Página 1 dos resultados de 11003 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

A Transição para a Vida Pós Escolar de Alunos com Necessidades Educativas Especiais nas Escolas Básicas dos 2º e 3º Ciclos e Ensino Secundário no Concelho de Faro

Bota, Liliana Maria Correia Pires da Cova
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio Cognitivo e Motor; Este estudo enquadra-se numa abordagem descritiva sobre a operacionalização do processo de transição para a vida pós escolar de alunos com necessidades educativas especiais. O objetivo é compreender, descrever e refletir sobre a forma de implementação deste processo nas escolas básicas dos 2º e 3º ciclos e ensino secundário do Concelho de Faro, dando especial enfoque às perceções, práticas e opções de mudança manifestadas pelos diretores de turma e professores de educação especial a exercer funções no ano letivo 2012/2013. No estudo em apreço participaram 48 diretores de turma e 12 professores de educação especial, num total de 60 questionários com perguntas predominantemente fechadas e outras que remetiam para uma escala de atitudes do tipo Likert. Das nove hipóteses formuladas, três foram validadas e seis foram rejeitadas. Concluiu-se do estudo que para os professores no geral, os alunos devem iniciar o processo de transição para a vida pós escolar aos 13 anos, com atividades e competências funcionais...

Justiça de transição: contornos do conceito; Transitional justice: traces of the concept

Quinalha, Renan Honorio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
A presente dissertação tem por objeto uma análise crítica do conceito de justiça de transição. Surgida na fronteira do direito com a ciência política, a partir da década de 90 do século XX, essa expressão tem delimitado um novo campo de reflexões e uma profícua agenda de pesquisas interdisciplinares na teoria social contemporânea. Para compreendê-la devidamente, esse trabalho faz um percurso incomum nos estudos da área. De partida, para recuperar as origens mais imediatas e pouco lembradas desse conceito, procede-se a uma revisão analítica da literatura produzida por uma geração importante de cientistas políticos durante as décadas de 80 e 90, conhecida como transitologia. Essa tradição preocupavase, essencialmente, em apreender a excepcionalidade dos momentos transicionais e em evitar, a todo custo, que se consumasse uma regressão autoritária, razão pela qual recomendavam todos os tipos de cautelas e prudências possíveis aos atores políticos. Após um exame detido desse corpo teórico, destacando suas premissas e definições, bem como limitações, discute-se o que se pode considerar, nesse quadro conceitual, como uma transição justa. Esse é o germe da ideia que, posteriormente, foi recuperada e sistematizada sob o recorte temático da justiça de transição...

Contribuição ao estabelecimento do comprimento desejável da espiral de transição em rodovias rurais e urbanas.; Contribution to the establishment of the desirable length of the spiral transition in highways and streets.

Arakawa, Maki
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
A curva de transição apresenta um raio de curvatura variando de um valor infinito no fim da tangente até um valor igual ao raio da curva circular no final da curva de transição. Nos projetos rodoviários, o tipo de curva mais utilizado é a clotóide, pois esta corresponde à trajetória descrita pelo veículo, com uma velocidade constante e o volante girando com velocidade angular constante. Consequentemente, é uma situação em que não requer esforço do motorista, proporciona uma trajetória mais natural e um aumento/redução da aceleração radial de um veículo de forma gradual. O presente trabalho admite que o comprimento desejável da espiral de transição em rodovias rurais e urbanas, baseado na recomendação da AASHTO (2011), é igual à distância correspondente a um tempo de percurso de 2 segundos ao longo da via à velocidade de projeto. É recomendável que o comprimento considerado como desejável seja suficiente para se realizar a transição da superelevação, e por outro lado, deve ser menor que o comprimento crítico de hidroplanagem, ou seja, comprimento a partir do qual o veículo passa a perder contato do pneu/pavimento em uma pista coberta com lâmina dágua, a uma velocidade crítica. Visto que os manuais brasileiros não introduzem a hidroplanagem como um dos fatores considerados para estabelecer estes comprimentos...

Modelos de transição energética residencial e o acesso a serviços energéticos limpos: uma análise a partir de dois estudos de caso; Residential energy transition models and the access to clean energy services: an analysis based on two case studies

Sgarbi, Felipe de Albuquerque
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
A transição energética residencial começou a receber especial atenção da comunidade científica nos anos 1970 e 1980, quando se acreditava na ocorrência iminente da Crise da Lenha. Na época, temia-se que o corrente ritmo de consumo de biomassas sólidas em países em desenvolvimento ultrapassaria a capacidade de produção primária dos ambientes naturais, com sérias consequências para as camadas menos abastadas da população destes locais, que se veriam em uma situação de escassez de fontes de energia. Apesar de esta crise nunca haver, de fato, se concretizado, a preocupação com a sua potencial ocorrência estimulou o desenvolvimento de modelos que visavam à interpretação do fenômeno da transição energética residencial decorrente do processo de urbanização e aumento de renda dos usuários finais. Tal interesse culminou na elaboração do modelo da Escada Energética que, de uma maneira geral, previa que o abandono de fontes de energia tradicionais e a adoção de fontes de energia modernas era o resultado do aumento do status social da população. Inicialmente, a Escada Energética se estabeleceu como principal modelo de transição energética residencial. À medida que novos estudos foram desenvolvidos, entretanto...

Fenômeno de transição espacial do escoamento óleo pesado-água no padrão estratificado; Phenomenon of spatial transition in stratified heavy oil-water flow pattern

Castro, Marcelo Souza de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
O escoamento estratificado óleo-água é comum na indústria de petróleo, em particular em poços direcionais e oleodutos. Estudos recentes mostram que o fenômeno de transição de padrões de escoamento de fases separadas pode estar relacionado à estrutura ondulatória da interface do escoamento (problema de estabilidade hidrodinâmica). A transição do padrão estratificado ao padrão estratificado com mistura na interface foi estudada por diversos autores sendo que a física envolvida está clara, e o fenômeno ocorre pelo arrancamento de gotículas da crista da onda interfacial. Técnicas baseadas na análise temporal da estabilidade hidrodinâmica para a proposição de critérios de transição são comumente encontradas na literatura. Entretanto, para certas condições de escoamento, foi observado que o padrão de escoamento estratificado muda ao longo da tubulação. O escoamento adentra a tubulação como estratificado ondulado e alguns diâmetros após a entrada ocorre a transição para o padrão bolhas alongadas. Foi também observado que o ponto no espaço em que o fenômeno ocorre varia com a elevação ou decréscimo das velocidades superficiais das fases. Aparentemente, tal fenômeno ocorre devido a efeitos de tensão interfacial e ângulo de contato. O modelo de dois fluidos unidimensional...

A transição de carreira dos bicampeões mundiais de basquetebol: uma análise com base em narrativas biográficas; The career transitions of two-time world basketball champions: an analysis based on biographical narratives

Ferreira Júnior, Neilton de Sousa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.8%
Eles protagonizaram o apogeu do basquetebol brasileiro nos anos 50 e 60. Representaram o país vitoriosamente em diversas competições, sendo as conquistas dos títulos mundiais em 1959 e 1963, e as medalhas de bronze olímpicas em 1960 e 1964, os feitos mais emblemáticos. Mas embora desfrutassem de certa notoriedade por estes feitos, não foram isentos das implicações do amadorismo esportivo. A profissionalização da carreira atlética ainda era uma realidade distante para eles, e a dedicação ao esporte, para que pudesse ser legítima, tinha que ser majoritariamente voluntária e gratuita. Essas e outras configurações influenciaram decisivamente a forma como os bicampeões mundiais de basquetebol geriram suas carreiras e passaram pela transição respectivamente. O objetivo desta pesquisa foi trazer elementos para a reflexão e compreensão do fenômeno transição de carreira no esporte, analisando os significados e características deste processo por meio das narrativas biográficas dos bicampeões mundiais Wlamir Marques, Amaury Pasos, Rosa Branca, Antônio Sucar, Carlos Massoni, Luiz Claudio Menon, Jatyr Schall, Waldyr Boccardo, Friedrich Fritz e Vitor Mirshawka. Analisadas a luz do modelo de adaptação humana à transição de Schlossberg e das considerações teóricas sobre a transição de carreira no esporte...

A experiência de transição entre a universidade e o mercado de trabalho na adultez jovem

Teixeira, Marco Antonio Pereira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
Esta tese, composta por três estudos, buscou descrever e analisar o processo de transição da universidade para o mercado de trabalho de jovens formandos e egressos universitários. O Estudo 1 abordou, em uma perspectiva quantitativa, as expectativas acerca da transição e os efeitos de um conjunto de variáveis pessoais e contextuais sobre o nível de decisão de carreira de concluintes de diversos cursos de uma universidade. Participaram deste estudo 252 formandos, que responderam a um questionário desenvolvido especialmente para a pesquisa. De um modo geral, os resultados mostraram que os formandos estavam otimistas quanto a suas chances de ingressar no mercado de trabalho. Uma análise de regressão revelou que a percepção pessoal de oportunidades profissionais, um senso de competência profissional e clareza de autoconceito foram os melhores preditores de decisão de carreira ao final do curso universitário. Por sua vez, comportamentos vocacionais exploratórios, assim como participação em pesquisa, mostraram-se bons preditores do senso de competência profissional. O Estudo 2, de caráter qualitativo e fenomenológico, descreveu as experiências de formação e as expectativas de ingresso no mercado de trabalho de 12 formandos universitários. O Estudo 3...

Avanços e impasses no processo de transição política em Guiné-Bissau (1993-2009)

Santy, Amílcar Rodrigues Afonso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
O presente trabalho trata de avanços e impasses que demarcam o processo de transição política em Guiné-Bissau no período de 1993 a 2009. O propósito do estudo é abordar as contradições inerentes à alternação entre períodos autoritários e democráticos, os primeiros sob a égide do PAIGC, que tem sua expressão mais forte na figura do presidente João Bernardo “Nino” Vieira e, o segundo, menos expressivo na era do PRS, representado pelo presidente Kumba Yalá. Para tal, são realçados episódios da historia política e social da Guiné-Bissau que culminaram com assassinatos, perseguições e prisões, entre outros eventos. Estes com o saldo de golpes de estado e tentativas frustradas deles, tanto no período ditatorial quanto no período de abertura política dos anos de 1990. O último identificado como o de liberalização do regime, entre outras razões, pelo surgimento de novas forças políticas (1991) e da realização das primeiras eleições multipartidárias supostamente justas e transparentes (1994). Em vista disso, são abordadas as seguintes questões: Quais as nuances do processo de transição política deste país? Como civis e militares se manifestam ou se relacionam quanto à ocupação, exercício e controle do poder no contexto de transição política? O estudo compreende três capítulos. O primeiro traz uma abordagem histórica da política Guineense...

ENTRE O LOCAL E O GLOBAL: avanços e desafios do modelo de justiça de transição aplicado em Ruanda pós genocídio

Fusinato, Cristina Prachthauser
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 140 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.8%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Relações Internacionais.; Este estudo está situado no campo da justiça de transição, um tema que atualmente está em grande destaque no cenário internacional pelas possibilidades de reconciliação apresentadas a sociedades que foram vítimas de violações dos direitos humanos. Ancorada pelo método indutivo, a pesquisa visa investigar os avanços e desafios de um modelo híbrido de justiça de transição que alia elementos do direito local e global, tal como o aplicado em Ruanda através do Tribunal Penal Internacional para Ruanda e dos tribunais gacaca. Os objetivos específicos são: a) discorrer sobre a justiça de transição e o genocídio no Ruanda; b) apresentar o Tribunal Penal Internacional para Ruanda e os tribunais gacaca; c) avaliar os avanços e desafios do modelo de justiça de transição aplicado no Ruanda. Em última análise, pretende-se investigar quais as possibilidades de aprendizado o modelo híbrido de justiça de transição em questão possibilita aos estudos dentro da área das relações internacionais. O presente trabalho caracteriza-se pelo seu pioneirismo e pretende contribuir teoricamente para as investigações dentro da temática da justiça de transição. Além disso...

JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO NA ALEMANHA: OS MECANISMOS ADOTADOS PELO ESTADO PÓS 1989

Salvodi, Lais Cristina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 101 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.8%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Relações Internacionais.; Este estudo situa-se no campo da justiça de transição, um tema que ganhou destaque no cenário internacional devido à onda de democratizações ocorrida no final do século XX. Ancorada pelo do método de estudo de caso, a pesquisa tem como objetivo observar a contribuição do papel educacional e de fortificação da confiança no Estado dos mecanismos de justiça de transição adotados pela Alemanha pós 1989 para a unificação e consolidação do novo Estado Democrático de Direito. Como objetivos específicos esta monografia procura: a) discorrer sobre o campo teórico da justiça de transição e seus mecanismos, bem como relatar a situação alemã no período de tempo em que viveu sob dois regimes político-ideológicos distintos; b) apresentar modelo de Justiça de Transição aplicado pelo Estado alemão pós comunismo a fim de reparar as violações de direitos humanos cometidas sob o regime do Partido Comunista Unificado; c) avaliar as consequências do modelo de justiça de transição elaborado pela Alemanha e verificar se seu papel educacional e de restauração da confiança foi cumprido de maneira satisfatória. Este trabalho tem por característica um pioneirismo e pretende contribuir teoricamente para as investigações dentro da temática da justiça de transição a partir da ótica das Relações Internacionais...

Promoção de competências na parentalidade a criança / familia em transição

Sousa, Raquel Alves de
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 24/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
O Enfermeiro Especialista de Saúde Infantil e Pediátrica presta cuidados à criança/família nos mais variáveis contextos e em diversas fases do ciclo de vida. No decorrer do seu percurso profissional, depara-se com vários momentos de transição na vida da criança/família. Estas transições desencadeiam alterações significativas no quotidiano das mesmas. O Enfermeiro assume o papel de ajudar a criança/família durante estes processos de transição, quer para a parentalidade, quer na saúde-doença. A transição implica, por parte dos enfermeiros, a aquisição de novos conhecimentos, a definição de novos papéis e o desenvolvimento de novas competências e estratégias. A elaboração deste relatório permitiu-me refletir sobre as competências específicas inerentes ao Enfermeiro Especialista em Saúde Infantil e Pediátrica e descrever o trajeto realizado para a aquisição das mesmas ao longo dos estágios. No Módulo I, realizado na Unidade de Saúde Familiar da Ramada, o foco de atenção foi a transição para a parentalidade. No Módulo II, realizado no Serviço de Pneumologia Pediátrica do HSM, o foco de atenção foi a transição saúde-doença. No Módulo III, realizado no Serviço de Neonatologia do HSM...

Factores que influenciam as estratégias de coping dos pais no processo de transição para a parentalidade

Reis, Paula Fernanda
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
O processo de transição para a parentalidade é um evento marcante na vida dos pais. Implica mudanças e reestruturação na sua vida, em toda a dinâmica familiar. Esta alteração exige uma resposta adequada dos pais de forma a fazer efectivamente a sua transição para a parentalidade. Neste processo, os pais utilizam as estratégias de coping adequadas naquela situação específica, como forma de adaptação e até mesmo de remover os agentes causadores de stresse, adquirindo competências para cuidar do seu filho. Com este estudo pretendemos compreender quais os factores que influenciam as estratégias de coping dos pais no processo de transição para a parentalidade. Foram definidos os seguintes objectivos: - Identificar as estratégias de coping dos pais no seu processo de transição para a parentalidade; - Identificar os factores que influenciam as estratégias de coping dos pais no seu processo de transição para a parentalidade; - Propor um modelo de intervenção dos enfermeiros facilitador do processo de adaptação para a transição para a parentalidade. Deste modo foi desenvolvido um estudo qualitativo, com a finalidade de perceber quais os factores responsáveis por desencadearem situações potencialmente causadoras de stresse que actuam nas estratégias de coping adoptadas pelos pais na transição para a parentalidade. Após a identificação das estratégias de coping averiguamos que os factores: idade da mãe...

Transição para a vida ativa de jovens com necessidades educativas especiais. Transição para a vida ativa de jovens com necessidades educativas especiais: a perceção dos pais e dos professores.

Santos, Teresa Alexandra Gomes Paula
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
Mestrado em Reabilitação Psicomotora; Artigo 1: Este artigo pretende fazer um levantamento teórico de informação sobre as etapas e os intervenientes do processo de transição para a vida ativa de alunos com necessidades educativas especiais, analisando os fatores de maior importância para potenciar o sucesso desta etapa na vida destes alunos. Desta forma, analisam-se as recomendações e boas práticas, quer nacionais quer internacionais, organizando-as nos cinco pontos que parecem ter um papel fundamental e garantidor de sucesso: desenvolvimento do estudante, participação do estudante, envolvimento da família, trabalho colaborativo e atributos e estrutura do programa. Por fim, identifica-se o papel do psicomotricista nas equipas das escolas e determina-se qual o contributo que este técnico poderá ter no sentido de melhorar as práticas pedagógicas já existentes. Artigo 2: A legislação atual que regula a educação especial em Portugal, desafia as escolas para se moldarem às exigências que o novo paradigma da escola inclusiva coloca. Este artigo apresenta como objetivo compreender qual a perceção que os pais e os professores de alunos a usufruir de um Plano Individual de Transição têm sobre as práticas atuais associadas ao processo de transição para a vida ativa de alunos com NEE...

A influência das variáveis contextuais na organização da transição ataque-defesa em futsal de alto rendimento. Estudo de caso realizado com uma equipa da 1ª Divisão Nacional de Futsal na época de 2011/2012.

Loureiro, Marco Alexandre Brito
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
Mestrado em Treino de Alto Rendimento; O estudo teve por objetivo analisar a influência das variáveis contextuais (qualidade do adversário, local do jogo, resultado corrente e período de jogo) na organização e eficácia das situações de transição ataque-defesa de uma equipa de futsal de alto rendimento. A amostra foi constituída por 574 situações de transição ataque-defesa, registadas em 20 jogos disputados pela equipa durante a fase regular da 1ª Divisão Nacional do Campeonato Português de Futsal, na época de 2011/2012. Os dados foram analisados com recurso à estatística descritiva, o teste do Qui-quadrado e a Regressão Logística Multinomial. Para o registo dos indicadores das variáveis de contexto e de performance, foi desenvolvido um sistema de observação que incluiu quatro variáveis contextuais e seis variáveis de performance. Para a observação e anotação dos dados foi utilizado o software SportsCode V8 Pro. Os resultados confirmaram uma associação positiva entre três variáveis de performance (zona da perda da posse de bola, número de passes permitidos durante a transição ataque-defesa e relação numérica no término da transição ataque-defesa) e o desfecho final da transição ataque-defesa. Foi verificado um efeito interativo da qualidade do adversário*período do jogo e o local do jogo*qualidade do adversário no resultado da transição ataque-defesa. A variável qualidade do adversário...

A transição de adolescentes com HIV/AIDS para a clínica de adultos: um novo desafio

Machado,Daisy Maria; Succi,Regina C.; Turato,Egberto Ribeiro
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.83%
OBJETIVO: Revisar a literatura sobre transição de adolescentes da pediatria para a clínica de adultos, com enfoque na clínica da AIDS, discutindo o tema no contexto das doenças crônicas. FONTES DOS DADOS: A pesquisa bibliográfica utilizou os bancos de dados MEDLINE e LILACS (1990-2010), selecionando artigos disponíveis em inglês ou francês. SÍNTESE DOS DADOS: A transição de adolescentes com doenças crônicas, sempre atendidos por pediatras, para os serviços de adultos, tem sido uma crescente preocupação nas diversas especialidades pediátricas. Mais recentemente, jovens vivendo com HIV/AIDS estão atingindo essa fase e apresentando diversas dificuldades. Os estudos avaliados nessa revisão discutem alguns tópicos relevantes, como: a diferença entre transferência, um evento isolado, e transição, um processo gradual; os modelos utilizados nos diversos serviços; a importância de a transição ser feita de maneira planejada e individualizada; a necessidade de ampla interação entre as equipes pediátricas e os serviços de adultos; a importância da participação conjunta dos adolescentes, familiares e profissionais de saúde; as barreiras e os fatores que favorecem uma transição bem-sucedida; as necessidades e particularidades dos adolescentes com HIV/AIDS nesse momento importante de mudanças. CONCLUSÕES: Vários autores concordam que a transição de adolescentes para os serviços de adultos deva ser um processo gradual...

Nutrição no início da vida num contexto de transição nutricional : um estudo na região semi-árida de Alagoas.; Early nutrition in a context of nutritional transition : a study in semiarid region of Alagoas.

Vieira, Evla Darc Ferro
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
Alagoas is the poorest state of Brazil, and the semiarid region of Alagoas is the poorest region of this state. Although the population of the semiarid region is of very low income, the prevalence of childhood malnutrition decreased, while obesity is increasing. These data show that the semiarid region of Alagoas is in nutritional transition. The nutritional transition is the change in socioeconomic structure that led to a change in diet and activity patterns. An important change in socioeconomic and demographic structure occurred in recent years in Alagoas. Changes in the quality of diet and level of physical activity are likely the main determinant factors of the nutritional transition. However, recent evidences suggest that specific patterns of prenatal and postnatal growth are also potential contributors. The objective of this work is to investigate if early nutrition influences the nutritional transition in the semiarid region of Alagoas. For this, two studies were elaborated. The first study was entitled Stunting is associated with wasting in children from the semiarid region of Alagoas and the second was Nutritional state of preschool children in the semiarid region of Alagoas according to breastfeeding exposition . The both searches were sectional study involving a sample of the preschool children living in the semi-arid region of Alagoas. In the first study...

Reforma institucional na China: entendendo o processo de transição para uma economia de mercado (1979-1993)

Borba Lagioia Lippo, Eduarda; de Almeida Medeiros, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.85%
A emergência de economias em transição para o mercado contribui para com novas oportunidades, alterando os mecanismos responsáveis pela formação das estruturas sociais, e possibilitando uma maior dinâmica do empreendedorismo nos Estados. A partir da década de 1980, ocorre então o surgimento de uma nova era global, com novas economias socialistas optando pela implantação de mecanismos voltados para a abertura de seus mercados. Entre as nações socialistas que aos poucos se tornam favoráveis ao processo da transição para uma economia de mercado, destaca-se o caso chinês. Por outro lado, a idéia da economia de mercado não tem se tornado compatível com os preceitos políticos da China, o que torna ainda mais interessante um mergulho mais profundo em seu processo de transição. A preocupação maior está em desvendar como uma reforma institucional contribui com a transição para o mercado em um Estado pós-socialista. Para isso, analisa-se o caso da transição chinesa para o mercado. Considera-se que a jornada da China para a transição do mercado é um processo de duas fases. A primeira fase dura cerca de quinze anos, entre 1979 e 1993. Durante esse período, o sistema é reformado para que os incentivos sejam aperfeiçoados e a competição criada...

Transição para o exercício do papel de membro da família prestador de cuidados

Ceia, Diogo; Costa, Júnia; Moreira, Vanessa; Pinto, Catarina; Quelhas, Manuela; Costa, Tânia; Braga, Clara
Fonte: Transição para o exercício do papel de membro da família prestador de cuidados:estudo de caso Publicador: Transição para o exercício do papel de membro da família prestador de cuidados:estudo de caso
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.59%
Segundo o Diagnóstico Social do Porto (Azevedo, et al., 2010) deparamo-nos com o acréscimo do envelhecimento populacional, sobretudo na cidade do Porto, que contribuí para o aumento da incidência da dependência do idoso no autocuidado destacando-se, o papel do membro da família prestador de cuidados pela sua importância social e económica. O Centro de Enfermagem da Católica é a unidade de extensão do Instituto de Ciências da Saúde, Porto, visando a Prestação de Serviços à comunidade, o Ensino e a Investigação. Enquadra-se no CEC, o projeto “Superar a Solidão” dirigido aos idosos mas igualmente aos prestadores de cuidados da comunidade de intervenção, por considerar que “ existem famílias que gostariam de poder cuidar dos seus familiares mas não sabem, por falta de conhecimento, medo ou falta de estruturas de apoio” pretendendo-se, orientar/capacitar e supervisar os prestadores de cuidados. Objetivos: Em Março de 2012, um grupo de alunos inscritos na Unidade Curricular Ensino Clínico V, integrou o projeto “Superar a Solidão” com o intuito de diagnosticar necessidades e intervir nas mesmas, obtendo resultados sensíveis aos cuidados de enfermagem. Assim sendo, após dois meses de intervenção...

Visitação Domiciliária no Pós-Parto: Expectativas e necessidades de ambos os pais na transição para a parentalidade

Neves, Ângela Maria Fernandes Marques da Cunha
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
Enquadramento: a transição para a parentalidade é reconhecidamente um momento que implica um conjunto de transições individuais, conjugais e sociais para os novos pais. Ambos os pais, vivenciam uma adaptação/ajustamento a uma nova identidade e a novos papéis, exigindo a aquisição de competências pessoais, familiares e sociais; das várias intervenções do papel do enfermeiro ESMO, nas Unidades de Saúde, destaca-se a Visita Domiciliária no período pós-parto, com vista a promover a capacitação e autonomia parental, no seu contexto familiar. Objetivos: Descrever as experiências vivenciadas por ambos os pais no período pós-parto no âmbito da visitação domiciliária pelo enfermeiro ESMO atendendo à recuperação pós-parto, transição para o papel parental e cuidados ao recém-nascido; Conhecer os contributos proporcionados pelo enfermeiro na promoção da transição para a parentalidade no pós-parto, a partir da perspetiva das experiências vivenciadas por ambos os pais; Descrever como os casais enquanto díade parental fazem a transição para a parentalidade no período pós-parto. Métodos: Para a compreensão deste fenómeno, foi desenvolvido um estudo exploratório descritivo, de natureza qualitativa, recorrendo-se a uma amostra intencional...

O processo de transição da intervenção precoce na infância para o 1º ciclo : análise da perceção dos pais

Oliveira, Ana Paula Rocha Rebelo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Dissertação de mestrado em Educação Especial (área de especialização em Intervenção Precoce); A finalidade deste estudo foi conhecer, compreender e explorar as perceções dos pais acerca do processo de transição da Intervenção Precoce na Infância para o 1º Ciclo. No sentido de dar resposta à finalidade, bem como aos objetivos deste estudo desenvolveu-se uma investigação que utilizou uma metodologia qualitativa e a entrevista semi-estruturada como instrumento de recolha de dados. Neste estudo participaram quatro mães, com idades compreendidas entre os 37 e os 45 anos, cujos filhos(as) transitaram no ano letivo 2010-2011 para o 1º Ciclo. Os resultados são apresentados, numa primeira parte, sob a forma de estudo de caso individual e, numa segunda parte, traçamos as diferenças e as semelhanças entre as perceções das mães, interpretadas e analisadas à luz da investigação nesta área. Analisando as perceções das mães concluiu-se, entre outros aspetos, que: (a) a decisão da transição foi tomada pelas famílias e profissionais; (b) o planeamento iniciou-se entre 6 a 12 meses antes da transição; (c) as decisões da transição foram registadas num plano; (d) existência de responsável pela transição e de reuniões de preparação da transição; (e) prestado apoio e informação sobre aspetos diversos da transição; (f) contactos com a nova escola através de reuniões e visitas; (g) avaliação e desenvolvimento de competências da criança para a transição com envolvimento das famílias; (h) relatório de transição partilhado com nova equipa; (i) inexistência de reunião de transição no início do ano lectivo entre a família e programas de envio e receção (j) inexistência de contactos com a IPI após a transição. Os aspetos positivos do processo de transição são: proximidade com a escola antes da transição...