuberculose

Chirinos, Narda Estela Calsin
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 173 p.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2013.; Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, do tipo exploratório-descritiva, com o objetivo de compreender as representações sociais das pessoas com tuberculose e dos profissionais de saúde sobre o abandono de tratamento, num Programa de Controle da Tuberculose, a partir do referencial teórico da teoria de representações sociais. Foi realizada em quatro Centros de Saúde, em Lima, Peru, com 20 sujeitos, dos quais 12 profissionais da saúde e 8 pessoas com tuberculose. A coleta de dados foi através de entrevistas semiestruturadas, realizadas de junho a novembro de 2012. A análise de dados orientou-se pela análise de conteúdo do tipo categorial temática. Os resultados originaram três manuscritos abordando: representações sociais dos profissionais da saúde sobre o abandono do tratamento, representações sociais das pessoas com tuberculose sobre o abandono do tratamento e as relações entre as representações desses dois atores. Nos resultados do primeiro manuscrito, constam três categorias relacionadas ao abandono de tratamento da tuberculose: "ser pobre dificulta a adesão ao tratamento"...

O cuidado do enfermeiro à pessoa com tuberculose na atenção básica de saúde

Cavalcante, Elisângela Franco de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 222 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2014.; Este estudo teve como objetivos compreender o processo de cuidar da pessoa com tuberculose por enfermeiros na atenção básica de saúde de uma capital da Região Nordeste brasileira; e construir um modelo teórico a partir da compreensão do processo de cuidar da pessoa com tuberculose sob a perspectiva dos enfermeiros da atenção básica de saúde, considerando as dimensões causais, interventoras, contextuais, das ações/interações e das consequências do fenômeno representativo desse cuidar. Delineou-se uma pesquisa qualitativa que seguiu os pressupostos metodológicos da Teoria Fundamentada nos Dados, orientada segundo Anselm Strauss e Juliet Corbin (1990, 2008), cujo cenário foi composto por oito unidades básicas de saúde, localizadas em um distrito de alta incidência de tuberculose em uma capital do Nordeste brasileiro. O estudo contou com 28 participantes, divididos em quatro grupos amostrais. O primeiro grupo amostral reuniu 19 enfermeiras que possuíam experiência no cuidado às pessoas com tuberculose. O segundo grupo amostral foi composto por duas técnicas de enfermagem...

Tuberculose : reflexão sobre a actual situação da doença

Valente, Alice Mercês de Pinho
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
A tuberculose tem estado presente durante todo o desenvolvimento da humanidade. Após ter sido considerada sob controlo, a tuberculose ressurgiu em meados da década de oitenta de uma forma preocupante. O aumento dramático do número de casos de doença ficou a dever-se, em parte, à disseminação do Vírus da SIDA e a outros factores, como o empobrecimento das populações, os movimentos migratórios, a toxicodependência e as políticas de desinvestimento na luta anti-tuberculosa. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a tuberculose é uma emergência global, sem controlo em muitas partes do mundo, ocorrendo 9 milhões de casos todos os anos, dos quais 1,7 milhões morrem. Em cada segundo uma pessoa no mundo é infectada de novo com o bacilo da tuberculose. Embora represente um problema global, a tuberculose é mais comum nos países mais pobres e com piores condições médico-sanitárias, tais como os países africanos e do sudeste asiático. A infecção pelo VIH predispõe ao aparecimento da tuberculose e por isso têm estado inevitavelmente ligadas. A tuberculose tornou-se assim na principal causa de morte entre os indivíduos com infecção VIH, sendo responsável por cerca de um terço dos óbitos por SIDA em todo o mundo. Em Portugal a situação da doença é preocupante...

Papel da tuberculose domiciliar no surgimento da tuberculose multirresistente

Barroso,Elizabeth Clara; Mota,Rosa Maria Salani; Oliveira,Adalgisa C. M.; Cordeiro,Josefa Ivonete R.; Barroso,Joana Brasileiro; Rodrigues,Jorge Luis Nobre
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
INTRODUÇÃO: A tuberculose multirresistente é uma preocupação em todo o mundo. A identificação de fatores de risco associados pode contribuir para o seu controle. OBJETIVO: Avaliar se o contato com tuberculose domiciliar é fator de risco para tuberculose multirresistente. MÉTODO: Estudo caso-controle de base populacional de modo retrospectivo. Foi considerado multirresistente o bacilo resistente a pelo menos rifampicina+isoniazida, e tuberculose sensível o caso no qual houvesse sido feito o primeiro tratamento num período semelhante ao primeiro tratamento do caso com tuberculose multirresistente, mas que estivesse curado no momento da entrevista. Os casos foram selecionados através dos testes de sensibilidade realizados no Laboratório Central do Estado do Ceará de 1990 a 1999, pelo método das proporções. Os controles foram selecionados entre os bacilíferos do livro de registro do Programa de Controle da Tuberculose, em período semelhante. Foi pesquisada a história de tuberculose na família. Os casos de Tuberculose na família foram divididos em 03 subgrupos: tuberculose curada, tuberculose abandonada e tuberculose multirresistente. RESULTADOS: 266 casos de tuberculose multirresistente foram diagnosticados. Identificamos 153 pacientes...

Ocorrência de tuberculose doença entre contatos de tuberculose sensível e multirresistente

Barroso,Elizabeth Clara; Mota,Rosa Mª Salani; Pinheiro,Valéria Góes Ferreira; Campelo,Creusa Lima; Rodrigues,Jorge Luis Nobre
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.32%
INTRODUÇÃO: Desde os primeiros anos da quimioterapia anti-tuberculose, existe polêmica a respeito da transmissibilidade, infectividade, virulência e patogenicidade de bacilos sensíveis e resistentes à quimioterapia. OBJETIVO: Determinar a ocorrência de casos de tuberculose doença entre contatos intra-domiciliares de tuberculose multirresistente e tuberculose sensível. MÉTODO: Foi realizado um estudo caso-controle, sendo considerado tuberculose multirresistente o caso de portador de bacilo resistente a pelo menos rifampicina e isoniazida, e tuberculose sensível o caso que tivesse feito o primeiro tratamento num período semelhante ao primeiro tratamento do caso de tuberculose multirresistente, estando o paciente curado no momento da entrevista. Contato foi definido como o residente no domicílio do caso índice. Os casos foram selecionados a partir dos resultados dos testes de sensibilidade obtidos pelo método das proporções no Laboratório Central do Estado do Ceará, e os controles constituídos por pacientes bacilíferos registrados no Programa de Controle da Tuberculose, entre 1.990 e 1.999. RESULTADOS: Foram avaliados 126 portadores de tuberculose multirresistente e 176 de tuberculose sensível. O número de contatos foi de 557 no grupo dos casos...

Tuberculose em indivíduos infectados pelo HIV em Pernambuco

Maruza Melo de Barros Oliveira, Magda; Arraes de Alencar Ximenes, Ricardo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.33%
A coinfecção tuberculose⁄HIV apresenta uma série de desafios para a saúde publica mundial, particularmente nos países em desenvolvimento. A tuberculose é uma das complicações mais comuns em indivíduos infectados pelo HIV e a principal causa de morte. Esta tese, apresentada no formato de dois artigos, teve como objeto de investigação indivíduos com tuberculose⁄HIV que iniciaram tratamento para tuberculose em dois Serviços de Referência para HIV/AIDS em Pernambuco (Hospital Correia Picanço e Hospital Universitário Oswaldo Cruz), onde são atendidos cerca de 70% dos pacientes infectados pelo HIV no Estado, no período de Junho de 2007 a Dezembro de 2009. Os principais objetivos dos estudos foram: identificar, em uma coorte de indivíduos infectados pelo HIV, os fatores de risco para o abandono do tratamento para tuberculose, estimar a probabilidade de sobrevida de indivíduos com tuberculose/HIV após o início do tratamento de tuberculose e avaliar os fatores associados ao tempo até o óbito na população estudada. O primeiro artigo (Fatores de risco para o abandono do tratamento para tuberculose em indivíduos infectados pelo HIV em Pernambuco, Brasil: um estudo de coorte prospectivo) relata um estudo de coorte prospectivo que acompanhou os indivíduos que iniciaram tratamento para tuberculose...

Tuberculose pulmonar em indivíduos infectados pelo HIV : fatores associados ao atraso no início do tratamento e avaliação da acurácia de um sistema de pontos para o diagnóstico em pacientes com baciloscopia negativa

Wagner, Isabella Coimbra
Fonte: Universidade Federal de pernambuco Publicador: Universidade Federal de pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
37.3%
O diagnóstico e tratamento da tuberculose (TB) em pacientes infectados pelo HIV representam um importante desafio para a saúde publica, particularmente nos países em desenvolvimento, sendo a principal causa de morte em indivíduos coinfectados. Esta tese, apresentada no formato de dois artigos, teve como objeto de investigação participantes de uma coorte de indivíduos infectados pelo HIV, em investigação (artigo 2) ou tratamento (artigo 1) para tuberculose em dois serviços de referencia para HIV em Pernambuco. Os objetivos dos estudos foram identificar os fatores associados ao atraso no início do tratamento de tuberculose pulmonar em indivíduos infectados pelo HIV e avaliar a acurácia do sistema de pontos adotado pelo Ministério da Saúde do Brasil para o diagnóstico de tuberculose pulmonar em crianças e adolescente adaptado para adultos com suspeita de tuberculose pulmonar e baciloscopia do escarro negativa, em relação ao padrão-ouro do estudo. Esses estudos foram conduzidos a partir de uma coorte de indivíduos adultos infectados pelo HIV, atendidos em dois serviços de referência para HIV, em Pernambuco, no período de julho de 2007 a dezembro de 2010. O primeiro artigo (fatores associados ao atraso no inicio do tratamento para tuberculose pulmonar...

Tecnologias sociais comunitárias na prevenção da tuberculose

Fundo Global Tuberculose Brasil
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
47.05%
O Projeto DOTS na Comunidade, iniciativa do Projeto Fundo Global Tuberculose Brasil, apoia ações de prevenção e de adesão ao tratamento da tuberculose, desenvolvidas por organizações comunitárias em regiões metropolitanas como o Rio de Janeiro, Salvador, Belém e Porto Alegre. Este vídeo apresenta o projeto DOTS na comunidade como uma das tecnologias sociais implementadas por grupos comunitários que podem ser facilmente adaptadas e desenvolvidas na Atenção Primária brasileira, pelas equipes da Estratégia de Saúde da Família.

Identificação de Mycobacterium bovis em bovinos e sua importância na ocorrência de tuberculose zoonótica

Jorge, Klaudia dos Santos Gonçalves
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
A tuberculose bovina é uma zoonose, doença ou infecção naturalmente transmissível entre os animais vertebrados e o homem, causada por Mycobacterium bovis, cujo hospedeiro primário é o bovino, mas diversas espécies de mamíferos domésticos, silvestres e o homem são também susceptíveis ao mesmo bacilo. Para identificar casos de tuberculose bovina em Mato Grosso do Sul e correlacionar esse achado com tuberculose zoonótica realizou-se o diagnóstico clínico, bacteriológico e molecular da infecção e comprovou-se a presença de M. bovis em produtos de origem bovina comumente utilizados como alimento humano. Foram realizados dois estudos. No primeiro, o objetivo foi avaliar a contribuição da vigilância sanitária para a investigação epidemiológica retrospectiva de focos de tuberculose em rebanhos de Mato Grosso do Sul. A partir de lesões macroscópicas detectadas ao abate de um bovino durante a inspeção sanitária de rotina, examinou-se 200 bovinos por meio de teste cervical comparativo (TCC). Os animais positivos ou inconclusivos nesse teste foram abatidos e ao exame macroscópico, amostras de órgãos com lesões sugestivas de tuberculose foram coletadas e encaminhadas para cultivo em meio de Stonebrink, pesquisa de bacilos álcool-ácido resistentes (BAAR) pelo método de Ziehl-Neelsen (ZN) e identificação molecular dos isolados por meio da reação da polimerase em cadeia (PCR) com os oligonucleotídeos JB21/JB22. O TCC diagnosticou tuberculose em 24/200 (12%) bovinos sendo 23 positivos e um inconclusivo. Ao abate sanitário...

Tuberculose latente em pacientes com insuficiência renal crônica de Campo Grande-MS

Chagas, Aucely Corrêa Fernandes
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Uma das estratégias usadas para o controle da tuberculose é o diagnóstico de indivíduos com tuberculose latente. Objetivo: estudar a tuberculose latente nos pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise em Campo Grande, estado de Mato Grosso do Sul. Método: trata-se de estudo epidemiológico, para estimar a prevalência da tuberculose latente, sendo realizado o teste tuberculínico em 418 da população de 772 pacientes dos seis Serviços de Hemodiálise existentes na em Campo Grande. Resultados: a prevalência da tuberculose latente foi de 10,3%. Os pacientes em hemodiálise tinham a média de idade de 53,4±14,9 anos, com predomínio do sexo masculino, de etnia branca, casados e com ensino Fundamental incompleto. As profissões/ocupações predominantes foram: do lar, motorista, agricultor e diarista. O contato prévio com pessoas com tuberculose foi um achado relevante, pois 80,0% dos participantes que relataram contato com pessoas com tuberculose foram positivas para tuberculose latente. Foi possível observar que ocorreram mais óbitos entre os pacientes que tiveram o teste tuberculínico positivo. As etiologias da insuficiência renal crônica e comorbidades avaliadas mostraram que os pacientes que tiveram hipertensão e glomerulonefrite isolada ou associada não tiveram o teste tuberculínico positivo. Os medicamentos mais usados foram: suplemento vitamínico e mineral...

Investiga??o do polimorfismo do exon - 1 do gene MBL (Mannose-Binding Lectin) em pacientes portadores de tuberculose

ARA?JO, Mauro S?rgio Moura de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
A lectina ligante de manose (MBL) ? uma prote?na considerada de fase aguda com importante papel na primeira linha de defesa do sistema imune inato, cujos n?veis s?ricos s?o determinados geneticamente. A MBL ativa a via da lectina do complemento, al?m de mediar a opsoniza??o e fagocitose de microrganismos. V?rios estudos associam os n?veis s?ricos de MBL ? suscetibilidade ou resist?ncia a agentes infecciosos entre eles o Mycobacterium tuberculosis, agente causador da tuberculose humana. Neste estudo, com o objetivo de avaliar a ocorr?ncia de uma poss?vel associa??o entre os polimorfismos e a tuberculose, avaliamos as freq??ncias das muta??es no ?xon 1 do gene MBL em um grupo de 167 pacientes com tuberculose, subdivididos em 3 grupos: pacientes com tuberculose pulmonar, pacientes com tuberculose extrapulmonar, pacientes com tuberculose multirresistente a drogas, e grupo controle com 159 profissionais da sa?de, negativos para tuberculose. A identifica??o dos alelos MBL *A, *B, *C e *D foi realizada por meio da rea??o em cadeia da polimerase, utilizando seq??ncias de iniciadores espec?ficos e posterior digest?o enzim?tica. As an?lises das freq??ncias al?licas e genot?picas do ?xon 1 n?o mostraram qualquer diferen?a significativa entre pacientes com tuberculose e grupo controle (p>0...

Evolução clínica da tuberculose em pacientes infectados por HIV em Campo Grande, MS, 2003-2005

Cheade, Maria de Fátima Meinberg
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2007.; O objetivo desta pesquisa foi analisar a evolução clínica da tuberculose em pacientes portadores de HIV/aids em Campo Grande, MS, de 2003 a 2005. Coletaram-se dados secundários em prontuários clínicos de pacientes maiores de 14 anos portadores de HIV/aids com diagnóstico de tuberculose atendidos em uma unidade hospitalar de ensino e referência em doenças infectoparasitárias. Estabeleceu-se o perfil sociodemográfico com base nas variáveis sexo, etnia, município de residência, ambiente de moradia, escolaridade e idade. Identificaram-se os dados clínicos da tuberculose, os resultados dos exames diagnósticos, o tipo e duração do tratamento, os encerramentos de tratamento e as condições clínicas dos pacientes segundo seu comprometimento imunológico. Compararam-se os registros de atendimento provenientes do Sistema de Informação Nacional de Agravos de Notificação (SINAN) e do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM). Os resultados revelaram 66 pacientes portadores de HIV/aids acometidos por tuberculose no período. O tempo decorrido entre o diagnóstico de tuberculose e o de HIV/aids foi de até um ano em 66,6% dos pacientes. Houve predomínio de homens...

Tuberculose : reflexão sobre a actual situação da doença

Valente, Alice Mercês de Pinho
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
A tuberculose tem estado presente durante todo o desenvolvimento da humanidade. Após ter sido considerada sob controlo, a tuberculose ressurgiu em meados da década de oitenta de uma forma preocupante. O aumento dramático do número de casos de doença ficou a dever-se, em parte, à disseminação do Vírus da SIDA e a outros factores, como o empobrecimento das populações, os movimentos migratórios, a toxicodependência e as políticas de desinvestimento na luta anti-tuberculosa. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a tuberculose é uma emergência global, sem controlo em muitas partes do mundo, ocorrendo 9 milhões de casos todos os anos, dos quais 1,7 milhões morrem. Em cada segundo uma pessoa no mundo é infectada de novo com o bacilo da tuberculose. Embora represente um problema global, a tuberculose é mais comum nos países mais pobres e com piores condições médico-sanitárias, tais como os países africanos e do sudeste asiático. A infecção pelo VIH predispõe ao aparecimento da tuberculose e por isso têm estado inevitavelmente ligadas. A tuberculose tornou-se assim na principal causa de morte entre os indivíduos com infecção VIH, sendo responsável por cerca de um terço dos óbitos por SIDA em todo o mundo. Em Portugal a situação da doença é preocupante...

Tecnologias sociais comunitárias na prevenção da tuberculose

Fundo Global Tuberculose Brasil
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Vídeo em cores, com áudio. Duração de 22 min e 37 seg.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
47.1%
O Projeto DOTS na Comunidade, iniciativa do Projeto Fundo Global Tuberculose Brasil, apoia ações de prevenção e de adesão ao tratamento da tuberculose, desenvolvidas por organizações comunitárias em regiões metropolitanas como o Rio de Janeiro, Salvador, Belém e Porto Alegre. Este vídeo apresenta o projeto DOTS na comunidade como uma das tecnologias sociais implementadas por grupos comunitários que podem ser facilmente adaptadas e desenvolvidas na Atenção Primária brasileira, pelas equipes da Estratégia de Saúde da Família.

Retrospecto do controle da tuberculose no Brasil; Retrospect of tuberculosis control in Brazil

Hijjar, Miguel Aiub; Gerhardt, Germano; Teixeira, Gilmário M; Procópio, Maria José
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/09/2007 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.27%
O objetivo do trabalho foi fazer um retrospecto da ação das medidas de controle da tuberculose no Brasil, desde o final do século XIX, abrangendo a história das lutas sociais e destacando instituições e figuras humanas dedicadas a buscar soluções para esses problemas. As respostas brasileiras à tuberculose iniciaram-se na sociedade com as Ligas Contra a Tuberculose, difundindo avanços científicos, como a vacinação BCG, iniciada em 1927. Do poder público, a Inspetoria de Profilaxia da TB (1920), o Serviço Nacional de Tuberculose (1940), e a da Campanha Nacional Contra a Tuberculose (1946), coordenaram políticas nacionais como a da quimioterapia, iniciada com a descoberta da estreptomicina, em 1944. O surgimento da resistência bacteriana levou ao desenvolvimento de vários esquemas terapêuticos. O esquema I (rifampicina, hidrazida e pirazinamida), o principal de 1979 e ainda em uso, teve grande impacto epidemiológico. Em 1993, a OMS declarou a tuberculose em emergência mundial. Como resposta, o Brasil elaborou suas estratégias; a primeira foi o Plano Emergencial para Controle da Tuberculose (1994), com priorização de 230 municípios. Como perspectiva aponta-se a efetiva municipalização das ações e sua maior integração aos Programas de Agentes Comunitários e Saúde da Família.; The aim of the study was to look back on the course of action involving measures of tuberculosis control in Brazil since the end of the 19th century...