Página 1 dos resultados de 126 itens digitais encontrados em 0.028 segundos

Atividade muscular da mastigação na anquilose temporomandibular; Muscle activity of chewing in temporomandibular joint ankylosis

Genaro , Katia Flores; Passos , Dannyelle Christinny Bezerra de Oliveira Freitas; Felix , Giedre Berretin; Trindade Junior , Alceu Sergio
Fonte: CEFAC Saúde Educação; São Paulo Publicador: CEFAC Saúde Educação; São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
86.31%
Purpose: due to the presence of major masticatory dysfunction in patients with temporomandibular joint (TMJ) ankylosis, this study analyzed mouth opening and EMG activity of masticatory muscles in order to detect changes in these parameters after surgical release of mandible ankylosis. Method: in 7 patients with temporomandibular ankylosis, between 7 and 30 years (median = 9 years), the distance was measured as interincisal maximum active (DIMA) and we recorded the electromyographic activity (EMG) of masseter and temporal muscles during voluntary isometric contraction (VIC) and chewing, comparing the data before and after surgery using the Wilcoxon test. Results: higher values were observed for DIMA after surgery (p=0.0277), the asymmetry index showed no difference between the two evaluated periods for both studied muscles, the values of the EMG during VIC decreased after surgery for the right (p=0.0179) and left (p=0.0179) masseter but not for the temporal muscle, there were no changes in EMG values for the studied muscles during mastication. Conclusion: the surgical release of TMJ ankylosis resulted in an increase of mouth opening and decreased amplitude of action potentials generated during maximum isometric voluntary contraction of the masseter muscle on both sides...

"Validade da ultra-sonografia para o diagnóstico do deslocamento do disco da articulação temporomandibular (ATM) com redução" ; Validity of ultrasonography for the diagnosis of temporomandibular joint (TMJ) disc displacement with reduction

Elias, Fernando Melhem
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
116.41%
O objetivo deste estudo foi o de contribuir para a validação da ultra-sonografia como um exame complementar para o diagnóstico do deslocamento do disco da articulação temporomandibular com redução. Os padrões ultra-sonográficos encontrados em articulações com deslocamento foram comparados com os encontrados em articulações normais, valendo-se de critérios objetivos e da ressonância magnética como padrão-ouro. Foram estudados prospectivamente 36 pacientes na faixa etária de 18 a 60 anos de idade, com média de 31 anos, sendo 31 do sexo feminino e 5 do masculino, perfazendo um total de 69 articulações (39 com deslocamento do disco com redução e 30 livres de deslocamentos). As ultra-sonografias foram realizadas com um transdutor linear de 6-12 MHz, orientado para a obtenção de imagens estáticas e dinâmicas, nos planos coronal e axial inclinado (plano de Camper). O diagnóstico de deslocamento do disco foi firmado de acordo com critérios objetivos e mensuráveis, baseados em dois sinais ultra-sonográficos indiretos. O primeiro deles foi o aumento da distância entre o ponto mais anterior da cápsula da articulação temporomandibular e o ponto mais anterior do côndilo mandibular (distância cápsula anterior-côndilo)...

"Avaliação ultra-sonográfica dos distúrbios intra-capsulares têmporo-mandibulares" ; Ultrasonography evaluation of the temporomandibular joint internal derangements

Melo Júnior, Carlos Fernando de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
86.26%
Com o intuito de avaliar a sensibilidade e a especificidade do exame ultra-sonográfico para a avaliação dos distúrbios da articulação têmporo-mandibular (ATM) estudamos um grupo controle de 10 pacientes hígidos e 38 pacientes com queixas articulares e comparamos os resultados obtidos com a ressonância magnética, padrão ouro para o estudo da ATM. O trabalho evidenciou alta sensibilidade e especificidade para a localização do disco articular com o paciente em repouso, não apresentando bons resultados para a análise de alterações morfológicas condilares e do disco articular, e embora o método ainda apresente limitações, a sua utilização pode vir a ser uma opção útil ao exame de RM; Aiming at evaluating the sensibility and specificity of the ultrasound examination for the study of the disturbances of the temporomandibular joint (TMJ) we have studied a control group of 10 healthy patients and 38 other patients with articular complaints and we have compared the results obtained with the magnetic resonance, gold standard for the study of the TMJ. The work has shown high sensibility and specificity for the location of the articular disk with the patient at rest, not presenting good results for the analysis of articular disk and condyle morphologic alterations and...

Impacto orofacial da radioterapia de cabeça e pescoço; Orofacial impact of head and neck radiotherapy

Ribas, Priscila Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
86.24%
A radioterapia de cabeça e pescoço quando direcionada às glândulas salivares, articulação temporomandibular e músculos da mastigação, provoca sequelas na cavidade oral muitas vezes irreversíveis. Objetivo: Comparar a saúde oral, condição periodontal e função mandibular, antes e após a radioterapia da região de cabeça e pescoço. Métodos: Vinte e seis pacientes com diagnóstico de tumores malignos de cabeça e pescoço foram avaliados 30 dias antes, 30 e 90 dias após a radioterapia. A avaliação orofacial incluiu: avaliação dentária, periodontal e função mandibular. Também foram observadas as características gerais como tipo histológico do tumor e dose de radioterapia. Resultados: A idade média da amostra foi de 58 anos, sendo que 21 indivíduos (80,76%) eram do gênero masculino. Observamos um aumento do número de dentes cariados, entre a primeira e terceira avaliação (2,08±2,31 vs 4,19±3,41, p0,001) e um aumento do número de dentes perdidos (14±6,34 vs 14,46±6,23, p=0,006) e obturados (2,04±3,38 vs 2,73±3,54, p=0,004) a partir da segunda avaliação, provavelmente pelo preparo oral da radioterapia. Noventa dias após o término do tratamento radioterápico, observamos diminuição da inserção clínica periodontal (3...

Correlação entre autoestima e grau de severidade da disfunção temporomandibular em sujeitos controle e afetados

Silva, José Adolfo Menezes Garcia; Dibai Filho, Almir Vieira; Machado, Afonso Antonio; Oliveira, Luana Emanuela Moço; Navega, Marcelo Tavella
Fonte: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 377-383
POR
Relevância na Pesquisa
86.23%
INTRODUCTION: Temporomandibular disorders (TMD) have association with psychological manifestations. OBJECTIVE: The aims of this study were to correlate the severity of TMD and the level of self-esteem, and to investigate sex‑related differences. MATERIAL AND METHOD: We evaluated 57 subjects of both gender, with mean age of 20.28 ± 2.07 years, through the Fonseca Anamnesis Index (FAI) and Rosenberg Self-esteem Scale (RSS). Correlations between variables were performed using the Spearman correlation coefficient; comparisons between the genders were performed using the Mann-Whitney test. It was considered a significance level of 5%. RESULT: No differences were found for the comparisons between the gender in the FAI (p = 0.79) and the RSS (p = 0.90). RSS correlates with the FAI in women (p = 0.01), but in men this result does not occur (p = 0.07). CONCLUSION: We concluded that women are more likely to have emotional disturbances resulting from changes in the temporomandibular joint than men.; INTRODUÇÃO: A disfunção temporomandibular (DTM) apresenta associação com manifestações psicológicas. OBJETIVO: Os objetivos deste estudo foram correlacionar o grau de severidade da DTM e o nível de autoestima, e investigar diferenças relacionadas ao gênero. MATERIAL E MÉTODO: Foram avaliados 57 sujeitos de ambos os gêneros...

Estudo da manifestação da Disfunção Temporomandibular (DTM) influenciada pelo estresse na população de uma universidade publica

Ana Paula Sereni Manfredi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.01%
Alguns estudos mostram que pacientes com DTM vivenciam maior ansiedade do que o grupo controle, podendo ser esta apenas uma das várias manifestações somáticas do estresse. Os pacientes apresentam uma ampla gama de manifestações sintomatológicas, nas quais causa e efeito se confundem, impossibilitando uma visão parcial das DTM, remetendo-se a uma observação e pesquisa global, não se fixando somente na área odontológica. Os objetivos deste estudo foram: a) identificar os sujeitos portadores de DTM dentro de uma comunidade fechada, composta por alunos, funcionários e professores de uma universidade pública do interior do Estado de São Paulo; b) investigar o nível do estresse ambiental desses sujeitos; c) verificar quanto este estresse participa na etiologia das DTM de origem muscular; d) realizar análises comparativas entre os sujeitos da amostra. Realizou-se um procedimento de amostragem probabilística estratificada proporcional nesta população, composta de 455 indivíduos, entre 17-63 anos. Os indivíduos foram abordados, por duas cirurgiãs-dentistas especialistas em Dores Orofaciais e Disfunção das ATM, na saída dos dois refeitórios existentes na instituição e também em todas as cantinas do Campus, entre os horários de 12 às 14 horas utilizando o questionário de triagem recomendado pela American Academy of Orofacial Pain e a Escala de Reajustamento Social (SRRS). Os testes estatísticos utilizados foram os de Kruskal-Wallis e Chi-quadrado e para a relação conjunta entre as variáveis...

Avaliação da articulação temporomandibular de individuos livres de estresse : estudo clinico e por ressonancia magnetica; Temporomandibular joint evaluation of non-stressed individuals : clinical and a magnetic ressonance imaging study

Jose Osmar de Vasconcelos Filho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/01/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.35%
A realização desta pesquisa teve por propósito avaliar a articulação temporomandibular de indivíduos livres de estresse. Fizeram parte da amostra, 40 indivíduos, residentes do povoado de Curimans (Ce) que, após serem submetidos a um teste específico do Manual do Inventário de Sintomas de Estresse para adultos de LIPP (ISSL), foram classificados como livres de estresse. Os indivíduos foram submetidos a Exame Clínico e Exame por imagem que se constituiu de Ressonância Magnética. As articulações temporomandibulares foram avaliadas individualmente e após a análise dos resultados obtidos foi observado que ruído foi o sintoma mais relatado durante a anamnese (30% da amostra); mastigação unilateral ?sempre? e ?às vezes? foi o hábito parafuncional mais citado (62,5%). Com relação ao exame clínico, movimento mandibular limitado ocorreu em 22,5% dos indivíduos; desvio ou deflexão ocorreu em 30% da amostra; dor à palpação ocorreu em 6,25% das articulações e dor durante a função em 8,75%; dor muscular estava presente em 35% da amostra. A maior ocorrência foi para ruído, sendo observado em 38,75% das articulações. Com relação ao exame por imagem, deslocamento de disco foi observado em 24 articulações (30% da amostra)...

Effects of strain-counterstrain technique in masticatory muscles of women with temporomandibular disorder : a randomized double-blind placebo-controlled trial = Efeitos da técnica de strain-counterstrain sobre os músculos mastigatórios em mulheres com disfunção temporomandibular : ensaio clínico randomizado duplo-cego placebo-controlado; Efeitos da técnica de strain-counterstrain sobre os músculos mastigatórios em mulheres com disfunção temporomandibular : ensaio clínico randomizado duplo-cego placebo-controlado

Vinícius Cobos Stefanelli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.26%
A técnica de strain-counterstrain (SCS) é uma das mais utilizadas no tratamento osteopático, proporcionando grande alívio dos sintomas desencadeados por pontos gatilhos miofasciais (PGM), porém poucas são as evidências científicas sobre seus efeitos imediatos e ao longo de um tratamento para pacientes sintomáticos. Este estudo objetivou avaliar os efeitos imediatos e tardios da SCS nos músculos mastigatórios de pacientes com disfunção temporomandibular (DTM). Para isso foram selecionadas 21 mulheres (25,52±4,11) diagnosticadas com DTM, as quais foram divididas aleatoriamente em dois grupos: grupo tratado (n=11) que recebeu a SCS para os PGMs dos músculos temporais, masseteres, pterigóideos mediais e digástricos; e grupo placebo (n=10) que recebeu uma técnica sem efeito terapêutico para os PGMs dos mesmos músculos. As voluntárias passaram por quatro sessões de tratamento, uma vez por semana e foram avaliadas antes (Pré), imediatamente após (Pós) a primeira sessão e de 48 a 72 horas após a quarta e última sessão (Final). Como método de avaliação utilizou-se o limiar de dor a pressão (LDP), amplitude de abertura bucal (AAB) e a eletromiografia de superfície (EMGs). O LDP foi coletado nos seguintes pontos: masseter...

Acurácia e correlação de instrumentos de avaliação da disfunção temporomandibular; Correlation and accuracy of assessment instruments dysfunction temporomandibular

Kelly Cristina dos Santos Berni Schwarzenbeck
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
86.17%
A disfunção temporomandibular (DTM) é uma alteração de etiologia multifatorial e de difícil diagnóstico, entretanto sua avaliação bem fundamentada é importante para o adequado e eficiente planejamento terapêutico. Contudo, não existe consenso entre os pesquisadores em relação ao diagnóstico da DTM. O objetivo deste estudo foi avaliar a acurácia e a correlação entre diferentes instrumentos de avaliação da DTM. Foram avaliadas 224 mulheres com (grupo DTM) e sem DTM (grupo controle) por meio do Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular disorders (RDC/TMD), para o diagnóstico de disfunção miofascial e em seguida passaram por avaliação, do índice anamnésico de Fonseca (IAF) e eletromiografia (EMG) dos músculos masseter, temporal e supra-hiódeos, nas situações de repouso e isometria dos músculos elevadores da mandíbula. A comparação dos dados entre o grupo DTM e controle foi realizada por meio do teste de Mann-Withney. Para a correlação utilizou-se o coeficiente de correlação de Sperman e para a avaliação da acurácia utilizou-se a curva receiver operating characteristic (ROC), para obtenção dos valores de acurácia, sensibilidade, espeficidade e ponto de corte. Os resultados mostram que o IAF é um instrumento acurado (0.94) para o diagnóstico da DTM e apresenta sensibilidade de 86.3%...

B-blockers effect in the temporomandibular joint pain in rats and humans and its modulation by gonadal hormones = : Efeito dos B-bloqueadores na dor da articulação temporomandibular de ratos e humanos e sua modulação pelos hormônios; Efeito dos B-bloqueadores na dor da articulação temporomandibular de ratos e humanos e sua modulação pelos hormônios

Nádia Cristina Fávaro Moreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
106.34%
Disfunção temporomandibular (DTM) é um termo coletivo que abrange uma série de problemas clínicos que envolvem os músculos mastigatórios e a articulação temporomandibular (ATM) e está comumente associada à inflamação. Apesar de medicamentos anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) serem frequentemente utilizados no controle de dor inflamatória, sabe-se que a dor inflamatória possui um componente simpático que pode predominar em casos menos responsivos a tratamentos com AINEs. Portanto, os objetivos deste estudo foram: (i) avaliar se os hormônios gonadais modulam a resposta antinociceptiva ao bloqueio dos β-adrenoreceptores (ARs) na ATM de ratos, (ii) avaliar se um e três dias de tratamento com o β-bloqueador não seletivo para AR β1 e β2 nadolol reduzem a dor em pacientes com DTM significativamente mais do que o placebo, (iii) avaliar se as mulheres experimentam relativamente maior benefício com o tratamento com nadolol que os homens dependendo do seu estado hormonal, e (iv ) comparar o efeito do nadolol com o efeito do ibuprofeno. O primeiro objetivo foi desenvolvido em ratos machos e fêmeas, intactos ou gonadectomizados (com ou sem reposição hormonal) através da coadministração de formalina e antagonista específico para AR β1 ...

Prevalência das maloclusões e dos índices anamnésicos e clínicos, em pacientes com disfunção da articulação temporomandibular

TEIXEIRA,Antonio Castelo Branco; MARCUCCI,Gilberto; LUZ,João Gualberto Cerqueira
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1999 PT
Relevância na Pesquisa
86.18%
Os autores analisaram a freqüência das maloclusões e dos índices anamnésicos e clínicos de disfunção segundo HELKIMO10 (1974), e sua possível correlação em 110 pacientes avaliados independentemente da idade e do gênero, portadores de disfunção da articulação temporomandibular. Verificaram-se sinais e sintomas, níveis dos índices de Helkimo (1974), classificação de Angle (1899), medidas de sobressaliência e sobremordida, mordidas cruzadas e número de dentes ausentes. Concluiu-se que predominaram classes II de Angle e sobressaliências maiores que dois milímetros. Entre os índices de Helkimo, houve leve predomínio dos Índices Anamnésicos AiII (sintomas intensos de disfunção) e Índices Clínicos de Disfunção DiI (disfunção leve). Foi estatisticamente significante a relação entre os Índices Clínicos de Disfunção com classe de Angle, bem como entre os Índices Anamnésicos e sobremordidas.

Identificação da disfunção temporomandibular (DTM) em usuários de dispositivo de proteção auditiva individual (DPAI)

Aquino,Hilda Santos de Souza Mendes; Benevides,Silvia Damasceno; Silva,Tatiana de Paula Santana da
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
86.18%
OBJETIVO: descrever e classificar a presença de disfunção temporomandibular em trabalhadores usuários de equipamentos de proteção auditiva individual. MÉTODO: tratou-se de um estudo transversal descritivo, com caráter observacional, desenvolvido em uma indústria de tintas. A população foi composta por 46 funcionários de ambos os sexos (com 94,44% do gênero masculino) com idade entre 20 a 50 anos (idade media de 36,24 anos), expostos a ruído intenso (90 dBNA) que faziam uso de equipamento de proteção individual auditiva tipo concha. Na coleta de dados foram realizados os seguintes procedimentos: triagem fonoaudiológica das funções orais, avaliação clínica otorrinolaringológica e diagnóstico de disfunção temporomandibular ao exame clínico. Os dados foram analisados pela estatística descritiva. RESULTADOS: a queixa predominante foi dor na região que envolve a orelha e articulação temporomadibular. Observou-se que 87% apresentaram diagnóstico positivo de DTM, em que 83% tinham dor miofacial, 11% dor miofacial com limitação de abertura oral e 6% apresentaram diagnóstico de dor miofacial associada a deslocamento de disco com redução de abertura. CONCLUSÕES: a maioria dos trabalhadores apresentou disfunção de ordem muscular. Ressalta-se a importância de considerar a possibilidade da influência deste equipamento sobre o aparecimento ou intensificação do transtorno mencionado.

Utilização da tomografia computadorizada para o diagnóstico da articulação temporomandibular

Silveira,Olívia dos Santos; Silva,Fernanda Cristina Santos; Almeida,Carlos Eduardo Neves de; Tuji,Fabrício Mesquita; Seraidarian,Paulo Isaias; Manzi,Flávio Ricardo
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
86.24%
A tomografia computadorizada desempenha um papel importante no diagnóstico de anomalias e condições patológicas da ATM, permitindo a visualização completa da região articular, fornecendo um diagnóstico mais preciso. Para avaliação das imagens tomográficas é necessário que o profissional tenha o conhecimento da anatomia seccional da região articular, para que o mesmo reconheça as alterações estruturais. Assim, foi exposto e descrito neste trabalho as características tomográficas de normalidade, alterações morfológicas e condições patológicas mais encontradas na região da articulação temporomandibular. Sendo a tomografia computadorizada um exame de imagem superior aos métodos convencionais de imagem para ATM, pois permite uma visualização tridimensional adequada e apurada de todos os detalhes ósseos sem a limitação das sobreposições, fornecendo o tamanho e formato real das estruturas anatômicas, alterações morfológicas e condições patológicas.

Correlação entre autoestima e grau de severidade da disfunção temporomandibular em sujeitos controle e afetados

Silva,José Adolfo Menezes Garcia; Dibai Filho,Almir Vieira; Machado,Afonso Antonio; Oliveira,Luana Emanuela Moço; Navega,Marcelo Tavella
Fonte: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86.18%
INTRODUÇÃO: A disfunção temporomandibular (DTM) apresenta associação com manifestações psicológicas. OBJETIVO: Os objetivos deste estudo foram correlacionar o grau de severidade da DTM e o nível de autoestima, e investigar diferenças relacionadas ao gênero. MATERIAL E MÉTODO: Foram avaliados 57 sujeitos de ambos os gêneros, com idade média de 20,28 ± 2,07 anos, por meio do Índice Anamnésico de Fonseca (IAF) e da Escala de Autoestima de Rosenberg (EAR). As correlações entre as variáveis foram avaliadas por meio do coeficiente de correlação de Spearman; as comparações entre os gêneros foram realizadas com a utilização do teste Mann-Whitney. Foi considerado um nível de significância de 5%. RESULTADO: Não foram encontradas diferenças para as comparações entre os gêneros no IAF (p = 0,79) e na EAR (p = 0,90). A EAR se correlacionou com o IAF em mulheres (p = 0,01); contudo, em homens, este resultado não ocorreu (p = 0,07). CONCLUSÃO: Conclui-se que as mulheres são mais propensas a apresentar distúrbios emocionais decorrentes de alterações na articulação temporomandibular do que os homens.

Imaginologia da articulação temporomandibular durante o tratamento ortodôntico: uma revisão sistemática

Machado,Eduardo; Grehs,Renésio Armindo; Cunali,Paulo Afonso
Fonte: Dental Press International Publicador: Dental Press International
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.31%
INTRODUÇÃO: a evolução da Imaginologia na Odontologia propiciou uma série de vantagens para o diagnóstico e elaboração de planos de tratamento em diversas especialidades. Exames como ressonância magnética nuclear, tomografia computadorizada e tomografia volumétrica Cone Beam, bem como métodos de reconstrução em 3D, permitiram analisar de forma precisa estruturas orofaciais.Aliado a esse fato,com a realização de estudos clínicos com metodologias e desenhos adequados, pode-se avaliar os efeitos do tratamento ortodôntico sobre a articulação temporomandibular (ATM). OBJETIVO: esse trabalho, através de uma revisão sistemática de literatura, teve como objetivo analisar a inter-relação entre o tratamento ortodôntico e a ATM, verificando se a Ortodontia acarreta alguma alteração das estruturas internas da ATM. MÉTODOS: levantamento em bases de pesquisa (MEDLINE, Cochrane, EMBASE, Pubmed, Lilacs e BBO), entre os anos de 1966 e 2009, com enfoque em estudos clínicos randomizados, estudos longitudinais prospectivos não randomizados, revisões sistemáticas e meta-análises. RESULTADOS: após a aplicação dos critérios de inclusão, chegou-se a 14 artigos, sendo que 2 eram estudos clínicos randomizados e 12 eram estudos longitudinais sem critérios de randomização. CONCLUSÕES: pela análise da literatura...

Anteriorização da cabeça e posição da mandíbula após tratamento da disfunção temporomandibular

Castillo, Daisilene Baena
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
86.31%
Disfunção Temporomandibular (DTM) é um termo coletivo que abrange um largo espectro de problemas clínicos da articulação e dos músculos na área orofacial. O sistema estomatognático integra o sistema postural, assim sendo, alterações que ocorrem em um sistema podem interferir no funcionamento do outro. A manutenção da relação maxilo-mandibular é muito comentada, porém, pouco explorada na literatura odontológica. Esta pesquisa teve o objetivo de verificar, através da telerradiografia lateral e análise de traçados cefalométricos, se há alteração da posição da mandíbula, e por meio da fotogrametria computadorizada, se há alteração da cabeça, quanto a anteriorização, antes e após o tratamento de disfunção temporomandibular e, verificar o posicionamento da mandíbula. Foram selecionados 27 voluntários, com idade acima de 18 anos, que buscaram atendimento na Faodo/UFMS. O exame clínico foi baseado no índice diagnóstico RDC – Research Diagnostic Criteria. Os voluntários usaram um dispositivo intrabucal anterior e receberam as orientações necessárias para o tratamento. Foram realizadas as tomada radiográficas (telerradiografia) e a avaliação postural, em Relação Cêntrica (RC) fisiológica e com o dispositivo em posição...

Ocorrência de disfunção temporomandibular em indivíduos com deformidade dentofacial

Passos,Dannyelle Christinny Bezerra de Oliveira Freitas; Conti,Paulo César Rodrigues; Nary Filho,Hugo; Berretin-Felix,Giédre
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
86.25%
Resumo:OBJETIVO:verificar a ocorrência de disfunção temporomandibular em indivíduos com deformidade dentofacial.MÉTODOS:foram avaliados 60 indivíduos de ambos os gêneros e idade entre 18 e 40 anos (média=27 anos), sendo formados dois grupos, um composto por 30 sujeitos com deformidade dentofacial, em tratamento ortodôntico pré-cirúrgico e um grupo controle constituído por 30 indivíduos com equilíbrio dentofacial, pareados segundo o gênero e a idade com o grupo deformidade. Para avaliação da articulação temporomandibular, foram aplicados o questionário anamnésico de disfunção temporomandibular e o Eixo 1 do Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorderspara verificar e classificar o grau e o tipo da disfunção temporomandibular, respectivamente.RESULTADOS:os resultados da aplicação do questionário demonstraram que o grupo com deformidade apresentou maior grau e escore da disfunção que o grupo controle (p<0,01). A partir do Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders verificou-se maior ocorrência de diagnósticos de deslocamento de disco (p=0,02) e de artrite, artralgia e artrose (p<0,01) no grupo com deformidade em relação ao grupo controle.CONCLUSÃO:indivíduos com deformidade dentofacial apresentaram maior ocorrência de disfunção temporomandibular...

Avaliação morfologica e bioquimica do disco articular da ATM de ratos submetidos a terapia com laser de baixa potencia : estudo experimental em animais portadores de disfuncão temporomandibular; Mophologic and biochemical evaluation from articular disk of rat's TMJ submitted to low power laser therapy : experimental studies in bearer animals of tempromandibular joint disfunction

Flavia Da Re Guerra
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.19%
Desordens decorrentes de danos ou doencas relacionadas a ATM afetam o aparelho mastigador como um todo e sao caracterizadas como desordens temporomandibulares (DTM). Sabe-se que cerca de sete por cento da populacao mundial requer tratamento para as DTM. Tecidos cartilaginosos, como os que constituem o disco articular da ATM, possuem uma capacidade limitada de regeneracao, e ainda nao existem tecnicas e metodos fidedignos que estimulem o crescimento de um novo tecido, capaz de auxiliar o tratamento de traumas e doencas degenerativas. O tratamento com laser de baixa potencia e uma das terapias utilizadas e, por isto, torna-se imprescindivel o conhecimento de suas acoes sob o ponto de vista celular e tecidual. Para tal, foram utilizados 24 ratos Lewis machos divididos em quatro grupos: GC, grupo controle; grupo GD, animais em que foi administrada a toxina botulinica; grupo GL, animais que receberam o tratamento com o laser de baixa potencia; grupo GDL, animais em que foi administrada a toxina botulinica e em seguida, submetidos a terapia com o laser de baixa potencia. Foi realizada analise morfologica por meio de cortes histologicos corados por HE, AT e picrosirius e; analise bioquimica por meio de eletroforese em gel SDS-poliacrilamida e dosagem de proteinas. Com base nos resultados morfologicos e bioquimicos...

Estudo clínico e eletromiográfico de músculos cervicais em mulheres com e sem disfunção temporomandibular; Clinical and electromyographic study of cervical muscles in women with and without temporomandibular dysfunction

Roberta Luciano de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
86.27%
A disfunção temporomandibular (DTM) ocasiona entre outros sintomas a dor orofacial. É comum, também, a ocorrência de queixa dolorosa na região cervical, o que leva à sobreposição de sinais e sintomas entre a articulação temporomandibular (ATM) e a coluna cervical. Este estudo teve por finalidade comparar o padrão de atividade eletromiográfica e a presença e intensidade da dor dos músculos cervicais de mulheres com e sem DTM, durante movimentos cervicais. Foram investigadas 37 mulheres classe I de Angle com faixa etária entre 18 e 35 anos de idade e índice de massa corpórea de 18 a 25 kg/m². O grupo de DTM foi formado por 20 voluntárias com diagnóstico de DTM miogênica, com ou sem deslocamento de disco pelo teste do ?Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disfunction? (RDC/TMD) e o grupo controle constou de 17 mulheres sem DTM. Para obtenção do sinal eletromiográfico foi utilizado o equipamento ADS1200 da Lynx Tecnologia Eletonica Ltda. de oito canais, portátil, ganho de 1 a 16000, placa conversora Analógica/Digital com 16 bits de resolução e um pré-amplificador com ganho de 20 vezes acoplado a eletrodos passivos bipolar auto-adesivos, descartáveis, de formato circular, feitos de Ag/AgCl com distância inter eletrodo fixa de 10 mm. Foi utilizada freqüência de amostragem de 2000 Hz para cada canal e filtro passa banda de 20 - 500 Hz. O sinal foi coletado por seis segundos nos músculos esternocleidomastóideo (ECM)...

ASPECTOS DO MÚSCULO PTERIGOIDEO LATERAL E DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR NO EXAME DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

KNOLSEISEN, Candice; Universidade Federal do Paraná; PAN, Lucas Graciano de Souza; Universidade Federal do Paraná; MORO, Alexandre; Universidade Federal do Paraná; CUNALI, Paulo Afonso; Universidade Federal do Paraná
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2007 POR
Relevância na Pesquisa
96.26%
A articulação temporomandibular é constituída pelo côndilo da mandíbula, eminência articular e fossa mandibular do osso temporal. Essas faces articulares são recobertas por cartilagem articular fibrosa. Possui outro componente importante que é o disco articular. Inserido pelo seu feixe superior no colo do côndilo, no disco articular e na cápsula articular, temos o músculo pterigóideo lateral, que por seu feixe inferior se insere somente no colo do côndilo, e que possui origem nos processos pterigóideos do osso esfenóide e na superfície infratemporal. O disco articular é preso pela sua borda posterior à lâmina retrodiscal; e pela sua borda anterior ao feixe superior do músculo pterigóideo lateral, que durante o fechamento mandibular traciona o disco anteriormente e medialmente. Durante o movimento de abertura bucal, o côndilo é tracionado para frente na eminência articular, tornando a lamina retrodiscal superior destendida, e assim retraindo o disco. Nos casos de deslocamento de disco, a lâmina retrodiscal pode estar alongada e o músculo pterigóideo lateral pode deslocar o disco para uma posição mais anterior, causando estalido. Nesses casos o exame de ressonância magnética, que explora o teor do componente aquoso nos tecidos...