Página 1 dos resultados de 25 itens digitais encontrados em 0.018 segundos

Monteiro Lobato e a Argentina: mediações culturais; Monteiro Lobato and Argentina: cultural mediations

Ribeiro, Maria Paula Gurgel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
26%
Este trabalho estuda a atuação de Monteiro Lobato (1882-1948) como mediador cultural, isto é, como intelectual que, engajando-se em projetos culturais e atuando nas várias instâncias do campo intelectual seja como editor, seja como autor ou tradutor colocou em diálogo as produções literárias do Brasil e da Argentina das primeiras décadas do século XX. Na medida em que o projeto literário de Lobato visava criar uma arte brasileira, que valorizasse a cultura do país, este trabalho indaga sobre os motivos que levaram o autor a estabelecer esse contato com escritores e editores argentinos, as formas em que se concretizou esse diálogo cultural e, inclusive, este estudo se pergunta até que ponto esse diálogo coloca em evidência uma vocação latino-americanista. Assim, a partir da análise dos artigos, resenhas e livros publicados em ambos os países, tentamos mostrar que a mediação cultural promovida por Monteiro Lobato proporcionou tanto o intercâmbio intelectual entre os dois países quanto a inserção de sua obra no mercado editorial argentino.; This work studies the performance of Monteiro Lobato (1882-1948) as a cultural mediator, that is, as an intellectual that, engaging himself in cultural projects and acting in the many instances of the intellectual field whether as an editor...

Fontamara reescrito no Brasil em 1935

Ribeiro, Celene da Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 167 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
25.96%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2014.; O romance Fontamara, do escritor italiano Ignazio Silone (1900-1978), é publicado pela primeira vez em 1933, pela editora Verlag Oprecht und Helbling de Zurique, com a tradução em língua alemã de Nettie Sutro. Por razões políticas e ideológicas, o texto é impedido de circular oficialmente no sistema literário italiano nos anos do fascismo. O próprio autor vive um período de exílio e não pode voltar à Itália, pois seria preso pela polícia fascista, por ser considerado um subversivo. No Brasil, o texto é traduzido por Aristides Lobo e publicado pela editora Cultura Política, em 1935, dois anos após a primeira edição. Pensando nas tensões políticas e nas mudanças sociais e econômicas que ocorrem no Brasil da década de 30, e na posição que assume a literatura traduzida dentro de uma cultura, o presente estudo investiga quais são as principais motivações que levam à publicação do texto Fontamara em 1935, no Brasil. As reflexões partem da perspectiva de tradução como reescritura, proposta entre outros teóricos por André Lefevere (2007)...

Tradução e identidade: o caso do filme Rio

Silva, Roseni da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 126 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
25.98%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2014.; Este trabalho se insere no contexto dos Estudos da Tradução na interface, segundo o mapeamento proposto por Williams & Chesterman (2002), Análise de texto e tradução  comparação de traduções e seus textos fontes. O objetivo principal da presente pesquisa consiste em investigar as estratégias utilizadas por Manolo Rey na tradução das legendas do longa metragem de animação Rio, destacando as soluções encontradas por ele para traduzir as expressões usadas no texto fonte, bem como as estratégias empregadas para traduzir os aspectos que são próprios da identidade norte americana e brasileira. Assim, este estudo investiga a atividade de tradução para legendas, entendida no âmbito da tradução audiovisual, a partir de uma perspectiva funcionalista. A base teórica aqui adotada tem como ponto de partida a Teoria Funcionalista sob a ótica da teórica alemã Christiane Nord (2001) e o Modelo de Análise Textual por ela proposto, sendo estes ampliados a fim de abarcar o campo da tradução audiovisual. Dentro da abordagem, é importante ressaltar que o foco da pesquisa recai...

Brennu-njáls saga

Moosburger, Théo de Borba
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
16.2%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2014.; A tese contém a tradução completa para o português da Brennu-Njáls saga (Saga de Njáll), obra islandesa anônima da segunda metade do séc. XIII, considerada a mais importante das sagas de islandeses (Íslendingasögur) e um dos expoentes da literatura escandinava medieval. Inicia-se com uma apresentação geral sobre a obra e seu contexto literário, salientando alguns aspectos relevantes de sua recepção moderna, e então, servindo-se de ideias de Lawrence Venuti e Antoine Berman, faz uma proposta de tradução estrangeirizante que almeja, por meio da escolha do texto-fonte e de estratégias tradutórias, desviar-se de algumas tendências constatáveis no contexto de recepção da tradução. Para tal, serve-se o tradutor da noção de horizonte de expectativa formulada por Hans Robert Jauss e da concepção de que o tradutor, além de mediador entre línguas e culturas, é também um autor cujo trabalho envolve elementos intuitivos e criativos. A exposição do projeto tradutório busca manifestar a posição tradutiva e o horizonte do tradutor, salientando a responsabilidade crítica envolvida no ato tradutório. A tradução estrangeirizante é aqui definida como tradução desviante de preconcepções correntes acerca da cultura-fonte e da literatura-fonte no contexto de recepção...

Tradutor - bilíngüe, terminólogo e mediador : aquisição de conhecimento da área de especialidade

Sekino, Kyoko
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, 2007.; Esta pesquisa investiga a aquisição de conhecimento especializado por tradutores formados em Letras-Tradução. Trata-se de pesquisa qualitativa com características descritiva e heurística, fundamentada em teorias provenientes dos Estudos de Tradução, da Terminologia e do Bilingüismo. Com o método de observação e pelo salvamento de sucessivas versões de tradução, quatro especialistas em Química Forense e três tradutores profissionais traduziram um texto desta área. Contrariando nossa expectativa de observar a formação de UTs, notou-se que as versões já surgem como produtos na LM, mesmo que ainda não legíveis como LM. Identificou-se, então, a presença de um tipo de interlíngua na LM, chamada LMI (língua materna interlingual/com interferência). Analisaram-se as versões para verificar como essa LMI evolui até se transformar em LM. O uso da LMI foi detectado nas traduções de todos os sete sujeitos em diferentes níveis. Infere-se, pois, que o uso da LMI é inconscientemente estratégico, caracterizando-se como um andaime no processo tradutório. A LMI como andaime aparentemente funciona como um canal que liga LE e LM...

Investigando jerônimos : a representação do tradutor como personagem em narrativas contemporâneas

Querido, Alessandra Matias
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
46.36%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2011.; O objetivo desta tese é traçar um panorama da representação do tradutor como personagem em narrativas contemporâneas, tendo por base os Estudos de Tradução e a Teoria Literária. O tradutor atua como mediador em diversos campos do conhecimento e em todas as épocas, contudo, poucas parecem ser as reflexões acerca da representação do tradutor como personagem e que implicações ela pode ter sobre a percepção que ele tem de si mesmo e o valor que é dado à profissão em termos sociais. Neste sentido, por meio dos textos literários, discutimos acerca da identidade híbrida ou líquida do tradutor, seu poder simbólico e a maneira como ele é visto na sociedade. O presente estudo aborda narrativas que tratam desde questões relativas às considerações subjetivas do tradutor até a forma como ele exerce seu papel e se torna visível. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The aim of this study is to provide an outlook at the representation of translators as fictional characters in contemporary narratives...

Traduzir é ser duplo - Simone Veil: "femme granit / femme cristal" - uma coerência (meta)política, uma moral da beleza

Palma, Maria Júlia Tanganho
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Com este trabalho pretendo refletir sobre a duplicidade/dualidade inerente à atividade do tradutor.Paralelamente, procuro levantar questões sobre a importância dessa atividade: o tradutor não como mero “mediador”, mas também como “autor”; a responsabilidade decorrente dessa importância; o tradutor como agente de “abertura” e de “enriquecimento” culturais. Sendo o texto tratado uma biografia, faço o levantamento de algumas abordagens que são formas de transmitir a memória, recorrendo a fontes primárias e secundárias. Para definir uma metodologia de abordagem do texto, recorro sobretudo à classificação emestratos (fonológico, lexical, morfossintático, semântico, cultural, pragmático) feita por João Barrento, que correspondem aos «vários níveis de competência translatória». Apresento um brevíssimo apontamento do percurso sociopolítico da biografada, tentando não perder de vista a ligação estabelecida entre a forma dual como o biógrafo a apresenta (femme granit/ femme cristal) e as características do próprio trabalho de tradução, referidas acima. No registo das dificuldades encontradas, assim como das soluções propostas, procurei exemplos representativos de várias categorias ou seja...

On the Translation

Silva, Leonor Sampaio da
Fonte: Presidência do Governo Regional dos Açores, Direção Regional da Cultura Publicador: Presidência do Governo Regional dos Açores, Direção Regional da Cultura
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2012 ENG
Relevância na Pesquisa
16.14%
Longe vai o tempo em que o tradutor era apresentado como um traidor. A reflexão suscitada no século XX pela descoberta do texto de Walter Benjamin sobre "a tarefa do tradutor" dignificou o estatuto de quem passaria a ser visto como um mediador (Paul Ricoeur), um intérprete (George Steiner), um negociador (Umberto Eco), um transportador de sentidos (João Barrento), movendo-se entre textos, culturas e códigos. Superado o luto da inevitável renúncia ao ideal de tradução absoluta, ficou o acto tradutório associado à ambição mais modesta das boas práticas de hospitalidade linguística: traduzir é, como diz Ricoeur, receber o estrangeiro na nossa própria casa, partilhando com ele o prazer de uma vivência abrigada sob o tecto comum da permuta linguística. Neste intercâmbio de influências, não devemos deixar que as perdas obscureçam a percepção dos ganhos: o que, por vezes, se perde na tradução é recuperado na re-tradução efectuada pelos leitores, estimulados a regressar ao convívio com o Outro para melhor compreenderem a mensagem que encontram na sua língua materna.; Nota da tradução, onde se apresenta a versão inglesa do "Roteiro Cultural dos Açores".

Focagem, desfocagem e refocagem. O mediador à luz da complexidade

Roque, Pedro José Leonardo
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.31%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Comunicação, Media e Justiça; O presente trabalho tem como escopo apresentar o Método Óptico da Focagem, Desfocagem e Refocagem através da acção do seu utilizador, o mediador. Este surge como o profissional da área das humanidades, distinto do causídico ou do criativo, tradutor de linguagens, inserido no contexto crítico pós-moderno. A técnica óptica, assim enunciada, implica um duplo movimento, tal como uma lente de uma câmara fotográfica ou de filmagem, significa que perante um problema, um conflito, o mediador vai aplicar esse duplo movimento óptico, de aproximação e afastamento, diagnosticando, triando e alargando a visão. Esta técnica aplica-se ao campo da mediação de conflitos, mas pode perfeitamente adaptar-se a outros campos da comunicação como os gabinetes de imprensa, os julgados de paz, o direito da informação, o discurso mediático, a linguagem institucional e as suas actividades práticas. Consiste num primeiro momento no enquadramento do conflito (processo de Focagem), num segundo de consciencialização do que se encontra fora do quadro do problema, da interpretação sistémica e sistemática (processo de Desfocagem) e um terceiro em que se resolve o problema (processo de Refocagem). Estes três estados...

Traduzir Teatro no Estado Novo: Gata em Telhado de Zinco Quente (1959), tradução de Sérgio Guimarães, do original Cat on a Hot Tin Roof (1955), de Tennessee Williams

Lopes, Hélder Pedro Nascimento
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
26.21%
À luz da viragem cultural dos Estudos de Tradução ocorrida nos anos 80 e tendo em conta a interdisciplinaridade abordada nos campos literário, cultural e histórico pela Manipulation School (Lefevere, Bassnett, Lambert, Hermans e Toury), na esteira de Itamar Even-Zohar com a Teoria dos Polissistemas (1979), a presente dissertação pretende analisar a tradução portuguesa da peça Cat on a Hot Tin Roof (1955), da autoria de Tennessee Williams, intitulada Gata em Telhado de Zinco Quente (1959), de Sérgio Guimarães. Este pode ser um caso representativo de como a tradução para teatro actua na cultura receptora numa perspectiva diatópica, antevendo a dimensão intercultural da tradução para o palco. É ao tradutor que cabe a tarefa de transferir a peça de um sistema linguístico e cultural para outro, conhecendo, se possível, o grau de representabilidade da mesma e o contexto cultural de chegada. Deste modo, é evidenciada a competência artístico-criativa do tradutor teatral que trabalha com o intuito de manter, fidus interpres, as intenções do autor da obra original. No período em que Cat on a Hot Tin Roof foi escrita, ensombrado pelo controlo sociopolítico do Macartismo nos E.U.A. e o contexto em que a tradução foi concretizada...

Dimensão ergo-dialógica do trabalho do tradutor intérprete de libras/português: dramáticas do uso de si e debate de normas no ato interpretativo

Nascimento,Vinícius
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.07%
Este artigo tem por objetivo conduzir uma discussão sobre a atividade de trabalho do tradutor intérprete de libras/português (TILS) de uma perspectiva ergo-dialógica. A partir das concepções da Ergologia, abordagem filosófica que visa compreender o trabalho para transformá-lo e da perspectiva dialógica de estudos da língua e da linguagem, realiza-se a análise de uma narrativa produzida por um TILSP sobre uma situação de interpretação na esfera universitária. Compreende-se, aqui, a atividade de interpretação em "linguagem como trabalho" e, por meio disso, analisa-se as interfaces, dramáticas, intercorrências e escolhas enunciativo-discursivas manifestas no posicionamento responsável do intérprete enquanto enunciador/mediador das relações entre surdos e ouvintes.

Literatura traduzida de Murasaki Shikibu

Orgado, Gisele Tyba Mayrink Redondo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 229 p.| ils., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
35.96%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2014; A milenar obra Genji Monogatari da literatura clássica japonesa de Murasaki Shikibu é considerada o primeiro romance escrito por uma mulher. Sob o viés dos Estudos da Tradução, este estudo visa a investigar percursos tradutológicos desta obra seminal entre os idiomas japonês e português, inicialmente redigida no idioma japonês do período Heian (794-1185) e posteriormente traduzida para o japonês moderno pelas mãos de autores como Yosano Akiko (1912-13; 1938-9), Tanizaki Junichirõ (1939-41; 1951-4; 1965) e Setouchi Jakuchõ (1992; 1996). Difundida no ocidente sobretudo através de traduções para a língua inglesa, a obra circula em versões em espanhol, francês, italiano, árabe, português de Portugal, dentre outras, mas apesar de sua relevância no cenário cultural e político literários em geral, a obra ainda é inédita no Brasil. Em virtude das diferenças entre as duas culturas em questão, ou seja, a japonesa e a brasileira, as considerações acerca da análise do processo tradutório serão norteadas pelos postulados teóricos de Gideon Toury (1995) e Antoine Berman (2007)...

Rio de Janeiro as Brazilian journalism capital; O Rio de Janeiro como capital do jornalismo brasileiro

Rollemberg, Marcello
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 15/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
26%
The book paints a broad picture of the history of Rio press since the turn of the century Nineteenth to the twentieth century until the early years of the century, showing its influence on the rest of Brazil. The technological and stylistic innovations of the press, so as the social, cultural and political as much of Rio de Janeiro - until 1960 capital of the Republic - the country are also analyzed and presented by author, writing an important social web in which journalism has a role predominant, either as mediator or as a translator element of polyphony urban and representative of the desires and aspirations which are in all latitudes of the country; O livro traça um amplo painel da história da imprensa carioca desde a virada do século XIX para o século XX até os primeiros anos do século XXI, mostrando sua influência sobre o resto do Brasil. As inovações tecnológicas e estilísticas da imprensa, assim como as mutações sociais, culturais e políticas tanto do Rio de Janeiro – até 1960 a capital da República – quanto do país, também são analisadas e apresentadas pela autora, compondo uma importante teia social na qual o jornalismo tem um papel preponderante, seja como agente mediador, seja como elemento tradutor da polifonia urbana e representante dos anseios e das aspirações que se apresentam em todas as latitudes do país.

August Willemsen e a tradução da literatura brasileira para a língua holandesa; August Willemsen and the Translation of the Brazilian Literature to the Netherlands

Meylaerts, Reine; Beato, Zelina
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2015 ENG
Relevância na Pesquisa
16.1%
Este estudo de caso apresenta a figura do tradutor holandês August Willemsen como um importante mediador cultural. Seu trabalho de tradução serviu de ponte discursiva entre o Brasil e o mundo falante do neerlandês, entre a literatura brasileira e a holandesa. Como um mediador cultural típico, Willemsen assumiu uma grande variedade de técnicas de transferências discursivas: escrita de ficção, tradução, transcriação, crítica, ensaios, estudos. Ele foi também agente ativo nas trocas interculturais de diferentes instituicões editoriais e nas relações interpessoais.; The present case study draws a broad picture of the Dutch translator August Willemsen as an important cultural mediator. His translation work served as the key discursive bridge between Brazil and the Dutch-speaking world, between Brazilian literature and Dutch literature. As a typical cultural mediator, he undertook a variety of discursive transfer techniques: fictional writing, translation, transcreation, criticism, essays, studies as well as a variety of more or less institutionalised intercultural publishing and personal networking.

Fatores socioculturais no ato tradutório: um estudo de caso; Sociocultural factors in the translation process: a case study

Santana, Christiano Titoneli
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.37%
O presente artigo objetiva mostrar, de forma geral, o papel do tradutor ao ver-se inserido no papel de negociador de sentido. Para tanto, será traduzido o conto de Ernest Hemingway, "Old Man at the Bridge", como forma de exemplificação do processo tradutório e dos embates quanto a questões socioculturais. Mostrar-se-á o processo tradutório não como equivalência lexical, mas como correspondência de sentidos. ; This paper aims to show, in a general way, the translator’s role as a negotiator of meaning. In order to do this, Ernest Hemingway’s short story, “Old Man at the Bridge“, will be translated to exemplify the translation process and the challenges concerning the sociocultural aspects involved in it. The translation process is not considered here as a lexical equivalence, but as a correspondence of meaning.

Exercícios de estilo com “sotaque tupiniquim”: Luiz Rezende tradutor de Raymond Queneau

Arbex, Márcia
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.16%
Este artigo propõe uma análise comparativa dos Exercices de stylede Raymond Queneau e sua tradução por Luiz Rezende. Considerando o tradutor como um leitor e também um mediador cultural, refletiremos sobre a questão da tradutibilidade dos jogos de linguagem e a das representações; abordaremos os paratextos que envolvem a tradução brasileira no esboço de uma poética da tradução e observaremos que a tradução exigiu criações erecriações, tendo o tradutor por diversas vezes radicalizado e ampliado os efeitos dos jogos verbais do autor.

Tradutor ou Professor? Reflexão preliminar sobre o papel do intérprete de língua de sinais na inclusão do aluno surdo; Translator or teacher? Preliminary reflection on the role of sign language interpreters in the inclusion of the deaf

Rosa, Andrea da Silva; UNICAMP - Campinas - SP
Fonte: Núcleo de Publicações do CED - UFSC Publicador: Núcleo de Publicações do CED - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2008 POR
Relevância na Pesquisa
25.96%
Este artigo se propõe a discutir a presença do intérprete de língua de sinais no processo de aprendizagem do aluno surdo, a educação tem convocado este profissional, sem entretanto conhecer a sua função e abrangência na sala de aula. Poucos são os trabalhos que se ocupam em refletir sobre o intérprete de língua de sinais e, quando ocorrem, são sobretudo escritos por teóricos da educação que examinam o assunto para tratar da língua de sinais como mais um recurso pedagógico “facilitador” e “mediador” do processo de aprendizagem. Assim sendo, este artigo tem como objetivo realizar uma primeira aproximação teórica entre a prática do intérprete de língua de sinais e os Estudos da Tradução.; This article discusses the presence of sign language interpreters in the learning process of deaf students. Education has called upon this professional, without, however, understanding his or her role and its scope in the classroom. There are few studies that analyze sign language interpreters, and those that exist, are usually written by educational theorists...

Tradução de gírias e dialeto em Harry Potter: o tradutor como mediador de linguagem marcada; SLANG AND DIALECT IN HARRY POTTER: THE TRANSLATOR AS MEDIATOR OF MARKED LANGUAGE

Vieira Santos, Caroline Reis; Rizo, Ana Valeria; Universidad Nacional de Córdoba
Fonte: Thesaurus Editora Publicador: Thesaurus Editora
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.51%
Esta pesquisa cobre a interseção entre os Estudos Descritivos da Tradução e a Literatura Infanto-Juvenil e investiga o importante papel do tradutor como mediador de linguagem marcada, mais especificamente pelo dialeto e a gíria. Este trabalho é baseado tanto na dissertação de mestrado concluída de Santos (2010), que investigou a tradução do dialeto do personagem Rúbeo Hagrid, como na pesquisa de doutorado ainda em andamento, que lida com a tradução de gírias para o português brasileiro na série Harry Potter. A hipótese inicial é de que dialetos e gírias serão traduzidos em língua padrão e essa escolha do tradutor é influenciada pelas particularidades de seu público leitor.; The present research covers the intersection between Descriptive Translation Studies and Children’s Literature and aims to investigate the important role of the translator as mediator of marked language, more specifically by dialect and slang. This paper is based both on Santos’s (2010) concluded mastering thesis which investigated the translation of the dialect of the character Rubeus Hagrid and Santos’s ongoing PhD research which deals with translation into Brazilian Portuguese of slang words in the Harry Potter series. The initial hypothesis is that dialects and slang words will be translated by standard language and this translator choice is influenced by the particularities of its readership.

A TRADUÇÃO DE OBRAS FRANCESAS NO BRASIL: A PERCEPÇÃO DOS TRADUTORES

Delgado Filho, Guilherme de Oliveira
Fonte: Cultura e Tradução Publicador: Cultura e Tradução
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
16.14%
O presente trabalho parte de uma problemática relacionada à tradução e à circulação de obras francesas no Brasil no atual contexto de hegemonia da língua/cultura estadunidense. Nesse sentido, aborda discussões em torno das lógicas econômicas e simbólicas que regem as trocas culturais entre o Brasil e a França por meio da tradução. O estudo objetiva trazer a lume um aspecto específico relacionado à problemática da tradução de obras francesas no Brasil: o estudo da percepção que os tradutores possuem sobre o próprio fazer tradutório. Do ponto de vista teórico, o estudo utiliza-se de algumas noções emprestadas à sociologia da tradução (Pierre Bourdieu, Pascale Casanova), bem como de conceitos relativos à tradução como reescritura e ao tradutor profissional (André Lefevere, Fabio M. Said). Do ponto de vista metodológico, baseia-se na análise qualitativa de onze entrevistas realizadas com tradutores de obras francesas atuando no mercado editorial do Rio de Janeiro e São Paulo. Busca, ainda, a partir do discurso de cada tradutor, apreender a maneira como estes atores se veem e percebem o seu papel enquanto profissionais no sistema de tradução: se aprimorador do texto de partida, mediador entre culturas ou divulgador da língua-cultura de partida.

A TRADUÇÃO DE OBRAS FRANCESAS NO BRASIL: A CONCEPÇÃO DE TRADUÇÃO ENTRE OS TRADUTORES

Delgado, Guilherme de Oliveira; Dantas, Marta Pragana
Fonte: Cultura e Tradução Publicador: Cultura e Tradução
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
26.36%
Este trabalho parte de uma problemática relacionada à tradução e à circulação de obras francesas no Brasil no atual contexto de hegemonia da língua/cultura estadunidense. Nesse sentido, aborda discussões em torno das lógicas econômicas e simbólicas que regem as trocas culturais entre o Brasil e a França por meio da tradução. O estudo objetiva trazer a lume um aspecto específico relacionado à problemática da tradução de obras francesas no Brasil: o estudo da concepção dos tradutores sobre o próprio fazer tradutório. A partir do discurso de cada tradutor, busca apreender a maneira como estes atores se veem e percebem o seu papel enquanto profissionais no sistema de tradução. Do ponto de vista teórico, utiliza-se de algumas noções emprestadas à sociologia da tradução, bem como de conceitos relativos à tradução como reescritura e ao tradutor profissional. Do ponto de vista metodológico, baseia-se na análise qualitativa de onze entrevistas anteriormente realizadas com tradutores de obras francesas atuando no mercado editorial do Rio de Janeiro e de São Paulo. A análise do corpus conduziu à duas tendências no que diz respeito à percepção que os tradutores possuem sobre sua prática tradutória: o tradutor que se vê como mediador entre culturas (compreendendo uma subcategoria: o tradutor como divulgador)...