Página 1 dos resultados de 6007 itens digitais encontrados em 0.019 segundos

As condições do trabalho docente: um estudo em escolas da rede municipal de Currais Novos-RN (2009 a 2012)

Brito, Fabiana Erica de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
This work, named Teaching conditions: a study in municipal schools of Currais Novos RN (2009 to 2012) aims to analyze the status of teaching in schools in the municipality of Currais Novos RN in the period ranging from 2009 - 2012, considering infrastructure, initial and continued training and intensification and casualization of teaching factors in the context of the 1990s educational reformations. It, also, assumes that teaching is a constitutive part of capitalist society, and has been reconfigured with based on the new requirements demanded by the labor market. In order to conduct this study the considered data included the survey research Teaching Work in Basic Education in Brazil (2009 to 2010) , held in seven Brazilian states being: Pará, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Goiás, Paraná, Santa Catarina and Espírito Santo. Specifically selected for deepening of the study, there were schools in the municipality of Currais Novos in which semi-structured interviews were performed with teachers of the said municipality. This research is constituted of a qualitative and quantitative approach whose survey instruments adopted were, namely: documental research, literature review, interviews and surveys. The obtained data analysis allows us to infer that the teaching work performed by teachers in the states which participated in the survey has been influenced the changes in the labor market and educational reformations and has been taking on characteristics such as flexibility...

Um estudo das representações sociais sobre o trabalho docente dos licenciandos do curso de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Uberlândia; A study on social representations regarding the teaching work of the Biological Science Course Students of the University of Uberlândia.

Santos, Sandro Prado
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
A presente pesquisa foi desenvolvida no curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, da Universidade Federal de Uberlândia, e teve como objetivo levantar as representações sobre o trabalho docente dos licenciandos desse curso. Constituiu-se em uma investigação qualitativa, na qual fizemos uso do referencial teórico-metodológico da Teoria da Representação Social, na perspectiva moscoviciana, que nos possibilitou uma aproximação com a subjetividade dos sujeitos pesquisados, e, portanto acesso às suas representações. Para a construção dos dados fizemos uso de um questionário aplicado a 168 licenciandos, sendo 21 de cada período do curso e, num segundo momento, realizamos uma entrevista semi-estruturada com 16 alunos, dois de cada período. Optamos pela mesclagem de dados quantitativos e qualitativos, recurso comumente utilizado para a triangulação de dados, que possibilita uma visão mais completa do fenômeno estudado. Os dados do questionário foram analisados de forma qualitativa, assim como as entrevistas. Os discursos presentes nestas foram tratados com base em Bardin, técnica de análise de conteúdo. As análises mostraram que os licenciandos compartilham dos mesmos referentes representacionais, sobre o trabalho docente...

O ciclo vigília/sono dos(as) alunos(as) na organização do trabalho docente: as particularidades do corpo nas cenas da aula

Novais, Eliane Santana
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Nesta pesquisa, apresento os resultados sobre a relação entre ciclo vigília/sono, trabalho docente e condições favoráveis de aprendizagem. Como um estudo de caso, contemplou alunos(as), na faixa etária de 11 a 13 anos, de uma turma de sexto ano do ensino fundamental da rede municipal de ensino, turno da manhã, e seus(suas) professores(as). As questões orientadoras da pesquisa foram: quais são os significados do ciclo vigília/sono dos(as) alunos(as) na organização do trabalho docente? Quais são os procedimentos, a forma de organização do espaço e de ocupação do tempo selecionados para compor o trabalho docente e seus significados diante das necessidades decorrentes do ciclo vigília/sono dos(as) alunos(as)? Qual é o significado da relação entre trabalho docente e ciclo vigília/sono dos(as) alunos(as) para a constituição de condições favoráveis à aprendizagem escolar? Foram desenvolvidas pesquisa bibliográfica e de campo. A opção foi por ancorar a investigação nas formulações de Marx (1974), Saviani (2003) e Frigotto (2009), sobre conceitos de trabalho e trabalho docente, e nas elaborações acerca da Cronobiologia, desenvolvidas por Marques & Menna-Barreto (1997; 2003); Louzada & Menna-Barreto (2007); Andrade (1991; 1997) e Mello (1999). Foram utilizados diversos instrumentos de coleta de dados: questionários de hábitos de sono e de Horne & Ostberg...

TRANSFORMAÇÕES NA ORGANIZAÇÃO DO PROCESSO DE TRABALHO DOCENTE E SUAS CONSEQÜÊNCIAS PARA OS PROFESSORES

Dalila Andrade Oliveira; FAE/UFMG; Gustavo Bruno Bicalho Gonçalves; Savana Diniz Gomes Melo; Vinicius Fardin; Daniel Mill; UFSCar
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.2%
O presente artigo pretende abordar a questão do trabalho docente como tema de estudos e investigação, a partir de breve retrospectiva das discussões sobre a organização do processo de trabalho escolar, procura identificar eixos de discussão e futuras pesquisas. A partir da identificação de mudanças ocorridas na organização do trabalho docente trazidas pelas reformas educacionais ocorridas na última década, procura problematizar as atuais condições de trabalho na escola e possíveis conseqüências das mesmas sobre o desenvolvimento do trabalho escolar e da própria profissão docente.

A PROLETARIZAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE: ENTRE O MITO, A REALIDADE E A POSSIBILIDADE

Cássio Miranda dos Santos; UNI-BH
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.11%
A questão da profissionalização do professor tem sido amplamente discutida e dentre as análises destaca-se a "tese da proletarização". O presente trabalho procura analisar e discutir a tal teoria, levantando seus aspectos positivos e negativos. Através de um breve histórico do trabalho docente procura também, por meio da identificação das condições de trabalho do professor, avaliar as semelhanças entre o seu trabalho, o trabalho de um profissional e o trabalho de um proletário.

PRECARIZAÇÃO, TRABALHO DOCENTE INTENSIFICADO E SAÚDE DE PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS / Precariousness, intensified teachers’ work and health of teachers

Briana Manzan Reis; UNIUBE; Sálua Cecílio; UNIUBE
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/download
Publicado em 19/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.2%
Este artigo trata da realidade de salas de aulas e a intensificação de atividades docentes diárias de uma universidade particular. O objetivo é discutir as condições do trabalho docente universitário no capitalismo flexível, abordando principalmente a sua precarização e os efeitos para a saúde de professores. O estudo é de abordagem qualitativa, e sua metodologia incluiu pesquisa bibliográfica e de campo baseada em entrevistas semiestruturadas sobre as temáticas da profissão, saúde, trabalho e tecnologia. O estudo apontou que o trabalho docente tem representado sobrecarga ao professor e é pouco reconhecido socialmente. Muitos desenvolvem doenças ao longo de suas carreiras e há casos até de necessidade de acompanhamento psicológico. Por outro lado, há também docentes que se sentem realizados e felizes com sua profissão. O trabalho docente hoje deixa muito a desejar, pois tem baixa remuneração salarial, longa jornada de trabalho, excesso de atividades a serem realizadas fora do horário de expediente. De modo geral, há uma mistura do trabalho à vida pessoal, as condições de trabalho são insatisfatórias e os professores mostram-se cada vez menos motivados a exercer sua profissão.

PROFESSORES TEMPORÁRIOS: FLEXIBILIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E CONDIÇÕES DE TRABALHO DOCENTE / Temporary Teachers: flexibilization of contracts and teacher’s work conditions

Denize Cristina Kaminski Ferreira; Universidade Federal do Paraná; Claudia Barcelos de Moura Abreu; UNIFESP
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/download
Publicado em 19/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.1%
O presente trabalho tem por objetivo analisar o fenômeno da contratação temporária de docentes na Educação Básica da rede pública do estado do Paraná. A contratação especial é uma forma atípica de admissão, para atender às necessidades temporárias de excepcional interesse público. Entretanto, essa modalidade tem se constituído, nos últimos anos, em uma prática cada vez mais recorrente. Buscou-se, neste estudo, compreender as possíveis causas do uso recorrente dessa prática de contratação no magistério paranaense e como ela tem impactado as condições de trabalho docente. Os resultados evidenciam que os professores contratados pelo Processo Seletivo Simplificado não possuem os mesmos direitos que os estatutários admitidos mediante concurso, não gozam de estabilidade profissional, não têm acesso ao plano de carreira e nem aos demais benefícios historicamente associados ao magistério público. Esse tipo de contratação caracteriza-se pela constante incerteza profissional, além da minimização dos direitos trabalhistas, o que tem causado precarização das condições de trabalho dos profissionais submetidos a este regime. Assim, é possível afirmar que a contratação temporária dos docentes da Educação Básica da rede pública estadual paranaense emerge de um contexto mais amplo...

TRABALHO DOCENTE, CLASSE SOCIAL E RELAÇÕES DE GÊNERO

Daniel Ribeiro Mill; UFSCar
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.13%
Esta obra é uma referência fundamental para todos aqueles que desenvolvem ou pretendem desenvolver algum tipo de pesquisa acerca do trabalho docente e, ainda, constitui um rico instrumento de análise e de reflexão para todos os educadores interessados em obter uma visão geral sobre a constituição histórica do trabalho docente, num período em que este se transforma, impulsionado pelo processo de ampliação das oportunidades de acesso à educação básica no país e pela necessidade de o Estado normalizar, regularizar e controlar essa profissão em nível nacional.

FATORES DE INTENSIFICAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL / Factors of intensification of teachers’ work in the early years of elementary school

Ana Silvia Jacques; Univille; Márcia Souza Hobold; Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 02/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.21%
Este artigo visa apresentar os fatores de intensificação do trabalho docente, resultado de uma pesquisa realizada na Rede Municipal de Ensino de Joinville (SC), sobre as condições de trabalho docente nos anos iniciais do ensino fundamental. A finalidade é identificar os fatores que intensificam e os aspectos que favorecem o trabalho docente, considerando a carga e a jornada de trabalho. A pesquisa de abordagem qualitativa articulou-se ao método survey e a análise baseou-se nas respostas de 170 professores a um questionário. As questões analisadas envolveram o perfil do professor e a relação com a profissão, com destaque às condições objetivas e subjetivas de trabalho. Fundamentaram teoricamente os resultados González Arroyo (2007), Duarte (2010), Frigotto (2002), Oliveira (2004), Tardif e Lessard (2011), entre outros. Constatou-se que a sobrecarga de trabalho é desencadeada pela própria exigência que o professor faz para si, diante das diversas responsabilidades atribuídas aos docentes, os quais sinalizam o excesso de atividades que extrapolam a jornada escolar e apresentam ainda afirmativas sobre em que sentido tais aspectos contribuem para a intensificação do trabalho. Em contrapartida...

PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE E FORMAÇÃO DO SUJEITO CRÍTICO: (IM)POSSIBILIDADES E (DES)CAMINHOS / Precariousness of teaching work and formation of the critical subject: (im)possibilities and (un)ways

Jéssica Nascimento Rodrigues; Colégio Pedro II; Mary Rangel; Universidade Federal Fluminense
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 02/11/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.08%
This article consists of the discussion and the results of a doctorate research in education. This study aimed to examine the discourses of teachers of Portuguese Language of three schools of Niterói-RJ about the formation of a literate critical subject, not excepting the analysis of the possibilities and limits of these practices. The literature review was divided into three sections: the current context of precariousness of teaching, making use of authors aligned to historical materialism and dialectical; the formation of a literate critical subject docks in Freire's contribution; the concepts of language and ideology under a Bakhtinian perspective. The population studied was the total group of teachers of Portuguese Language of the three schools. Data collection was limited to two phases: application of semi-structured questionnaires; realization of focus groups, whose interactions, based on a screenplay, were analyzed here. Teachers, while recognizing the importance of their work in dealing with language, for the formation of a literate critical subject, let ooze such necessity considering it utopian. This is an official ideology - the ideological phenomenon embodied in language - wet by the idea that changing the world is impossible. Liberating education for the critical role in the historical process is subsumed in pragmatism...

FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E TRABALHO DOCENTE EM TEMPOS DE REGULAÇÃO AVALIATIVA EXTERNA / Education, knowledge and teaching work in times of regulative external evaluation

José Augusto Pacheco; Universidade do Minho; Micaela Ferreira Marques; Universidade do Minho
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 02/11/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.2%
In this text we are discussing the knowledge, training and work teaching in an era of external evaluation from theoretical and conceptual approaches, with references to research on national research on institutional evaluation. Because globalization is a process with consequences for school, and teaching work, the issue of teaching knowledge is inserted in the context of Curriculum Studies, and Didactic, as well as. Are therefore explored the concept of teacher professional learning, curriculum governance focused on results and standards and the impasse in which they are teachers when discussing the narrowing of the curriculum and the conditions of teaching. ___Discute-se, neste texto, a formação, o conhecimento e o trabalho docente em tempos de avaliação externa, a partir de abordagens téorico-conceptuais, com referências a uma pesquisa sobre avaliação institucional. Porque a globalização é um processo com consequências na escola e no trabalho docente, a questão dos saberes docentes é inserida no contexto dos Estudos Curriculares e da Didática. São, assim, explorados o conceito de aprendizagem profissional docente, a governamentalidade curricular centrada em resultados e standards e o impasse em que se encontram os professores quando se discute o estreitamento do currículo e das condições do trabalho docente.

TRABALHO DOCENTE E DESEMPENHO ESTUDANTIL / Teacher work and student performance

Tiago Jorge; Gestrado/FaE/UFMG
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 02/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.07%
Esta tese tem como objetivo analisar a influência do trabalho docente, que sofreu mudanças em sua configuração na escola devido a reformas educacionais ocorridas nas últimas décadas, sobre os resultados de exames de avaliação do desempenho estudantil. O referencial teórico aborda os limites e contradições da escola republicana e a escola como reprodutora das desigualdades presentes na sociedade, por um lado e, por outro, o efeito-escola e escola eficaz. Os referenciais são tratados com base na discussão sobre a escola como espaço de promoção de justiça social. A igualdade, antes pensada como garantia de acesso e permanência na escola, é substituída pela equidade, conceito em que o ideal de justiça é interpretado como o reconhecimento das desigualdades. Nesse sentido, a igualdade é deslocada para a busca por resultados...  

GRAMSCI E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A COMPREENSÃO DO TRABALHO DOCENTE / Gramsci and its contributions for the understanding of the teaching work

Emilia Peixoto Vieira; Universidade Estadual de Santa Cruz
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.21%
Este artigo aborda questões acerca do trabalho docente. Procura compreender o que são hoje os intelectuais? Se considerarmos que todos são intelectuais, como analisar o trabalho docente na contemporaneidade? Buscamos a compreensão na leitura de Gramsci. Assim, apresenta-se o trabalho: o intelectual e sua importância na sociedade; a autonomia relativa do intelectual; a especificidade do trabalho docente; as condições objetivas e subjetivas da organização do trabalho docente.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE TRABALHO DOCENTE POR PROFESSORES DE CURSO DE PEDAGOGIA / Social representations of the teaching job by teachers taking the pedagogy course

Edith Maria Marques Magalhães; UNESARJ; Helenice Mata; UNESARJ; Alda Judith Alves-Mazzotti; UNESARJ
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.07%
Este estudo apresenta a possível estrutura da representação social de trabalho docente elaborada por professores de Curso de Pedagogia: no núcleo central este compromisso. Isto sugere que embora execute inúmeras funções, o compromisso com a formação pessoal e social e com o processo de aprendizagem de seus alunos e o cerne de seu trabalho.

ENTRE A GESTÃO BUROCRÁTICA E O NOVO GERENCIALISMO: A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO DOCENTE NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL / Between the bureaucratic management and neo-managerialism: the teaching activity organization in the Professional Education

Paulo Eduardo Grischke; Universidade Federal de Pelotas; Álvaro Moreira Hypolito
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.13%
Este trabalho objetiva debater sobre o uso das tecnologias gerenciais no âmbito escolar, como forma de governo da identidade e do trabalho docente. Tem como base um estudo de caso, foram entrevistados dezesseis professores dos cursos técnicos e tecnológicos da Unidade de Ensino de Pelotas do CEFET-RS. A referida pesquisa teve como foco, a investigação do impacto das reestruturações produtivas e educacionais sobre o trabalho e a identidade docente na citada Instituição.

INTENSIFICAÇÃO GOVERNAMENTAL NA EDUCAÇÃO ESCOLAR: OUTRAS ESTRATÉGIAS DE CONTROLE DO TRABALHO DOCENTE

Marlucy Alves Paraíso
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.18%
Baseada nos estudos sobre governo de Inspiração foucaultiana, analiso, neste trabalho, as técnicas e estratégias dispostas no discurso da mídia educativa brasileira sobre a educação escolar para o governo dos professores. Nesse discurso são divulgadas técnicas emotivas, sedutoras e responsabilizadoras com o objetivo de capturar o docente para que conduza o seu trabalho e a si mesmo de acordo com as sugestões e prescrições que lhes são dadas pelas políticas educacionais e pela própria mídia educativa. Trata-se de todo um trabalho endereçado aos docentes para que possam tornar-se parceiros da educação, sujeitos da ação, co-responsáveis pela sua formação, pela condução de crianças e jovens e pela escolarização da população brasileira.  O argumento defendido é o de que há uma intensificação governamental sobre o trabalho docente que, para se efetivar, conta com a aceitação do próprio docente. Mostro, então, como as habilidades demandadas dos docentes são conectadas a um tipo de pensamento que é autorizado e como as técnicas utilizadas terminam por mobilizar a aliança entre as metas propostas para a transformação da educação e a conquista da auto-realização individual dos docentes.

AS REFORMAS EDUCACIONAIS E OS IMPACTOS SOBRE A FORMAÇÃO E O TRABALHO DOCENTE

Olgaíses Cabral Maués; UFPA
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 26/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.05%
O estudo tem como objetivo analisar as políticas educacionais do Estado brasileiro, a partir da década de 1990, objetivando identificar, por meio das diferentes reformas implementadas na área, as interferências que essas ocasionaram na formação e no fazer dos docentes, O estudo da formação e do trabalho docente, temas imbricados, deve-se dar a partir de uma contextualização que permita a compreensão dos fatores exógenos que interferem diretamente sobre o profissional da educação, incidindo na formação e na atuação dos mesmos, É dentro dessa Intencionalidade que a análise sobre a temática é desenvolvida, procurando-se fazer as relações entre o macro das políticas e as atividades micro presentes na formação e na ação dos professores e professoras.

DAS DORES E DELÍCIAS DO TRABALHO DOCENTE: UMA ANÁLISE DO TRABALHO / The pains and the delights of teaching work: a analysis of work

Deise de Souza Dias; Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte; Maria Elizabeth de Barros; UFES, Centro de Ciências Humanas e Naturais, Dep. de Psicologia; Olga Inês Vianna Silva; Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte; Gioconda
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: octet/stream
Publicado em 04/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.25%
Este texto relata uma experiência de assessoria/intervenção numa escola da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte, cujo objetivo foi auxiliar o coletivo da escola na consolidação de um padrão de relações entre a direção e os professores que priorizasse a construção de um plano comum, a partir do princípio ético-político da ampliação de mundos. O objeto dessa intervenção foram os processos de trabalho na escola, vislumbrando a desnaturalização da tríade dor-desprazer-trabalho docente. Os princípios da Ergologia foram o nosso referencial teórico-metodológico. Ao nos aproximarmos das situações de trabalho, foi possível conhecer o contexto no qual ocorria a atividade de trabalho docente, ou seja, o meio social, as condições e a organização do trabalho, o perfil dos profissionais e dos alunos. Realizamos quatro encontros com o coletivo da escola, nos quais foram apontadas tanto questões dificultadoras do trabalho docente como questões que o potencializavam. O confronto de ideias e opiniões deram visibilidade aos conflitos cotidianos e abriram caminho para a instituição de novas maneiras de realizar o trabalho docente, criando estratégias que permitissem superar o que ali se apresentava como sofrimento.

PRODUÇÃO DE SABER EM SITUAÇÃO DE TRABALHO: O TRABALHO DOCENTE

Miguel Arroyo; FAE/UFMG
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.09%
O texto discute o tema da produção de saberes em situações de trabalho voltado, especificamente, para a produção de saberes docentes em situações de trabalho docente.

Prazer e sofrimento no trabalho docente: estudo com professoras de ensino fundamental em processo de formação superior; Pleasure and suffering at work: a study about elementary school teachers participant in a university level educational program

Moraes, Rosângela Dutra de; UFAM - Manaus - AM
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
76.17%
O trabalho docente demanda a formação de um vínculo afetivo, especialmente no nível fundamental. Sendo este vínculo uma das condições para a efetividade do trabalho da professora, também se revela como fonte potencial do sofrimento, por sua natureza incompleta, característica estrutural da relação de trabalho. Os estudos desenvolvidos por Dejours acerca o sofrimento psíquico do trabalho apontam para a construção de estratégias coletivas para lidar com o mesmo. O objetivo desta pesquisa foi identificar e analisar as principais fontes de prazer e sofrimento psíquico no trabalho dos professores de ensino fundamental integrantes do PEFD (Programa Especial de Formação Docente), problematizando a exigência da formação superior bem como as demandas de professor-estudante. Trabalhou-se com a abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa trinta e três sujeitos. Como resultados, a principal fonte prazer no trabalho se relaciona à tarefa de educar e à troca afetiva com os alunos. As principais fontes de sofrimento psíquico: ausência dos pais dos alunos e violência associada às condições sociais precárias; desvalorização salarial da profissão. O desejo de cursar pedagogia pareceu facilitar a relação com as novas tarefas de estudante. E a autovalorização profissional foi a estratégia coletiva identificada para reduzir o sofrimento decorrente da desvalorização social da profissão.; Teacher’s work demands the establishment of an emotional/affectionate link...