Página 1 dos resultados de 114 itens digitais encontrados em 0.037 segundos

Bioatividade de moléculas isoladas de Trichilia pallida Swartz (Meliaceae) sobre Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae); Bioactivity of Trichilia pallida Swartz (Meliaceae) derived molecules on Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae)

CUNHA, Uemerson S. da; VENDRAMIM, José D.; ROCHA, Waldireny C.; VIEIRA, Paulo C.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.35%
A partir do extrato em diclorometano (DIC) de folhas e frutos de Trichilia pallida Swartz, objetivou-se fazer o isolamento e identificação de substâncias com atividade inseticida sobre a traça-do-tomateiro, Tuta absoluta (Meyrick). Do extrato em DIC de folhas de T. pallida foram isolados os triterpenos 24-metilenocicloarta-3β-ol (TRIT-1), 24-metilenocicloarta-3β-26-diol (TRIT-2) e cicloarta-23-eno-3β,25-diol (TRIT-3), os esteróides 24-metileno-3,22-diidroxicolesterol (EST-1), 24-metilenocolesterol (EST-2) e 24-metileno-3β,4β,22-triidroxicolesterol (EST-3), além do limonóide gedunina (LIM) obtido de frutos da planta. As substâncias foram dissolvidas em acetona e pulverizadas a 0,1% em folíolos de tomateiro infestados com lagartas recém-eclodidas. Foram avaliadas a mortalidade de lagartas aos quinto e nono dias após a infestação, duração e sobrevivência das fases de larva e pupa, peso de pupas e porcentagem de adultos deformados. TRIT-1, EST-1 e LIM foram as moléculas que apresentaram maior atividade sobre T. absoluta, alongando o desenvolvimento larval e reduzindo a sobrevivência dessa fase.; Dichloromethane (DIC) leaf and fruit extracts of Trichiliapallida Swartz were obtained for the isolation and identification of molecules with insecticidal activity against the tomato leafminer...

Consumo de mesofilo foliar por Tuta absoluta (Meyrick, 1971) (Lepidoptera: Gelechidae) em três cultivares dE Lycopersicon esculentum Mill; Leaf mesophyll consumption by Tuta absoluta (Meyrick, 1971) (Lepidoptera: Gelechidae) in three cultivars of Lycopersicon esculentum Mill

Bogorni, Paulo Cesar; Silva, Ricardo Adaime da; Carvalho, Gervasio Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.45%
A “traça-do-tomateiro”, Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae), é uma das principais pragas do tomateiro na atualidade. Suas larvas atacam folhas, hastes, brotos, flores e frutos, causando severos danos à cultura. Trabalhos de quantificação do dano são relativamente raros e restringem-se à contagem do número de frutos atacados e estimativa dos danos foliares, nos testes de controle químico. Desta forma, realizou-se este trabalho objetivando quantificar o consumo de mesofilo foliar por este inseto em três cultivares de tomateiro (Carmem, Santa Clara e Empire). No Laboratório de Entomologia, do Departamento de Fitossanidade da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, foi realizada a criação de lagartas nas três cultivares de tomateiro, sob condições controladas (temp. 25±1°C; U.R. 65±10% e fotofase de 12h). Através do uso de um medidor de área foliar (Li-cor Model LI-3000) mediu-se a área de mesofilo foliar consumida, correspondente ao dano em cada um dos ínstares. Não foram observadas diferenças no consumo de mesofilo foliar nas três cultivares. O consumo no 4o ínstar foi significativamente superior aos demais, chegando na cultivar Santa Clara, a mais consumida...

Estimativa de Trichogramma pretiosum para controle de Tuta absoluta em tomateiro estaqueado

Pratissoli, Dirceu; Thuler, Robson Thomaz; Andrade, Gilberto Santos; Zanotti, Luiz Carlos Marozzi; Silva, Alexandre Faria da
Fonte: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 715-718
POR
Relevância na Pesquisa
76.48%
O objetivo deste trabalho foi estimar o número ideal de Trichogramma pretiosum Riley a ser liberado em campo para o controle da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick). O experimento foi implantado em casa de vegetação, onde, 60 dias após o transplantio, plantas de tomate foram infestadas com 200 ovos do hospedeiro alternativo Anagasta kuehniella (Zeller), na proporção de 70% no terço superior das plantas, 24% no terço médio e 6% no terço inferior. Fêmeas de T. pretiosum foram liberadas nas proporções de 1, 2, 4, 8, 16 e 32 parasitóides por ovo do hospedeiro. Independentemente do terço da planta analisado, a proporção de 16 parasitóides por ovo apresentou os melhores resultados. Esta é a proporção mais próxima da ideal, para liberação em plantios comerciais de tomate estaqueado, visando o controle da traça-do-tomateiro.; The objective of this work was to estimate the ideal number of Trichogramma pretiosum Riley to be released in field for the tomato leafminer control Tuta absoluta (Meyrick). An experiment was carried out in a greenhouse, in which tomato plants with 60 days, after the transplantation, were infested with 200 eggs of Anagasta kuehniella (Zeller), an alternative host, in the subsequent ratios: 70% of eggs were put on the top of the plants...

Atividade do inseticida Spinetoram no controle da traça-do-tomateiro, Tuta absoluta (Meyrick,1917) (Lepidoptera: Gelechiidae), na cultura do tomate

Oliveira, Mário Sérgio de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 60 f.: il.
POR
Relevância na Pesquisa
96.62%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia - FEIS; A traça-do-tomateiro, Tuta absoluta, é considerada uma das principais pragas da cultura do tomate. Entre os métodos de controle da praga, o químico é o mais utilizado pelos agricultores. O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade da nova molécula química (spinetoram) de perfil toxicológico favorável, no controle da traça-do-tomateiro em cultivo protegido. O delineamento foi de blocos ao acaso, com nove tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos e doses foram: spinetoram, nas doses de 1,5; 2,0; 2,5 e 3,0 g i.a./100 L de água + espalhante adesivo (Break Thru) a 0,03% v/v; spinetoram, na dose de 2,0 g i.a./100 L de água; espinosade, na dose de 7,2 g i.a./100 L de água + espalhante adesivo (Break Thru) a 0,03% v/v; clorfenapir, na dose de 12,0 g i.a./100 L de água; indoxacarbe, na dose de 4,8 g i.a./100 L de água + óleo vegetal (Veget Oil) a 0,25% v/v e testemunha não aplicada. Foram realizadas quatro aplicações foliares, com intervalo de sete dias entre cada pulverização. As avaliações ocorreram aos três e sete dias após cada aplicação, contando-se o número de sintomas de ataque da traça em folíolos em cinco plantas por parcela. Aos sete dias após a quarta aplicação...

Papel da biodiversidade no manejo da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: Gelechiidae)

Medeiros, Maria Alice de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
96.86%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2007.; A diversificação ambiental promovida pelas espécies vegetais em agroecossistemas favorecem a estruturação de comunidades de insetos mais ricas e diversificadas que controlam a dinâmica populacional de espécies herbívoras. Dentro da abordagem agroecológica, a diversificação ambiental é um dos componentes que podem ser manejados para suprimir as populações de insetos pragas. O objetivo do trabalho foi comparar a flutuação populacional da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: Gelechiidae) nos sistemas orgânico e convencional para verificar se os danos causados pela traça-do-tomateiro são influenciados pelo grau de complexidade do ambiente, bem como, avaliar se a diversificação de espécies associadas ao plantio do tomateiro pode melhorar o desempenho dos inimigos naturais e assim influenciar a população da traça-do-tomateiro. No capítulo 1, a flutuação populacional da traça-do-tomateiro e a ocorrência de agentes de controle natural foram comparadas em sistema orgânico e convencional de cultivo do tomateiro, quando plantado solteiro ou consorciado ao coentro Coriandrum sativum Linnaeus (Apiaceae) e ao botão-de-ouro...

Efeito de silício em características morfológicas, comportamentais e na história de vida da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae); Effect of silicon on morphological, behavioral and life history of the tomato leafminer Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae)

Santos, Marília Cristina dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
76.35%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2012.; O uso do silício na agricultura apresenta potencial para diminuir o uso de agrotóxicos, mantendo a qualidade dos frutos e protegendo o ambiente. Este trabalho teve o objetivo de avaliar as alterações na morfologia do intestino médio, mandíbula, biologia e não- preferência de oviposição de Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) causadas pela alimentação com compostos contendo silício, além de avaliar a melhor fonte e menor dose de silício eficaz no controle desta praga. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com cinco repetições, sendo vinte e um tratamentos, incluindo a testemunha [(Agrosilício® solo (t ha -1 de SiO2) - T1 0,45; T2 0,90; T3 1,35; T4 1,80); (Agrosilício® foliar (t ha -1 de SiO2) - T5 0,5; T6 1,0; T7 1,5; T8 2,0); (Sili-K® (l ha -1 do produto) - T9 0,5; T10 1,0; T11 2,0; T12 3,0); (Ácido silícico foliar (% de SiO2) - T13 0,5; T14 1,0; T15 2,0; T16 3,00); (Ácido silícico solo (% de SiO2) - T17 0,5; T18 1,0; T19 2,0; T20 3,00); controle (T21)]. Lagartas de T. absoluta foram alimentadas com diferentes compostos contendo silício e a histologia do intestino médio de lagartas de quarto ínstar foi analisada. As mandíbulas de todos os estádios larvais foram dissecadas e processadas para análise em microscópio eletrônico de varredura. As características biológicas avaliadas foram: duração das fases larval e pupal...

Padrão de oviposição e tabela de vida da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera, Gelechiidae); Oviposition pattern and life table of South American tomato pinworm Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera, Gelechiidae)

Medeiros, Maria Alice de; Sujii, Edison Ryoiti; Rasi, Guilherme Côrrea; Liz, Ronaldo Setti de; Morais, Helena Castanheira de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.72%
Padrão de oviposição e tabela de vida da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera, Gelechiidae). A traça-do-tomateiro apresentou maior oviposição ao colonizar tomateiros cultivados em sistema convencional em relação ao orgânico em estudos prévios realizados no campo. Visando confirmar e entender o padrão observado no campo, aspectos bioecológicos como oviposição e mortalidade de imaturos foram comparados em condições semi-controladas de casa de vegetação com plantas cultivadas em vasos com solo proveniente do sistema orgânico e convencional. Adultos da traça-do-tomateiro foram liberados na casa de vegetação e após 24h, as plantas infestadas foram transferidas para outra casa de vegetação, para acompanhamento de coortes horizontais. Os ovos naturalmente depositados pela traça-do-tomateiro foram localizados na planta e demarcados. Em seguida, a folha foi ensacada. Diariamente as plantas foram observadas, registrando a fase de desenvolvimento do inseto e a ocorrência de morte, até que todos os insetos completassem seu ciclo de vida. A oviposição pela traça-do-tomateiro em plantas com solos oriundos do sistema convencional foi duas vezes maior do que em plantas com solos do sistema orgânico. A curva de sobrevivência da fase imatura e a tabela de vida da traça-do-tomateiro em casa de vegetação mostraram que a sobrevivência em plantas com solo orgânico e convencional não apresentaram diferenças. Assim as diferenças no comportamento de padrão de oviposição observadas a campo provavelmente não estão relacionadas com o desempenho da progênie e podem ser influenciado pelo ambiente proporcionado pelo sistema orgânico de produção. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; Oviposition pattern and life table of South American tomato pinworm Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera...

Effect of plant diversifcation on abundance of South American tomato pinworm and predators in two cropping systems; Efeito da diversifcação de plantas na abundância da traça- do-tomateiro e predadores em dois sistemas de cultivo

Medeiros, Maria Alice de; Sujii, Edison Ryoiti; Morais, Helena Castanheira de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
76.35%
ABSTRACT; Several studies have demonstrated that the diversifcation of the agroecosystem may reduce insect pest infestation using the strategy of companion planting. We studied the effect of the presence of coriander and Gallant soldier as companion plants in the tomato crop under organic and conventional management on abundance of the tomato pests and predators. The experiment was carried out under feld conditions, at Distrito Federal, Brazil, from July to October, 2004. The experimental design was of randomized blocks with three replicates in a 3 x 2 factorial arrangement [Three crop diversifcation levels: tomato in monoculture, tomato intercropped with coriander, and tomato intercropped with coriander and Gallant soldier; and two cropping systems: organic and conventional]. Each plot had 80 plants of the tomato and the pest-insects and predaceous arthropods were collected every week in fve tomato plants/plot. Tuta absoluta (Meyr.) was the commonest pest species in both cropping systems. The tomato intercropped with coriander and Gallant soldier in organic cropping system had lower abundance and higher diversity of pests, and higher abundance and diversity of predaceous arthropods, mainly at 80 days after the tomato transplanting...

Padrão de oviposição e tabela de vida da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera, Gelechiidae)

Medeiros,Maria Alice de; Sujii,Edison Ryoiti; Rasi,Guilherme Côrrea; Liz,Ronaldo Setti; Morais,Helena Castanheira de
Fonte: Sociedade Brasileira De Entomologia Publicador: Sociedade Brasileira De Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
76.65%
A traça-do-tomateiro apresentou maior oviposição ao colonizar tomateiros cultivados em sistema convencional em relação ao orgânico em estudos prévios realizados no campo. Visando confirmar e entender o padrão observado no campo, aspectos bioecológicos como oviposição e mortalidade de imaturos foram comparados em condições semi-controladas de casa de vegetação com plantas cultivadas em vasos com solo proveniente do sistema orgânico e convencional. Adultos da traça-do-tomateiro foram liberados na casa de vegetação e após 24h, as plantas infestadas foram transferidas para outra casa de vegetação, para acompanhamento de coortes horizontais. Os ovos naturalmente depositados pela traça-do-tomateiro foram localizados na planta e demarcados. Em seguida, a folha foi ensacada. Diariamente as plantas foram observadas, registrando a fase de desenvolvimento do inseto e a ocorrência de morte, até que todos os insetos completassem seu ciclo de vida. A oviposição pela traça-do-tomateiro em plantas com solos oriundos do sistema convencional foi duas vezes maior do que em plantas com solos do sistema orgânico. A curva de sobrevivência da fase imatura e a tabela de vida da traça-do-tomateiro em casa de vegetação mostraram que a sobrevivência em plantas com solo orgânico e convencional não apresentaram diferenças. Assim as diferenças no comportamento de padrão de oviposição observadas a campo provavelmente não estão relacionadas com o desempenho da progênie e podem ser influenciado pelo ambiente proporcionado pelo sistema orgânico de produção.

Estimativa de Trichogramma pretiosum para controle de Tuta absoluta em tomateiro estaqueado

Pratissoli,Dirceu; Thuler,Robson Thomaz; Andrade,Gilberto Santos; Zanotti,Luiz Carlos Marozzi; Silva,Alexandre Faria da
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
76.48%
O objetivo deste trabalho foi estimar o número ideal de Trichogramma pretiosum Riley a ser liberado em campo para o controle da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick). O experimento foi implantado em casa de vegetação, onde, 60 dias após o transplantio, plantas de tomate foram infestadas com 200 ovos do hospedeiro alternativo Anagasta kuehniella (Zeller), na proporção de 70% no terço superior das plantas, 24% no terço médio e 6% no terço inferior. Fêmeas de T. pretiosum foram liberadas nas proporções de 1, 2, 4, 8, 16 e 32 parasitóides por ovo do hospedeiro. Independentemente do terço da planta analisado, a proporção de 16 parasitóides por ovo apresentou os melhores resultados. Esta é a proporção mais próxima da ideal, para liberação em plantios comerciais de tomate estaqueado, visando o controle da traça-do-tomateiro.

Extratos aquosos de Trichilia pallida e a traça-do-tomateiro

Thomazini,Ariane Paes de Barros Werckmeister; Vendramim,José Djair; Lopes,Maria Teresa do Rêgo
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2000 PT
Relevância na Pesquisa
106.51%
Avaliou-se o efeito de extratos aquosos de folhas e de ramos da planta inseticida Trichilia pallida sobre o desenvolvimento e oviposição da traça-do-tomateiro, Tuta absoluta. Acompanhou-se o desenvolvimento do inseto em folhas de tomateiro (Lycopersicon esculentum, cv. Santa Clara) previamente submersas nos extratos nas concentrações de 0,1; 1,0 e 5,0%. Também foi avaliado o efeito dos extratos de folhas a 1,0 e 5,0%, pulverizados sobre ovos do inseto, e a não-preferência para oviposição, com chance de escolha, em folhas de tomateiro com e sem esse extrato a 5%. Verificou-se que os extratos de folhas e de ramos prejudicam o desenvolvimento do inseto afetando principalmente a fase larval, aumentando a duração e reduzindo a viabilidade deste período. O extrato de folhas apresenta maior atividade que o de ramos, reduzindo a viabilidade larval a valores próximos a 20%, já na concentração de 1%. O extrato de folhas a 5% não apresenta efeito ovicida mas, o substrato tratado pode tornar-se menos preferido para oviposição.

Estimativa do número de gerações de Trichogramma pretiosum Riley na traça do tomateiro Tuta absoluta (Meyrick), com base nas exigências térmicas

Pratissoli,Dirceu; Pezzopane,José E. M.; Esposti,Marlon D. D.; Bertazo,Cleir L.; Fornazier,José M.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1998 PT
Relevância na Pesquisa
106.48%
Determinou-se o número de gerações de Trichogramma pretiosum Riley (Hymenoptera:Trichogrammatidae) na traça do tomateiro, Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera:Gelechiidae), para 24 épocas de plantio, em Alegre, ES, utilizando-se dados de temperatura do ar, obtidos em estação meteorológica. Através de estudos em laboratório, determinou-se a temperatura base de 13,0ºC e a constante térmica de 131 graus-dia. O número médio de gerações do parasitóide na traça, por época de plantio de tomate (Lycopersicum esculentum), com ciclo de 90 dias, foi de 7,7, variando de 9,2 no verão a 6,0 no inverno.

Componentes químicos associados à resistência de Lycopersicon hirsutum f. typicum a Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae)

Ecole,Carvalho C.; Picanço,Marcelo; Moreira,Márcio D.; Magalhães,Sérgio T.V.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
76.35%
Este trabalho foi conduzido em casa de vegetação no Campus da Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil de maio a setembro de 1997 e objetivou estudar a resistência do acesso LA 1777 de Lycopersicon hirsutum f. typicum a Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) e os prováveis compostos químicos envolvidos na resistência. Utilizaram-se as cultivares de Santa Clara (tomate para consumo in natura) e IPA-5 (tomate industrial) de Lycopersicon esculentum como padrões de suscetibilidade à praga. Avaliaram-se os números de minas pequenas (comprimento < 0,5 cm) e grandes (comprimento > 0,5 cm); sobrevivência, estádio de desenvolvimento do inseto, peso de pupas, proporção sexual, fertilidade de adultos e a taxa de eclosão de larvas. Foram identificados picos nas correntes de íons do extrato hexânico das folhas e as prováveis substâncias associadas a estes utilizando-se cromatógrafo a gás acoplado a espectrômetro de massa. L. hirsutum f. typicum apresentou resistência à traça do tomateiro em relação a L. esculentum, o que refletiu em menor número de minas grandes/folha e maiores duração da fase larval, mortalidade de larvas e número de minas pequenas de T. absoluta. Foram identificados 14 picos nas correntes de íons...

Bioatividade do extrato aquoso de sementes de nim sobre Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: Gelechiidae) em três formas de aplicação

Gonçalves-Gervásio,Rita de Cássia Rodrigues; Vendramim,José Djair
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.48%
No presente trabalho, avaliaram-se as atividades translaminar, sistêmica e de contato do extrato aquoso de sementes de Azadirachta indica A. Juss. (nim) sobre a traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick). Foram realizados três experimentos envolvendo extratos aquosos de sementes de nim em concentrações de 0,5; 1,0; 5,0 e 10,0 g por 100 mL de água. Esses extratos foram aplicados no solo, na superfície adaxial de folíolos de tomateiro e diretamente sobre as lagartas. Quando os extratos foram aplicados no solo, em vasos contendo plantas de tomate, houve mortalidade de 48,3 a 100,0% das lagartas, indicando que foram absorvidos e translocados na planta. Também ocorreu mortalidade larval de 57,0 a 100,0% quando os extratos foram aplicados na superfície adaxial do folíolo, evidenciando o efeito translaminar. Quando foi aplicado diretamente sobre lagartas com seis dias de idade, observou-se mortalidade de 52,4 a 95,4%, demonstrando a ação de contato do composto e seu potencial para controle da traça-do-tomateiro.

Bioatividade de Extratos Aquosos de Melia azedarach L. Sobre o Desenvolvimento de Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) em Tomateiro

BRUNHEROTTO,ROGÉRIO; VENDRAMIM,JOSÉ DJAIR
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2001 PT
Relevância na Pesquisa
86.47%
Determinou-se, em condições de laboratório, o efeito de extratos aquosos de Melia azedarach L. sobre o desenvolvimento da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick). Para isso, as lagartas foram alimentadas, desde a eclosão, com folhas de tomateiro (Lycopersicon esculentum, cv. Santa Clara), tratadas com extratos dessa meliácea, avaliando-se a duração e viabilidade das fases larval e pupal e o peso de pupas. Inicialmente, foram testadas três concentrações (0,1; 1 e 5%) do extrato de folhas, visando determinar a concentração adequada para estudos de bioatividade dessa planta. Posteriormente, utilizando-se a concentração selecionada (0,1%), foi comparada a bioatividade dos extratos de diferentes estruturas de M. azedarach, constatando-se que as folhas foram a estrutura vegetal com maior bioatividade sobre a traça, vindo a seguir os frutos verdes, ramos e frutos maduros.

Papel da biodversidade no manejo da traça-de-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: gelevhiidae).

MEDEIROS, M. A. de.
Fonte: 2007, Publicador: 2007,
Tipo: Teses/dissertações (ALICE) Formato: 145 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.62%
O objetivo do trabalho foi comparar a flutuação populacional da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: Gelechiidae) nos sistemas orgânico e convencional para verificar se os danos causados pela traça-do-tomateiro são influênciados pelo grau de complexidade do ambiente, bem como, avaliar se a diversificação de espécies associadas ao plantio do tomateiro pode melhorar o desempenho dos inimigos naturais e assim influenciar a população da traça-do-tomateiro.; 2007; Tese(Doutorado em Ecologia) - Instituto de Ciências Biológicas, Universidade de Brasília, Brasília, DF. Banca examinadora: Geni Livtin Villas Boas.

Intergração de práticas culturais para o manejo da traça-do-tomateiro e da mosca-branca em sistemas agroecológicos de produção de tomate.

TOGNI, P. H. B.; MEDEIROS, M. A. de; MAROUELLI, W. A.; INOUE-NAGATA, A. K.; MICHEREFF FILHO, M.; SUJII, E. R.
Fonte: Cadernos de Agroecologia, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2011. Publicador: Cadernos de Agroecologia, Porto Alegre, v. 6, n. 2, 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.42%
Este trabalho apresenta a consolidação dos resultados obtidos em estudos realizados entre 2004 e 2009 gerendo recomendações técnicas de práticas culturais para o manejo ecológico da traça-do-tomateiro e da mosca-branca no agroecossistema do tomate. A estratégia principal utilizada foi a diversificação da vegetação pelo consórcio tomate com coentro. A partir desta estratégia foram realizados experimentos visnado testar o efeito do sistema orgânico, em relação ao convencional, e de sistemas de irrigação (aspersão e gotejamento) para serem integradas a esse consorcio.; 2011; Trabalho 1155. Trabalho apresentado no 7. Congresso Brasileiro de Agroecologia, Fortaleza, 2011.

Estimativa de Trichogramma pretiosum para controle de Tuta absoluta em tomateiro estaqueado.

PRATISSOLI, D.; THULER, R.T.; ANDRADE, G.S.; ZANOTTI, L.C.M.; SILVA, A.F. da
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.40, n. 7, p. 715-718, jul. 2005. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.40, n. 7, p. 715-718, jul. 2005.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.48%
O objetivo deste trabalho foi estimar o número ideal de Trichogramma pretiosum Riley a ser liberado em campo para o controle da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick). O experimento foi implantado em casa de vegetação, onde, 60 dias após o transplantio, plantas de tomate foram infestadas com 200 ovos do hospedeiro alternativo Anagasta kuehniella (Zeller), na proporção de 70% no terço superior das plantas, 24% no terço médio e 6% no terço inferior. Fêmeas de T. pretiosum foram liberadas nas proporções de 1, 2, 4, 8, 16 e 32 parasitóides por ovo do hospedeiro. Independentemente do terço da planta analisado, a proporção de 16 parasitóides por ovo apresentou os melhores resultados. Esta é a proporção mais próxima da ideal, para liberação em plantios comerciais de tomate estaqueado, visando o controle da traça-do-tomateiro.; 2005; Notas Científicas

Bioatividade do extrato aquoso de sementes de nim sobre Tuta absoluta (Meyrick, 1917) (Lepidoptera: Gelechiidae) em três formas de aplicação

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
76.48%
No presente trabalho, avaliaram-se as atividades translaminar, sistêmica e de contato do extrato aquoso de sementes de Azadirachta indica A. Juss. (nim) sobre a traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick). Foram realizados três experimentos envolvendo extratos aquosos de sementes de nim em concentrações de 0,5; 1,0; 5,0 e 10,0 g por 100 mL de água. Esses extratos foram aplicados no solo, na superfície adaxial de folíolos de tomateiro e diretamente sobre as lagartas. Quando os extratos foram aplicados no solo, em vasos contendo plantas de tomate, houve mortalidade de 48,3 a 100,0% das lagartas, indicando que foram absorvidos e translocados na planta. Também ocorreu mortalidade larval de 57,0 a 100,0% quando os extratos foram aplicados na superfície adaxial do folíolo, evidenciando o efeito translaminar. Quando foi aplicado diretamente sobre lagartas com seis dias de idade, observou-se mortalidade de 52,4 a 95,4%, demonstrando a ação de contato do composto e seu potencial para controle da traça-do-tomateiro.

Seleção para alto teor de acilaçúcares em genótipos de tomateiro e sua relação com a resistência ao ácaro vermelho (Tetranychus evansi) e à traça (Tuta absoluta)

Pereira,Guilherme Victor Nippes; Maluf,Wilson Roberto; Gonçalves,Luciano Donizete; Nascimento,Ildon Rodrigues do; Gomes,Luís Antônio Augusto; Licursi,Vicente
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
86.65%
Uma das estratégias do melhoramento do tomateiro, no Brasil, visando à resistência a pragas, tem sido a utilização de aleloquímicos presentes nos folíolos. Objetivou-se no presente trabalho, estudar os níveis de resistência a dois artrópodos-pragas [traça do tomateiro (Tuta absoluta) e ácaros (Tetranychus evansi)], em genótipos previamente selecionados com base apenas no seu teor foliar de acilaçúcares. Foram selecionadas 11 plantas contrastantes quanto aos níveis de acilaçúcares nos folíolos, de uma população F3RC2, derivada do cruzamento interespecífico Lycopersicon esculentum Mill 'TOM-584' x Lycopersicon pennellii (Correll) D'Arcy 'LA-716'. Esses genótipos, juntamente com os genitores TOM-584 e LA-716, foram submetidos a ensaios de repelência/resistência a artrópodos-pragas. No teste de repelência ao ácaro T. evansi, as plantas com altos teores de acilaçúcares se comportaram de forma semelhante ao genitor resistente LA-716. As magnitudes das correlações foram negativas e significativas, confirmando assim a associação entre altos teores do aleloquímico e a resistência (repelência) ao ácaro, avaliada pela distância percorrida. No ensaio realizado com a traça do tomateiro, os genótipos foram avaliados para danos nas plantas e lesões nos folíolos. Os genótipos contendo alto teor de acilaçúcares...