Página 1 dos resultados de 400 itens digitais encontrados em 0.077 segundos

Manejo do paciente com transtornos relacionados ao uso de substância psicoativa na emergência psiquiátrica; Management of patients with substance use illnesses in psychiatric emergency department

AMARAL, Ricardo Abrantes do; MALBERGIER, André; ANDRADE, Arthur Guerra de
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
176.09%
OBJETIVO: Transtornos por uso de substâncias são prevalentes em setores de emergência gerais e psiquiátricos, atingindo taxas de 28% das ocorrências em prontos-socorros gerais. Todavia, profissionais dos setores de emergência identificam menos que 50% dos casos de problemas relacionados ao álcool. Este artigo visa fornecer base fundamentada em evidências para o tratamento específico a pacientes que preencham os critérios diagnósticos de transtornos por uso de substâncias e que se apresentam ao pronto-socorro em quadros de intoxicação ou abstinência. MÉTODO: Uma revisão sobre o tema foi realizada na base de dados Medline, usando-se os descritores "intoxicação aguda", "abstinência", "álcool", "cocaína", "cannabis", "opioides", "inalantes" e "manejo", tendo o inglês como idioma. RESULTADOS E CONCLUSÃO: O cuidado de pessoas com transtornos por uso de substâncias deve conter: avaliação completa (médica geral e psiquiátrica), tratamento dos quadros diagnosticados (abstinência, intoxicação e quadros clínicos que caracterizem uma emergência), sensibilização do paciente para realizar tratamento, se for necessário, e elaboração de encaminhamento.; OBJECTIVE: Substance use disorders are prevalent in emergency departments in medical and psychiatric services...

Using selected scenes from Brazilian films to teach about substance use disorders, within medical education; Usando cenas selecionadas de filmes brasileiros para ensino a respeito dos transtornos relacionados ao uso de substâncias, na educação médica

Castaldelli-Maia, João Mauricio; Oliveira, Hercílio Pereira; Andrade, Arthur Guerra; Lotufo-Neto, Francisco; Bhugra, Dinesh
Fonte: Associação Paulista de Medicina - APM Publicador: Associação Paulista de Medicina - APM
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
145.88%
CONTEXT AND OBJECTIVES: Themes like alcohol and drug abuse, relationship difficulties, psychoses, autism and personality dissociation disorders have been widely used in films. Psychiatry and psychiatric conditions in various cultural settings are increasingly taught using films. Many articles on cinema and psychiatry have been published but none have presented any methodology on how to select material. Here, the authors look at the portrayal of abusive use of alcohol and drugs during the Brazilian cinema revival period (1994 to 2008). DESIGN AND SETTING: Qualitative study at two universities in the state of São Paulo. METHODS: Scenes were selected from films available at rental stores and were analyzed using a specifically designed protocol. We assessed how realistic these scenes were and their applicability for teaching. One author selected 70 scenes from 50 films (graded for realism and teaching applicability > 8). These were then rated by another two judges. Rating differences among the three judges were assessed using nonparametric tests (P < 0.001). Scenes with high scores (> 8) were defined as "quality scenes". RESULTS: Thirty-nine scenes from 27 films were identified as "quality scenes". Alcohol, cannabis, cocaine, hallucinogens and inhalants were included in these. Signs and symptoms of intoxication...

Prevalência da Comorbidade entre Transtornos Mentais Graves e Transtornos Devido ao Uso de Substâncias Psicoativas em São Paulo, Brasil.; Prevalence of comorbidity between severe mental illnesses and substance use disorders in São Paulo, Brazil

Ratto, Lilian Ribeiro Caldas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/03/2001 PT
Relevância na Pesquisa
166.13%
OBJETIVOS: O presente estudo visou estimar a prevalência da comorbidade entre transtornos mentais graves e o abuso de substâncias psicoativas, e estudar os fatores associados a essa comorbidade, em pacientes com transtornos mentais graves residentes em São Paulo. MÉTODO: O estudo teve desenho de corte transversal. Vinte serviços de saúde mental (emergências, hospitais psiquiátricos e ambulatórios) foram pesquisados, a fim de identificar todos os pacientes com idade entre 18 e 65 anos, com diagnóstico clínico de transtorno mental grave, que fossem residentes em um dos 7 distritos administrativos escolhidos para o estudo e que tiveram ao menos um contato com o serviço de saúde no período entre 1/9/1997 e 30/11/1997. Os pacientes incluídos foram avaliados quanto a sintomas psiquiátricos, ajustamento social, uso de álcool e uso de substâncias psicoativas, utilizando-se instrumentos padronizados. RESULTADOS: Dos 620 pacientes identificados, 404 foram aleatoriamente selecionados para serem entrevistados. Foi possível entrevistar diretamente 192 (47,9%) indivíduos. A prevalência de comorbidade nos últimos 12 meses foi de 10,4% (I.C. 95%: 6.5 a 15.6), sendo 7,3% para abuso de álcool e 4,7% para abuso de drogas ilícitas...

Comorbidade entre dependência de substâncias psicoativas e transtornos alimentares: perfil e evolução de mulheres em um tratamento específico para dependência química; Comorbidity between psychoactive substance dependence and eating disorders: profile and outcome of women in a specific treatment for chemical dependence

Brasiliano, Silvia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/11/2005 PT
Relevância na Pesquisa
136.05%
A associação entre transtornos alimentares e dependência de substâncias, psicoativas tem sido freqüentemente relatada tanto em programas para dependência química, como em serviços para transtornos alimentares. No entanto, há grande variabilidade entre os diferentes estudos. Uma das hipóteses que tem sido levantada para explicar essa diversidade é que em dependentes de substâncias a associação mais freqüente seria com síndromes alimentares parciais ou subclínicas. Praticamente não há pesquisas que avaliem a influência dessa comorbidade na evolução do tratamento para dependência química. O objetivo deste estudo é comparar o perfil de três grupos de mulheres dependentes de substâncias psicoativas - com comorbidade com transtornos alimentares clínicos, com comorbidade com patologia alimentar subclínica e sem essa comorbidade - e descrever sua evolução em um programa especializado para dependência química feminina. MÉTODO: foram estudadas 80 mulheres dependentes de álcool e drogas que procuram tratamento no Programa de Atenção à Mulher Dependente Química (PROMUD) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. As pacientes foram avaliadas para a coleta de dados sócio-demográficos e relativos ao uso de substâncias psicoativas através de um questionário padronizado; para diagnóstico clínico...

Abordagem e seguimento de usuários de substâncias psicoativas a partir de atendimento em unidade de emergência; Intervention and follow-up of psychoactive substances users after emergency care

Vitoria Mantoan Padilha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
146.16%
O consumo e a dependência de substâncias psicoativas (SPA) representam um importante fator de risco de morbi-mortalidade no mundo todo. A literatura internacional mostra que 20% dos pacientes que procuram as Unidades de Emergência (UE) são usuários ou dependentes de SPA. Para a maioria destes pacientes, a UE é o único provedor de cuidados médicos, o que mostra a importância de se aproveitar esse tipo de serviço para uma abordagem inicial e encaminhamento para tratamento. Objetivos: Descrever o perfil de pacientes com transtornos relacionados ao uso de SPA atendidos pela Psiquiatria em serviço de emergência, compará-los com o demais pacientes atendidos pela Psiquiatria e avaliar intervenção a partir do atendimento de emergência, comparando os pacientes que receberam com os que não receberam a intervenção, quanto aos desfechos redução do uso de SPA e busca de tratamento em 30 e 90 dias. Método: Estudo descritivo e quantitativo, que levantou dados de pacientes atendidos pela Psiquiatria na Unidade de Emergência Referenciada (UER) do HC-UNICAMP, detectou os pacientes atendidos com transtornos por uso de SPA e realizou seguimento longitudinal. Durante o período de maio de 2010 a maio de 2011, todos os pacientes atendidos pela psiquiatria na UER do HC-UNICAMP com transtornos por uso de SPA foram convidados a participar do grupo de intervenção (GI). Após 30 e 90 dias...

Prevalência e fatores de risco relacionados ao uso de drogas entre escolares

Baus,José; Kupek,Emil; Pires,Marcos
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
155.88%
OBJETIVO: Analisar a prevalência e os fatores de risco relacionados ao uso indevido de drogas entre estudantes de uma escola pública de primeiro e segundo graus. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo transversal, utilizando, como instrumento de pesquisa, um questionário anônimo, padronizado e amplamente testado no Brasil para levantamento do uso de drogas. A população estudada foi constituída de 478 estudantes de escola pública de primeiro e segundo graus, de Florianópolis, SC. Os questionários foram aplicados por estudantes universitários devidamente treinados. Entre os estudantes pesquisados, 43% e 32% foram de faixa etária de 13 a 15 anos e de 16 a 18 anos, respectivamente, com predomínio de classes socioeconômicas mais altas. RESULTADOS: A prevalência de uso de maconha na vida (19,9%), solventes (18,2%), anfetamínicos (8,4%) e álcool (86,8%) foi elevada em Florianópolis, comparada a outras capitais da região Sul e à média brasileira. Notou-se elevado e freqüente uso (seis ou mais vezes por mês) de álcool (24,2%), maconha (4,9%), solventes (2,5%) e anfetamínicos (2,3%). Os fatores demográficos relacionados ao uso de drogas na vida foram idade, sexo, classe socioeconômica e vida junto aos pais. A chance de garotas usarem remédios para emagrecer ou ficarem acordadas foi o dobro da chance de garotos e...

Fatores associados ao uso de drogas entre adolescentes escolares

Tavares,Beatriz Franck; Béria,Jorge Umberto; Lima,Maurício Silva de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
145.77%
OBJETIVO: Investigar fatores associados ao uso de drogas entre adolescentes de escolas com ensino médio. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal, em 1998, em Pelotas, RS. Um questionário anônimo, auto-aplicado em sala de aula, foi respondido por uma amostra proporcional de estudantes com idade entre 10 e 19 anos, matriculados no ensino fundamental (a partir da quinta série) e no ensino médio, em todas as escolas públicas e particulares na zona urbana do município que tinham ensino médio. Realizaram-se até três revisitas para aplicação aos alunos ausentes. Os resultados foram expressos como razão de prevalências (RP). RESULTADOS: Foram entrevistados 2.410 estudantes e o índice de perdas foi de 8%. A prevalência do uso de drogas (exceto álcool e tabaco) no último ano foi 17,1%. Após controle para fatores de confusão, permaneceu a associação entre uso de drogas e separação dos pais (RP=1,46; IC 95%: 1,18-1,80), relacionamento ruim ou péssimo com o pai (RP=1,67; IC 95%: 1,17-2,38), relacionamento ruim ou péssimo com a mãe (RP=2,71; IC 95%: 1,64-4,48), ter pai liberal (RP=1,36; IC 95%: 1,08-1,72), presença em casa de familiar usuário de drogas (RP=1,61; IC 95%: 1,17-2,18), ter sofrido maus tratos (RP=1,62; IC 95%: 1...

Fatores associados ao uso de álcool e cigarro na gestação

Freire,Karina; Padilha,Patrícia de Carvalho; Saunders,Cláudia
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
145.86%
OBJETIVO: descrever o consumo de álcool e cigarro em gestantes adultas e identificar a associação desse consumo ao resultado obstétrico. MÉTODOS: trata-se de um estudo analítico do tipo transversal, no qual foram incluídas 433 puérperas adultas e seus conceptos atendidos em maternidade pública do Rio de Janeiro, no período de 1999 a 2006. As informações sobre as puérperas e os recém-nascidos foram coletadas no momento do parto e no puerpério, por meio de entrevista e consultas aos prontuários. Considerou-se "uso de álcool na gestação" e "uso de cigarro na gestação" quando esses foram detectados pelo profissional de Saúde na consulta de pré-natal em qualquer idade gestacional e registrados no prontuário. RESULTADOS: verificou-se que 5,5 e 7,4% das puérperas relataram uso de cigarro e álcool durante a gestação, respectivamente. As características maternas associadas ao fumo na gestação foram: situação marital (p=0,005); idade materna (p=0,01) e assistência nutricional pré-natal (p=0,003). O fumo durante a gestação foi fortemente associado ao uso do álcool, sendo que 31,3% das gestantes fizeram uso concomitante de cigarro e álcool (p<0,05). Quanto ao uso de álcool, as características associadas a essa prática foram situação marital (p=0...

Manejo do paciente com transtornos relacionados ao uso de substância psicoativa na emergência psiquiátrica

Amaral,Ricardo Abrantes do; Malbergier,André; Andrade,Arthur Guerra de
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
166.09%
OBJETIVO: Transtornos por uso de substâncias são prevalentes em setores de emergência gerais e psiquiátricos, atingindo taxas de 28% das ocorrências em prontos-socorros gerais. Todavia, profissionais dos setores de emergência identificam menos que 50% dos casos de problemas relacionados ao álcool. Este artigo visa fornecer base fundamentada em evidências para o tratamento específico a pacientes que preencham os critérios diagnósticos de transtornos por uso de substâncias e que se apresentam ao pronto-socorro em quadros de intoxicação ou abstinência. MÉTODO: Uma revisão sobre o tema foi realizada na base de dados Medline, usando-se os descritores "intoxicação aguda", "abstinência", "álcool", "cocaína", "cannabis", "opioides", "inalantes" e "manejo", tendo o inglês como idioma. RESULTADOS E CONCLUSÃO: O cuidado de pessoas com transtornos por uso de substâncias deve conter: avaliação completa (médica geral e psiquiátrica), tratamento dos quadros diagnosticados (abstinência, intoxicação e quadros clínicos que caracterizem uma emergência), sensibilização do paciente para realizar tratamento, se for necessário, e elaboração de encaminhamento.

Reabilitação psicossocial dos usuários de álcool e outras drogas: a concepção de profissionais de saúde; The psychosocial rehabilitation in the alcohol and other drugs treatment: the professionals' conception; A rehabilitación psicosocial y la area de alcohol y otras drogas: la concepción de los profesionales

PINHO, Paula Hayasi; OLIVEIRA, Márcia Aparecida Ferreira de; VARGAS, Divane de; ALMEIDA, Marilia Mastrocolla de; MACHADO, Ana Lúcia; SILVA, Ana Luísa Aranha e; COLVERO, Luciana de Almeida; BARROS, Sônia
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
145.82%
Estudo exploratório de abordagem qualitativa que objetivou identificar as concepções de profissionais da saúde de um Centro de Referência para o tratamento dos problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas acerca da Reabilitação Psicossocial. Onze profissionais da saúde de nível superior foram submetidos à entrevista semi estruturada. Os dados foram analisados segundo os pressupostos da Hermenêutica Dialética, que originou a categoria Reabilitação Psicossocial. Os resultados evidenciaram que na concepção dos profissionais a Reabilitação Psicossocial se dá na realização de oficinas terapêuticas, atividades externas e no estabelecimento de parcerias com outras instituições. Conclui-se que o conceito de Reabilitação Psicossocial que mais se evidencia na concepção desses sujeitos, ainda está associado ao modelo psiquiátrico tradicional, ou seja, atrelado à lógica da normalidade social, sendo esse o principal desafio a ser superado quando se considera o modelo psicossocial de atenção aos usuários de álcool e outras drogas.; Exploratory study with qualitative approach that had as its main objective to identify the conception of the health professionals about Psychosocial Rehabilitation from a reference Center for the treatment of alcohol and other drugs related problems. The sample consisted of eleven health professionals with an academic degree...

Relações entre contexto familiar e uso de drogas em adolescentes de ensino médio; Relaciones entre la situación familiar y el uso de drogas en adolescentes de la enseñanza secundaria; Relations between family context and substance abuse in high school adolescents

GARCIA, Jairo Jose; PILLON, Sandra Cristina; SANTOS, Manoel Antônio dos
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
145.9%
Este estudio tuvo como objetivo describir características del contexto familiar de adolescentes de la enseñanza secundaria y sus relaciones con el uso de sustancias psicoactivas. Se utilizo un diseño de estudio descriptivo transversal, de tipo encuesta, con una muestra de 657 estudiantes de escuelas secundarias de la ciudad de León, en Nicaragua, correspondiendo a 31% del universo. La información fue recolectada a través de un cuestionario auto aplicado y anónimo. El 56% del total convive con ambos padres y el 32% sólo con la madre. Tienen buenas relaciones con la madre pero no confían en ella, con 86% y 24% respectivamente. En relación al uso de sustancias en el núcleo familiar, el 52% de las familias de donde proceden las/los adolescentes tienen antecedentes de uso, siendo el padre el que generalmente usa (42%). Los resultados aportan contribuciones relevantes para la elaboración de políticas públicas en salud y para el delineamiento de estrategias de prevención con adolescentes.; Este estudo teve por objetivo descrever características do contexto familiar de adolescentes de ensino secundário e suas relações com o uso de substâncias psicoativas. Utilizou-se desenho de estudo descritivo transversal, do tipo survey...

Conceptions of nursing students on health promotion related to psychoactive substances; Concepción de los estudiantes de enfermería sobre promoción de la salud ante el uso de sustancias psicoactivas; Concepção dos estudantes de enfermagem sobre promoção da saúde relacionada ao uso de substâncias psicoativas

DELIA ROJO, María; VILLELA BUENO, Sonia Maria; SILVA, Edilaine Cristina da
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
165.92%
This qualitative study aimed to investigate the perception of undergraduate nursing students on health promotion in view of the use of psychoactive substances. Nine undergraduate students, attending the last disciplines of the first semester, participated in the study and were divided in two focal groups. The theoretical-methodological referential was based on Paulo Freire's theory of conscientization. Data were processed through content analysis, demonstrating that students find difficulties in planning intervention strategies in health promotion in view of the drug phenomenon, because the knowledge provided by the university has a biologist tendency, typical of the medical model, recognizing a gap between theory and practice. Nevertheless, they manage to reconstruct their knowledge and become aware of their role as future health promoters in the face of drug use and abuse.; Este estudio de modalidad cualitativa tuvo como finalidad indagar acerca de la concepción que los estudiantes de enfermería de la universidad poseen sobre la promoción de la salud, ante el uso de sustancias psicoactivas. Participaron nueve estudiantes, cursando las últimas asignaturas del primer ciclo de la carrera, reunidos en dos grupos focales. El referencial teórico-metodológico se fundamentó en la Teoría de la Concientización de Paulo Freire. Los datos fueron interpretados mediante el análisis de contenido...

Uso de substâncias psicoativas em adolescentes : uma revisão integrativa

Oliveira, Larissa Sant'Anna
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
146.01%
Trata-se de uma Revisão Integrativa (RI), baseada no Método de Cooper (1982), o qual busca agrupar resultados de pesquisas sobre um mesmo tema. Objetivou-se identificar os fatores de risco e proteção relacionados ao início do uso de substâncias psicoativas (SPA) em adolescentes e caracterizar o papel do enfermeiro na prevenção do início do uso de SPA nos mesmos. No cruzamento dos descritores nas bases de dados Lilacs, Scielo e Medline, foram encontrados 5284 artigos e, após a leitura dos títulos e resumos, obteve-se um total de 65 artigos publicados entre os anos de 2003 a 2012. Posteriormente, na leitura crítica dos estudos, 17 artigos foram selecionados. Foram encontrados os seguintes fatores de risco relacionados ao uso de substâncias psicoativas em adolescentes: envolvimento em situações de violência (dois autores); problemas familiares (onze autores); classe social menos favorecida (três autores); pais ou familiares que utilizam SPA (seis autores); influência de amigos e colegas (quatro autores); problemas relacionados à escola (três autores) e fatores psicoemocionais (três autores). Em relação aos fatores protetores, foram evidenciados: adequadas relações familiares (sete autores); bom vínculo escolar (dois autores); religiosidade (um autor) e sobrepeso (um autor). Em relação ao papel do enfermeiro na prevenção do uso de SPA...

Fatores associados ao uso de drogas entre adolescentes escolares; Factors associated with drug use among adolescent students in southern Brazil

Tavares, Beatriz Franck; Béria, Jorge Umberto; Lima, Maurício Silva de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2004 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
145.77%
OBJETIVO: Investigar fatores associados ao uso de drogas entre adolescentes de escolas com ensino médio. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal, em 1998, em Pelotas, RS. Um questionário anônimo, auto-aplicado em sala de aula, foi respondido por uma amostra proporcional de estudantes com idade entre 10 e 19 anos, matriculados no ensino fundamental (a partir da quinta série) e no ensino médio, em todas as escolas públicas e particulares na zona urbana do município que tinham ensino médio. Realizaram-se até três revisitas para aplicação aos alunos ausentes. Os resultados foram expressos como razão de prevalências (RP). RESULTADOS: Foram entrevistados 2.410 estudantes e o índice de perdas foi de 8%. A prevalência do uso de drogas (exceto álcool e tabaco) no último ano foi 17,1%. Após controle para fatores de confusão, permaneceu a associação entre uso de drogas e separação dos pais (RP=1,46; IC 95%: 1,18-1,80), relacionamento ruim ou péssimo com o pai (RP=1,67; IC 95%: 1,17-2,38), relacionamento ruim ou péssimo com a mãe (RP=2,71; IC 95%: 1,64-4,48), ter pai liberal (RP=1,36; IC 95%: 1,08-1,72), presença em casa de familiar usuário de drogas (RP=1,61; IC 95%: 1,17-2,18), ter sofrido maus tratos (RP=1,62; IC 95%: 1...

Prevalência e fatores de risco relacionados ao uso de drogas entre escolares; Prevalence and risk factors associated with drug use among school students, Brazil

Baus, José; Kupek, Emil; Pires, Marcos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2002 POR
Relevância na Pesquisa
155.88%
OBJETIVO: Analisar a prevalência e os fatores de risco relacionados ao uso indevido de drogas entre estudantes de uma escola pública de primeiro e segundo graus. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo transversal, utilizando, como instrumento de pesquisa, um questionário anônimo, padronizado e amplamente testado no Brasil para levantamento do uso de drogas. A população estudada foi constituída de 478 estudantes de escola pública de primeiro e segundo graus, de Florianópolis, SC. Os questionários foram aplicados por estudantes universitários devidamente treinados. Entre os estudantes pesquisados, 43% e 32% foram de faixa etária de 13 a 15 anos e de 16 a 18 anos, respectivamente, com predomínio de classes socioeconômicas mais altas. RESULTADOS: A prevalência de uso de maconha na vida (19,9%), solventes (18,2%), anfetamínicos (8,4%) e álcool (86,8%) foi elevada em Florianópolis, comparada a outras capitais da região Sul e à média brasileira. Notou-se elevado e freqüente uso (seis ou mais vezes por mês) de álcool (24,2%), maconha (4,9%), solventes (2,5%) e anfetamínicos (2,3%). Os fatores demográficos relacionados ao uso de drogas na vida foram idade, sexo, classe socioeconômica e vida junto aos pais. A chance de garotas usarem remédios para emagrecer ou ficarem acordadas foi o dobro da chance de garotos e...

Concepção dos estudantes de enfermagem sobre promoção da saúde relacionada ao uso de substâncias psicoativas; Concepción de los estudiantes de enfermería sobre promoción de la salud ante el uso de sustancias psicoactivas; Conceptions of nursing students on health promotion related to psychoactive substances

Delia Rojo, María; Villela Bueno, Sonia Maria; Silva, Edilaine Cristina da
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/08/2008 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
155.92%
Este estudo qualitativo objetivou indagar a respeito da concepção dos estudantes de graduação em enfermagem sobre a promoção da saúde, frente ao uso de substâncias psicoativas. Nove estudantes, cursando as últimas matérias do primeiro ciclo da carreira, participaram do estudo e foram reunidos em dois grupos focais. O referencial teórico metodológico se fundamentou na Teoria da Conscientização de Paulo Freire. Os dados foram interpretados mediante a análise de conteúdo, evidenciando-se que os estudantes encontram dificuldades no planejamento de estratégias de intervenção na promoção da saúde frente ao fenômeno das drogas, pois os conhecimentos adquiridos na universidade possuem uma tendência biologista, própria do modelo médico, reconhecendo-se assim uma desarticulação entre a teoria e a prática. Apesar disso, conseguem reconstruir seus conhecimentos e tomar consciência de seu papel como futuros promotores da saúde diante do uso e abuso de drogas.; Este estudio de modalidad cualitativa tuvo como finalidad indagar acerca de la concepción que los estudiantes de enfermería de la universidad poseen sobre la promoción de la salud, ante el uso de sustancias psicoactivas. Participaron nueve estudiantes, cursando las últimas asignaturas del primer ciclo de la carrera...

Competências para a assistência de enfermagem a pacientes com transtornos relacionados ao uso de substâncias; Competencias para la atención de enfermería a pacientes con trastornos relacionados con sustancias; Competencies for nursing care of patients with substance related disorders

Naegle, Madeline A.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
155.98%
Enfermeiros e parteiras, que constituem o maior grupo de profissionais da saúde, prestam assistência básica e especializada ao redor do mundo. Têm potencial único com vistas a intervenções em casos de uso, abuso e dependência de drogas. Contudo, poucos entre eles prestam essa assistência porque, na sua educação básica, faltaram informações e ensino clínico sobre o uso de drogas, tratamento de dependências e saúde. Este artigo identifica competências de enfermagem e sugere estratégias para seu desenvolvimento. O desenvolvimento de competências entre profissionais gerais e especializados deve ser baseado em evidências atuais de enfermagem e outras áreas da ciência, provenientes de pesquisas, declarações de consenso e diretrizes. São descritos exemplos de intervenções baseadas em evidências. Para fins deste artigo, o álcool é identificado como tal, e “drogas” diz respeito à nicotina, drogas ilícitas e prescritas.; Enfermeros y parteras, que constituyen el mayor grupo de profesionales de la salud, prestan atención básica y especializada en todo el mundo. Poseen potencial único con vistas a intervenciones en casos de uso, abuso y dependencia de drogas. Sin embargo, pocos entre ellos prestan ese tipo de atención porque...

Psicoterapia psicanalítica: aplicações no tratamento de pacientes com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas; Psicoterapia psicanalítica: aplicaciones en el tratamiento de pacientes con problemas relacionados con el uso del alcohol y otras drogas; Psychoanalytic psychotherapy: applications in the treatment of patients with alcohol and other drugs problems related

Santos, Manoel Antônio dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2007 POR
Relevância na Pesquisa
155.96%
The paper aims to present reflections on the psychoanalytic/psychodynamic-oriented psychotherapy, arguing its possible applications in the treatment of patients with alcohol and other drugs use problems related. The main conceptions of this approach are delineated, and the theoretical basis underlying their techniques is described, as well as the epistemologic foundations that support the practice of the psychotherapy. After that, the results of research are revised and offer scientific evidences that indicate its effectiveness in the field of the substance abuse treatment.; O presente estudo apresenta reflexões sobre a abordagem psicanalítica/psicodinâmica, discutindo suas possíveis aplicações no tratamento de pacientes com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas. São delineadas as principais concepções dessa abordagem e descritos os pressupostos teóricos com os quais operam suas técnicas e os fundamentos epistemológicos que sustentam a prática da psicoterapia. Em seguida, são revisados os resultados de pesquisas que oferecem evidências científicas que indicam sua efetividade no campo do tratamento para uso de substâncias psicoativas.; El estudio presenta reflexiones sobre psicoterapia psicanalítica/psicodinámica...

Fatores associados ao uso de drogas entre adolescentes escolares

Tavares,Beatriz Franck; Béria,Jorge Umberto; Lima,Maurício Silva de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
145.77%
OBJETIVO: Investigar fatores associados ao uso de drogas entre adolescentes de escolas com ensino médio. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal, em 1998, em Pelotas, RS. Um questionário anônimo, auto-aplicado em sala de aula, foi respondido por uma amostra proporcional de estudantes com idade entre 10 e 19 anos, matriculados no ensino fundamental (a partir da quinta série) e no ensino médio, em todas as escolas públicas e particulares na zona urbana do município que tinham ensino médio. Realizaram-se até três revisitas para aplicação aos alunos ausentes. Os resultados foram expressos como razão de prevalências (RP). RESULTADOS: Foram entrevistados 2.410 estudantes e o índice de perdas foi de 8%. A prevalência do uso de drogas (exceto álcool e tabaco) no último ano foi 17,1%. Após controle para fatores de confusão, permaneceu a associação entre uso de drogas e separação dos pais (RP=1,46; IC 95%: 1,18-1,80), relacionamento ruim ou péssimo com o pai (RP=1,67; IC 95%: 1,17-2,38), relacionamento ruim ou péssimo com a mãe (RP=2,71; IC 95%: 1,64-4,48), ter pai liberal (RP=1,36; IC 95%: 1,08-1,72), presença em casa de familiar usuário de drogas (RP=1,61; IC 95%: 1,17-2,18), ter sofrido maus tratos (RP=1,62; IC 95%: 1...

Prevalência e fatores de risco relacionados ao uso de drogas entre escolares

Baus,José; Kupek,Emil; Pires,Marcos
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
155.88%
OBJETIVO: Analisar a prevalência e os fatores de risco relacionados ao uso indevido de drogas entre estudantes de uma escola pública de primeiro e segundo graus. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo transversal, utilizando, como instrumento de pesquisa, um questionário anônimo, padronizado e amplamente testado no Brasil para levantamento do uso de drogas. A população estudada foi constituída de 478 estudantes de escola pública de primeiro e segundo graus, de Florianópolis, SC. Os questionários foram aplicados por estudantes universitários devidamente treinados. Entre os estudantes pesquisados, 43% e 32% foram de faixa etária de 13 a 15 anos e de 16 a 18 anos, respectivamente, com predomínio de classes socioeconômicas mais altas. RESULTADOS: A prevalência de uso de maconha na vida (19,9%), solventes (18,2%), anfetamínicos (8,4%) e álcool (86,8%) foi elevada em Florianópolis, comparada a outras capitais da região Sul e à média brasileira. Notou-se elevado e freqüente uso (seis ou mais vezes por mês) de álcool (24,2%), maconha (4,9%), solventes (2,5%) e anfetamínicos (2,3%). Os fatores demográficos relacionados ao uso de drogas na vida foram idade, sexo, classe socioeconômica e vida junto aos pais. A chance de garotas usarem remédios para emagrecer ou ficarem acordadas foi o dobro da chance de garotos e...