Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.057 segundos

Vivendo entre riscos e agravos: um estudo de casos atrav??s das vozes de mulheres submetidas ao transplante hep??tico

Oliveira, M??rcia Vieira de
Fonte: Instituto Fernandes Figueira Publicador: Instituto Fernandes Figueira
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.92%
Teve como objetivo estudar as rea????es emocionais e as mudan??as subjetivas que ocorreram em um grupo de mulheres, desde o adoecimento at?? serem submetidas ao transplante hep??tico. O f??gado ?? um ??rg??o nobre dotado de uma s??rie de simbolismos que determinam a especificidde do adoecimento e o transplante. Desde o diagn??stico da patogenia e indica????o para a cirurgia s??o muitas mudan??as a que estas mulheres se v??em confrontadas a passar. O medo da morte ?? constante e leva ?? luta pela sobreviv??ncia.Sucessivos desafios s??o impostos nesta luta: o confronto com o corpo doente, o definhamento, o horror e exclus??o causados pela doen??a, toda a ansiedade e expectativa provocadas pela espera de um org??o na lista de transplante em uma luta contra o tempo. Vencidas estas etapas, a realidade do transplante remete a outros desafios e adapta????es:administra????o de drogas imunossupressoras para que n??o haja rejei????o do ??rg??o, controle m??dico constante, medo da recidiva da doen??a, lidar com um novo esquema corporal, dentre outras.Uma nova subjetividade emerge diante de tantas mudan??as. A proximidade da morte n??o d?? treguas a estes sobreviventes, que permanecem ref??ns de m??ltiplas manipula????es das novas biotecnologias...

Estudo do potencial terap??utico de c??lulas mononucleares de medula ??ssea em les??es hep??ticas cr??nicas em camundongos

Oliveira, Sheilla Andrade de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.94%
O potencial terap??utico das c??lulas-tronco em doen??as hep??ticas vem sendo investigado. Estudos em modelos animais t??m servido de base para a realiza????o de ensaios cl??nicos utilizando c??lulas de medula ??ssea. Embora os resultados iniciais venham sendo bastante promissores, os mecanismos envolvidos na melhora hep??tica ainda n??o est??o claros e novas avalia????es em modelos experimentais se fazem necess??rias. O objetivo da presente investiga????o foi avaliar a efic??cia terap??utica de c??lulas mononucleares de medula ??ssea em doen??as hep??ticas cr??nicas. Inicialmente estabeleceu-se cirrose hep??tica no camundongo C57Bl/6, pela administra????o de uma solu????o de 20% de tetracloreto de carbono (CCI4) dilu??do em azeite de oliva combinado com 5% de etanol (EtOR) na ??gua. Neste estudo observamos que, ap??s seis meses de administra????o dos agentes hepatot??xicos, ocorre o desenvolvimento de les??es cr??nicas caracter??sticas de cirrose hep??tica. O segundo modelo utilizado foi o da infec????o cr??nica pelo Schistosoma mansoni. Uma vez estabelecidas as les??es hep??ticas cr??nicas nos animais, os est??mulos "lesivos foram retirados e c??lulas mononucleares de medula ??ssea (3xl07) obtidas de t??bia e f??mures de camundongos transg??nicos para prote??na fluorescente verde (GFP) foram infundidas. A avalia????o da capacidade migrat??ria das c??lulas infundidas...

Estudo histomorfol??gico do uso do antioxidante ilex paraguariensis na les??o de isquemia e reperfus??o hep??tica

Mazorco, Ana Lu??sa; Silva, Rodrigo Rodrigues; Esp??ndola, Wendel; Mucillo-Baisch, Ana Luiza; Medeiros, Susi Heliene Lauz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
55.84%
A isquemia hep??tica, devido ?? interrup????o do fluxo sangu??neo, ?? utilizada na ressec????o hep??tica, transplante e em sangramentos decorrentes de traumas. O objetivo deste trabalho foi estudar a prote????o do par??nquima hep??tico durante per??odo de isquemia e reperfus??o sob efeito de Ilex paraguariensis. Dezoito ratos Wistar com tr??s meses foram distribu??dos em tr??s grupos: grupo controle com administra????o de soro glicosado 5%, grupo N-acetilciste??na 10%, grupo Ilex paraguariensis (900 ??g/mL), todos com clampeamento da tr??ade hep??tica e 30 minutos de isquemia seguidos por 15 minutos de reperfus??o. Os animais foram levados ?? eutan??sia, sob anestesia por exosanguina????o. O f??gado foi analisado por microscopia ??ptica, observando-se dilata????o, congest??o da veia centrolobular e dos sinus??ides. Concluiu-se que Ilex paraguariensis ?? capaz de manter a estrutura morfol??gica do par??nquima hep??tico quando comparada ?? a????o da N-acetilciste??na na les??o de isquemia e reperfus??o hep??tica em ratos.; Due to the blood flow interruption, liver ischemia is used in surgical procedures of hepatic resection, transplantation, and secondary hemorrhage from trauma. The objective of this study was to protect the liver parenchyma during ischemia and reperfusion under the effect of Ilex paragiariensis. Eighteen three-month-old Wistar mice were divided into three groups: control group with administration of serum glucose 5%...

Immediate graft histological assay, post pig's liver transplantation

BRITO, Marcus Vinicius Henriques; ARA?JO, Marialva Tereza Ferreira de; CUNHA, Luane Cristine Batista; OLIVEIRA, Ant?nio Jorge Barbosa de; RODRIGUES, Jacqueline Barreto; BRITO, Nathalya Botelho
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
55.69%
PURPOSE: To describe the vascular and tissue histopathological changes in seven sequential experimental liver transplantations in pigs. METHODS: Fourteen female pigs, Sus domesticus species, with body mass between 5 and 8 kg were utilized. After the end of all anastomoses of the graft implantation in the receptor, the animal was monitored for 30 minutes, and at its end one of the biopsies was collected for histological analysis. The histological criteria utilized were: lytic hepatocyte necrosis, density of septal and portal inflammatory infiltrated, sinusoidal congestion and hemorrhage. The analysis was performed separately for the portal region in zone 1, 2 and 3. RESULTS: Among the structural changes undergone by the graft, those with greater frequency and intensity were vascular congestion and steatosis, which stood out in transplantations 5, 6 and 7. CONCLUSIONS: The technique demonstrated vascular alterations represented by vasocongestion, edema and minimum inflammatory reaction. In relation to the parenchyma, was observed macrovacuolar pan-acinar steatosis, focal lytic and occasional hemorrhages, beyond the accumulation of hemosiderin in Kuppfer's cells.