Página 1 dos resultados de 23 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Ensaios toxicológicos pré-clínicos na avaliação da segurança de novos fármacos

Lavandeira, Fernanda Márcia Ferreira
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas; O processo de pesquisa e desenvolvimento de um novo fármaco é complexo, moroso, dispendioso e envolve várias etapas. Após a seleção das moléculas com maior potencial inicia-se uma das etapas mais importantes designada de ensaios toxicológicos pré-clínicos que permite a determinação dos efeitos adversos e do risco que a exposição do novo fármaco tem para o ser humano. Os ensaios toxicológicos pré-clínicos integram três áreas distintas: a farmacologia, a farmacocinética e a toxicologia. No entanto, ao longo deste trabalho será abordado apenas o papel fulcral que a bateria de ensaios toxicológicos possui no desenvolvimento de um novo fármaco uma vez que é perante o contributo da área toxicológica que se antecipa o risco e se reduz a probabilidade dos compostos promissores falharem em fases avançadas do processo de pesquisa e desenvolvimento do novo fármaco, evitando-se assim perdas avultadas de recursos materiais e económicos. Para se realizar os ensaios toxicológicos é necessário cumprir as diretrizes estabelecidas pelas agências reguladoras...

Determinação de canabinóides em amostras biológicas por cromatografia líquida de alta resolução com espectrometria de massa : aplicação em toxicologia forense

Teixeira, Helena Maria de Sousa Ferreira e
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
A marijuana, o haxixe e outros produtos psicoactivos obtidos da Cannabis sativa, são as drogas ilícitas mais produzidas e traficadas em todo o mundo. Por outro lado, paralelamente a um aumento do seu consumo na comunidade em geral, tem-se assistido a um acréscimo de casos de condução sob a sua influência. Tem sido demonstrado que a intoxicação provocada por este tipo de compostos está principalmente relacionada com a concentração do seu principio activo, o Δ9-Tetrahidrocanabinol (Δ9-THC), sendo frequentemente administrados com outras substâncias, tais como o alcool, exacerbando os seus efeitos psicoactivos e aumentando a possibilidade de ocorrência de acidentes de viação. Ao longo dos últimos anos, a comunidade cientifica, em parceria com algumas empresas envolvidas na produção de meios de detecção destas drogas, tem desenvolvido testes rápidos para a detecção de Δ 9-THC-COOH na urina, o metabolito ai mais abundante, quer para aplicação a nível do controlo laboral, quer na avaliação de programas de desintoxicação ou no controlo rodoviário. Contudo, sendo a detecção daquele metabolito apenas indicativo de consumo, a determinação de Δ9-THC em saliva fornecera uma melhor indicação de consumo recente...

Determinação de Tramadol e Amitriptilina em amostras de condutores no âmbito de um projecto de investigação europeu

Almeida, Francisco Pedro Pinto Coelho Pinto de
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
A amitriptilina é um antidepressivo tricíclico que actua a nível da recaptação de diferentes neurotransmissores ao nível das sinapses, incluindo a serotonina e noradrenalina, potenciando ou prolongando, assim, os seus efeitos. O tramadol é um analgésico opióide sintético de acção central, análogo à codeína, admitindo-se que actue por uma ligação frágil ao receptor opiáceo , modulando a percepção da dor, e/ou através da inibição da recaptação sináptica de noradrenalina e de serotonina, actuando sobre o mecanismo de transmissão da dor. Estes dois medicamentos são actualmente muito utilizados, podendo dar origem a alterações cognitivas e psicomotoras significativas quando associados com a condução rodoviária. Na lei portuguesa está prevista, através do Código da Estrada aprovado pelo Decreto de Lei nº 44/2005, de 23 de Fevereiro, a proibição da condução sob a influência de álcool ou de substâncias psicotrópicas. Já a fiscalização de condutores suspeitos de se encontrarem sob a influência de álcool e/ou de substâncias psicotrópicas, encontra-se descrita na Lei nº18/2007 de 17 de Maio. A detecção de substâncias ilícitas pode ser efectuada, não só após o consumo, mas também durante longos períodos que podem ultrapassar as 24 horas...

Toxicidade do cianeto em suínos. Avaliação dos efeitos perinatais; Toxicity of cyanide in swine: evaluation of perinatal effects

Manzano, Helena
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.82%
O cianeto e os compostos cianogênicos são ubíquos na natureza e amplamente estudados pela toxicologia. A exposição prolongada a este íon tem sido associada à produção do bócio, de diversos distúrbios neurológicos, bem como alterações em outros órgãos, tanto em seres humanos como em diferentes espécies animais. Embora existam na literatura muitos trabalhos relativos à exposição prolongada ao cianeto, em diferentes espécies animais, muito pouco é encontrado em relação aos possíveis efeitos tóxicos durante o período perinatal; assim, o objetivo do presente estudo foi o de determinar os efeitos da exposição ao cianeto de potássio (KCN) em suínos, durante a gestação. Inicialmente, realizou-se estudo toxicocinético, em suínos fêmeas, em diferentes fases, utilizando-se o tiocianato como biomarcador. Vinte e dois suínos, foram divididos em quatro grupos (6; com 60 dias da idade; 5, com 95 dias da idade; 5, com 80 dias do gestação e 6, com 21 dias de lactação), e receberam por via oral, a dose única de 3.0 mg /kg de peso vivo de cianeto de potássio (KCN). As concentrações do tiocianato no sangue foram medidas dentro de 24h. O tempo máximo (Tmax) e constante de eliminação (Kel) foram mais elevados em porcas lactantes (15 h e 0...

Avaliação dos efeitos imunotóxicos da Ipomoea carnea e de seu princípio ativo tóxico, a suainsonina, em ratos jovens e adultos; Evaluation of the immunotoxic effects of Ipomoea carnea and its toxic principle, the swainsonine in young and adult rats

Pípole, Fernando
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
16.82%
O presente estudo visou avaliar os efeitos da administração do resíduo aquoso final (RAF) da Ipomoea carnea e da suainsonina, sobre o sistema imune de ratos jovens em idade pré-pubere (21 dias) e adultos (70 dias). Para isso, o RAF foi administrado nas doses de 1,0; 3,0 e 7,0 g/kg e a suainsonina na dose de 5,0 mg/kg, por gavage, durante 14 dias para avaliação histopatológica de diferentes órgãos, peso relativo de baço e timo, celularidade de medula óssea, fenotipagem de linfócitos T e B presentes no sangue, timo e baço, e atividade proliferativa de linfócitos T de animais tratados apenas com suainsonina. Além disto, foi realizada toxicocinética da suainsonina de animais jovens e adultos. Dentre os resultados obtidos com o tratamento com RAF, foi verificado que todos os animais apresentaram lesões, tais como: congestão hepática e esplênica e vacuolização renal. Em ratos adultos observou-se ainda diminuição do ganho de peso e do consumo de ração, além de involução tímica e diminuição da celularidade da medula óssea. Já nos jovens, as principais alterações observadas foram quanto à alteração fenotípica das populações de linfócitos T CD8+ no timo, sangue e baço e de linfócitos B no sangue e baço. Entretanto...

Redistribuição da cocaína e sua influência na neuroquímica post mortem; Cocaine redistribution and their implication in post mortem neurochemistry

Carvalho, Virgínia Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.82%
A interpretação dos achados laboratoriais no estabelecimento da causa mortis consiste na integração dos conhecimentos sobre a toxicocinética e toxicodinâmica do agente, conhecimentos de sua redistribuição post mortem (RPM) e achados necroscópicos que possibilitem o nexo causal entre o toxicante e o efeito letal. Neste sentido, é importante considerar que somente as concentrações de cocaína (COC) e seus metabólitos podem não ser determinantes na interpretação da causa de morte, podendo ser útil o cotejamento com outros parâmetros, como os níveis de neurotrasmissores que representem o mecanismo de ação do fármaco. Assim, este trabalho teve por objetivo investigar a RPM da COC e seu metabólito benzoilecgonina (BE) em três segmentos do tecido encefálico (TE), no humor vítreo (HV) e sangue (SG), bem como determinar as concentrações de catecolaminas e indolaminas no encéfalo para avaliar a aplicação da neuroquímica post mortem (NPM) na toxicologia forense. No estudo de RPM foram quantificados os níveis de COC e BE em três segmentos do TE (córtex frontal, núcleos da base e cerebelo), no HV e no SG através de método por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) acoplada ao detector de arranjo de diodos. Os estudos de neuroquímica foram realizados empregando-se HPLC acoplada ao detector eletroquímico. Os resultados indicaram que as concentrações médias de COC foram maiores no TE...

"Fequência dos polimorfismos genéticos ALAD (Mspl) e VRD (Bsml), envolvidos na toxicocinética do Chumbo, numa população portuguesa".

Moreira, Ana Margarida Oliveira
Fonte: Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar; ICBAS Publicador: Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar; ICBAS
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
Contaminação e Toxicologia Ambientais; Master of Environmental Contamination and Toxicology

Cádmio, chumbo, mercúrio: a problemática destes metais pesados na Saúde Pública? : monografia : Cadmium, lead, mercury:the issue of these metals in Public Health?

Rocha, Adriano Ferreira da
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese + relatório); 30 cm
POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
Resumo da tese:Alguns metais pesados traduzem-se em agentes tóxicos enquanto outros assumem-se como essenciais para o desenvolvimento dos seres vivos. Quando algum destes metais tóxicos atinge o organismo vai interagir com este, podendo o mesmo ser eliminado sem a produção de qualquer efeito ou então provocar danos que se podem reflectir até ao limite extremo - a morte. De entre estes, há a destacar o cádmio, o chumbo e o mercúrio como assumindo os principais papeis, não só pelo número de intoxicações verificadas, bem como pelos seus efeitos nefastos. O número de intoxicações verificadas é facilmente explicável pela sua forte presença ambiental o que coloca o omem em contacto quase permanente com esses metais. Quanto aos seus efeitos primordiais, o cádmio caracteriza-se por afectar o córtex renal levando à falência renal; relativamente ao chumbo, os principais órgãos alvo são o sistema nervoso, a medula óssea e os rins caracterizando-se este por provocar alterações no sistema nervoso e desvios da síntese hémica; por fim, o mercúrio caracteriza-se por afectar o sistema nervoso central, os sistemas renal e pulmonar conduzindo, assim, ao aparecimento de inúmeras patologias. Não estando perfeitamente definida a toxicocinética e a toxicodinâmica destes metais - cádmio...

Uso do método LC-DAD-MS na análise de benzodiazepinas em amostras post-mortem

Coutinho, Filomena Maria Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
A ampla difusão na utilização diária de Benzodiazepinas pela população determina a necessidade dos serviços forenses em disporem de metodologias de análise rápidas e fiáveis para amostras de sangue. Na literatura encontram-se descritas as seguintes técnicas cromatográficas para as Benzodiazepinas: cromatografia líquida de alta resolução, cromatografia gasosa, cromatografia em camada fina e cromatografia micelar electrocinética capilar. Destas, as principais são a cromatografia líquida de alta resolução e a cromatografia gasosa, sendo que o inconveniente desta última se prende com o facto das Benzodiazepinas serem termicamente instáveis e pouco voláteis. Devido ao exposto, a técnica mais usada para a análise destes compostos e dos seus metabolitos é a cromatografia líquida de alta resolução com detecção de UV-VIS ou espectrometria de massa. Nesta tese, é apresentada, numa primeira fase, uma abordagem geral relativa aos fundamentos da toxicologia e da toxicologia forense, em termos de objectivos, campo de acção, implicações da toxicocinética das substâncias nas determinações analíticas, amostragem, procedimentos de extracção e instrumentação geral. Após a compreensão da arquitectura da toxicologia forense...

Mercury in feral fish: distribution, accumulation and toxicity; Mercúrio em peixes: distribuição, acumulação e toxidade

Mieiro, Cláudia Leopoldina de Brito e Veiga Rodrigues
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
16.82%
O principal objectivo desta dissertação foi estudar a acumulação de mercúrio em vários tecidos de peixes marinhos, a sua relação com factores biológicos e as respectivas respostas bioquímicas. O trabalho realizado permitiu obter novos conhecimentos sobre a acumulação de mercúrio em peixes, possibilitando avaliar a influência da biodisponibilidade do elemento e as suas possíveis implicações no ambiente. O trabalho foi desenvolvido na Ria de Aveiro (Portugal), uma zona costeira onde existe um gradiente ambiental de mercúrio, o que oferece a oportunidade de estudar a sua acumulação e os seus efeitos tóxicos em condições realísticas. As amostragens foram efectuadas em dois locais considerados críticos em termos de contaminação por mercúrio – Largo do Laranjo (L1 e L2) e num local afastado da principal fonte de poluição, usado como termo de comparação (Referência; R); L1 e L2 corresponderam a locais moderadamente e altamente contaminados, respectivamente. Foram escolhidos juvenis de duas espécies ecologicamente diferentes e representativas da comunidade piscícola local, a tainha garrento (Liza aurata) e o robalo (Dicentrarchus labrax). Em cada local foram recolhidas amostras de água e de sedimento para determinação de mercúrio. Foram quantificadas as concentrações de mercúrio total (T-Hg) e orgânico (O-Hg) em vários tecidos dos peixes...

Efeitos combinados de desreguladores endócrinos em Daphnia magna

Silva, Poliana Vanessa Monteiro Pinto e
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
O planeta encontra-se inevitável e irremediávelmente exposto a um cocktail de misturas, afectando assim os sistemas aquáticos bem como o Homem. Os ensaios toxicológicos são o apoio fundamental que a ciência dispõe para a previsão estimada da toxicidade de um composto. Cerca de 70% do planeta é constituido por água, água essa que é consequência da acção de poluentes com um número infindável de compostos. Nos seres humanos, 90% dos poluentes ambientais são absorvidos através de alimentos e água contaminada. Os químicos capazes de causar desregulação endócrina pertencem a vários grupos de poluentes que se encontram em íntimo contacto com a biota. Os poluentes designadamente a atrazina, estradiol e benzo[a]pireno são os três compostos mais representativos da classe dos pesticidas, estrogénios e hidrocarbonetos aromáticos policíclicos. Estudos indicam prevalência de células cancerígenas, mas também apresentam consequências nefastas a nível do sistema endócrino. Alguns DEs já se encontram regulamentados através de directivas comunitárias e legislação nacional para águas de consumo humano, no entanto, o estradiol não está contemplado, visto existeram lacunas quanto a estudos desenvolvidos com este composto. Através dos ensaios de toxicidade...

Análise da concentração de chumbo em sangue de ratos Wistar sujeitos a uma exposição continuada

Paninho, Ana Inês Brandão
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
Dissertação apresentada na faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Biomédica; O chumbo é um dos elementos traço com maior impacto e maior risco para a saúde pública, sendo, provavelmente, o analito mais estudado em amostras biológicas. As técnicas mais utilizadas na análise da concentração de chumbo no sangue são: espectrometria de massa com plasma indutivamente acoplado (ICP‐MS), espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado (ICP‐OES), espectrometria de absorção atómica com chama (FASS), com geração de hidretos (HGAAS) e electrotérmica (ETAAS). Neste trabalho, foi escolhida a técnica de análise ETAAS pelas vantagens que apresenta em relação às outras técnicas. Relativamente ao tratamento das amostras, foi efectuada a digestão ácida assistida por microondas e a extracção assistida por ultra‐sons. Este trabalho integra um estudo geral da toxicocinética do chumbo num conjunto de ratos Wistar, sendo um dos principais objectivos deste trabalho desenvolver uma ferramenta de detecção de chumbo “in vivo” de fácil uso médico e não invasiva. Foram estudados dois conjuntos de ratos Wistar: um conjunto alimentado com uma dieta rica em chumbo desde o período fetal e um outro conjunto de controlo alimentado com uma dieta normal. O regime de exposição ao chumbo foi baseado num procedimento validado por Bielaczyk et al. [1]. As amostras de sangue dos ratos de controlo...

Considerações sobre a toxicocinética da Cannabis sativa L. ou maconha, com enfase no homem

Sá,Luiz Marques de
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1989 PT
Relevância na Pesquisa
27.5%
O presente artigo consiste em uma análise sobre a origem da Cannabis no Brasil, suas principais substâncias químicas, realçando o Δ9 tetrahidrocanabinol como responsável pelos efeitos farmacológicos. é citado também o fato de existirem duas formas de numeração dos carbonos do ∆THC. Para melhor entender a toxicocinética foram feitas considerações sobre as doses de maconha, que vão variar de acordo com o usuário, e origem do vegetal. Finalmente é feito urn estudo detalhado sobre, absorção, distribuição, armazenamento, biotransformação e eliminação dos diversos componentes químicos da maconha.

Toxicologia do praguicida aldicarb ("chumbinho"): aspectos gerais, clínicos e terapêuticos em cães e gatos

Xavier,Fabiana Galtarossa; Righi,Dario Abbud; Spinosa,Helenice de Souza
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
16.82%
O aldicarb (Temik®), um agente anticolinesterásico carbamato vulgarmente conhecido como "chumbinho", é considerado um dos praguicidas mais tóxicos disponíveis comercialmente. No Brasil, embora seja registrado para uso agrícola exclusivo, tem sido freqüentemente apontado como o responsável por diversos casos de intoxicação em seres humanos e em animais. Desta forma, o presente estudo faz uma abordagem da toxicologia deste agente, enfocando as propriedades químicas, a toxicocinética, a toxicodinâmica, o diagnóstico e os aspectos clínicos e terapêuticos da intoxicação em cães e gatos.

Toxicología General y Aplicada

García Fernández, Antonio Juan
Fonte: Universidade de Múrcia Publicador: Universidade de Múrcia
Tipo: Outros Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
16.82%
Presentaciones de los temas de Toxicología General y Aplicada: clínica, alimentaria y ambiental impartidos en la asignatura de Toxicología de la licenciatura de Veterinaria en la Universidad de Murcia en el curso 2011/12.; Presentaciones de los temas de Toxicología General y Aplicada: clínica, alimentaria y ambiental impartidos en la Facultad de Veterinaria en el curso 2011/12.

Estudo in vivo (Mus musculus) e post mortem (Globicephala melas) da exposição ao arsênio, sua distribuição tecidual e aplicação de ferramentas analíticas para especiação química; In vivo (Mus musculus) and post mortem (Globicephala melas) study of chronic exposure to arsenic, tissue distribution and aplication of analytical techniques for arsenic speciation

Souza, Juliana Maria Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.82%
O arsênio é um elemento químico tóxico encontrado na natureza em várias formas químicas. Entretanto, cada uma delas apresenta diferença na toxicocinética e toxicodinâmica. Os alimentos são considerados a principal fonte de exposição pelos humanos, destacando o arroz, que pode conter o arsênio na forma inorgânica e nas formas de ácidos monometilarsônico e dimetilarsínico (DMA), e alimentos de origem marinha. Os compostos de arsênio encontrados na biota marinha são classificados como solúveis em água, como arsenobetaína e arsenoaçúcares, e solúveis em lipídeos como os arsenolipídeos. Assim, é importante o desenvolvimento de estudos que avaliem a exposição ao arsênio pela alimentação, sua distribuição em organismos e sua especiação química. Neste sentido, o presente trabalho está apresentado em dois capítulos. O capítulo I corresponde ao estudo de exposição crônica em camudongos machos Swiss ao arsênio presente na dieta e os efeitos em alguns parâmetros bioquímicos. Para isso os animais foram divididos em grupo controle, três grupos expostos à dieta contendo arroz naturalmente contaminado com arsênio e três grupos expostos à dieta preparada com sais de arsênio nas mesmas concentrações presentes no arroz. Concentrações de arsênio total foram determinadas nos tecidos dos animais em estudo por ICP-MS...

Estudo do efeito mutagénico de um nanomaterial de dióxido de titânio num modelo de ratinho transgénico

Louro, Henriqueta; Tavares, Ana; Vital, Nádia; Lavinha, João; Silva, Maria João
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 02/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.82%
Uma das principais preocupações relativamente aos efeitos adversos na saúde humana decorrentes do uso dos nanomateriais manufaturados (NMs) é o seu potencial efeito carcinogénico. Sabe-se que grande parte dos agentes carcinogénicos atua por uma via genotóxica, i.e., através da indução e acumulação de alterações irreversíveis no genoma das células somáticas. Neste sentido, os ensaios de genotoxicidade (de curto-termo) são utilizados para caracterizar o potencial efeito carcinogénico de xenobióticos, sendo propostas várias abordagens baseadas na combinação de testes de genotoxicidade in vitro e in vivo. Em particular, os agentes que apresentem resultados inconclusivos in vitro devem ser testados in vivo, uma vez que a utilização de modelos animais, apesar de dever ser restringida, tem o valor incontornável de fazer intervir toda a complexidade inerente a um organismo superior. No âmbito do projeto NANOGENOTOX (www.nanogenotox.com), foram caracterizados os efeitos genotóxicos de NMs representativos de três classes: sílica amorfa sintética, dióxido de titânio (TiO2) e nanotubos de carbono em várias linhas celulares. Face a alguns resultados inconclusivos in vitro, no presente estudo pretendeu-se caracterizar os efeitos mutagénicos associados à exposição a um NM de TiO2 (anatase)...

Aspectos toxicológicos e sociais relacionados à cocaína e ao crack

Pereira, Larissa Lucena
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.82%
Atualmente, a utilização da cocaína e do crack tem se constituído um grave problema de saúde pública. Levantamentos epidemiológicos do Brasil mostram que estão classificadas como a quarta e a quinta drogas mais consumidas, respectivamente. Considerando-se a relevância dos transtornos sociocupacionais, econômicos e legais, e as complicações psiquiátricas e físicas, bem como a capacidade de gerarem dependência, compreende-se a importância da realização de uma revisão bibliográfica com o objetivo de discutir os dados sobre os principais aspectos toxicológicos e sociais referentes à utilização destas drogas. Percebe-se, na literatura, a grande disponibilidade de artigos científicos, teses e dissertações, o que permite a compilação de informações em um único documento, sobre os aspectos sociais e toxicológicos relacionados à utilização da cocaína e do crack. O presente estudo classifica estas drogas como um problema não apenas de saúde, mas, também, como umas das grandes causas de criminalidade e violência. Dá destaque, ainda, à legislação vigente sobre os crimes relacionados à utilização destas drogas; à análise de informações sobre a realização de exames toxicológicos de triagem e confirmatórios em amostras de pêlo...

Revisión de la toxicocinética y la toxicodinamia del ácido cianhídrico y los cianuros

Quiroga,Patricia N.; Olmos,Valentina
Fonte: Acta toxicológica argentina Publicador: Acta toxicológica argentina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 ES
Relevância na Pesquisa
38.08%
El cianuro es uno de los tóxicos más peligrosos por su rápida y potente acción, muchas veces letal. Los diferentes tratamientos de la intoxicación tienen su base o explicación en el conocimiento de la toxicocinética y la toxicodinamia. La revisión de la toxicocinética del cianuro muestra que, si bien la vía de la tiosulfato-cianuro sulfotransferasa (rodanasa) es la principal vía metabólica, el complejo con albúmina sérica sería el primer proceso de detoxificación del cianuro en el metabolismo normal. El efecto protector de formadores de cianhidrinas en casos de intoxicación sigue siendo evaluado a nivel experimental. Los estudios actuales sobre la toxicodinamia del cianuro se enfocan en la afinidad de la unión del cianuro al centro binuclear hemo a3-CuB de la citocromo oxidasa en sus diferentes estados redox y en el mecanismo de inhibición de enzimas antioxidantes. Un mayor y mejor entendimiento de la detoxificación del cianuro así como de los mecanismos de acción tóxica podrían llevar al desarrollo de potenciales antídotos.

Influencia del consumo moderado de cerveza sobre la toxicocinética del aluminio: estudio agudo

Peña,A.; Meseguer,I.; González-Muñoz,M. J.
Fonte: Nutrición Hospitalaria Publicador: Nutrición Hospitalaria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/06/2007 SPA
Relevância na Pesquisa
37.86%
Objetivo: El aluminio constituye uno de los factores de riesgo descritos para la enfermedad de Alzheimer y otros desórdenes neurodegenerativos, debido a su acción oxidativa sobre el cerebro. Según distintas investigaciones, parece ser que el silicio es capaz de interferir en la cinética de este metal. De ahí que, en el presente trabajo se pretenda estudiar el efecto del consumo de la cerveza, como fuente de ácido silícico, sobre la biodisponibilidad del aluminio, así como su posible relación en la prevención de la neurotoxicidad de este metal. Material y métodos: Para ello se ha analizado la influencia de la cerveza en la cinética de absorción y eliminación del aluminio administrado a ratones machos, en un tratamiento agudo de 3 días de duración. Se utilizaron dos tipos de cerveza: con y sin alcohol, y a dos dosis diferentes, una equivalente a un consumo moderado-bajo en el hombre (0,5 L/día; 27,5 g alcohol/día), y otra a moderado-alto (1 L/día; 55 g alcohol/día). El aluminio se determinó por espectrometría de masas de plasma acoplado inductivamente y el silicio mediante espectrometría de emisión atómica de plasma acoplado inductivamente. Resultados: La suplementación con cerveza, especialmente la cerveza con alcohol y a dosis moderada alta...