Página 1 dos resultados de 76 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Impacto da etiologia da cardiopatia nos distúrbios respiratórios do sono: comparação entre pacientes com valvopatias versus insuficiência cardíaca com disfunção sistólica; Impact of etiology of cardiopathy on sleep disordered breathing: comparison between patients with valve diseases and systolic congestive heart failure

Carvalho, Adriana Castro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.32%
Introdução: A apnéia central do sono e a apnéia obstrutiva do sono (ACS e AOS, respectivamente) são comuns em pacientes com insuficiência cardíaca com disfunção sistólica (ICC). No entanto, vários fatores que levam a instabilidade respiratória incluindo baixo débito cardíaco, congestão pulmonar e hipocapnia coexistem nestes pacientes. Pacientes com valvopatias (VAL) com alta pressão de capilar pulmonar (PCP) e com fração de ejeção (FE) de ventrículo esquerdo normal representam um modelo adequado para elucidar a gênese da apnéia do sono. Objetivos: Comparar as características dos distúrbios respiratórios do sono em pacientes com VAL e pacientes com ICC. Métodos: Pacientes com VAL com PCP > 12 mmHg e pacientes com ICC foram avaliados por, gasometria arterial, ecocardiograma e polissonografia. Resultados: Pacientes com VAL (n=17, PCP 24 ± 9 mmHg e FE 61 ± 6 %) e ICC (n=17, FE 31 ± 10 %) eram semelhantes quanto as características demográficas e gases arteriais (idade: 46 ± 10 versus 47 ± 9, sexo feminino: 11 em ambos os grupos, índice de massa corporal: 26 ± 5 vs 26 ± 6 Kg/m2, PaCO2: 34 ± 3 vs 35 ± 4 mmHg, respectivamente). Pacientes com VAL apresentaram índice de apnéia-hipopnéia (IAH) significativamente menor do que pacientes com ICC (10 ± 8 e 26 ± 25 eventos/hora...

Avaliação da saúde bucal e impacto na qualidade de vida em pacientes com transtornos mentais atendidos no CAPS/Butantã; Assessment of oral health and impact on quality of life in patients with mental disorders attended the CAPS / Butantan

Carvalhaes, Cristina Lima Leite
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.55%
Estudos epidemiológicos mostram que a incidência de transtornos mentais e comportamentais tem aumentando nos últimos anos e estas condições são acompanhadas de uma gama de doenças bucais que estão relacionadas à medicação utilizada e ao grau de instrução, condições financeiras, idade, estado de saúde geral e acesso ao atendimento odontológico dos pacientes. Entretanto, são escassos estudos que abordam a epidemiologia da saúde bucal e o impacto dela na qualidade de vida destes pacientes. Este estudo teve o objetivo de avaliar as condições bucais dos pacientes com transtornos mentais e comportamentais atendidos no Centro de Atendimento Psicossocial do Butantã (CAPS/Butantã) e o impacto da saúde bucal na qualidade de vida. Foram coletados dados demográficos, queixa principal, história médica [evolução da doença psiquiátrica, presença de comorbidades (hipertensão arterial sistêmica, doenças cardiovasculares, diabetes, distúrbios hepáticos, distúrbios hematológicos, distúrbios renais, distúrbios gastrointestinais e distúrbios respiratórios), medicações em uso], hábitos (álcool, fumo e drogas ilícitas), e história odontológica. No exame físico intraoral foram avaliados os índices de CPOD...

Associação entre o tamanho das tonsilas palatinas e faríngeas com a pressão da artéria pulmonar em crianças

Granzotto, Eduardo Homrich
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.7%
Introdução: Hiperplasia adenotonsilar (HAT) é a principal causa de distúrbios respiratórios do sono em crianças, levando a inúmeras complicações. Cor pulmonale. é a mais severa, onde há aumento insidioso e assintomático da pressão da artéria pulmonar antes da descompensação cardíaca, somente podendo ser diagnosticado por cateterismo cardíaco ou ecodopplercardiografia, exames com indicação e acesso limitado. Adenotonsilectomia é o tratamento de eleição nesses pacientes, entretanto existem atrasos para a cirurgia em vários países, aumentando da morbi-mortalidade por exposição prolongada à patologia. Necessita-se de métodos diagnósticos mais baratos e acessíveis para avaliar quais crianças com HAT estão sob risco de desenvolver complicações cardíacas. Estudos já atestaram que sintomas e exame físico não fazem satisfatoriamente esse papel. Objetivo: O objetivo desse estudo é avaliar correlação entre medida de tonsila palatina e faríngea por radiografia de perfil e pressão da artéria pulmonar aferida por ecodopplercardiografia, em crianças com indicação cirúrgica por HAT. Materiais e Métodos: Estudo transversal com amostra consecutiva de crianças com indicação de adenotonsilectomia por distúrbios respiratórios do sono. O tamanho das tonsilas foi aferido por radiografia de perfil...

Coexistência de transtornos respiratórios do sono e síndrome fibromiálgica; Sleep disordered breathing concomitant with fibromyalgia syndrome

Germanowicz, Dienaro; Lumertz, Magali Santos; Martinez, Denis; Margarites, Ane Freitas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.87%
Identificar síndrome fibromiálgica em pacientes com transtornos respiratórios do sono. Métodos: Foram estudados 50 pacientes que compareceram à Clínica do Sono com queixas de roncar no sono, apnéias e sonolência diurna. Confirmou-se o diagnóstico de transtornos respiratórios do sono através de polissonografia. Para se estabelecer o diagnóstico de síndrome fibromiálgica, submeteramse os pacientes a avaliação de acordo com os critérios estabelecidos pelo American College of Rheumatology. Resultados: Estudaramse 50 pacientes, 32 do sexo masculino. A média (± desvio-padrão) de idade do grupo foi de 50 ± 12 anos. A média do índice de massa corporal do grupo foi de 29,7 ± 5,6 kg/m2. A média do índice de apnéias e hipopnéias do grupo foi de 36 ± 29 apnéias e hipopnéias / hora. Nove das 18 mulheres e 2 homens preencheram os critérios estabelecidos pelo American College of Rheumatology para o diagnóstico de síndrome fibromiálgica. Conclusão: Considerando-se que a prevalência de síndrome fibromiálgica na população geral é de 0,5% para homens e de 3,4% para mulheres, a fração de casos de fibromialgia mais de dez vezes maior nesta amostra reforça a hipótese de associação entre transtornos respiratórios do sono e síndrome fibromiálgica.; To identify fibromyalgia syndrome in patients with sleep disordered breathing. Method: We studied 50 patients seeking treatment at a sleep disorder clinic for snoring...

Diagnóstico dos transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano; Diagnosis of circadian rhythm sleep disorders

Martinez, Denis; Lenz, Maria do Carmo Sfreddo; Menna-Barreto, Luiz Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.57%
Queixas de insônia e sonolência excessiva são comuns na investigação dos distúrbios respiratórios do sono; os transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano talvez sejam as causas mais freqüentemente esquecidas no diagnóstico diferencial destes sintomas. Estes transtornos se manifestam por desalinhamento entre o período do sono e o ambiente físico e social de 24 h. Os dois transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano mais prevalentes são o de fase atrasada (comum em adolescentes) e avançada do sono (comum em idosos), situações nas quais o período de sono se desloca para mais tarde e mais cedo, respectivamente. As possíveis confusões com insônia e sonolência excessiva tornam importante ter sempre em mente estes transtornos. Entretanto, há nove possíveis diagnósticos, e todos são de interesse clínico. Como a luz é o principal sinal para sincronizar os relógios biológicos, pessoas cegas e trabalhadores em turnos e noturno são os mais propensos a desenvolver transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano. Neste artigo, revisa-se a nova classificação internacional dos transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano.; Insomnia and excessive sleepiness are common in the investigation of sleep-disordered breathing. Circadian rhythm sleep disorders are perhaps the most often overlooked conditions in the differential diagnosis of these symptoms. Circadian rhythm sleep disorders manifest as misalignment between the sleep period and the physical/social 24-h environmental cycle. The two most prevalent circadian rhythm sleep disorders are delayed sleep phase (common in adolescents) and advanced sleep phase (common in the elderly)...

Variação sazonal da apneia do sono : evidência de uma década de polissonografias em Porto Alegre

Cassol, Cristiane Maria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.39%
Contextualização: Apneia do sono está associada com desfechos cardiovasculares. No Rio Grande do Sul, a mortalidade cardiovascular e respiratória é maior durante o inverno. Testou-se a hipótese de que o índice de apneia-hipopneia (IAH) de pacientes submetidos à polissonografia, para investigação de transtornos do sono, no inverno seria maior do que no verão. Métodos: Estudo retrospectivo, realizado em Porto Alegre, de janeiro de 2000 a dezembro de 2009, através da análise de banco de dados com 7.523 pacientes, de ambos os gêneros, submetidos à polissonografia basal, de noite inteira, realizada em laboratório do sono. Dados meteorológicos, de poluição atmosférica e mortalidade, foram obtidos a partir do 8º Distrito de Meteorologia do Instituto Nacional de Meteorologia, Fundação Estadual de Proteção Ambiental e Secretaria Estadual de Saúde, respectivamente. A sazonalidade foi investigada através do método cosinor para identificar padrão oscilatório do IAH ao longo do ano. Resultados: A análise de cosinor confirmou a existência de padrão circanual para o IAH, com acrofase em agosto e nadir em fevereiro. IAH nos seis meses mais frios foi 26.5±25.2/h e 23.4±24.1, nos meses mais quentes (P<0.0001), mesmo após ajustar para gênero...

Avaliação do sono em pacientes adultos com fibrose cística

Perin, Christiano
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.52%
Introdução: Pacientes com fibrose cística (FC) comumente apresentam pronunciadas alterações em vias aéreas inferiores, obstrução crônica de vias aéreas superiores, tosse noturna e uso de múltiplas medicações. Desta maneira, estão predispostos a apresentar diminuição da qualidade do sono e distúrbios respiratórios durante o sono. Embora a hipoxemia noturna seja considerada comum e sua identificação relevante no manejo da FC, atualmente ainda restam dúvidas sobre os preditores de dessaturação durante o sono nesta população. Objetivos: 1) Avaliar os distúrbios do sono em uma amostra de pacientes adultos com FC comparando-os com controles saudáveis e 2) Determinar os melhores preditores de dessaturação no sono em pacientes com FC e uma saturação periférica de oxigênio (SpO2) em vigília ≥90%. Métodos: Estudo transversal, com coleta de dados prospectiva, onde foram avaliados pacientes adultos com FC estáveis clinicamente e controles saudáveis pareados por idade e sexo. Todos os indivíduos realizaram uma polissonografia de noite inteira e preencheram a Escala de Sonolência de Epworth (ESE) e o Questionário de Qualidade de Sono de Pittsburgh (PSQI). Os pacientes com FC realizaram função pulmonar...

Sintomas e sinais de respiração predominante oral em adolescentes com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e queixa de prejuízo escolar

Costa, Tatiana Leonel da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008.; O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade e a Respiração Predominantemente Oral apresentam etiologias distintas, entretanto podem levar a sintomas semelhantes e desencadear prejuízos escolares. Distúrbios Respiratórios do Sono podem causar ou intensificar as alterações na atenção e na disciplina repercutindo diretamente na vida escolar. Poucas pesquisas abordam esses temas em um mesmo estudo. A presente pesquisa teve como objetivo geral caracterizar os sintomas e sinais da Respiração Predominantemente Oral em adolescentes com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade e queixa de prejuízo escolar. Os objetivos específicos foram relacionar as características encontradas com o diagnóstico dos Tipos do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, o gênero e faixa etária da população. A coleta foi realizada no ADOLESCENTRO instituição pública pertencente à Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal - Brasil. O histórico dos sintomas diurnos e noturnos que os adolescentes apresentaram dos dois aos doze anos foi analisado, assim como, alguns sinais relatados pela literatura, como características comuns da Respiração Predominantemente Oral. Observou-se alta ocorrência de características da Respiração Predominantemente Oral associadas ao ronco...

Qualidade do ar e transtornos respiratórios agudos em crianças

Moura,Marisa; Junger,Washington Leite; Mendonça,Gulnar Azevedo e Silva; Ponce De Leon,Antonio
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.7%
OBJETIVO: Avaliar a relação entre poluição do ar e efeitos respiratórios agudos em crianças. MÉTODOS: Foi realizado um estudo ecológico de séries temporais em três unidades públicas de saúde do bairro de Jacarepaguá, município do Rio de Janeiro, entre abril de 2002 e março de 2003. Foram analisados dados diários de PM10, SO2, NO2, CO e O3, e como variáveis de desfecho 45.595 atendimentos pediátricos de emergência por sintomas respiratórios ou específicos por transtornos nas vias aéreas superiores e nas vias aéreas inferiores. Foram incluídas no modelo para controle de confundimento as variáveis referentes à tendência temporal, sazonalidade, temperatura, umidade relativa do ar, precipitação de chuva, infecções respiratórias e os efeitos do calendário (como feriados e finais de semana). Foi empregada a regressão de Poisson via modelos aditivos generalizados para estimar os efeitos dos poluentes e dos fatores de confusão. RESULTADOS: Somente o O3 apresentou resultado positivo e estatisticamente significativo, tanto com todos os atendimentos de emergência por queixas respiratórias como com os atendimentos motivados por sintomas nas vias aéreas inferiores. O efeito foi no mesmo dia da exposição (lag 0). Associação significativa e de sentido inverso ocorreu com o CO e os atendimentos pediátricos por queixas respiratórias. Não se observou resultado significativo com os demais poluentes atmosféricos. CONCLUSÕES: Foram encontradas associações entre indicadores de poluição atmosférica e o número de atendimentos pediátricos de emergência por motivos respiratórios em Jacarepaguá...

Transtornos de aprendizagem em presença de respiração oral em indivíduos com diagnóstico de transtornos de défcit de atenção/hiperatividade (TDAH)

Vera,Cleiva Flamia Diniz; Conde,Graciane Elias Setúbal; Wajnsztejn,Rubens; Nemr,Kátia
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.53%
OBJETIVOS: caracterizar a população com Transtornos de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH); levantar prevalência de Transtornos de Aprendizagem (TA) e presença de respiração oral e verificar possíveis associações. MÉTODOS: foram estudados 77 pacientes do Serviço Ambulatorial de Neurodificuldades da Faculdade de Medicina ABC com diagnósticos de TA. Protocolos adaptados foram utilizados para avaliação respiratória. Os subtipos de TDAH foram classificados pelo DSM-IV, sendo os pacientes agrupados em tipos: 1 (desatento), 2 (hiperativo-impulsivo) e 3 (combinado), presença/ausência de TA e modos respiratórios nasal, oral e oronasal. Foram utilizados: Teste de Igualdade de Duas Proporções, ANOVA e Técnica de Intervalo de Confiança para Proporção/Média. RESULTADOS: houve prevalência de TDAH no gênero masculino, subtipo combinado, faixa etária infantil e 1º grau escolar. Observou-se alta ocorrência de TA (62,3%) com queixa de dificuldade escolar (87%). Houve significância estatística para presença de TA, dificuldade escolar e nenhuma repetência (61%). Houve alta ocorrência de respiração alterada (71,4%), que em associação ao TA foi de 41,6%. Houve predominância de TA e respiração oronasal para gêneros e tipos de TDAH. O tipo 1 foi mais velho em idade média (12...

Sintomas e sinais de respiração predominantemente oral em adolescentes com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e queixa de prejuízo escolar

Costa,Tatiana Leonel da Silva; Campos Júnior,Dioclécio; Silva,Hilton Justino da; Cunha,Daniele Andrade da
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.32%
OBJETIVOS: caracterizar sintomas e sinais da Respiração Predominantemente Oral em adolescentes com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade e queixa de prejuízo escolar e relacionar as características com os Tipos do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, gênero e faixa etária. MÉTODOS: realizada no ADOLESCENTRO, instituição pública do Distrito Federal, com 115 adolescentes de ambos os gêneros, faixa etária 10-18 anos, apresentando queixa de prejuízo escolar e Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade. Histórico dos sintomas diurnos e noturnos dos dois aos doze anos foi analisado e sinais da Respiração Predominantemente Oral. RESULTADOS: alta ocorrência (86,95%) de sintomas e sinais da Respiração Predominantemente Oral. Registrou-se associação entre amigdalite e tipos do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade com maior frequência no Tipo II hiperativo (60%), sialorreia no travesseiro com gênero predominando o masculino (65,5%) e respiração oral diurna (64,7%), respiração oral noturna (82,4%) e sialorreia no travesseiro (64,7%) todas estas com a faixa etária de 10 a 12 anos. Houve associação entre lábios (54,3%) e língua (54,3%) não funcionais e faixa etária de 10 a 12 anos. Encontrou-se diferença estatisticamente significante para expulsões (20%)...

Métodos diagnósticos nos distúrbios do sono

Togeiro,Sônia Maria Guimarães Pereira; Smith,Anna Karla
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.53%
O objetivo deste artigo é o de descrever os procedimentos, as recomendações, os achados e o valor dos métodos diagnósticos utilizados em transtornos do sono, incluindo questionários, actigrafia, polissonografia e teste múltiplo de latência do sono. Questionários específicos incluindo avaliação da qualidade do sono, hipersonolência, transtornos respiratórios do sono e ritmo sono-vigília são utilizados, em geral, para triar transtornos do sono e como indicação para estudos sobre o sono. A polissonografia e o teste múltiplo de latência do sono são considerados como métodos padrão-ouro na maioria dos transtornos do sono e narcolepsia, respectivamente. Os critérios para tais transtornos são relatados abaixo.

Coexistência de transtornos respiratórios do sono e síndrome fibromiálgica

Germanowicz,Dienaro; Lumertz,Magali Santos; Martinez,Denis; Margarites,Ane Freitas
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.96%
OBJETIVO: Identificar síndrome fibromiálgica em pacientes com transtornos respiratórios do sono. MÉTODOS: Foram estudados 50 pacientes que compareceram à Clínica do Sono com queixas de roncar no sono, apnéias e sonolência diurna. Confirmou-se o diagnóstico de transtornos respiratórios do sono através de polissonografia. Para se estabelecer o diagnóstico de síndrome fibromiálgica, submeteram-se os pacientes a avaliação de acordo com os critérios estabelecidos pelo American College of Rheumatology. RESULTADOS: Estudaram-se 50 pacientes, 32 do sexo masculino. A média (± desvio-padrão) de idade do grupo foi de 50 ± 12 anos. A média do índice de massa corporal do grupo foi de 29,7 ± 5,6 kg/m². A média do índice de apnéias e hipopnéias do grupo foi de 36 ± 29 apnéias e hipopnéias /hora. Nove das 18 mulheres e 2 homens preencheram os critérios estabelecidos pelo American College of Rheumatology para o diagnóstico de síndrome fibromiálgica. CONCLUSÃO: Considerando-se que a prevalência de síndrome fibromiálgica na população geral é de 0,5% para homens e de 3,4% para mulheres, a fração de casos de fibromialgia mais de dez vezes maior nesta amostra reforça a hipótese de associação entre transtornos respiratórios do sono e síndrome fibromiálgica.

Diagnóstico dos transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano

Martinez,Denis; Lenz,Maria do Carmo Sfreddo; Menna-Barreto,Luiz
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.57%
Queixas de insônia e sonolência excessiva são comuns na investigação dos distúrbios respiratórios do sono; os transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano talvez sejam as causas mais freqüentemente esquecidas no diagnóstico diferencial destes sintomas. Estes transtornos se manifestam por desalinhamento entre o período do sono e o ambiente físico e social de 24 h. Os dois transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano mais prevalentes são o de fase atrasada (comum em adolescentes) e avançada do sono (comum em idosos), situações nas quais o período de sono se desloca para mais tarde e mais cedo, respectivamente. As possíveis confusões com insônia e sonolência excessiva tornam importante ter sempre em mente estes transtornos. Entretanto, há nove possíveis diagnósticos, e todos são de interesse clínico. Como a luz é o principal sinal para sincronizar os relógios biológicos, pessoas cegas e trabalhadores em turnos e noturno são os mais propensos a desenvolver transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano. Neste artigo, revisa-se a nova classificação internacional dos transtornos do sono relacionados ao ritmo circadiano.

Fisiopatologia dos distúrbios respiratórios do sono

Palombini,Luciana de Oliveira
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
O sono representa uma fase na qual o sistema respiratório sofre importantes mudanças que levam a uma maior vulnerabilidade e maior chance de ocorrência de anormalidades, mesmo em indivíduos normais. Na transição da vigília para o sono, existe normalmente um aumento da resistência de via aérea superior e prejuízo de diferentes respostas e reflexos protetores, os quais são eficientes em promover e manter a patência da via aérea superior durante a vigília. Em indivíduos que apresentam fatores de risco, tais como anormalidades anatômicas em via aérea superior, essas mudanças associadas ao sono não conseguem ser compensadas de forma eficaz e, com isso, ocorre uma maior chance de ocorrer um distúrbio respiratório do sono. Os distúrbios respiratórios do sono são caracterizados por diferentes graus de diminuição do espaço das vias aéreas superiores. Essa diminuição tem causas multifatoriais, que incluem anormalidades da anatomia de via aérea superior, alteração da resposta neuromuscular e de alterações em receptores de via aérea superior. Provavelmente muitas alterações funcionais e anatômicas em via aérea superior são de característica genética, tornando o individuo com maior risco quando exposto a determinados fatores ambientais...

Qualidade de vida em crianças com distúrbios respiratórios do sono

Gomes,Amaury de Machado; Santos,Otávio Marambaia dos; Pimentel,Kleber; Marambaia,Pablo Pinillos; Gomes,Leonardo Marques; Pradella-Hallinan,Márcia; Lima,Manuela Garcia
Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial Publicador: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
Crianças podem apresentar distúrbios respiratórios do sono (DRS) com repercussões na qualidade de vida. OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida de crianças com DRS, comparar crianças com Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) e Ronco Primário (RP) e identificar quais os domínios do OSA-18 estão mais comprometidos. MÉTODOS: Estudo de coorte histórica com corte transversal em crianças com história de ronco e hiperplasia adenotonsilar. Para avaliar qualidade de vida foi aplicado o questionário OSA-18 aos cuidadores e realizado polissonografia para diagnóstico. RESULTADOS: Participaram 59 crianças com média de idade de 6,7 ± 2,26 anos. O escore médio do OSA-18 foi 77,9 ± 13,22 e os domínios mais afetados foram: "preocupação dos responsáveis" (21,8 ± 4,25), "perturbação do sono" (18,8 ± 5,19), "sofrimento físico" (17,3 ± 5,0). O impacto foi pequeno em seis crianças (10,2%), moderado em 33 (55,9%) e grande em 20 (33,9%). RP foi encontrado em 44 crianças (74,6%), SAOS em 15 (25,6%). SAOS tem escore maior no domínio "sofrimento físico" que RP (p = 0,04). CONCLUSÃO: Distúrbios respiratórios do sono na infância causam comprometimento na qualidade de vida e os domínios mais comprometidos do OSA-18 foram: "preocupação dos responsáveis"...

Prevalência de sintomas associados a distúrbios respiratórios do sono em escolares de Uruguaiana-RS

Petry, Carine
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.63%
Objetivo: Sintomas de distúrbios respiratórios do sono (DRS) são comuns na infância, e sua prevalência não é conhecida em crianças brasileiras. Esse estudo tem por objetivo verificar a prevalência e fatores de risco de sintomas de DRS em uma amostra de escolares de 8 a 13 anos de Uruguaiana-RS. Método: Estudo transversal (n =1. 119), utilizando questionários sobre sintomas de DRS, asma e rinite respondidos pelos pais. Atopia foi investigada por testes cutâneos.Resultados: Foram obtidos 998 questionários. Ronco habitual (RH) foi descrito em 27,6% das crianças, apnéia em 0,8%, respiração oral (RO) diurna em 15,5% e sonolência diurna excessiva (SDE) em 7,8%. Crianças com SDE apresentaram maior risco de RH (OR 2,7; IC 95%1,4– 5,4), apnéia (OR 9,9; IC95% 1,2 – 51 ), RO (OR 13,1; IC 95% 6,2 – 27,4) e problemas de aprendizado (OR 9,9; IC95% 1,9 – 51,0). Regressão logística múltipla mostrou que RH estava significativamente associado a tabagismo materno, atopia e rinite. Fatores de risco para RO foram tabagismo materno, morar em zona pobre, história familiar de rinite, asma, atopia e bronquiolite. Apnéia foi mais comum em escolares com asma, bronquiolite, rinite, atopia. Rinite ativa ocorreu em 18,9% das crianças...

Intervenções de enfermagem para o padrão respiratório ineficaz em idosos; Nursing Intervention of ineffective breathing pattern in elderly people

CAVALCANTE, Agueda Maria Ruiz Zimmer
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.51%
Upon the multiple ilnesses that aflict the elderly, respiratory problems stand out as cause of hospital admitance and re-admitance, and consequent worsening of funtional capacity. The nursing interventions directed to the human responses in evidence allow clinical improvement, visibility, and quality of nursing assistance to elderly patients with respiratory problems. The goal was to analyse the nursing interventions performed by the nursing staff to the nursing diagnosis ineffective breathing pattern in elderly patients. It is a descriptive study, developed in the internal medicine section of a scholl hospital in Goiânia, done in three stages, from July to December of 2008. The first stage consisted in the search of activities performed by the nursing staff to the ineffective breathing pattern in the elderly. The second consisted in the crossed mapping between the quoted activities and the interventions and activities priorized by the NIC to the ineffective breathing pattern diagnosis. And the third stage consisted in the new collection of data analyse the priorized NIC activities to ineffective breathing pattern in the elderly. If was adapted the descriptive statistic with distribution of the activities in simple frequence. 43 nursing workers took part in the study...

Qualidade do ar e transtornos respiratórios agudos em crianças; Air quality and acute respiratory disorders in children

Moura, Marisa; Junger, Washington Leite; Mendonça, Gulnar Azevedo e Silva; Ponce De Leon, Antonio
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
36.7%
OBJETIVO: Avaliar a relação entre poluição do ar e efeitos respiratórios agudos em crianças. MÉTODOS: Foi realizado um estudo ecológico de séries temporais em três unidades públicas de saúde do bairro de Jacarepaguá, município do Rio de Janeiro, entre abril de 2002 e março de 2003. Foram analisados dados diários de PM10, SO2, NO2, CO e O3, e como variáveis de desfecho 45.595 atendimentos pediátricos de emergência por sintomas respiratórios ou específicos por transtornos nas vias aéreas superiores e nas vias aéreas inferiores. Foram incluídas no modelo para controle de confundimento as variáveis referentes à tendência temporal, sazonalidade, temperatura, umidade relativa do ar, precipitação de chuva, infecções respiratórias e os efeitos do calendário (como feriados e finais de semana). Foi empregada a regressão de Poisson via modelos aditivos generalizados para estimar os efeitos dos poluentes e dos fatores de confusão. RESULTADOS: Somente o O3 apresentou resultado positivo e estatisticamente significativo, tanto com todos os atendimentos de emergência por queixas respiratórias como com os atendimentos motivados por sintomas nas vias aéreas inferiores. O efeito foi no mesmo dia da exposição (lag 0). Associação significativa e de sentido inverso ocorreu com o CO e os atendimentos pediátricos por queixas respiratórias. Não se observou resultado significativo com os demais poluentes atmosféricos. CONCLUSÕES: Foram encontradas associações entre indicadores de poluição atmosférica e o número de atendimentos pediátricos de emergência por motivos respiratórios em Jacarepaguá...

Qualidade do ar e transtornos respiratórios agudos em crianças

Moura,Marisa; Junger,Washington Leite; Mendonça,Gulnar Azevedo e Silva; Ponce De Leon,Antonio
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.7%
OBJETIVO: Avaliar a relação entre poluição do ar e efeitos respiratórios agudos em crianças. MÉTODOS: Foi realizado um estudo ecológico de séries temporais em três unidades públicas de saúde do bairro de Jacarepaguá, município do Rio de Janeiro, entre abril de 2002 e março de 2003. Foram analisados dados diários de PM10, SO2, NO2, CO e O3, e como variáveis de desfecho 45.595 atendimentos pediátricos de emergência por sintomas respiratórios ou específicos por transtornos nas vias aéreas superiores e nas vias aéreas inferiores. Foram incluídas no modelo para controle de confundimento as variáveis referentes à tendência temporal, sazonalidade, temperatura, umidade relativa do ar, precipitação de chuva, infecções respiratórias e os efeitos do calendário (como feriados e finais de semana). Foi empregada a regressão de Poisson via modelos aditivos generalizados para estimar os efeitos dos poluentes e dos fatores de confusão. RESULTADOS: Somente o O3 apresentou resultado positivo e estatisticamente significativo, tanto com todos os atendimentos de emergência por queixas respiratórias como com os atendimentos motivados por sintomas nas vias aéreas inferiores. O efeito foi no mesmo dia da exposição (lag 0). Associação significativa e de sentido inverso ocorreu com o CO e os atendimentos pediátricos por queixas respiratórias. Não se observou resultado significativo com os demais poluentes atmosféricos. CONCLUSÕES: Foram encontradas associações entre indicadores de poluição atmosférica e o número de atendimentos pediátricos de emergência por motivos respiratórios em Jacarepaguá...