Página 1 dos resultados de 45932 itens digitais encontrados em 0.051 segundos

A entrevista em grupo: formas de desocultar representações e práticas de trabalho social nas escolas

Vieira, Ana Maria; Vieira, Ricardo
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
65.81%
Nesta comunicação apresentar-se-á parte de uma pesquisa em curso sobre o trabalho social feito nas escolas, quer por parte de educadores sociais e assistentes sociais, quer por parte de professores que estão sensibilizados e preparados para fazer mediação escolar e a articulação entre a cultura hegemónica da escola e as dos alunos que a ela chegam. Para o efeito, socorrer-nos-emos dum trabalho etnográfico e, em particular, de narrativas de professores de duas escolas do concelho de Leiria que têm sido paradigmáticas na construção de práticas pedagógicas e sociais de como lidar com a diferença, a desigualdade e os problemas da sociedade contemporânea que se espelham na “escola para todos”. Dedica-se uma especial atenção à análise de uma entrevista em grupo (focus group) para confrontar pontos de vista. A partir de extractos das vozes dos sujeitos implicados nessa entrevista em grupo, avaliar-se-á da eficácia desta metodologia etnográfica e do valor heurístico da mesma para confrontar representações e práticas de trabalho social em escolas. Este tipo de entrevista, gravada em áudio e em vídeo, permite apurar melhor os olhares consonantes e dissonantes sobre a emergência e legitimação de novos profissionais dentro das escolas hoje...

La política de salud en Cuba en el nuevo milenio: la contribución del Trabajo Social

Lourenço, Edvânia Ângela De Souza; Ruiz, Reina Fleitas
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 207-217
SPA
Relevância na Pesquisa
65.87%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); The purpose of this study is to discuss healthcare policies in Cuba and present some observations about social work in healthcare. A study of the literature was conducted and empirical data collected from five interviews conducted in 2013 with professors, social workers and representatives of the Federation of Cuban Women. The study makes frequent comparisons with the reality of healthcare and social work in Brazil to highlight the particularities in the situation of healthcare and healthcare policy in Cuba.; O objetivo do trabalho é discutir sobre as políticas de saúde em Cuba e expor algumas observações sobre o trabalho social na saúde. Assim, foi realizado um estudo de literatura e foram coletados dados empíricos a partir de cinco entrevistas realizadas em 2013 com os professores, assistentes sociais e representantes da Federação das Mulheres Cubanas. Durante o trabalho são feitas frequentes comparações com a realidade da saúde e do serviço social no Brasil para destacar as particularidades na situação da saúde em Cuba e também de suas políticas.; Este texto tiene como objetivo discutir la política de salud en Cuba y exponer algunos apuntes acerca del Trabajo Social en Salud. Para tanto...

O trabalho social paliativo: entre redução de riscos e integração relativa

Soulet, Marc-Henry
Fonte: CET - Centro de Estudos Territoriais Publicador: CET - Centro de Estudos Territoriais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
65.89%
O Estado social reconfigurou-se um pouco por toda a parte em torno do Estado social activo, mais especificamente em torno do Estado de investimento social, que se baseia no desenvolvimento das capacidades de acção dos indivíduos, apoiando as suas condições de realização. Contudo, há um postulado implícito nestas formas de acção. Pressupõe-se que cada um detém capacidades socialmente significativas e socialmente adaptáveis. No entanto, alguns indivíduos, devido à sua trajectória biográfica, bem como à natureza das exigências do sistema socioeconómico, não conseguem assumir uma lógica de activação. Para esta população, não é a emancipação que está no centro da intervenção, mas sim a vulnerabilidade. Desde logo somos obrigados a constatar a coexistência de duas novas figuras no trabalho social, uma que procura promover potencialidades positivas e a outra que visa contrariar potencialidades negativas. Este artigo propõe-se explorar, ao lado da figura dominante do trabalho social generativo, os contornos de uma intervenção social paliativa que se esforça para manter um trabalho de acompanhamento mas um trabalho lento.

Trabalho social e intervenção social na França: o estado do conhecimento

Rullac,Stéphane
Fonte: Fundação Carlos Chagas Publicador: Fundação Carlos Chagas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
65.89%
As escolas de trabalho social na França estão, finalmente, desenvolvendo investigação científica nos centros de pesquisa e de estudo para formação e ação social - Prefas - ou em parceria com as universidades. O caráter científico do trabalho social é questionado e contestado de acordo com as interações entre os atores sociais e as referências que estes mobilizam enquanto competem. Essas questões metodológicas cristalizam-se em torno da luta entre os campos das ciências sociais e do trabalho social, bem como dentro do próprio trabalho social como parte de uma reativação da dicotomia entre conhecimentos teórico prático situado e universal. Assim, o desenvolvimento de um paradigma científico de profissões como o trabalho social e também a questão dos modelos institucionais com epistemologias híbridas podem não se encaixar totalmente na lógica existente em razão da recusa histórica da academia em articular ciência e eficiência.

A questão social, o Estado e o mito redentor da acção local: lógicas e tensões presentes nas políticas e no trabalho social

Ferreira,Fernando Ilídio
Fonte: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Publicador: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
65.8%
Este artigo analisa e confronta diferentes lógicas e tensões que caracterizam a questão social nas sociedades contemporâneas. Em termos teóricos, discute as transformações do Estado, as políticas de descentralização e contratualização e a emergência de uma ideologia reticular (da organização em rede e em parceria), tendo em conta a sua influência na criação de uma espécie de mito redentor em torno da acção local. Apresenta também resultados de uma investigação etnográfica realizada num município rural do Norte de Portugal que revelam algumas tensões que enfrentam actualmente as políticas e o trabalho social, nomeadamente, entre a natureza societal e estrutural dos problemas e a intervenção pontual e individualizada das intervenções profissionais que manifestam, frequentemente, dilemas entre lógicas de ajuda e de controlo social.

Gênero e os sentidos do trabalho social

Curado,Jacy Corrêa; Menegon,Vera Sonia Mincoff
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
75.91%
A partir de pesquisa realizada com profissionais do Programa de Inclusão Social (PIS), do Estado Mato Grosso do Sul, gestão 2003-2006, este artigo discute os sentidos do trabalho social, ressaltando sentidos da relação gênero e trabalho e da naturalização da participação da mulher no trabalho social. A pesquisa pautou-se por aportes da Psicologia Social, em diálogo com teorias de gênero e literatura sobre trabalho social. Apresentamos cinco conjuntos de sentidos do trabalho social, a saber: ajuda; promoção de direitos e transformação social; mercado profissional e gestão social; estratégia político-eleitoral e assistencialista. O quinto conjunto agrega sentidos das relações de gênero e incluem o afeto como instrumento de trabalho, o desapego financeiro e o não-profissionalismo. Apesar de positividades, esses sentidos alimentam a desvalorização, a invisibilidade e a feminização dessa atividade.

Família e trabalho social: intervenções no âmbito do Serviço Social

Gueiros,Dalva Azevedo
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.83%
Este artigo apresenta reflexões sobre família e trabalho social, com base em investigações no âmbito do Serviço Social¹. Para tanto, tece considerações teórico-metodológicas e técnico-operativas sobre esses dois tópicos, demarcando a relação família-Estado, bem como a importância das políticas de proteção social e das redes de relações sociais na organização e no reenraizamento social de famílias dos segmentos populares. Além disso, anuncia algumas premissas dessa prática social, indicando que, se associadas à promoção de acesso a políticas públicas, podem contribuir para a conquista da autonomia e da cidadania de famílias socialmente vulnerabilizadas.

Divisão do trabalho social e arranjos produtivos locais: reflexos econômicos de efeitos morais de redes interorganizacionais

Silva,Gustavo Melo; Neves,Jorge Alexandre Barbosa
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
65.8%
Este artigo utiliza um recorte teórico que evidencia fatos sociais, especificamente da divisão do trabalho social, que atuam diretamente na eficiência de organizações, por meio da coesão e da solidariedade. Entretanto, essa leitura da realidade socioeconômica não vem sendo utilizada em sua plenitude para a compreensão da imersão social de redes interorganizacionais territorializadas, ou seja, de arranjos produtivos locais. Pode-se perceber que uma das principais características competitivas, denominadas atuais dentro do discurso empresarial e até mesmo de políticas de desenvolvimento econômico, é a necessidade de as empresas atuarem de forma conjunta e associada em determinados territórios, sejam estes distritos industriais, regiões, municípios ou cidades. Portanto, a aglomeração é uma possibilidade concreta para o desenvolvimento empresarial a partir de estruturas organizacionais baseadas na associação, complementariedade, compartilhamento, troca e ajuda mútua, que têm como referência as redes, que também compõem a estrutura social de mercados e reforçam a discussão sociológica de que a competição também gera a solidariedade. As ações econômicas individuais não estão livres de pressões estruturais e suscetíveis de ser interpretadas dentro da lógica puramente aditiva e mecânica da agregação. As pressões estruturais que pesam sobre a ação econômica não se reduzem às necessidades inscritas...

Formação profissional de trabalho social da Universidade Nacional de Comahue, Argentina: análise das tendências teórico-metodológicas do ensino profissional

Mansilla, Silvia America; Amaral, Ângela Santana do (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
65.89%
Este trabalho analisa a formação profissional de Serviço Social/Trabalho Social (SS/TS) da Universidade Nacional de Comahue (UNCo), na Argentina, na sua relação ensino – pesquisa e extensão. O objetivo foi analisar as tendências teórico-metodológicas da formação no contexto histórico-social e político das transformações sociais da Argentina no período dos anos 2000 a 2010. Para isso caracterizamos as concepções político-pedagógicas identificamos as experiências de interlocução com o Trabalho Social crítico e sua expressão no currículo e examinamos tensões e contradições da formação universitária profissional e as respostas dos sujeitos da categoria profissional na construção de um projeto profissional crítico. Estudamos os traços históricos da Provincialização de Comahue e o Movimento da Reconceituação, as tensões e disputas sociopolíticas históricas em que se desenvolveu a formação profissional regional. A crise sociopolítica do inicio do século XXI, as orientações privatistas da educação e as contrarreformas estatais permitiram articular conteúdos e práticas de um sector docente crítico com as necessidades e lutas do movimento dos trabalhadores. Expressão disso foi a criação da Cátedra Paralela de Trabalho Social...

O trabalho social e a política de habitação: desvendando contradições

Wüsth, Andréia
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
65.92%
O presente estudo tematiza o caráter emancipatório do trabalho social em projetos habitacionais no município de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Seu objetivo geral consiste em identificar os desafios e possibilidades da atuação da equipe técnica e gestores no desenvolvimento do trabalho social, numa perspectiva emancipatória. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de cunho exploratório, fundamentada no método dialético-crítico, que evidencia as percepções de técnicos e gestores que atuam no projeto de trabalho social, com vistas a contribuir para produção de conhecimento no âmbito da política habitacional a partir dos resultados e apontar os limites e possibilidades encontrados para garantir o direito à moradia e ampliar as perspectivas das famílias participantes em relação à autonomia e emancipação. Para o tratamento dos dados, foi utilizada a análise de conteúdo, tendo como referência Bardin (1977). Os resultados apontam para o caráter emancipatório do trabalho social relacionado à participação das famílias em todas as etapas da intervenção habitacional, inclusive no planejamento, para que se sintam parte ativa do processo de reassentamento e possam ter um sentimento de pertencimento em relação ao espaço que irão habitar e tenham acesso às informações sobre o projeto habitacional...

48-61 Educação e Trabalho Social: reivindicações, limitações e indefinições

Vieira, Ana Maria
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.86%
Mais que uma questão de natureza didática, a educação escolar é, cada vez mais, uma questão social. Nesse sentido, só uma pedagogia social, mais abrangente que a escolar, poderá dar conta dos fenómenos sociopedagógicos da escola contemporânea. A crescente diversidade cultural na escola pública portuguesa levou à emergência de várias políticas e respostas da escola para construir uma "escola para todos". A pedagogia social, através da mediação sociocultural feita com profissionais sociais na escola tem sido uma das práticas que temos observado em escolas com acentuada multiculturalidade. Neste texto, pretendemos perceber como lidam essas escolas, em TEIP ou com GAAF, com as crescentes tensões sociais manifestadas, por exemplo, em indisciplina, articulando professores com Profissionais Superiores de Trabalho Social (PSTS).School education is increasingly a social problem and not just a matter of educational nature. Only one social pedagogy, the most comprehensive school, can be accounted for sociopedagogical phenomena in contemporary school. The increasing diversity of the public present at school has led school policies and differentiating responses with the goal of building a "school for all ". If you want to understand how growing social tensions manifested in indiscipline in schools are managed...

06-09 Editorial Educação e Trabalho Social

Gonçalves, José Luís
Fonte: ESEPF Publicador: ESEPF
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.79%
Assim, este número oferece a oportunidade de conhecer por dentro resultados da investigação de projetos de intervenção socioeducativa em território português, espanhol, alemão, sueco e brasileiro, e com temas que vão desde a prevenção e combate à violência escolar exercida sobre e entre crianças e jovens fomentando nestes competências de resiliência; a intervenção realizada com jovens em risco quando iniciam o processo de transição para a vida adulta; ao trabalho pedagógico a desenvolver ao nível da educação alimentar dos jovens nas escolas e a articulação existente entre professores e profissionais do trabalho social nestas instituições; à intervenção artística na comunidade através de processos terapêuticos que visam a integração social de doentes mentais pela pintura ou de técnicas de teatro promotoras da descoberta da auto e hétero-identidade do adolescente; passando ainda pela educação de jovens para a diminuição dos altos padrões de consumo de álcool; até, finalmente, se problematizar a conceção de território quando equacionado como um conjunto de recursos educativos ao serviço da educação ao longo da vida das pessoas idosas.

Trabalho social com crianças expostas à violência interparental: das perceções dos interventores sociais à re-significação nas práticas

Peixoto, Elisabete Teixeira
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.92%
Dissertação de Mestrado em Serviço Social; As crianças que vivem em lares maritalmente violentos são muitas vezes designadas de vítimas “escondidas”, “desconhecidas”, “esquecidas” ou “silenciosas” (Holden, 1998; Osofsky, 1998; Sani, 1999b). Vários quadros teóricos denotam que existe ainda uma certa despreocupação social com o fenómeno da vitimação indirecta. Contudo, a complexidade deste fenómeno, implica um trabalho em rede, que envolve vários interventores sociais, no sentido de se fortalecerem capacidades. A realidade empírica parece demonstrar que ainda temos poucos interventores sociais a trabalhar no sentido inverso das consequências de toda esta violência indirecta. A preocupação central desta dissertação passa por compreender o trabalho social com as crianças expostas à violência interparental. Assim, esta investigação, de natureza qualitativa, analisa o trabalho social na intervenção com as crianças expostas à violência interparental, identificando a forma como se configura a intervenção social na vitimação indirecta. Ao longo da mesma serão utilizados os conceitos de vitimação indirecta, para designar o mau trato psicológico a que as crianças estão sujeitas aquando da exposição à violência...

Trabalho Social com Famílias e Interdisciplinaridade: desafios à atuação profissional

Campestrini, Taise Paula
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: xx f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.9%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Serviço Social.; O presente Trabalho de Conclusão de Curso tem como tema central o Trabalho Social e a Interdisciplinaridade: desafios à atuação profissional. A escolha do tema de estudo deu-se a partir da experiência de Estágio Curricular Obrigatório realizado no centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS/Continente), no município de Florianópolis/SC, que possibilitou a vivência com a equipe de referência, despertando o interesse em refletir de forma mais aprofundada como ocorre o trabalho social com famílias mediante a atuação interdisciplinar no âmbito da Política de Assistência Social. Este trabalho tem como objetivo geral: Caracterizar a atuação interdisciplinar realizado no CREAS/Continente no Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Família e Indivíduos (PAEFI). Para alcançar o objetivo proposto, este estudo está organizado em três capítulos: O primeiro abordará de forma breve o percurso histórico da Política de Assistência Social, desde a sua gênese até os dias atuais. O segundo problematiza o trabalho social com famílias e a atuação interdisciplinar a luz do referencial teórico disponível...

O Trabalho social no contexto da atual política nacional de habitação: a difusão de um modelo e as implicações para o exercício profissional do assistente social

Pimentel, Juliana Rosa; IPPUR/UFRJ, Uniabeu Centro Universitário, Brasil
Fonte: Revista Convergência Crítica Publicador: Revista Convergência Crítica
Tipo: Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.82%
O presente artigo analisa, do ponto de vista sociopolítico, o trabalho social desenvolvido nos programas de habitação de interesse social geridos pelo governo federal, através do Ministério das Cidades, no contexto da atual Política Nacional de Habitação. Trata-se de um ensaio que objetiva abordar elementos causais e estruturais que passam a definir um determinado padrão de intervenção social destinado às classes mais pauperizadas no acesso à moradia através do sistema formal de habitação e as implicações deste processo para o exercício profissional do assistente social.

Ética e Trabalho Social no Mercosul; Ethics and Social Work in the Mercosul; Ética y Trabajo Social en el Mercosur

Bermúdez, Mónica de Martino; Udelar - Montevideo - Uruguay
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 POR
Relevância na Pesquisa
65.89%
Palestra apresentada no Painel Central “Direitos Humanos e Questão Social nos países do Mercosul”, no I Seminário Regional Sobre Ética e Trabalho Social. A palestra representou a Associação de Assistentes Sociais do Uruguai-ADASU. Optei por respeitar suas características, na medida que, trasladando-as a um formato de artigo, poderia fazer perder a riqueza das formas de expressão. Como é assinalado pela convocatória do Seminário, neste trabalho preocupo-me, em especial, com as transformações econômicas, socioculturais e políticas deste fim de século e com os desafios teóricos, metodológicos e éticos, que estas colocam ao Trabalho Social. Transmito uma mensagem de esperança e compromisso para o coletivo profissional da região.;   This text is a literal rendering of the lecture delivered at the Central Panel “Human Rights and Social Matters in the Mercosul Countries” – First Regional Seminar on Ethics and Social Work in the Mercosul. The lecture was delivered on behalf of the “Associação de Assistentes Sociais do Uruguai” – ADASU (Uruguayan Association of Social Workers). The choice for the literal rendering stems from a wish to retain the form and richness of the original talk. In tune with the main topic of the Seminar...

Trabalho Social na Alemanha: aspectos de suas bases legais, teóricas e práticas; Social Work in Germany: aspects of its legal, theoretical and practical bases

Westphal, Vera Herweg; UFSC - Florianópolis - SC
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
65.92%
O Trabalho Social na Alemanha teve seu início no trabalho e atendimento aos pobres. A profissionalização ocorreu com a consolidação do Estado Social. Este, para garantir sua legitimidade, atua no campo da seguridade e da assistência social. Os profissionais voltaram-se para a realização e execução das políticas de seguridade sociais que efetivassem os direitos sociais constitucionais, principalmente no que concerne aos riscos de vida (velhice, doença, acidente, desemprego e assistência social). O trabalho do profissional efetiva-se nos campos do auxílio social, da prestação de serviços de saúde e do trabalho com famílias, crianças e adolescentes. Este artigo, além de apresentar o processo de formação profissional e os desafios atuais da profissão na Alemanha, proporciona algumas reflexões para (re)pensar a profissão na realidade brasileira, principalmente em relação ao trabalho engajado e comprometido do Serviço Social na efetivação das políticas sociais no Brasil.; Social Work in Germany began with work to serve the poor. It became a profession with the consolidation of the Welfare State...

Family and Social Work: Interventions in the Realm of Social Work; Família e trabalho social: intervenções no âmbito do Serviço Social

Gueiros, Dalva Azevedo; Unicsul - São Paulo - SP
Fonte: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc) Publicador: Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (Edufsc)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
65.85%
This article reflects on the family and social work, based on research in the field of social work. It presents theoreticalmethodological and technical-operative considerations about these two topics, recognizing the relationship between family and State, as well as the importance of social protection policies and networks of social relations in the organization and social “re-rooting” offamilies in popular classes. In addition, it presents some premises of this social practice, indicating that, if associated to the promotion of access to public policies, it can contribute to the conquest of autonomy and citizenship of socially vulnerable families.; http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802010000100015Este artigo apresenta reflexões sobre família e trabalho social, com base em investigações no âmbito do Serviço Social1. Para tanto, tece considerações teórico-metodológicas e técnico-operativas sobre esses dois tópicos, demarcando a relação família-Estado, bem como a importância das políticas de proteção social e das redes de relações sociais na organização e no reenraizamento social de famílias dos segmentos populares. Além disso, anuncia algumas premissas dessa prática social, indicando que, se associadas à promoção de acesso a políticas públicas...

A questão social, o Estado e o mito redentor da acção local: lógicas e tensões presentes nas políticas e no trabalho social

Ferreira, Fernando
Fonte: Universidade de Brasilia Publicador: Universidade de Brasilia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
65.8%
 Este artigo analisa e confronta diferentes lógicas e tensões que caracterizam a questão social nas sociedades contemporâneas. Em termos teóricos, discute as transformações do Estado, as políticas de descentralização e contratualização e a emergência de uma ideologia reticular (da organização em rede e em parceria), tendo em conta a sua influência na criação de uma espécie de mito redentor em torno da acção local. Apresenta também resultados de uma investigação etnográfica realizada num município rural do Norte de Portugal que revelam algumas tensões que enfrentam actualmente as políticas e o trabalho social, nomeadamente, entre a natureza societal e estrutural dos problemas e a intervenção pontual e individualizada das intervenções profissionais que manifestam, frequentemente, dilemas entre lógicas de ajuda e de controlo social.

O ensino do trabalho social na Europa: o reconhecimento pela universidade em questão

Jovelin, Emmanuel
Fonte: Serviço Social & Saúde Publicador: Serviço Social & Saúde
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
75.83%
Neste artigo, mostramos implicitamente, através do estudo do aparelho de formação em trabalho social nos países europeus, o desenvolvimento desta atividade e, sobretudo a diversidade que o caracteriza. Da mesma maneira que a prática profissional, a formação em trabalho social em nível europeu é múltipla. Assim, entre as escolas de formação, as escolas superiores e as universidades, diferentes tipos de ensino são realizados.