Página 1 dos resultados de 1049 itens digitais encontrados em 0.063 segundos

Evidências comporativas em empresas brasileiras e estrangeiras na transfêrencia de conhecimento no franchising; Comparative evidence about knowledge transfer between brazilian and foreign franchise companies

Morgado, Rogério Stival; Fleury, Afonso Carlos Correa
Fonte: Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM); São Paulo Publicador: Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM); São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.07%
O objetivo deste trabalho consiste em comparar a transferência de conhecimento no franchising em empresas brasileiras e estrangeiras atuantes no Brasil. O franchising tem-se demonstrado um fenômeno importante em vários países, evidenciando considerável crescimento em âmbito global. Ele se caracteriza como um novo tipo de organização empresarial, tornando-se, recentemente, alvo de diversas pesquisas acadêmicas, pois oferece amplo campo de análise. Contudo, nota-se que a temática ainda sofre com limitações quanto a referências bibliográficas e estudos empíricos. Além disso, constata-se a existência de uma lacuna acerca de estudos que focam na realidade de países que não pertencem ao mainstream e de estudos comparados. Para o alcance do objetivo proposto, adotou-se a abordagem qualitativa através da aplicação de entrevistas em profundidade. Os resultados apontam que as empresas brasileiras pertencentes ao setor de franquias orientam sua transferência de conhecimento em processos baseados em conhecimento tácito, utilizando menor número de mecanismos de transferência nesses processos. Já as empresas estrangeiras, por sua vez, apoiam-se em processos formais e mecanismos de suporte ao processo de transferência como reuniões periódicas...

Transferência de conhecimento na cadeia de suprimentos: um estudo em cadeias no Brasil e no Peru.; Knowledge transfer into a supply chain: a study within supply chains from Brazil and Peru.

Villanueva Llapa, Ana Daneida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
106.16%
O estudo da transferência de conhecimento no âmbito interorganizacional, dentro de uma cadeia de suprimentos, centra seu interesse nos fluxos de informação nos ganhos de eficiência. Embora a eficiente transferência de conhecimento seja vista como central para o sucesso da empresa, a maioria dos autores até o momento não especifica, ou testa os processos e mecanismos fundamentais através dos quais a transferência de conhecimento acontece entre as organizações de uma cadeia. Por esse motivo, para entender a transferência de conhecimento dentro da cadeia, definiu-se o seguinte objetivo: identificar as formas de transferência de conhecimento entre empresas participantes em uma cadeia de suprimentos e os fatores que influenciam o processo. Para tanto, foram estudadas empresas pertencentes a uma cadeia de suprimentos do setor têxtil: uma no Peru, a cadeia têxtil da fibra de alpaca e outra no Brasil, uma cadeia de fibras mistas (algodão e sintético). No embasamento teórico os principais temas abordados foram: a) as formas de transferência de conhecimento baseados no agrupamento de Argote et. al. (2000): movimentação de pessoal, treinamento, comunicação...

Uma contribuição para os processos da gerência de projetos através da gerência do conhecimento.; A contribution to the processes of project management through knowledge management.

Tavares, Edval da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
96.05%
As empresas no Brasil têm aumentado seus investimentos em automação nas últimas duas décadas para enfrentar uma forte competição e para reduzir seus custos operacionais, para isto têm oferecido uma completa gama de serviços e produtos com ênfase nos serviços remotos para melhorar as conveniências oferecidas aos clientes. No entanto, a implementação destes produtos e serviços é viável através de projetos estruturados de Tecnologia da Informação. De acordo com as práticas de mercado, as empresas estão focando seus esforços nas competências essenciais e, em função disto, estão usando o processo de Outsourcing ou subcontratação para implementar projetos de Tecnologia da Informação. Todavia estas funções transformam o processo como um todo, tornando-o mais complexo, principalmente quando os projetos possuem componentes de inovação, como um novo produto, um novo processo ou usando novas tecnologias. As novas tecnologias ainda não disseminadas demandam novos conhecimentos e podem ser realizadas através da contratação de fornecedores. Estes processos de localização dos fornecedores, escolha e adequada contratação devem ser tratados pelas competências da Gerência de Projetos e mais propriamente pela área de Aquisição ou "Procurement". Pelo menos parte do novo conhecimento é considerada estratégica e...

Determinantes da transferência reversa de conhecimento tecnológico nas empresas multinacionais brasileiras; Determinants of the of reverse technology knowledge transfer in Brazilian multinational corporations

Silveira, Franciane Freitas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.13%
A transferência de conhecimento internacional é fonte fundamental de vantagem competitiva das empresas multinacionais. Em razão do pressuposto tradicional de que a matriz da multinacional é a principal fonte de conhecimento, a maioria dos estudos tem-se centrado na transferência de conhecimento da matriz para as subsidiárias. Entretanto, a importância estratégica da subsidiária tem crescido nas últimas dédadas, em razão de seus recursos e de suas capacidades que podem contribuir ativamente para a geração de valor e o subsequente ganho de vantagem competitiva para toda a corporação multinacional. Este estudo investiga os fatores determinantes da transferência de conhecimento tecnológico que parte da subsidiária para a matriz (transferência reversa), em empresas multinacionais brasileiras, procurado integrar as contribuições da visão baseada no conhecimento e da teoria das redes. Para testar os pressupostos, foi conduzido um survey eletrônico com 78 subsidiárias, de um universo de 240 subsidiárias no exterior em 63 empresas multinacionais brasileiras. O método para a análise dos dados foi a modelagem de equações estruturais com estimação partial least esquare. Os resultados mostram que, ainda que em média extensão...

Transferência de conhecimento nas franquias brasileiras

Gigliotti, Batista Salgado
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
96.15%
O sistema de franquia tem sido objeto de muitos estudos acadêmicos nos últimos anos pela sua crescente adoção como estratégia de expansão da empresa. Resumidamente, franquia é o sistema pelo qual a franqueadora cede ao franqueado a licença de uso de sua marca e concede o direito ao franqueado de acessar seu conhecimento no negócio. A transferência de conhecimento nesse processo é desejada e cultivada pelos agentes como mecanismo para alcançar o sucesso da parceria. O presente estudo exploratório de caso buscou analisar de que forma essa transferência ocorre nas marcas brasileiras, identificando os principais desafios enfrentados pelo franqueador e pelo franqueado nessa ação. Além disso, o trabalho procurou mostrar as habilidades principais que os agentes devem possuir para a efetiva sedimentação do aprendizado. As teorias de apoio à análise foram a RBV-Resource Based View, Capacidades Dinâmicas, Teoria da Agência, além de estudos sobre Gestão do Conhecimento e de Franquias. A pesquisa foi feita através de entrevistas com executivos e franqueados de três empresas franqueadoras brasileiras dos segmentos de escola de idiomas, de acessórios femininos e de produtos naturais. Como principais resultados, podem ser apontados: (a) os motivadores para a entrada no sistema são a expansão de qualidade...

Análise da transferência de conhecimento : um estudo multicaso em redes brasileiras de franquias de alimentação

Arruda, Lucas Vilas Boas
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.08%
Redes de franquia adotam uma estratégia com intensiva transferência de conhecimento, em especial na abertura de uma nova unidade, quando o franqueador transfere um grande volume de conhecimento para o franqueado. Esse tipo de estratégia (chamada Replicação) aborda a criação e operação de um grande número de unidades similares que fazem um mesmo produto ou serviço, sendo um processo de exploração de diversas alternativas para um modelo de negócio replicável, para que depois sejam utilizadas em larga escala na fase de explotação. A sutileza desse modelo está na identificação das capacidades que devem ser replicadas e na capacidade da empresa em codificá-las e transmiti-las para suas novas unidades (WINTER; SZULANSKI, 2000; NONAKA; TAKEUCHI, 1997; KOGUT; ZANDER, 1992; MARCH, 1991). O objetivo deste trabalho é analisar o processo de abertura de uma nova unidade em uma rede de franquia e detalhar como ocorre a transferência de conhecimento do franqueador para o franqueado, sob a perspectiva do franqueador. A escolha do segmento de franquias deve-se tanto pela importância da transferência do conhecimento nas atividades das redes (especialmente na relação com um novo franqueado) quanto por sua relevância na economia brasileira. Neste trabalho foram analisados quatro casos de redes de franquia brasileiras de alimentação...

Fatores relevantes de sucesso à transferência do conhecimento tácito: evidências empírico-exploratórias em uma empresa petrolífera brasileira

Lemos, Bernardo Noronha
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.14%
O conhecimento tem sido estudado há bastante tempo dentro da administração. Entretanto, a partir da década de 1990, com as mudanças nos fundamentos das economias industriais dos recursos naturais para os ativos intelectuais, as empresas passaram a preocupar-se com o conhecimento existente em suas organizações e seu gerenciamento. Um dos aspectos mais relevantes para o gerenciamento do conhecimento é a sua transferência. O conhecimento tácito, por não poder ser estruturado e codificado, é difícil de ser transferido pela organização. O gerenciamento de ativos intangíveis como o conhecimento tácito é percebido como importante capacitação para a competição e como fonte de vantagem competitiva sustentável. O objetivo desse trabalho é identificar, através de um estudo de caso, se os fatores relevantes à transferência do conhecimento tácito estão presentes em uma grande empresa petrolífera brasileira. A presente pesquisa analisa parte relevante da bibliografia acerca da transferência do conhecimento tácito em organizações e coleta evidências para propor um modelo heurístico que possa explicar como ocorre essa transferência de conhecimento tácito, baseado em fatores idiossincráticos e nos fatores organizacionais cultura organizacional...

Transferência de conhecimento organizacional entre países : um estudo de caso acerca dos dificultadores desse processo com ênfase na atuação de Recursos Humanos Internacional

Henriques, André Coelho Vaz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.07%
A presente pesquisa analisa os dificultadores na transferência de conhecimento organizacional entre países com ênfase na atuação de Recursos Humanos Internacional, tendo como base uma multinacional sediada no Brasil. Para atender a esse propósito, o trabalho fundamenta sua teoria em três pilares: 1) os processos de globalização e de internacionalização, 2) a gestão do conhecimento organizacional e 3) o papel de Recursos Humanos Internacional, partindo de uma perspectiva macro até se desmembrar a aspectos operacionais. O método adotado é um estudo de caso, de cunho qualitativo e de natureza exploratório- descritiva. É realizada uma triangulação de dados para o desenvolvimento desta pesquisa, baseada em oito entrevistas semi-estruturadas e em dados internos e externos da empresa. Como resultado, este trabalho evidencia que a corporação multinacional foco deste estudo, apesar de apresentar bons desempenhos, possui aspectos a aperfeiçoar no que tange à gestão do conhecimento, ainda que tenha uma estrutura robusta para sustentar esse processo. Alguns dificultadores na transferência do conhecimento organizacional entre países são identificados, incluindo a dificuldade devido à grande quantidade de informações a ser gerenciada...

Modelo facilitador de transferência de tecnologia universidade empresa

Farias, Luciano Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 163 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
96.06%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Florianópolis, 2009; A Transferência de tecnologia é uma área de conhecimento que se preocupa em levar o conhecimento científico para a sociedade na forma de produtos, processos e serviços tecnológicos. Possui um papel muito importante na promoção da inovação tecnológica e do desenvolvimento das comunidades e regiões, através da geração de empregos qualificados e rendas. Na prática, os principais agentes envolvidos nos processos de transferência de conhecimento são os pesquisadores instituições de pesquisas e as empresas. Esta dissertação verificou as possibilidades de transferência de tecnologia da universidade para as empresas, e tem como objetivo, propor um modelo que incorpore informações de mercado e econômicas aos conhecimentos oriundos das pesquisas desenvolvidas através da iniciativa da própria universidade, ou seja, pesquisas não encomendadas, e assim, proporcionar possibilidades de parcerias e transferência destas pesquisas. O modelo foi estruturado de forma que possa considerar informações técnicas precisas e dados concretos de mercado e econômicos em uma seqüência lógica de três macros fases...

Processo de transferência de conhecimento na interação universidade-empresa : programas de incubação do Distrito Federal

Silva, Cristiane Vieira da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
116.11%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação, 2010.; A pesquisa teve como objetivo principal analisar e descrever os aspectos que facilitam e potencializam a capacitação tecnológica das empresas que participam dos programas de incubação no DF - concebe-se a capacitação como variável dependente no processo de transferência de conhecimento estabelecido via interação universidade-empresa. Buscou-se, identificar os principais mecanismos utilizados para a transferência de conhecimento, as principais barreiras e como as organizações ultrapassam essas dificuldades. Além disso, tentou-se identificar eventuais divergências culturais entre os dois principais atores do processo – universidade e empresas incubadas. Com o propósito de aprofundar a compreensão do tema abordado utilizou-se o método de estudo de caso. Os casos escolhidos para análise são dois programas de incubadoras de empresas mantidos por universidades do DF, uma da rede pública de ensino e a outra da rede privada. A coleta de dados se deu a partir de entrevistas com roteiros semi-estruturados. Os resultados apontam que os principais mecanismos de interação universidade-empresa utilizados por esses programas são: a) a contratação de professores (paga ou gratuita) como consultores eventuais; b) a contratação de alunos da universidade como estagiários e c) as parcerias com outras instituições. Foi verificado que o processo de transferência de conhecimento e interação entre U-E ainda esbarra...

Transferência de conhecimento e competitividade em destinos turísticos : uma análise comparativa

Thomazine, Jaqueline da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
106.04%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2012.; Busca-se analisar a transferência de conhecimento entre empresas aglomeradas territorialmente como fator competitivo no destino turístico de Pirenópolis/GO. Pela Resource-Based View, as organizações competem através do acesso e controle de recursos (BARNEY, 1991). Assim, considera-se que a proximidade espacial e a existência de relações entre as empresas propiciam um contexto favorável à transferência e compartilhamento de recursos. Nesse âmbito, o conhecimento apresenta-se como um recurso estratégico, colocando o fenômeno de sua transferência no foco desta pesquisa. A pesquisa é exploratória e descritiva e a metodologia é quantitativa. Foi aplicado um questionário com sessenta e seis atores representativos dos setores do turismo: público, privado e entidades. Os resultados encontrados para o destino de Pirenópolis/GO são analisados comparativamente aos de Urubici/SC (STACKE, 2008), a partir de análise estatística univariada e multivariada. Conclui-se que há semelhança entre os resultados das cidades e aspectos que evidenciam uma ligação entre a aglomeração e o incremento de competitividade local. As entidades e poder público mostraram-se mais otimistas que o setor privado com os fatores: relacionamentos...

Análise sociométrica de uma rede de transferência de conhecimento; Sociometric analysis of a network of knowledge transfer

Farias, Josivania Silva; Farias, Michelle Nascimento de; Guimarães, Tomás de Aquino
Fonte: Universidade FUMEC Publicador: Universidade FUMEC
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106%
O artigo discute o papel de uma rede social no tráfego de informações e na transferência de conhecimento intra-organizacional, a partir da abordagem da Análise de Redes Sociais (ARS). Esta abordagem foi escolhida devido à sua contribuição às investigações de estruturas sociais – ambiente onde existe troca de conhecimento. A pesquisa é um estudo de caso descritivo, quantitativo e qualitativo e a coleta de dados foi realizada em 2007, envolvendo 18 funcionários de uma unidade organizacional de um banco público federal. A análise dos dados foi feita com o apoio dos softwares UCINET 6.0 for Windows e o NetDraw 2.1. Os principais resultados mostraram um tipo especial de rede estratégica com grupos integrados, geridos por um ator central que mantém a rede unida. A estrutura da rede está associada com as atividades desempenhadas pelos envolvidos na rede. Foi possível concluir que a rede estudada impulsiona processos de transferência de conhecimento organizacional. _____________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The article aimed to discuss the role of a social network on information flow and intraorganizational knowledge transfer, supported by the Social Network Analysis approach. This approach was chosen due to its contribution to social structures investigation – environment where there exists knowledge exchange. The research is a descriptive case study...

Transferência de conhecimento em empresas multinacionais: estudo de caso na indústria de papel

Cunha,Antonio José Morais; Ferreira,Marta Araújo Tavares
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
106.11%
A pesquisa, aqui relatada, teve por objetivo avaliar o processo de transferência de conhecimento, envolvendo a subsidiária brasileira, a matriz americana e a subsidiária francesa de uma organização multinacional do setor de papel, buscando identificar os elementos de sucesso e o modelo de transferência adotado. Como base para a pesquisa, foram utilizados principalmente os modelos de transferência de conhecimento desenvolvidos por Duguid e Brown (2001), Nonaka e Konno (1998), Dixon (2000) e Fleury; Oliveira Junior; Child (2001). A pesquisa teve caráter qualitativo e foi realizado um estudo de caso único, valendo-se de entrevistas semiestruturadas, análise de documentos e observação para a coleta de informações. A pesquisa apontou, como fatores de sucesso da transferência, a adequada seleção dos coordenadores e dos participantes das equipes envolvidas, o apoio da organização, o estabelecimento de um programa de viagens, visitas, reuniões e atividades de socialização, que motivaram os participantes e apoiaram o desenvolvimento de relações de confiança entre as equipes, facilitando o compartilhamento de conhecimento. Como principais barreiras à transferência, foram apontadas a resistência à mudança por parte de alguns membros da equipe da unidade brasileira...

Incubadora de empresas: análise do processo de transferência de conhecimento na interação Universidade - Empresa na região Centro-Oeste

Silva, Cristiane Vieira da
Fonte: Universidade Federal de Goias; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Biblioteconomia (RG) Publicador: Universidade Federal de Goias; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Biblioteconomia (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
116.04%
O atual contexto econômico mundial exige das empresas uma capacidade intensa para a inovação. Para enfrentar os desafios neste aspecto, o governo juntamente com as universidade e as empresas se organizam em um novo arranjo social. O programa de incubadoras de empresas é um dos mecanismos que viabilizam a transferência do conhecimento entre a universidade e o setor produtivo. A presente proposta de trabalho tem como objetivo principal analisar os aspectos que facilitam e potencializam a capacitação tecnológica das empresas incubadas no Programa de Incubação da Universidade de Brasília - concebe-se a capacitação como variável dependente do processo de transferência de conhecimento estabelecido via colaborações U-E. Interessa-nos, também, identificar as percepções das partes envolvidas a respeito da efetividade das colaborações estabelecidas, analisando o que dificulta a transferência, as diversas formas de efetuar a transferência e como a organização ultrapassa as dificuldades que enfrenta nessa transferência, visando identificar eventuais divergências culturais entre os dois principais atores do processo. Este problema se justifica pela escassa bibliografia relacionada ao tema; pelos poucos estudos realizados com incubadoras do Centro-Oeste e pela importância já destacada das parcerias U-E como fontes geradoras de inovação para PMES.

Transferência de conhecimento proveniente de prestadores de serviços e entidades de apoio: um estudo em empresas do Projeto APL (Arranjo Produtivo Local) do setor metal-mecânico da região do Grande ABC

SANTOS, Robson dos
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Tese ou dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.02%
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Administração - Mestrado da Universidade Municipal de São Caetano do Sul.; Este estudo procurou identificar quais fontes as empresas do setor metal-mecânico do Grande ABC participantes do Projeto APL (Arranjo Produtivo Local) utilizam para obtenção de conhecimento e qual a importância do projeto APL neste processo. Para identificação, partiu-se da análise de um conjunto de tecnologias utilizadas, e quais são pretendidas pelas empresas, considerando-se que a sua implantação pode estar associada à transferência de conhecimento. A definição das tecnologias consideradas neste trabalho baseou-se predominantemente naquelas definidas na pesquisa realizada pela Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC. Com base nos resultados daquela pesquisa, gestores da agência consideraram que as principais fontes de conhecimento das empresas do setor metal-mecânico são fornecedores e prestadores de serviços. Foi realizada pesquisa de natureza qualitativa com oito empresas do setor metal-mecânico do ABC participantes do projeto APL. Investigou-se a utilização de tecnologias como softwares, certificações de qualidade e técnicas produtivas, bem como a satisfação pelo conhecimento adquirido com a adoção desta tecnologia. Acredita-se que os objetivos da pesquisa foram atendidos e algumas observações importantes devem ser destacadas: a) quanto à disseminação interna do conhecimento durante a implantação de softwares...

Transferência de conhecimento em sistemas regionais de inovação: a perspectiva do caso do Vale do Silício Californiano; Knowledge transference in regional innovation systems: the perspective of the Californian Silicon Valley case; Transmission de connaissances en systèmes régionales d'innovation: la perspective du cas du Vallée du Silicium; Cambio del conocimiento en sistemas regionales de innovación: la perspectiva del caso del Valle del Silicio

GANZERT, Christian Carvalho; MARTINELLI, Dante Pinheiro
Fonte: Universidade Católica Dom Bosco Publicador: Universidade Católica Dom Bosco
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
105.98%
Há uma relação intrínseca de interdependência entre inovação, transferência de conhecimento e empreendedorismo no interior dos Sistemas Regionais de Inovação. Este artigo discute as conexões estabelecidas em prol da transferência de conhecimento tácito e explícito entre Sistemas Regionais de Inovação, utilizando como modelo de referência o caso do Vale do Silício. As conexões internas e externas dos Sistemas Regionais de Inovação são fundamentais para a manutenção da competitividade de um dado setor em uma região.; Innovation, knowledge exchange and entrepreneurship are interdependent elements of the Regional Innovation Systems. This paper relates the established connections for the tacit and explicit knowledge transfer between Regional Innovation Systems, through the model of the Silicon Valley case. The internal and external connections of the Regional Innovation Systems are fundamental for the maintenance of the competitiveness of a cluster.; Il y a une interdépendance entre l'innovation, transmission de connaissances et l'entrepreneuriat au coeur des Systèmes Régionaux d'Innovation. Cet article, il s'agit d'analyser les liaisons en faveur de la transmission des connaissences tacites et explicites, entre les Systèmes Regionaux d'Innovation...

Extensão e transferência de conhecimento : as incubadoras tecnológicas de Cooperativas Populares; Extension and knowledge transfer : the technological incubators of Popular Cooperatives

Lais SIlveira Fraga
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
96.11%
A ideia de transferência de conhecimento sempre esteve presente na relação entre universidade e sociedade. Ela está na origem do termo extensão e segue presente em toda a sua trajetória histórica. A partir dessa constatação, esta tese tem como objetivo central compreender as origens e as conseqüências da ideia de transferência de conhecimentos na atuação das ITCPs, compreendidas na trajetória histórica da extensão do país. Reconhecidamente, a primeira ITCP surge derivada da ideia das incubadoras de empresas, mas, em cada local, elas se conformam a partir da reorganização da extensão incentivada pelo processo de redemocratização que havia passado o país, da mobilização da universidade diante do desemprego e, por fim, do aumento do financiamento no governo Lula. Esses fatores levam parte da extensão a um novo caminho que tem como centro a geração de trabalho e renda e a utopia da autogestão. Com intuito de compreender a ideia de transferência de conhecimento, dois referenciais teórico-metodológicos foram utilizados de maneira complementar: a Educação e os Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia (ESCT). No campo da educação, foram abordadas as contribuições de educadores que partem de uma reflexão teórica sobre a relação entre universidade...

Inovação e geração de conhecimento nas redes de cooperação: desafios para a regulação na área de segurança nuclear no Brasil

Staude, Fabio
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Insitituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; Brasil; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Insitituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; Brasil; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
105.89%
The importance of inter-organisational cooperation within the innovation process has been increasingly recognized. In fact, all organisations, at some point, need to look to external sources for inputs to the process of building up technological competence. In this sense, through a detailed case study, this thesis examine theoretical and empirically how collaborative initiatives have supported the Brazilian nuclear regulatory body in the development and implementation of innovations, in order to verify the positive relationship between the collaboration and the organisational innovation performance. Emphasizing the importance of both internal sources of knowledge and external participation, the study encompasses documentary analysis, a preliminary survey and semi-structured interviews with the regulatory body employers in charge of controlling medical and research facilities and activities involving radiation sources. The thesis demonstrates that innovations developed and implemented in the Brazilian nuclear safety and security area are associated with collaborative initiatives, in order to improve the organizational capability to fulfill safety obligations, providing some important implications for regulatory body managers concerned with the management of innovation. The findings also identified actors with a significant degree of influence in the innovation process. The result reveals that the support provided by these actors has a significant influence on the innovation performance of the Brazilian nuclear regulatory body...

MECHANISMS OF KNOWLEDGE TRANSFER IN MULTINATIONAL CORPORATIONS: A COMPARISON BETWEEN TRADITIONAL AND EMERGING MULTINATIONALS DOI:10.5773/rai.v8i2.563; MECANISMOS DE TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTO: UMA COMPARAÇÃO ENTRE MULTINACIONAIS TRADICIONAIS E EMERGENTES DOI: 10.5773/rai.v8i2.563

Rocha, Thelma Valéria; Borini, Felipe Mendes
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2011 POR
Relevância na Pesquisa
106.05%
Este artigo discute o processo de transferência de conhecimento da matriz para as subsidiárias praticado por multinacionais tradicionais (países da tríade composta por Europa, Estados Unidos e Japão) e emergentes (país de origem Brasil). O objetivo é comparar os mecanismos de transferência de conhecimento praticados por esses dois grupos. O método de pesquisa é quantitativo, por meio de duas survey, uma com 101 multinacionais tradicionais instaladas no Brasil, e outra com 65 subsidiárias de multinacionais brasileiras. Os resultados mostram que o mecanismo de maior destaque, utilizado por multinacionais tradicionais, para transferir o conhecimento da matriz para as subsidiárias são as best practices (melhores práticas), enquanto para as multinacionais emergentes são os expatriados. Como contribuição, este estudo preenche uma lacuna relacionada com estudos acerca da transferência de conhecimento em multinacionais emergentes.; This article discusses the processes of knowledge transfer from headquarters to subsidiaries practiced by traditional multinationals (triad countries composed of Europe, the USA and Japan) and emerging corporations (country of origin Brazil). The objective is to compare the mechanisms for transferring knowledge in these two groups. The research method is quantitative...

Processo de transferência de conhecimento na interação universidade-empresa: programas de incubação do Distrito Federal

Silva, Cristiane Vieira da; Universidade de Brasília - UnB
Fonte: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação Publicador: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 03/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
116.11%
A pesquisa teve como objetivo principal analisar e descrever os aspectos que facilitam e potencializam a capacitação tecnológica das empresas que participam dos programas de incubação no DF - concebe-se a capacitação como variável dependente no processo de transferência de conhecimento estabelecido via interação universidade-empresa. Buscou-se, identificar os principais mecanismos utilizados para a transferência de conhecimento, as principais barreiras e como as organizações ultrapassam essas dificuldades. Além disso, tentou-se identificar eventuais divergências culturais entre os dois principais atores do processo – universidade e empresas incubadas. Com o propósito de aprofundar a compreensão do tema abordado utilizou-se o método de estudo de caso. Os casos escolhidos para análise são dois programas de incubadoras de empresas mantidos por universidades do DF, uma da rede pública de ensino e a outra da rede privada. A coleta de dados se deu a partir de entrevistas com roteiros semiestruturados. Os resultados apontam que os principais mecanismos de interação universidade-empresa utilizados por esses programas são: a) a contratação de professores (paga ou gratuita) como consultores eventuais; b) a contratação de alunos da universidade como estagiários e c) as parcerias com outras instituições. Foi verificado que o processo de transferência de conhecimento e interação entre U-E ainda esbarra...