Página 1 dos resultados de 5635 itens digitais encontrados em 0.112 segundos

Desigualdades geogr??ficas e sociais na utiliza????o de servi??os de sa??de no Brasil

Travassos, Claudia Maria de Rezende; Viacava, Francisco; Fernandes, Cristiano; Almeida, C??lia Maria de
Fonte: Associa????o Brasileira de P??s-Gradua????o em Sa??de Coletiva Publicador: Associa????o Brasileira de P??s-Gradua????o em Sa??de Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.71%
Resumo O consumo de servi??os de sa??de ?? fun????o das necessidades e do comportamento dos indiv??duos em rela????o a seus problemas de sa??de, bem como das formas de financiamento dos servi??os e recursos dispon??veis para a popula????o. A Constitui????o brasileira de 1988 estabelece o Sistema ??nico de Sa??de (SUS) com base na institucionaliza????o da universalidade da cobertura e do atendimento. O sistema foi implementado em 1990 e pode ser traduzido como igualdade de oportunidade de acesso aos servi??os de sa??de para necessidades iguais. Este trabalho estuda a eq??idade no uso de servi??os de sa??de a partir de duas dimens??es: a geogr??fica e a social. Os dados utilizados s??o de pesquisas realizadas em 1989 e 1996-1997, pelo IBGE. Para avaliar as desigualdades geogr??ficas no consumo de servi??os de sa??de foram calculadas taxas padronizadas de utiliza????o de servi??os. Comparou-se tamb??m a dimens??o do gasto privado domiciliar com medicamentos e com planos de sa??de. Para avaliar as desigualdades sociais, estimou-se a raz??o de odds para tr??s grupos de renda e para as pessoas com e sem cobertura de plano de sa??de. Observou-se pequena redu????o dos n??veis de desigualdades no per??odo analisado (1989-1996/1997)...

Desigualdades socioecon??micas em sa??de no Brasil: resultados da Pesquisa Mundial de Sa??de, 2003

Szwarcwald, Celia Landmann; Leal, Maria do Carmo; Gouveia, Giselle Campozana; Souza, Wayner Vieira de
Fonte: Instituto Materno Infantil de Pernambuco Publicador: Instituto Materno Infantil de Pernambuco
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.75%
OBJETIVO: como parte do projeto da Organiza????o Mundial da Sa??de de avalia????o de desempenho dos sistemas de sa??de das na????es, a Pesquisa Mundial de Sa??de (PMS) foi realizada no Brasil, em 2003. O presente trabalho tem o objetivo de apresentar algumas evid??ncias de desigualdades socioecon??micas em sa??de por meio das informa????es coletadas na PMS brasileira. M??TODOS: o inqu??rito populacional foi realizado em 5000 domic??lios, selecionados por amostragem probabil??stica. Para examinar as desigualdades socioecon??micas, tr??s vari??veis foram consideradas: grau de escolaridade; n??mero de bens do domic??lio; e situa????o de trabalho. Mediante modelos de regress??o log??stica, foram identificados os determinantes da auto-avalia????o de sa??de boa e das coberturas de exame ginecol??gico e mamografia. Quanto ao desempenho do sistema de sa??de, o atendimento foi avaliado de acordo com as expectativas do usu??rio. RESULTADOS: constatou-se acentuado gradiente social no estado de sa??de bem como na cobertura dos exames preventivos de sa??de entre as mulheres. Comparando-se a avalia????o do atendimento por forma de pagamento, o percentual de avalia????o "boa" foi sempre menor para os usu??rios do SUS, para qualquer um dos aspectos avaliados. CONCLUS??ES: as desigualdades em sa??de aqui evidenciadas devem ser consideradas para subsidiar as pol??ticas p??blicas e a????es do sistema de sa??de que atendam as reais necessidades da popula????o...

As pol??ticas de gest??o do trabalho e da educa????o em sa??de: limites e possibilidades diante da flexibiliza????o do trabalho no Sistema ??nico de Sa??de

Guimar??es, Tereza Cristina da Fonseca
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.84%
Este estudo trata das quest??es que envolvem a flexibiliza????o com precariza????o dos v??nculos de trabalho dos enfermeiros do Programa Sa??de da Fam??lia PSF, procurando confrontar com os limites e possibilidades oferecidos pelas a????es e pol??ticas de Gest??o do Trabalho e da Educa????o em Sa??de do Minist??rio da Sa??de. O tema da flexibiliza????o que n??o ?? setorial afeta a economia brasileira como um todo e, portanto h?? que se entender o processo hist??rico da Reforma de Estado no Brasil, a Regula????o do Trabalho em Sa??de e o Mercado de Trabalho em Sa??de. A categoria de Enfermagem ocupa uma fun????o estrat??gica na pol??tica de organiza????o da Aten????o B??sica no PSF, o que inviabiliza vincula????es prec??rias, pois fragiliza sua fixa????o no exerc??cio profissional. Para analisar e discutir a precariza????o para os enfermeiros foram utilizados dados retirados de pesquisas realizadas pela Esta????o de Pesquisa e Sinais de Mercado de Trabalho em Sa??de - Observat??rios de Recursos Humanos em Sa??de NESCON/UFMG, 2001 e 2006 e a Pesquisa do NERHUS / ENSP / FIOCRUZ, ambas em torno do PSF e sua equipe. Consolidamos as informa????es que mais particularmente afetavam aos enfermeiros e foram produzidos gr??ficos e tabelas que apuram a situa????oda sele????o...

A pr??tica pedag??gica nos cursos de educa????o profissional t??cnica de n??vel m??dio em sa??de: a percep????o do professor

Le??o, Laura Maria Pinheiro
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
135.77%
O presente trabalho teve como objeto de an??lise a pr??tica pedag??gica dos professores dos Cursos T??cnicos de N??vel M??dio em Sa??de oferecidos pela Escola T??cnica de Sa??de do Centro de Ensino M??dio e Fundamental da Universidade Estadual de Montes Claros (ETS/CEMF/UNIMONTES).Partiu da revis??o conceitual das tem??ticas: trabalho, processo de trabalho em sa??de e forma????o t??cnica de n??vel m??dio para o SUS; forma????o docente para o ensino na educa????o profissional t??cnica de n??vel m??dio em sa??de e os fundamentos para doc??ncia neste n??vel e modalidade de ensino na perspectiva da metodologia problematizadora. Utilizou-se a pesquisa qualitativa, contrastando os dados oriundos da percep????o dos professores entrevistados sobre sua pr??tica educativa, mediante entrevistas semiestruturadas, com aqueles resultantes da observa????o participante e da an??lise documental. Assim, realizou-se a t??cnica da triangula????o que permitiu o alcance do objeto sob v??rias dimens??es. Mais especificamente, buscou-se: 1) identificar as concep????es pedag??gicas do Projeto Pol??tico Pedag??gico da ETS/CEMF/UNIMONTES; 2) descrever as dificuldades e facilidades dos docentes dos cursos da ETS/CEMF/UNIMONTES na realiza????o de uma pr??tica pedag??gica que aproxime a teoria trabalhada dos princ??pios do SUS; e 3) analisar as perspectivas e demandas de forma????o dos docentes dos cursos da Escola pesquisada...

Pr??ticas educativas sobre sa??de e drogas entre educadores deprogramas sociais: um estudo qualitativo no estado do Rio de Janeiro

Souza, K??tia Mendes de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.74%
Este estudo discute as possibilidades de se operacionalizar na pr??tica de educadores as reflex??es e propostas te??rico-metodol??gicas no campo da educa????o em sa??de, centradas nas cr??ticas ??s abordagens educativas normatizadoras e medicalizantes. Para tanto, o trabalho analisa as pr??ticas educativas sobre sa??de e drogas de um grupo de educadores que participaram do Projeto Sa??de e Drogas: Desenvolvimento e Avalia????o de A????es Educativas em Programas Sociais , desenvolvido pelo Instituto Oswaldo Cruz, com o apoio do Instituto C&A de Desenvolvimento Social, no per??odo de 2006 a 2007. Objetiva-se descrever os fundamentos te??rico-metodol??gicos do referido projeto e investigar como os educadores se apropriaram de tais concep????es e quais as suas facilidades e dificuldades na implementa????o das a????es educativas previstas. Esta discuss??o teve por base a produ????o acad??mica sobre educa????o popular em sa??de e as especificidades jur??dicas, econ??micas e sociais envolvidas no controle e preven????o do uso de drogas l??citas e il??citas. Orientado por uma abordagem qualitativa, que envolveu a an??lise documental do projeto Sa??de e Drogas , entrevistas com educadores e observa????es de pr??ticas institucionais, o estudo analisou a trajet??ria e as pr??ticas profissionais dos educadores...

A contribui????o do curso de forma????o profissional de auxiliar em sa??de bucal na pr??tica dos servi??os de sa??de bucal e na vida dos profissionais envolvidos

Sartori, Jaqueline Alves Lopes
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.83%
O servi??o de Sa??de Bucal no munic??pio de S??o Paulo ?? realizado pela rede de Unidades B??sicas de Sa??de, englobando unidades com e sem Estrat??gia Sa??de da Fam??lia. O trabalho em equipe ?? uma prioridade na sa??de bucal e busca uma maior qualidade no atendimento e uma mudan??a do modelo de aten????o. A Escola T??cnica do SUS do Munic??pio de S??o Paulo oferece cursos de forma????o profissional com vistas a capacitar trabalhadores mais comprometidos com o SUS, onde os alunos aprendem praticando e, ao praticar, se apropriam dos princ??pios cient??ficos que est??o na base da organiza????o do trabalho em sa??de. Alunos e profissionais de Sa??de Bucal que atuam como docentes buscam modificar o pr??prio processo de trabalho, promovendo uma nova pr??tica com vistas ?? mudan??a do perfil epidemiol??gico e do modelo de aten????o. A Qualifica????o do Auxiliar em Sa??de Bucal ?? uma das etapas (itiner??rio) da forma????o do T??cnico em Sa??de Bucal. O Curr??culo do T??cnico em Sa??de Bucal tem como pressuposto contribuir para a melhoria da qualidade da aten????o em sa??de bucal prestada ?? popula????o,rompendo com as barreiras de uma vis??o fragmentada e parcial da aten????o. O objetivo principal deste estudo ?? analisar mudan??as ocorridas na pr??tica dos servi??os de sa??de bucal e na vida pessoal dos egressos e dos docentes/ odont??logos...

Cada Caps ?? um Caps: a import??ncia dos saberes investidos na atividade para o desenvolvimento do trabalho em sa??de mental

Ramminger, Tatiana
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
135.82%
Esta tese tem como principal objetivo incorporar as experi??ncias de trabalho dos profissionais dos Centros de Aten????o Psicossocial (Caps) aos estudos acad??micos, n??o apenas para formaliz??-las, mas para auxiliar em seu desenvolvimento e na consequente amplia????o da capacidade de defesa da sa??de dos trabalhadores de sa??de mental. Para tanto, vale-se das contribui????es da cl??nica do trabalho francesa, especialmente a ergologia e a cl??nica da atividade, para colocar em di??logo o p??lo dos saberes formalizados (das disciplinas) e o p??lo dos saberes investidos na atividade (da experi??ncia).No p??lo dos saberes formalizados, relaciona diferentes concep????es de sa??de e trabalho, e apresenta as contribui????es do ponto de vista da atividade para analisar o trabalho em sa??de, o patrim??nio de estudos sobre a rela????o entre sa??de e trabalho em sa??de mental e, finalmente, o processo de cria????o dos Caps, suas principais propostas e algumas considera????es sobre os desafios da atividade de trabalho nestes servi??os. No p??lo dos saberes investidos na atividade, a partir da constitui????o de uma Comunidade Ampliada de Pesquisa com pesquisadores acad??micos e profissionais de um Caps, analisa a atividade de trabalho nos Caps sob o ponto de vista da atividade...

Pesquisa-a????o na gest??o da educa????o e do processo de trabalho em sa??de: uma ferramenta estrat??gica para acolhimento qualificado da viol??ncia entre parceiros ??ntimos na gravidez

Berger, S??nia Maria Dantas
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
135.81%
A viol??ncia na gesta????o relaciona-se a um padr??o muito grave de viol??ncia e pode ser mais freq??ente do que outros agravos rastreados durante o pr??-natal. Embora o rastreamento e acolhimento dos casos nos servi??os sejam recomendados, no cen??rio brasileiro, nem a busca ativa das mulheres em situa????o de viol??ncia e, nem t??o pouco aforma????o em sa??de prepara os profissionais para lidarem com o problema. Partindo do questionamento sobre que propostas pol??tico-pedag??gicas poderiam contribuir para uma qualifica????o profissional em sa??de diferenciada e, baseando-se na experi??ncia de um projeto de pesquisa-a????o(Projeto VDG), desenvolvido em hospital p??blico com vistas a formar profissionais de sa??de para a abordagem da viol??ncia dom??stica na gravidez, o estudo de doutorado objetivou analisar o fen??meno da viol??ncia dom??stica na gravidez (VDG), com foco na viol??ncia entre parceiros ??ntimos(VPI) e o uso da pesquisa-a????o(PA) como ferramenta estrat??gica na qualifica????o da aten????o em sa??de,desdobrando-se em quatro artigos: um ensaio que demarcou conceitualmente o problema da viol??ncia contra mulheres e demonstrou a magnitude e complexidade do problema, seus efeitos na sa??de da mulher e sua invisibilidade nos servi??os; uma revis??o que aprofundou dados sobre os limites e oportunidades na forma????o em sa??de; um artigo que descreveu e analisou as entrevistas em profundidade com profissionais de sa??de envolvidos na PA; e ...

O uso da informa????o em sa??de para avalia????o de impacto e gest??o do territ??rio: uma proposta de abordagem metodol??gica

Andreazzi, Marco Antonio Ratzsch de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.79%
A proposta aqui apresentada considera a informa????o gerada pelo setor sa??de como resultante da rela????o entre os processos de destrui????o e desgaste a que est?? submetida a popula????o, em seus diferentes estratos, e os processos de resist??ncia e recupera????o desenvolvidos pelas mesmas. Dessa forma, a informa????o gerada, particularmente pelos servi??os de sa??de, reflete tanto as condi????es de vida da popula????o como a capacidade de respostas desenvolvidas pela sociedade, naquele momento do seu processo hist??rico. Para tanto, procura-se descrever a evolu????o desta informa????o no tempo e no espa??o, procurando identificar os problemas decorrentes de acesso, cobertura e complexidade dos servi??os, al??m de falhas e desvios introduzidos no pr??prio processo de produ????o, dissemina????o e utiliza????o da informa????o. Este trabalho se organiza em um estudo em tr??s est??gios que contribuem para um resultado final com a proposi????o de uma metodologia ou estrat??gia de a????o. Pretende-se, dessa forma, lan??ar um debate e contribuir para que os dados do setor sa??de possam vir a ser utilizados mais amplamente na constru????o de indicadores para a gest??o do territ??rio, tanto por gestores como pela popula????o em geral. O trabalho aqui apresentado envolve o levantamento dos indicadores da rela????o sa??de e ambiente que est??o sendo mais utilizados na literatura cient??fica e na defini????o de prioridades para a gest??o do territ??rio. Para esse levantamento procurou-se concentrar nas quest??es que se referem ao saneamento...

Inqu??ritos em Sa??de no Brasil: relev??ncia e fluxo informacional dos question??rios

Abranches, Luciana Ribeiro
Fonte: Instituto de Comunica????o e Informa????o Cient??fica e Tecnol??gica em Sa??de Publicador: Instituto de Comunica????o e Informa????o Cient??fica e Tecnol??gica em Sa??de
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
125.73%
As informa????es contidas nos Sistemas de Informa????es existentes no Brasil s??o insuficientes para identificar as necessidades da popula????o no setor sa??de. Os inqu??ritos de sa??de tem papel fundamental na elabora????o de informa????es para formula????o de pol??ticas p??blicas essenciais para a popula????o brasileira. O presente trabalho utiliza as informa????es obtidas sobre preval??ncia auto-referida de diabetes e hipertens??o arterial, obtidas em inqu??ritos nacionais peri??dicos, para avaliar tr??s quest??es: 1 -Como a mudan??a na pergunta sobre estas doen??as de um per??odo para o outro afeta as estimativas de preval??ncia?; 2- Como estas estimativas, em n??vel nacional, se relacionam com as portarias e os programas do governo relacionados a diabetes e hipertens??o?; 3 ??? Como uma revis??o sistem??tica de inqu??ritos pode ajudar a compreender de forma mais ampla a preval??ncia na mudan??a na forma de perguntar sobre hipertens??o e diabetes nos question??rios utilizados por cada pesquisa? A op????o em trabalhar com o diabetes e a hipertens??o arterial deve-se ao fato destas doen??as serem as que mais acometem a popula????o brasileira e que acarretam maior gasto para os cofres p??blicos, de acordo com dados do Minist??rio da Sa??de. Ser??o analisados dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domic??lios e do VIGITEL. Ser?? realizada uma busca das portarias e dos programas do governo federal relacionados a estas doen??as. O presente trabalho proporciona a reflex??o sobre a import??ncia de um reposit??rio ??nico para organizar os dados coletados pelas pesquisas e a necessidade de relatos sobre as experi??ncias de campo das pesquisas.

A arte como processo tecnol??gico de compreens??o e (re)significa????o do trabalho em sa??de

Couto, Z??lia de F??tima Seibt; Vaz, Marta Regina Cezar; Svaldi, Jacqueline Sallete Dei
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
115.78%
O texto apresenta o resultado de um processo dial??gico transversal entre o conte??do da arte, trabalho e sa??de mediado por experi??ncias sens??veis em arte-educa????o, como processo tecnol??gico de compreens??o e re-significa????o do trabalho em sa??de. Descreve-se detalhadamente um experimento em arte-educa????o desenvolvido com grupos de profissionais de uma Especializa????o em Sa??de da Fam??lia da Universidade Federal do Rio Grande, no Rio Grande do Sul. Apresenta-se o produto de um processo tecnol??gico de arte-educa????o nos seus significantes, a partir das viv??ncias - Espa??ograma: para o outro a partir de si e Mem??ria: retomando o processo de trabalho, onde as hist??rias contadas referiam-se aos elementos do processo de constru????o coletiva, tendo como tema central a Sa??de da Fam??lia, articulados com a realidade hist??rica do trabalho em sa??de, sua s??ntese e re-significa????o.; This text presents the result of a transversal dialogical process permeating the content of art, work, and health care mediated by sensory experiences in art-education as a technological process of understanding and re-significance of health care work. An art-education experiment developed with a group of a nursing and medical professionals from a Family Health Specialization of the Federal University of Rio Grande...

Educa????o nutricional para idosos e seus cuidadores no contexto da educa????o em sa??de

Brand??o, Aline Ferreira; Vargas, Vagner de Souza; Gomes, Giovana Calcagno; Pelzer, Marlene Teda; Lunardi, Val??ria Lerch
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
105.74%
Os profissionais cujo trabalho tem rela????o com a promo????o da sa??de, preven????o de doen??as ou recupera????o da sa??de do idoso devem conhecer o processo nutricional dessa popula????o como fen??meno influenciado por condi????es ambientais, sociais e psicol??gicas. O objetivo deste trabalho foi realizar uma reflex??o te??rica acerca da educa????o nutricional para idosos, atrav??s do processo de educa????o em sa??de. Discutimos quest??es relacionadas ?? educa????o em sa??de, educa????o nutricional e a educa????o nutricional para a popula????o idosa e para seus cuidadores. Atrav??s da educa????o nutricional, os profissionais de sa??de podem transcender seus conhecimentos t??cnicocient??ficos para atuarem como educadores em sa??de e multiplicadores de conhecimentos. A implementa????o de estrat??gias educativas possibilita a apreens??o do idoso e/ou de seus cuidadores, como sujeito aut??nomo capaz de compreender suas necessidades nutricionais e adapt??-las a seus padr??es culturais, prefer??ncias, disponibilidades alimentares e possibilidades financeiras promovendo mudan??as no seu processo de viver, capazes de melhorar sua sa??de e sua qualidade de vida.; Professionals whose work is connected to health promotion...

Enfermeiras construindo estrat??gias para implementa????o das a????es em sa??de

Fernandes, Jeanice de Freitas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.8%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2003.; Enfermeiras confrontam-se, no cotidiano, com situa????es das quais podem discordar, o que pode estar relacionado a seus valores, cren??as, saberes, assumindo posturas de aceita????o e/ou de resist??ncia. Especificamente na ??rea de sa??de coletiva, enfermeiras podem estabelecer rela????es de poder com o gestor municipal de sa??de, com a comunidade ou, ainda, com a pr??pria equipe de enfermagem e com os demais profissionais de sa??de. A partir da concep????o foucaultiana de poder, procurou-se conhecer as estrat??gias constru??das por enfermeiras no enfrentamento de dificuldades vivenciadas na implementa????o das a????es em sa??de. Nesta pesquisa, de car??ter qualitativo, a coleta de dados foi realizada atrav??s de entrevistas semi-estruturadas, com oito enfermeiras que atuam no Programa de Agentes Comunit??rios de Sa??de (PACS) ou Programa de Sa??de da Fam??lia (PSF), em munic??pios de abrang??ncia da 6?? Coordenadoria Regional de Sa??de (CRS) do Rio Grande do Sul. As entrevistas enfocaram as dificuldades vivenciadas pela enfermeira com o gestor municipal de sa??de, a equipe de sa??de e a comunidade para a implementa????o das a????es em sa??de; e as estrat??gias constru??das para enfrentar tais dificuldades. A partir da an??lise dos dados...

A enfermagem em sa??de coletiva e a modelagem da programa????o: uma abordagem socioambiental do trabalho

Cabreira, Graciela Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.85%
Disserta????o(Mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2003.; O objeto deste estudo est?? centrado na constru????o da modelagem da programa????o em sa??de no interior do trabalho da enfermagem, na 3?? Coordenadoria Regional de Sa??de, no Estado do Rio Grande do Sul. O termo modelagem, incluso no objeto de estudo, ?? entendido como modelo de organiza????o do trabalho, que se expressa em um conte??do tecnol??gico, atrav??s da forma da programa????o. Para tanto, tem-se como objetivo geral analisar, por meio de uma vis??o socioambiental, a constru????o da modelagem (conte??do/forma) da programa????o no trabalho da enfermagem em sa??de coletiva, na Rede B??sica de Servi??os P??blicos de Sa??de da 3?? Coordenadoria Regional de Sa??de. O processo te??rico metodol??gico da pesquisa foi constru??do atrav??s de um quadro de refer??ncia te??rico, constitu??do pelas tem??ticas do conceito de trabalho, modelagem da programa????o e vis??o socioambiental do trabalho. Os dados foram coletados atrav??s da entrevista semi-estruturada gravada e, da aprecia????o de documentos oficiais. Foram entrevistadas 30 (trinta) agentes sociais enfermeiras, em 13(treze) munic??pios, extra??das por meio de uma amostra...

Elementos socioambientais constitutivos do acolhimento no processo de trabalho em sa??de da fam??lia

Branco, Zelionara Pereira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.85%
Disserta????o(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2005.; Este estudo tem como objeto ?? identifica????o de elementos socioambientais que comp??e o acolhimento no processo de trabalho das equipes de Sa??de da Fam??lia, na regi??o sul do Estado do Rio Grande do Sul. O entendimento dos elementos socioambientais ocorreu por meio da racionalidade ambiental de Leff (1993,2001) constitu??da por quatro esferas de racionalidades; a substantiva; a te??rica; a instrumental e a cultural. Neste enfoque a racionalidade ambiental ?? entendida como uma forma organizada de definir novos valores e significados para o processo de produ????o de sa??de, que utilizada como ferramenta conceitual propiciou a identifica????o dos elementos presentes no acolhimento. As principais refer??ncias te??ricas abrangem as tem??ticas: acolhimento, visualizando este conceito por meio do processo de trabalho; o programa sa??de da fam??lia, como pol??tica p??blica de reorganiza????o das a????es em sa??de e o processo de trabalho da estrat??gia Sa??de da Fam??lia, permitindo caracterizar o contexto coletivo do trabalho em sa??de. O grupo de estudo foi obtido atrav??s de crit??rios de sele????o que consideraram: tempo de atua????o no programa; cobertura populacional; localiza????o do munic??pio em rela????o ao munic??pio sede da regional e a forma de gest??o em sa??de segundo a NOAS/2002. Os dados foram coletados atrav??s de entrevista semi-estruturada. Foram entrevistados vinte e sete participantes...

Da auditoria assistencial do SUS ? atividade de trabalho em vigil?ncia em sa?de: contribui??es da psicologia s?cio-hist?rica e da cl?nica da atividade para o desvelamento do real da atividade

Carneiro, Elaine de Lourdes
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.83%
ABSTRACT This was a study that aimed to unveil the work activity process underlying the implementation, or not, of the activities related to Health Surveillance, prescribed in the Final Audit Report of the Municipal Health System/2009, based on the meanings produced by a Technician of a municipality audited by the team of the Jequitinhonha/Minas Gerais Healthcare Audit Macroregional Center. Likewise, it was the objective of this work to define, together with this subject, strategies to face the factors that hinder the implementation of the prescribed activities. The study scenarios were three municipalities audited by this team between June/2009 and December/2010. Seven subjects participated, namely: four Technicians who carried our Health Surveillance activities and three Municipal Health Managers. However, just one of these subjects had all of his information interpreted in this dissertation. The epistemological assumptions guiding the study were some categories of Socio-Historical Psychology and of the Activity Clinic. The techniques used for collecting information were: Documentary Analysis, Semi-structured and Centralized / Thematic Interviews (both recurrent), Interviews based on Life Story Narratives, and the Culture Circle. The information was analyzed using the Meaning Cores and an adaptation of the analytical strategy adopted by Murta (2008). Six Meaning Cores were systematized...

O trabalho e a gest?o do cuidado em sa?de: a constru??o de uma pol?tica nacional em sa?de do trabalhador no Brasil: uma an?lise documental

CRUZ, Amanda Pereira de Carvalho
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.86%
O desenvolvimento dos modelos de produ??o acarretou diversas transforma??es na concep??o da rela??o homem/trabalho. Com isso, o trabalho tornou-se um dos aspectos centrais na vida do homem moderno. Na rela??o com o trabalho, emergem diversos processos de subjetiva??o baseados nas pr?ticas presentes nos contextos em que ele se realiza, bem como nos processos de sa?de e doen?a. No Brasil, esse processo vem sendo delineado por quest?es pol?ticas e sociais que levaram ? emerg?ncia da chamada Pol?tica Nacional de Seguran?a e Sa?de do Trabalhador, em 2004. Entretanto, esse tema e seus desdobramentos ainda s?o fortemente debatidos, uma vez que tal pol?tica n?o se encontra em intenso vigor, demonstrando um percurso em constante constru??o e ainda perme?vel ? diferentes influ?ncias. Este trabalho busca problematizar as pr?ticas que produzem processos de subjetiva??o do ?sujeitotrabalhador? pautados em dispositivos biopol?ticos, a partir da an?lise da gest?o do cuidado em sa?de do trabalhador no Brasil. Partindo dessa perspectiva, buscou-se analisar a constru??o das Pol?ticas de Sa?de do Trabalhador no pa?s, focando a formula??o da PNSST e sua perspectiva atual. Para isso, foram analisadas as estrat?gias de cuidado presentes nesta Pol?tica...

Educa????o permanente em sa??de no processo de trabalho de um Centro de Aten????o Psicossocial.; Permanent education of health in the labor process of Psychosocial Care Center.

MEIRELLES, Maria Carolina Pinheiro
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Enfermagem e Obstetr??cia; Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Enfermagem e Obstetr??cia; Programa de P??s-Gradua????o em Enfermagem; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf; application/msword
POR
Relevância na Pesquisa
105.79%
This work aims to recognize experiences and practices of education on health (EPS) in the labor process of a Psychosocial Care Center (CAPS). This is a qualitative, descriptive and analytical study, based on the case study of a CAPS in Rio Grande do Sul, which comes from CAPSUL research that is a study of Evaluations Fourth Generation. Data were collected from interviews with 27 professionals in accordance with the hermeneutics dialectical, using 390h of observations of 03 researchers and their field notes, including the validation workshop and recycling of data. The analysis was carried out in accordance with hermeneutics dialectic, historical context, descriptions of the service, data consolidation through collective activities, and systematization according to three categories: diversity of actors; horizontal relationship; problematization and resolutivity. The study confirms that many of collective activities carried out in a CAPS can be recognized as EPS, since their characteristics be organized based on participation, inclusion and enhancement of various actors, co-management, health education, planning, assessment practices, and troubleshooting. Many of these activities are literacy workshops and collective mental health, team meetings with discussions of cases...

BPPH: banco de pre??os praticados na ??rea hospitalar

Brasil. Minist??rio da Sa??de (MS). Secretaria de Gest??o de Investimentos em Sa??de (SIS)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
105.75%
O BPPH foi idealizado pelo Ministro Jos?? Serra no in??cio de sua gest??o em Abril de 1998, visando uma pol??tica de transpar??ncia na utiliza????o dos recursos p??blicos e, tamb??m a busca da disponibilidade de mais um instrumento regulador de mercado. A implanta????o do sistema, abrange atualmente 32 hospitais federais, estaduais, municipais e 5 secretarias estaduais de sa??de que alimentam o BPPH via INTERNET, permitindo contabilizar um benef??cio de R$ 1.373.687,00 (redu????o do custo entre 2 compras consecutivas) somente nos 5 hospitais fundadores do sistema, sendo que 50% desse valor pode-se atribuir ao uso do Banco de Pre??os. Este trabalho foi apresentado no CONIP99 - Congresso de Inform??tica P??blica 1999 - em nome do Minist??rio da Sa??de, com a autoriza????o emitida pelo Senhor Chefe de Gabinete do Ministro, Dr. Ot??vio Azevedo Mercadante. O BPPH foi desenvolvido e implantado no per??odo de Maio de 1998 a Abril de 1999 como um projeto do Grupo Executivo de A????o Estrat??gica na ??rea Hospitalar, grupo este coordenado pelo Dr. Benedito Nicotero Filho, Assessor Especial do Ministro da Sa??de. O BPPH no seu processo de institucionaliza????o foi transferido do Gabinete do Ministro para a Secretaria de Gest??o de Investimentos em Sa??de. As Portarias do Ministro da Sa??de que regulamentam o sistema s??o: Portaria 3.505 publicada em 28 de Agosto de 1998 cria a C??mara T??cnica Consultiva do BPPH; Portaria 74 publicada em 02 de Fevereiro de 1999 institui a obrigatoriedade para hospitais p??blicos de mais de 320 leitos e a Portaria 481 publicada em 19 de Abril de 1999 transfere a subordina????o da C??mara T??cnica e do Sistema para a Secretaria de Gest??o de Investimentos em Sa??de. Este trabalho foi o ganhador do Pr??mio CONIP99 de Excel??ncia em Inform??tica P??blica; N??mero de p??ginas: 7 p.; Inova????o; Iniciativa premiada no 4?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal sob responsabilidade de Valter Stevanato Vuolo; A????es premiadas no 4?? Concurso Inova????o na Gest??o P??blica Federal - Pr??mio H??lio Beltr??o ??? 2000; ??rea tem??tica: planejamento...

Inovasus: um incentivo ??s novas pr??ticas

Brasil. Minist??rio da Sa??de (MS). Departamento de Gest??o e da Regula????o do Trabalho em Sa??de (Degerts)
Fonte: Escola Nacional de Administração Pública Publicador: Escola Nacional de Administração Pública
Tipo: Relato de Experi??ncia
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
115.78%
O Pr??mio Inovasus consiste em uma iniciativa in??dita no Minist??rio da Sa??de, coordenada pelo Departamento de Gest??o e da Regula????o do Trabalho em Sa??de (Degerts), da Secretaria de Gest??o do Trabalho e da Educa????o na Sa??de (SGTES), que tem como objetivo identificar, reconhecer e valorizar pr??ticas inovadoras da gest??o do trabalho na sa??de, considerando a necessidade de estrutura????o e fortalecimento no ??mbito dos Estados, Distrito Federal, regi??es e Munic??pios, a partir dos protocolos homologados no ??mbito da Mesa Nacional de Negocia????o Permanente do SUS (MNNP-SUS), que se constituem refer??ncias para a melhoria das condi????es de trabalho nos entes federativos. Esta iniciativa proporciona o reconhecimento e d?? visibilidade ??s experi??ncias locais, fortalecendo o campo da gest??o do trabalho; N??mero de p??ginas: 9 p.; Classifica????o::Administra????o P??blica. Teoria Geral da Administra????o::Desenvolvimento Gerencial::Inova????o; Iniciativa sob responsabilidade de Ana Paula Cerca; ??rea tem??tica: Arranjos institucionais para coordena????o e implementa????o de pol??ticas p??blicas