Página 1 dos resultados de 1336 itens digitais encontrados em 0.125 segundos

Formação do psicólogo: perspectivas de alunos de um curso de graduação; Graduation in Psychology: prospects of students of a university

Pires, Louise Helena Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
45.84%
A profissão e formação do psicólogo vêm sendo discutidas na literatura, assim como o papel do profissional de Psicologia junto à sociedade brasileira, principalmente, a partir de 1975, publicação do estudo pioneiro de Sylvia Leser de Mello. Naquela época, demonstrava-se a preocupação existente em torno das áreas de aplicação da Psicologia e suas funções sociais, mostrando a escassa participação de profissionais fora da clínica. Também se apontava a inadequação do Ensino Superior, que tinha um caráter excessivamente teórico. A crítica ao papel da instituição universitária na formação continua presente em vários estudos mais atuais relativos a este tema. Atualmente, os estudos abordam desde necessidades sociais e o significado social da atuação do psicólogo, até discussões sobre as relações entre concepções ou imagens do psicólogo com o currículo de formação e o efeito sobre a atuação. Alguns autores questionam as formas cristalizadas de saber, que excluem o aluno do processo de construção do conhecimento e impedem a politização do que foi aprendido. Os objetivos deste trabalho consistem em identificar as concepções e relatos de experiências vividas de alunos de Psicologia a respeito de seu curso e sua formação...

No meio do caminho tinha uma pedra: reducionismos psicológicos na produção de conhecimento científico sobre formação de professores; There was a stone in the middle of the path: psychological reductionism in scientific knowledge production about teacher training

Lara, Aline Frollini Lunardelli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
45.91%
O ensino de Psicologia a futuros professores parece ser elemento incontestável entre acadêmicos, docentes e planejadores dos currículos oficiais. Pouco se discute sobre esse caráter de essencialidade que a disciplina ocupa na formação docente. Considerando sua notável participação no processo de preparação para a docência, faz-se necessário analisar como se insere na formação de professores e, mais especificamente, na produção de conhecimento científico sobre a formação docente, levando em conta seu tradicional uso para alcançar o ensino eficaz e para promover bons resultados educacionais. Fundamentando-se na Teoria Crítica da Sociedade, principalmente na obra de T. W. Adorno, este estudo teve como objetivos: compreender como se expressa o vínculo entre os problemas pedagógicos e a Psicologia na produção de conhecimento científico sobre formação de professores e avaliar quais elementos dos resultados das pesquisas selecionadas, em sua relação com a Psicologia, podem contribuir para o desenvolvimento de experiências formativas presentes em processos de formação opondo-se à pseudoformação. Analisou-se a produção científica de um Programa de Pós-Graduação em Educação. 17 teses de doutorado foram escolhidas por apresentarem simultaneamente como temáticas: formação de professores e Psicologia. Ainda que as teses não tenham sido desenvolvidas...

Referenciais teórico-críticos em psicologia escolar: uma análise a partir da Teoria Crítica da Sociedade; Theoretical and critical frameworks in school psychology: an analysis based on the Critical Theory of Society

Brasil, Ricardo Taveiros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
55.82%
Este trabalho tem por objetivo verificar como se apresenta e se discute a temática dos referenciais teórico-críticos em psicologia escolar no conjunto da produção acadêmica que reúne as pesquisas defendidas em programas de pós-graduação stricto-sensu (psicologia/educação) de universidades das regiões sul e sudeste do Brasil, entre os anos de 1984 e 2013. Para tanto, foram consultadas as bibliotecas virtuais da Universidade de São Paulo (USP) e da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Obteve-se acesso ao número de 1.109 resumos, cuja leitura permitiu que se chegasse a 27 estudos (dissertações de mestrado, teses de doutorado e uma tese de livre-docência) que, por sua vez, trouxeram elementos em relação aos quais foi possível empreender uma análise orientada pelo referencial da Teoria Crítica da Sociedade (sobretudo pelas elaborações teóricas de Theodor W. Adorno, Max Horkheimer e Herbert Marcuse). A partir da leitura desses 27 resumos, foram criadas seis categorias que balizaram o trabalho de análise dos dados. São elas: Movimento contraditório da razão na ciência / Concepção de ideologia que se apresenta / Papel exercido pela tecnologia na educação / A pseudoformação e a inibição do pensamento / Concepções acerca das relações teoria-práxis / Tensões nas relações indivíduo-sociedade. Os dados numéricos a respeito de referenciais teóricos adotados nos trabalhos selecionados conduzem aos seguintes indicadores: maior quantidade de estudos orientados por referenciais teóricos da Psicologia Histórico-Cultural e da Psicologia Institucional. Quanto ao delineamento metodológico dessas pesquisas...

Políticas públicas e formação em psicologia : a formação como experiência e prática de si

Silva, Paula Marques da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.86%
Este estudo se insere no contexto das políticas públicas e discute as práticas de formação na Psicologia, considerando as interfaces entre a saúde, formação e prática profissional. Nessa trajetória tomamos como eixo principal a experiência de estudantes do curso de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) vinculados, através dos estágios de Psicologia Social e do Trabalho, ao programa Pró-Saúde (Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde). Nessa articulação entre a universidade e o SUS enfatizamos os efeitos que a experiência de vinculação ao programa Pró-Saúde produz na formação profissional desses estudantes. O campo de problematizações deste estudo fundamenta-se na perspectiva teórica de Michel Foucault. Seguindo a elaboração teórica foucaultiana, tomamos a formação como experiência e prática de si, entendendo a experiência como campo de luta em que se articulam determinados campos do saber, tipos de normalidade e formas de subjetivação. A proposta metodológica deste estudo está orientada pela perspectiva da pesquisa-intervenção, ancorada nos pressupostos da Análise Institucional, tendo como principal estratégia a fotografia. Essa proposta tem sido nomeada de intervenção fotográfica e é composta pelo acompanhamento do grupo...

Anotações históricas e conceituais sobre o programa de pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Historical and conceptual notes about the graduate program in psychology from the Federal University of Rio Grande do Sul

Gomes, William Barbosa; Hutz, Claudio Simon
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.87%
Instituições de Ensino Superior foram concebidas no Brasil no século XIX como centros de formação profissional, oferecendo cursos de graduação com pouca atenção à pesquisa. A formação em pesquisa começa a se desenvolver com a fundação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação (CAPES) em 1951 e, especialmente, após sua reestruturação em 1964. Os programas de pós-graduação em psicologia implantados entre 1965 e 1980 enfrentaram dificuldades de inserção em suas instituições e de assumir um perfil coerente com a formação de pesquisadores e de docentes para o ensino superior. Mesmo assim contribuíram para na formação de doutores e para o desenvolvimento da pesquisa no Brasil. As características atuais foram se delineando na década de 1980, sendo incorporadas pelos novos programas, dentre eles, o Programa de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Este artigo reúne anotações sobre as condições fundadoras e os fundamentos que estão associadas à trajetória bem sucedida do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFRGS, descrevendo a história de sua implantação, seus fundamentos, seus princípios básicos e sua forma de funcionamento.; Brazilian Institutions of Higher Education were conceived in Brazil in the 19th century as centers of professional training which offered undergraduate programs giving little attention to research. A systematic research training started in 1951 with the creation of CAPES...

As políticas educacionais e a formação do profissional da psicologia: suas implicações para a atuação profissional

Silva, José Carlos Barboza da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 424 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
45.92%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação Escolar - FCLAR; O objeto de estudo dessa Pesquisa são os fundamentos das políticas de formação para a Psicologia e o tipo de formação que é ofertada, além de suas implicações para a atuação desse profissional. O objetivo é avaliar a proposta de política educacional no país para os cursos de psicologia em vigor desde 2004, verificando em que condição foi produzida, inclusive como se deu a participação e elaboração de tal documento e entender quais são os subsídios teóricos e práticos encontrados pelos egressos de Psicologia durante sua formação e se estes fundamentos estão em condição de adequarem-se à realidade profissional encontrada, bem como avaliar se sua formação acadêmica é responsável pelo distanciamento de tais aspectos de sua formação e de sua atuação profissional, a partir dos documentos legais balizadores para essa área de formação que ajudaram a nortear esse estudo. Para se chegar a tal compreensão do modelo dado foram utilizadas entrevistas, questionários e análise de documentos relativos ao tema investigado. Tratase de uma investigação de natureza qualitativa que se utiliza também de características de fonte documental. Assim...

Treinamento em saude mental para conselheiros espirituais; Training in mental health to spiritual counselors

Maria Candida Becker
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
55.81%
Nossa intenção foi capacitar clérigos e leigos que trabalham com Aconselhamento Espiritual, em Saúde Mental e Técnicas Psicoterápicas. Nosso objetivo foi: planejar, realizar, analisar o resultado do Treinamento em Saúde Mental para Conselheiros Espirituais, e pesquisar a vivência no Aconselhamento dos participantes antes e depois do Treinamento. O modelo da Pesquisa-Ação foi a base da metodologia utilizada para o Treinamento, as entrevistas semi-estruturadas foram analisadas pelo método fenomenológico e interpretadas através do referencial da Psicologia Analítica e abordagens Bíblico-Teológicas. Tivemos seis alunos, três pastores e três conselheiros leigos; quatro são Batistas e dois Presbiterianos. A experiência em Aconselhamento Espiritual variou entre seis e vinte e um anos. Os resultados indicam que é possível para os Conselheiros Espirituais reunir os recursos da tradição do Aconselhamento, as elucidações aprendidas da Psicologia e as noções de Psicopatologia para um trabalho mais eficaz em Aconselhamento Espiritual; Our intention was to train clergy and laymen who work with Spiritual Counseling, in Mental Health and Psychological Techniques. Our objectives were: to plan, accomplish, analyze the results of Training in Mental Health to Spiritual Counselors...

Functional and structural brain modifications induced by oculomotor training in patients with age-related macular degeneration

Rosengarth, Katharina; Keck, Ingo; Brandl-Rühle, Sabine; Frolo, Jozef; Hufendiek, Karsten; Greenlee, Mark W.; Plank, Tina
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 17/07/2013 EN
Relevância na Pesquisa
55.71%
Patients with age-related macular degeneration (AMD) are reliant on their peripheral visual field. Oculomotor training can help them to find the best area on intact peripheral retina and to efficiently stabilize eccentric fixation. In this study, nine patients with AMD were trained over a period of 6 months using oculomotor training protocols to improve fixation stability. They were followed over an additional period of 6 months, where they completed an auditory memory training as a sham training. In this cross-over design five patients started with the sham training and four with the oculomotor training. Seven healthy age-matched subjects, who did not take part in any training procedure, served as controls. During the 6 months of training the AMD subjects and the control group took part in three functional and structural magnetic resonance imaging (MRI) sessions to assess training-related changes in the brain function and structure. The sham-training phase was accompanied by two more fMRI measurements, resulting in five MRI sessions at intervals of 3 months for all participants. Despite substantial variability in the training effects, on average, AMD patients benefited from the training measurements as indexed by significant improvements in their fixation stability...

Suicide Risk Assessment Training for Psychology Doctoral Programs: Core Competencies and a Framework for Training

Cramer, Robert J.; Johnson, Shara M.; McLaughlin, Jennifer; Rausch, Emilie M.; Conroy, Mary Alice
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/02/2013 EN
Relevância na Pesquisa
45.82%
Clinical and counseling psychology programs currently lack adequate evidence-based competency goals and training in suicide risk assessment. To begin to address this problem, this article proposes core competencies and an integrated training framework that can form the basis for training and research in this area. First, we evaluate the extent to which current training is effective in preparing trainees for suicide risk assessment. Within this discussion, sample and methodological issues are reviewed. Second, as an extension of these methodological training issues, we integrate empirically- and expert-derived suicide risk assessment competencies from several sources with the goal of streamlining core competencies for training purposes. Finally, a framework for suicide risk assessment training is outlined. The approach employs Objective Structured Clinical Examination (OSCE) methodology, an approach commonly utilized in medical competency training. The training modality also proposes the Suicide Competency Assessment Form (SCAF), a training tool evaluating self- and observer-ratings of trainee core competencies. The training framework and SCAF are ripe for empirical evaluation and potential training implementation.

A brief measure of attitudes toward mixed methods research in psychology

Roberts, Lynne D.; Povee, Kate
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 12/11/2014 EN
Relevância na Pesquisa
55.74%
The adoption of mixed methods research in psychology has trailed behind other social science disciplines. Teaching psychology students, academics, and practitioners about mixed methodologies may increase the use of mixed methods within the discipline. However, tailoring and evaluating education and training in mixed methodologies requires an understanding of, and way of measuring, attitudes toward mixed methods research in psychology. To date, no such measure exists. In this article we present the development and initial validation of a new measure: Attitudes toward Mixed Methods Research in Psychology. A pool of 42 items developed from previous qualitative research on attitudes toward mixed methods research along with validation measures was administered via an online survey to a convenience sample of 274 psychology students, academics and psychologists. Principal axis factoring with varimax rotation on a subset of the sample produced a four-factor, 12-item solution. Confirmatory factor analysis on a separate subset of the sample indicated that a higher order four factor model provided the best fit to the data. The four factors; ‘Limited Exposure,’ ‘(in)Compatibility,’ ‘Validity,’ and ‘Tokenistic Qualitative Component’; each have acceptable internal reliability. Known groups validity analyses based on preferred research orientation and self-rated mixed methods research skills...

Dissociable effects of game elements on motivation and cognition in a task-switching training in middle childhood

Dörrenbächer, Sandra; Müller, Philipp M.; Tröger, Johannes; Kray, Jutta
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 13/11/2014 EN
Relevância na Pesquisa
55.7%
Although motivational reinforcers are often used to enhance the attractiveness of trainings of cognitive control in children, little is known about how such motivational manipulations of the setting contribute to separate gains in motivation and cognitive-control performance. Here we provide a framework for systematically investigating the impact of a motivational video-game setting on the training motivation, the task performance, and the transfer success in a task-switching training in middle-aged children (8–11 years of age). We manipulated both the type of training (low-demanding/single-task training vs. high-demanding/task-switching training) as well as the motivational setting (low-motivational/without video-game elements vs. high-motivational/with video-game elements) separately from another. The results indicated that the addition of game elements to a training setting enhanced the intrinsic interest in task practice, independently of the cognitive demands placed by the training type. In the task-switching group, the high-motivational training setting led to an additional enhancement of task and switching performance during the training phase right from the outset. These motivation-induced benefits projected onto the switching performance in a switching situation different from the trained one (near-transfer measurement). However...

Failure of Working Memory Training to Enhance Cognition or Intelligence

Thompson, Todd W.; Waskom, Michael L.; Garel, Keri-Lee Alyson; Cardenas-Iniguez, Carlos; Reynolds, Gretchen O.; Winter, Rebecca; Chang, Patricia; Pollard, Kiersten; Lala, Nupur; Alvarez, George Angelo; Gabrieli, John D.E.
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
45.88%
Fluid intelligence is important for successful functioning in the modern world, but much evidence suggests that fluid intelligence is largely immutable after childhood. Recently, however, researchers have reported gains in fluid intelligence after multiple sessions of adaptive working memory training in adults. The current study attempted to replicate and expand those results by administering a broad assessment of cognitive abilities and personality traits to young adults who underwent 20 sessions of an adaptive dual n-back working memory training program and comparing their post-training performance on those tests to a matched set of young adults who underwent 20 sessions of an adaptive attentional tracking program. Pre- and post-training measurements of fluid intelligence, standardized intelligence tests, speed of processing, reading skills, and other tests of working memory were assessed. Both training groups exhibited substantial and specific improvements on the trained tasks that persisted for at least 6 months post-training, but no transfer of improvement was observed to any of the non-trained measurements when compared to a third untrained group serving as a passive control. These findings fail to support the idea that adaptive working memory training in healthy young adults enhances working memory capacity in non-trained tasks...

Políticas de formação em psicologia em Goiás: diretrizes curriculares e projetos pedagógicos

Campos, Maurício
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.94%
The central focus of this research study were the Political Training in Psychology in Goiás, surveyed from the curricular and pedagogical projects matrices Course (PPC). These policies were problematized from the relationship with the educational policies for higher education, approved in the decades of 1990 and 2000. In this historical context, we sought to situate the pendulum between the minimum curriculum for training in psychology, approved in 1962, debates in the field and propose the National Curriculum Guidelines (DCNs) that were approved in 2004 and revised in 2011, which translates disputes between different actors. The study is located in the first psychology course of Goiás was created in 1973 at the Pontifical Catholic University of Goiás (PUC -GO). How expansionary dynamic , points out that only in 2000 was created a second course in Goiás , through the Universidad Paulista (UNIP), and later, in 2006, implanted the psychology course in a free public institution in the University Federal de Goiás ( UFG ) Campus in Goiania . In the first decade of this century, there was an expansion of courses in Psychology in the state in 2001, had two strokes and that number in 2012, fourteen. These indicators show that training policies in Psychology in Goias accompanied the expansionist logic that occurred in higher education at the beginning of the century...

Diversity training in the United States Marine Corps

Habel, Gregg T
Fonte: Monterey, California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey, California. Naval Postgraduate School
ENG
Relevância na Pesquisa
55.63%
Approved for public release; distribution is unlimited; In recent years, the Marine Corps has become a very racially, ethnically, religiously, and gender diverse organization, and demographic trends indicate that this diversity will become even more pronounced in the future. Such diversity can have a strong, positive influence on productivity. This thesis examines problems the Marine Corps has had in accepting diversity within its ranks, analyses the Marine Corps' plans for addressing diversity issues now and in the future, and evaluates several coalition building workshops for their applicability to the Marine Corps. A literature review on diversity issues such as power, privilege, social conditioning, and racism is combined with the results of a survey of Navy and Marine Corps officers who participated in a graduate-level seminar on managing diversity in the military and with workshop assessments to develop a plan for diversity training in the Marine Corps. This plan incorporates highly interactive exercises, role-playing scenarios, personal experience, enlightened lectures, and other forms of instruction consistent with Adult Learning Theory to offer the Marine Corps a better chance of creating a cultural change around diversity issues. This training program should be facilitated by highly trained and dedicated instructors and it should be taught at career-level schools where small groups of racially...

Memorias de formação do curso de psicologia : elementos para uma analise critica; Memories of the training course in psychology : elements for a critical analysis

Paula Saretta de Andrade e Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.84%
Este estudo circunscreve-se na formação da educação superior, especialmente a formação em Psicologia. Escolhemos trabalhar os elementos constitutivos do desenvolvimento de uma reflexão crítica, a partir dos significados e marcas da formação em Psicologia. A presente pesquisa tem como objetivos conhecer os elementos do processo de desenvolvimento da reflexão crítica de psicólogos e conhecer e analisar o que foi formativo para o desenvolvimento profissional e pessoal no curso de graduação em Psicologia. Para tanto, buscamos, por meio de narrativas autobiográficas, compreender a percepção que os diferentes sujeitos possuem sobre si mesmos, suas trajetórias, seus objetivos e suas leituras do mundo, bem como captar, pelos indícios contidos nas narrativas, entendimentos dos diferentes sujeitos a respeito das marcas de sua graduação no que se refere à formação de um sujeito crítico. Os quatro participantes são egressos formados nos últimos 10 anos (egressos a partir de 1997) no curso de Psicologia, dois em instituições públicas e dois egressos de instituições privadas. Os encontros foram áudio gravados e depois transcritos. Para responder às perguntas da pesquisa, foi realizada uma análise de cada entrevista e depois foi realizada uma exploração indiciária de pontos comuns das entrevistas. Algumas considerações acerca dos elementos que as egressas apontaram como constitutivos de sua reflexão crítica foram destacados: convivência com pares...

Nuevos escenarios de formación en psicología en Brasil; NEW SCENARIOS OF TRAINING IN PSYCHOLOGY IN BRAZIL

Macedo, Joao Paulo; Dimenstein, Magda; Sousa, Adrielly Pereira de; Carvalho, Davi Magalhães; Magalhães, Mayara Alves; Sousa, Francisca Maira Silva de
Fonte: Universidade do Rosário Publicador: Universidade do Rosário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2014 SPA
Relevância na Pesquisa
95.9%
La formación en Psicología en Brasil pasa por transformaciones, debido a la expansión del sector de enseñanza superior. Por un lado, se observa un crecimiento de cursos de psicología en las regiones del interior del país, por otro, se observa la incorporación cada vez más frecuente de instituciones de enseñanza por parte de grupos extranjeros. Se pretende con este estudio mostrar las etapas de interiorización e internacionalización de los cursos de psicología, enfocando los desafíos para la formación del psicólogo brasileño. Se trata de un estudio descriptivo exploratorio con base en datos oficiales sobre la enseñanza superior en el Brasil. Creemos que este es un contexto que presenta nuevos escenarios y desafíos para la formación de los psicólogos, pues reposiciona a la profesión en nuestro país, vinculándola no apenas a las capitales y grandes centros urbanos, sino también exigiendo que los cursos, inclusive los internacionalizados, pasen a considerar en sus currículos la heterogeneidad espacial, social y simbólica, a veces conflictiva y ambigua, que atraviesa la realidad brasileña.; The training in psychology in Brazil undergoes transformations with the expansion of the higher educational sector. On the one hand there is a growing number of courses in psychology at work in the interior regions of the country. On the other...

A iminência de morte em questão: a perspectiva e o manejo clínico de psicólogos da saúde pública; The imminence of death in question: the perspective of psychologists and clinical management of public health

Pfeifer, Paula M.; Palma, Cláudia M. S.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
55.64%
Modelo do estudo: trata-se de uma pesquisa qualitativa. Objetivo: qualificar a prática do psicólogo, isto é, como se posiciona e atua frente às questões referentes à morte no contexto institucional. Metodologia: Inicialmente, foi realizado levantamento sobre o número de psicólogos que atuam na rede pública de Santa Maria, constituindo-se uma amostra de doze profissionais. Posteriormente, realizamos entrevistas semi-estruturadas e individuais, com duração de uma hora. As entrevistas gravadas foram transcritas, e em seguida, lidas individualmente, destacando-se as falas que apontavam para o modo de trabalho do psicólogo elaborando-se, a partir da recorrência, categorias de análise, buscando-se articular uma perspectiva grupal. O enfoque teórico utilizado para a análise de dados foi o psicanalítico. Resultados: Os resultados apontaram contradições entre a atuação e o posicionamento referido pelo psicólogo na iminência da morte de um pac iente, sobrepondo-se um fazer invadido pela pessoalidade do profissional. Além disso, constatamos o perigo de adotar-se uma prática que pode ser feita por qualquer um, no caso de situações onde não há um manejo específico da morte, destacando-se o predomínio da pessoalidade. Conclusão: apesar da formação em psicologia não conter uma especificidade no que diz respeito à morte...

PROCESSO GRUPAL E ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO NA ATENÇÃOPRIMÁRIA À SAÚDE; GROUP PROCESS AND PSYCHOLOGIST WORK IN PRIMARY HEALTH CARE

Souza, Laura Vilela e; Santos, Manoel Antônio dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 07/11/2012 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
55.59%
Este artigo tem por objetivo discutir a atuação do psicólogo na atenção primária à saúde a partir da proposição de processos grupais alternativos às práticas individualistas. Essas práticas mantêm tradições de hierarquia profissional-usuário e modelos de normatização e medicalização da vida. Inspirados na perspectiva construcionista social, abordamos alguns dos pressupostos que inspiram essa proposta, tais como: (1) processo grupal como alternativa à noção de grupo como uma entidade autocontida, (2) relações colaborativas profissional-usuário com a constante negociação sobre a modalidade de atendimento oferecida e (3) auto-reflexividade para compreensão de seus potenciais e limites. Acreditamos que essa forma de assistência pode inspirar outras práticas grupais que possibilitem consolidar os princípios do Sistema Único de Saúde Brasileiro e que se aproximem do ideal de formação profissional em Psicologia preconizado para o trabalho em políticas públicas de saúde.; This article aims to discuss the role of psychologists in primary health care from the proposition of group processes alternatively to individualist practices. Those practices keep traditions of hierarchy and user-professional models of normalization and medicalization. Inspired by social constructionist epistemology...

“Abilities” and “Competences” to be developed in the psychologists’ training: a contribution of the behavior analysis for curriculum guidelines exam; “Habilidades” e “Competências” a desenvolver na capacitação de psicólogos: uma contribuição da análise do comportamento para o exame das diretrizes curriculares

Vieira dos Santos, Glauce Carolina; Universidade de São Paulo; Kienen, Nádia; Viecili, Juliane; Botomé, Silvio Paulo; Kubo, Olga Mitsue
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2009 POR
Relevância na Pesquisa
75.86%
Em qualquer profissão a qualidade da intervenção dos profissionais está relacionada com as aprendizagens desenvolvidas no processo de sua capacitação profissional. No caso da Psicologia, as Diretrizes Curriculares Nacionais constituem orientações para o planejamento da capacitação de psicólogos no país. Examinar as proposições presentes nesse documento parece ser um ponto de partida para a identificação dos limites e das possibilidades da capacitação de futuros psicólogos. Os conceitos de “competência” e “habilidade” foram examinados à luz do conhecimento existente sobre a noção de “comportamento”. Ambos são termos que, tanto na literatura quanto nas Diretrizes Curriculares, são polissêmicos e pouco precisos. Além disso, as próprias proposições que orientam as aprendizagens a serem desenvolvidas são explicitadas por meio de expressões comumente genéricas e imprecisas. Os conceitos de comportamento e de decomposição de comportamentos complexos, bem como as relações entre conhecimento...

Positive Psychology and the training of psychologists: students' perspectives

Guse,Tharina
Fonte: SA Journal of Industrial Psychology Publicador: SA Journal of Industrial Psychology
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 EN
Relevância na Pesquisa
45.94%
ORIENTATION: The development of positive psychology interventions have burgeoned internationally and are relevant to the professional training of psychologists RESEARCH PURPOSE: The aim of this study was to explore the personal and professional impact of including positive psychology in the professional training of clinical and counselling psychologists. MOTIVATION FOR THE STUDY: It is not known how students previously educated in a pathogenic paradigm experience the exposure to positive psychology, and resultant paradigm shift, as part of their professional training RESEARCH DESIGN, APPROACH AND METHOD: A qualitative research design was implemented. Data consisted of written documents submitted by the participants and was analyzed by means of thematic analysis. MAIN FINDINGS: Integrating positive psychology in the professional training curriculum was valuable and enriching on both a professional and personal level. The participants reported an experience of positive emotions and increased sense of self-understanding and psychological well-being. Professionally they experienced a sense of increased self-efficacy. PRACTICAL/MANAGERIAL IMPLICATIONS: Positive psychology should be considered as part of the basic training of psychologists since it may enhance the development of trainee psychologists' professional self...