Página 1 dos resultados de 1295 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

O trabalho colaborativo como promotor de desenvolvimento profissional: perspectivas de formandos e formadores do PFCM

Ribeiro, C. Miguel; Martins, Cristina
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.5%
Um dos princípios definidos no Programa de Formação Contínua em Matemática (PFCM), é o da valorização do trabalho colaborativo entre diferentes actores (formandos e formadores), com vista à preparação e condução de experiências de desenvolvimento curricular e de modo a permitir capitalizar energias, proporcionar apoio acrescido, multiplicar perspectivas, enriquecer a reflexão. A expressão “trabalho colaborativo” é uma das mais empregues para referir um tipo de trabalho conjunto e com um objectivo comum. Contudo, nem sempre é claro quais são as características específicas associadas a esse tipo de trabalho e como deve ser levado a cabo. Enquanto formadores do PFCM uma das premissas que tem orientado o nosso trabalho é a de considerarmos como trabalho colaborativo aquele onde, de facto, ocorre um trabalho conjunto, existe uma efectiva partilha de ideias e experiências, uma reflexão profunda sobre a prática e os conhecimentos necessários nesta, perseguindo um objectivo comum – a melhoria das práticas de sala de aula dos professores. Neste texto apresentamos e discutimos perspectivas de formandos do PFCM sobre o trabalho colaborativo desenvolvido e aspectos emergentes desse trabalho, durante a Formação...

O trabalho colaborativo como promotor de desenvolvimento profissional: perspectivas de formandos e formadores do PFCM

Ribeiro, C. Miguel; Martins, Cristina
Fonte: Associação de Professores de Matemática Publicador: Associação de Professores de Matemática
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.5%
Um dos princípios definidos no Programa de Formação Contínua em Matemática (PFCM), é o da valorização do trabalho colaborativo entre diferentes actores (formandos e formadores), com vista à preparação e condução de experiências de desenvolvimento curricular e de modo a permitir capitalizar energias, proporcionar apoio acrescido, multiplicar perspectivas, enriquecer a reflexão. A expressão “trabalho colaborativo” é uma das mais empregues para referir um tipo de trabalho conjunto e com um objectivo comum. Contudo, nem sempre é claro quais são as características específicas associadas a esse tipo de trabalho e como deve ser levado a cabo. Enquanto formadores do PFCM uma das premissas que tem orientado o nosso trabalho é a de considerarmos como trabalho colaborativo aquele onde, de facto, ocorre um trabalho conjunto, existe uma efectiva partilha de ideias e experiências, uma reflexão profunda sobre a prática e os conhecimentos necessários nesta, perseguindo um objectivo comum – a melhoria das práticas de sala de aula dos professores. Neste texto apresentamos e discutimos perspectivas de formandos do PFCM sobre o trabalho colaborativo desenvolvido e aspectos emergentes desse trabalho, durante a Formação...

A importância do trabalho colaborativo para o desenvolvimento profissional do professor

Martins, Cristina; Ribeiro, C. Miguel
Fonte: Universidade do Minho, Centro de Investigação em Educação Publicador: Universidade do Minho, Centro de Investigação em Educação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.46%
O trabalho colaborativo entre professores (envolvendo também formadores/investigadores), baseado na discussão e reflexão das suas próprias aulas, é uma das componentes que mais contribui para o desenvolvimento profissional dos professores. No contexto particular do Programa de Formação Contínua em Matemática para Professores do 1.º e 2.º Ciclos, no qual ambos os autores são formadores, entendemos por trabalho colaborativo aquele em que se verifica uma partilha de ideias e experiências e uma reflexão profunda sobre a prática, conduzindo a discussões sobre tópicos/situações críticas identificadas tanto pelos professores como pelos formadores, com o intuito de, conjuntamente, perseguir um objectivo comum – a melhoria das práticas de sala de aula. Neste texto iremos apresentar e discutir alguns resultados emergentes de uma investigação, realizada no contexto do referido programa de formação, que tem por objectivo obter um entendimento sobre a importância que os professores atribuem ao trabalho colaborativo e, consequentemente, à reflexão e discussão sobre a sua própria prática (e a de outros) para o seu desenvolvimento profissional. Tendo em mente este propósito apresentamos alguns aspectos que os professores mais/menos valorizam...

Contributos do projecto educativo para o trabalho colaborativo e reflexivo entre os professores : estudo de um caso

Correia, Ana Paula Santana de Oliveira
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.4%
Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica apresentada à Universidade Aberta; Este estudo emerge da necessidade de analisar e compreender o papel dos departamentos curriculares na dinamização do trabalho colaborativo e reflexivo entre os professores, tendo como referência o projecto educativo da escola. Neste contexto, aborda a dinâmica de trabalho dos departamentos curriculares no processo de concepção e implementação do projecto educativo da escola, particularmente, as formas de interacção e as tipologias de reflexão entre os professores. O estudo pretende encontrar algumas respostas sobre as formas de perspectivar e desenvolver o trabalho colaborativo e reflexivo entre os professores, no quadro do projecto educativo da escola, o que pressupõe a compreensão das dificuldades que se colocam aos processos de colaboração e reflexão nos departamentos curriculares, bem como as condições facilitadoras a essas práticas. Adoptamos uma metodologia de investigação centrada num estudo de caso de natureza essencialmente qualitativa, de modo a estudarmos em profundidade dois dos departamentos curriculares de uma escola secundária, com o objectivo de compreendermos as formas de interacção e as tipologias de reflexão desenvolvidas no processo de concepção e de implementação do projecto educativo da escola. A informação foi recolhida através de vários instrumentos: observação directa; grupo focal (focus group); entrevistas e análise documental. Entre as conclusões do nosso estudo...

Bibliotecas escolares : que colaboração? : o trabalho colaborativo entre o professor bibliotecário e os professores : estudo de caso

Santos, Maria Lucília Marques dos
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.51%
Dissertação de Mestrado em Gestão Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta; O trabalho colaborativo apresenta-se cada vez mais como um imperativo nas práticas pedagógicas actuais, à medida que aumentam as exigências do sistema educativo, o desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação se mantém acelerado e o conhecimento é cada vez mais uma construção e actualização constantes. Estes reptos são cada vez mais impossíveis de ultrapassar de forma individualizada, quando acresce o facto de a democratização do ensino e a escola inclusiva, colocar na escola estudantes com um grau elevado de diversidade a vários níveis. O trabalho colaborativo, não sendo uma panaceia, é uma das soluções que dispomos para enfrentar esta realidade. As bibliotecas escolares desempenham, neste contexto, um papel fulcral, respondendo aos desafios de preparar os alunos para as exigências do século XXI, desafios esses que um manual escolar, um ou mais computadores, um quadro interactivo e um professor, fechados com uma turma, numa sala de aula, não conseguem atingir. A colaboração entre o professor bibliotecário e os professores é, portanto, o tema principal deste estudo, que explana...

Projetos de leitura e trabalho colaborativo : conceções e práticas de professores e professores bibliotecários

Araújo, Helena Cristina dos Santos de
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.49%
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta; A colaboração é cada vez mais importante em educação porque se considera que o trabalho colaborativo facilita o sucesso das aprendizagens. É, por isso, fulcral que se implemente nas escolas portuguesas uma cultura colaborativa, de forma continuada e concertada, assente no reconhecimento das vantagens da colaboração. Este estudo surgiu para responder a este desafio, promovendo uma reflexão e análise de conceções e práticas de colaboração entre professores e professores bibliotecários, no âmbito específico dos projetos de leitura desenvolvidos em três escolas do concelho de Oeiras. Assim, definiram-se os seguintes objetivos para este estudo: conhecer as conceções dos professores sobre colaboração, identificar práticas de trabalho colaborativo, analisar o papel do professor bibliotecário no desenvolvimento do trabalho colaborativo e analisar o impacto que os projetos de leitura têm no desenvolvimento do trabalho colaborativo. A investigação tomou a forma de um estudo de caso que decorreu, em simultâneo, naquelas escolas do referido concelho e os métodos de recolha de dados utilizados foram o inquérito por questionário...

O trabalho colaborativo como meio de desenvolver o conhecimento didáctico de uma professora em Combinatória

Carvalho, Bárbara Vilamarim do Alvar; Fernandes, José António
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação Publicador: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Neste texto apresentam-se alguns resultados de um estudo sobre o impacto do trabalho colaborativo no desenvolvimento do conhecimento didáctico de uma professora em Combinatória. O trabalho colaborativo centrou-se na planificação e reflexão da acção pedagógica de duas professoras e da investigadora, assumindo-se as suas experiências prévias como ponto de partida da sua própria mudança. No estudo adoptou-se uma abordagem qualitativa de estudo de caso e recolheram-se dados através de entrevistas, de um questionário ministrado aos alunos, da observação de aulas e das sessões de trabalho realizadas. O trabalho de planificação e reflexão conjunta, bem como a observação de aulas pelas docentes, numa perspectiva colaborativa, constituiu por si só um processo de mudança profissional docente. Além disso, a análise e reflexão realizadas revelaram a valorização pela professora de tarefas exploratórias, das estratégias espontâneas dos alunos e das ideias erradas. A par disto, verificou-se o desenvolvimento de uma consciência crescente de que a mudança de estratégias na prática lectiva é possível a partir do envolvimento e esforço pessoais, sustentada num trabalho realizado em conjunto.

Trabalho colaborativo entre professores em torno do desenvolvimento dosentido do número

Sousa, Ângela Sofia Mendonça de
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.45%
Dissertação apresentada para obtenção do grau de Mestre em Educação Matemática na Educação Pré-Escolar e no 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico; O presente estudo emerge a partir da dinâmica de trabalho colaborativo de um grupo de professoras e tem como objectivo primordial perceber o papel da colaboração no desenvolvimento profissional dos professores. A par deste pressuposto, surgem também outras questões relacionadas com o desenvolvimento da capacidade de reflexão, assim como do desenvolvimento do conhecimento matemático para ensinar. O estudo insere-se no quadro da investigação qualitativa, e baseia-se nas relações sociais das três professoras, que leccionam o mesmo ano de escolaridade. Assim, este grupo de trabalho forma um estudo de caso. A recolha de dados foi feita a partir da gravação áudio, nas reuniões informais deste grupo de trabalho, onde as professoras analisavam, discutiam e reflectiam sobre tarefas e pressupostos em torno do desenvolvimento do sentido do número. Para além das gravações áudio, foram realizadas entrevistas individuais a cada uma das professoras, a propósito do seu percurso profissional e da sua participação nesta dinâmica de trabalho. A análise de dados e o olhar sobre os resultados obtidos levam a investigadora a comprovar a ideia de que o trabalho colaborativo entre professores condu-los a desenvolverem-se profissionalmente...

Contributos da supervisão para a dialógica e o trabalho colaborativo: Estudo de um caso

Gorgulho, Maria Manuel
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.49%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Santarém para obtenção de grau de Mestre em Ciências da Educação Área da Supervisão e Orientação Pedagógica.Orientação: Professora Doutora Sónia Galinha; Esta investigação tem como objetivos principais perceber as funções e as atitudes consideradas mais significativas pelos inquiridos, as conceções que têm sobre as suas funções e destrezas, as relações interpessoais entre o seu trabalho como coordenadores/líderes e os restantes agentes educativos, a motivação que exercem a favor da melhoria do ambiente educativo, as vantagens do trabalho colaborativo realizado, o funcionamento e a contribuição dos Nichos de Aprendizagem para atingirem as metas definidas no Projeto Educativo. O quadro teórico de referência centra-se numa revisão da literatura sobre a importância do diálogo, da comunicação assertiva, do trabalho colaborativo e do conceito de supervisão. Assim, este estudo centra-se no trabalho diário, realizado a docentes de 2º e 3º ciclo do Sistema Educativo Português, no agrupamento de EC do distrito de Santarém, que integram grupos de trabalho denominados Nichos de Aprendizagem. Inclui ainda a amostra de dois membros da Direção por se considerar que detêm experiência e conhecimentos ao nível de supervisão e trabalho colaborativo. A metodologia de investigação segue uma abordagem interpretativa de estudo deste caso. Os instrumentos escolhidos foram o Inquérito Biográfico...

Contribuição do trabalho colaborativo entre docentes de educação especial/ensino regular para a inclusão de alunos com perturbação do espectro autista

Morgado, Sandra Cristina Constantino
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
O presente estudo pretende contribuir para a reflexão acerca das perceções que docentes de Ensino Regular e de Educação Especial exprimem no âmbito do seu trabalho colaborativo, quando se procura materializar a inclusão escolar de alunos com Perturbação do Espectro Autista. Neste contexto, procura encontrar, nas suas práticas, indicadores que as permitam descrever no âmbito do trabalho colaborativo, e de que forma estas se materializam durante a prática pedagógica, assim como referir os constrangimentos e potencialidades que encontram na materialização destas práticas. A metodologia de investigação centra-se num estudo de caso, de natureza qualitativa, procurando estudar em maior profundidade as perceções dos participantes no estudo, em que seis docentes (três do Ensino Regular e três de Educação Especial) constituem a amostra por conveniência que está na sua base. Uma característica comum, no âmbito da sua atividade profissional, consiste em desenvolverem a sua atividade profissional com alunos que são detentores de Perturbação do Espectro Autista. Os dados foram recolhidos através de entrevistas semidiretivas e de observação, com o objetivo de descrevermos as modalidades de trabalho colaborativo entre estes docentes...

Desafios ao desenvolvimento profissional : do trabalho colaborativo ao nível da escola a um grupo sobre a escrita

Almeida, Maria Teresa Fragoso de, 1951-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Tese de doutoramento, Educação (Formação de Professores), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012; O mundo actual coloca desafios constantes a todos os cidadãos como resultado da alteração da realidade em que vivemos. Estes desafios, no caso da formação de professores, apelam a um questionamento constante da sua profissionalidade docente. Investigações recentes nesta área têm vindo a reforçar a importância de modalidades de formação colaborativa, realizadas em contexto. A grande finalidade deste estudo foi tentar compreender os factores que potenciam ou inibem o trabalho colaborativo, numa escola da cidade de Lisboa. Com esse propósito, desenvolvemos um projecto de dinamização de uma modalidade de formação, em contexto colaborativo, na comunidade educativa dessa escola, onde se constituíram vários grupos de trabalho. Num dos grupos, sobre a composição escrita, desenvolveu-se um processo de investigação-formação colaborativa, focado na indagação das práticas dos professores. Tentámos compreender as potencialidades e constrangimentos que podem surgir, com esta modalidade de formação e, ainda, se esta contribuía para a consciencialização dos processos de escrita dos professores e alterava as suas concepções e práticas. Para tal...

Promover o pensamento algébrico nos primeiros anos de escolaridade : um trabalho colaborativo entre professores

Cascais, Célia Maria Ferreira Guerra, 1967-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.45%
Tese de mestrado, Educação (Didática da Matemática), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012; Este estudo pretende descrever, analisar e compreender o trabalho colaborati-vo realizado por um grupo de professores do 2.º ano de escolaridade para desenvolver o pensamento algébrico dos seus alunos, no quadro do tópico Regularida-des/sequências. A investigação é conduzida e os dados analisados à luz das seguintes questões: (i) como é que os professores interpretam os objetivos e orientações do Programa de Matemática? (ii) de que modo usam os materiais à sua disposição? (iii) como partilham e refletem sobre o desenrolar da atividade letiva? e (iv) quais as prin-cipais dificuldades que se evidenciam? Para esse efeito, o quadro teórico assenta em dois campos principais: pensamento algébrico e conhecimento profissional dos profes-sores. A investigação segue uma abordagem qualitativa, dentro do paradigma inter-pretativo. A recolha de dados decorre durante seis sessões de trabalho colaborativo do grupo de professores de uma escola do distrito de Lisboa, mais uma sessão final para reflexão e ainda durante quatro aulas observadas envolvendo a realização de tarefas previamente planeadas. Na qualidade de professora investigadora...

Entendendo o trabalho colaborativo em educação e revelando seus benefícios

Damiani,Magda Floriana
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.44%
Este trabalho tem como objetivo discutir e afirmar a importância do desenvolvimento de atividades colaborativas nas escolas. O texto está baseado em ampla revisão de literatura voltada para: a teorização acerca dos processos psicológicos envolvidos nesse tipo de atividades, com base, principalmente, na psicologia sócio-histórica; e a análise dos resultados de diferentes investigações que enfocaram as atividades colaborativas entre professores e estudantes, de maneira a retirar delas algumas conclusões úteis para o trabalho em Educação. A revisão foi realizada com base em pesquisas publicadas em livros, artigos de periódicos, teses, dissertações e anais de eventos tradicionais da área, no Brasil e em outros países. Ela inclui, também, pesquisas desenvolvidas no âmbito do projeto "Trabalho colaborativo em Educação: desenvolvimento e benefícios", coordenado pela autora deste texto, que vem se dedicando, nos últimos cinco anos, a estudar a temática. O texto não tem a pretensão de constituir-se em um "estado da arte" sobre o trabalho colaborativo, sendo possível, inclusive, que não inclua resultados de investigações consideradas fundamentais por outros pesquisadores. Devido à extensão da produção relacionada ao assunto...

Projetos de leitura aLeR+, transversalidade curricular e trabalho colaborativo : uma análise na educação pré-escolar, no ensino básico e secundário

Baião, Zelinda Ferreira
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta; Saber ler é uma das competências indispensáveis à vida numa sociedade em constante desenvolvimento e a motivação para a leitura deve surgir o mais cedo possível na vida de qualquer criança. Contudo, não basta saber ler; é necessário aprender a ler para compreender, sendo que é na escola, mas também na família, que se alicerça esta aprendizagem. Partindo destes pressupostos elaborámos o nosso trabalho baseando-nos na análise de Projetos de leitura aLeR+, do Plano Nacional de Leitura, de seis escolas, os distritos de Lisboa e Setúbal. Tivemos como intuito entender até que ponto estes mesmos Projetos motivam os alunos para a leitura, potenciam melhores aprendizagens, possibilitam a transversalidade curricular e fomentam o trabalho colaborativo entre docentes. Na primeira parte, num enquadramento teórico, centramo-nos na motivação para a leitura na infância e na adolescência, abordando a temática da leitura e do currículo escolar. Colocamos o nosso enfoque no desenvolvimento dos Projetos nas escolas com o objetivo de averiguar, por um lado, a existência de articulação curricular e, por outro, a presença de trabalho colaborativo entre o professor bibliotecário...

A importância do trabalho colaborativo das estruturas de gestão no desenvolvimento da escola.

Simões, Maria de Fátima Alves
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.58%
De Educador e de um bom transmissor de conhecimentos e de valores, o Professor sente necessidade de se tornar aprendiz, dado que as transformações políticas, económicas, sociais e culturais são inúmeras e as suas responsabilidades na vida da escola têm aumentado. Sendo assim, o Professor tem que redirecionar o seu perfil profissional para responder às novas exigências do conhecimento, para se tornar um bom mediador entre a escola, a família e a comunidade e um construtor do sucesso educativo. Nesta perspetiva, o Professor tem de abandonar a sua atitude de trabalho individualista para iniciar uma nova e longa caminhada na procura de soluções, em trabalho de equipa, dado que a aprendizagem é mais fácil e mais rica com o trabalho de partilha. Por sua vez, a Escola que pretende estimular o seu desenvolvimento e obter sucesso deve assumir-se como uma organização aprendente, gerida por equipas adeptas de lideranças partilhadas. Neste contexto a investigação a que nos propusemos pretende conhecer, analisar e compreender o contributo do Trabalho Colaborativo, praticado pelas Estruturas de Gestão da Escola (Direção e Estruturas Intermédias), no Desenvolvimento da Escola. Assim...

Trabalho colaborativo e articulação curricular: a biblioteca escolar e o programa de português do ensino básico.

Martins, Isabel Maria Seixas
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Este estudo tem como principal objetivo refletir sobre o contributo da Biblioteca Escolar na implementação dos novos Programas de Português do Ensino Básico e no processo de ensino e aprendizagem, tendo como base um estudo empírico sobre o trabalho colaborativo entre a Biblioteca Escolar e os professores de Português, realizado em três agrupamentos de escolas do distrito de Viseu. A Biblioteca Escolar é um meio facilitador do processo de ensino e aprendizagem, através da dinamização de todos os recursos nela existentes, da promoção de atividades conducentes ao desenvolvimento da competência leitora dos discentes, da formaçã o para as diferentes literacias e uso das tecnologias de informação e comunicação , com vista à formação de leitores competentes e críticos e de forma a facultar a necessária aprendizagem ao longo da vida. O trabalho colaborativo, concretizado na articulação curricular entre a Biblioteca Escolar e os professores de Português, de acordo com a nossa opinião, poderá desempenhar um papel preponderante nas mudanças de que o ensino do Português exige, sobretudo ao nível da leitura e das linhas orientadoras relativas a este domínio consignadas nos Programas de Português do Ensino Básico...

A avaliação do desempenho docente e o trabalho colaborativo os professores (um estudo de caso)

Oliveira, Ana Lúcia Aveiro Nunes Gonçalves
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
Considera-se que o sucesso educativo, aliado à melhoria das instituições escolares, não pode ser isolado do desempenho dos professores, assumindo a sua avaliação maior visibilidade. Ao constatarmos a panóplia de funções exigidas aos professores, é legítimo concluir que os docentes terão muito a ganhar, profissionalmente, se trabalharem em conjunto. Foi deste pressuposto que nasceu a presente investigação: “A avaliação do desempenho docente e o trabalho colaborativo dos professores”. Este estudo averigua o modo como os docentes trabalham em conjunto, as vantagens, dificuldades e constrangimentos que reconhecem ao trabalho colaborativo e, ainda, tenta perceber a relação que poderá existir entre a avaliação do desempenho docente e o trabalho colaborativo dos professores. Assim, a investigação empírica conduzida foi sustentada num estudo de caso, realizado na Escola Alfa, através do recurso a métodos qualitativos (análise documental) e quantitativos (inquéritos por questionário) a todos os docentes avaliados pelo Decreto Regulamentar nº2/ 2010 a exercer funções naquele estabelecimento de ensino. Os resultados obtidos mostram que os docentes reconhecem existir vantagens no trabalho colaborativo, nomeadamente no incremento da interdisciplinaridade e da articulação curricular e ainda no desenvolvimento profissional. Todavia...

Currículo e trabalho colaborativo: Trajectórias de participação em aulas de matemática

Machado, Ricardo; César, Margarida
Fonte: Secção Portuguesa da AFIRSE Publicador: Secção Portuguesa da AFIRSE
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
As orientações curriculares em matemática focam a necessidade dos alunos terem experiências de aprendizagem diversificadas (Abrantes, Serrazina, & Oliveira, 1999; NCTM, 2007), atribuindo-lhes sentidos (Bakhtin, 1929/1981). A matemática é associada a insucesso académico e rejeição. Assim, importa criar espaços de pensamento (Perret-Clermont, 2004). Para César (2009), são espaços/tempos onde os alunos argumentam de forma sustentada, exploram estratégias de resolução e raciocínios, tornando-se participantes legítimos da comunidade de aprendizagem (César, 2007). O trabalho colaborativo assume-se como ferramenta mediadora entre os alunos, o professor e os conhecimentos matemáticos, configurando a existência desses espaços/ tempos. Para tal, é preciso existir um contrato didáctico coerente, recorrendo a tarefas diversificadas e a um sistema de avaliação adequado, que promovam autonomia, responsabilização, apropriação de conhecimentos matemáticos e o desenvolvimento/ mobilização de capacidades e competências (César, 2009; Machado, 2008). Este trabalho insere-se no projecto Interacção e Conhecimento, que apresentava como principais objectivos estudar e promover o trabalho colaborativo em cenários de educação formal...

Trabalho colaborativo entre professores de Português e Educação Especial; contributo para a inclusão de alunos com necessidades educativas especiais

Rocha, Sónia Cristina de Oliveira Borges da
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências da Educação: Educação Especial, área de especialização em Domínio Cognitivo e Motor; A colaboração é cada vez mais importante na educação. Atualmente considera-se que o trabalho colaborativo facilita o sucesso das aprendizagens, por isso, é necessário que se implemente nas escolas portuguesas uma cultura colaborativa, de forma continuada e concertada, assente no reconhecimento das vantagens da colaboração. A noção de trabalho colaborativo está muito centrada na rentabilização dos processos através da ativação das potencialidades de cada um que, juntas, se tornam mais fortes e produzem melhores resultados. Este trabalho tem por objetivo geral conhecer a realidade do trabalho colaborativo entre os professores de Português e de Educação Especial e identificar o contributo desta colaboração no processo de inclusão de alunos com NEE na sala de aula de Português. Deste modo, realizou-se uma revisão bibliográfica para enquadrar teoricamente a temática, procedendo-se posteriormente à apresentação do estudo empírico. Trata-se de uma investigação de natureza quantitativa. Assim...

Understanding collaborative work in education and revealling its benefits; Entendendo o trabalho colaborativo em educação e revelando seus benefícios

Damiani, Magda Floriana; Universidade Federal de Pelotas
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
The paper has the aim of discussing and asserting the importance ofcollaborative activities in schools. It has been based on a wide rangeliterature reviews directed to: a) theorizing about the psychologicalprocesses involved in these activities, guided mainly by Socio-historicpsychology; and b) analyzing the results of different investigations thatfocused on collaborative activities among teachers and students, in order todraw some useful conclusions about the area of education. The review wascarried out with the help of research reports published in books, journals,theses, dissertations and annals of traditional events in Brazil and othercountries. It also includes the results of investigations taken place withinthe research project “Collaborative work in Education: development andbenefits”, coordinated by the author, who has been dedicated to this studyof collaborative work for the last five years. The text is not intendedto constitute to be “state of the art” about the subject. It might evenfail to include findings of investigations considered important by otherresearchers. Due to the extent of the production related to this topic, itscomplete revision would be never-ending. Therefore, the paper presentspieces of works considered to be methodologically sound and theoreticallyrelevant and have been collected with the aim of summarizing andpublicizing...