Página 1 dos resultados de 2010 itens digitais encontrados em 0.014 segundos

Modelos de sustentabilidade de caça de subsistência na Serra do Mar, Mata Atlântica; Models of sustanbility of subsistence hunting at Serra do Mar, Mata Atlântica

Nobre, Rodrigo de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36%
Uma das principais dúvidas do pensamento moderno da conservação ambiental é se áreas naturais podem ser conservadas, se for dado direito de exploração dos recursos naturais dessas áreas a grupos de pessoas. Parte da comunidade científica considera negativa, aos propósitos de conservação, a permanência de populações humanas em áreas protegidas. Verifica-se que mesmo modelos de utilização do espaço e dos recursos naturais voltados essencialmente para a subsistência e com pequena demanda comercial, reduzem mais o habitat de várias espécies e apresentam níveis de exploração que podem extinguir populações silvestres. Outra parte da comunidade científica considera que, em regiões tropicais, essa postura restritiva, autoritária e dependente de fiscalização repressiva, não tem sido eficaz. Esta postura discrimina populações tradicionais e as impede de reproduzir seu modo de vida, desenvolvendo nestas uma postura anticonservacionista, que as leva à práticas predatórias do meio ambiente como meio de garantir sua subsistência e não cair na marginalidade ou na indigência. Diante de tais circunstâncias, o presente estudo objetivou conhecer as condições demográficas atuais das espécies silvestres alvos de caça...

Os lavradores da floresta: um estudo sobre as contradições das políticas públicas de conservação na proteção do modo de vida tradicional.; The forest farmers: a study on the conditions of conservation public policy for the protection of traditional way of life.

Santiago, Cristina de Marco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46%
Este trabalho teve por objetivo aprofundar a reflexão e a compreensão sobre a lógica da relação sociedade-natureza nas culturas tradicionais, bem como sobre as contradições existentes nas políticas públicas territoriais de conservação da natureza, no que se refere à valorização do modo de vida tradicional. A pesquisa foi realizada a partir da análise dessas políticas e do estudo de um bairro rural tradicional caipira, o bairro dos Paulo, localizado no município de Ibiúna - São Paulo, na área de abrangência do Parque Estadual do Jurupará. O estudo de caso apresentou os elementos empíricos necessários para aprofundar a compreensão da problemática tratada pela pesquisa, ou seja, a maneira pela qual se processaram os conflitos sociais, em um contexto histórico, entre dois tipos de racionalidade e de modo de vida: um rural tradicional e, outro, contemporâneo, urbano-industrial. O desenvolvimento da pesquisa em campo se deu segundo o método da pesquisa participante, adotando-se a entrevista semiestruturada como instrumento de coleta de dados. A análise dos documentos legais e das entrevistas foi realizada com base no método de análise textual discursiva. Foi efetuado ainda o estudo comparativo do uso do solo...

Práticas de pesquisa de campo com comunidades tradicionais: contribuições para a gestão participativa do Arquipélago de Ilhabela - SP; Practices of field research into traditional communities: contributions to participatory management of Arquipélago de Ilhabela - SP

Pirró, Mariana Soares de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.12%
O presente trabalho vem contribuir com a abordagem acadêmica dos processos participativos para envolvimento de populações tradicionais no planejamento e gestão de áreas protegidas insulares, trabalhando com populações caiçaras que habitam ilhas e trazendo reflexões por experiências com pesquisa, educação popular e gestão participativa no Arquipélago de Ilhabela. São apresentados os referenciais teóricos no campo da geografia e antropologia marítima, a abordagem de planejamento e ordenamento territorial, e questões sobre áreas protegidas e políticas de inserção social. Buscou-se fazer uma construção da concepção de pesquisa-ação-participativa a partir da educação popular, apresentando formas de trabalho e abordagens do pesquisador em campo para trabalho com comunidades tradicionais e trazendo ferramentas de pesquisa e diagnóstico participativo para estudo das comunidades e levantamento de população. Por fim são apresentados dados e informações sobre as Comunidades Tradicionais Caiçaras do Arquipélago de Ilhabela, obtidos a partir da aplicação das ferramentas descritas e do conhecimento dos sujeitos trabalhados, demonstrando que informações necessárias para discutir as relações das comunidades com as unidades de conservação podem ser obtidas a partir de práticas de pesquisa de campo. Então são trazidos argumentos para subsidiar a reflexão e planejamento da gestão do Parque Estadual de Ilhabela...

Em terra vestida: contradições de um processo de territorialização camponesa na Resex Quilombo do Frechal (MA); On dressed land: contradictions of a peasant territorialization process in the Resex Quilombo do Frechal (MA)

Guerrero, Natalia Ribas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.03%
Esta dissertação propõe uma reflexão sobre as contradições no processo de territorialização de camponeses da Reserva Extrativista Quilombo do Frechal, situada no município de Mirinzal (MA), na baixada ocidental maranhense. Distribuída em três povoados Rumo, Deserto e Frechal a população da Resex relata descender de escravos e trabalhadores livres vinculados desde o século XVIII aos proprietários da Fazenda Frechal. Nas décadas de 1970 e 1980, moradores ligados particularmente ao povoado de Frechal se viram diante de ameaças de expropriação, que desencadearam contra o fazendeiro um processo de luta pela terra que se estenderia ao longo de mais de uma década. Em sua resistência, a população de Frechal se viu envolvida no movimento das chamadas comunidades negras rurais que culminaria, em 1988, na inclusão do artigo 68 no ADCT na Constituição, a reconhecer o direito à terra dos remanescentes de quilombo. Frechal pleiteou esse reconhecimento, no que foi atendida, em 1990, tornando-se a primeira comunidade assim entendida no Brasil inteiro. No entanto, à falta de regulamentação para possibilitar a titulação nesses moldes, a garantia dos direitos territoriais de Frechal e o fim do assédio do fazendeiro viram-se assegurados por meio de uma recém-estabelecida modalidade de unidade de conservação ambiental...

Territórios de vida e resistência: um estudo com a comunidade de Nossa Senhora do Livramento na reserva de desenvolvimento sustentável do Tupé - Manaus/AM; Lands of life and resistance: a study with the Nossa Senhora do Livramento community in the Tupé Sustainable Development Reserve Manaus/AM

Maduro, Edilene da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36%
Em que pese sua relevância, as Unidades de Conservação ainda são responsáveis pela geração de impactos e conflitos nos territórios nos quais se encontram, porque provocam mudanças sociais representativas quando a sua criação não leva em consideração os saberes e os fazeres de seus moradores. Na comunidade de Nossa Senhora do Livramento, uma das seis comunidades que integram a Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Tupé, na área rural de Manaus, vivem populações tradicionais indígenas e não indígenas que, depois de terem seus territórios transformados na referida reserva, estão passando por transformações nos seus modos de viver e se reproduzir causadas pela nova ordem de política ambiental imposta, estranha às suas práticas. Na tentativa de assegurar seus territórios contra as ameaças de perdas pelas especulações diversas que as rondam e garantir seus lugares de vida e trabalho, essas populações adotaram estratégias de uso e posse dos espaços em forma de quintais, sítios e roças. Cultivando no sistema roça-capoeira-floresta, produzem variedades de mandiocas, macaxeiras e frutíferas que se enquadram no modelo agrobiodiverso. Seus cultivos aproveitando capoeiras são percebidos como modo de deixar os solos em descanso enquanto roçam outra capoeira velha. Esse modelo está entre as boas práticas para a gestão territorial. Suas práticas de pesca...

Variação morfológica e molecular das populações de Mesoclemmys vanderhaegei (Testudines: Chelidae); Morphological and molecular variation of the Mesoclemmys vanderhaegei populations (Testudines: Chelidae)

Souza, Rodrigo Araujo de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.13%
Mesoclemmys vanderhaegei Bour, 1973 pertence à família Chelidae, que apresenta maior riqueza de espécies de Testudines no Brasil. Apesar de não se suspeitar do monofiletismo da família, há muitas dúvidas sobre as relações entre os táxons de Chelidae, com a possibilidade de vários grupos se revelarem parafiléticos. Mesoclemmys vanderhaegei tem uma ampla distribuição no centro-sul do continente sul-americano, havendo sido estudada mais especificamente sob uma temática ecológica. Seus aspectos taxonômicos e filogenéticos, porém, ainda necessitam de uma investigação mais detalhada, visto que o grupo pode representar um complexo de espécies. O presente trabalho visa, portanto, estudar as populações de M. vanderhaegei sob um ponto de vista taxonômico e filogenético, buscando identificar e caracterizar as populações através das divergências evolutivas que venham a ser reveladas, justificando assim um eventual desmembramento da espécie. Sendo assim, as populações de M. vanderhaegei foram investigadas por meio de técnicas de morfometria tradicional, morfometria geométrica, e uma filogenia molecular foi proposta para o gênero. Para a morfometria tradicional foram analisadas medidas lineares do plastrão, carapaça e cabeça; enquanto que para a morfometria geométria foram selecionados landmarks nos vértices dos escudos do casco e na linha média dorsal e ventral de cada espécime. Para o estudo de filogenia molecular...

Gestão territorial e dos recursos naturais na praia do Cambury, Ubatuba, SP; Management of land and natural resources in the Cambury beach, Ubatuba, SP, Brazil

Gallo, Dominique Chahine
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.12%
A criação de Unidades de Conservação pode ser considerada como uma das principais formas de se buscar a conservação da biodiversidade. A legislação brasileira institui dois grupos principais de unidades de conservação (UC): Proteção Integral e Uso Sustentável. Os Parques Nacionais e Estaduais fazem parte do primeiro grupo, no qual a presença de moradores no interior de Parques é proibida, embora a maioria das UC dessa categoria situadas no Bioma Mata Atlântica contava com ocupações anteriores à sua definição. De acordo com a legislação federal, os Parques devem ser de posse e domínio públicos, ou seja, as áreas particulares incluídas em seus limites devem ser desapropriadas. Populações específicas, culturalmente diferenciadas, e que possuem formas próprias de organização social, como os caiçaras e remanescentes de quilombos, entram neste cenário de maneira especial. Tais grupos ocupam e utilizam territórios e recursos naturais tradicionalmente, além de possuírem cultura, dinâmica social e formas de gestão do ambiente diferenciadas. Sendo assim, passa a ser necessário compreender como se dá a permanência dessas populações dentro das UC de proteção integral, enquanto ocorre a definição do futuro de tais comunidades. A partir das ações do poder público...

“Uma floresta tocada apenas por homens puros...” ou do que aprendemos com os discursos contemporâneos sobre a amazônia

Sampaio, Shaula Maíra Vicentini de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
A presente tese reflete sobre uma rede discursiva a partir da qual são produzidas (e ensinadas) algumas verdades sobre a floresta amazônica, entre as quais está o entendimento de que as populações designadas tradicionais apresentam modos de habitar esse espaço e de se relacionar com a natureza dessa região considerados mais adequados e sustentáveis. Dessa forma, o argumento central que o estudo desenvolve é que a noção de sustentabilidade atua como um dispositivo estratégico na constituição e regulação das relações processadas entre as populações tradicionais e a floresta amazônica. Com base nisso, foram focalizados discursos contemporâneos sobre a Amazônia e as populações que lá vivem, por meio da análise de textos publicados em jornais brasileiros de ampla circulação entre os anos de 2007 e 2011. A perspectiva teórica que norteou o estudo se inscreve no campo dos Estudos Culturais, valendo-se, ainda, de teorizações do filósofo Michel Foucault (como as noções de dispositivo e de discurso). Com o intuito de abordar as condições que possibilitaram a emergência dos discursos contemporâneos sobre a floresta amazônica e seus habitantes “tradicionais”, são debatidas algumas questões que, historicamente...

Territorialidades caiçaras do tempo de antigamente ao tempo de hoje em dia em Paraty, RJ (Vila Oratório, Praia do Sono, Ponta Negra e Martim de Sá); Territorialities caiçaras from old times to time today in Paraty, RJ (Vila Oratório, Praia do Sono, Ponta Negra e Martim de Sá)

Cézar Pardo Mêo Pompêo de Camargo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
45.9%
Essa pesquisa é norteada pela hipótese de que as territorialidades caiçaras foram substantivamente transformadas devido ao seu contato com uma racionalidade moderna proveniente dos meios urbanos. Os caiçaras da Vila Oratório, Praia do Sono, Ponta Negra e Martim de Sá, no município de Paraty, RJ, conformavam territorialidades segundo uma racionalidade própria, correspondentes ao tempo de antigamente, e a implementação da Rodovia Rio Santos, aqui considerada como um evento, viabilizou o contato dessas populações tradicionais com o homem moderno, alterando a geografia nos fragmentos de território utilizados por essas populações. Dessa maneira, foi possível compreender as particularidades de cada uma dessas localidades, compreendendo os distintos interesses dos sujeitos sociais envolvidos nesse processo, para então serem propostas iniciativas que venham a considerar as atuais reivindicações dos caiçaras.; This research is guided by the hypothesis that caiçaras territorialities were substantially transformed due to its contact with modern rationality from urban areas. The caiçara people from Vila Oratório, Praia do Sono, Ponta Negra and Martim de Sá, in the municipality of Paraty-RJ, conformed territorialities by its own rationality...

Use and misuse of the concepts of tradition and property rights in the conservation of natural resources in the atlantic forest (Brazil)

Castro,Fábio de; Siqueira,Andréa D.; Brondízio,Eduardo S.; Ferreira,Lúcia C.
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 EN
Relevância na Pesquisa
36.23%
The relationship between resource management, local populations, and property regimes has long puzzled researchers and policy-makers. The constant failure of conservation policy reliant upon privatization and statization, has led both policy makers and researchers to recognize the importance of customary practices to achieve conservation. Yet, the overemphasis on "traditional populations" and "collective property regimes" as the way to promote conservation can be misleading. In this paper, we discuss the debate on local populations and resource conservation in the Southeastern Atlantic Forest, Brazil. The analysis focuses on 1) the concept of traditional populations; 2) the complexity of overlapping property regimes; 3) the potential for a loose relationship between "traditional populations" and "collective property regimes," and; 4) the implications of this approach for "non-traditional populations." We conclude that the bias toward "tradition" and "collective property regimes" threatens the entire range of local communities along what might be called a traditional-non-traditional populations gradient.

Etnobotânica no Cerrado: um estudo no assentamento Santa Rita, Jataí (GO); Ethnoknowledge, traditional population, conservation

Lima, Jordana Rezende Souza
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RJ); Regional de Jataí (RJ) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RJ); Regional de Jataí (RJ)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.01%
Ethnobotany represents an important science interface that helps the conservation and sustainable use of biodiversity. This science aims to analyze and emphasize the traditional knowledge of local populations about fauna and flora, and the utilization of these environmental resources in their daily life. Knowing these elements and how they might be useful in their lives reinforces its connection with the regional biomes. Considering the close connection of settled communities with land and environmental knowledge that they hold, as well as the need for conservation of the Cerrado biome, this study intends to redeem the ethnoknowledge of community of Santa Rita Settlement in Jataí (GO) contributing to the conservation of the Cerrado biome, using methodological assumptions as the analysis of the degree of ownership of the use of native plant community of this settlement. The methodology is based on qualitative and quantitative research, appropriating the ethnographic method. The techniques include interviews, direct observations, field work, photographic registration, workshop, guided-tour and field notebook. The results show that eighty-three plants were identified through interviews with the settlers; forty-seven species were identified through courses in areas of native vegetation...

Variability of glucosinolates and phenolics in local kale populations from Turkey, Italy and Portugal

Ferioli, F.; Manco, M.; Giambanelli, E.; D'Antuono, L.F.; Albuquerque, T.G.; Sanches-Silva, A.; Koçaoglu, B.; Hayran, O.
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /09/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
36.03%
Rationale and objectives. Leafy forms of Brassica oleracea L. are generally known as kales or collards. They are traditional crops of several areas of Europe (Portugal, Spain, Scotland, Holland, Italy) and in Turkey, well rooted in local farming and food systems, but far lesser known as commercial crops. Glucosinolates are typical components of the Brassicaceae family, to which kales belong, presently valued as health promoting phytochemicals. Leafy kales are virtually the only edible crops containing high relative glucobrassicin content, at the same time, a total gluocosinolate amount compatible with human consumption. With this respect, these local and somewhat neglected species, can play a major role for the valorisation, in a healthy food context, of the glucobrassicin / indole-3-carbinol system. The EU funded project BaSeFood targeted kales as interesting raw materials for further investigation. Materials and methods. Mature kale leaves have been collected in two context: a) on field, in locally grown crops in Turkey, Italy and Portugal during winter 2009-2010; b) from an experimental trial planted in Cesena, Italy, using 7 Italian, 6 Turkish and 2 Portuguese populations, in wither 2010. The samples were freeze dried and stored and - 20 ° C until extraction by means methanol/water. Gucosinolates were transformed in the corresponding desulpho-derivatives before analysis. The analyses were carried out by means of HPLC...

Agricultura tradicional e agroecologia na comunidade quilombola João Surá no município de Adrianópolis-PR; Traditional agriculture and agroecology in João Surá quilombola community in Adrianópolis city-PR

Lourival de Moraes Fidelis
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.96%
A degradação dos processos que acontecem na Agricultura Tradicional, presentes nas comunidades Remanescentes de Quilombos, sua cultura e ritos etnicamente referenciados são, por si só, temas que merecem atenção. A prática desta Agricultura Tradicional sofre com a imposição da pecuária e de monoculturas que não se prestam à alimentação das comunidades locais e desalojam os Quilombolas de seus territórios ancestrais. Esta realidade não é diferente em Adrianópolis - PR, município onde dois terços da população, é composta por negros e pardos. Estão localizadas em Adrianópolis nove comunidades Quilombolas e quatro comunidades negras rurais. Estas comunidades correm o risco de desaparecer como sujeitos históricos de seu desenvolvimento, devido a perda dos seus saberes tradicionais. Nas condições em que se encontram, os Quilombos do Vale do Ribeira paranaense, sua reprodução e existência, em sentido amplo, estão ameaçadas. A Agroecologia é considerada uma ciência em construção que busca novas formas de manejo dos agroecossistemas, com a contribuição de outras disciplinas científicas, bem como dos saberes, conhecimentos e experiências dos próprios agricultores. Neste sentido, a hipótese deste trabalho é que...

Os direitos das populações tradicionais na ordem constitucional brasileira e sua relação com o acesso aos recursos genéticos

Berger Filho, Airton Guilherme; Sparemberger, Raquel Fabiana Lopes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
45.97%
Este texto aborda as populações tradicionais na ordem constitucional brasileira e sua relação com o acesso aos recursos genéticos. Apresenta o conceito de comunidades tradicionais, sua importância para a proteção da biodiversidade. Também são estudados a Convenção sobre Diversidade Biológica e sua transversalidade com o Acordo internacional sobre direitos intelectuais relativos ao comércio da OMC, mais conhecido pela sigla Trips.; This text addresses the traditional populations in the Brazilian constitutional order and its relation to access to genetic resources. Introduced the concept of traditional communities, their importance to the protection of biodiversity. Also studied are the Convention on Biological Diversity and its pervasive with the international agreement on trade related intellectual rights of the WTO, better known by the acronym Trips.

Quilombos of black communities, traditional agriculture and agro ecology: the agro ecosystem of Quilombo João Surá and sustainable production; Quilombos, agricultura tradicional e a agroecologia: o agroecossistema do Quilombo João Surá sob a ótica da sustentabilidade

Fidelis, Lourival
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
45.97%
Existem no Brasil, atualmente, 3900 comunidades remanescentes de quilombos (CRQs). Boa parte dessas comunidades reside no meio rural e tem na agricultura uma de suas principais atividades. Esta agricultura é, em boa parte das comunidades, baseada em práticas tradicionais de cultivo, representando, assim, um "lócus" por excelência de saberes tradicionais afrodescendentes, que podem estar radicados em sua agricultura tradicional (AT). A CRQ João Surá está localizada em Adrianópolis, município em que estão localizadas nove comunidades quilombolas e quatro comunidades negras tradicionais. Por adotar uma epistemologia baseada na multidisciplinaridade e o constante diálogo com os conhecimentos e saberes tradicionais e suas populações tradicionais, a agroecologia vem buscando novas formas de manejo dos agroecossistemas. Com a contribuição de outras ciências, se propõe a pensar e propor modelos e sistemas sustentáveis de agricultura. Este trabalho advém de uma pesquisa de mestrado defendida em fevereiro de 2011, na UNICAMP e tem como hipótese que a AT das CRQ´s tem contribuições a oferecer para os estudos da Agroecologia. Tem como objetivo conhecer e estabelecer relações e interfaces entre a AT presente na CRQ João Surá...

UMA DIMENSÃO CULTURAL DA PAISAGEM: HISTÓRIA AMBIENTAL E OS ASPECTOS BIOGEOGRÁFICOS DE UM TABU; A CULTURAL LANDSCAPE DIMENSION: ENVIRONMENTAL HISTORY AND BIOGEOGRAPHIC ASPECTS OF A TABOO

Svorc, Rita de Cássia de Paula Freitas; Oliveira, Rogério Ribeiro de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.9%
Na estrutura e composição da Mata Atlântica, especialmente em áreas de florestas secundárias é notável a presença de árvores de grande porte do gênero Ficus (Moraceae), preservados da derrubada por razões culturais por populações tradicionais. A estrutura de trechos de florestas secundárias localizadas no sul do Estado do Rio de Janeiro foi determinada nas proximidades de grandes figueiras por meio de parcelas de 20 x 5 m. Em três áreas foi amostrado um total de 105 espécies de árvores, sendo que as figueiras atingiram o maior valor de cobertura, sendo responsáveis em média por 43,4% da área basal. A presença destes exemplares pode ser atribuída a um mesmo tabu cultural, espalhado por extensas regiões do país e que impõem alterações na paisagem florestal.; Structure and composition of many areas of secondary Atlantic Forest are marked by the notable presence of large trees of the genus Ficus (Moraceae) that have been spared from felling for cultural reasons when forest areas cleared for farming by traditional populations. Secondary forests structure at South of Rio de Janeiro State located near centenary Ficus trees were examined using 25 x 5 m sample plots. A total of 105 tree species were identified in the three areas...

Researchers and their Discursive Tactics in the Debate on Traditional Populations and Protecting Biodiversity; INVESTIGADORES Y TÁCTICAS DISCURSIVAS EL DEBATE SOBRE LAS POBLACIONES TRADICIONALES Y LA PROTECCIÓN DE LA BIODIVERSIDAD; Pesquisadores e suas táticas discursivas no debate sobre populações tradicionais e proteção à biodiversidade

Gerhardt, Cleyton; Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Porto Alegre, RS, Brasil
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
O debate em torno da relação entre biodiversidade e populações tradicionais encontra-se hoje extremamentedividido. Tal ambiente polarizado se expressa na interface que marca o fazer científico e a açãopolítica de pesquisadores que se interessam pelo tema. Como tentarei mostrar, um dos efeitos dessefenômeno tem sido a cristalização de uma controvérsia geral: de um lado, uma busca por evidências porparte dos que defendem a tese de que populações tradicionais sempre depredaram a natureza; de outro,esforço semelhante de cientistas que passam a procurar evidências que comprovem que tais populaçõesprotegem a biodiversidade. Como resultado, temos um debate em que cientistas e suas pesquisas tornam-searmas de convencimento poderosíssimas. Como num julgamento, suas pesquisas servem para acusar oudefender populações tradicionais e/ou áreas protegidas, as quais cumprem o papel de rés ou de vítimas.Como decorrência, especialistas que investem nesta discussão são chamados constantemente a fazerescolhas argumentativas. Será justamente sobre elas que me aterei no corpo do artigo. Visando acessaro universo discursivo perito sobre políticas de apoio às populações tradicionais e políticas mais estritasde proteção à biodiversidade...

Traditional Population, Extractive Reserves and State Rationality in the Brazilian Amazon; População tradicional, Reservas Extrativistas e racionalidade estatal na Amazônia brasileira

da Silva, José Bittencourt; Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED), Instituto de Ciências da Educação (ICED), Universidade Federal do Pará (UFPA); Simonian, Ligia Terezinha Lopes; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentáv
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.03%
Amazone traditional populations – particularly those living in Forestry Extractive Reserves (RESEX) – have a historical and value connection with the system called "sistema de aviamento". Such populations face a structural dilema that need to be surmounted: to destroy the practical and axiological impediments inherited from the ambience of the "barracao" and  learn the complex task to move  within the rational and legal arquiteture of the Brazilian State. When based on legally institutionalysed processes, such new reality imposes agents of this field of knowledge sphere and argumentation capacity (empowerment) an objectivation of peculiar demands as, for example, land security and a natural ecossystem protection. The purpose of this paper is to reveal such dilema of extrative populations who live in  in the RESEX in the Amazon, to analyse its nuances and to offer ideas  to surmount such reality. This work can be deemed as a critique to state formalism, that has contributed to the domination by public agents of Conservation Units and envolved individuals in such territories. In order to achieve the proposed goal, we made a reserach on theoryc fundamentation in virtual and physical libraries, as well as in the personal files of authors. What follow are analysis of the main objective...

Transformações no sistema tradicional de roça itinerante na Mata Atlântica do litoral sul brasileiro; Transformation in the traditional swidden agriculture systems in the atlantic forest of brazilian southern coast; Transformaciones en el sistema tradicional de agricultura itinerante en el bosque atlántico de brasil

Vicente, Nicole Rodrigues; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC; Fantini, Alfredo Celso; Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Empírica de campo; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.92%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2014v11n2p183Este artigo visa compreender as mudanças ocorridas no sistema tradicional de roça itinerante no litoral de Santa Catarina ao longo das últimas quatro décadas. A pesquisa foi desenvolvida junto a agricultores tradicionais moradores de duas microbacias hidrográficas do município de Biguaçu-SC. A unidade amostral foi a propriedade onde reside o informante-chave, selecionado via Bola-de-Neve. Foram conduzidas entrevistas semiestruturadas, observações participante e turnês-guiadas para coleta de dados. A análise de dados se deu por meio do software Atlas.ti, de estatística descritiva e análise multivariada de Componentes Principais. Os dados foram interpretados com base na linha histórica de ocorrência. A pesquisa diagnosticou que o manejo realizado pela população local se fundamenta na condução periódica de cultivos agrícolas e florestais, num sistema de rotação com períodos de pousio. As principais culturas agrícolas utilizadas eram a mandioca, a banana, o milho, o café e a cana-de-açúcar, mas atualmente apenas a mandioca tem forte expressão. Para todas as fases de desenvolvimento do manejo os agricultores apresentam conhecimentos específicos de leitura da paisagem e da dinâmica florestal. Mudanças nas políticas agrícolas e gestão das florestas nativas têm afetado diretamente o sistema de roça itinerante nas microbacias estudadas. A população local apresenta relação intrínseca com os recursos florestais nativos devendo ter seu modo de vida respeitado e seu sistema tradicional valorizado.; http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2014v11n2p183This paper aims to understand the changes in the traditional system of swidden agriculture on the coast of Santa Catarina State over the past four decades. The research was developed by traditional farmers...

Use and misuse of the concepts of tradition and property rights in the conservation of natural resources in the atlantic forest (Brazil)

Castro,Fábio de; Siqueira,Andréa D.; Brondízio,Eduardo S.; Ferreira,Lúcia C.
Fonte: Ambiente & sociedade Publicador: Ambiente & sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 EN
Relevância na Pesquisa
36.23%
The relationship between resource management, local populations, and property regimes has long puzzled researchers and policy-makers. The constant failure of conservation policy reliant upon privatization and statization, has led both policy makers and researchers to recognize the importance of customary practices to achieve conservation. Yet, the overemphasis on "traditional populations" and "collective property regimes" as the way to promote conservation can be misleading. In this paper, we discuss the debate on local populations and resource conservation in the Southeastern Atlantic Forest, Brazil. The analysis focuses on 1) the concept of traditional populations; 2) the complexity of overlapping property regimes; 3) the potential for a loose relationship between "traditional populations" and "collective property regimes," and; 4) the implications of this approach for "non-traditional populations." We conclude that the bias toward "tradition" and "collective property regimes" threatens the entire range of local communities along what might be called a traditional-non-traditional populations gradient.