Página 1 dos resultados de 11 itens digitais encontrados em 0.036 segundos

Adaptação Transcultural para o Português e Validação do Maastricht Upper Extremity Questionnaire (MUEQ) para trabalhadores de escritório usuários de computador; Cross-Cultural Adaptation to Brazilian Portuguese and Validation of the Maastricht Upper Extremity Questionnaire (MUEQ) for computer office workers

Turci, Aline Mendonça
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
126.37%
As principais desordens dos membros superiores e cervical (CANS - Complaints of arms, neck and shoulders) podem ser definidas como queixas musculoesqueléticas nas regiões de membro superior, ombro e pescoço não atribuídas a trauma agudo ou a desordens sistêmicas. Essas desordens são comuns entre trabalhadores usuários de computador. O Maastricht Upper Extremity Questionnaire (MUEQ) é uma das poucas ferramentas existentes na literatura para avaliação de risco ergonômico e psicossocial em trabalhadores, além da vantagem de ser específico para usuários de computador, porém não está validado no português-brasileiro. O objetivo deste trabalho foi realizar a adaptação transcultural para o português-brasileiro e validação do MUEQ em trabalhadores de escritório usuários de computador e verificar a prevalência das CANS na amostra recrutada. A tradução e adaptação transcultural seguiram as diretrizes do Consensus-based Standards for the selection of health status Measurement Instruments nos estágios: tradução, síntese, retrotradução, revisão pelo comitê de especialistas e pré-teste. Na etapa do teste da versão pré-final, foram aplicados 55 questionários em trabalhadores usuários de computador, que relataram dificuldades de compreensão abaixo do valor estipulado de 20%...

Dor cervical crônica  e postura em trabalhadores de escritório usuários de computador; Chronic neck pain and posture in computer office workers

Bragatto, Marcela Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
126.4%
Introdução: A prevalência de disfunção musculoesquelética entre trabalhadores usuários de computador (TUC) pode variar entre 10 a 62% e os lugares mais acometidos são os membros superiores, pescoço, cabeça e a coluna vertebral. As queixas musculoesqueléticas nesses trabalhadores apresentam etiologia multifatorial e dentre as principais causas é possível citar aspectos posturais e fatores psicossociais. O Maastricht Upper Extremity Questionnaire (MUEQ-Br) é uma das poucas ferramentas existentes na literatura para avaliar aspectos ergonômicos e psicossociais relacionados ao trabalho com uso do computador. A dor cervical é a queixa musculoesquelética mais comum em trabalhadores de escritório usuários de computador. A coexistência entre dor cervical e disfunção temporomandibular (DTM) é comumente citada na literatura. A adoção da postura em anteriorização da cabeça para uso do computador pode estar associada ao aparecimento de sintomas orofaciais e cervicais. A posição sentada é a mais adotada nos ambientes de trabalho especialmente quando este envolve o uso de computador, entretanto, a manutenção dessa posição por tempo prolongado pode acarretar a adoção de posturas inadequadas e intensificar a sobrecarga nas estruturas do sistema musculoesquelético. Desta forma...

Relação de flexão-relaxamento dos músculos cervicais e dor cervical crônica em trabalhadores de escritório usuários de computador; Flexion-relaxation ratio in neck muscles and chronic neck pain in office workers computer users

Pinheiro, Carina Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
126.39%
A dor cervical é um problema musculoesquelético comum, cuja ocorrência é estimada em torno de 30-50% da população adulta em geral e também muito frequente entre os trabalhadores usuários de computador. A alteração no padrão de atividade muscular dos músculos flexores e extensores é uma das características da dor cervical, que nos usuários de computador parece estar associada à manutenção da postura sentada com anteriorização da cabeça ou flexão cervical. Dois fatores de análise importantes para avaliar déficits na atividade muscular são o fenômeno flexão-relaxamento (FFR) e a relação flexão-relaxamento (RFR). O objetivo principal deste estudo foi avaliar, através da eletromiografia de superfície, a ocorrência do FFR e mensurar a RFR nos músculos extensores da coluna cervical de trabalhadores usuários de computador com e sem dor cervical crônica e de indivíduos saudáveis, não usuários de computador. Foram avaliados 60 indivíduos, 20 usuários de computador com dor cervical crônica (GD), 20 usuários de computador sem dor cervical (GS) e 20 indivíduos saudáveis, não usuários de computador (GC). Os indivíduos responderam o Maastricht Upper Extremity Questionnaire (MUEQ-Br) e o Índice de Incapacidade Relacionada à dor no Pescoço (IIRP)...

Recursos informáticos e telemáticos como suporte para formação e qualificação de trabalhadores da construção civil

Cattani, Airton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.92%
O desenvolvimento tecnológico do setor construção civil no Brasil não tem sido acompanhado de ações sistemáticas de formação/qualificação profissional de seus trabalhadores em níveis compatíveis com os novos padrões técnico/industriais. Aportes provenientes de várias áreas do conhecimento podem contribuir para a reversão dessa situação. De caráter interdisciplinar, envolvendo arquitetura, construção civil, educação e informática, este trabalho investiga como os recursos informáticos e telemáticos podem contribuir para a qualificação de trabalhadores da indústria da construção civil. Abordando um tema específico – leitura e interpretação de plantas arquitetônicas –, investiga as possibilidades que essas novas tecnologias podem oferecer para ações de qualificação de trabalhadores, bem como verifica as condições em que esses se apropriam dos recursos que serão predominantes nos processos de trabalho no milênio que se inicia. Adotando um referencial construtivista, foi projetado e aplicado um experimento, consistindo de um site na Internet e de um programa de desenho, em que os participantes não apenas tomam contato passivamente com diversos conteúdos relativos à sua atuação profissional...

Utilização de recursos da tecnologia da informação para qualificação de trabalhadores da construção civil em leitura e interpretação de plantas =The use of information technology for training construction workers in reading and interpreting plans

Cattani, Airton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.87%
As atuais tecnologias de informação e comunicação têm oferecido múltiplas possibilidades de ação quando aplicadas à educação. No entanto, suas diversas aplicações costumam ocorrer em ambientes de ensino/aprendizagem usuais (escolas, universidades, centros de estudo e pesquisa), sendo utilizados por usuários para os quais o estudo é sua principal atividade. O objetivo deste trabalho é apontar as possibilidades oferecidas pela telemática como ferramenta de formação profissional de trabalhadores da construção civil, cujo acesso a esses recursos em geral é difícil. Empregando uma abordagem interdisciplinar, envolvendo arquitetura, engenharia, educação, psicologia e informática, são apresentados os princípios teóricos e os resultados obtidos na implementação de um experimento informático/telemático destinado à capacitação de trabalhadores da construção civil em leitura e interpretação de plantas arquitetônicas.; Current information and communication technologies offer a multitude of possibilities when applied to education. However, such technologies are usually employed in teaching/learning environments (schools, universities, research and education centres), and are employed by users whose main activity is studying. The aim of this study is to indicate the possibilities offered by telematics as a tool for training construction workers...

Tecendo imagens : operando experiências no plano do "comum"

Spohr, Fúlvia da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
25.74%
Este trabalho conta como uma experiência com tecnologias videográficas produziu efeitos nos modos de coordenar ações, produzir distinções e nas emoções de um grupo de trabalhadores e usuários de um serviço de saúde mental, o CAPS II Cais Mental Centro/POA. A Oficina de Imagens é uma atividade terapêutica onde ocorre a produção de imagens que podem resultar em filmes. A ideia central do trabalho gira em torno dos efeitos surgidos a partir da problematização sobre uma série de imagens videográfica produzidas pelo coletivo da Oficina postas ao descarte, e de outras, a serem aproveitadas para construção de um filme. O grupo é tomado por um estranhamento sobre que imagens poderiam ou não compor um filme. Na Oficina de Edição, foi proposto utilizar as imagens descartadas nonsense, ou seja, aquelas desfocadas, tremidas ou fora de enquadre para a construção de um ―outro‖ vídeo – sendo possível, portanto, incluir o que, em um primeiro momento, fora excluído. A edição foi realizada pelo grupo no editor de imagens digital Windows Movie Maker. Esse processo possibilitou produzir deslocamentos e modulações nas redes de conversação entre os participantes. É a partir dessa experiência, que o convidamos a acompanhar...

A adaptação do homem à máquina: um retrato da saúde ocupacional relativa ao uso do computador junto aos secretários das escolas da rede estadual de ensino em Quaraí-RS

Knierim, Silvia Cristina Nunes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.96%
Este estudo envolve a análise ergonômica no ambiente escolar, mais especificamente nas secretarias escolares, enfatizando os aspectos biomecânicos e posturais, bem como, a gestão da organização do trabalho, sendo desenvolvido junto aos secretários de oito instituições da rede estadual de ensino estabelecidas em Quaraí, no Estado do Rio Grande do Sul. Teve como objetivo avaliar a saúde ocupacional dos servidores públicos secretários de escola, os quais são usuários de computador, demonstrando se há ou não adaptação das condições de trabalho às características biotípicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente. A metodologia elaborada compreendeu, em cada instituição, primeiramente a aplicação de duas rodadas de entrevistas - uma junto aos dirigentes institucionais e outra junto aos secretários; posteriormente fez-se, no mínimo, uma visita semanal para observação e análise das condições do posto de trabalho de cada servidor e para detecção do risco de desenvolvimento de distúrbios musculoesqueléticos de membros superiores relacionados ao trabalho. Sequencialmente, foram aplicados dois questionários – um, adaptado de Corlett & Manenica...

Saúde visual no trabalho e a síndrome da visão do computador em professores universitários; Visual health at work and computer vision syndrome in university teachers

Adriana Paola Castillo Estepa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.05%
Introdução: Os computadores são parte da vida moderna e seu uso deles massificado; diariamente as pessoas passam várias horas diante de uma tela pelas diversas facilidades no trabalho, no lazer, na conectividade, entre outros. Ao mesmo tempo também trazem riscos à saúde de seus usuários, sendo descritos problemas psicológicos, problemas musculoesqueléticos e problemas visuais; estes últimos apresentam uma alta prevalência (50%-70%) e os sintomas visuais e oculares, que trazem incômodos para realização de atividades com o computador, reduzem a produtividade dos trabalhadores e diminuem a qualidade de vida dos usuários de computadores. Estes efeitos à saúde visual têm sido pouco estudados pela comunidade científica. Objetivos: Levantar a frequência de casos da Síndrome da Visão do Computador em professores universitários e identificar os fatores de risco associados à presença da CVS. Metodologia: Trata-se de estudo de tipo transversal observacional e participam professores de uma universidade pública do Estado de São Paulo; foram aplicados dois questionários, um versando sobre aspectos do trabalho e do uso de computadores e outro, sobre sintomas oculares e visuais. Além disso, foram realizados exames visuais. A coleta de dados foi feita entre os meses de Fevereiro a Dezembro de 2013 no campus da universidade. Critérios de Inclusão: Professores da universidade. Critérios de Exclusão: Professores que não usem o computador. Resultados: Em uma amostra de 53 professores a Síndrome da Visão do Computador foi encontrada em 30 professores...

Desenvolvimento de interfaces de ambientes interativos para usuários novatos

Dias, Lisandra de Andrade
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: XII, 83 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
65.83%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Este trabalho, no seu enfoque teórico, teve como objetivo compilar dados das áreas de design, ergonomia de interfaces e cognitiva, e usabilidade para o desenvolvimento de interfaces de ambientes interativos com foco primordial em usuários novatos. No seu enfoque prático, o objetivo foi desenvolver o projeto do ambiente interativo para Diagnóstico e Educação em Ergonomia à Distância (REDE) para acesso através da Internet. O ambiente interativo REDE foi desenvolvido para a formação de uma rede de diagnóstico, à distância, das Distrofias Osteomoleculares Relacionadas ao Trabalho e para a melhoria nas atividades produtivas dos trabalhadores rurais. O ambiente interativo REDE estará disponível para acesso nos ambientes interativos da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e do Laboratório de Ergonomia e Projeto do Trabalho (LEPT) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Para o desenvolvimento do ambiente interativo REDE foi realizada pesquisa para identificação do perfil do usuário, recursos tecnológicos para acesso e interesse pela informação disponível neste ambiente interativo. A etapa seguinte foi a aplicação dos critérios ergonômicos de Bastien e Scapin (1993) para avaliação do ambiente interativo da Epagri que serviu de referência gráfica para o ambiente interativo REDE. Com o resultado desta avaliação...

O design centrado no aprendiz no sistema Jones : uma experiencia de desenvolvimento de um sistema para formação na empresa

Marcos Augusto Francisco Borges
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/09/1997 PT
Relevância na Pesquisa
35.82%
O mundo moderno exige das pessoas muito mais conhecimento. Por este motivo, a educação vem sendo repensada, seja nos seus métodos, seja nas ferramentas utilizadas. No ambiente industrial, esse novo nível de formação é ainda mais necessário. As empresas precisam de funcionários cada vez mais preparados para enfrentar a crescente competição. Neste trabalho discute-se a construção de um sistema especialista (SE) para uso na formação de pessoal em empresas: o Jonas (Borges e Baranauskas, 1996, 1997A, 1997B). Este sistema faz parte do ambiente Enxuto (Borges et aI., 1995; Baranauskas et aI., 1997) e objetiva auxiliar funcionários de uma fábrica a aprender conceitos de manufatura a partir de um processo de modelagem e simulação de uma linha de produção. O sistema Jonas foi inspirado no personagem Jonah, do livro A Meta (Goldratt e Cox, 1994), um consultor que indica aos trabalhadores de uma fábrica como conseguir chegar a respostas para suas próprias indagações. Dentro dessa perspectiva, o sistema busca ser uma ferramenta para ensino que funciona segundo o paradigma construcionista (Valente, 1993A). Como um SE, Jonas visa utilizar sua "inteligência" de um modo diferenciado, não imitando um ser humano, mas apenas buscando aumentar o potencial dos usuários. Deste modo...

O que dá certo no SUS que dá certo? : histórias de inovação na produção da saúde na atenção básica presentes na Rede HumanizaSUS

Menezes, Erica Lima Costa de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
55.87%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2013.; A Atenção Básica é hoje desenvolvida no Brasil independente do modelo de organização, em todo território nacional. Invenções, reinvenções e inovações são desenvolvidas nos quatro cantos do país. Novas formas de produzir o cuidado são experimentadas, legitimadas e descartadas a todo o momento. Uma rica produção de conhecimento existe e coexiste com todo o quadro de tentativa de qualificação das ações de saúde. Esta dissertação tem como objetivo discutir a inovação nas formas de produzir saúde na atenção básica a partir das experiências relatadas por trabalhadores, gestores e apoiadores integrantes da Rede HumanizaSUS, uma rede colaborativo-social online, parte das estratégias da Política Nacional de Humanização. Em outras palavras, seria perguntar o que dá certo no SUS que dá certo? Considerou-se inovação toda prática que se proponha a produzir novas formas de fazer saúde comprometidas com a defesa da vida e ampliação da autonomia dos sujeitos individuais e coletivos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa mediada por computador que utiliza o software ALCESTE para análise dos dados coletados. O material coletado foi dividido em dois corpus: experiências e comentários. Os resultados demonstraram na primeira etapa de análise...