Página 1 dos resultados de 5605 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Cariótipo molecular: uma ferramenta para o estudo analítico e evolutivo do genoma de Trypanosoma cruzi; Molecular karyotype: a tool for the analytical and evolutionary study of Trypanosoma cruzi genome.

Pedroso Junior, Aurelio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/01/2005 PT
Relevância na Pesquisa
66.97%
Diferentes métodos de caracterização e inferências filogenéticas baseadas na seqüência de alguns genes nucleares indicam que Typanosoma cruzi pode ser dividido em dois grupos principais, denominados T. cruzi I e T. cruzi II. Outros subgrupos de isolados foram descritos, tais como grupo de rDNA 1/2 e zimodema 3 (Z3) cuja relação filogenética com os grupos T.cruzi I e T.cruzi II ainda não está clara. O cariótipo molecular é uma ferramenta que permite abordar diferentes aspectos do genoma de organismos. Neste trabalho, caracterizamos o cariótipo molecular de 22 isolados de T. cruzi a partir da separação de seus cromossomos por eletroforese de campo pulsado e hibridação com sondas que representam genes codificadores de proteína e de RNA. Verificamos extenso polimorfismo cromossômico entre os isolados e que isolados pertencentes aos grupos T. cruzi II, rDNA 1/2 e Z3 têm cromossomos de tamanho molecular maior (até 3,5 Mb) em relação a isolados de T. cruzi I (até 2,8 Mb). Os dados do cariótipo molecular também foram utilizados para averiguar o significado evolutivo do polimorfismo cromossômico. As análises fenéticas foram baseadas no índice de diferença absoluta de tamanho cromossômico (aCSDI) obtido a partir da hibridação dos cromossomos com um número variável de marcadores genéticos. Inicialmente analisamos nove isolados...

Avaliação dos níveis de parasitemia por PCR em tempo real em pacientes com doença de Chagas crônica e pacientes com co-infecção HIV - Trypanosoma cruzi, com e sem reativação da doença de Chagas; Real Time PCR for the evaluation of parasitemia in patients with chronic Chagas disease and in HIV-Trypanosoma cruzi co-infection with or without reactivation

Freitas, Véra Lucia Teixeira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.97%
Introdução: A reativação da doença de Chagas crônica, descrita em aproximadamente 20% dos pacientes co-infectados por HIV/Trypanosoma cruzi (T. cruzi), apresenta-se geralmente como doença grave, com meningoencefalite e miocardite. O diagnóstico baseia-se em métodos diretos, no sangue ou outro material biológico, podendo ser estabelecido em exame histopatológico, sendo associado à elevada parasitemia ou a multiplicação de T. cruzi nos tecidos comprometidos. A letalidade é elevada principalmente nos pacientes que não receberam pelo menos 30 dias de terapêutica. Dessa forma métodos mais sensíveis e mais rápidos são necessários visando a detecção precoce do parasito. A proposta deste estudo é avaliar o papel da PCR em tempo real na determinação do nível de parasitemia em pacientes infectados por HIV com e sem reativação da doença de Chagas. Métodos: Noventa e uma amostras coletadas de pacientes com doença de Chagas 57 com doença de Chagas crônica (CR), 34 com co-infecção HIV-T cruzi, destes, 29 sem reativação (CO) e 5 com reativação da doença de Chagas foram analisadas por provas qualitativas: PCR para seqüência de DNA do cientoplasto (kDNA), hemocultura e xenodiagnóstico, e provas quantitativas: PCR em tempo real (qPCRTR)...

Caracterização de um receptor de Trypanosoma cruzi identificado por técnica de phage display; Characterization of a putative receptor for Trypanosoma cruzi identified by phage display

Khusal, Ketna Guilhermino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.97%
O Trypanosoma cruzi é um protozoário flagelado agente causador da Doença de Chagas, patologia endêmica da América Latina. Tripomastigotas de T. cruzi expressam em sua superfície celular glicoproteínas denominadas Tc-85 e pertencentes à superfamília gp85/trans-sialidase. Vários membros desta superfamília têm sido implicados na invasão das células hospedeiras pelo T. cruzi e componentes da matriz extracelular, como fibronectina e laminina, foram descritos como alguns de seus ligantes. Utilizando a técnica de phage display, a seqüência GGIALAG foi identificada por ligar-se especificamente e de uma forma dose-dependente ao H3.3p, uma proteína recombinante que corresponde a um fragmento interno de um membro clonado da Tc85 (Tc85-11). A análise através de alinhamento identificou o receptor de procineticina 2 (PKR2) como candidato putativo. Os receptores de procineticina (PKR1 e PKR2) são expressos em muitos tecidos e estruturalmente são membros da família da rodopsina, com sete domínios transmembranares e sítios putativos para modificações pós-traducionais. Os ligantes, as procineticinas 1 e 2, são peptídeos envolvidos em uma variedade de processos biológicos, tais como angiogênese, hematopoiese, diferenciação de monócitos...

Identificação de possíveis genes relacionados com a infecção por Trypanosoma cruzi no hospedeiro.; Identification of possible genes related to Trypanosoma cruzi infection in the host.

Kawamata, Carlos Eduardo Malvezzi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.97%
A doença de Chagas é causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e atinge cerca de 12 milhões de pessoas no continente americano, a forma clássica de transmissão ocorre por intermédio do inseto vetor da subfamília Triatominae, popularmente chamado de barbeiro.Em um trabalho anterior, foi realizada uma análise de segregação complexa que indicou a presença de um gene principal, com um componente multifatorial influenciando a predisposição à infecção por Trypanosoma cruzi. A população é composta por 4697 indivíduos pertencentes a 886 famílias vindas do Nordeste do Brasil e tiveram os dados e amostras de sangue e saliva coletados entre 1969 e 1970.No presente estudo foi utilizada uma amostra de 69 indivíduos, sendo 18 positivos para a infecção por Trypanosoma cruzi e 51 negativos, distribuídos em 14 famílias. Os indivíduos tiveram seu DNA extraído e genotipado utilizando microarranjos de DNA de 260 K SNPs (GeneChip Mapping Affymetrix). Testes de associação mostraram significância entre a infecção por T. cruzi e o SNP rs17469997 do cromossomo 10, com P=0,015 após a correção de Bonferroni. Para validar estes inéditos resultados, análises de ligação multi-ponto foi feita com o programa GeneHunter (KRUGLYAK et al....

Planejamento, síntese e avaliação da atividade anti-T. cruzi de derivados furfurilidênicos com estruturas azometínica e oxadiazolínica ; Design, synthesis, identification and anti-Trypanosoma cruzi activity evaluation of furfurylidene azomethine and oxadiazole derivatives

Palace-Berl, Fanny
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.96%
A busca de alternativas terapêuticas para o tratamento da doença de Chagas é de grande importância, visto que atualmente existem apenas dois fármacos disponíveis, o benznidazol e o nifurtimox. Ambos apresentam efeitos adversos consideráveis, sendo utilizado, no Brasil, apenas o benznidazol. Compostos nitro-heterocíclicos com atividade frente ao Trypanosoma cruzi, agente causal da doença de Chagas, tem apresentado resultados promissores. Assim, este trabalho abrange o planejamento, síntese, identificação, avaliação da atividade anti-T. cruzi de 5-nitro furfurilidênicos (IC50 T. cruzi) e a citotoxicidade destes compostos frente a macrófagos de linhagem J774 (IC50 J774). A nifuroxazida, composto-protótipo, inspirou as modificações moleculares originando duas séries de compostos furfurilidênicos, uma com estrutura azometínica, série I, e outra com estrutura oxadiazolínica, série II. A escolha de substituintes foi baseada no diagrama de Craig, sendo selecionados dez substituintes para cada série. Foi avaliada a atividade dos vinte compostos planejados frente ao T. cruzi, dos quais os mais ativos foram: 4-butil-[N'- (5-nitrofuran-2-il)metileno]benzidrazida (4g - IC50 T. cruzi = 1,05 µM, DP = 0,07) e 3-Acetil-5-(4-butilfenil)-2-(5-nitrofuran-2-il)-2...

Mecanismos moleculares da ação tóxica pró-oxidante de 1,4-diamino-2-butanona, um análogo de putrescina, sobre células de mamíferos e Trypanosoma cruzi; The Molecular mechanisms of pro-oxidant activity of 1,4-diamino-2-butanone, a putrescine analogue, to mammalian cells and Trypanosoma cruzi

Soares, Chrislaine Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.96%
Compostos α-aminocarbonilícos como ácido 5-aminolevulínico (ALA) e aminoacetona (AA) apresentam um grande potencial pró-oxidante, pois sofrem reações de enolização e subseqüente oxidação aeróbica, com a formação de espécies radicalares de oxigênio, íons NH4+ e α-oxoaldeídos potencialmente citotóxicos. A α-aminocetona 1,4-diamino-2-butanona (DAB), um análogo da putrescina, é um agente microbicida de vários parasitas incluindo Trypanosoma cruzi. Acredita-se que o mecanismo de morte desencadeado por DAB nos parasitas seja por meio da inibição competitiva da ornitina descarboxilase (ODC), importante enzima do metabolismo de poliaminas, muito embora tenha sido observado de igual forma danos oxidativos nestes parasitas quando tratados com DAB. O objetivo deste trabalho é esclarecer o mecanismo de oxidação química de DAB e sua ação pró-oxidante à cultura de células de mamíferos (LLC-MK2 e RKO), assim como sua atividade microbicida contra tripomastigotas de Trypanosoma cruzi. Demonstramos aqui que DAB, quimicamente similar ao ALA e AA, sofre reação de oxidação catalisada por íons fosfato, e por íons de metais de transição como Fe(II) e Cu(II), resultando na formação de radicais de oxigênio...

Avaliação da imunorreatividade contra desmogleína 1 e Trypanosoma cruzi em população de área endêmica para pênfigo foliáceo; Evaluation of immunoreactivity against desmoglein 1 and Trypanosoma cruzi in population from endemic area for pemphigus foliaceus

Sousa Júnior, Joaquim Xavier de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
67%
Introdução: O pênfigo foliáceo endêmico (PFE) ou Fogo Selvagem (FS) é uma dermatose bolhosa autoimune com auto-anticorpos IgG patogênicos, principalmente da subclasse IgG4, direcionados contra epítopos da desmogleína 1 (Dsg1), uma glicoproteína desmossômica que desempenha papel na adesão celular da epiderme. Os auto-anticorpos ligam-se a domínios específicos da Dsg1, gerando acantólise (perda da adesão celular) através de mecanismos diversos, tais como sinalização intracelular de moléculas e impedimento estérico. A etiopatogenia do FS é multifatorial, apresentando interações entre fatores imunológicos, genéticos e ambientais. Em algumas regiões do Brasil, detectou-se alta prevalência de FS (3%), sugerindo importante participação de fatores ambientais como desencadeantes da resposta autoimune. Indivíduos saudáveis de áreas endêmicas de FS reconhecem epítopos não-patogênicos da Dsg1, e exposição a insetos hematófagos é um fator de risco para FS. FS e doença de Chagas compartilham algumas regiões geográficas, e anticorpos anti- Dsg1 foram detectados em doentes de Chagas. Na reserva indígena Terena (Limão Verde), onde a prevalência de FS é alta, a população está exposta a picadas de simulídeos...

Caracterização molecular de UsnRNAs em trypanosoma cruzi

Ambrósio, Daniela Luz
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 70 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.98%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia - FCFAR; Alguns fatores importantes no funcionamento das células eucarióticas correspondem à pequenos complexos de RNA e proteínas; essas partículas de ribonucleoproteínas (UsnRNPs) têm um papel essencial no processamento do pré-mRNA, principalmente durante o splicing (corte de íntrons e união de éxons). Embora as snRNPs estejam definidas em mamíferos, ainda não estão bem caracterizadas em certos tripanosomatídeos como o Trypanosoma cruzi. Assim, este trabalho propôs a caracterização molecular dos snRNAs (U2, U4, U5 e U6), por PCR e RT-PCR de formas epimastigotas de T. cruzi (cepa Y). Essas seqüências amplificadas foram clonadas, seqüenciadas e comparadas entre os tripanosomatídeos e o alinhamento múltiplo apresentou mais de 70% de identidade, exceto da U5 snRNA, que se mostrou menos conservada. Árvores filogenéticas mostraram a proximidade evolutiva dos snRNAs analisados em Trypanosoma brucei e Trypanosoma cruzi. As respectivas estruturas secundárias foram preditas, confirmando-se também as semelhanças com aquelas de T. brucei. O alinhamento das snRNAs de T. cruzi com as seqüências de Homo sapiens mostrou regiões únicas em U2...

Caracterização biológica e molecular de quatro cepas de Trypanosoma cruzi Chagas,1909 (Kinetoplastida, Trypanosomatidae) isoladas de pacientes chagásicos crônicos

Silva, Maria Aparecida da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 100 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.97%
Pós-graduação em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia - FCFAR; Trypanosoma cruzi é um protozoário flagelado causador da doença de Chagas que, segundo estimativas da OMS afeta 16-18 milhões de pessoas na América Latina, causando danos sociais extremamente graves. A doença apresenta formas clínicas variadas que incluem a forma indeterminada, cardiomiopatia e alterações digestivas. Variações intraespecíficas nas diferentes cepas de Trypanosoma cruzi estudadas foram demonstradas em nível morfo-biológico, bioquímico e genético. Essa heterogeneidade poderia explicar a variabilidade nas manifestações clínicas da doença de Chagas e as diferenças regionais de sua morbidade. Com o objetivo de caracterizar quatro cepas de Trypanosoma cruzi isoladas de pacientes chagásicos crônicos, residentes na região de Araraquara - SP, parâmetros biológicos e moleculares foram avaliados. Para estudar o comportamento biológico das cepas, três grupos de camundongos Swiss, não isogênicos, pesando 10-12g foram infectados com formas sangüíneas das cepas em estudo. Foram avaliados os seguintes aspectos: período pré-patente, curvas de parasitemia, morfologia do parasita no sangue periférico, taxas de mortalidade e lesões histopatológicas. Três cepas apresentaram parasitemia patente com períodos pré-patentes variáveis...

Caracterização morfológica, biológica e molecular de três cepas de Trypanosoma cruzi Chagas, 1909 (Kinetoplastida, Trypanosomatidae) isoladas de exemplares de Triatoma sordida (Stall) 1859 (Hemiptera, Reduviidae); Morphological, biological and molecular characterization of three Trypanosoma cruzi Chagas, 1909 (Kinetoplastida, Trypanosomatidae) stains isolated of Triatoma sordida Stal 1859 (Hemiptera, Reduviidae) specimens

Aline Rimoldi Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.96%
: A doenca de Chagas, assim como seu agente etiologico Trypanosoma cruzi, foram descritos por Carlos Ribeiro Justiniano das Chagas. T. cruzi e transmitido por hemipteros sendo os generos Panstrongylus, Rhodnius e Triatoma os mais importantes. Com resultados bastante satisfatorios em relacao ao controle do principal vetor, T. infestans, outros triatomineos de importancia secundaria, coletados no peridomicilio, passaram a assumir maior relevancia, dentre essas especies, T. sordida. As populacoes de T. cruzi apresentam grande variabilidade intraespecifica evidenciada por diferencas na morfologia, na virulencia e patogenicidade, na habilidade de evasao a resposta imune do hospedeiro e na constituicao antigenica. Essa diversidade pode estar associada a sua adaptacao e sobrevivencia em diferentes hospedeiros. As diferentes formas de manifestacao clinica da doenca no homem podem ser associadas com cepas especificas ou com marcadores geneticos do hospedeiro, embora ambos possam influenciar o curso da infeccao. Este trabalho objetivou a caracterizacao biologica, morfologica e molecular de tres cepas de T. cruzi (SI5, SI8 e SIGR3) isoladas de T. sordida coletadas em Santo Inacio, Bahia. Desse modo, o estudo biologico indicou que as cepas isoladas de Santo Inacio...

Caracterização biológica e molecular de cepas de Trypanosoma cruzi Chagas, 1909 (Kinetoplastida, Trypanosomatidae) isoladas da Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo; Biological and molecular characterization of strains of Trypanosoma cruzi Chagas, 1909 (Kinetoplastida, Trypanosomatidae) isolated from Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina and São Paulo

Aline Rimoldi Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
67%
Trypanosoma cruzi, protozoário que faz parte da família Trypanosomatidae é o agente causador da doença de Chagas que afeta 6-8 milhões de pessoas na América Latina. A origem dessa família pode ser estudada por meio de técnicas moleculares, como a investigação da região V7V8 - SSUrRNA. Trypanosoma cruzi é subdividido em seis grupos independentes TcI-TcVI denominados Unidades Discretas de Tipagem (DTUs). A caracterização biológica e molecular de onze cepas de T. cruzi pertencentes aos grupos TcI (Bolívia; Tlenti; Tmelanocephala; SC90), TcII (Famema; SC96; SI8; Y) e TcIII (QMM3; QMM5; SI5) isoladas de cinco espécies de triatomíneos esclarece fatores biológicos por parâmetros como a cinética de crescimento, curva parasitêmica, taxa de infeção celular, caracterização molecular, ação de metaloproteinases, perfil protéico e sorologia. O objetivo do trabalho foi a caracterização biológica e molecular de cepas de T. cruzi isoladas de triatomíneos da Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. O grupo TcII de T. cruzi mostrou maior capacidade multiplicativa em formas epimastigotas durante a cinética de crescimento, seguido por TcI e TcIII. A curva parasitêmica evidenciou variabilidade entre os camundongos Balb/c...

Expressão heteróloga de uma trans-sialidase de Trypanosoma cruzi por Trypanosoma rangeli

Granucci, Ninna
Fonte: Florianópolis, SC. Publicador: Florianópolis, SC.
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 52
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.98%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.; O Trypanosoma rangeli é um parasito hemoflagelado, com capacidade de infectar animais incluindo o homem, nas Américas Central e do Sul. Sua distribuição geográfica, reservatórios e vetores são compartilhados com o Trypanosoma cruzi, agente etiológico da doença de Chagas. As Trans-sialidases (TS) de T. cruzi estão relacionadas ao processo de interação, penetração do parasito na célula hospedeira e seu escape do vacúolo fagocítico. O T. rangeli possui alguns genes da família das TS, não possuindo nenhuma atividade catalítica como perfaz algumas TS de T. cruzi (TcTS). O objetivo do presente estudo foi realizar a expressão heteróloga da TcTS de T. cruzi em T. rangeli buscando a geração de uma ferramenta para estudos da interação celular patógeno-hospedeiro. Para tanto, a partir da construção plasmidial que possui o gene da TcTS de T. cruzi foi confirmada a expressão heteróloga da TcTS de T. cruzi por T. rangeli por western blot e por microscopia de fluorescência. Ainda que preliminares, foram realizados ensaios de atividade TS nos parasitos transfectados. Os resultados confirmaram a expressão heteróloga da TcTS de T. cruzi por T. rangeli...

AVALIAÇÃO EXPERIMENTAL E REVISÃO SISTEMÁTICA DA TRANSMISSÃO DO Trypanosoma cruzi PELA CANA-DE-AÇÚCAR CONTAMINADA; Experimental assessment and systematic literature review of Trypanosoma cruzi transmission by contaminated sugarcane

SOUSA, Elieni Socorro Marques
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.98%
Introduction: The oral transmission of Chagas disease has been calling the attention in the last few years, especially because of the occurrence of outbreaks due to the ingestion of food such as sugar cane juice, with the possibility of contamination by sylvatic reservoirs of Trypanosoma cruzi, such as Didelphis sp. Objectives: a) Perform a systematic literature review on sugarcane (Saccharum spp) and/or Didelphis sp contamination by T. cruzi; b) Verify the transmission of T. cruzi strains collected from the secretion of the perianal glands of D. albiventris by direct contamination of sugarcane; c) Try to elucidate T. cruzi potential of penetration in sugarcane stalks; d) Assess possible penetration of T. cruzi through sugarcane roots by examining histological sections of stalks inoculated in vivo with this protozoan. Methodology: The study was carried out in two phases: 1) Systematic review of the literature using scientific articles that address the contamination of sugarcane and/or Didelphis sp by T. cruzi, searching for information in Cochrane Library, LILACS, MEDLINE and SciELO, using as descriptors T. cruzi, Didelphis sp, and Saccharum spp. We included in this review the articles published in the American continent from 1909 to October 2008 that presented at least two descriptors associated; 2) Experimental assessment of sugarcane contamination by T. cruzi...

Estudio de la metaciclogénesis in vivo de Trypanosoma Cruzi i y Trypanosoma cruzi ii en Rhodnius Prolixus (domiciliado), bajo condiciones de ayuno prolongado y realimentación

Gaitán, Xiomara Alexandra
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2013. Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2013.
Tipo: BachelorThesis; Trabajo de grado - Monografía; Text Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
67.03%
209 Páginas; Recurso Electrónico; Entre los vectores de Trypanosoma cruzi, agente causal de la enfermedad de Chagas, el género Rhodnius es de gran importancia, puesto que sus especies se distribuyen en todas las regiones geográficas de Colombia y particularmente R. prolixus ha logrado colonizar los domicilios humanos de las zonas endémicas del país. En Colombia, la enfermedad de Chagas es principalmente causada por el genotipo I de T. cruzi, ya que circula en ambientes domésticos y silvestres, haciendo parte de cerca del 80% de los aislados de insectos vectores. El linaje II de T. cruzi ha sido detectado en mamíferos, vectores silvestres y causando infecciones en pacientes Chagásicos en Colombia, desconociéndose sus mecanismos de circulación. De conformidad con lo anterior, es necesario estudiar la capacidad vectorial de las especies domiciliadas y silvestres de los triatominos de Colombia, para conocer su papel en la transmisión de este genotipo. En el presente trabajo, se estudió la metaciclogénesis in vivo de T. cruzi I y T. cruzi II en R. prolixus domiciliado. Ciento noventa y ocho ninfas de tercero a quinto estadio de R. prolixus mantenidas en el laboratorio y libres de infección con flagelados, se alimentaron sobre ratones infectados con las cepa MHOM/C0/04/MG de T. cruzi I o con la cepa 34E (Y) de T. cruzi II. Se evaluó la metaciclogénesis del parásito bajo condiciones de ayuno prolongado para T. cruzi II y realimentación con sangre de ave y mamífero en ambas cepas. La producción de flagelados de T. cruzi II en la ampolla rectal de R. prolixus...

Estudio de la metaciclogénesis in vivo de Trypanosoma cruzi II en Rhodnius colombiensis bajo condiciones de ayuno y de Trypanosoma cruzi I y Trypanosoma cruzi II en Rhodnius colombiensis bajo condiciones de realimentación

Roa Culma, Laura Alejandra
Fonte: Ibague : Universidad del Tolima, 2013. Publicador: Ibague : Universidad del Tolima, 2013.
Tipo: Trabajo de grado - Pregrado; Text; info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/submittedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
67.03%
156 Páginas.; Recurso Electrónico; La tripanosomiasis americana o enfermedad de Chagas, es una de las parasitosis más importantes en el hombre, tanto por su prevalencia como por la gravedad de su cuadro clínico. Esta enfermedad es causada por el parásito Trypanosoma cruzi, el cual es transmitido por insectos hematófagos de la familia Reduviidae (Gulh, 2007). El parásito a lo largo de su ciclo de vida se desarrolla en diferentes estadios morfológicos, dependiendo si se encuentra en el vector o en el reservorio. El estadio infectivo en el insecto se es llamado tripomastigote metacíclico. Este se origina de un proceso llamado metaciclogénesis, el cual se constituye en un mecanismo natural del parásito para continuar con su ciclo en el hospedero (García & Azambuja, 1991). De acuerdo con esto, el objetivo del presente trabajo se centró en estudiar la metaciclogénesis in vivo de Trypanosoma cruzi II en insectos expuestos al ayuno y de T. cruzi I y T. cruzi II bajo condiciones de realimentación específicas. La metaciclogénesis del parásito en insectos bajo condiciones de ayuno se evaluó con el linaje II (Tc II), dando continuidad a trabajos realizados por otros autores de infecciones de este vector con Tc I. Para esto se realizaron infecciones de R. colombiensis sobre ratones previamente infectados con el linaje Tc II. Luego se observó el contenido de la ampolla rectal de los insectos calculando el número total de formas y la fase de desarrollo del parásito en un tiempo determinado. Posteriormente...

Obtención y caracterización molecular de clones de trypanosoma cruzi seleccionados mediante plaqueo directo en medio sólido del contenido de la ampolla rectal de rhodnius colombiensis, r. pallescens y r. prolixus procedentes de diferentes regiones de Colombia

Villa Villamil, Lina Marcela
Fonte: Ibagué: Universidad del Tolima, 2011.; 170 COL CO Publicador: Ibagué: Universidad del Tolima, 2011.; 170 COL CO
Tipo: Trabajo de grado - Maestría; Text; info:eu-repo/semantics/masterThesis; info:eu-repo/semantics/updatedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
67.02%
148 Páginas; Mediante este estudio fue posible obtener y aislar clones de Trypanosoma cruzi a partir del contenido de la ampolla rectal de vectores silvestres (Rhodnius colombiensis, R. prolixus y R. pallescens) utilizando el método de plaqueo en medio sólido. El rango óptimo para obtener clones fue entre 700-800 parásitos/100μl, observando colonias entre 30-35 días pos-plaqueo. La eficacia de plaqueos positivos fue superior para los vectores Rhodnius colombiensis y R. pallescens, presentando mayores infecciones reflejadas en un aumento del número de clones, siendo opuesto a lo observado para R. prolixus, esto posiblemente debido a la presencia de diferentes microorganismos, los cuales pueden favorecer o inhibir el crecimiento del parásito. La técnica de plaqueo permitió obtener una misma línea genética (clon), comprobado por reclonación y caracterización molecular por PCR específico y RAPD’s, mostrando idéntico perfil entre los clones obtenidos a partir del clon parental y el clon parental. Se observó, que un clon silvestre puede presentar un solo haplotipo (TcIa o TcIb o TcId) o diferentes haplotipos (TcIa/TcIb, TcIa/TcId, TcIb/TcId o TcIa/TcIb/TcId), para explicar esto se plantearon dos hipótesis: 1. Posiblemente la eficiencia de los iniciadores está siendo afectada por un problema de anillamiento...

Diagnóstico de infección por Trypanosoma cruzi en Centros de Atención Primaria de Salta, Argentina; Diagnosis of Trypanosoma cruzi infection in Primary Public Health Centers of Salta, Argentina; Diagnóstico de infecção por Trypanosoma cruzi nos Postos de Saúde de Salta, Argentina

Sánchez Negrette, Olga; Monteros, María Concepción; Davies, Carolina; Zaidenberg, Mario Oscar
Fonte: Federacion Bioquimica Provincia Buenos Aires Publicador: Federacion Bioquimica Provincia Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
67.01%
La enfermedad de Chagas causada por el hemoflagelado Trypanosoma cruzi, constituye un grave problema de Salud Pública. En Argentina, se controla sistemáticamente la sangre a transfundir, la donación de órganos y se ha disminuido notablemente la transmisión vectorial. El objetivo de este proyecto fue implementar el uso del equipo para recolección de sangre capilar y conservación en glicerina (Serokit) en los servicios de enfermería de los Centros de Atención Primaria de la Salud en la ciudad de Salta a fin de conocer la seroprevalencia de infección por Trypanosoma cruzi en pacientes que concurren a los mismos. Para ello se realizó el par serológico HAI y ELISA en las muestras conservadas en Serokit y luego en muestras de sangre tomadas por punción venosa para confirmación. Durante dos años de trabajo se analizaron 1647 pacientes que concurrieron a 28 Centros de Salud, resultando 1,7% (29/1647) seropositivos. El Valor Predictivo Positivo fue 93,50% y el Valor Predictivo Negativo fue 99,8%. Todos los niños seropositivos fueron tratados con Benznidazol. Se concluye que el uso de SEROKIT para la toma y conservación de muestras para posterior diagnóstico de infección por Trypanosoma cruzi es recomendable en Centros de Atención Primaria de la Salud que no cuentan con laboratorio.     ; Chagas disease is caused by the hemoflagelate parasite Trypanosoma cruzi...

Genomica funcional de transportadores de aminoacidos y poliaminas de Trypanosoma cruzi; Functional genomics of amino acids and polyamines transporters of Trypanosoma cruzi

Canepa, Gaspar Exequiel
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2010 SPA
Relevância na Pesquisa
67.02%
El trabajo en el que se basa esta tesis representa un aporte al conocimiento de nuevos elementos del metabolismo del parásito Trypanosoma cruzi. En particular, describe genes encargados de transportar metabolitos esenciales para este organismo. Pero, más que nada, es un aporte para una futura sistematización en el estudio de moléculas transportadoras. Acerca del organismo estudiado podemos describir al Trypanosoma cruzi como el agente causal de la enfermedad de Chagas, una enfermedad endémica en Argentina y en toda América Latina. Este parásito presenta numerosas características metabólicas diferenciales respecto a sus hospedadores insectos y mamíferos, siendo incapaz de sintetizar numerosos componentes celulares. Sin embargo, esta incapacidad metabólica es compensada mediante sistemas transportadores de múltiples metabolitos desde el hospedador. Luego de la reciente secuenciación del genoma de T.cruzi, se estima que existen al menos 374 genes que codifican para distintos transportadores distribuidos en tres grupos principales: canales iónicos, transportadores dependientes de ATP y transportadores secundarios. En este trabajo se estudio con énfasis a la familia de transportadores de aminoácidos denominada AAAP (Amino Acid Auxin Permease) de T. cruzi (TcAAAP). El estudio bioinformático de esta familia demostró que todos sus miembros poseen diferencias en sus extremos amino terminales pero tienen un alto nivel de identidad en el resto de sus secuencias...

Efecto del tratamiento con benznidazol sobre la respuesta celular T específica para Trypanosoma cruzi en pacientes en la etapa indeterminada de la enfermedad de Chagas crónica; Effect of beznidazole treatment on Trypanosoma cruzi-specific T cell responses in patients in the indeterminate phase of chronic chagas disease

Pérez Mazliah, Damián Eduardo
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2011 SPA
Relevância na Pesquisa
66.98%
La enfermedad de Chagas, causada por el parasito protozoario intracelular Trypanosoma cruzi, afecta alrededor de 8 a 10 millones de personas desde el Sur de California hasta Sudamérica y Europa occidental. A pesar de ser la causa más frecuente de cardiomiopatía infecciosa del mundo, pocas personas infectadas reciben tratamiento. La mayor limitación para desarrollar nuevas drogas y evaluar su eficacia reside en la falta de ensayos que permitan determinar de manera confiable la carga parasitaria y la eliminación definitiva del parásito. Diversos estudios de nuestro laboratorio, incluyendo el presente trabajo, han demostrado que los linfocitos T periféricos específicos de T. cruzi en pacientes con enfermedad de Chagas crónica muestran características funcionales y fenotípicas de células efectoras o de memoria efectora con baja capacidad de proliferación homeostática y requieren, por lo tanto, del estímulo antigénico para permanecer en circulación. De esta forma, es de esperar que los cambios en la carga parasitaria inducidos por el tratamiento etiológico se vean reflejados en alteraciones en la respuesta celular T. En el presente trabajo, se determinó en forma periódica la frecuencia de linfocitos T periféricos específicos de T. cruzi...

Detecção da infecção por Trypanosoma cruzi e Trypanosoma rangeli em vetores triatomíneos através da amplificação dos gens de histona H2A/SIRE e sno-RNA-C11; Detection of Trypanosoma cruzi and Trypanosoma rangeli infection in triatomine vectors by amplification of the histone H2A/SIRE and the sno-RNA-C11 genes

Pavia, Paula Ximena; Vallejo, Gustavo Adolfo; Montilla, Marleny; Nicholls, Rubén Santiago; Puerta, Concepción Judith
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2007 ENG
Relevância na Pesquisa
67.01%
Embora o Trypanosoma rangeli não seja patogênico para o homem, sua importância médica e epidemiológica reside no fato de compartilhar vetores, reservatórios e áreas geográficas com o Trypanosoma cruzi, agente causal da Doença de Chagas. Neste estudo, para distinguir T. cruzi de T. rangeli em vetores com infecções mistas, se utilizaram duas amplificações de PCR; TcH2AF/R para o gen da histona H2A/SIRE e TrFR2, para um gen repetitivo de ARN nucleolar Cl1 (sno-RNA-Cl1). Assim como a PCR S35/S36, ambas as reações foram capazes de detectar corretamente a presença de T. cruzi ou T. rangeli em triatomíneos infectados experimentalmente. Nas infecções mistas, o ADN de T. cruzi foi amplificado em 100% das amostras quando se utilizaram TcH2AF/R e S35/S36, enquanto T. rangeli foi detectado em 71% delas com os iniciadores TrF/R2 e em 6%, com S35/S36. Adicionalmente, em um grupo de Rhodnius colombiensis coletados na região de Coyaima (Tolima), T. cruzi foi identificado em 100% com ambas PCRs e T. rangeli em 14% delas com os iniciadores TrF/R2 e em 10%, com S35/S36. Estes resultados mostram que as reações de PCR TcH2AF/R e TrF/R2, capazes de reconhecer todas as cepas e linhagens de T. cruzi e T. rangeli, podem ser úteis no diagnóstico e também nos estudos epidemiológicos do campo com vetores infectados pelo T. cruzi e T. rangeli.; Trypanosoma rangeli is non pathogenic for humans but of important medical and epidemiological interest because it shares vertebrate hosts...