Página 1 dos resultados de 380 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

A demanda empreendedora e o trabalho imaterial na construção da subjetividade do "empreendedor"

Gouveia, Tatiana Bittencourt
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.67%
Um ser glorificado, realizador de grandes feitos e exemplo de sucesso social e profissional. Argumenta-se que os novos cenários do trabalho, e os modos de trabalhar que o dinamizam, forjam um trabalhador que precisa se caracterizar, mais do que nunca, pela busca em ser um empreendedor. As novas configurações do mundo do trabalho refletem, entre outros aspectos, nos modos de inserção no mercado de trabalho, na sua organização, no tipo de relações humanas que se estabelecem, e na forma de se fazer negócios. Nesta pesquisa buscou-se analisar o impacto desta demanda contemporânea, por uma disposição empreendedora e imaterial, na construção da subjetividade de sujeitos empreendedores. Na revisão teórica discute-se o trabalho imaterial e as transformações que vêm ocorrendo no mundo do trabalho. Na discussão sobre o sujeito empreendedor busca-se pensar o que vem a ser o empreendedorismo, assim como, quem é o sujeito empreendedor, analisando as abordagens existentes sobre o tema. Discute-se, em seguida, a realidade do dono do próprio negócio, abordando a lógica econômica em que as organizações capitalistas estão inseridas, pregando pressupostos como sobrevivência, lucratividade e competitividade. Por fim, é realizada uma reflexão sobre a conjunção entre trabalho imaterial e demanda empreendedora na realidade do empreendedor. Esta pesquisa é definida como qualitativa...

Trabalho imaterial e hotelaria hospitalar : o caso do Hospital Mãe de Deus

Gutschwager, Ralf
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Esta dissertação busca compreender que modos de gestão e que práticas laborais sustentam as noções de trabalho imaterial e hotelaria hospitalar no Hospital Mãe de Deus. Desenvolveu-se através de um estudo de caso que teve a participação de 23 entrevistados dos setores de recursos humanos, nutrição, recepção (núcleo de relacionamento com o cliente), higienização, housing, marketing, programa “Médicos Mãe de Deus”, direção e serviços terceirizados. A coleta de dados se deu através de entrevistas semi-estruturadas, observações assistemáticas, fontes documentais e documentos fotográficos. A análise dos dados coletados se deu à luz do referencial teórico de autores como Lazaratto, Hardt e Negri em relação ao trabalho imaterial e Boerger, Taraboulsi e Godoi em relação à hotelaria hospitalar. Os resultados da pesquisa indicam que existe um discurso atrelado às origens e questões religiosas, que alicerça os valores da instituição. O modelo de hotelaria hospitalar adotado pelo hospital se mostra descentralizado, ao mesmo tempo em que apresenta propostas de gestão diferenciadas nos setores pesquisados, diferente do que foi observado como referência na literatura pertinente. O conceito de hotelaria hospitalar implantado no Hospital Mãe de Deus – evidente na arquitetura - apresenta idéias que corroboram com a literatura da área e demanda aos trabalhadores uma visão de negócio da empresa...

Trabalho imaterial e subjetividade em atividades de auditoria e consultoria

Meneses, Ana Beatriz Fernandes Bezerra de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
O presente trabalho tem por objetivo analisar os efeitos do trabalho na vida de consultores e auditores de empresas multinacionais prestadoras de serviços de consultoria e auditoria. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter exploratóriodescritivo, que contou com a participação de 12 consultores/auditores que trabalham ou trabalharam em uma ou mais das quatro grandes empresas multinacionais de auditoria e consultoria independente, mais conhecidas como BIG FOUR (grandes quatro). A coleta de dados deu-se por meio de entrevistas semi-estruturadas, que foram analisadas à luz do referencial teórico principalmente dos seguintes autores: Bauman. Sennett, Lazzarato e Negri com relação ao trabalho imaterial e transformações do mundo do trabalho. Harvey, Pelbart, Bauman com relação aos tempos, medos e fragilidades das relações humanas. Dejours, Guattari e Rolnik, Pelbart e Bauman com relação aos modos de subjetivação. Como resultado deste estudo tem-se que: há uma indissociação entre a vida pessoal e a vida profissional do funcionário, e que esta tem precedência sobre a outra. E assim sua vida tanto profissional, quanto pessoal é determinada pelo trabalho. Quem dita quando e onde o funcionário deve estar é a empresa...

Trabalho imaterial bancário, lazer e a vivência de dilemas pessoais contemporâneos

Weber, Letícia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.58%
A presente dissertação busca compreender a interação entre trabalho imaterial e lazer nos modos de trabalhar e de viver de bancários inseridos em um Banco Múltiplo Privado e em um Banco de Desenvolvimento, e se tal interação se configura em dilemas pessoais contemporâneos. Trata-se de um estudo exploratório que contou com a participação de 30 sujeitos, sendo 15 sujeitos do Banco Múltiplo Privado e 15 do Banco de Desenvolvimento. A coleta de dados se deu através de entrevistas individuais semi-estruturadas. Também foram utilizados dados secundários, como documentos, relatórios e dados estatísticos dos bancos pesquisados. Para analisar os dados foi utilizada a análise de conteúdo. A análise dos resultados se deu à luz do referencial teórico sobre trabalho imaterial bancário, lazer e dilemas pessoais contemporâneos. Os resultados da pesquisa indicam que o trabalho imaterial bancário pode interferir no lazer dos bancários, bem como em sua vida pessoal como um todo. Estas vivências podem se constituir em dilemas pessoais contemporâneos, uma vez que os sujeitos convivem constantemente com situações de escolha entre o dever e o lazer, nas quais não há alternativa satisfatória. Neste dilema pessoal a responsabilidade pela escolha recai sobre os sujeitos...

Trabalho imaterial, controle rizomático e subjetividade no novo paradigma tecnológico

Grisci, Carmem Ligia Iochins
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.59%
O artigo relaciona trabalho imaterial e subjetividade a partir de modos de controle vigentes em uma instituição bancária portuguesa. Resulta de um estudo de caso cujos dados foram coletados por meio de entrevistas individuais com empregados bancários e com representantes do setor, além de fontes documentais disponibilizadas pela empresa e por órgãos representantes do setor bancário em Portugal. Analisam-se dois modelos de gestão implementados pela instituição bancária, relacionados à noção de trabalho imaterial e aos mecanismos do novo paradigma tecnológico organizado em torno das tecnologias de informação. Os modelos de gestão potencializam modos de controle rizomático que produzem a existência individual e coletiva dos trabalhadores por meio de incessante “moldagem de si”. O controle rizomático instala-se pela sutileza, sedução, sofisticação e justificação, uma vez que a gestão do trabalho imaterial outorga margem de liberdade aos trabalhadores através da gestão de si compreendida como autocontrole. Do controle rizomático advém uma subjetividade padronizada e consentida.; This article relates immaterial labor and subjectivity based on the current forms of control in a Portuguese banking institution. It is based on a case study...

Dilemas relativos à carreira no contexto do trabalho imaterial bancário e suas repercussões às relações familiares

Oltramari, Andréa Poleto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Esta tese resultou de uma pesquisa que objetivou compreender a vivência dos dilemas pessoais de executivos bancários relativos à carreira em contexto de trabalho imaterial e suas repercussões nas relações familiares. Para tanto, em termos teóricos e com o objetivo de sustentar a tese, trabalhou-se com os conceitos de dilema, de subjetividade e estilos de vida apoiados especialmente em Bauman (2009; 2008; 2007a; 2007b; 2004), Pelbart (2000), Guatarri e Rolnik (2005) e Gaulejac (2007); de carreira, especialmente nos modelos que de carreira sem fronteira e proteana (SULLIVAN e ARTHUR, 2006; HALL, 1996), de trabalho imaterial amparado em autores tais como Lazzarato e Negri (2001), Lazzarato (2008; 2004), Negri (2009; 2008; 2003), Pelbart (2000; 2003) e Grisci (2008). Foram entrevistados dezesseis executivos bancários de Porto Alegre e da região metropolitana, bem como quinze representantes de suas relações familiares. As entrevistas estruturadas foram realizadas com os executivos bancários em seus ambientes de trabalho e com os familiares ocorreram em suas residências ou em estabelecimentos comerciais por eles indicados. A análise dos dados foi realizada de maneira qualitativa e seguiu as orientações propostas por Minayo (2001). Os resultados indicaram dilemas relativos à mobilidade espacial e funcional...

A beleza física no trabalho imaterial bancário : produção, reprodução e padronização

Batista, Mariana Klein
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
O presente estudo buscou analisar como a beleza física vem sendo produzida no sentido de se mostrar condizente com as atuais exigências do trabalho imaterial bancário. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória qualitativa que contou com 15 sujeitos bancários acessados conforme disponibilidade, em três bancos – um público e dois privados – situados nas cidades de Porto Alegre/RS e Cascavel/PR. A coleta dos dados deu-se por meio da técnica de coleta de dados visuais, e resultou em falas e imagens que posteriormente sofreram análise de conteúdo. Os resultados indicaram cinco pilares que dão sustentação à produção da beleza física condizente ao trabalho imaterial bancário. Eles dizem respeito ao que é explícito e implícito em relação à beleza física para o trabalho imaterial bancário; à beleza física tomada como fator de desempate em situação de seleção; à produção e manutenção da beleza física propriamente dita; ao controle de si e dos outros em prol da beleza física; ao conceito vigente de beleza física e aos preconceitos decorrentes.; This study analyzed the way how physical beauty has been produced in order to follow the current demands made by the bank immaterial labor. To reach this goal...

Trabalho imaterial, tempo e estilos de vida : abordagem a partir do uso da tecnologia da informação por professores de instituições de ensino superior privado

Cardoso, Jonas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
As transformações nas relações de trabalho a partir da década de 1970, no contexto das mudanças globais de cunho político e econômico, são inerentes às novas demandas requeridas pela reestruturação produtiva. A economia global se tornou refém dos movimentos de capitais e da rápida expansão da produção baseada em reengenharias, que tornaram a produção mais enxuta e aumentaram a produtividade. Os trabalhadores, por sua vez, precisaram se adaptar a estas mudanças, assumindo, cada vez mais, funções e competências. Os que não conseguiram, aumentaram o exército de reserva. Autores como Bauman (1999; 2001; 2008a; 2008b; 2010), Castells (1999; 2005; 2011), Dal Rosso (1998, 2006, 2008, 2009; 2011), Gorz (2005), Grisci (1999; 2000; 2008), Lazzarato e Negri (2001), Sennet (1999) e Virilio (1996; 1999) foram a base para entender a nova dinâmica que permeia o mundo do trabalho. Tendo como base tais autores, esta tese pesquisou em contexto de trabalho imaterial, tempo e estilos de vida, o uso da tecnologia da informação por professores de instituições de ensino superior privado na cidade de Porto Velho, no Estado de Rondônia. Para tal, utilizando-se dos caminhos oferecidos pela pesquisa qualitativa, foram feitas entrevistas semi-estruturadas...

Dilemas pessoais contemporâneos em contexto de trabalho imaterial na perspectiva do Life Coaching

Burlamaque, Arthur Verschoore
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
Fragilizado ao assumir riscos e ter que lidar com a instabilidade e a insegurança consequentes da busca por sua liberdade na sociedade líquido moderna e em contexto de trabalho imaterial, o indivíduo é exposto a inúmeras promessas de ferramentas de rápida solução, serviços, métodos e técnicas de desenvolvimento pessoal que prometem maior controle sobre as experiências de vida. A presente dissertação busca analisar como dilemas pessoais vivenciados em contexto de trabalho imaterial na sociedade líquido moderna são apresentados e trabalhados na perspectiva do life coaching. Trata-se de um estudo exploratório que contou com a participação de cinco profissionais que prestam o serviço de life coaching. A coleta de dados se deu através de entrevistas individuais semi-estruturadas. Para a análise dos dados foi utilizada a análise de conteúdo. A análise dos resultados foi realizada de maneira qualitativa e se deu á luz do referencial teórico sobre a sociedade líquido moderna, o trabalho imaterial, o coaching e o life coaching. Os resultados da pesquisa permitiram indicar o life coaching como serviço que busca corresponder à demanda por desenvolvimento pessoal no alcance de adaptação a mudanças, excelência em todos os domínios da vida e no ímpeto por autorrealização pessoal...

Dilemas pessoais no trabalho imaterial bancário

Grisci,Carmem Lígia Iochins; Scalco,Priscila Daniel; Kruter,Gabriela Elnecave
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
Visando destacar e analisar a vivência de dilemas pessoais ante a lógica do trabalho imaterial bancário, a presente pesquisa exploratória de orientação qualitativa aliou o suporte teórico oferecido, principalmente, por Bauman, Sennett e Gaulejac ao campo empírico referente ao trabalho bancário. A coleta de dados deu-se por meio da realização de entrevistas individuais semiestruturadas e de grupos focais, que somaram um total de 38 sujeitos da pesquisa. Analisados à luz da literatura pertinente, os resultados indicam que a vivência de dilemas pessoais no trabalho imaterial bancário está relacionada ao medo da incompetência e estigma de perdedor, ao nomadismo involuntário, à captura e dominação do tempo de vida, à corrida individualizada para o mérito, ao medo da estagnação profissional e à saúde na precarização das relações de trabalho.

Prática política, qualificações profissionais e trabalho imaterial hoje

Amorim,Henrique
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.52%
O desenvolvimento das forças produtivas caracteriza-se como um importante objeto de estudos da teoria social contemporânea. No entanto, a consideração desse tema esteve limitada a aspectos técnicos dos processos de trabalho. Tecnologia, novos conhecimentos, técnicas administrativas e produtivas foram indicadas como elementos centrais para a constituição da "consciência" revolucionária da classe trabalhadora. Hoje, no debate sobre o trabalho imaterial, a relação entre os conteúdos cognitivos do trabalho e a "tomada de consciência" política revolucionária, como nexo causal da unidade política da classe trabalhadora, é apresentada como eixo fundamental para a constituição de uma sociedade livre das amarras do capital. Nesse artigo, pretendo discutir qual o papel das qualificações profissionais na composição das teses sobre o trabalho imaterial como força produtiva central nas sociedades capitalistas.

Trabalho imaterial no contexto da enfermagem hospitalar: vivências coletivas dos trabalhadores na perspectiva da Psicodinâmica do Trabalho

Traesel,Elisete Soares; Merlo,Álvaro Roberto Crespo
Fonte: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO Publicador: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.55%
Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa fundamentada na Psicodinâmica do Trabalho, realizada em um hospital do Rio Grande do Sul entre 2006 e 2007. Investigou-se a psicodinâmica no contexto de trabalho imaterial da enfermagem, efetuando uma análise das vivências coletivas dos trabalhadores diante das demandas contemporâneas. A partir do estudo, foi possível constatar os efeitos da maximização do trabalho imaterial na contemporaneidade, identificando traços do sofrimento vivenciado pelos trabalhadores e as dificuldades relacionadas às exigências da profissão de enfermeiro na atualidade. Isso leva os profissionais ao individualismo e limita a expressão do reconhecimento e a visibilidade de suas contribuições no trabalho, restringindo as possibilidades de transformação do sofrimento vivenciado no meio profissional em prazer e realização. Além disso, verificou-se que há doação intensa ao trabalho, busca pela perfeição, restrição de tempo e espaço para interação e cuidado, limitação nos espaços de discussão, de convivência, de elaboração compartilhada de sentimentos e falta de relacionamento efetivo da equipe com predominância da técnica e das prescrições. Com os resultados obtidos, entende-se que se faz fundamental a potencialização dos espaços de discussão e de convivência rumo à construção coletiva de emancipação profissional e de novos sentidos para o trabalho na enfermagem.

Trabalho imaterial bancário, lazer e a vivência de dilemas pessoais contemporâneos

Weber,Letícia; Grisci,Carmem Ligia Iochins
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.59%
Este artigo busca compreender a interação do trabalho imaterial com o lazer nos modos de trabalhar e de viver de bancários inseridos em um Banco Múltiplo Privado; pondera-se também se tal interação se configura em dilemas pessoais contemporâneos. O estudo, de caráter exploratório, contou com a participação de 15 sujeitos que foram entrevistados em seus locais de trabalho. A análise de conteúdo se deu à luz do referencial teórico sobre trabalho imaterial bancário, lazer e dilemas pessoais contemporâneos, tendo como suporte autores como Bauman (2007), Castells (2000), Dumazedier (2008), Dejours (2008) e Gaulejac (2007). Os resultados indicam que o trabalho imaterial bancário interfere no lazer dos bancários; pode até mesmo impedi-lo, desencadeando vivências de dilemas pessoais, uma vez que constantemente suas escolhas relativas ao dever e ao lazer não encontram alternativas satisfatórias. Se optam pelo lazer, preservam as relações familiares, mas sofrem o desprezo dos colegas; se optam pelo trabalho, preservam as relações de coleguismo, mas sofrem as reclamações da família, por exemplo.

Trabalho imaterial, controle rizomático e subjetividade no novo paradigma tecnológico

Grisci,Carmem Ligia Iochins
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.56%
O artigo relaciona trabalho imaterial e subjetividade a partir de modos de controle vigentes em uma instituição bancária portuguesa. Resulta de um estudo de caso cujos dados foram coletados por meio de entrevistas individuais com empregados bancários e com representantes do setor, além de fontes documentais disponibilizadas pela empresa e por órgãos representantes do setor bancário em Portugal. Analisam-se dois modelos de gestão implementados pela instituição bancária, relacionados à noção de trabalho imaterial e aos mecanismos do novo paradigma tecnológico organizado em torno das tecnologias de informação. Os modelos de gestão potencializam modos de controle rizomático que produzem a existência individual e coletiva dos trabalhadores por meio de incessante "moldagem de si". O controle rizomático instala-se pela sutileza, sedução, sofisticação e justificação, uma vez que a gestão do trabalho imaterial outorga margem de liberdade aos trabalhadores através da gestão de si compreendida como autocontrole. Do controle rizomático advém uma subjetividade padronizada e consentida.

Experimentação do tempo e estilo de vida em contexto de trabalho imaterial

Grisci,Carmem Ligia Iochins; Cardoso,Jonas
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.61%
Este artigo buscou responder, em contexto de trabalho imaterial, que estilo de vida decorre do uso do tempo permeado pelas tecnologias da informação e comunicação. O estudo qualitativo contou com a participação de 18 docentes horistas de instituições de ensino superior privadas. A coleta de dados se deu por meio de entrevista individual semiestruturada, com foco no uso das tecnologias da informação e comunicação e no exercício do trabalho imaterial, considerando o tempo de trabalho e de não trabalho. A análise de conteúdo partiu dos dados coletados. Os resultados, em consonância com a literatura ( em especial, Bauman (2008b), Deleuze (1998), Giddens (2002), Gorz (2005) e Lazzarato e Negri (2001) (apontaram que, em contexto de trabalho imaterial, o estilo de vida é instrumentalizado pelo modo de trabalhar e pelo uso das tecnologias de informação e comunicação. Ele se configura como uma imposição aos sujeitos que o toma na perspectiva de uma estratégia existencial consumista. Mesmo contratado por tempo fracionado em horas, o trabalho dos docentes horistas exige-lhes disponibilidade e mobilização total para o desempenho das atividades laborais...

PRÁTICA POLÍTICA, QUALIFICAÇÕES PROFISSIONAIS E TRABALHO IMATERIAL HOJE

Amorim, Henrique; Unicamp
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
O desenvolvimento das forças produtivas caracteriza-se como um importante objeto de estudos da teoriasocial contemporânea. No entanto, a consideração desse tema esteve limitada a aspectos técnicos dosprocessos de trabalho. Tecnologia, novos conhecimentos, técnicas administrativas e produtivas foramindicadas como elementos centrais para a constituição da "consciência" revolucionária da classe trabalhadora.Hoje, no debate sobre o trabalho imaterial, a relação entre os conteúdos cognitivos do trabalho ea "tomada de consciência" política revolucionária, como nexo causal da unidade política da classe trabalhadora,é apresentada como eixo fundamental para a constituição de uma sociedade livre das amarras docapital. Nesse artigo, pretendo discutir qual o papel das qualificações profissionais na composição dasteses sobre o trabalho imaterial como força produtiva central nas sociedades capitalistas.

Immaterial work: theoretical and conceptual differences; Trabajo inmaterial: divergencias teóricas y conceptuales; Trabalho imaterial: divergências teóricas e conceituais

Vaccaro, Stefania Becattini; Universidade Estadual de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa teórico-analítica; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p127This article did a theoretical contraposition among the ideas developed by Antonio Negri and Maurizio Lazzarato and those proposed by Andre Gorz. The objective of this confrontation was verified by the differences and the proximities of the arguments these authors develop about the “immaterial work” category. Therefore, we studied a theoretical-analytical conceptual approach presented by these respective authors on their essays. Our conclusion is that this term is surrounded by conceptual imprecision and its fundaments are differently presented among these authors.; El objetivo de este artículo es investigar si el concepto “trabajo inmaterial” presenta densidad teórica suficiente para funcionar como una categoria de investigación en las ciencias sociales. Así, realizamos uma contraposición teórico-analítica entre las ideas desarrolladas por Antonio Negri y Maurizio Lazzarato con aquellas propuestas por André Gorz. La comparación de los textos evidencia diferencias substanciales y algunas proximidades entre los argumentos presentados por esos autores. En efecto, se evidencía la existencia de una imprecisión conceptual sobre la expresión “trabajo imaterial”. Esto impide que este término funcione como una categoría analítica de investigación en sociología del trabajo.; http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p127O objetivo deste artigo é investigar se o conceito “trabalho imaterial” apresenta densidade teórica suficiente para funcionar com uma categoria de investigação nas ciências sociais. Assim...

Trabalho imaterial e produção de software no capitalismo cognitivo | Immaterial labour and software production in cognitive capitalism

Cocco, Giuseppe; IBICT-UFRJ; Vilarim, Gilvan de Oliveira; UNIFESO
Fonte: Ibict Publicador: Ibict
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.61%
Resumo O artigo discute conceituações sobre a hegemonia do trabalho imaterial, focalizando sua produção cooperativa e a mobilização de subjetividades no capitalismo cognitivo; a produção de software é utilizada para identificar e analisar as características do trabalho imaterial. É feito um retrospecto da criação de software das suas origens até o momento atual da computação em nuvem e do software como serviço. Ressaltam-se as limitações da abordagem industrial para o software e a valorização e resistência de um trabalho vivo capaz de prover inovação nas condições de produção imaterial.Palavras-chave trabalho imaterial; capitalismo cognitivo; engenharia de software; computação em nuvemAbstract The article discusses conceptualizations about the hegemony of immaterial labor, focusing on its cooperative production and mobilization of subjectivities within cognitive capitalism; software production is used to identify and analyze the characteristics of immaterial labor. A historical review of software creation is made, from its origins to the present time of cloud computing and software as a service. We emphasize the limitations of an industrial approach to software and the valorization and resistance of a living labor which is able to provide innovation in terms of immaterial production.Keywords immaterial labor; cognitive capitalism; software engineering; cloud computing

Trabalho imaterial, cultura e dominação | Immaterial labour, culture and domination

Camargo, Sílvio
Fonte: Ibict Publicador: Ibict
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Ensaio em teoria social Formato: application/pdf
Publicado em 29/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Resumo A postulação do trabalho imaterial como algo central no atual momento histórico é, ao mesmo tempo, algo que se refere às transformações da cultura contemporânea, na forma de produção cultural. Procuramos conceber o entrelaçamento entre trabalho imaterial e produção cultural como aspecto chave de um novo momento histórico do capitalismo, ou, do capitalismo tardio. Neste sentido procuramos investigar alguns problemas que também derivam da tradição da Escola de Frankfurt, principalmente o conceito de indústria cultural. Nossa hipótese é de que o conceito de indústria cultural e sua superação pela pós-indústria é central para compreendermos como este novo estágio nos exige um novo olhar quanto aos problemas da dominação e da emancipação. Palavras chave Trabalho imaterial; indústria cultural; pós-modernidade; dominaçãoAbstract The idea of immaterial labor as central to the current historical context also regards contemporary cultural transformations. The objective here is to conceive of the intertwining of immaterial labour and the production of culture as a key aspect of a new moment in the history of capitalism...

Trabalho imaterial, produção cultural colaborativa e economia da dádiva | Immaterial labour, collaborative cultural production and the economy of the gift

Montenegro de Lima, Clóvis Ricardo; Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; Pizarro, Daniella; Universidade Federal de Santa Catarina; Faustino, Elisangela; Universidade Federal de Santa Catarina; Dittrich, Maireli; Universidade Fe
Fonte: Ibict Publicador: Ibict
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Argumentação teórica Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
Resumo Neste artigo discutem-se as relações entre trabalho imaterial, produção cultural colaborativa e  economia da dádiva na sociedade atual. O intelecto geral é relacionado com a inteligência coletiva das redes digitais. A produção colaborativa emerge como forma privilegiada do fazer artístico e cultural. Esta produção pode contribuir para promoção e preservação da diversidade cultural. A produção cultural colaborativa evidencia pluralismo econômico. A generalização do trabalho imaterial produz bens comuns. O comum cria a versão pós-industrial e de alta tecnologia da economia da dádiva Conclui-se que a cultura colaborativa tem grande potencial para promover diversidade cultural e economia da generosidade.Palavras-chave trabalho imaterial; produção colaborativa; cultura; economia da dádiva; produção cultural colaborativa.Abstract This article discusses the relationship between immaterial labor, collaborative cultural production and gift economy in society today. The general intellect is related to the collective intelligence of digital networks. The collaborative production emerges as the preferred way to artistic and cultural. This production may contribute to promotion and preservation of cultural diversity. The collaborative cultural production highlights pluralism economics. The spread of immaterial labor produces common assets. The common creates a post-industrial and high-tech version of the gift economy. It is concluded that the collaborative culture has great potential to promote cultural diversity and economy of generosity.Keywords immaterial labor; collaborative production; culture; gift economy; collaborative cultural production.