Página 1 dos resultados de 1116 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Desempenho reológico e entálpico da massa de pão com amido resistente de milho e transglutaminase.; Rheological and enthalpy performance of pan bread dough with maize resistant starch and transglutaminase.

Sanchez, Diana Buchner de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
O objetivo desse trabalho foi estudar a influência da substituição parcial da farinha de trigo (FT) por amido resistente de milho (ARM) e da adição da enzima transglutaminase (TG) sobre o desempenho reológico e entálpico da massa de pão. O ARM foi adicionado como uma alternativa de aumentar a ingestão de fibra alimentar (FA), enquanto que a TG foi adicionada como forma de suprir a diluição do glúten, catalisando as ligações. Foram realizadas análise de textura da massa (extensão uniaxial, biaxial e Texture Profile Analysis - TPA), análise térmica de calorimetria exploratória diferencial (DSC) e reológica (reofermentógrafo). De acordo com um planejamento experimental estrela com três pontos centrais e quatro axiais as análises foram conduzidas em cinco níveis de substituição da farinha de trigo (FT) pelo amido resistente de milho (ARM): 1,5 %; 3,5 %; 8,5 %; 13,5 %; 15,5 % (base 100 % mistura) e cinco níveis de adição de enzima transglutaminase (TG): 0,03 %; 0,05 %; 0,10 %; 0,15 %; 0,17 %. As mesmas análises foram realizadas em massa produzida com farinha de trigo (controle), sem adição de ARM e TG. A substituição de FT por ARM influenciou mais os parâmetros de textura do que a adição de TG. A resistência à extensão atingiu um valor 32 % maior que o controle com a substituição de 8...

Physicochemical properties of three food proteins treated with transglutaminase; Propriedades físico-químicas de três proteínas alimentares tratadas com transglutaminase

Soares, Luis Henrique de Barros; Albuquerque, Patricia M.; Assmann, Francine; Ayub, Marco Antônio Záchia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.32%
Três fontes protéicas alimentares foram tratadas com transglutaminase microbiana (EC 2.3.2.13) e as características físico-químicas como reatividade, solubilidade, emulsificação e grupos amino livres dos polímeros formados foram avaliadas. Amostras de caseína láctea (CL), proteína isolada de soja (PIS) e de proteína animal hidrolisada (PAH), foram incubadas com a enzima por uma ou duas horas. CL e PIS mostraram uma redução na solubilidade de 15% e 24% respectivamente, enquanto PAH não sofreu alteração de solubilidade. A quantidade de nitrogênio livre na forma amina apresentou uma redução de 7%, 3% e 2% para PAH, CL e PIS respectivamente. CL e PIS demonstraram baixa atividade emulsificante quando tratadas enzimaticamente, porém as emulsões formadas se mostraram estáveis, em contraste com PAH que não alterou suas propriedades emulsificantes.; Three sources of food proteins were treated with microbial transglutaminase (EC 2.3.2.13) in order to assess changes in the physicochemical properties of reactivity, solubility, emulsification, and free amino groups of the formed polymers. Samples of lactic casein (LC), isolated soy protein (ISP), and hydrolysed animal protein (HAP), were incubated with the enzyme for one or two hours. LC and ISP showed a reduced solubility of 15% and 24% respectively...

Desenvolvimento de filmes a partir de caseina e gelatina modificadas enzimanticamente com tripsina e transglutaminase.; Development of films from casein and gelatin modified enzymatically with tripsina and transglutaminase.

Hulda Noemi Chambi Mamani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.62%
A associação de duas proteínas de estruturas diferentes, através de ligações cruzadas pela ação da transglutaminase, é uma alternativa promissora para obter filmes com propriedades desejáveis. Por outro lado, a formação de ligações cruzadas nas proteínas poderia ser otimizada se disponibilizarmos locais reconhecíveis para a ação da transglutaminase. Isto seria conseguido hidrolisando as proteínas com tripsina. Desta forma, caseína e gelatina foram hidrolisadas com tripsina até um grau de hidrólise de 5%. Depois, os hidrolisados foram polimerizados com transglutaminase. Nesta etapa, foram avaliadas diferentes condições de polimerização (concentração de enzima e proteína, temperatura e tempo de incubação) com a finalidade de conseguir a formação de polímeros de alta massa molecular, os quais, seriam capazes de formar filmes coesos. A polimerização foi avaliada através de eletroforese SDS-PAGE e determinação dos grupos amino livres pelo método TNBS. Os resultados mostraram que o tratamento dos hidrolisados com transglutaminase conduziu à formação de peptídeos de baixa massa molecular. Porém, foram elaborados filmes a partir dos polímeros obtidos da ligação cruzada (mediada pela transglutaminase) dos hidrolisados de caseína e gelatina. Também...

Carne bovina reestruturada com transglutaminase : desenvolvimento e determinações de cor e textura; Restructured meat with transglutaminase : development and color and texture determination

Lucineia Aparecida Cestari
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.32%
As indústrias do setor da carne têm buscado meios para agregar valor a cortes de maciez intermediária, considerados inadequados ao preparo rápido. Carnes reestruturadas são alternativas tecnológicas aos cortes íntegros, como produtos de conveniência para o consumidor. Assim, o objetivo do presente estudo foi determinar se os músculos Infraspinatus (raquete), Supraspinatus (peixinho) e Triceps brachii (miolo da paleta), provenientes da paleta bovina podem ser valorizados, através dos processos de injeção e massageamento, para a produção de carne reestruturada. Em cada tratamento a carne foi picada e processada com sal, fosfato, 10% de gordura de cobertura de contrafilé, e transglutaminase (Activa TG-EB®), em três diferentes tipos de processamento para cada músculo: (1) controle ? carne e outros ingredientes sem tratamento prévio, (2) injetado ? incorporação de 8% de salmoura por injeção, e (3) massageado ? incorporação de 8% de salmoura por 1h de massageamento. A combinação de três músculos e de três tipos de processamento resultou em nove tratamentos. No produto final foram analisados: composição centesimal, pH, perdas durante o descongelamento e cozimento, análise instrumental de cor, e textura (TPA e força de cisalhamento com célula de corte plano). Além destas...

Efeito da reticulação induzida pela transglutaminase e o glutaraldeido sobre as propriedades das microparticulas obtidas por coacervação complexa; Effect of transglutaminase and glutaraldehyde induced crosslinking on properties of microparticles obtained by complex coacervation

Fernando Tello Celis
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
Micropartículas foram produzidas por coacervação complexa utilizando gelatina e goma arábica como materiais formadores de parede e uma mistura de oleoresina de páprica-óleo de soja (1:10) em quantidade que corresponde a 50% de massa dos materiais de parede. A ordem de produção das emulsões, gelatina/oleoresina de páprica-óleo de soja ou goma arábica/oleoresina de páprica-óleo de soja, a reticulação das micropartículas com transglutaminase (10 a 50U/g.ptn) ou com glutaraldeído (1mM/g.ptn) e a melhora de características funcionais em função desses fatores foram avaliadas. Foram avaliadas a capacidade de inchamento, resistência à solução de dodecil sulfato de sódio (SDS, 2 e 5%), à temperatura (65 e 97°C/15 min), valores de pH 1, 2 e 7 e resistência a condições simuladas do pH do estômago e intestino (temperatura e enzimas). Adicionalmente foi acompanhado o efeito dos tratamentos na liberação do recheio hidrofóbico em óleo de girassol. Microscopia ótica, eletrônica de varredura e espectrofotometria foram utilizadas para as avaliações de resistência e de liberação. As micropartículas apresentaram forma esférica e tamanho médio na faixa de 55-70mm, com o recheio distribuído de forma multinuclear e homogênea. As micropartículas resistiram...

Produção, purificação, caracterização e aplicação de transglutaminase de Streptomyces sp. CBMAI 837; Production, purification, characterization and application of transglutaminase from Streptomyces sp. CBMAI 837

Juliana Alves Macedo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.62%
A transglutaminase (TGase) (EC 2.3.2.13; proteina-glutamina ?-glutaminiltransferase) é uma enzima capaz de catalisar reações de transferência de grupos acil utilizando resíduos de glutamina das ligações peptídicas de proteínas como doadores de grupos acil, e diversas aminas primárias como receptores. As ligações covalentes cruzadas entre inúmeras proteínas e peptídeos pela transglutaminase promovem mudanças nas propriedades de proteínas de alimentos. Por essa razão, a transglutaminase é amplamente utilizada nas indústrias de processamento de alimentos para o desenvolvimento de novos produtos e modificação de características como: viscosidade, capacidade emulsificante e valores nutricionais. Uma cepa de Actinomyceto, isolada de amostras de solo brasileiro, foi investigada taxonomicamente por uma combinação de técnicas moleculares e morfológicas, resultando na conclusão de que a cepa pertence ao gênero Streptomyces sp. A cepa, chamada de Streptomyces sp. CBMAI 837 produziu transglutaminase quando cultivada a 30°C por cinco dias, em agitador rotatório, no meio de fermentação otimizado, composto por: 0,2% KH2PO4, 0,1% MgSO4.7H2O, 2% farinha de soja, 2% amido de batata, 0,2% glicose, e 2% peptona, atingindo uma atividade enzimática de 1...

Estabilização, concentração, purificação e aplicação da transglutaminase microbiana de Streptomyces sp. CBMAI 837; Stabilization, concentration, purification and application of microbial transglutaminase from Streptomyces sp. CBMAI 837

Evandro Antônio de Lima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.6%
A transglutaminase microbiana (MTGase; EC 2.3.2.13) é uma enzima capaz de catalisar a formação de ligações covalentes cruzadas entre proteínas, peptídeos e várias aminas primárias através da reação de acil transferência entre resíduos de glutamina e lisina. A incorporação de ligações covalentes cruzadas entre proteínas por ação da transglutaminase vem sendo empregada pela indústria alimentícia para modificar principalmente a textura, a viscosidade e a capacidade de formação de gel de alimentos. Este trabalho teve como principal objetivo estudar a estabilidade térmica, o efeito de inibidores e ativadores, a concentração e a purificação da transglutaminase microbiana produzida pela linhagem Streptomyces sp. CBMAI 837. No estudo da estabilidade térmica da enzima verificou-se que a transglutaminase de Streptomyces sp. CBMAI 837 é uma enzima termossensível, estável em temperaturas abaixo de 40°C e rapidamente inativada acima de 50°C. Parâmetros cinéticos e termodinâmicos da desnaturação térmica da enzima foram determinados para as seis temperaturas estudadas. Os tempos de meia-vida da enzima a 55 e 60°C foram estimados em 3,5 e 1,9 minutos, respectivamente. A influência de alguns compostos no aumento da estabilidade térmica da enzima foi investigada...

Produção e avaliação de pão de forma com triticale e enzima transglutaminase microbiana; Production and evaluation of loaf breads with triticale flour and microbial transglutaminase enzyme

Marco Antonio Lefèvre Gragnani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
A produção e o consumo de pães de forma no Brasil crescem continuamente. Assim como a maioria dos produtos de panificação, sua fabricação requer a utilização de farinhas com características específicas para obtenção de produtos sensorialmente aceitáveis. Até hoje, a farinha de trigo é a única capaz de produzir pães com essas características. Os estudos de substitutos para farinha de trigo esbarram em dificuldades técnicas, que dificultam a formação de uma rede protéica estável, capaz de desempenhar um papel satisfatório na estruturação do pão e na retenção dos gases produzidos durante a fermentação. O triticale, cereal resultante do cruzamento do trigo com centeio, apresenta características bastante semelhantes aos seus progenitores, sem, contudo, ter a capacidade de substituir o trigo em grandes quantidades na produção de pães de forma. A utilização da enzima transglutaminase microbiana (MTGase) na área de panificação já mostrou-se eficiente no fortalecimento da rede de glúten, permitindo, além da utilização de farinhas fracas em produtos que necessitam de farinha forte, a incorporação de novas fontes protéicas nesses alimentos. O objetivo deste projeto foi avaliar a viabilidade tecnológica da utilização da MTGase para produzir pães de forma com a maior substituição de farinha de trigo por farinha de triticale possível...

Efeito da enzima transglutaminase na digestabilidade e antigenicidade da ß-Lactoglobulina; Effect of the transglutaminase enzyme in the digestability and antigenicity of the ß-lactoglobulin

Milena Morandi Vuolo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.32%
O leite bovino contém proteínas que são consideradas antigênicas e capazes de induzir algum tipo de resposta imunológica, dentre elas destaca-se a ß-lactoglobulina (ß-Lg). A utilização da enzima transglutaminase (TG), que catalisa reações de ligação e-(?-glutamina)lisil inter ou intramoleculares, incorporação de aminas e desaminação tem demonstrado eficiência em alterar o potencial antigênico de alimentos. O presente trabalho teve como objetivo estudar o efeito da reação de polimerização induzida pela TG na atividade antigênica da ß-Lg e sua digestibilidade, na presença dos agentes redutores glutationa (GSH) e ácido ascórbico (AA). As modificações da ß-Lg com a TG na presença dos agentes redutores foram realizadas através de experimentos fatoriais 22 nos quais as variáveis independentes foram a relação enzima:substrato (E/S) (0 ¿ 51,6 U TG g -1 de proteína) e concentração dos agentes redutores, [GSH] (0 - 0,67 mmol/L) ou [AA] (0- 0,02 mol/L) e as variáveis dependentes foram grau de polimerização e concentração de IgE. A polimerização foi avaliada por eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE), e grau de polimerização (GP) através da determinação de lisinas livres. A avaliação da antigenicidade foi feita por ELISA...

Efeito da polimerização com a enzima transglutaminase na redução do potencial alergênico do isolado protéico de soro do leite; Effect of polimerization with the enzime transglutaminase in reduction the potential alergenic of isolate whey protein

Celia de Jesús França
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.32%
Estudos indicam que cerca de 2,5% dos recém-nascidos sofrem reações de hipersensibilidade ao leite bovino. Os principais componentes alergênicos do soro do leite bovino são as proteínas ß-Lactoglobulina (ß-Lg) e a-Lactoalbumina (a-La). A enzima transglutaminase (TG) tem sido utilizada para modificar as proteínas do soro do leite, podendo reduzir o seu potencial antigênico. O objetivo desse trabalho foi estudar o efeito do pH e relação enzima substrato (E:S) na polimerização do Isolado proteico do soro do leite (IPS) com a TG em diferentes condições utilizando a Metodologia de Superfície de Resposta, e avaliar a redução do potencial antigênico das proteínas pela suscetibilidade dos produtos obtidos à digestão com pepsina. O estudo da polimerização do IPS foi realizado por meio de experimentos fatoriais 22, nos quais as variáveis independentes foram a relação enzima:substrato (E:S) (15,7 ¿ 56,9 U TG /g de proteína) e pH (5,0 ¿ 8,4). A variável dependente foi a polimerização das amostras avaliada pela concentração relativa das proteínas ß-Lg ([ß-Lg]) e a-La ([a-La]) após a reação de polimerização, medida por densitometria do gel. Para o estudo da polimerização, foram realizados dois DCCR(Delineamento Composto Central Rotacional): DCCR 1 no qual foi utilizado o IPS sem qualquer tratamento e DCCR 2 no qual foi utilizado o IPS tratado termicamente. Para condição do DCCR 2...

Influência da adição de diferentes fontes de fibras (farinha de trigo de grão inteiro e amido resistente) e de transglutaminase nas características tecnológicas, estruturais e sensoriais de massas alimentícias; Influence of the addition of different sources of fibers (whole grain wheat flour and resistant starch) and transglutaminase on technological, structural and sensory characteristics of pasta

Leandra Zafalon Jaekel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
O interesse dos consumidores por alimentos com características funcionais tem aumentado nos últimos anos. A farinha de trigo de grão inteiro (FTGI) contém constituintes com efeitos benéficos a saúde (fibras, minerais, vitaminas, antioxidantes e aminoácidos). O amido resistente (AR) também tem sua contribuição à saúde, atuando como fibra alimentar. Massas alimentícias, cuja produção brasileira cresce a cada ano, constituem uma excelente forma de aplicação dessas matérias-primas. Contudo, a FTGI e o AR podem trazer prejuízos tecnológicos. A enzima transglutaminase (TG) mostra-se como alternativa a esse problema, pode atuar formando ligações cruzadas com a glutenina e a gliadina. O objetivo geral foi estudar o efeito de diferentes fontes de fibras (FTGI ou AR) e da transglutaminase nas características tecnológicas, estruturais e sensoriais de massas alimentícias tipo espaguete. O estudo foi desenvolvido em quatro artigos: 1°) estudar a influência da adição de FTGI (51 a 100 %) e TG (0 a 0,5 %) nas características reológicas, de cozimento, textura e solubilidade de proteínas dos espaguetes, através de um delineamento composto central rotacional (DCCR); 2°) estudar o efeito da TG (0,5 %) nas características de cozimento e textura...

Produção e caracterização bioquímica de uma nova transglutaminase microbiana= : Production and biochemical characterization of a new microbial transglutaminase; Production and biochemical characterization of a new microbial transglutaminase

Ricardo Rodrigues de Melo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.66%
Transglutaminase é uma enzima capaz de catalisar a formação de ligações cruzadas intra- e intermoleculares entre proteínas, peptídeos e aminas primárias por meio de ligações covalentes entre resíduos de lisina e glutamina. Desta forma, transglutaminase pode ser utilizada em diversos setores industriais para o desenvolvimento de novos produtos ou para a modificação de suas características. A linhagem B6 isolada de amostra de solo coletada na região do Estado de Minas Gerais foi identificada como tendo características morfológicas típicas de actinomicetos e pela análise da região 16S rRNA há colocou na subclasse Streptomyces próximo a linhagem Streptomyces angustmycinicus NBRC 3934T. A fim de aumentar a produção de transglutaminase (2,75 U/mL) pela linhagem Streptomyces sp. B6, o meio de fermentação foi submetido a processos de otimização. Como primeiro passo da otimização, o crescimento do micro-organismo e a produção da enzima foram estudados através de uma pré-seleção de fontes de carbono, nitrogênio e sais no meio de produção. Após as análises das diferentes fontes, um delineamento experimental do tipo Plackett-Burman foi utilizado para a seleção dos componentes do meio de cultivo que afetam a produção de transglutaminase. Os resultados do delineamento experimental indicaram que a produção de transglutaminase foi influenciada negativamente pela peptona bacteriológica e MgSO4.7H2O...

Produção de transglutaminase de Streptomyces sp.CBMAI-837 utlizando resíduos ou subprodutos agroindustriais e aplicação em farinha de trigo; Production of transglutaminase of Streptomyces sp. cbmai-837 using agroindustrial by products or residuals and application on wheat flour

Marcela Pavan Bagagli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.57%
A transglutaminase catalisa a formação de ligações cruzadas entre grupos ?-amino de resíduos de lisina e o grupo ?-carboxiamida de resíduos de glutamina de proteínas. Esta enzima pode ser usada para unir diferentes proteínas e melhorar suas propriedades funcionais. A transglutaminase obtida de micro-organismos por processos fermentativos apresenta vantagens em relação à enzima obtida de plantas e tecidos animais para as aplicações industriais. Neste trabalho, foram estudados os efeitos de diferentes subprodutos ou resíduos agroindustriais no meio de cultivo para a fermentação submersa de Streptomyces sp. CBMAI-837, visando o aumento da atividade e da produtividade da enzima. Entre os substratos proteicos avaliados, o uso de 2,5% (m:v) de farelo de algodão ou de 2,5% (m:v) de farelo de soja no meio de cultivo resultou no aumento da atividade enzimática de 1,2 U.mL-1 (214%) e 1,0 U.mL-1 (182%), respectivamente, em relação ao valor obtido pela fermentação do micro-organismo em meio de cultivo contendo 2,5% de farinha de soja (0,57 U.mL-1). Em relação às fontes de carbono principais avaliadas, a adição de 2,0% de glicerol ou de 12% de melaço de cana de açúcar permitiu o aumento da atividade de transglutaminase em 0...

New insights into the substrate specificities of microbial transglutaminase: a biocatalytic perspective

Gundersen, Maria
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
EN
Relevância na Pesquisa
37.38%
La transglutaminase microbienne (Microbial transglutaminase : MTG) est fortement exploitée dans l’industrie textile et alimentaire afin de modifier l’apparence et la texture de divers produits. Elle catalyse la formation de liaisons iso-peptidiques entre des protéines par l’entremise d’une réaction de transfert d’acyle entre le groupement γ-carboxamide d’une glutamine provenant d’un substrat donneur d’acyle, et le groupement ε-amino d’une lysine provenant d’un substrat accepteur d’acyle. La MTG est tolérante à un large éventail de conditions réactionnelles, ce qui rend propice le développement de cette enzyme en tant que biocatalyseur. Ayant pour but le développement de la MTG en tant qu’alternative plus soutenable à la synthèse d’amides, nous avons étudié la réactivité d’une gamme de substrats donneurs et accepteurs non-naturels. Des composés chimiquement diversifiés, de faible masse moléculaire, ont été testés en tant que substrats accepteurs alternatifs. Il fut démontré que la MTG accepte une large gamme de composés à cet effet. Nous avons démontré, pour la première fois, que des acides aminés non-ramifiés et courts, tels la glycine, peuvent servir de substrat accepteur. Les α-acides aminés estérifiés Thr...

Einsatz der human rekombinanten Transglutaminase für die Bestimmung der Transglutaminase-Antikörper in der Zöliakiediagnostik; Use of human recombinant tissue transglutaminase for the determination of transglutaminase antibodies in the diagnosis of coeliac disease

Patel, Anita Nalini
Fonte: Universidade de Tubinga Publicador: Universidade de Tubinga
Tipo: Dissertação
DE_DE
Relevância na Pesquisa
37.49%
Hintergrund: Die wachsende Bedeutung der Zöliakie führte zur Bildung neuer serologischer Screening-Tests. Methoden: In dieser Dissertation sollte die Zuverlässigkeit des vor kurzem eingeführten anti-IgA-humanen-Transglutaminase-ELISAs in der Zöliakie-Diagnostik belegt werden. Dafür wurden die Ergebnisse des modifizierten hu-tTG-ELISAs mit zwei weiteren Methoden verglichen. Zum einen handelte es sich dabei um einen Immunfluoreszenztest, der IgA-Endomysium-Antikörper (EMA-IFT) an Affen-Oesophagus-Schnitten nachweist, zum anderen um einen Immunpräzipitationstest zum Nachweis von IgA-Antikörpern gegen hu-tTG. Zur besseren Darstellung der Ergebnisse wurden dafür Spezifität, Sensitivität und prädiktiver Wert berechnet. Es wurden insgesamt 157 Patientenseren untersucht: 70 Seren von Patienten mit nachgewiesener Zöliakie (51 CD/N und 19 CD/GFD), 31 Blutspenderseren, 18 Seren von Kontrollen mit und 38 Seren von Kontrollen ohne Biopsie. Ergebnisse: Die Sensitivität des hu-tTG-ELISAs lag bei einem festgelegten Cut-off von 20 AU bei 98%. Die Spezifität erreichte sogar 100%. Bei dem Immunpräzipitationstest wurde der optimale Cut-off ebenfalls auf 20 AU festgelegt. Hier betrug die Sensitivität 96,1% und die Spezifität 100%. Somit konnte der EMA-IFT in der Spezifität (67%) übertroffen werden. Die Sensitivität von 100% des EMA-IFTs konnte von dem hu-tTG-ELISA und auch von dem Immunpräzipitationstest nicht erreicht werden. Die Berechnung der prädiktiven Werte erfolgte unter Berücksichtigung einer Zöliakie-Prävalenz von 73...

Inhibition réversible et photomarquage de la transglutaminase tissulaire

Roy, Isabelle
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
37.49%
La transglutaminase tissulaire est une enzyme dépendante du calcium qui catalyse la formation de liens isopeptidiques, entre les chaînes latérales de résidus glutamine et lysine, permettant, par le fait même, la réticulation des protéines dans les systèmes biologiques. Elle joue un rôle, entre autres, dans l’endocytose, la régulation du développement des cellules, et même dans l’apoptose. Néanmoins, une dérégulation de l’activité biologique de cette enzyme peut entrainer différentes pathologies, comme la formation de cataractes, de plaques amyloïdes dans la maladie d’Alzheimer, ou encore peut mener au développement de la maladie céliaque. C’est pourquoi une meilleure connaissance du mécanisme d’action de cette enzyme et la possibilité de réguler son action à l’aide de substrats ou d’inhibiteurs sont nécessaires. Dans cette optique, une méthode d’expression et de purification de la transglutaminase humaine a été développée, permettant de travailler directement avec la cible pharmacologique désirée. De plus, une étude du mode d’inhibition et de liaison d’une classe d’inhibiteurs réversibles précédemment découverte dans le groupe, soit la famille des trans-cinnamoyles, a permis d’identifier que la puissance de ces molécules est influencée par la présence du calcium et qu’une inhibition dépendante du temps est observée...

Increase of a Calcium Independent Transglutaminase Activity in the Erythrocyte during the Infection with Plasmodium falciparum

Wasserman,Moisés; Márquez,Ana Mercedes; Urquiza,Mauricio; Jiménez,Patricia
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 EN
Relevância na Pesquisa
37.32%
We have studied the activity of a calcium dependent transglutaminase (EC 2.3.2.13) during the growth of the parasite Plasmodium falciparum inside the infected human erythrocyte. There is only one detectable transglutaminase in the two-cell-system, and its origin is erythrocytic. No activity was detected in preparations of the parasite devoid of erythrocyte cytoplasm. The Michaelis Menten constants (Km) of the enzyme for the substrates N'N'dimethylcaseine and putrescine were undistinguishable whether the cell extracts used in their determination were obtained from normal or from infected red cells. The total activity of transglutaminase in stringently synchronized cultures, measured at 0.5mM Ca2+, decreased with the maturation of the parasite. However, a fraction which became irreversibly activated and independent of calcium concentration was detected. The proportion of this fraction grew with maturation; it represented only 20% of the activity in 20 hr-old-trophozoites while in 48-hr-schizonts it was more than 85% of the total activity. The activation of this fraction of transglutaminase did not depend on an increase in the erythrocyte cytoplasmic calcium, since most of the calcium was shown to be located in the parasite.

Utilização de enzima transglutaminase e soro concentrado por nanofiltração na elaboração de queijo petit suisse

Gajo, Adriano Alvarenga
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos; UFLA; brasil; Departamento de Ciência dos Alimentos Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos; UFLA; brasil; Departamento de Ciência dos Alimentos
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 17/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.62%
This study was performed with the general aim of studying the use of concentrate fluid whey and the enzyme transglutaminase in the cheese formulation petit suisse and set technological manufacturing parameters. The specific objectives were: 1) to establish, through the delineation of statistical tool central composite, optimal concentrations of serum concentrate and enzyme transglutaminase (TG) (EC 2.3.2.13), evaluating the performance, texture, syneresis index and sensory acceptance and 2) define the optimal amount of the enzyme transglutaminase in the cheese formulation petit suisse with fixed value of serum concentrated fluid, assessing income, texture profile, syneresis index and sensory acceptance. The skim milk, the cream and the concentrated whey obtained by nanofiltration process were acquired in Dairy Campo Verde Ltda., located in Lavras, MG. The preparation of the cheese was made in dairy pilot plant at the Department of Food Science at the Federal University of Lavras (DCA / UFLA); the cheeses chemical composition , whey concentrate and milk analysis were held at Milk Analysis Laboratory and Milk Products, and the texture analyzes were conducted at the Engineering Laboratory and Microstructure, both also in DCA / UFLA. It can be seen that the ratio skimmed milk / whey concentrate showed a positive linear term...

CROSSLINKING OF MILK PROTEINS BY TRANSGLUTAMINASE: FUNCTIONAL PROPERTIES MODIFICATIONS AND USE IN DAIRY PRODUCTS; POLIMERIZAÇÃO DAS PROTEÍNAS DO LEITE POR TRANSGLUTAMINASE: MODIFICAÇÃO DAS PROPRIEDADES FUNCIONAIS E APLICAÇÃO EM PRODUTOS LÁCTEOS

GAUCHE, CONY; Universidade Federal de Santa Catarina; TOMAZI, THAYS; BORDIGNON-LUIZ, MARILDE TEREZINHA
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.49%
This paper presents a literature review of the main characteristics of a microbial transglutaminase isolated from Streptoverticilium mobaraense, its effects on the functional properties of milk proteins and applications on dairy products. It was demonstrated the principal characteristic of the enzyme and the reactions catalyzed by it, having as outstanding characteristic its behavior in different substrates (caseins and whey proteins) and changes on functional properties of milk proteins after enzymatic reaction. The crosslinking of milk proteins through transglutaminase appears to constitute effective mean to the improvement of physical milk properties of products such as cheeses, milks, ice cream and yogurt.The enzymatic reaction catalyzed by transglutaminase attributes to the formed products unique characteristics and its use has great potential for the food industry. That is because it is considered to be a safe mean of protein modification.; Este trabalho teve como objetivo destacar as principais características da transglutaminase de origem microbiana (Streptoverticilium mobaraense), seu efeito nas propriedades funcionais e proteínas do leite e sua aplicação em produtos lácteos. São apresentadas as características da enzima e as principais reações que catalisa...

Anti-tissue transglutaminase antibodies (IgA and IgG) in both Crohn's disease and autoimmune diabetes

Ribeiro-Cabral,Virgínia Lúcia; da-Silva-Patrício,Francy Reis; Ambrogini-Junior,Orlando; Jankiel-Miszputen,Sender
Fonte: Revista Española de Enfermedades Digestivas Publicador: Revista Española de Enfermedades Digestivas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/09/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
37.49%
Objective: a strong association has been observed between celiac disease, generally its silent clinical form, and autoimmune disorders. A potential correlation with inflammatory bowel disease has also been suggested. Anti-tissue transglutaminase antibodies have been detected in Crohn's disease. We investigated the prevalence of celiac disease in patients with autoimmune diabetes and in Crohn's disease patients and also evaluated the correlation between anti-transglutaminase antibody positivity and the clinical status of these diseases. Methods: anti-tissue transglutaminase and anti-endomysium antibodies were assessed by enzyme-linked immunosorbent assay and indirect immunofluorescence, respectively. Upper digestive endoscopy and duodenal biopsy were indicated for cases with positive serology. Results: anti-transglutaminase antibodies were detected in five diabetic patients (prevalence of 11.1%), only one serum sample was positive for IgG isotypes. Nine of thirty-three patients with Crohn's disease had low positive levels for IgA anti-transglutaminase. Anti-endomysium antibodies were detected only in celiac patients. Celiac disease was confirmed in all diabetic patients submitted to duodenal biopsies who presented both anti-transglutaminase and anti-endomisyum antibodies positivity. In Crohn's disease...