Página 1 dos resultados de 9860 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Expressão de genes envolvidos na sinalização da miostatina (GDF-8) em resposta a diferentes modelos de treinamento de força; Gene´s expression involved in myostatin signaling (GDF-8) in response to different types of resistance training

Santos, Audrei dos Reis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.96%
O treinamento de força promove hipertrofia muscular esquelética e aumento da capacidade de gerar força. É preconizado que a ocorrência dessas adaptações depende da especificidade do estímulo de treinamento. De acordo com esse princípio, é esperado que as respostas adaptativas fossem específicas ao estímulo aplicado. Entretanto, tem sido observado, por exemplo, que os modelos de treinamento de força e treinamento de potência, relacionados especificamente a adaptações centrais, induzem semelhantes ganhos em força e hipertrofia. Diante dessas evidências, surgiram questionamentos sobre a validade desse princípio. Nesse sentido, o presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito do treinamento de força e potência sobre a expressão do gene da miostatina (MSTN), associada ao controle do tamanho do músculo esquelético, e de genes relacionado a essa via de sinalização: FLST, FL3, GASP-1, ActIIB, SMAD-7 e FOXO-3A. Homens saudáveis, fisicamente ativos, foram randomicamente distribuídos, de forma balanceada, em três grupos: controle, força e potência. Os grupos treinados foram submetidos a oito semanas de intervenção (treinamento de força e treinamento de potência). Foram coletadas amostras de tecido muscular (vasto lateral) via biópsia percutânea nas condições pré e pós-treinamento. Essas amostras foram utilizadas para a análise da expressão de genes envolvidos na sinalização da MSTN por meio da PCR em tempo real. Não foi verificada alteração na expressão gênica de MSTN...

Comparação dos efeitos fisiológicos do treinamento em esteira e resistido na intensidade do limiar anaeróbio em indivíduos diabéticos tipo 2, com ênfase na monitorização contínua de glicose; Comparison of the physiological effects of treadmill and resistance training in the intensity of anaerobic threshold in type 2 diabetic subjects with emphasis on continuous glucose monitoring

Togashi, Giovanna Benjamin
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
A incidência do Diabetes Mellittus apresenta-se crescente no mundo todo, principalmente, devido à mudança no estilo de vida. A atividade física associada à alimentação balanceada é o tratamento mais indicado para o controle do diabetes, porém ainda há divergências nas recomendações e evidências científicas sobre a prescrição do exercício para indivíduos diabéticos. Esta pesquisa teve como objetivo comparar os efeitos fisiológicos do treinamento em esteira e do treinamento resistido na intensidade do limiar anaeróbio em indivíduos diabéticos tipo 2, com ênfase na monitorização contínua da glicose. Para isso, três grupos de diabéticos tipo 2 foram selecionados: um grupo foi submetido à seis semanas de treinamento em esteira na intensidade do limiar anaeróbio (18 sessões de 30 minutos), um grupo foi submetido à seis semanas de treinamento resistido na intensidade do limiar anaeróbio (10 sessões de seis exercícios) e um grupo foi controle. Foram analisadas as seguintes variáveis antes e após a intervenção: hemoglobina glicada, glicemia de jejum, frutosamina, cinética da glicose intersticial monitorizada continuamente, colesterol, triglicérides, intensidade do limiar anaeróbio em esteira, intensidade máxima do teste ergoespirométrico...

Monitoramento da carga interna de treinamento no tênis: validação e aplicações do método da percepção subjetiva da sessão; Monitoring the internal training load in Tennis: validation and applications of the session RPE method

Gomes, Rodrigo Vitasovic
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
O presente estudo é constituído por três experimentos diferentes, que tem como ponto central a investigação do método da PSE da sessão. No primeiro experimento foi avaliada a validade do método da percepção subjetiva do esforço (PSE) da sessão para a quantificação da carga interna de treinamento (CIT) no Tênis. Neste experimento foram monitoradas 384 sessões de treinamento técnico/tático, 23 partidas simuladas e 13 partidas oficiais. A CIT foi calculada utilizando dois métodos de quantificação da CIT: o método da PSE da sessão e o método proposto por Edwards, baseado no comportamento da frequência cardíaca. Posteriormente, foi calculado o índice de correlação entre os dois métodos. Foi detectada correlação individual entre os métodos (r = 0,58 - 0,89; p<0,01). Também foi observada correlação entre os métodos para as sessões de treinamento técnico/tático (r = 0,74), os jogos simulados (r = 0,57) e os jogos oficiais (r = 0,99). Estes resultados sugerem que o método da PSE da sessão é uma alternativa válida, não invasiva, para quantificar a CIT de tenistas. O segundo experimento, descreve o padrão de distribuição da intensidade utilizada por tenistas durante a pré-temporada e no início do período competitivo...

Treinamento com pesos e cargas progressivas em idosos com diabetes mellitus tipo 2; Resistance training and progressive loads in elderly with type 2 diabetes mellitus

Gonela, Jefferson Thiago
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.94%
Objetivos: Caracterizar os pacientes com diabetes mellitus tipo 2 segundo as variáveis sociodemográficas e clínicas; comparar as variáveis antropométricas e morfológicas, os exames bioquímicos; a capacidade funcional; a qualidade de vida e a frequência alimentar, antes e após o treinamento com pesos. Método: A amostra foi constituída por 23 pacientes que participaram de um Programa de Treinamento com pesos. Foram utilizados formulários para obtenção das variáveis sociodemográficas, clínicas, antropométricas e morfológicas; Testes de força máxima de membros inferiores e superiores; Testes para avaliação funcional; Questionário SF-36 e de Frequência Alimentar. O tempo da intervenção foi de 16 semanas, sendo 12 de treinamento e quatro de avaliações. O treinamento ocorreu em três dias por semana; com intensidade moderada de 60 a 80% de uma repetição máxima (1RM), equivalente de oito a 12RM. O volume foi aumentado em número de exercícios com o progresso das fases do treinamento. Resultados: 18 (78,3%) dos pacientes eram mulheres, idade média de 68,3 anos, casada ou com cônjuge, aposentada, com escolaridade média de 5,3 anos de estudo. As comorbidades mais frequentes foram dislipidemia e a hipertensão arterial. Houve manutenção do peso corporal...

Policiais dizem não ter recebido treinamento para lidar com black blocs, segundo survey

Luz, Margareth da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Relatório
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.62%
Policiais militares e civis consideram não ter recebido orientações e treinamento adequados para lidar com as manifestações e enfrentar os black blocs, segundo pesquisa realizada pela DAPP. De acordo com a websurvey 63% dos profissionais afirmam não possuir o preparo necessário para enfrentar ao manifestantes adeptos à tática de manifestação, contra 24% que dizem se considerar preparados. A pesquisa foi realizada pela internet no mês de dezembro e ouviu 5.304 de policiais civis e militares de todo o Brasil.

Efeitos fisiológicos e biomecânicos do treinamento complementar de corrida em piscina funda no desempenho de corredores de rendimento

Tartaruga, Leonardo Alexandre Peyré
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Embora os benefícios fisiológicos da corrida sejam bastante documentados na literatura, a freqüência de lesões nos segmentos inferiores, devido ao uso excessivo, é bastante grande. A corrida em piscina funda é uma modalidade utilizada por corredores de elite para diminuir riscos de lesão por volume excessivo de treinamento. Não obstante, dados sobre as adaptações fisiológicas e biomecânicas, da corrida em piscina funda em corredores de rendimento são insuficientes. O objetivo geral deste estudo foi avaliar os efeitos da inclusão da corrida em piscina funda dentro do treinamento regular no desempenho de corredores de rendimento. Dezoito corredores foram divididos em grupo experimental 1 (GE1) e experimental 2 (GE2). O GE1 substituiu 30 por cento do volume de treinamento em terra pelo treinamento de corrida em piscina funda e o GE2 treinou apenas em terra. O período de treinamento foi de 8 semanas com 6 sessões semanais nas primeiras quatro semanas e 7 sessões semanais nas últimas quatro semanas No pré e pós-testes verificou-se o consumo máximo de oxigênio (VO2máx), limiar ventilatório (LV), volume expiratório máximo (VEmáx), economia de corrida (Eco), freqüência cardíaca máxima (FCmáx), freqüência de passada (FP)...

Análise de lesão muscular e comportamento do VO2máx entre um programa de treinamento de corrida em piscina funda e corrida em terra

Vendrusculo, Alecsandra Pinheiro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
É bem documentada na literatura a alta incidência de lesões mioarticulares em corredores; e um método atrativo de treinamento desenvolvido não só para complementar a corrida em terra, mas até mesmo para substituí-la é a corrida em piscina funda. É uma modalidade que além de melhorar a capacidade aeróbia, não oferece riscos de traumas ortopédicos devido à menor incidência de estresse mioarticular e auxilia durante o processo de recuperação de lesões de membro inferior. Este estudo teve por objetivo avaliar e comparar a ocorrência de lesão muscular e o comportamento do consumo máximo de oxigênio (VO2máx) entre um programa de treinamento de corrida em terra (CT) e um programa de treinamento de corrida em piscina funda (CPF), em indivíduos não-treinados. Os sujeitos foram divididos em dois grupos experimentais: CT e CPF. Os programas de treinamento foram realizados durante 12 semanas, sendo a intensidade do treinamento avaliada a partir da sensação subjetiva ao esforço. Analisou-se o comportamento do VO2máx pré e pós-treinamento. Para a análise de lesão muscular, utilizaram-se a concentração sangüínea de creatina quinase (CK) e a ultra-sonografia (US) na região dos isquiostibiais, em vários momentos do treinamento. Para a determinação da CK entre as medidas de cada coleta e entre os grupos experimentais...

Adaptações neuromecânicas ao treinamento de força utilizando ações excênctricas e concêntricas em idosos saudáveis do sexo masculino

Baptista, Rafael Reimann
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37%
O objetivo deste estudo foi comparar o efeito de um programa de treinamento excêntrico versus concêntrico nas propriedades morfológicas, mecânicas e mioelétricas da unidade músculo-tendão do quadríceps de idosos. Vinte e três sujeitos do sexo masculino (62,74±2,20 anos de idade, 80,21±14,82 kg de massa corporal e 172,02±6,11 cm de estatura) participaram de um programa de treinamento de força durante 12 semanas, duas vezes por semana, realizando extensão unilateral concêntrica em uma articulação do joelho e flexão unilateral excêntrica na articulação do joelho contralateral, a 80% de 5 Repetições Máximas (5 RM). O tratamento estatístico foi composto por teste t de Student nas comparações das diferenças obtidas entre o período pré versus pós treinamento e por ANOVA de dois fatores para comparar as diferenças entre os treinamentos concêntrico versus excêntrico nos dois períodos (pré-treinamento versus pós-treinamento), utilizando o programa de estatística GraphPad Instat versão 3.06, adotando-se um nível de significância de 5%. Nas articulações treinadas excentricamente a força medida pelo teste de 5 RM aumentou de forma significativa (p<0,05) ao longo do programa de treinamento de força, enquanto que com o treinamento concêntrico houve um aumento da força nas primeiras 6 semanas (p<0...

Adaptações neuromusculares de extensores de joelho ao treinamento excêntrico em dinamômetro isocinético

Baroni, Bruno Manfredini
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
O exercício excêntrico é utilizado como uma estratégia de treinamento de força em atletas e sujeitos saudáveis de diferentes faixas etárias. Esse tipo de exercício também é largamente difundido na área da reabilitação musculoesquelética, sendo o quadríceps femoral o músculo mais frequentemente investigado devido à sua relevância clínica. O tema dessa tese de Doutorado é a adaptação do sistema neuromuscular ao treinamento excêntrico de extensores de joelho. No Capítulo I, um estudo de revisão procurou descrever os diferentes métodos empregados pelos cientistas para o treinamento excêntrico de extensores de joelho, assim como avaliar as adaptações neurais, morfológicas e na produção de força muscular de sujeitos saudáveis. Após busca sistematizada nas bases de dados, 26 estudos foram incorporados ao nosso estudo de revisão. Os programas de treinamento excêntrico realizados em dinamômetro isocinético e em equipamentos isotônicos (leg-press e cadeira extensora de joelho) foram descritos e discutidos. Os resultados desses estudos indicam um efeito positivo do treinamento excêntrico sobre a força e a ativação muscular, especialmente em testes excêntricos, assim como uma significativa resposta hipertrófica. Porém...

Efeitos de um treinamento concorrente na hidroginástica sobre as variáveis neuromusculares e cardiorrespiratórias de mulheres jovens e pós-menopáusicas; Effects of water-based concurrent training on neuromuscular and cardiorespiratory variables in young and postmenopausal women

Pinto, Stephanie Santana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37%
O objetivo do presente estudo foi comparar os efeitos da manipulação da ordem dos exercícios de força e aeróbico durante o treinamento concorrente na hidroginástica sobre as variáveis neuromusculares e cardiorrespiratórias de mulheres jovens e pósmenopáusicas. No estudo I, 26 mulheres jovens (25,12 ± 2,94 anos) foram aleatoriamente divididas em dois grupos de treinamento: força-aeróbico (FA) (n=13) e aeróbico-força (AF) (n=13). Para o estudo II, 21 mulheres pós-menopáusicas (57,14 ± 2,43 anos) foram divididas, também aleatoriamente, em dois grupos: força-aeróbico (FA) (n=10) e aeróbico-força (AF) (n=11). Em ambos os estudos os sujeitos realizaram o treinamento concorrente no meio aquático, duas vezes na semana durante 12 semanas, executando ambos os tipos de exercícios (aeróbico e força) na mesma sessão de treinamento. O treinamento de força foi realizado com séries em máxima velocidade e o treinamento aeróbico foi executado na frequência cardíaca do segundo limiar ventilatório. Todas as variáveis foram avaliadas antes e após o período de treinamento. Para análise dos dados foi utilizado o teste ANOVA para medidas repetidas com fator grupo (α=0,05). No estudo I, com as mulheres jovens, houve um aumento significativo da força muscular dinâmica máxima...

Efeitos de dois programas de treinamento em piscina funda nas respostas cardiorrespiratórias, neuromusculares e no equilíbrio de idosos; The effects of two training programs in deep water on cardiorespiratory, neuromuscular and balance responses in elderly men

Kanitz, Ana Carolina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.95%
O crescimento acelerado da população idosa juntamente com o aumento da procura por atividades físicas tem motivado cada vez mais estudos que envolvam treinamento e o idoso. A corrida em piscina funda parece ser uma alternativa interessante para essa população, uma vez que não possui impacto nos membros inferiores possibilitando que o indivíduo se exercite em grandes cargas aeróbias com menor risco de lesão. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos de dois programas de treinamento em piscina funda nas respostas cardiorrespiratórias, neuromusculares e no equilíbrio de idosos. Participaram do estudo 34 sujeitos, divididos em um grupo que realizou um treinamento aeróbio de corrida em piscina funda (AERO; n=16; 66±4 anos) e um grupo que realizou um treinamento de força em meio aquático seguido do treinamento aeróbio de corrida em piscina funda (FOR-AERO; 64±4 anos). Ambos os grupos realizaram um período de familiarização com o meio aquático e com a técnica de corrida em piscina funda anteriormente ao período de treinamento, com duração de quatro semanas e com frequência semanal de duas sessões. Já o período de treinamento teve uma duração de 12 semanas realizando três sessões por semana. Antes e após ambos os períodos...

Efeito de dois volumes de treinamento de força nas adaptações neuromusculares de mulheres idosas

Radaelli, Régis
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.97%
O processo de envelhecimento causa importantes prejuízos na função neuromuscular. O treinamento de força já demonstrou ser um eficiente método de exercício para amenizar em certo grau os efeitos do processo de envelhecimento. Porém, para isso algumas variáveis, como o volume de treinamento, precisam ser controladas. Assim, o objetivo desse estudo foi verificar o efeito de dois volumes de treinamento de força, série simples e séries múltiplas, nas adaptações neuromusculares dos membros inferiores e superiores de mulheres idosas. No primeiro estudo experimental, 27 sujeitos foram divididos em dois grupos de treinamento: grupo série simples (SS; n=14) e grupo séries múltiplas (SM; n=13). O grupo SS realizou uma série em exercício, enquanto que o grupo SM realizou três séries em cada exercício. O valor de uma-repetição máxima (1-RM) de extensão de joelho e flexão de cotovelo, a espessura muscular (EM) dos músculos extensores de joelho e flexores de cotovelo, bem como a força isométrica máxima e a ativação eletromiográfica (EMG) máxima dos membros inferiores e superiores foram avaliadas pré e após seis semanas de treinamento. Os resultados demonstraram que ambos os grupos incrementaram significativamente o 1-RM de extensão de joelho e flexão de cotovelo e a EM dos músculos extensores de joelho e flexores de cotovelo...

Canoagem velocidade : dinamica das cargas de treinamento no macrociclo e a dinamica da alteração de marcadores funcionais externos; Canoeing flatwater : training load dynamic in the macrocycle and dynamic changes of external functional markers

Thiago Oliveira Borges
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
A canoagem velocidade é uma modalidade de competição. Esta faz parte da programação dos jogos olímpicos desde o ano de 1936. Desta maneira, por tratar - se de modalidade competitiva, a busca pelo aumento no desempenho dos atletas está intrinsecamente relacionada ao êxito da modalidade. Desta forma, a melhor organização e acompanhamento das variáveis que compõem o processo de treinamento auxiliam a obtenção deste êxito desportivo. O objetivo deste estudo foi acompanhar o processo de treinamento da seleção brasileira feminina de canoagem velocidade, estabelecendo métodos específicos para controle e avaliação das cargas de treinamento e também de indicadores funcionais externos, proporcionando assim a possibilidade de verificação da dinâmica de ambos durante esse processo. Para tanto, fizeram parte da amostra 4 atletas da Seleção Brasileira Feminina de Canoagem Velocidade. Durante um macrociclo de treinamento, constituído por 15 microciclos de preparação, foi verificado a dinâmica das cargas de treinamento através do método denominado sessão RPE, em que a cada sessão de treinamento são definidos os impulsos de treinamento (TRIMP’s) que permitem a verificação da dinâmica das cargas de treinamento...

Variabilidade da frequência cardíaca após treinamento concorrente : comparação entre homens e mulheres de meia-idade = Heart rate variability after concurrent training : comparison between middle-aged men and women; Heart rate variability after concurrent training : comparison between middle-aged men and women

Melissa Antunes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
A disfunção do sistema nervoso autonômico e o aumento de doenças crônico- degenerativas se manifestam junto ao processo de envelhecimento, levando à alterações da modulação autonômica cardíaca, e consequentemente da variabilidade de freqüência cardíaca. Com relação à resposta dos sistemas nervoso autônomo e cardiorrespiratório as respostas adaptativas são ainda menos esclarecedoras evidenciando-se os questionamentos quanto à carga ideal de treinamento para a aquisição de adaptações proporcionais aos protocolos de treinamento isolados. Adaptações autonômicas decorrentes do treinamento físico aeróbio já são bem estabelecidas pela literatura, como a ocorrência da bradicardia de repouso e melhorias nos índices de variabilidade da frequência cardíaca. Contudo, outros tipos de treinamento, como o treinamento concorrente, que associa o treinamento com pesos junto ao treinamento aeróbio, são questionados sobre as adaptações obtidas. Este trabalho objetivou avaliar as adaptações autonômicas em resposta ao treinamento concorrente em homens e mulheres entre 40 e 60 anos, com hábitos de vida não ativos. Os voluntários foram subdivididos em 4 grupos, sendo um de treinamento concorrente para homens (TCH)...

Características de treinamento em vendas e transferência da aprendizagem para o trabalho

Moura, Josiane Albanás de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 134 f.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; A aprendizagem por meio de ações de treinamento é, para a organização, uma estratégia de sobrevivência no mercado, uma vez que possibilita estruturar situações formais de aprendizagens com o objetivo de resolver seus problemas de desempenho, aumentar a produtividade e desenvolver suas competências. Diante desse contexto, a presente pesquisa teve como objetivo identificar quais características do treinamento possibilitam a transferência de aprendizagem para um contexto de trabalho. A pesquisa foi realizada com 43 vendedoras de uma organização de confecção de moda feminina. O delineamento de pesquisa utilizado foi o quase-experimental. Os sujeitos foram organizados em dois grupos: um de controle e um de intervenção. O grupo de controle participou de um treinamento tradicional da empresa. O grupo de intervenção participou de um treinamento que teve suas características modificadas, a partir dos resultados demonstrados na literatura pesquisada, considerados como relevantes para um efeito positivo da instrução sobre o desempenho do indivíduo. Essa intervenção teve o objetivo de estabelecer relações entre essas características e a transferência do aprendido para o contexto de trabalho. A coleta ocorreu em três momentos: no início e ao final de cada treinamento e...

Construção de um modelo lógico para avaliação de um treinamento nos níveis de mudança organizacional e valor final

Damasceno, Sonia Maria Souza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, 2007.; Esta pesquisa investiga empiricamente um treinamento realizado em uma empresa estatal, do ramo de energia elétrica, com vistas à obtenção de dados adequados à proposição de um modelo teórico para identificação de efeitos de treinamento nos níveis de Mudança Organizacional de Valor Final. A pesquisa decorre da existência de interesse, por parte de organizações e pesquisadores, quanto ao fornecimento de elementos que auxiliem na compreensão de questões relativas à avaliação de ações de treinamento, desenvolvimento e educação -TD&E e também da identificação de lacuna, já que a literatura disponível revela evidências de efeitos de treinamento nos níveis de Reação (opinião sobre a satisfação com o treinamento), Aprendizado (aquisição de conhecimentos, habilidades e competências) e Comportamento no Cargo (aplicação das competências no trabalho) com poucos estudos para os dois níveis mais abrangentes, quais sejam, Mudança Organizacional (avaliação de mudança no funcionamento da organização) e Valor Final (repercussão de alterações nos resultados sociais e financeiros). Organizações e pesquisadores têm demonstrado grande preocupação com as questões que envolvem os efeitos de TD&E...

Avaliação de impacto de um treinamento introdutório sobre o desempenho dos egressos

Santos Junior, Ailton Bispo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2012.; Pessoas qualificadas têm sido consideradas como fator crítico de sucesso para que as organizações consigam responder rapidamente às exigências do mercado. Neste sentido, treinamentos têm contribuído para o desenvolvimento de CHAs que permitam aos trabalhadores, tornarem-se capazes de resolver problemas e desafios do cotidiano organizacional. Estudos voltados para a avaliação de treinamentos são necessários por contribuírem para a sistematização de conhecimento na área de TD&E e por viabilizarem intervenções organizacionais para a melhoria contínua. O presente estudo teve como objetivo geral, avaliar o impacto de um treinamento introdutório no desempenho de seus egressos. Esta pesquisa pode ser classificada como correlacional de campo e estudo de caso, tendo sido adotadas abordagens qualitativa e quantitativa, compreendendo a coleta de dados de fontes primárias e secundárias. O trabalho envolveu a análise do Curso Excelência Profissional do Banco XYZ e foi organizado em duas etapas...

Avaliação de necessidades de treinamento baseada em competências em uma empresa pública federal; Assessment of training needs based on skills in a federal public company

Araújo, Luana Cristina Rodrigues
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.95%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social do Trabalho e das Organizações, 2013.; A pesquisa tem como objetivo principal descrever lacunas de competências por meio da realização de uma avaliação de necessidades de treinamento referente a competências genéricas e essenciais valorizadas pela organização. Necessidades de treinamento podem ser entendidas como descrições de lacunas de competências ou nos repertórios de conhecimentos, habilidades e atitudes (CHAs) e a avaliação de necessidades de treinamento nesse contexto se torna estratégica, uma vez que, providencia guias claros de quais deficiências profissionais devem ser remediadas (diagnóstico) e proporciona diretrizes confiáveis tanto para o processo de planejamento e execução de eventos instrucionais como para sua avaliação (prognóstico). A abordagem de sistemas instrucionais propõe que as ações de treinamento são formadas por três subsistemas interligados e coordenados entre si: (1) a análise de necessidades de treinamento (ANT); (2) o planejamento e a execução do treinamento, que compreende o desenho do evento de capacitação e a aplicação de técnicas e estratégias instrucionais para propiciar o ensino e a aprendizagem dos CHAs e (3) a avaliação do treinamento...

Efeitos de diferentes frequencias semanais de treinamento com pesos sobre a composição corporal e capacidades motoras em homens idosos; Effects of differential weekly frequencies of weight training on body composition and motor capacities in older men

Claudinei Ferreira dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.96%
Os efeitos do treinamento com pesos realizados com diferentes intensidades, freqüências e volumes trazem respostas benéficas e são bem difundidos para populações de jovens e atletas. No entanto, estudos que procuram avaliar os efeitos do treinamento com pesos realizados em diferentes freqüências semanais são escassos para populações idosas. Assim, o propósito da presente pesquisa foi analisar e comparar os efeitos do treinamento com pesos sobre indicadores da sarcopenia, composição corporal, hipertrofia muscular e das capacidades físicas força muscular e flexibilidade de homens idosos submetidos a duas ou três sessões semanais de treinamento com pesos. Para tanto fizeram parte da amostra 27 indivíduos, subdivididos em: grupo treinamento com freqüência semanal de 2 sessões de treino (GT2, n=9), grupo treinamento com freqüência semanal de 3 sessões de treino (GT3, n=10), ambos submetidos a um programa de treinamento com pesos por um período de 16 semanas, e um grupo controle (GC, n=8) que não se envolveu com nenhuma rotina de exercícios físicos durante o período do experimento. Os indicadores da sarcopenia e composição corporal foram determinados por Absortometria Radiológica de Dupla Energia (DEXA). A sarcopenia foi determinada pelo índice relativo de músculo esquelético. Como indicador de hipertrofia muscular...

Quantification of training load using session RPE method and performance in futsal. DOI: 10.5007/1980-0037.2012v14n1p73; Quantificação da carga de treinamento através do método percepção subjetiva do esforço da sessão e desempenho no futsal. DOI:10.5007/1980-0037.2012v14n1p73

Freitas, Victor Hugo; Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Educação Física e Desportos. Núcleo de Pesquisa Sobre Controle da Carga de Treinamento. Juiz de Fora, MG. Brazil.; Miloski, Bernardo; Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculd
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; ; Avaliado por Pares; Descritivo logitudinal Formato: application/pdf
Publicado em 27/12/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
46.91%
There is a need of studies about training load (TL) quantification using session rating of perceived exertion (session-RPE) and its relation to athlete’s performance in futsal. The objective of this study was to describe training load behavior using session-RPE method and to analyze futsal athlete´s performance during a preparatory period and its relation to TL. Twelve male futsal players (age 24,92 ± 5,20 year, weight 73,42 ± 5,70 kg, height 175,83 ± 5,05 cm) were submitted to 14 weeks of training quantified by the session-RPE method. It was measured maximum volume of oxygen (VO₂max), velocity, agility and vertical jump (VJ) before and after the training period and also the VJ every week. Using the Wilcoxon test, it was observed an increase in VO₂max (p=0,004), VJ (p=0,003), velocity (p=0,003) and agility (p=0,002) after the training period. Using the ANOVA to repeated measures (Tukey post-hoc), it was observed a greater training load (TL) in the first mesocycle compared to the others and a greater CT in the second compared to the third mesocycle. It was not found a relation between VJ and TL. It was concluded that the session RPE allowed an effective TL quantification through the training period and the athlete’s performance increased along with the progressive TL reduction description. There wasn’t correlation between the TL and performance. ; No futsal...